sexta-feira, março 29, 2013

Boa Páscoa, gente.

O céu chora, desesperado, em Cantelães. É um lamento que aceito sem surpresa ou escândalo. Educado por uma tribo de padres e ateus ecuménicos, capazes de se porem de acordo sobre princípios éticos que jamais precisaram de adjectivar, nunca vi a Fé ou a sua ausência como fronteiras entre as pessoas. Filho de Deus e do Homem ou apenas do segundo, lembramos hoje a morte de alguém que nos disse para amar o Outro como a nós mesmos. E alguns responderão que ultrapassaram a meta estabelecida – amaram filhos, netos, pais, avós, amigos ou amantes mais do que a si mesmos. Não o nego. A minha profissão é escutar, certas histórias de vida desconhecem palavras como egoísmo, ressentimento, vingança, sobranceria. Mas como Humanidade, herdeira no seu todo de tão magnífico sonho, esquivo por alheio à nossa natureza, em que as sombras pedem meças à luz, não estivemos à altura de tão grande Paixão. Bom seria que não nos refugiássemos na auto-piedade estática do remorso ou na indiferença cómoda de quem não acredita. Olhemos em volta. Para tentar mudar um cisco deste mundo, mecanicamente selvagem mas com donos de carne e osso, que tritura os mais fracos para “os proteger”, não é preciso acreditar em Deus - basta crer que ainda somos capazes da mais elementar decência solidária.

232 comentários:

1 – 200 de 232   Mais recente›   Mais recente»
andorinha disse...

Já tinha saudades de um post destes, Júlio:)

"...basta crer que ainda somos capazes da mais elementar decência solidária."

Devíamos ser todos...

"...certas histórias de vida desconhecem palavras como egoísmo, ressentimento, vingança, sobranceria."


"Invejo" essa gente. Não sou capaz de tanto...

Boa Páscoa.

P.S.
O céu chora, desesperado, em Guimarães:)

Manuel disse...

Prof.

Texto brilhante, como quase sempre.
Boa Páscoa para si e para os restantes murcónicos, a quem deixo um pequeno presente musical:

«O pomar das laranjeiras»: Madredeus
http://youtu.be/RJ9A0LuoXR8


E sobre a necessidade de fazer algo «para tentar mudar um cisco deste mundo mecanicamente selvagem mas com donos de carne e osso», há muitas maneiras de o fazer, e esta, denunciando alguns desses «donos de carne e osso» através de um texto brilhante, é, certamente, válida:

O espião reintegrado e o triunfo dos porcos, de Henrique Monteiro.

«Há coisas que me têm de explicar muito devagarinho, a ver se eu entendo. Parece que há uma lei de 2007 (de Sócrates, o magnífico) que diz que um espião com mais de seis anos de casa tem emprego assegurado o resto da vida. Faça o que fizer? Perguntar-se-á - parece que sim.
Em função dessa lei, o espião Jorge Silva Carvalho foi agora reintegrado na presidência do Conselho de Ministros, com direito a assinatura de Passos Coelho e Vítor Gaspar e com o salário base que auferia quando era diretor do SIS. Para fazer o quê? Ah! Bom isso não sabemos, porque ainda ninguém sabe o que pode lá fazer o espião (embora ideias não me faltem).
Pronto a notícia está arrumada. A Lei é lei que se há de fazer? Etc. e tal.
Mas espera aí! Não foi este Governo que anunciou que vão uma série de funcionários para a rua?
Mas espera aí: Não é este o funcionário exemplar que está acusado de abuso de poder, violação de segredo de Estado e acesso indevido a dados pessoais? O tal que espiou um jornalista, deu informações privilegiadas a uma empresa e chegou a mandar espiar a ex-mulher de um amigo?
Mas espera aí! Não foi este mesmo Jorge Silva Carvalho que se demitiu das secretas em Novembro de 2010, nas vésperas de uma cimeira da NATO em Portugal, por discordar do corte de verbas?
Mas espera aí! Não foi este o espião que depois arranjou emprego no Conselho de Administração de uma, então prospérrima empresa privada que ia comprar meio mundo (e ao serviço da qual, suspeita-se, colocou os seus dotes de espião)?
Não deve ser. Deve ser outro Jorge Silva Carvalho. Porque se fosse o mesmo - e estando o Governo a meter funcionários na rua - começaria por este. Que já se demitiu! Que quis mudar de vida. Que passou do Estado para a privada por vontade própria! Que é arguido por ter prejudicado o próprio Estado.
Deve ser outro, porque o Governo não é assim tão escrupuloso na lei, quando se trata de pensionistas, reformados, assalariados, desempregados, pessoas - digamos - normais.
Deve ser outro, porque este era amigo do dr. Relvas e o dr. Passos Coelho, como se sabe, não beneficia os amigos nem os amigos dos amigos, nem sequer os amigos dos amigos dos amigos.
Mas nem vale a pena fazer comentários. George Orwell, no seu magnífico livro 'O Triunfo dos Porcos' (em inglês Animal's Farm) escreve a célebre frase: "Todos somos iguais, mas alguns são mais iguais do que outros". Parece que os porcos não triunfaram só na quinta imaginada por Orwell.»

rainbow disse...


Boa Páscoa para todos

Jesus Cristo pregou o amor ao próximo. E morreu por um sonho.
Filho de Deus ou do Homem, é verdade que não somos merecedores de tal Paixão.
Mas se o Homem foi criado à imagem de Deus, então a imperfeição permanecerá para sempre.
Resta-nos acreditar que podemos mudar, não na totalidade, mas em cada gesto de bondade, aleatório, ou não. Com uma postura solidária, cooperativa, revolucionária e de fé em nós mesmos.


Saudades do sol e do mar, e de vocês.
Fiquem com uma musiquinha:

http://www.youtube.com/watch?v=G9S072UBKYs

Um abraço:)

João Pedro Barbosa disse...

Até abrir a caixa de comentários estava sem o nada para dizer e assim continuo!

bea disse...

Boa Tarde :)

Viva! o professor já cá tem o post de Páscoa! Obrigada.

A fé religiosa não divide. Mesmo. Quando as divisões se impõem, ajoujadas de peso, são só humanas. Não me parece que algum homem apenas Homem dissesse o que Cristo disse e vivesse como ele. Reconheçamos: tem os ingredientes de um deus. Mas quem sabe…
De qualquer forma, professor, amar o outro como a si mesmo, a gente sabe, é de uma dificuldade extrema. Exige capacidades Divinas. Tomo-a como ideal. Que podemos não ter sobranceria, ressentimento, vingança. Mas homem que o é, não pode impedir-se de egoísmo ainda que o deseje. Desconheço quelqu’un que ultrapasse a meta :) Penso nisso muitas vezes, que o professor deve ter ouvido tantas histórias, que quando lhas contam a poesia ou está fora ou amarga; que, se lhas contam, raro é apenas para que as saiba, que por entre os alinhavos ou logo à cabeça um pedido de ajuda. E são tristes as pessoas que o procuram. Aflitas de querer resolver sem conseguir. E eu que sempre carreguei comigo os problemas da profissão, pergunto-me se faz o mesmo; ou se tais histórias constituem o seu dicionário de viver.
“Não estivemos à altura de tão grande Paixão”. Digo que se não tivéssemos essa falta de altura, a Paixão nem teria existido.
Mas é verdade, bastar-nos-ia respeitar o outro como um igual. E assim viver. Para muitos isso é ver Deus no outro. Basta ver nele um outro eu; e tudo muda.

“O céu chora, desesperado, em Cantelães.” Não é desespero, professor. É água que entorna. E vai parar.

Boa Páscoa para todos nós.

bea disse...

Manuel (3:33)

Essa está-me entalada. Atazana-me a paciência. Mas os portugueses não abrem a caça a esta cambada que nos achincalha de toda a maneira e feitio??!

Rain, João Pedro, Andorinha, Manuel
tinha-vos saudade. Mais pequenas agora :)

Um abracinho pascal e solidário. Prontus.

andorinha disse...

Manuel,

Obrigada pelos Madredeus e pelo texto.
Como dizes, nem vale a pena fazer comentários...


Rainbowzita:)

Já te sentia a falta por aqui.
Tão linda a música! Outra das tais...que ouço e re-ouço e que sempre me emociona.

Bea,

"Mas é verdade, bastar-nos-ia respeitar o outro como um igual. E assim viver. Para muitos isso é ver Deus no outro. Basta ver nele um outro eu; e tudo muda."

É isso. Nunca saberia dizê-lo assim...

Mas porque dizes que são tristes as pessoas que procuram o Júlio?
Podem ser ou não, penso eu de que...:)

Pedro,

Estás muito exigente, hoje:)

Boa Páscoa para todos

www.youtube.com/watch?v=sDJgxE-0PZI

Cê_Tê ;) disse...

Acho que perdi a Fé mas ficou a esperança. Fechei a caixinha a tempo ;) Parti-lhe uma asinha mas ainda me encanta vê-la esvoaçar. E ela colou-se ao vidro quando veio este novo Papa. Por isso, quem sabe, não há uma metamorfose um dia...~
Seja como for (e ainda com o gosto de uma peqena heresia..) Boa Páscoa para todos. ;*

andorinha disse...

Cêtê,

Eu acho que perdi as duas...sou mais lenta:)))

Oiçam O Amor é...de ontem e de hoje.
Dois excelentes programas.
Como é que ao fim deste tempo todo o Júlio ainda nos consegue surpreender?!:))))))

João Pedro Barbosa disse...

andorinha,

Lêste-me ao contrário!!!!
Um habittué!

Cê_Tê ;) disse...


Andorinha, olha mas eu fiquei lá com os dedinhos presos!!!

Os programas chegam leeeeeentamennnnte - achei outros mais surpreendentes ;)))

andorinha disse...

Pedro,

Acontece aos melhores:) Sorry!

Cêtê,

Dedinhos?????Dedões...:))))))))


Bou...

bea disse...

Ai Andorinha, se eu disse que são tristes não o fiz com o sentido do ser mas do estar. E, nesse caso, julgo que não completamente destituída de razão; se procuras um psiquiatra, alguma coisa há que te desgoste ou não vai bem. Penso eu. De que :)

Manuel, Rain e Andorinha
Bigada por Madredeus, Maria Madalena de voz tão abençoada e este aleluia extraordinário

andorinha disse...

Ai, Bea, às vezes sou um bocado lerda...
Sendo assim, já faz mais sentido.

Dorme bem:) Vou fazer o mesmo...

bea disse...

Bom Sábado de Aleluia!!!

Está calor, não chove...vejam só.

Andorinha

:) não, não, a lerda aqui sou eu, que, diga-se, não o noto, tal o hábito. Devia ter desconfiado ao menos quando o professor se refere aos tantos que amaram demais...e lhe aparecem no consultório. Bem visto. Mas não se muda a vida. Ou os psis deixariam de ter clientes. Não pode. Têm que viver :))

Vamos passear. Apanhar um arzinho de primavera, mesmo que sem sol.

Um abraço pascal. Sem a opa, que deve ser pesada e não me apetece.

andorinha disse...

Bom dia:)

Bea,

Somos as duas, deixa lá...ou não é nenhuma...
Prefiro a segunda hipótese.:)))

Aceito a tua sugestão. Vamos passear? Vamos.
Aqui o sol está a querer espreitar.
Já lhe disse "Olá" há tanto tempo que não o via:)

Fica/fiquem bem.
Vim aqui tomar o meu café matinal e agora vou...

João Pedro Barbosa disse...

Não quero comentar "letras" apenas dizer o que sinto em relação à fotografia na mesa do restaurante. Apesar de a entrada estar intredita a rotweiller ou golden retrivier. Agora está com traçoes de pessoa(s)!
Continuo sem nada para dizer mas como há uma caixa onde se pode escrever. O saber não ocupa lugar;)

João Pedro Barbosa disse...

