terça-feira, fevereiro 02, 2010

A violação.

“Meu querido,
Não te digo metade (a metade graaaande:) ) do que penso, quando penso em ti . E é muito!, porque moras em todos os meus pensamentos. Pelo menos os bons… Gostava de te guardar no bolso e partir à (nossa) descoberta here, there and everywhere, de Porto Covo a Berlim. Quando alucino uma casinha – eu sei, tresanda a XutosJ -, ela tem um sofá inundado pelo sol onde te enroscas e ao qual eu me encosto, livros espalhados pelo chão e os cabelos pelos teus dedos. Assustadora a fantasia, de tão “conjugal”? Estás enganado, acontece que te levo sempre comigo, das caminhadas na Ericeira aos jantares com amigos no Bairro Alto, os sítios e as pessoas ficam mais bonitos porque vistos por olhos que te procuram e recordam. Se estivesses a meu lado falaríamos de tudo – eu, pelo menos, falaria de tudo! -, não escapavas a poema, notícia ou até coscuvilhice – credo… - escutada, lida ou pressentida. E com razão me decretarias chata, mas com um requebro doce na voz.
Não sei o que o futuro nos reserva; gosto de ti; tenho medo(s)... Principalmente o medo de não saber o que poderia fazer melhor por e para nósL. Gostava de estar nos teus braços e explorar mais de perto esse cheiro por trás do perfume que prefiro acreditar escolhido por amiga de peito...; de ter a certeza que me escutas e não apenas ouves; de te acolher os segredos, os beijos cegos e as mãos em abençoada vagabundagem, talvez um riso infantil e grato em face das prendas ridículas – agora cheira a Pessoa… - com que me imagino a inundar-te.
A verdade é que não te digo metade da metade da metade…, ah!, basta dizer(-te) que adormeço a pensar em nós e tal abraço não é opcional. Boa noite, um beijo grande. Amanhã dir-te-ei bom dia num qualquer corredor e o beijo que trocaremos, acredita!, não passará de uma versão a preto e branco e burocrática deste, mesmo a solo.”
Fechou o diário, à culpa juntava-se um remorso pungente, sem fim à vista. De volta à sala e ao marido, cujos receios exibiam agora a moldura da impaciência.
- Então?
E ela admitiu para si mesma que fora cúmplice da devassa. A rapariga sozinha em Lisboa, as notas a baixarem, as olheiras húmidas, as fugas para o quarto em fins-de-semana, “vão vocês”. O medo deles como álibi, mas sem justificar absolvição. Em voz surda,
- Não são drogas, é doença de amor.
O alívio optimista e amnésico dele,
- Óptimo, isso desaparece com a idade.
A teoria do aquecimento global em definitivo descartada, jorrou de coração e lábios gelo suficiente para uma vida inteira.
- A doença ou o amor?
Ele já regressara ao telejornal.

122 comentários:

yulunga disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
yulunga disse...

Óptimo,????? ISSO desaparece com a idade.?
Só pode mesmo ter (e merecer) um jornal como companhia.

andorinha disse...

Gostei:)

E realmente, como diz a Yulunga, o tipo só merece mesmo a companhia do telejornal...

árvore disse...

Assustadoramente real. A "doença" de amor. E a indiferença na violação.

noiseformind disse...

Ao contrario das emeritas odes que vao grassando pela blogos a lusa femea continua em grande maioria useira e vezeira do invertido ditado:

"mais vale mal acompanhada que so"...

e depois claro, sao precisos diarios para recordar passados felizes, tantas vezes como justificacao de presentes ja preteritos de ternura. Quem ganha com isso sao eles: paparoca na mesa, botija de liquidos humana que aquece a cama e, em caso de risco de sobre-producao de semen, vasilha.

Houve alturas em que terminaria o post com um "felizmente..." como contraponto. Mas de facto as mulheres que corajosamene assumem a sua vivencia fora de uma entidade de casal fazem-no em esmagadora maioria por solidao. O que mostra a falta de especimens disponiveis de novo formato e a forma como tantos bits e bytes sao incapazes de servir como ferramentas correctoras de enjeitamentos afectivos.

Bartolomeu disse...

Assusta-me a ausência das tuas mãos
Busco-te nas imagens guardadas na memória
Nos cheiros, nos toques, nos suspiros
Mas... o sofá continua no sítio de sempre
E o sol não deixou ainda... de o visitar.
;)))

Sandyblue disse...

