domingo, fevereiro 28, 2010

Domingo à noite.

Gostei de Whatever works, do velho Woody. Estou de acordo com a maioria dos críticos: o maroto foi buscar um "capanga" capaz de ser mais credível no azedume e agressividade, sem perder a ternura. A mensagem parece traduzir a prioridade que resiste - ou surge... - após um trajecto de vida: estamos sozinhos "cá em baixo" e o caos é a ordem reinante, logo, cada réstia de céu azul relacional deve ser aproveitada enquanto dura... Nada de novo em Allen, o fim de Annie Hall ia na mesma direcção. Claro que as combinações apresentadas no filme porão os cabelos em pé a muitos, que as decretarão sinais de um intolerável relativismo ético. Para gáudio dele, desconfio:).
Este fim-de-semana revisitei Shadowlands com Hopkins e Debra Winger. Continuo a ter aquela sensação estranha de que certos actores - lembro-me de Olivier, Gielgud e Burton, por exemplo... - nos fizeram um enorme favor não se limitando ao teatro. Claro que não foi assim, não resistiram a Hollywood. Mas ver Hopkins para lá do enorme sucesso de O Silêncio dos Inocentes é um privilégio raro, Despojos do Dia parece-me outro espectáculo fabuloso de representação "ferozmente ascética". E não deixa de ser curioso que a mensagem é muito semelhante: viver o aqui e agora, aceitando que o sofrimento futuro faz parte da felicidade actual.

P.S. Tive uma epifania - sou sportinguista desde pequenino:).

66 comentários:

AQUILES disse...

Hum! Já estamos no tempo de ter epifanias. Hum! Quando olhamos para trás já temos um vasto horizonte. Para trás.

Anfitrite disse...

Pedro,
Oiça lá:
Você é gago, ou sofre de soluços? Porque não diz tudo duma assentada?
Olhe que o SG mentol também não resolve o problema. Além disso tem efeitos secundários. Se quiser deixar de fumar deite os cigarros fora e durante uns dias dê uns pontapés nuns pneus, ou ande com uns sapatos muito apertados e verá que lhe passa logo a vontade. Eu consegui.



$HORT,
Isto quer dizer que é pequeno de massas ou que as gasta todas?
Você é novo, e é novo por aqui, por isso não sabe que eu detesto ver misturado o português com o inglês. E já vi que é useiro e vezeiro nisso. Como filho da revolução até escreve bem português, portanto não estrague mais o pouco que já temos.
Quanto à Lídia Jorge não é pessoa que me inspire erotismos. Eu apesar de ser mulher sou uma apreciadora do belo(conceito, meu).Por isso pode crer que me apetecia mesmo esfiapar aquele toucado que ela traz. Quase parece a Helena Roseta, que tendo uma cara bonita aquele cabelo mal cortado estraga tudo.
Quando li o 1º. livro que ela escreveu- "O Dia Dos Prodígios"- eu chorei de riso porque estava localizado perto do lugar onde eu nasci, e ainda hoje não sei o que fizeram à cobra. E chorei de mágoa porque abordava um problema bem sério naquela altura.
Se não gostava do Peter era porque ainda não tinha arcaboiço para o entender. Aconteceu-me ver filmes, que voltei a ver anos mais tarde e a visão foi completamente diferente. O humor de PS é um humor inteligente. Aliás eu não gosto de comédias baratas. Para provar o que lhe digo mando-lhe aqui um comentário doutro grande film que vi. Por favor leia o com. de batsy108 e verá que nunca é tarde para aprender. Como está em inglês deve adorar.

http://www.imdb.com/title/tt0062794/usercomments


CT,
O Bruno Nogueira é das pessoas que tem o humor mais inteligente em Portugal.
Felizmente que se juntou a fome com a vontade de comer. Naquela casa, ou choram de riso, ou com o poder de observação que têm, acabam chorando a sério.

Boa semana para todos.

Anfitrite disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anfitrite disse...