Queria escrever traços mas depois de reler. acho que fica melhor "trações" e sem subtrações, uma boa solidariedade higiénica.

E assim me resigno...

"Who imagine, has no opinion, builds up."

http://4.bp.blogspot.com/-FjWKMyqLkmo/UVTSUUrR-6I/AAAAAAAAAZQ/_pDbZ67o4K4/s1600/DSC_0465+-+C%C3%B3pia.JPG

Um bom dia e que a noite se prolongue até!

Quanto a sexta-feira, Março 29, 2013 ás 12:18,

o PONTO FINAL só deixa reticências pelos comentários e a apropriação que fazemos uns dos outros.

bea disse...

Bolas! a Primavera de hoje quase rasa o verão...e a nós, deslembrados de tempo ameno, sabe bem o morno do dia.


João Pedro Barbosa disse...

Estou sem saber a fronteira entre, programação para os mais jovens e programação para os mais adultos. Entre informação e ficção. Entre publicidade e tempos de antena. Entre pùblico e privado.

Mudando de estação poque as cigarras já se fazem ouvir e as formigas continuam a alimentar a realidade e os facto. Reduzo-me á vígilia que descenhece horas, dias e estações. Vive do seu próprio eu.

bea disse...

João Pedro

tu desculpa se te desconcentro, mas queres saber hoje tais distinções ou é assim um objectivo para a vida...para mim é o mesmo, que não sei nenhuma. Mas procuro nos livros. Havendo tempo.

E deste uma voltinha cálida?

Peço desculpa se incomodei. Sorry.

João Pedro Barbosa disse...

bea,

A cigarras anteciparam-se a qualquer outro meio de informação. De outra forma estaria sempre fora do momento. Lamento que a bea se deixe afundar nas sombras e não sai das cavernas do intangivel.

Caidê disse...

Votos de um belo Domingo de Páscoa para todo o mundo :)

Aaaaaaaah! Há quanto tempo não ouvia:
http://www.youtube.com/watch?v=4qLv-4JgHIs

Abracinho

Manuel disse...

Isto não tem muito de Pascal, mas não resisto a deixar-vos.
Apreciem a qualidade formal e substancial destes 5 minutos de discurso:

Discurso de António Nóvoa na abertura das comemorações do centenário de Álvaro Cunhal
http://youtu.be/9PUziRt2Vfk

Mais duas «amêndoas» de Páscoa:

«Uma pena que me coube»: Amélia Muge & Michales Loukovikas. CD: Periplus ― Deambulações Luso-Gregas
http://youtu.be/U-dmHRapWEs

«Sodade»: Cesária Évora & Eleftheria Arvanitaki– CD Duetos
http://youtu.be/dilwyBvYciI




João Pedro Barbosa disse...

Bom dia e ao Manuel em especial
Não por nenhuma razão especial
Deitar cedo e cedo erguer
Dá saude e faz crescer

Um bom feriado para terras de além Minho. Por aqui o pão de Ló fica para segunda-feira. A tradição mantêm-se, pelo menos longe da mesa. Á mesa tudo tem um sabor especial por mais simples que seja a ementa.

Abraço,
João Pedro

bea disse...

Bom Domingo :)

Com ou sem tradição, vamos ressurgir. Imaginar o sol que está sempre por detrás das nuvens. Que continua lá. Esperando que elas se esvaiam, desmoreçam, desertem.

E que algum espírito de festa vos visite. Estão a tocar à porta. Deve ser o meu que chega:)

beijinhos a todos. E um abraço redondo

João Pedro Barbosa disse...

Cuidados com os pneus, à mesa, na estrada e não só...

Man or Astroman? - Put Your Finger in the Socket

http://www.youtube.com/watch?v=mEEBynamflM&list=PL733E33E527433DE1

Moon disse...

Boa Páscoa, gente!:)
Beijinhos da cidade Barroca

bea disse...

É 2ª :)

Manuel

Obrigada pela música e o resto:)
foi bom re ver e ouvir o discurso de António Nóvoa. Amei que o tenha semeado da poesia que importa,a música das canções à espreita na flor das palavras; que o tenha urdido com poemas de unir os homens. Que nada é mais importante que a cultura; e o que mais alegra os professores é saberem do que antigos alunos foram capazes em prol do bem comum, que é afinal o que define um homem. Que cultura quer dizer o pão, a paz, educação, saúde. E o mais. Tudo foi substantivo.

Tem razão: é tempo de a esperança se mudar em acção. Ou nada sobrará deste esquartejamento prolongado a que assistimos.

Bom dia a todos:)

Anfitrite disse...

Bea,

Tens a pirâmide de Maslow invertida! Desculpa a ignorância. Desta vez ninguém viu "O Eixo do Mal"? Que democracia é a vossa que só gostam de ouvir o que lhes convém e lhes interessa? Tenho pena de ter razão antes do tempo. Assim sofro por antecipação. As cabecinhas voadoras não têm espaço para poder pensar.

bea disse...

Anphy

a gente aprende sempre alguma coisas com os outros. Também não sabia que era tão ao contrário de toda a gente, obrigada pela informação, Anphy. Não tem que desculpar-se :)Até porque o que escrevi acima, salvo uma ou duas palavras, foi o dito por António Nóvoa. E não significa, bem sabe, não satisfazer necessidades fisiológicas e tal.Mas que a aposta na cultura é o caminho para o resto. E veja na nossa história o trabalho dos reis mais cultos e o dos outros. E compare. Acredito. Em profundo. E a pirâmide tb já está um bocadito ultrapassada.

E fique bem.

Verdade. Do resto do pessoal não sei, mas ainda não vi o eixo do mal. O dia teve muita mudança e mais a hora. Escusa de nos chamar nomes. Porque todas as cabeças são de certa forma voadoras. E todos pensamos. Talvez não com a sua elevação e premonição. Mas ainda assim são pensamentos.
Tá neura...ou doentinha?

seja o primeiro ou o segundo, um beijinho à Anphy. Pode que melhore. Tanto tempo sem aparecer e agora...

Anfitrite disse...

Bea,

Que ninguém se melindre, mas é por me saber responder à altura, e sem ressentimento, que eu gosto de falar consigo. Não sei dizer por palavras bonitas a amargura que me vai no âmago e, não só. Quanto aos nomes é só mais um nick, e tenho razões para o fazer. A gente nem sempre pode dizer tudo.
E pode crer, que nunca a pirâmide esteve tão actual. Qualquer dia andaremos todos, ao molho, por causa de um osso qualquer, mesmo sem tutano.
Também me lembro do Nóvoa nos "Prós e Contras". A minha memória é lixada!
Quanto aos reis, tirando o D. Dinis, mais o Príncipe Perfeito, que também foi apelidado de "O Tirano" porque quis tirar uns privilégios aos nobres, os outros só souberam esbanjar as fortunas que roubaram aos outros e também para mandar para a santa sé, para estarem de bem com deus e com o diabo. Outros cavaram, em situações difíceis, e levaram o que podiam. Será que somos assim mesmo tão reles, com excepção de mim, é claro, cujo nome vem de Egas Moniz, o que quis cumprir a palavra dada pelos outros?!
Queria mandar-lhe um vídeo, importante, mas ainda não está disponível. Assim vai este que é para lembrar outros tempos:

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=cjAmp5bT-_Y

Manuel disse...

Mário Viegas morreu há 17 anos e faz cá muita falta para dizer certas verdades e nos fazer rir.

Manifesto anti-cavaco – Mário Viegas
http://youtu.be/MZBibaOFEes

Zeca Afonso – dito por Mário Viegas
http://youtu.be/hJCPMNwktzQ

Entrevista a Fernando Pessoa – Mário Viegas
http://youtu.be/iYT9OlM2qO8

andorinha disse...

Manuel,

Obrigada. É sempre com enorme prazer que oiço António Nóvoa.
A Bea já referiu o mais importante, mas eu realço, também, que não há nada mais importante do que a cultura. E cultura quer dizer, a paz, o pão, habitação, saúde, educação...

"É preciso fazer qualquer coisa antes que qualquer coisa se faça contra nós."

É. Mas fala-se e nunca mais se faz nada...:(

A propósito de Álvaro Cunhal, homem por quem tenho e sempre tive uma profunda admiração, conto-vos um pequeno episódio.
Numa das primeiras edições da festa do Avante, andava eu com um grupo de gente amiga a calcorrear os palcos, as tasquinhas, etc quando vejo AC sentado a uma mesa a jantar com alguns camaradas. Não podia perder a oportunidade de lhe falar. Avancei timidamente, toquei-lhe no ombro, ele levantou os olhos do prato e eu fiquei especada sem conseguir articular palavra. Estava ali perante um "deus". Acabei por lhe desejar felicidades e desapareci. Quando a emoção é muita, bloqueio por completo.

Lembro-me como se fosse hoje. Estou a vê-lo à mesa e eu a aproximar-me lentamente...


Pedro,

Não me fales em pão de ló, amêndoas, chocolates...:)
Abuso sempre, agora toca a malhar (como dizem os brazucas):) de forma mais intensa.

Bea,

Acabou a galderice:(
E foi pouca que o tempo não ajudou em nada...
Mesmo assim foi bom:)

Obrigada também por Mário Viegas, Manuel. Vou ouvir...

andorinha disse...

http://www.ionline.pt/portugal/ana-drago-ps-be-tem-trabalhar-numa-resposta-urgencia


Ana Drago.“O PS e o BE têm de trabalhar numa resposta de urgência”

A deputada do BE defende que a situação do país exige uma aproximação entre os partidos de esquerda

Também penso que sim. Sempre disse que gostaria de ver uma coligação à esquerda, embora saiba que isso é difícil.

bea disse...

Anphy

O Fanhais tem de ir cantar para a Assembleia. só para que fiquem irritadiços.

tenho de discordar de novo. É que nunca mais estou à sua altura, já me leva muito avanço em doenças e afins,na panóplia cultural e informativa e em solidão amargurada.

E não se me dá se estou ou não à sua altura e em absoluta conformidade. respondo. Já sabe: gosto de dizer coisas.

eh lá...necessidades básicas continuam sendo os primeiros patamares. e tem razão, esses desgramados andam a roubar-nos o chão. Seguindo, a sequência não é inflexível.

Bom recomeço, Andorinha. Penso que sim, a esquerda pode e deve unir-se. é imperativo.
Mas não acredito que aconteça o que Ana Drago propõe. Se me enganar é porque os políticos portugueses são melhores do que imagino.

Agora vou ouvir o que o Manuel nos deixou

andorinha disse...


Bea,

Sempre foste mais crente do que eu e não acreditas...Que farei eu?...

Bigada:)...pelo recomeço.

www.youtube.com/watch?v=pTPIUk5cpic

Fiquem bem.

Anfitrite disse...