"...as mãos em abençoada vagabundagem..."


Soube-me a Eugénio de Andrade....

simplesmente delicioso!

Obrigada Professor

:)

keeper_of_the_pussy disse...

A doença! Onde não existe medo, não há esperança!(esta frase não é minha)

Fora-de-Lei disse...

Este tipo de violações, por mais imorais que sejam, têm sempre o condão de permitir que o violador possa ajudar o violado a não o vir a ser, de facto. É claro que estamos a falar do diário da menina que anda com "comichões no grelo" e não das escutas do PdC coscuvilhadas no YouTube, esse sim um "diário" verdadeiramente pornográfico... ;-)

A Menina da Lua disse...

"de ter a certeza que me escutas e não apenas ouves; de te acolher os segredos, os beijos cegos e as mãos em abençoada vagabundagem, talvez um riso infantil e grato em face das prendas ridículas – agora cheira a Pessoa… - com que me imagino a inundar-te."

De facto o amor é mesmo assim...; por um lado voluntarista, intencional e cuidador pelo outro... mas igualmente cheio duma "graça" que por vezes nos torna infantis no mimo e até ridículos na expressão...:))

"Óptimo, isso desaparece com a idade.
A teoria do aquecimento global em definitivo descartada, jorrou de coração e lábios gelo suficiente para uma vida inteira.
- A doença ou o amor?"

Enquanto que a doença não temos quaisquer dúvidas que ela aumenta, no que respeita ao amor de facto ele nunca desaparece com a idade mas creio que se modifica...Ele vai-nos acompanhando cá dentro um pouco ao lado das nossas lucidezes, dos nossos desencantos,das nossas novas prioridades mas tambem das nossas novas paciências, das nossas novas seguranças e maturidades...
No fundo ele está sempre presente com aquela sua luz brilhante e encantadora que no fundo nos faz sentir livres e vivos...

Fora-de-Lei disse...

"Estás enganado, acontece que te levo sempre comigo, das caminhadas na Ericeira aos jantares com amigos no Bairro Alto, os sítios e as pessoas ficam mais bonitos porque vistos por olhos que te procuram e recordam."

Estou convencido que o melhor que o rapazinho tem a fazer é começar e preparar-se para um dia destes acordar com a "almofada espetada na cabeça". Basta um ataque de "comichão" e... já estás.

Mas não é isso que me traz aqui até porque as "comichões" têm tratamento. É que, a propósito dos "jantares com amigos no Bairro Alto", me lembrei do recente encerramento da Adega Machado, na Rua do Norte. Era, acima de tudo, uma casa de fados para turista ver. No entanto, não deixa de ser mais um "emblema" de Lisboa que se esfuma. É a crise a apertar... e a descaracterizar-nos lentamente.

Julio Machado Vaz disse...

Fdl,
Nem sequer sou um apreciador de fado, mas você tem toda a razão.

andorinha disse...

Noisito,

Mais uma vez em total sintonia...:)

FDL(12.17)

Quando se tem comichão coça-se, né?:))))


"No entanto, não deixa de ser mais um "emblema" de Lisboa que se esfuma. É a crise a apertar... e a descaracterizar-nos lentamente."

É, daqui a uns tempos já nem reconheço a minha velha Lisboa:(

Fora-de-Lei disse...

andorinha 7:44 PM

"É, daqui a uns tempos já nem reconheço a minha velha Lisboa:("

Para todos os efeitos, tu já estás convertida à "bimbalhice"... ;-)

andorinha disse...

FDL,

Ó alfacinha, tu não me insultes, pá:)

Eu não estou convertida a nada, sou fiel às minha raízes.

Tangerina disse...

Oh, que eu ia tão embalada e... é isto??? Eu já a imaginar a Maria de visita a Lisboa e é isto???

Disto temos nós todos os dias, como muito bem diz o noise. Podia bem ter-se esquecido da cena final. Chocolate cortado por fel.

T.

Fios de Seda disse...

Sera que desaparece?
Se calhar com a idade reinventam-se outras formas, outros gestos, outras meneiras de... amar!
O problema mesmo é entender o que nem sempre é de facil entendimento.
Acho eu!

Ti disse...

Brilhante professor!

Creio que há uma confusão de interpretação...
A violação, a meu ver, refere-se à privacidade do diário. Ou será outra coisa?

Fora-de-Lei disse...

Ti 9:59 AM

"A violação, a meu ver, refere-se à privacidade do diário. Ou será outra coisa?"