Professor,

desculpe a confusão mas eu estava escrevendo um comentário em resposta ao postal de baixo e acabei publicando aqui em duplicado, porque o meu computador está pior do que eu, vai-se abaixo e eu estou farta de perder comentários, e então tenho arranjado aqui umas estratégias, que dão este resultado.
Felizmennte que se trata de cinema e não é como o outro que vai preparado para ir a um casamento e afinal é um funeral.
Agora não falo mais, embora o que o senhor aqui diz me desse para não mais me calar. Meu Woody que diz que "o amor só é feio quando feito da maneira certa".
Ele gosta muito de testas de ferro, e agora estão muito na moda por causa dos investimentos.
Mas minha querida ROsa Púrpura. DIas da Rádio, Interiors, Ana e as suas irmãs. Enfim, tem muitas fases e muito haveria a dizer.
Boa Semana

Cê_Tê ;) disse...

Jack Nicholson e A. Hopkins são dois actores que me seduzem completamente. Quanto ao Woody Allen... que eu apreciava muito- (inlcuindo os seus livros) deixei de o conseguir ver- já fiz algumas tentativas mas é uma coisa visceral. Se antes o ar dele me divertia de forma respeitosa agora vejo-o de uma forma ridiculamente e arrogantemente "doente". Nem quero saber quais são as preferências dos outros dois ;P
Enquanto não são publicadas as sinopses ;) pelo que "vi" são filmes a listar e ver: a vida é de facto o melhor útero de boas histórias/argumentos.

Quanto à infecção biblica oxalá encontre um Portista à maneira para lhe sacudir o pó!
Eu se fosse o sr. Presidente do Porto sacudia-o de Serralves! ;)))) Mai nada. Ou bem que ia com o equipamento do Porto ou nada feito.
O Benfica também tem a família sagrada TODA!!!!

Canseiroso disse...

Quanto ao facto do sofrimento futuro fazer parte da felicidade actual, lembrei-me do que disse Jean Paul Sartre:

«Nunca fomos tão livres como durante a ocupação alemã»

Importa mesmo é resistir, mesmo com lágrimas...

Bartolomeu disse...

No sábado à noite, fui ver o Shutter Island do Scorsese.
Um emaranhado que nos lixa a môna toda.
;))))
O Scorsese, empenha-se, julgo, em tentar conduzir o raciocínio dos espectadores. Em alguns momentos consegue, mas, em dada altura, oferece-nos uma velinha, com uma luzinha buxuleante. Quando enfia o Leonardo na gruta onde está escondida a médica psiquiatra-excomungada.
Porque é a única peça que não encaixa no filme, resulta em alarme para incêndio.
;)))

goncalo disse...

Caro Júlio,

Já me conhece o suficiente para saber como me trazer de volta:).

Repito, cuidado com o Braga.

Quanto ao "nosso" Woody, tem razão. Está velho. Mas, gostei do filme, acrescento apenas que o relativismo é total, o que só acentua o adezume. Quanto ao resto, citando Alberto João Jardim, passado é passado...

A Menina da Lua disse...

Bom dia!

Hum! Professor este seu texto dava mesmo para uma agradável cavaqueira!:) pois tem imenso que se lhe diga...:)

Curiosamente quando há duas semanas vi este filme do Woody Allen, senti igualmente vontade de o comentar aqui mas não é a mesma coisa quando se tem este seu texto como mote de partida.

Gostei imenso do filme pela "frescura" que a sua realização ainda consegue manter.
De facto Woody Allen volta-se de novo para Nova Iorque, com todas as suas "manias" e particularidades; onde as pessoas se transformam na cidade ou com a cidade. Aqui dará talvez para questionar o que tem mais peso na mudança: será mais a cidade sobre as pessoas ou a imensa expressão das pessoas que vai modificando sempre a cidade?... De qualquer modo, para alem de ser lindíssima, trata-se duma cidade com uma vivência intensa e de enorme expressão humana.

As combinações do filme são engraçadíssimas e pessoalmente tambem desconfio do exagero das possíveis apreciações éticas. Muitas vezes só precisamos dum pequeno empurraozinho para fazermos a tal volta de 360º à nossa vida que sempre aspirámos, seja de forma consciente ou não.

Quanto à mensagem(s) do filme, lá terá de ser mesmo assim :"viver o aqui e agora, aceitando que o sofrimento futuro faz parte da felicidade actual", contudo "com um brilhosinho nos olhos" e uma ajudinha à sorte tudo mas mesmo "Tudo pode acontecer"...:)

A Menina da Lua disse...