Bea,
É só para dizer que passei por aqui. No outro dia escrevi uma grande história, em resposta à menina da lua, para si, caidê e já não sei quem mais. Estava bonita de se ver. Mas triste ao mesmo tempo. Depois entendi que não me devia expor assim porque, para já, você não acreditaria; Por outro lado estava a ser sincera de mais e aqui, apesar de nem todos deixarem mensagem, passa muita gente. Por outro lado há gente que não entende e se julga muito importante, e como eu falo com o coração na ponta dos dedos,(até acham que eu sou mal educada, por não ser fingidamente polida), como salvo erro, foi a Ana b que disse. Ela é médica, deve saber o que diz, apesar do meu contencioso com os ditos cujos. Mas ela aproveita todos os bocadinhos para abrir, ainda mais a cabeça, seja em que área for. E isso ajuda muito a entender o ser humano. Não é só debitar matéria. Até tenho a certeza que a convenci a não ser responsável por esta situação. Só os que não são capazes de ver a realidade é que acreditam em certas coisas. É que há os psicopatas, que conhecem perfeitamente a realidade e o outro, e sabem como manipulá-lo.
Quanto aos patamares, a partir do terceiro, podem ser perrfeitamente aleatórios. Imagine que até há quem mal como para viver, como foi o caso do Herberto Hélder, que apesar de estar internado, com uma avitaminose recusou o Prémio Pessoa. O filho também é um bocado lunático, mas consegue analisar bem a realidade.
Entretanto a polícia também me entrou pela porta dentro e eu fiquei sem computador. Não se assuste. Não cometi nenhum crime e ainda telefonei a refilar com eles porque não informaram o pessoal, que andava por aí aquele vírus, já que eu tenho um bom anti-vírus. Eles responderam-me que o vírus já tinha quase um ano e que publicaram notícias no rádio, tv e jornais. Enfim, estivemos mais de meia hora a falar. Mas com aquele não há mesmo nada a fazer, e tem de se fazer tudo de novo.

Já agora:

http://www.youtube.com/watch?v=KokIgE_76Bc

Ó Ímpio!

Os homens com eles no sítio portam-se como o Dias Ferreira hoje na SIC.N. Abandonou o programa porque não está para ouvir falar bestas como o representante do Benfica, que já foi de um governo psd, e fez trite figura, no comando dos assuntos ligados à Comunicação Social e que consegue irritar até o corno mais manso. Que me perdoem os puritanos!
Como é que um homem consegue ter tempo para tanta coisa e ainda tratar da sua firma de advogados.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Rui_Manuel_Lobo_Gomes_da_Silva

Anfitrite disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anfitrite disse...

Serão os chineses comunistas e explorarão os trabalhadores, se eles vieram levar o que de melhor tínhamos e deram a ganhar a tanto ladrão, incluindo um professor reformado, de várias lados, que está a ganhar uma fortuna, negociou o orçamento de Estado para a troika e não gosta de falar de pentelhos?

"Telefonema a Passos Coelho tramou Ricciardi

Serão os chineses comunistas e explorarão os trabalhadores, se eles vieram levar o que de melhor tínhamos e deram a ganhar a tanto ladrão, incluindo um professor reformado, de várias lados, que está a ganhar uma fortuna, negociou o orçamento de Estado para a troika e não gosta de falar de pentelhos?

Supremo validou escuta da chamada do banqueiro ao 1.º-ministro, para funcionar como prova da tentativa de tráfico de influências.
José Maria Ricciardi, presidente do BES Investimento (BESI) foi interrogado e constituído arguido, no passado dia 14 deste mês, no Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP), no âmbito dos inquéritos Monte Branco e da venda das acções do Estado na EDP e na REN – confirmou o SOL junto de fontes conhecedoras da investigação.
O BESI assessorou as chinesas Three Gorges e State Greed, que ganharam os dois concursos, respectivamente, estando em causa indícios de tráfico de influências, pelos quais Ricciardi foi constituído arguido.

No caso Monte Branco – o maior caso de evasão ao fisco alguma vez detectado no país – o banqueiro é arguido por indícios de fraude fiscal.

Entre finais de 2011 e princípios de 2012, o DCIAP interceptou telefonemas que Ricciardi fez ao primeiro-ministro e ao ministro-adjunto. O presidente do BESI questionou Passos Coelho e Miguel Relvas sobre um aspecto concreto e determinante das operações de privatização, nas vésperas de um dos conselhos de ministros em que estes dossiês foram discutidos.

E conforme o SOL já noticiou, o primeiro-ministro atalhou de imediato a conversa, dizendo que esses assuntos não eram da sua competência. Esta escuta já foi validada pelo presidente do Supremo Tribunal de Justiça e foi importante para os investigadores reforçarem os indícios de tráfico de influências relativos ao presidente do BESI.

As suspeitas avolumam-se porque naquelas privatizações verificou-se, ao longo do tempo, um abaixamento dos preços oferecidos pelos candidatos chineses pelas acções do Estado. No total, a diferença entre as primeiras ofertas e as ofertas finais fez com que na EDP, por exemplo, o Estado encaixasse menos 117 milhões de euros.
‘Não pratiquei qualquer crime’, diz banqueiro
Na semana passada, a revista Sábado noticiou que o DCIAP efectuou buscas, já em Dezembro, à casa do presidente do BESI, tendo apreendido documentos relativos a negócios com obras de arte e a uma conta bancária no estrangeiro – buscas cuja realização começou por ser negada pelo próprio.

Esta terça-feira, o Correio da Manhã revelou que Ricciardi foi constituído arguido pelo DCIAP, o que motivou de imediato um comunicado do banqueiro, onde afirma que não altera nada do que disse em Outubro, numa entrevista à TVI (em que justificou o telefonema a Passos divulgado pelo SOL com o alegado objectivo de lhe mostrar desagrado pelo facto de o Governo ter escolhido a Perella Weinberg, uma consultora americana, para assessorar o Estado nas privatizações).

Ricciardi diz ainda que vai «actuar criminal e civilmente contra o jornal» Correio da Manhã «pelos danos que a divulgação desta notícia acarreta, quer na esfera pessoal, quer no plano institucional» e reafirma: «Não pratiquei qualquer crime, nem tão pouco me acusa a consciência de ter actuado de forma a merecer ponta de censura».

A venda dos 21,35% que o Estado detinha na EDP foi decidida no Conselho de Ministros de 22 de Dezembro de 2011. Já a venda de 40% da REN (em duas ‘fatias’, uma de 25% e outra de 15%) foi aprovada no Conselho de 13 de Fevereiro de 2012.

felicia.cabrita@sol.pt

Tags: José Maria Ricciardi, Sociedade, Passos Coelho"

Manuel disse...

Um vídeo delicioso

http://vimeo.com/61275290

João Pedro Barbosa disse...

Manuel,

Esta estava ainda para limar arestas, próprio para internet. A versão retocada e completa é offline!

Ourselves Protection

https://vimeo.com/63144916

João Pedro Barbosa disse...

Dá um pouco de sono mas dormir é meio sustento...

Under Water Chronicles (full size)

https://vimeo.com/63164474

andorinha disse...

Manuel,


Looooooooooool

Pois...ainda não se pode prescindir dele...:)


Pedro,

A nossa proteção fica para mais logo. I have work to do...

João Pedro Barbosa disse...

Andorinha,

Vê o primeiro a contar dos ultimos!

João Pedro Barbosa disse...

Comportamento de Risco

Um pianista que ainda temos na memória, procurava o silênicio das objetivas. Paco Elvira eateve em Portugal na Primavera de 1974. Conheci-o no Inverno de 2008, Fez o silêncio da vida.

Parei para pensar e fomos dormir!

Janita disse...

Diz muito bem, Doutor!
Solidariedade é a palavra-chave!

Afinal o que se passa aqui?
O autor escreve sobre alhos e os comentários referem-se a bogalhos?

Assim, não admira que chova três dias sem parar...e Portugal fique alagado!

bea disse...

Boa Noite:)

Anphy

Gostei do “já agora” :) “era uma casa absoluta” diz Herberto Helder às tantas, no seu poema alucinado de mulheres que são magnólias – flor que me cativa – e filhos seus e de uns a outros há um rio que corre e não pára de ser. Hummm, a Anphy tem hoje, mal comparado, um discurso assim, aos remoinhos. Ai com um …então agora diz-me que não acredito em si? Ora esta. Não seja assim. Então mas a gente não pode ficar bem uma com a outra, em paz, sei lá, descansadas…por exemplo…sabe porque lhe chamo o diminutivo? É que escrever Anfitrite é convocar muito poder para eu encarar; Anphy é mais carinhoso e próximo, até me esqueço que é uma deusa. É pá, não gosto de gente importante, quer o quê, fico aflita, pronto.
Devo estar cansada demais, não consegui entender a conversa acerca da Ana B. que será médica e mente aberta, não apenas dos livros, e a realidade e responsabilidade. E tal. Daqui a bocadinho começo a sentir-me psicopata. E não vale a pena. Já tenho a minha conta de maluqueira, não precisa acrescentos. Pode crer.
Gosto tanto de histórias Anphy! Gosto de gostar. Mas contam-se quando apetece. De outra forma perdem o lado mágico, e ficam apenas vida vulgar. Conta outro dia. Que lhe apeteça, ok? O bom contador vive dentro da história, é um transformador. Não sei se são para acreditarmos nelas. São de ouvir e de ler. Interessam-nos e assim nos sossegam com seus enredos e sentimentos bons ou divertidos.
Digo eu.
Estou com esta chusma de gatunos atravessada na maçã de adão:) e parece que brinco. Mas não. Ricciardi tem nome de aperitivo e é veneno puro.

bea disse...

João Pedro

a tortura do sono, que consiste em impedi-lo, dizem que é muito violenta. Acredito. Dormir ajuda-nos em tudo que fazemos acordados. Torna a vida possível. Dizes bem, é meia vida.

Andorinha

Dina Sfat. Como eu gosto desta atriz. que cedo nos deixou. bigada. Um sorrisinho para ti.

Boa noite.

João Pedro Barbosa disse...

Oh! Janita,

Gosto muito de falar em alhos e responderem-me em bugalhos. É a força da juventude impulsionada.

João Pedro Barbosa disse...

Acredite! Bea! Deixamos de contar os dias e as noites, todos os meios são eficazes para sair dessa situação e a ùnica coisa que fica é a memória de um dia aí não voltar.

Janita disse...

João Pedro Barbosa:
Peço imensa desculpa, mas devo ter feito uma confusão tremenda com o autor do blog!
Encontrei casualmente o "Murcon" na "Barbearia do Sr. Luís" e por mera curiosidade vim espreitar, já que também eu sou uma espécie de murcona, à boa maneira do Puorto e pronto, quem meteu água fui eu...sorry!:)

Se não for inconveniente e quando tiver um bocadito de tempo, gostaria que me elucidasse acerca dos nomes de quem responde aos comentários e de quem publica os posts.
Pensava eu que o filho da grande cançonetista Maria Clara, que celebrizou a canção sobre a bela Figueira da Foz e sexólogo conceituado que me habituei a ouvir na TV, fosse o autor do blog. Também pode dar-se o caso de haver aqui uma parceria...
Esta minha mania de vir meter a minha foice em seara alheia, qualquer dia sai-me cara. Ai, sai, sai!!

João Pedro Barbosa disse...

Janita,

Já vou ler!

Bea,

Gosta muito de pescadinha de rabo na boca. Desperto faz-se cansaço e a necessidade de dormir.

João Pedro Barbosa disse...

Janita,

O Jùlio Machado Vaz mais mediático; conheço desde os tempos do "Sexo do Anjos", Já lá vão "Um Vintage"!

Mas pode estar segura que apresentando duas versões do mesmo problema, as duas estão corretas.

João Pedro Barbosa disse...

"Uma mão pronta a ajudar"


Suicídio: inquéritos descuidam possíveis homicídios

As mortes equívocas em Portugal carecem muitas vezes de uma investigação «cuidada» pelas autoridades policiais, considera o Plano Nacional de Prevenção do Suicídio, colocado em consulta pública esta segunda-feira.

João Pedro Barbosa disse...

http://3.bp.blogspot.com/-KFbdAZ6uzVU/UVwA8ot2iMI/AAAAAAAAAeM/P5dYko-yZnY/s1600/DSC_0484.jpg

João Pedro Barbosa disse...

Um bom Natal...

http://1.bp.blogspot.com/-jHPhSmZvvx8/UVwQxvOQT1I/AAAAAAAAAec/nyjRjMIswYE/s1600/DSC_0488.jpg

João Pedro Barbosa disse...

O direito a obrigações será perpétuo e imutável!

Janita disse...