Essa é a primeira parte da violação. A segunda, dar-se-á quando o namorado vier a Lisboa passar um fim-de-semana. Com as "comichões" que ela anda, o rapaz nem vai ter tempo de fazer um xixi. É por estas e por outras que, mais tarde, aparecem os problemas da próstata... ;-)

A Menina da Lua disse...

TI:)

Eu tambem entendi assim ou seja; a violação do diário pela mãe com a cumplicidade do marido perante suspeitas de consumo de drogas por parte da filha:(

Enfim! dilemas de pais perante situações difíceis...a tentação de saber o que se passa é enorme só que eu não queria estar-lhes na pele (deles e da filha) no dia em que ela descobrir que está a ser alvo de devassa por parte dos pais em algo que lhe é profundamente íntimo e caro já para não falar da quebra de confiança entretanto criada.

FDL:)

Quanto a essa sua segunda parte da questão, será talvez a menos gravosa e a mais interessante:) enfim se os rapazinhos tiverem os devidos cuidados e precauções:))

Julio Machado Vaz disse...

Fdl,
Mais uma graçola sobre prostatites e zango-me a sério, mesmo tendo o Benfica ganho:).

yulunga disse...

Nunca tive um diário, desses propriamente ditos onde se escreve. Tive sim, um muito especial onde "escrevia" (e ainda "escrevo") tudo o que me apoquenta: os ouvidos da minha mãe.
Coitada LOL os dramas de amores que ela tinha que ouvir.
Acho que como adolescente fui uma sortuda nesse aspecto.

A Menina da Lua disse...

Para que se entenda e em termos da minha alusão à segunda parte do FDL, não me estava a referir à questão de "prostatites" porque isso e tal como o Professor, considero de um enorme mau gosto.

Você FDL devia ser obrigado à força a frequentar um curso de etiqueta e boas maneiras das mui badaladas figuras públicas do nosso "metié socio ligth"...quem sabe melhorasse:))
Quer que o inscreva?:)

thorazine disse...

O FDL insiste na prostatite porque sabe que o homem-da-luva já o espera, e mais dia menos dia lá terá ele que se vergar ao chamamento.. :))

FDL,
Sabes que em tempos de crise a malta não tem guito para proteína em brutoe por isso investe mais nos vegetais. Em tempos de crise o grelo "sai" muito bem.. :))

thorazine disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
thorazine disse...

Ameninadalua,
eu nunca tive um diário, mas mesmo que o tivesse os meus pais nunca precisariam de cuscuvilhar. Sempre que eu fazia asneiras obviamente que não ia a correr contar-lhes, mas se me perguntassem não mentia. Sempre levei muito a sério a expressão "chamaste-a? Agora atura-a!"! :))

thorazine disse...

Ahh..e o prof hoje estava com uma barba, upas upas! Que pinta! :) Tem sorte que de certeza que ninguem lhe zucrina para a cortar. A minha avó faz-me sempre o comentário da praxe: "Um rapaz tão bonito e com aquela barba parece um velho! A tua namorada não te diz nada?" lol

thorazine disse...

E ontem fiquei a saber que a holanda probiu filmes porno com animais!
http://www.telecinco.es/informativos/curiosidades/noticia/100015418/Holanda+prohibe+la+zoofilia

Na verdade nunca tinha visto nada do género, mas já tinha formado a opinião que concordava com a sua proibição pelo facto dos animais não poderem usifruir do livre arbítrio. Por curiosidade fui pesquisar o que se encontrava na net do assunto: 5 minutos de exploração online nessa área fizeram o jantar scair-me como pedra, sem vontade de pensar sequer em sexo sequer, pesadelos e suores frios de noite. Conclusão: ter mente aberta é algo bastante relativo! Pff..

Fora-de-Lei disse...

Julio Machado Vaz 2:17 PM

"Fdl, mais uma graçola sobre prostatites e zango-me a sério, mesmo tendo o Benfica ganho:)."