Ah! quanto ao azedume da personagem, torna-o mais credível sim, principalmente no evitar que as suas expectativas avancem para alem da sua lucidez que é imensa...contudo e apesar da sua agressividade não dá para disfarçar a ternura e até a sua vontade de viver:)

PS: Professor quanto à epifania, isso é de malandrieco:) contudo desde que sirva para nós sportinguistas ganharmos:)

thorazine disse...

:)

Anfitrite,
obrigado por aqueles nacos de texto! ;))

Cê_tê,
eu começo é a ficar com medo de saber quais são as tuas preferências!

Ameninadalua,
se dermos uma volta de 360º voltamos precisamente à mesma posição.. :))

Quanto aos filmes, estão todos no disco à espera que a minha época de exames termine. Ontem revi o Something's gotta give com o Nicholson, que tem um guião levezinho mas oa sua interpretação imprime-lhe características que lhe dá possibilidades infinitas de análise. Para mim está a par de As good as it gets...adoro as personagens maníanas do Jack.E tudo provavelmente começou praí há 30 anos, no One flew over the cuckoo's nest, que é GENIAL! :)

A Menina da Lua disse...

Thora:)

Já estava a sentir a sua falta:)

Claro que sim 360º é muita volta:) mas quando vir o filme verá que é mesmo assim; veste-se outra pele completamente diferente da que se tinha anteriormente.

Quanto ao Nicholson de ontem à noite, tambem me diverti imenso; que belo serão de boas gargalhadas:)

Concordo consigo e com a CÊ TÊ é um excelente actor mesmo aqui nesse filme que apesar de levezinho dá muitas possibilidades de análise sim.

andorinha disse...

Ainda não vi o Whatever works.
Ando sempre atrasada:(
Mas vou ver, continuo a ser fã do velho Woody.

Bartomeu,

"Um emaranhado que nos lixa a môna toda."
Já tenciova ir ver esse também. Depois do que dizes, perdão, escreves:) é que vou mesmo:)))

Gonçalo,

Lamento desiludir-te:), mas este ano é nosso...

Bartolomeu disse...

Fazes bem Andorinha.
Depois diz-me se chegaste a uma conclusão.
E presta especial atenção à conversa na gruta, entre o De Caprio e a Drª.

Cê_Tê ;) disse...

Thora:loooool conseguiste arrancar-me umas boas e sonoras gargalhadas!
Quais julgas que são? ;P
(só tu!)
_agora não tenho tempo-

Ana disse...

Assim não vale!!!! Sportinguista? lol
Também gostei do filme do Woody.
Mas se tiver oportunidade, veja o "A Single Man", um filme na minha opinião belíssimo, desde a história, aos actores, à banda sonora... muito bom.
A ver.
Bjnhs Portistas

andorinha disse...

Thorita:)

Em total concordância contigo. De facto, Voando sobre um ninho de cucos é um filme genial.
Assim se comprova que uma chavala madura e um miúdo verdinho:) podem ter os mesmos gostos.:)

..." viver o aqui e agora, aceitando que o sofrimento futuro faz parte da felicidade actual "

Eu não o diria melhor:))))
Devemos valorizar mais o presente, já que o futuro ainda não chegou.:)

Nuno Guimas disse...

Também tive uma epifania: como a câmara de Lisboa deu 65 milhões de euros de mão beijada ao Benfica, descobri que eu contribui com 6 euros e meio dos meus impostos para que em Maio mais de metade dos portugueses possam estar com uma etérea felicidade. Preferia tê-los dado para impedir que fechassem mais um SAP perto de mim. Enfim, prioridades.

Gostei muito da sua citação no jornal I :)

$hort disse...

Anfitrite,
obrigado pela curiosidade. :)

$hort disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Julio Machado Vaz disse...

Nuno,

Ou bracarenses...

Anfitrite disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anfitrite disse...

Professor,
porque raio é tão pessimista?! A esperança é sempre a última que morre, porque nós morremos primeiro. Pelo menos já tivemos umas alegrias razoáveis. Não sabe que o futuro não existe e que o presente já é passado?