Já vi as imagens.
Tomei a liberdade de escolher a bela tulipa vermelha do jarrão verde.
Se um dia ousar colocá-la no meu blog, também copiei o link e darei os devidos créditos.
Há pouco, num outro blog, disse-lhe não ter compreendido tudo, mas agora creio que sim!
Também conheço o JMV, desde o tempo do "Sexo dos Anjos".

Ou, quem tem direitos tem obrigações...e estas serão sempre perpétuas e imutáveis!!

João Pedro Barbosa disse...

Obrigada,

Mesmo sem me sentir obrigado, venho manifestar o direito de reconhecer o meu nome bem mencionado.

Janita!

bea disse...

Boa Noite :)

que estejam quentinhos e que a chuva no beiral vos embale. Para dormir. ou só para.

Janita

Bem vinda :)

João Pedro

sou assim,mordo-me em circuito fechado:)
a foto de natal está bonita. obrigada por.

Anfitrite disse...

Alguém está com vontade de se rir?

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=SWKerbNIQcU

Anfitrite disse...

Janita:

Apesar da enchurrada veio desaguar no sítio certo.

Sabe, nós aqui estamos em auto-gestão. O professor resolveu abandonar-nos, pois estar no "face to face" dá-lhe mais emoção. A nós já nos conhece de ginjeira. Então nós resolvemos ficar por aqui, para que a loja não feche e fizemos disto o nosso café, onde trocamos umas ideias(?), quando elas existem.
Sabe que eu sempre que vejo os seus comentários no "crónicas...penso que é um homem que está a falar. Talvez devido à associação que faço com o Janita Salomé. Mas eu também tenho um problema, devo descender de algum padre, porque tenho a mania de baptizar toda a gente. Umas vezes de forma hilariante, outras bem ácida, e há muita gente que não gosta. Mas já em tempos vi, que nos seus gostos, está parte de tudo o que gosto.
Já agora podia dizer ao Carlos, que o blogue, com as novas imagens, ficou tão pesado, que leva quase uma hora a abrir.
Desculpe o abuso. E fica uma cadeira sempre vaga esperando a visita.

Anfitrite disse...

Bea,

Nunca ninguém tinha definido tão bem a minha situação. Estou mesmo a esbracejar num remoinho, só que a força centrípeta ainda não foi subiciente forte para me tragar de vez.

Hoje vi tanta notícia, que me deixaram estarrecida, mas como não quero incomodar, deixo o link, para o caso de querer comparar as Justiças:
http://www.ionline.pt/portugal/oeiras-autarquia-paga-37-milhoes-dos-socios-isaltino-mocambique

http://www.publico.pt/economia/noticia/apenas-455-dos-desempregados-recebiam-subsidio-em-fevereiro-1590058

bea disse...

Anphy (10:10)

esse senhor tira-nos os olhos e diz a Anphy que... eu quero mais é que ele vá até muito longe e fique lá. Não volte. Mas voltam todos. Oh! é 4ª e esqueci-me de ver o seu duende. Fica para a próxima.

Ai é? conhece as pessoas pelos nicks? depois não diga que não a avisei...

João Pedro Barbosa disse...

Bea,

Uma vez que está mais próxima do pontifice.

"Estando Jesus à direita do Senhor e encontrando no céu tudo que não é terreno. Podesse concluir que à esquerda do pontifice está o anticristo"

bea disse...

pois olhe Anphy eu fico até com ganas de rasgar o jornal quando leio notícias destas - e é quase só o que leio. Ainda bem que é digital, assim não há lixo nem desperdício. Lixo há. Esta gente é toda um monturo.

Alguns governos apostavam no emprego. Este, aposta no desemprego. E a gente deixa. Bonito serviço.

Mas pronto. Obrigada pelas informações.

Manuel

ontem não agradeci a do papel higiénico; bigada. Já conhecia, mas repeti que gosto de ver a cara do indivíduo no final.

João Pedro Barbosa disse...

Estas minha ùltima frase, faz bem a legenda da bancada governamental que aparece na televisão. E a personagem mistério de tanto de andar de Jaguar, teve na parte do seu discurso uma gaffe que saiu melhor que a emenda - Os Pegos, Portugueses! - Venho esclarecer que a sabedoria ultrapassou os limites. Realmente existem Pegas mas eu nunca tinha distinguido no genero. E reconhço o meu atraso mental em não conseguir distinguir um Pego de uma Pega. Na dùvida pode ser um Gaio!

bea disse...

João Pedro

queres saber o teu lugar? ou isso é uma adivinha? Não sou o mestre de cerimónias do murcon. E, se falas do Papa, frio, frio, frio. não sei onde pára.
Não quero desiludir-te mas penso que o anticristo é ficção científica. Filme.

bea disse...

Não poderemos nós ter um governo de gente normal, que fale normal e tenha ideias normais para o país? como por exemplo lutar para sermos portugueses de novo e não este parentesis recto, esta chaveta onde nos entalaram...

João Pedro Barbosa disse...

Bea,

O Anticristo foi o próprio Cristo.

João Pedro Barbosa disse...

Manuel,

Gostei do papel higiénico. É essencial quando vamos a algum lugar onde não conhecemos a vizinhança.

bea disse...

Ah! tá bem. Grande coisa. Não é preciso ser Cristo para sermos anti nós mesmos.

Despeço-me. Vou retirar-me. Fiquem com quem.

andorinha disse...

Estouradinha:), só vim deixar-vos um Olá é muitos :)))

E também me vou retirar. Fiquem bem:)

Anfitrite disse...

Bea,

O meu duende andou por aqui? Nem me apercebi disso. Estive a ver o"Justça Cega?", na RPt-inf., que é muito mais informativo. Eu não tenho fantasmas. Quando falo de certa maneira é para despertar consciências. Era isso que eu queria- que as pessoas tivessem a mente aberta- não fossem facciosas, ouvissem tudo, com olhos de ver, para depois poderem tirar conclusões lúcidas e não ao sabor dos ventos que passam. Eu não preciso de muito para conhecer as pessoas e, quando sou enganada é porque quero. Será um sétimo sentido? Uma mente brilhante? não sei. Se vierem que sejam rsrsrsrs. O resto nem sabem o que quer dizer, na maneira que é escrito.

P.S.- Já está com linguagem matemática. Antes dos parênteses rectos, estão os curvos, onde nos enrolaram.

Pedro,

Até nisso se verifica o machismo. É para isso que as mulheres servem. Agradarem aos homens, levarem o papel higiénico à casa de banho, serem retrógadas e servir o seu amo e senhor com a melhor das boas maneiras.

Bons sonhos!

Anfitrite disse...

Esta não posso deixar passar:

Seria risível a imcompetência desta deputada do psd, já que o país está tão triste, se estes imbecis não nos ficassem tão caros.
A deputada congratula-se com a medida do ministro, que era falsa, pois era dia das mentiras, e nesse dia circularam vários mails falsos.

No Notícias ao Minuto:

"Insólito Deputada do PSD congratula ministro da Saúde por medida falsa
A deputada social-democrata Laura Esperança congratulou esta quarta-feira o ministro da Saúde pela contratação de cerca de 600 enfermeiros, um dado que consta de uma mensagem falsa veiculada por correio electrónico que circulou segunda-feira, Dia das Mentiras.

ServicesA deputada falava durante a audição do ministro da Saúde, Paulo Macedo, na Comissão Parlamentar de Saúde, tendo enaltecido um conjunto de medidas que estão a ser desenvolvidas pelo actual Governo na área da saúde.

Uma dessas medidas que Laura Esperança elogiou foi a contratação de 600 enfermeiros. Esta contratação foi segunda-feira divulgada através de um email falso, proveniente de contas de endereço do Governo, nomeadamente da Administração Regional de Saúde do Norte.

A afirmação da deputada foi seguida de comentários em surdina por vários deputados, que identificaram de imediato a origem desta informação: um email falso.

Além do caso do endereço oficial da Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte, foi ainda usado um endereço electrónico oficial do secretaria de Estado da Cultura para distribuir um comunicado falso a dar conta da alocação de mais verbas para apoios às artes, e um

O secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros negou na segunda-feira que o Governo estivesse sob ataque informático, esclarecendo que os comunicados falsos enviados a partir de emails oficiais tiveram origem na apropriação indevida dos endereços electrónicos.

Luís Marques Guedes esclareceu ainda que a situação teve origem no recurso a um ‘fake mail’, um email falso que permite enviar correios como se estes tivessem origem em endereços válidos.

Entretanto a organização Mayday Lisboa reivindicou a autoria dos correios electrónicos com notícias falsas emitidos em nome do Governo.

Ainda mais esta:

http://www.noticiasaominuto.com/economia/59556/governo-quer-criar-part-times-para-que-haja-tempo-de-fazer-filhos

Nunca pensei, na minha vida, que o meu País chegasse a isto.

João Pedro Barbosa disse...

Anfitrite,

Vou mais sossegado, depois da missa!

bea disse...

Bom Dia:)

Anphy

serei um bocadinho lerda. Pronto, para o estúpido, mas penso que a medida é boa. A ideia de que os pais possam optar por emprego a tempo parcial sendo o restante remunerado pelo estado parece-me bem. O que já não me parece bem é que estando o país como está, o senhor deputado a proponha. Afinal temos uma percentagem de desempregados que aumenta em cada dia. Não há dinheiro para nada, retiram-nos do vencimento, criam impostos de solidariedade, aumentam os que já existiam, e mais e mais...e depois dão uma de país nórdico.

Ou não entendi nada?

Fiquem bem que tenho o gato no meio da estrada e mesmo com sete vidas não sei, não sei. Anda cá Tareco, vá...então agora deitas-te aqui no meio feito tontinho. oh, deixa que os pneus dos carros são muito pesados para ti, vamos embora.

João Pedro Barbosa disse...

Hoje tive uma tremenda desilusão com um o pedido, aceite. De demissão.

Há sempre uma mistura de dever cumprido e a incerteza do futuro. Uma calma muito próxima do precipicio.

Provocante! Eu?

Apenas descomplicado.

http://60seconds60minutes60photographs.blogspot.pt/

Anfitrite disse...

É isso bea. Vão promover a procrição, com fundos comuniutários, para mais tarde sustentarem a "Peste Grisalha", ou sejam os velhos, como lhes chamou um deputado do PSD, alto e bom som, no Parlamento.

O anúncio da medida foi feito pelo própio ministro da sSocial- o ministro lambretas e que almoçava no pingo-doce da Av. Guerra Junqueiro porque não tinha dinheiro para mais. Custa-me a crer, como é que o pai dele, que se fartou de trabalhar para conseguir tirar o curso de Direito, como voluntário, e que veio a tornar-se um advogado famoso, em Direito do Trabalho, tenha gerado um aborto destes, já que o irmão, tem a sua própia sociedade de advogados independente da do pai. E não consigo entender como é que gente que sabe o que custa ganhar a vida, opte por partidos que só defendem os capitalistas. Sou lerda também como diz a bea. Há coisas que não cabem nesta cabecinha.

João Pedro Barbosa disse...

Anfitrite,

Tem que ir a uma "Smartshop", está com um brilho muito estranho!

andorinha disse...

Good afternoon, ladies and gentlemen:)


Pedro,

Gostaria de ter essa tua descomplicação:)
Onde se aprende????

Beijinho e festa na moleirinha

"Tem que ir a uma "Smartshop", está com um brilho muito estranho!"

:)))))))))))

Achei piada...e já nem lolelei....

Quanto ao governo/desgoverno já nem falo, saturei de vez...

Inté...

andorinha disse...

Miguel Relvas sai do governo e Crato vai anular-lhe a licenciatura.