Foi apenas um aviso à navegação. A malta convenceu-se que, para dar prazer a uma mulher, tem que estar horas a fio a "dar à bomba" e a aguentar sem se vir. Mas esquecem-se que aquilo é como uma espécie de panela de pressão... se fecharem a saída de vapor, rebenta. E depois quem sofre é a próstata... ;-)


A Menina da Lua 3:39 PM

"Você FDL devia ser obrigado à força a frequentar um curso de etiqueta e boas maneiras das mui badaladas figuras públicas do nosso "metié socio ligth"...quem sabe melhorasse:))"

Menina da Lua, quem me conhece sabe que eu sou um gajo cheio de boas maneiras. Aliás, quando sou apresentado a alguém que me conhece pela primeira vez, não raramente esse alguém questiona-se se não serei eu um aristocrata... ;-)


thorazine 4:47 PM / 5:23 PM

"O FDL insiste na prostatite porque sabe que o homem-da-luva já o espera, e mais dia menos dia lá terá ele que se vergar ao chamamento.. :))"

Muito gostas tu de me aterrorizar...


"E ontem fiquei a saber que a holanda probiu filmes porno com animais!"

Ora bolas, logo agora que eu estava quase a conseguir os DVDs que me faltavam para acabar a colecção da série “Lili, uma porquinha-da-índia que é uma autêntica badalhoca“.

PS: não confundir a Lili badalhoca com a inocente Lili do carteiro Paulo, o tal que é feliz a distribuir correio.

andorinha disse...

Thora,

"Sempre que eu fazia asneiras obviamente que não ia a correr contar-lhes, mas se me perguntassem não mentia."

Eu nem acredito! Tu foste assim na adolescência?!!!!:)))
Eu menti forte e feio. Eram outros tempos, tinha que ser...
:)

FDL,
Eu até acredito que sejas um gajo de boas maneiras: o teu nick é que não é muito:)))

goncalo disse...

Meus caros,

A "campanha provocatória" contra o FDL é exagerada e injusta.

wednesday disse...

Delicioso!
Adorei ler este bocadinho caído dos céus dos Escritores.

andorinha disse...

Gonçalo,

Mas há aqui alguma "campanha provocatória" contra o FDL???????

Cê_Tê ;) disse...

Boa noite, a todos!
Delicioso post! (não me ocorre agora outro adjectivo)

A prostatite... dá para acrescentar letras?;P

FDL... às vezes lembra-me um paralelipipedo granitico!;)))

até!

Ricardo M. Nunes disse...

Caro Dr. Júlio Machado Vaz,

Sou presidente de uma associação cultural que gostaria de o convidar para um evento e como tal gostaríamos de obter um contacto mais directo para poder expor o nosso projecto. Será que poderia contactar-nos pelo e-mail direccao.leme@gmail.com . Seria um privilégio poder contar pelo menos com a sua atenção em ouvir a nossa proposta.

Cordialmente,
Ricardo M. Nunes

Julio Machado Vaz disse...

Fdl,
Como você está farto de saber, a menção à prostatite divertiu-me:). Embora confesse que a minha não se deve a maratonas sexuais:(.

Thora,
A minha barba desencadeou uma enorme discussão na maquilhagem da RTP. Há quem defenda que a não corte por charmosa e quem diga que me faz parecer Matusalém. Deus me livre de me intrometer em discussões de mulheres:).

thorazine disse...

FDL,
tu aterrorizas-te a ti próprio. Vais ver que com jeitinho até gostas! E podes sempre levar lubrificante de casa..(não te esqueças, à base de água para não comprometer o látex!!!) :)))

Quanto à bestealidade eu estava a falar de outro campeonato, tipo macacos, burros e cavalos!

andorinha,
eu sempre gostei do confronto, fazia-me sentir vivo!:) Mas sim, sempre tive uns pais bastante tolerantes..

Prof,
Eu gosto! O meu pai usou barba praí até aos 40, e no dia em que cortou engendrou um esquema com a minhã mãe para quando ele chegasse do barbeiro ela me dissesse que estava um senhor à porta que queria falar comigo: até hoje me lembro do "bug" que o meu cérebro deu ao não reconhecer uma pessoa que tinha traços assustadoramente familiares. Fiquei triste, e desde que me surgiu penugem facial que a ostento com orgulho! :) A minha namorada é defensora acérrima, não sei se por gostar ou por amor:), a minha mãe respeita desde que devidamente aparada.

goncalo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
goncalo disse...

Caro Thora,

Não leves a mal, mas já tens a tua orientação sexual completamente definida...?

goncalo disse...

"Gonçalo,

Mas há aqui alguma "campanha provocatória" contra o FDL???????"

"Fdl,
Como você está farto de saber, a menção à prostatite divertiu-me:). Embora confesse que a minha não se deve a maratonas sexuais:(."

Parece que não...

A Menina da Lua disse...