Hoje não me apetece falar sobre cinema.
Digo apenas que vi o filme de ontem e dei uma belas gargalhadas. Parecia eu quando quero escrever a sério e deixo de ver as teclas. E quem não viu "Melhor é Impossível" com o Nicholson é favor não perder.
Sempre digo que se esqueceu do Hopkins em "Lendas de Paixão".

Nuno,
Gostava que me explicasse como chegou aos seis € e meio. É o valor de alguma quota, ou será que pensa que há dez milhões portugueses a pagar impostos? Juro que não entendi.


$hot,
Já que agradeceu o interesse, há mais uma coisa que eu gostaria de lhe dizer:
Anda demasiado por caminhos esotéricos e isso nem sempre é muito bom.


Thora,
Bons exames. O mês de Fevereiro é sempre um mês lixado.
O Endereço que enviei tem muito mais informação sobre o L. Pacheco.
Não tenhas medo das preferências da CT, porque o Keannu Reeves é o mais desejado por todas as mulheres e ela preferiu uns canecos.

noiseformind disse...

La esta... o sofrimento futuro de ver o FCP ganhar este campeonato nas ultimas jornadas e neste momento tapado pela felicidade actual do Sporting ter, num extertor final, dado uma coca nos nossos rapazes. Quanto a Anthony Hopkins estamos ha muito falados, ressalvo apenas dois veiculos pouco conhecidos: The Worlds Fastest Indian e Hearts in Atlantis, que tao menosprezados foram a altura da saida e agora sao filmes de culto.

E ja agora, em tom de servico publico, facam o favor de ver Harry Brown com Michael Caine, que e para mostrar que Gran Torino e Clint Eastwood sao filme para criancas :)

Nuno Guimas disse...

Anfitrite,

Meu Deus! Apercebi-me que tem razão e que dei ainda mais :( !!!

Professor,

O Braga não chega lá :)

Cê_Tê ;) disse...

Falo de TALENTO, na arte de representar.
Mesmo que vistam o Keannu Reeves de bata branca ou que o ponham aos "pinotes" no Matrix ainda lhe falta (no mínimo) muita "estrada" e rugas para chegar aos CALCÁNEOS dos outros 2! (De toda a forma o seu clube de fãs não engloba só mulheres ;P)
Nunca vi fotos dele à "Ronaldo" para opinar sobre aspectos que baralham as apreciações (tal como nunca vi do Saramago, Lobo Antunes,...)
Convenhamos o rapazinho não herdou nada do Diabo (que eu tenha percebido ;P) como Hopkins herdou o olhar e Jack Nicholson o sorriso.

lobices disse...

...abreijos

fiury disse...

" Sei que me estou a afogar,
mas ao menos
consigo manter a cabeça de fora.
Por isso, peço-te,
não venhas tu fazer ondas."

Amália Bautista

cy disse...

Caro Professor, como seu confesso admirador, deixo-lhe a pergunta, ainda que meio descabida neste texto: E o sofrimento actual por um amor perdido, fará ele parte da felicidade futura?

Fora-de-Lei disse...

Julio Machado Vaz disse

"P.S. Tive uma epifania - sou sportinguista desde pequenino."


goncalo 10:23 AM

"Repito, cuidado com o Braga."


andorinha 2:17 PM

"Lamento desiludir-te, mas este ano é nosso..."


Nuno Guimas 8:16 AM

"Professor, o Braga não chega lá."


Por tudo isto, a Carris colocou ontem ao serviço dos utentes uma nova carreira. A nova carreira nº 3 faz o trajecto Alvalade-Ajuda-Benfica.

Fora-de-Lei disse...

Por favor... mas alguém pode considerar isto como uma coisa normal ????? E, ainda por cima, são mais que as mães. Fuckin' hell, que é para não ser malcriado.

PS: sósia ou não, ao minuto 1:28 aparece por lá uma cara conhecida de todos... ;-)

Cê_Tê ;) disse...

(FDL, o Photoshop faz milagres, CUIDADO!
Mas certamente um homossexual seria ali muito feliz!;P
(Aquele local deve tresandar a cavalo! Não deixa de ser impressionante!)