Looooooooooooooooooool

A minha primeira reação foi esta:)

"Uma andorinha não faz a Primavera, pode talvez anunciá-la. Passos Coelho demorou tanto a resolver isto que o desprestígio do Governo se acentuou. Passos Coelho não está à altura da gravidade da situação."
Graça em Miguel Relvas sai do Governo e Crato vai anular-lhe a licenciatura

Pois não, mas no que eu puder contribuir...:)))

Finalmente o princípio do fim?
Falta o Constitucional...
É gratificante para mim, e muito, assistir ao estertor desta gentinha...

andorinha disse...

"Não tenho condições anímicas para continuar."

Tadinhooooooooooooooooooooooooooo!

Elas não matam, mas moem, não é?
Tão cheio de basófia e agora esmoreceu?
Não é de homem...:) loooooooool


João Pedro Barbosa disse...

Andorinha,

Estou a ver que és seguidora do Embaixador do Impulso Para a Juventude. É que eu faço parte do conselho de segurança e tenho poder de veto!

OK?

João Pedro Barbosa disse...

No outro dia li que alguém tinha descoberto uma forma de "queimar" 300 calorias em 4 minutos. Sem fazer contas! Despejar o autoclismo, não vai dar ao mesmo?

Vou ter que sair para ir trabalhar!

Anfitrite disse...

Pedro,

Gosto muito de brincar, e até tenho um tipo de humor muito especial. Mas não gosto de brincar com coisas sérias, nem tiro conclusões, logo ao dobrar da esquina, ainda sem ter acabado de ler a notícia.

Não preciso de ir a lado nenhum. Tudo o que preciso tenho em casa. É lá fora que está a loucura, por isso me incomoda, ver o que se passa à minha volta, sempre que saio.

João Pedro Barbosa disse...

"Não o nego. A minha profissão é escutar, certas histórias de vida desconhecem palavras como egoísmo, ressentimento, vingança, sobranceria."

Como é mútua esta afirmação, sabendo que o trabalho está dos dois lados!

João Pedro Barbosa disse...

Anfitrite,

Mesmo pelo respeito de quem desenhou o "oráculo". A fotografia dos trevos está muito melhor e é produto da casa.

João Pedro Barbosa disse...

Anfitrite,

Das vezes que fui ao mar, nunca a vi! Anfitrite só existe aqui!

rainbow disse...


Alô pessoal:)

Entre sonhos e pragmatismo, o meu coração balança...:)
E que saudades daqui!

Anfi,

Quando não se tem as palavras adequadas, vale um sorriso? Um abraço? Penso que sim:)

Andorinha

Ando tão a leste, que só agora é que soube do pedido de demissão de Relvas.
E não me esqueço do "rainbowzita":)


Fiquem com esta musiquinha:

http://www.youtube.com/watch?v=Q8F-DMgHXPs

andorinha disse...

Pedro,

Eu, seguidora do EIPJ?
Nã...sou só seguidora de mim.

Rainbow,

A ouvir Midnight Blues. Lindo! Música e imagens.
Bigada, amiga. Sempre presente mesmo quando ausente.

Às 23h na SIC Notícias entrevista com Nuno Crato. A ver...

E com isto já me esquecia:) da vitória do Benfica...
3-1, as meias finais estão à vista. Depois é só mais um saltinho:)

andorinha disse...


ei-de plantar uma oliveira no quintal de casa e
pedir ao mundo que não lhe faça mal:
mil anos depois, talvez mais,
ainda os meus olhos se debruçarão à janela das suas
rugas
e em cada outono hão-de passar por negras azeitonas;

com as oliveiras aprendo a zombar do tempo,
mas a lição é muito difícil de aprender.



não podes desistir apenas porque não consegues vencer,
sabendo que a maioria das vezes a vitória
está do lado da força e não do lado da razão,
do lado da economia e não das pessoas,
do murro e não do coração:

-dos fracos e vencidos também reza a história:
se não desistirem, fracos nunca serão.

Francisco Niebro, Ars Vivendi, Ars Moriendi

Um belíssimo livro de poesia do qual retirei estes dois poemas.
Por razões diferentes, e para além da beleza, dizem-me muito os dois.

andorinha disse...

hei-de...

bea disse...

Olááá...

Viva!!! pode até ser que os outros tomem embalagem...ou lhes falte a força anímica :)

Demissão de Relvas:
Para já é a primeira boa notícia em muito tempo. Ainda que concorde com a andorinha, vem tão atrasada que sabe a requentado.

Pois vamos ver o resto...que os deputados deviam ter feito. E deixaram para quem.

E parabéns aos benfiquistas :) como a andorinha :) e o professor; e outra gente

E fiquem bem que estou um bocadinho tonta e não é de maluquice. Será que o movimento de rotação está a processar-se sobre o eixo? Hoje não me parece…

Rain
Salvé :)

Boa noite a todos

João Pedro Barbosa disse...

Anfitrite,

Lendo nas entrelinhas e não nas estrelinhas! Não falo do que vi ou do que ouvi. Estive nos lugares e mesmo que fosse Natal os motivos eram mais fortes que as festevidades.

João Pedro Barbosa disse...

O Egoismo visto como uma religião, fundamenta muitos principios de vida.

andorinha disse...

http://www.publico.pt/mundo/noticia/malala-voltou-a-escola-e-pode-sonhar-outra-vez-1588415

http://www.publico.pt/mundo/noticia/badam-zari-ser-analfabeta-e-candidata-ao-parlamento-do-paquistao-1590116

Duas excelentes notícias antes da caminha:)

Fiquem bem.

Anfitrite disse...

Para não dizerem que sou eu a mal intencionada, esta foi retirada agora do Jumento:

"A demissão de Miguel Relvas

Foi um cheirinho a Abril ainda que não passe de uma manobra de diversão, Relvas faz de boi da piranha para que a manada governamental passe incólume o rio. Este governo é o Gaspar e enquanto este estiver até a demissão de Passos Coelho seria indiferente."

E é preciso não esquecer que a comunicação social tambbém vai dar a sua ajudinha.

João Pedro Barbosa disse...

Dear friend,

I don´t need this.
Eondoic is a must!

João Pedro Barbosa disse...

Miss Murcon,

Se clicares no nome vais encontrar um perfil. Optas por "Gools Go" e uma vez teres lá chegado, do lado direito tem a "Link list", optas por, "Landscape Mobile Structure". Neste último destino clicas no nome do autor. E mais não digo!

João Pedro Barbosa disse...

"basta crer que ainda somos capazes da mais elementar decência solidária."

O Romanos perceberam que ali não estava o opositor, já Maco Polo tinha rumado a Oriente na rota das cedas. O logistica para amar outros como tinha amado os que deixou, ficou-se pelo singular de Madalena. Não havendo registo escrito da comunhão. Em carne fez-se o desejo em terra sem nome. Nunca soube o que era ser mãe, embora o avô sabia bem ele que o era.

João Pedro Barbosa disse...

E não se enganaram em saber que não era um alinhado.

João Pedro Barbosa disse...

Voltei à realidade, foi só um sonho bom!

João Pedro Barbosa disse...

Archive - Me and You

http://www.youtube.com/watch?v=YjMWh7yGPTc

João Pedro Barbosa disse...

Vou deixar falar quem sabe que eu ainda sei menos!

bea disse...

Boa noite:)

está tudo bem?
Então o TC fez o que se pensava…e agora?
Gostaria que valesse alguma coisa. Para nós. E o país.

O meu médico mandou-me descansar. Amanhã a gente fala ok?

durmam bem.Vá, bora ir dormir :)

um xi-coração de boa noite a todos

João Pedro Barbosa disse...

bea,

Uma boa noite e bom descanso. Deixo aqui uma partitura para aquecer que a noite está fria.

http://www.publico.es/internacional/453222/el-constitucional-portugues-declara-ilegales-varios-recortes-en-los-presupuestos-del-pais

João Pedro Barbosa disse...

Um bom dia!

Vinha só fazer uma reclamação. O "Amor é..." devia ser feito por um sexólogo feio e uma jornalista igualmente feia. Ainda me tentei aguentar até às duas mas fiquei-me pelas "Crónicas da Idade "Mìdia" e as primeiras noticias.

João Pedro Barbosa disse...

Venhos-vos apresentar a Miss Web!

http://2.bp.blogspot.com/-u60h6_C6agA/UV_q01Eme7I/AAAAAAAAACo/ZFAJRDpCUms/s1600/DSC_0584.png

João Pedro Barbosa disse...

Alguém um dia escreveu - The only things important in life is a garden and a library -

Hoje acordei e a Miss Web já cá não estava.

http://3.bp.blogspot.com/-3Q7tlbAzuS4/UV_2N19VPtI/AAAAAAAAAC4/gMqKJlZS7gM/s1600/DSC_0588.png

bea disse...

Bom Dia :))

João Pedro

tão linda a miss!

não estava como? parece-me ver cor de rosa. será uma réplica.

vou ali ver uma coisa e venho já.

bea disse...

Esqueci-me :) obrigada pela partitura que só li agorinha.

andorinha disse...

Bom dia:)

Easy like Sunday morning - Lionel Ruchie

www.youtube.com/watch?v=DQAKY1ntM9o

...or like Saturday afternoon:))))

Vou ali apanhar um solinho antes de ele fugir:)

Inté...

João Pedro Barbosa disse...

Fui ao meu arquivo oficial e encontrei uma fotografia de Cantelães.

http://3.bp.blogspot.com/-movm97n6kUA/UWA488xhHAI/AAAAAAAAADI/uAaSLKWESO0/s1600/DSC_0647.png

Anfitrite disse...

Nada de importante, mas vale a pena ver o opinião dos outros.

IN JUMENTO

A hora das hienas


Uma análise interessante do caso Relvas é abstrairmo-nos dos nossos sentimentos em relação à personagem, ignorar a sua face política e concentrarmo-nos nos comportamentos humanos dos principais intervenientes, incluindo o Miguel Relvas.

Comecemos pela questão da licenciatura, um tema muito querido dos portugueses e em relação ao qual somos contraditórios. Quantos não desejariam serem tratados por “doutor” e sempre que podem desvalorizam quem o é. O próprio Relvas é contraditório, não perde a oportunidade de dizer que subiu a pulso e de valorizar a sua disponibilidade para aprender fora de um sistema formal de ensino, mas não resistiu à tentação do título.

Vejamos agora a forma como a conseguiu, ficamos com a ideia de que o maroto enganou uma universidade sem credibilidade que obtém receitas vendendo diplomas. Terá sido mesmo assim ou alguém a quem deveria caber a defesa da honorabilidade da universidade optou por sugeria a Relvas que aparecesse na Lusófona que se arranjava maneira de entrar lá com o secundário saindo logo de seguida doutor? O caso Relvas não é um mero erro administrativo ou um conflito de regulamentos internos, revela a dimensão humana de alguns dos nossos “catedráticos” da treta.

O que dizer de uma justiça, designadamente, de um Ministério Público que no caso Sócrates investigou tudo, desde a licenciatura aos desenhos de construção civil e agora, no tal tempo em que terá acabado a impunidade, nada fez, acabando agora por ficar com o processo enviado pelo próprio ministério?

Cavaco Silva decidiu aproveitar o caso Relvas para puxando dos seus galões de professor defender a honra e a credibilidade das academias, como se as universidade privadas não se tivessem multiplicado como cogumelos, no teu tempo e na sua quase totalidade dirigidas por gente ligada ao PSD do seu tempo. Mas, pior do que isso, é que a autoridade moral de Cavaco Silva para falar do tema não é das melhores, puxando um pouco pela memória dos portugueses vem-nos à memória que Cavaco Silva foi alvo de um processo disciplinar arquivado de forma pouco clara, foi acusado na Universidade Nova de faltar excessivamente.