Thora:)

"Sempre que eu fazia asneiras obviamente que não ia a correr contar-lhes, mas se me perguntassem não mentia."

Mais pontos a seu favor:)

Eu devo-lhe dizer que tambem era um pouco assim; alem das inevitáveis omissões, assumia-me e enfrentava-me sempre perante a minha mãe, contudo tinha o cuidado de me explicar e argumentar e claro que ingénua e parvamente achava-me sempre cheia de razão e de enormes certezas:).

Quanto a barbas e principalmente peras, sempre as achei interessantíssimas:) e se for num homem com um toque de sofisticação dão-lhe um contraponto muito especial mas tal como a sua mãe diz, deverá estar sempre devidamente aparada.:)

FDL:)

Aristocrata!:) muito bem! posso deduzir então que temos a possibilidade de estarmos perante um conde quiçá um duque:) aqui disfarçado em Fora-de-Lei um pouco a fazer lembrar a figura romanesca e aventureira do Robin dos Bosques:).

thorazine disse...

Gonçalo,
Sim, completamente definida. Sou homo. Sou hetero. Sou bi! Sou hemo. E um dia talvez serei trans. E tu, o que és? :)

Ameninadalua,
:))


And now for something completely different:

http://www.youtube.com/watch?v=NMn_1rQ3sms

Eduardo Marinho! Podem ver aqui posts deste senhor, artista brasileiro: http://observareabsorver.blogspot.com/

A Menina da Lua disse...

"a menção à prostatite divertiu-me:)."

Professor desculpe tê-lo colado à minha observação de "mau gosto"... mas decida-se! ou bem que se zanga ou bem que gosta:)).

goncalo disse...

Não sou trans...mas nunca se sabe o dia de amanhã))..

andorinha disse...

Júlio,

Quanto a barbas, eu gosto mais de vê-lo sem, mas com fica charmoso na mesma...portanto a decisão é só sua:)

Thora,

Pois, como eu disse, tu és um miúdo e eu sou uma chavala madura:)
Aí reside grande pate da diferença na relação com os pais.

"Sim, completamente definida. Sou homo. Sou hetero. Sou bi! Sou hemo. E um dia talvez serei trans."

Agora fiquei baralhada! Afinal és o quê?
Sem rótulos nao me oriento.:))))))))))))))

Fora-de-Lei disse...

goncalo 8:39 PM

"Meus caros, a "campanha provocatória" contra o FDL é exagerada e injusta."

Gonçalo, deixós poisar...


"Cê_Tê ;) 10:56 PM"

"FDL... às vezes lembra-me um paralelipipedo granitico!;)))"

E depois eu é que sou pouco limado...


Julio Machado Vaz 1:14 AM

"Fdl, como você está farto de saber, a menção à prostatite divertiu-me:). Embora confesse que a minha não se deve a maratonas sexuais:(."

Pois, pois... há uns que comem os figos mas aos outros é que lhes rebenta a boca. Vamos lá a ver é se essa barba em crescimento não é para esconder possíveis lacerações labiais... ;-)

PS: Professor, não sei porquê, mas não estou com grande fezada em relação ao jogo contra a malta do choco frrrito...


thorazine 2:16 AM / 11:33 AM

"A minha namorada é defensora acérrima..."

"Sim, completamente definida. Sou homo. Sou hetero. Sou bi!"

Thora: afinal de contas, quando é que arranjas coragem para dizer à namorada que também gostas de "pegar de empurrão" ? Ou estás à espera que, um dia casados - e no quadro de uma carraspana viral de todo o tamanho - ela descubra que os supositórios que tu terás que tomar caem imediatamente para o chão ?! Sou obrigado a concluir que, moralmente falando, ainda és mais badalhoco que a Lili... ;-)


A Menina da Lua 11:12 AM

"Aristocrata!:) muito bem! posso deduzir então que temos a possibilidade de estarmos perante um conde quiçá um duque:)"

Nada disso. Só se eu tivesse a grande lata de me auto-considerar uma espécie de Conde de Montanelas. Mas não... o meu sangue não é azul, é bem vermelho!

Errata: Fontanelas, concelho de Sintra

==================================

Bem, agora que já "despachei" e visto que é 6ª feira, é a altura certa de começar a pensar em coisas bem mais agradáveis...

thorazine disse...