Não sei se é impressão minha mas o Malato (de quem eu gosto) é um bocado perseguido... Curiosamente é objecto de caricatura por quem também parecendo ser homossexual (ou bi) não se assume como tal. Há coisas estranhas... O Bullying também se faz na TV!

Seja-o ou não há uma série de coisas que passam... mas acho que o Malato está a "crescer" ;P

Fora-de-Lei disse...

Cê_Tê ;) 11:01 PM

"FDL, o Photoshop faz milagres..."

"Não sei se é impressão minha mas o Malato (de quem eu gosto) é um bocado perseguido..."

Eu acho é que o Malato deveria tomar uma posição (pública) contra o "alojador" daquelas pics...

Cê_Tê ;) disse...

FDL
Depende de como ele se sente com isso e da verdade dos factos. Até pode não sendo gay lá ter ido.
Mesmo adultos, não seriamos alguns de nós, sentindo-nos protegidos num grupo de amigos e/ou num pais estranho ir a locais "impensáveis" por pura curiosidade?
E depois como lidar com câmaras que existem em todo o lado? Azar!

Muito mais grave, pela cobardia do seu criador, acho eu, a criação de "bonecos" que a vítima não pode (não deve?- para sua própria defesa) defender-se.
Há pessoas que realmente podem ser génios numa dada arte mas que em "pequenas" coisas revelam valores rasteirinhos, rasteirinhos.

o lavagante disse...

Professor às vezes passo por aqui para "ouvir" as suas palavras! Paritlho da paixão por Woody em particular Annie Hall. Quanto aos despojos do dia sofro daquele problema de quando se lê o livro primeiro..mas Hopkins é extraordinário em tudo o que faz! Cumprimentos*

Fora-de-Lei disse...

Cê_Tê ;) 11:35 PM

"Até pode não sendo gay lá ter ido. Mesmo adultos, não seriamos alguns de nós, sentindo-nos protegidos num grupo de amigos e/ou num pais estranho ir a locais "impensáveis" por pura curiosidade?"

Eu até estou convencido que isto seja uma insidiosa e covarde fotomontagem. Mas, calma aí... quais grupos de amigos, quais caraças... mas há alguém que vá para um ambiente daqueles sem ser um paneleirão de primeira ?! Por favor, CêTê... vá-se mas é esconder !!!

Cê_Tê ;) disse...

FDL, ;))))
Não tive a capacidade suficiente para imaginar um cenário equivalente de homossexuais femininas, para o perceber!;P

Mas a sério, ;)))) aquilo não parece uma claque futebolística? lol

andorinha disse...

"Não tive a capacidade suficiente para imaginar um cenário equivalente de homossexuais femininas, para o perceber!;"

Looooooooooooooooooool
Tu és braba, moça...

Desculpa lá FDL mas eu, havendo controvésia entre um homem e uma mulher, estou sempre do lado desta:)

Fora-de-Lei disse...

Cê_Tê ;) 7:05 PM

"Mas a sério, aquilo não parece uma claque futebolística? lol"

Bolas, nem os super-dragões conseguem ser assim...


andorinha 7:26 PM

"Desculpa lá FDL mas eu, havendo controvésia entre um homem e uma mulher, estou sempre do lado desta:)"

És uma traidora...;-)

Cê_Tê ;) disse...

Andorinha, é mesmo assim.;P Defesa do "sindicato"!;)- Eras tu capaz de entrar ali, andorinha??? (lol)

FDL, alto e pára o baile!;) Superdragões não vestem cor pantera! ;P)

andorinha disse...

FDL,

" És uma traidora...;-)"

Sou nada...


Cêtê,

Entrar ali????????
Não, não gosto de espaços fechados com grandes multidões...
:)

Anfitrite disse...

Nos tempos que correm, de tanta delação,
talvez seja útil ver este bocadinho de filme e não o habitual tango. Pode ser que alguém ainda se lembre de princípios que já existiram na nossa História.

http://www.youtube.com/watch?v=qmM6wAxPAok

bea disse...