Os mesmos jornalistas que há poucos dias bajulavam Miguel Relvas, que ignoraram todas as barbaridades que ele fez na comunicação social, que se esqueceram de ser solidários com a colega do Público que foi perseguida pelo então ministro, atiram-se agora ao mesmo Relvas de forma muito corajosa. Essa gente ainda tem na boa o gosto dos ditos do Relvas, tanto foi o tempo que passaram a a lambê-los agora que ele já não pode influenciar os negócios no sector são muito corajosos.

Por fim, a forma indecente como o velho amigo Passos Coelho se serviu de Relvas, manteve-o durante meses e quando era acossado por todos os lados usou o amigo como um bocado de carne podre que se atira aos lobos para os distrair. Passos Coelho segurou Relvas até ao momento em que lhe foi útil, quando estava à beira da queda, atacado por uma moção de censura, com um Tribunal Constitucionbal a declará-lo incompetente atirou Miguel Relvas às feras no meio da arena para divertimento da populaça.

Relvas é o que é, terá as suas qualidades e defeitos tudo levando a crer que o peso dos segundos é muito maior do que o das primeiras, mas a verdade é que muitos dos que estão benzendo a sua honra com o sangue de um Relvas caído em desgraça são ainda piores do que o Relvas. O Relvas vai desaparecer, mas essa gente nojenta vai continuar a dominar a nossa vida política, a governar, a investigar ou a manipular a informação.

Anfitrite disse...

Pedro,

Ainda dizem que os espanhóis não são nossos amigos! De tantos comentários à notícia, não vi nenhum desagradável. Houve até quem tentasse reproduzir a "Grâdola Vila Morena"

Já agora animemo-nos um bocado:


http://www.youtube.com/watch?v=hcm55lU9knw

Anfitrite disse...

Este deve agradar a todos:

http://www.youtube.com/watch?v=pRpeEdMmmQ0


Professor!

Por favor, mude o postal. Sempre que vejo o título apetece-me comer doces!

João Pedro Barbosa disse...

Anfitrite,

Por isso teres uma redoma de açucar que não se desfaz.

bea disse...

é urze ou alfazema...

João Pedro Barbosa disse...

Azália é a "rosa"
"urze" é alfazema

rainbow disse...


Boa tarde pessoal:)

Obrigada Pedro pela notícia do Público.es

Anfi

Estive a ler quase todos os comentários a esta notícia, e de facto, nuestros hermanos dizem que a justiça espanhola deveria aprender com o Constitucional luso, ainda estão a comentar, com versos da Grândola Vila Morena, e um deles deixou estar tarde este link:

http://www.youtube.com/watch?v=ci76cKwFLDs

Bea

Depois da decisão do TC, o que virá a seguir?
Não te preocupes, é uma pergunta retórica:) No need to answer.
Mas que é uma boa notícia, sem dúvida.

Andorinha

Obrigada pela canção, e vai lá atrás do Sol:)

Fiquem com esta:

http://www.youtube.com/watch?v=MEGc1VkkJ6M

Anfitrite disse...

Não é uma coisa nem outra.

Anfitrite disse...

Pedro,
Agora quase que me derreti com o que disseste!

Anfitrite disse...

Já com uma declaração de guerra da Coreia acho que esta canção é mais apropriada. Mas desejo bem que não!

http://www.youtube.com/watch?v=5IAlrXheQ7I

João Pedro Barbosa disse...

Anfitrite,

Por falar em Coreias. Aqui fica uma ameaça bem mais próxima.

Anfitrite disse...

Jão Pedro,

Isto não é uma ameaça. Antes pelo contrário. Ainda hoje me vi aflita, para rapidamente arranjar um galho para salvar uma que tinha caído dentro dum balde de água. Depois virei-a, com as asas para cima, para apanharem sol para poder voltar a voar.
Se a bea se referia a esta imagem é capaz de ter razão. Os zooms tiram-me a noção da realidade e é bem possível que seja uma flor de lavanda.

Boa noite!

João Pedro Barbosa disse...

O Amor é...

João Pedro Barbosa disse...

Ãnfitrite,

Quem tem uma mãe
Tem Tudo
Quando estamos a dormir
Não temos nada

Janita disse...

Anfitrite.
Lamento, mas de momento não posso transmitir nenhum recado ao CBO do CR, porque andamos ambos de candeias às avessas.
Continuo a lê-lo mas sem me pronunciar, pelo que o melhor é ir lá dizer-lhe de sua justiça, o que entender.
Quanto ao Prof. vos abandonar por aqui, em benefício do Face. até nisso tive azar! Fui pedir-lhe amizade e, oh desilusão...fui informada que já havia excedido o limite permitido(?), quinze mil e muitos amigos. é obra! Como consequência fiquei limitada a este espaço. Felizmente , vou lendo, por aí, algumas coisas engraçadas que as pessoas vão partilhando, ainda há puco comentei no blogue de uma amiga a Anedota da Semana, publicada na 5ª feira passada pelo Prof. JMV, no Face.
Brevemente voltarei, até lá!:)

João Pedro Barbosa disse...

"Do you know my name / When I saw you in heaven"

João Pedro Barbosa disse...

Janita,

Em relação ao comentário "unico!" que se foi com o vento.

Dedido-lhe este filme.

e o n d o i c

http://www.youtube.com/watch?v=OOMnjlIGZ3g

Está bem assim?

bea disse...

Bom Domingo a todos :)

apetece.me dizer uma coisa, tinha-vos saudade. Impressionante. Como é que se tem saudade de gente que não vimos e talvez nem conheçamos. Mas pode.

Muito obrigada pela música :).

Anphy
é bonita e basta. Também pode ser rosmaninho :)

João Pedro (4:49)
Bué fixe o teu comment :) esvanece-me o eu.

Bem gosto de azálias mas elas não aprovam a terra em que as deito :) soçobram, estiolam. e por aí.

E fiquem bem que vou acabar de curar uma doença pequenina que, de quando em vez, me pega pelas costas, à socapa, e feita tonta me toma e tem. E eu, ai, deslarga-me; mas ela não me faz caso. Mau, mau.

João Pedro Barbosa disse...

Andorinha,

Nem um fino, nem um chá, nem um...

João Pedro Barbosa disse...

Mesmo acreditando em Deus, um humilde - Sim. Eu existo. - Seria o suficiente à pergunta - Onde estás tu em certos momentos?

João Pedro Barbosa disse...

Consideremos as ciências não mediáticas no preencher de espaços vazios.

andorinha disse...

Continuação de bom domingo:)

Bea,

"Como é que se tem saudade de gente que não vimos e talvez nem conheçamos. Mas pode."

Claro que pode! Há duas pessoas fora deste blogue que não conheço, de quem gosto muito e de quem sinto saudades se estamos muito tempo sem "falar".
Se me dissessem há uns anos que isso era possível, eu diria que essa gente estava louca:)))))
Mas não está, não.

Pedro,

Hoje não, já tinha coisas combinadas. Eu disse-te. Amigo não empata amigo, sempre assim foi, miúdo da moleirinha fofa:)

Li o teu post seguinte, o das 2.38 e até me assustei. À primeira, pensei que estivesses a falar para mim:))))))

Um abraço dos "nossos":)
mas depois vi que era com Deus.

João Pedro Barbosa disse...

Andorinha,

A primeira impressão é marcante!

João Pedro Barbosa disse...

Se a história fôr boa, nunca mais se esqueçe.

Anfitrite disse...

Bea,

Rosmaninho não é porque ele só
tem pétalas na última parte da flor.

É realmente lindo, prefiro estar a olhar para as flores, ao mesmo tempo que me lembro das tristes Senanas-Santas da minha infância, porque também estou a ouvir um sujeuto, que faz de todos nós mártires.

Creio que tudo vai ficar na mesma.

Anfitrite disse...

Esqueci-me de enviar a imagem

http://www.trekearth.com/gallery/Europe/Portugal/South/Beja/Castro_da_Cola/photo1338933.htm

JÁ ME ESTÁ A DOER O DISCURSO , QUANDO ALGUÉM QUER UMA cONSTITUIÇÃO À MEDIDA DO SEU DESGOVERNO. è PRECISO NÃO TER VERGONHA.

Janita disse...

João Pedro Barbosa

Em relação ao vídeo, já vi e respondi o que na hora me veio à ideia. Provavelmente, mais uma vez errei ao ceder ao meu primeiro impulso. Paciência! O que não tem remédio, remediado está!
Como guardei o link e vi haver mais vídeos, lá voltarei quando estiver para aí virada.

Quanto ao comentário "único" (?) que diz ter ido com o vento, pelas minhas contas já são dois!
Então, onde foi parar o que lhe escrevi no " 60 segundos 60 minutos 60 fotos".??
Ah, só depois me apercebi que o comentário no Youtube iria aparecer com o meu verdadeiro nome, em virtude de ter usado o e-mail particular, mas lembrei-me ainda em tempo de deixar o pseudónimo, para me poder reconhecer. Bolas! Por vezes irrito-me comigo mesma, pois pareço uma catraia a navegar num mar estranho e, quiçá, perigoso.

Impio Blasfemo disse...

De morrer a rir
"O Menino deu à Sola"
http://www.youtube.com/watch?v=5ITMF6eNwVI

Saravá IMPIO

Janita disse...

JPB
Vim novamente porque coloquei mal a questão no Youtube.
O que eu quis perguntar era se o JPJ é um heterónimo de JMV, ou se são duas pessoas distintas.
Ainda tentei fazer a devida correção, mas não consegui. Sorry!

Pedro disse...

Janita,

Sorry! Mas não somos a mesma pessoa.

Pedro disse...

Janita,

Amigos
Amigos
Trabalhos
À parte

http://60seconds60minutes60structures.blogspot.pt/#!/2013/04/blog-post_7164.html

andorinha disse...

Pedro,

:)))

A primeira impressão é marcante, claro. Até porque não há duas hipóteses de criar uma boa primeira impressão:)))

Nós já vamos quase na centésima e elas continuam boas:))))))))
É o mais importante...

Impio,

Já tinha visto hoje no FB.
"O menino deu à sola" é de partir a moca:)


O Tribunal Constitucional não devia existir. Só prejudica a belíssima atuação do governo! Inadmissível....

rainbow disse...

Pois, agora a culpa de tudo é do TC!
Até fico com os nervos em franja, o que não é muito habitual...
E ontem confirmei a falta de isenção de JGF ao defender que, no actual contexto de excepção, o TC deveria ter ponderado melhor.
Como disse Daniel Oliveira, nem em caso de guerra a democracia é suspensa. E até PML, que é de direita, disse que se um PM contesta as decisões das instituições, é porque não pode ser PM numa democracia.

Janita disse...

OK, Pedro!
Não lamente! Eu fiquei contente.:)

Já lá estive, no perfil recém-criado e agora vou dizer-lhe o que a imagem me sugere: Uma boca coberta de gotas de orvalho!
Um beijo!

Pedro disse...

Janita,

Eu ainda fico mais contente! É um detalhe um estendal de aluminio com a chuva de hoje!

Pedro disse...

Deixo aqui um abraço!

Daqueles que se ouve o coração.

Janita,

Só me levas para maus caminhos
Se eu próprio entendo o que faço
Agradecer uma opinião
Não faz parte do meu vocábulo

Para não andar a correr pelos arquivos.

"Something to be perfect / Needs some imperfetion to make sense"

bea disse...

Olá :)

tão...o JPB é o João Pedro. Desfez-se-me uma incógnita.

Isto é tudo fogo de vista. O governo está fazendo de vítima à conta do Tribunal Constitucional. O que só estraga. Mas, de uma forma geral, penso que quase tudo que tem feito, posto em palavras e discurso, fica pior. Não têm muito tacto. Parecem garotos com o ego à flor da pele. Não me apraz o show.