FDL,
"os supositórios que tu terás que tomar caem imediatamente para o chão ?! "

:))
O prof talvez te pudesse explicar melhor isto do que eu, mas pronto: sabes que é normal projectar os nossos medos nos outros? Vá lá, relaxa, deixa o homem-da-luva trabalhar.. :)))

thorazine disse...

E pega lá um musicol à tua medida (seja lá qual ela for :)) : http://www.youtube.com/watch?v=Soy4x-H4gI4

goncalo disse...

Thora,

Não me convenceste completamente...

Mas só posso dar-te o benefício da duvida.

Embora contra ti esteja tb o facto de o JMV gostar de apoiar todos os discriminados em razão da orientação sexual...

goncalo disse...

Em todo o caso, na pior das hipóteses és Bi))))...

Fora-de-Lei disse...

thorazine 3:27 PM / 3:33 PM

Podes continuar a assobiar para o ar em vez de refutar. Mas eu estou aqui para te lembrar que te esqueceste de explicar porque carga d'água andas a enganar a tua namorada. Estou convencido que até a andorinha - sempre tão maternal (?) para contigo - discordará dessa tua atitude... ;-)

Quanto ao link, tanquiú virómacho. Tenho que admitir que fico admirado como é que um chavaleco como tu (embora desgraçadamente bi) vai ao sótão buscar coisas como os Atomic Rooster...

thorazine disse...

Goncalo,
não te convenci?? Mas és um juri da sexualidade do blogger? Decaminho pedes-me o nº de tlm! :)

A tua onda é andares a fazer-te passar por hetero para depois atacares a rapaziada dos blogues? lol

thorazine disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
thorazine disse...

FDL,
a minha namorada é a primeira a trazer o strap-on para casa! Já te disse que já não vivemos em mil oitocentos e carqueja.. :)))

Fora-de-Lei disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fora-de-Lei disse...

thorazine 3:56 PM

Tu não me digas que obrigaste a miúda a comprar esse "adereço" só por causa dos supositórios ???

Entrando agora em assuntos mais sérios, deixa-me dizer-te que a tua recusa em comentar o sentido de maternidade da andorinha vai deixá-la profundamente incomodada... ;-)

thorazine disse...

FDL,
sabes lá tu o que andas a perder.. :)) Uma mera estimulação do perineu aquando o fellatio é equivalente a uma injecção de óxido nitroso no motor do teu chaço.. :)))

Em relação à andorinha a nossa relação sempre se baseou em tardes passadas num café no porto, a comer sandes queijo, a falar de legalização das drogas e a lavar roupa suja sobre a malta aqui do blog..:)))

Fora-de-Lei disse...

thorazine 4:31 PM

Para ser sincero, essa última parte - "a falar de legalização das drogas e a lavar roupa suja sobre a malta aqui do blog" - já a acho muito pouco maternal. Estarias muito mais bem acompanhado comigo: em vez de sandes de queijo, partíamos um bicho, bebíamos umas imperiais valentes e íamos comentando as "boazonas" que passavam. Ias ver que até perdias a mania do lsd... ;-)

thorazine disse...

:)
Com jeitinho para o ano ainda vou estudar ai para baixo e ainda vamos mesmo deitar umas super bock abaixo (sorry, imperial é mijo!:)).

Com jeitinho ainda alinhavas numa montaria ao javali num couto alentejano, terminavamos num belo repasto com um bom tinto e para finalizar ainda te mostrava o que é o céu Alentejano com um bom LSD aqui do norte.. ;))))

yulunga disse...

Strap-on LOL
Adoro fazer judiarias e sempre que leio essa palavra, imagino-me de strap-on em riste a correr atrás do Fora da Lei.
Não sei, são ideias que me vêm à cabeça.

Cê_Tê ;) disse...

loool vocês desculpem mas estão a falar alto e o pessoal ouve ;)))

Até parece que estou a ver o nosso Manoel no final(?) da carreira a dar uma de open mind ;P e plagiar o Segredo de Brokeback Mountain gerando uma bucólica versão alentejana tendo os 2 como actores principais.
;))))

jk, fdl!;P

Cê_Tê ;) disse...

loool e a yulunga também poderia entrar ;)))) (tive de ir ver o que era strap-on loool para perceber o sentido da piada! Não poderia ter um nome português? ;)

Anfitrite disse...