Hopkins, como outros grandes actores, reifica gestos e acontecimentos banais; transportar e limpar objectos, fechar um livro, olhar. Em tudo, a contenção perfeita e uma atenção de pormenor. Pequenas majestades imperiais. Arrebatante. Em “Despojos do Dia” não parece saber de felicidade. Ou saberá. Fascinante enigma por detrás da clareza; construção e arte sob o véu da naturalidade.

Anabela disse...

Júlio, gostava de ter o seu e-mail, pois preciso a sua ajuda. Tenho uma amiga que recisa de ser feliz!

pedro disse...

bom fim de tarde a todos

Andy disse...

Foi com grande alegria que encontrei este espaço... bom fim-de-semana a todos!

Cê_Tê ;) disse...

6* o Shadowlands!(ainda em digestão ;P)

Cê_Tê ;) disse...

Bem agora o remédio é ver o Whatever works ;/

Anfitrite disse...

Como um fds chuvoso mais uma notícia triste não faz trasbordar o pote.
Como é possível destruir livros neste País havendo tanta falta deles na cabeça das pessoas? Não havia escolas, nem bibliotecas, ou particulares que os quisessem? Parece que estamos na Inquisição a queimar livros. Malditos sejam os que o fazem, os que deixam fazer, os que não sofrem por fazer isso e os que não pensaram nas soluções.

"""""O UlTRAJE"""""""""
No Público de anteontem, Luís Fernandes, da Universidade do Porto, ironizou sobre a transformação em pasta de papel, pelo grupo Leya, “de dezenas de milhar de livros de Jorge de Sena, Eugénio de Andrade, Eduardo Lourenço e Vasco da Graça Moura, publicados pela ASA.”
Sempre quis comprar um dos livros destruídos: a antologia de poesia e prosa que Eugénio de Andrade fez e a ASA editou, com o nome maravilhoso e verdadeiro de “Daqui houve Portugal”. Era um livro bonito, grande, muito bem impresso e encadernado, sob a chancela da “Oiro do dia”. Li-o na biblioteca de universidades inglesas mas, para vergonha minha (como já o tinha lido, num prenúncio dos malefícios da Internet), nunca o comprei; apesar de achar que, sendo caro, era barato para o que era. O papel era bom. A selecção era boa. Era um livro perfeito – e até hoje não o tenho.
Tenho ligações sentimentais ao grupo Leya (por causa d’O Independente) e ainda esta semana recebi uma proposta simpática e tentadora da Dom Quixote, que agora faz parte da Leya. Mas que posso fazer quando uma grande editora, recém-formada e sem qualquer tradição literária, transforma um livro que era caro demais para eu comprar em pasta de papel? É de vomitar. Não podemos dar dinheiro a quem só pensa em dinheiro. José Saramago – mau escritor mas boa pessoa, na minha miserável opinião – foi enganado. Eugénio de Andrade e Jorge de Sena – um grande poeta e um génio – foram ultrajados.
Desejo sinceramente que a Leya se foda."

Texto: Miguel Esteves Cardoso, in publico.pt


Apesar de tudo, desejo-vos um fds de leitura, à lareira, bem aconchegadinhos.

pedro disse...

bom dia para todos

A Menina da Lua disse...

"Sempre quis comprar um dos livros destruídos: a antologia de poesia e prosa que Eugénio de Andrade fez e a ASA editou,"

Isto é absolutamente verdade!
Ainda há uns meses andei à procura dos Sinais de Fogo do Sena por tudo quanto é sítio e não consegui encontrar; os livros estão esgotadíssimos há anos.. Numa das livrarias que contactei disseram-me que havia uma promessa de reedição e já havia lista de espera para o livro há dois anos.
Claro que quaisquer destes autores que o Miguel Esteves Cardoso refere, não são nada comerciais e mesmo que haja "meia dúzia de maduros" interessadíssimos não os faz rentáveis num mercado livreiro escasso mas tudo se resolveria se no ensino fosse dado outro destaque a determinados autores e ainda que a divulgação em termos de leitura pública em Portugal melhorasse e se efectivasse a vários níveis.