Andorinha

"Há duas pessoas fora deste blogue que não conheço, de quem gosto muito e de quem sinto saudades se estamos muito tempo sem "falar".

ah, ah, ah...a maioria das pessoas de quem tenho saudade estão na categoria de "fora deste blogue". E são mais que duas. Também não sei muito bem se as conheço, mas de uma certa forma creio que sim, que conheço, ou não poderia ter saudade :)

Anphy

Bolas! entende sempre tanto de tudo...até de rosmaninho.
e viu o seu duende? afinal é ao domingo (parece que à semana tem de estudar e assim).

Ímpio

está muito engraçada a cantilena :) bigada.

À deita que amanhã é dia de trabalho!

Janita disse...

Pedro.
Como agora faz parte da minha lista de blogues, estou sempre a par das novas publicações.
Antes de me retirar que amanhã é dia de trabalho, fui lá espreitar, mas para comentar nem sempre está visível a cx. de comentários. Resultado, venho aqui ao "Murcon" e a partir da imagem chego lá...outra incógnita!

Concordo plenamente com essa frase que lá tinha lido lá.
A minha grande surpresa é que aqui me espera um abraço daqueles bem apertados que nos fazem ouvir e sentir palpitar o coração!:)

Quanto à quadra, está uma delícia, embora eu não concorde que agradecer uma opinião seja um descaminho, mesmo quando se entende bem aquilo que se faz!
Vai ver isso é falta de hábito!!

Voltando a esse belo pensamento, para algo fazer sentido e ser perfeito tem de ter alguma imperfeição, então, não é que tem toda a razão?

Outro abraço!:)

Tenha uma boa noite!

Anfitrite disse...

Retirado do IONLINe

CMVM “obriga” accionistas da EDP a diluir pagamento de prémios por mais 3 anos

Por Ana Suspiro, publicado em 8 Abr 2013 - 03:10 | Actualizado há 43 minutos 28 segundos
Accionistas devem votar redução de salários do Conselho Geral e Supervisão por causa da crise, mas política de remuneração da administração pouco muda. A entrada da China Three Gorges no capital e nos órgãos sociais da EDP não vai trazer grandes mexidas à política de remuneração dos administradores da eléctrica. E a principal novidade veio das recomendações da Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) que tem pressionado a empresa para diluir mais no tempo o pagamento de bónus.

Em causa está o desfasamento temporal do pagamento do prémio plurianual, ou de final de mandato, por três anos, a partir do exercício em que for decidida a sua atribuição. Esta alteração vai impedir que os administradores executivos da EDP voltem a acumular no mesmo ano os prémios do desempenho relativos ao mandato: o que no caso de António Mexia resultou no valor de 3,1 milhões entregues no ano passado. Por esta proposta, os gestores vão ter de esperar mais três anos para receber estes bónus que têm sido muito relevantes na estrutura remuneratória da gestão da EDP. Isso significa que podem já não ser administradores quando o cheque chegar.

De resto, mantém-se a remuneração fixa do presidente executivo: 600 mil euros, praticada desde 2006 e os 80% deste valor para os prémios anuais dos gestores executivos. A comissão liderada por Alberto Castro, e onde estão representados os accionistas chineses, concluiu que “com base nas análises efectuadas, embora competitivo, tal valor posiciona essa componente remuneratória abaixo da média do universo analisado”. O prémio plurianual mantém-se como 120% do valor base por cada ano e atribuído em função do tudo ou nada.

Já a comissão que decide as remunerações do Conselho Geral e de Supervisão, órgão presidido por Eduardo Catroga, ponderou “as circunstâncias decorrentes da grave crise económica e do constrangimento financeiro actual, com o objectivo de cumprir as exigências de uma maior justiça social no âmbito geral do país”. Nessa medida, sublinha, “as dificuldades que o país atravessa em consequência da generalizada crise económica, financeira e social instalada no mundo, impõem ajustamentos remuneratórios no sentido da contenção”. A proposta assinala contudo que deverá ser tida em conta o mérito da actuação e a complexidade da função, defendendo uma remuneração mais elevada para a função de auditoria.


A EDP pagou no ano passado cerca de 18 milhões de euros aos seus órgãos sociais e de fiscalização, dos quais 15,4 milhões de euros correspondem aos gestores executivos. Neste bolo, só 2,8 milhões de euros foram remunerações fixas. Em 2012, a eléctrica reduziu o lucro em 10% para 1012 milhões de euros. Mas entre 2009 e 2011, o resultado líquido cresceu 10%. A margem bruta subiu 26% nesse triénio. A dívida líquida subiu 20% nesse período, tendo em 2012 ultrapassado os 18 mil milhões. Na avaliação qualitativa de António Mexia terá também pesado a capacidade para limitar o corte nas remunerações pagas à produção da eléctrica, nas negociações com o governo. A.S.

Raperem no último parágrafo: António Mexia recebe uma melhor avaliação, porque conseguiu evitar que o GOVERNO pagasse uma renda mais baixa à EDP, pelo fornecimento de energia.
ESTAMOS MESMO A SER GOVERNADOS POR LOUCOS!

João Pedro Fonseca da Rocha Barbosa disse...

Francisca Moreno,

João Pedro Barbosa é só um diminuitivo.

bea disse...

Bom Dia :)

Janita disse...

João Pedro,

Francisca Moreno, também!

Janita disse...

...mesmo sem este talento, off course!

http://joao-pedro-fonseca-da-rocha-barbosa.blogspot.pt/2009/04/blog-post_15.html#comment-form

http://murcon.blogspot.pt/2011/05/hoje.html

http://murcon.blogspot.pt/2011/04/ressaca.html

http://goolsgo.blogspot.com

...de qualquer modo, como agradecer faz parte do meu vocábulo...Obrigada!

:))

João Pedro Fonseca da Rocha Barbosa disse...

Janita,

Esperemos que os triglicerideos, estejam mais calmos.

andorinha disse...

Jasus!:) Não entendo nada do que aqui se passa...


Bea,
Há duas pessoas fora deste blogue que não conheço, de quem gosto muito e de quem sinto saudades se estamos muito tempo sem "falar".


ah, ah, ah..o quê???
Não vejo onde esteja a piada:)

Há pessoas aqui que não conheço e de quem gosto e noutro blogue há mais duas.
Confesso que não vejo o motivo da risota...:)

De resto tenho saudades de gente que conheço em carne e osso. É preciso esmiuçar tudinhooooooooo?

andorinha disse...

Krugman sobre austeridade em Portugal: "Just say Não"


www.publico.pt/economia/noticia/krugman-sobre-austeridade-em-portugal-just-say-nao-1590546

Janita disse...

Andorinha,
desde que comecei a ler este blog, mais propriamente este post, que a "vejo" saudosa de quem conhece e não conhece.

Logo, logo, chegam as andorinhas para fazer os ninhos nos nossos beirais ( da nossa casa). Quem sabe entra elas venha quem lhe sacie a saudade? Tomara!
:)))

João Pedro Fonseca da Rocha Barbosa disse...

Boa Noite:(

Janita disse...

João Pedro. Triglicerídeos?

Eu gostaria de acalmar era a diabetes, pressão arterial elevada, glaucoma e este insensato coração que já me deu um enfarte em Junho...justamente no dia 27!

Mas nada de lamentos, pois eu sou dura na queda. :)))

bea disse...

Andorinha

não precisas esmiuçar nada, não tenho a ver. Apeteceu-me rir por ser isso o que mais acontece a toda a gente :) achei piada, desculpa. E não há muita oportunidade para rir sem maldade, por bem. Há russos no Chipre a pagar 1200€ diários pelo aluguel de um Ferrari. E nós temos um governo a sacrificar os mesmos, cegamente. E um Durão Barroso que devia ter sido professor de EMRC, tanto aconselha os partidos a unir-se, dar-se bem, tretas dessas.
E quando ninguém nos empreste e isto estoure de alguma maneira, emigram todos. Coitados. E eu sei quem não o faz. E, se o fizer, vai para o cu de judas, disposto a tudo e sem condições nenhumas. Não como eles. Nem sequer como os nossos licenciados de quem tenho uma pena mais relativa.
Mas talvez seja essa a vocação da pobreza: aguentar ou fugir.
Pensava que tínhamos afastado de vez este cenário.

Peço desculpa. Durão Barroso consegue o que outros homens não são capazes, dá-me volta ao juízo, revolve-me o âmago.Vou ali tomar uma colher de mel.

Fiquem bem

João Pedro Fonseca da Rocha Barbosa disse...

Janita,

Ontem tive que subir a uma cadeira para fotografar um limão. A cadeira partiusse e eu caí com os pé no chão. Fui buscar um banco mais forte e lá fiz a fotografia. Que não valeu o esforço.

rainbow disse...


Bea:)

Já tomaste a colher de mel?

"Nem sequer como os nossos licenciados de quem tenho uma pena mais relativa."

Olha que quando o meu futuro recém-licenciado, se for embora no final do Verão, vai doer. Não só pelas saudades, mas porque os jovens partem, não porque querem, mas porque aqui não têm futuro.

Andorinha

Já tinha visto essa notícia e também me deu que pensar. Se um Nobel da Economia pensa assim, lá terá as suas razões, fundamentadas no seu saber.
Mas eles insistem na austeridade...


Anfi

Quanto às remunerações de António Mexia, e a questão das rendas à EDP, é de bradar aos céus.

Bons sonhos para todos
Abraços

http://www.youtube.com/watch?v=MUVgDdNQEYg

Janita disse...

Ahhh, então, eis a razão daquele triste: Boa Noite!

Suponho que o limão estava no limoeiro, não? Os riscos que se correm para se obterem bons instantâneos! :(

Fez uma luxação no pé?
Para a próxima não se empoleire em nada que não ofereça segurança absoluta, promete?
Lá diz a sabedoria popular: debaixo dos pés se levantam os trabalhos!
Estimo as melhoras.

Um abraço!

João Pedro Fonseca da Rocha Barbosa disse...

Janita,

São instantâneos que demoram muito tempo a preparar:)

andorinha disse...

Janita,

Eu ando sempre com saudades...até de mim às vezes...:)

Bea,

Estás desculpadíssima!:)
Ri-te à vontade, cada vez há menos razões para isso....:(

Rainbow,

Pois...dá que pensar...

Pedro,

Um beijinho, meu artista preferido:)


Um hino ao amor:

www.youtube.com/watch?v=g0BhwCk0y3A

Fiquem bem:)

Anfitrite disse...

Professor,

Hoje é dia 9 de Abril. Uma data que nunca poderei esquecer!

"Errar é Humano, perdoar é Divino", e como sou humana não posso perdoar a quem se vendeu aos ingleses e foi culpado pelo sofrimento e morte de milhares de HOMENS inocentes e de milhares de famílias destroçadas.

Até Salazar, na 2ª. GRANDE GUERRA, disse: "livrei-vos da guerra, mas não posso livrar-vos da fome!"

Para que ninguém se esqueça do que se passou, porque os tempos andam parecidos, vale a pena ler
:

http://dererummundi.blogspot.pt/2009/09/recordar-os-portugueses-mortos-na.html

andorinha disse...


Odette Ferreira. “A sida mudou o meu mundo. Eu era uma betinha”

Mãe da luta contra o VIH recebe segunda-feira Prémio Nacional de Saúde.

Uma excelente entrevista! Extensa, mas vale a pena ler. São minutos que se ganham...

Agora vou mesmo...:)

João Pedro Fonseca da Rocha Barbosa disse...

Um texto muito engenhoso e longe dos factos. Nem uma referência ao ovo da Páscoa.

bea disse...

Bom Dia com guarda-chuva :)

Obrigada Rain e Andorinha

Cristina Branco tem voz de excepção. O poema também agrada. Não sei dizer o que, mais il manque quelque chose. Não que cante pior. Talvez menos encantatórias as canções.