Thora,
Não abusando, mas usando, no outro dia fiquei com uma dúvida que gostaria de ver esclarecida, se isso for possível sem muito trabalho.
Disseste que o cérebro não consegue distinguir entre a informação que vem dos orgãos dos sentidos da que vem do próprio cérebro. Hoje ouvi que o nosso cérebro não consegue distinguir o riso verdadeiro do falso e que o efeito agradável é o mesmo.
Sempre ouvi dizer que quando dou uma martelada num dedo, ele não me dói logo, mas só depois da mensagem ser transmitido ao cérebro e este enviar a sensação de dor. E o que é que têm a ver a glândulas endócrinas no meio de tudo isto?

Sobre este postal é-me doloroso falar. Direi apenas que os meus diários sofreram demasiadas violações, que sem serem assumidas, nem permitidas, foram entranhadas dum consentimento negativo. Tenho a impressão de que deve ser mais doloroso do que uma violação física, porque ao menos nessa participamos, mesmo que não colaboremos. Até gostava de saber a opinião do professor, apesar de cada caso ser um caso, qual delas será mais difícil de lembrar menos.

FDL,
Para satisfazer uma mulher não é preciso que lhe salte a tampa. Basta juntar os condimentos certos e nas doses correctas. Se não acaba por ficar queimado por falta de gordura. O seu cunho aristocrático não precisa de um curso de etiqueta e boas maneiras, mas sim de um curso de culinária.
E antes que diga das suas o meu caso nada tem ver com comichões no grelo.

thorazine disse...

Cête,
dizes tu que és de outra geração mas para pensar em badalhoquices já não és.. :P

Com isto lembrei-me de um sketch: http://www.youtube.com/watch?v=-Qx-EqAqcOQ

Vejam até ao fim e advinhem lá quem seria o Gonçalo! :D :D


Anfitrite,
Há a dor lenta e a dor rápida, e ambas passam pelo cérebro mas coordenadas por sistemas neuronais diferentes. Não sei já reparou, mas quando dá uma martelada no dedo há uma dor instantânea, tipo flash, que é de curta duração - associada à laceração do tecido conjutivo - que depois é seguida de uma dor mais leve associada a calor - que é a dor lenta. Nenhuma delas é governada por glândulas, sim por receptores nervosos. No entanto não tenho formação na área, posso estar enganado. :)

Quanto à questão dos risos verdadeiros e risos falsos, penso que esta relacionado com a percepção (o efeito agradável depende sempre da percepção) - logo relacionado com a glândula pituitária. Sobre percepção há uns estudos engraçados sobre a percepção do lado cõncavo e convexo de uma máscara em que pessoas "normais" não conseguem diferenciar e pessoas esquizofrénicas ou sobre efeitos de certas drogas diferenciam perfeitamente - se calhar o mesmo se aplica para sorrisos falsos.

thorazine disse...

E fui ter a este sketch: http://www.youtube.com/watch?v=inI-NIc9g1Y

LOL

thorazine disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fora-de-Lei disse...

thorazine 4:56 PM

"Com jeitinho ainda alinhavas numa montaria ao javali..."

Nisso não alinhava. Por princípio, sou contra a caça. Quanto aos comícios e bebícios alinhava de boa vontade, fosse no Alentejo, fosse onde fosse.


yulunga 6:48 PM

"Adoro fazer judiarias... imagino-me de strap-on em riste a correr atrás do Fora da Lei."

Primeiro "capava-te". Depois, trataria desse teu espírito judeu até te transformar numa autêntica anti-semita. Subentendidadmente, claro está... ;-)


Cê_Tê ;) 6:56 PM

"tive de ir ver o que era strap-on"

Então agora que já sabe do que se trata, podia dizer - baixinho para que ninguém nos oiça - qual o modelo que lhe suscitou mais pica. Se o simples, se o de "dupla face"... Ou o facto de ser de uma outra geração (vidé Thora, às 7:37 PM) impede-a de formular uma opinião em conformidade ?!


Anfitrite 7:11 PM

"E antes que diga das suas o meu caso nada tem ver com comichões no grelo."

Pode ficar descansada. Ainda bem que anda bem "coçada", embora às vezes assim não pareça...

andorinha disse...

FDL,

"Vamos lá a ver é se essa barba em crescimento não é para esconder possíveis lacerações labiais... "

Tu é que provocas e depois queixas-te de ser provocado...:) Loooool


"Entrando agora em assuntos mais sérios, deixa-me dizer-te que a tua recusa em comentar o sentido de maternidade da andorinha vai deixá-la profundamente incomodada..."

Tu tás maluco, amigo e companheiro?:)
Eu, maternal para com o Thora???
Fraternal quando muito; prefiro.