Não existe apetência para a leitura destes autores em geral porque simplesmente não os conhecem e são considerados elitistas, culturalmente falando. Até acredito que se a Asa os quisesse oferecer, ninguem os quereria infelizmente.:(

O dilema é de difícil resolução: os livros não se reeditam porque não se compram e não se lêem porque se desconhecem . Da parte que me cabe é profundamente triste e quase vergonhoso que não se divulgue muito mais Jorge de Sena em Portugal pois deveria ser leitura obrigatória.

A Menina da Lua disse...

Aqui vos deixo à laia de lembrança:) esta poesia do Jorge de Sena.

Bom fim de semana para todos!

"Deixai que a Vida sobre Vós Repouse

Deixai que a vida sobre vós repouse
qual como só de vós é consentida
enquanto em vós o que não sois não ouse

erguê-la ao nada a que regressa a vida.
Que única seja, e uma vez mais aquela
que nunca veio e nunca foi perdida.

Deixai-a ser a que se não revela
senão no ardor de não supor iguais
seus olhos de pensá-la outra mais bela.

Deixai-a ser a que não volta mais,
a ansiosa, inadiável, insegura,
a que se esquece dos sinais fatais,

a que é do tempo a ideada formosura,
a que se encontra se se não procura."

Jorge de Sena, in 'As Evidências'

pedro disse...

vou seguir os vossos conselhos

Anfitrite disse...

Menina da lua,
Já foi feita outra edição de Sinais de Fogo por outra editora. Só que agora em capa dura e custa 29€ em vez dos 10 da ASA. Eu encontrei um sítio, onde eu compro na net, que está com 10% de desconto(26.10). Se estiver interessada, mande-me uma mensagem para o meu endereço, que eu dou-lhe os elementos.
Boa noite a todos

goncalo disse...

Caro Prof,

Genial, a do cunilingus e da embolia. Vou meter no Faceook, à guisa de alerta, e com direitos de autor...

Cê_Tê ;) disse...

Eu acho "pornográfico" que os programas "O Amor é..." não sejam colocados online no momento em que vão para o ar! ;((((

"Pornográfico" não será bem o termo ;P

Bom domingo, malta!

goncalo disse...

Caro Júlio,

Já lá está. É só ir ao FaceBook e procurar por Gonçalo Ilharco e depois vê o meu perfil. Sp fica a conhecer-me melhor. Abraços

A Menina da Lua disse...

Anfitrite

Essa deve ser a tal edição que me anunciaram na livraria.

Agradeço-lhe! mas entretanto uma pessoa amiga já me arranjou o livro.

Obrigado:)

Gonçalo:)

Armada em curiosa:)tambem fui lá espreitar ao Facebook mas o seu nome não existe... ou então deve estar oculto nas definições de privacidade. Se quiser que o Professor o veja deve mudar as suas definições.

andorinha disse...

Cêtê,

És mesmo muito exigente, pá:)))))

goncalo disse...

Caro Prof,

Um amigo meu já comentou:

"Costumo "assoprar, mas nunca houve problema..."

goncalo disse...

A Menina da Lua,

Acho muito estranho...

Em todo o caso, vou verificar, ou então dê-me o seu nome e terei gosto em enviar-lhe pedido de amizade.

goncalo disse...

Deve tar aí a vir o FDL a proclamar e gantarolar: "Somos a águia que voa lá no alto...)

Mas faz falta, talvez por ser o aqui único heterossexual assumido)))))

andorinha disse...

Gonçalo,

Não vem o FDL, venho eu.
"Somos a águia que voa lá no alto."

Este ano é nosso, já te disse.
Mas não acreditas em mim, que posso eu fazer?:))))

Fora-de-Lei disse...

goncalo 10:09 PM

"Deve tar aí a vir o FDL a proclamar e cantarolar..."


andorinha 11:09 PM

"Gonçalo, não vem o FDL, venho eu."

"Este ano é nosso, já te disse."



Calma aí, andorinha... deitar foguetes antes da festa pode dar azar. Ainda falta muito campeonato e ainda temos jogos muito difíceis pela frente.

A Menina da Lua disse...

Gonçalo

Olhe que não! continua a não haver notícia sua no Facebbok:)

andorinha disse...

FDL,

Eu sei que falta muito campeonato e que temos jogos difíceis pela frente.
Mas pelo que a equipa está a jogar, penso mesmo que este ano vamos lá.