Piaf é o contrário. Um vendaval que tudo arrasa e arrasta.Deslumbramento de vitalidade vocal que não parece lhe venha da voz e instaura o impossível no possível. Seja amor. Ou. Ela dobra. Cantando :)

Pedro
melhorinhas. Tens o pézinho doente? hummm...também já me aconteceu.

Anphy

já pensou em escrever a história do seu avô? o tal da batalha...podia fazer-lhe bem. Tem vezes em que os mortos me encostam à parede e só descansam se os acamo em palavras. Como se finalmente se sintam em casa. Ou dentro de mim em casa, mas a precisar de cama para o efémero eterno que em mim vivam.

Ontem ouvi o professor, quer dizer "o amor é...", de domingo de páscoa. Há pessoas que não deviam deixar de falar em público. Sabem contar, ampliam-nos o saber contando. E ouvem-se com agrado. Força professor!

Pedro, que mais dá que "o amor é..." fosse feito com duas pessoas feias ou bonitas? só lhe ouves a voz...que interesse pode ter o resto?

Isto não é já um comment, é um lençol :))

bea disse...

Anphy

Peço desculpa, mas já nem sei se a minha sugestão lhe serve. Não me lembrei que hoje se apresenta um livro de nome "Os olhos de Tirésias" sobre um avô da mesma batalha... Bolas. Era uma sugestão honesta. Decide depois de ler. Intento comprá-lo. Se queiar, empresto-lho. Mas só para o mês que vem :))

João Pedro Fonseca da Rocha Barbosa disse...

Bea,

Coloquesse!

João Pedro Fonseca da Rocha Barbosa disse...

Bea,

Vamos almoçar que a sua conversa é pior que a da Troika!

João Pedro Fonseca da Rocha Barbosa disse...

Bea,

Não percebo! Escreve uma coisa no post e depois vem comentar ao contrário?

João Pedro Fonseca da Rocha Barbosa disse...

É como as fotografias, só lhes vemos as caras.

João Pedro Fonseca da Rocha Barbosa disse...

Bea,

No cinema e na televisão, o tabaco não incomoda até dá um toque sufisticado.

Numa fotografia que fiz sobre cinema, tive que ler para o pùblico a legenda. Ao que o pùblico fez a venea em ir para intervalo.

Fica aqui o meu falar em público!

http://4.bp.blogspot.com/-3urb67dc6IY/UUNxTSHFGhI/AAAAAAAAAFA/uQCzHBsA_3I/s1600/50x75+brilhante+sem+margem.jpg

João Pedro Fonseca da Rocha Barbosa disse...

Também ouvi mas chamara-me e só ouvi metade. O que fixei foi a ideia original de num casamento o padre perguntar - Alguém está a favor deste casamento? Ou fala agora ou cala-se para sempre! - ao que os noivos pensaram - Só nós dois!

João Pedro Fonseca da Rocha Barbosa disse...

Janita,

Os pés ficaram ilesos como já tinha dito caí de pé(s)! A Bea é que pensa logo em desgraças. Ainda hoje lá me fui deitar nas escadas para fotografar o "adiantum" com o céu por tráz. Correu tudo bem, o degrau não era o ùnico tinha outros para me apoiar.

A Dislexia devia ser património imaterial da humanidade.

Resistencia Nao Sou o Unico.

http://www.youtube.com/watch?v=nIAMhP7giBE

João Pedro Fonseca da Rocha Barbosa disse...

"Nos diagnósticos segue as têndencias das passereles. Cada estação há uma nova colecção com as mesma marca. Para esquecer o ano que passou e ter mais um ano para as novas colecções"

João Pedro Fonseca da Rocha Barbosa disse...

Janita,

Obrigada! Pela paciência.

Anfitrite disse...

Bea,

Sabe, não é um encosto, é uma protecção. É que enquanto uns se orgulham, por penacho, eu orgulho-me porque os nossos soldados
lutaram durante dias, sem nenhumas condições, até à morte, para evitar que os alemães, ultrapassassem o rio, o que seria uma castrátrofe, e conseguiram, até que finalmente, chegaram os reforços ingleses, que tanto tardaram.
Os nossos soldados só foram carne para canhão, que ficaram em pedaços, e nem um bocadinho se aproveitou, para eu poder admirar.
E é isso que mais dói, além das consequências que causou.

Não tenho dinheiro para editar livros, nem sou capaz de os escrever, porque os olhos deixam de ver.

Anfitrite disse...

Pedro,

É melhor dizere avenca, para as pessoas saberem do que estás a falar. É que nem todos são peritos.
Já agora, sabes porque é que todas as plantas são identificadas em latim, originalmente? Se não souberes eu depois digo.

Um cravo rubro para o meu avô, onde quer que esteja.

Pedro Barbosa disse...

Parto do principio que o latim é um idioma imutável. Não sendo preciso corrigir ao sabor dos acordos ortográfico.

Anfitrite disse...

Imutável e que dá para todos entenderem. Escolheste a imagem apropriada.

Mas por cá há muita gente, que não lhe bastanto os próprios erros, ainda adoptam os erros dos outros.

Fora-de-Lei disse...

Morreu Margaret Thatcher, grande aliada de Pinochet, do imperialismo americano, do nazi-sionismo, do apartheid sul-africano, dos khmers vermelhos, etc, etc. O grau de má rés era de tal ordem, que - ao que tudo indica - morreu praticamente ao abandono, desprezada pelos seus próprios filhos. No seu funeral marcará presença tudo o que de pior existe na Old Albion, a começar por aqueles que ela serviu mas que, mesmo assim, nunca esqueceram que a dama de ferro mais não era que a filha de um merceeiro.

Poderia aproveitar para dizer aquilo que, nestas ocasiões, é comum dizer-se de quem não se gosta: “que a terra lhe seja bem pesada !”. Mas não vou por aí. Pessoalmente, prefiro que - caso haja vida para além da morte - a Maggy se encontre por lá com Bobby Sands, Francis Hughes, Raymond McCreesh, Patsy O'Hara, Joe McDonnell, Martin Hurson, Kevin Lynch, Kieran Doherty, Thomas McElwee e Michael Devine, ou seja, com aqueles heróis irlandeses que, faz por esta altura 12 anos, se encontravam em greve de fome e a caminho da morte, no contexto da luta por uma Irlanda totalmente liberta do secular jugo anglo-saxónico.

Também não desejo nenhum mal especial a Passos Coelho, a Vítor Gaspar, a Cavaco Silva ou a qualquer outra triste figura da nossa história contemporânea. A única coisa que lhes desejo é que, uma vez desaparecidos - e caso haja vida para além da morte - se encontrem por lá com todos aqueles portugueses que se suicidaram por já não terem onde arranjar mais forças para enfrentar as consequências de uma “crise” com que a classe dominante se vai masturbando.

Anfitrite disse...

Estamos bem. Antes eram os turcos as vítimas.
http://www.publico.pt/sociedade/noticia/sete-portugueses-esfaqueados-nos-arredores-de-berlim-1587387

Fora-de-Lei disse...

Errata: faz por esta altura 32 anos

Pedro Barbosa disse...

Anfitrite e Fora-de-Lei,

"Tem o actual nome em homenagem aos liberais justiçados de 1829.

Anteriormente chamada rua da Sovela (mas parece que nunca foi nome oficial). Antiga rua 16 de Maio. Também teve o nome de rua de Santo Ovídio. Nesta rua já existiu um Cyber-Café - o primeiro do Porto.
No prédio com o n°178 estabeleceu-se a "Renascença Portuguesa" em 1912. Era igualmente nesta rua que o ferreiro José Jorge (pai do Dr. Ricardo Jorge) tinha a sua forja.
Na década de 60 do século XX, esta artéria tinha diversas lojas de móveis, penhoristas e adeleiros, hoje, para além de vidrarias, existem vários alfarrabistas para além do comércio de proximidade."

Fora-de-Lei disse...

Anfitrite 7:48 PM

"Estamos bem. Antes eram os turcos as vítimas."

Isso já foi quase há 1 mês e tudo indica que teve a ver com as mafias que dominam a contratação de trabalho escravo para a construção civil na Alemanha e não com fenómenos de ordem racista / xenófoba...

Janita disse...

João Pedro,

quando quiser agradecer algo a alguém, nunca diga: obrigada e sim obrigado, caso pertença ao género masculino.
Não tem necessidade de agradecer-me a paciência pois é qualidade que eu não possuo, acredite em mim!
Não sei se feliz, se infelizmente também "não sou a única" a acreditar que o Latim, enquanto Língua morta, se pode perfeitamente comparar ao novo A.O.

Como só agora voltei à Net ( eu trabalho) e vim directa aqui, não sei o que se passa lá no meu canto nem o que o Pedro já publicou depois do almoço...:)

Fiquem bem!

andorinha disse...

expresso.sapo.pt/vitor-gaspar-e-passos-coelho-enlouqueceram-e-sequestraram-o-pais=f799083


Desta vez, Vítor Gaspar e Passos Coelho ultrapassaram todas as marcas. Se não houver uma intervenção de Cavaco Silva quer dizer que deixámos de viver num Estado Democrático e estamos sujeitos a todas as arbitrariedades que a inacreditável birra do governo nos quiser impor. Não resta outra solução que não seja correr imediatamente com esta gente do poder. Quem é incapaz de aceitar uma decisão de um tribunal e usa o poder de Estado para se vingar do País não pode continuar a ocupar cargos governativos.

Um excerto do artigo de Daniel Oliveira

Continuo a perguntar: até quando vamos ter que gramar esta gentalha?

Anfitrite disse...

Fora de lei,

Ontem comecei a escrever sobre a morte de Bobby Sands, ao fim de 66 dias de greve de fome, e dos seus nove amigos, mas pensei que você viria fazer muito melhor. Até fui buscar o link do filme "Fome" de Steve McQueen. Devo confessar que não sou tão generosa como você e até fiquei contente quando o filho dela andou vários dias perdido no rali "Paris-Dakar" e que ninguém sabia dele. Pois acho que cá se fazem cá se pagam. E hoje é um dos grandes donos da África do Sul. Também hoje na UE ainda lhe estamos a devolver dinheiro, por causa da PAC, que ela munca defendeu. Só pensou sempre nos seus interesses. Ela que sempre foi gozada pelos tories porque era filha dum merceeiro. Mas para subir alto, não olhou a meios e infelizmente agora já tem uma substituta.

http://www.youtube.com/watch?v=hd3a-_sf040

http://www.imdb.com/title/tt0986233/

Fora-de-Lei disse...

Anfitrite 8:09 PM

"Fora de Lei, ontem comecei a escrever sobre a morte de Bobby Sands, ao fim de 66 dias de greve de fome, e dos seus nove amigos, mas pensei que você viria fazer muito melhor."

Mostre-me/nos aquilo que escreveu pois é - por certo - muito melhor do que eu escreveria. Sabemos que Bobby Sands merecerá as suas palavras. Ele e todos aqueles Éireann que, desde o tempo dos celtas, sofreram às mãos dos anglos e dos saxões.

Pedro Barbosa disse...

Janita,

Obrigada pelo jantar.

Janita disse...

Pedro Barbosa...

...um almoço nunca é de graça!

Anfitrite disse...

Fora de Lei,

Já não tem o sabor da espontaneidade. Eu escrevo por impulsos. às vezes o pensamento é tão rápido que tenho que escrever em hieroglifos, porque o teclado não dá. Servirá para memória futura. Até porque, regra geral, as pessoas aqui preferem divertir-se.
De qualquer modo obrigada, mas o Fora de lei consegue ser mais preciso e sucinto, além de dominar a arte da escrita.

Boa noite.

Mas falando de coisas mais práticas veja a raça da família:

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/detido-filho-de-margaret-thatcher

«O mais antigo ‹Mais antiga   1 – 200 de 232   Mais recente› Mais recente»