E a nossa relação (minha e do Thora, entenda-se):) é tal e qual como ele a descreveu, nem mais nem menos:)


Thora,

"A tua onda é andares a fazer-te passar por hetero para depois atacares a rapaziada dos blogues?"

Loooooooooooool Looooooooooooool

Tu tens respostas capazes de deixar qualquer um de cara à banda:)))

thorazine disse...

FDL,
És contra a caça? Então, antes de casar claro está, como te lançavas na caça do grelo? É que o princípio é o mesmo, simplesmente não há portas definidas: é por todas as frentes!! :D

É o que te digo, para o ano ainda vamos fazer a "Patuscada alfacinha-ó-murcónica".. :)

andorinha disse...

Thora,

Os grelos também se caçam?
Eu pensava que se colhiam:)))))))))))))

Tu hoje estás com a veia toda, miúdo:)

Fora-de-Lei disse...

andorinha 7:51 PM

"Tu tás maluco, amigo e companheiro?:)"

Mais ou menos... ;-)


thorazine 7:55 PM

"És contra a caça? Então, antes de casar claro está, como te lançavas na caça do grelo?"

Quanto a essa caça sou um aficionado. Quanto à caça de animais, sou frontalmente contra! Na realidade, sou um ferveroso defensor dos ideais do 4 de Outubro...

andorinha disse...

Thora,

"...dizes tu que és de outra geração mas para pensar em badalhoquices já não és..."

Todas as gerações pensam em badalhoquices, ou pensavas que era só a tua?
Querias o exclusivo, não?:)))))

FDL,

És um maluco muitafixe.
É por isso que eu te gramo:)

thorazine disse...

FDL,
também era contra a caça. Até ao dia que percebi a enorme hipocrisia que era continuar a comer carne, alimentar o negócio dos matadouros, da criação em massa e ser contra a um grupo de homens que dão uns tiros a uns animais. Obviamente que sou a favor que seja tudo devidamente regulamentado, mas para mim não é um atentado aos animais maior do que aquilo que eu próprio sustento (Aviários, matadouros e afins..)

Cê_Tê ;) disse...

Eu não sou de comprar coisas por catálogo- fiquei traumatizada com a Tupperware (que raio de associação esta loool) e com a La Redute. ;P
Valorizo cada vez mais a opinião dos já consumidores dos produtos à venda por tanto sou toda ouvidos ;P
(Para a próxima tenho de pendurar 1/3 de N.S de Fátima no PC porque vocês- alguns de vocês são uns badalhocos.;))

goncalo disse...

http://www.youtube.com/watch?v=aJCyCkVYWp8


Divirtam-se! Ainda falta aos "Gato" chegarem a este nível...

andorinha disse...

Thora,

Não é bem a mesma coisa.
Eu também sou contra a caça. Não percebo qual a piada ou o gozo de disparar contra animais indefesos.
Como carne? Como.
Porquê? Porque não vejo os animais serem mortos? Nem é por isso, sei que há condições horríveis em matadouros, aviários, etc.
É o hábito, nem questiono...
E um cabritinho assado sabe tão bem!:)

Fora-de-Lei disse...

andorinha 8:48 PM

"Nem é por isso, sei que há condições horríveis em matadouros, aviários, etc."

Estou convencido que já deve ter sido bem pior. Mas muito cuidado com certas práticas a montante das ementas kosher e halal...

Su disse...

assustadora....

não a fantasia----
pois


jocas maradas

Cê_Tê ;) disse...

( "perturbador"- é esse o adjectivo! Violador talvez seja forte ;))

RAM disse...

De volta!

Lou disse...

"Todas as familias felizes são iguais, mas as familias infelizes são-no cada uma à sua maneira" (Tolstoi)

Socorro...o Fora-de-Lei...anda em todas...

goncalo disse...

Welcome Back RAM!

Cê_Tê ;) disse...

(Por falar em VIOLAÇÃO... quando alguém descobrir as escutas no youtube que revelam aos descrentes e aos cúmplices silenciosos o mau carácter de quem nos governa, apitem.
Curioso não é???? que a paixão pelo futebol faça falar mais gente do que a descarada e isultuosa violação do direito de expressão, comunicação, divulgação de factos- e com o mesmo conhecimento de base- Com o nosso silêncio que caminho livre de atropelo de direitos estamos nós a deixar livres? Tem-se calado muitos jornalistas,... ora vamos lá a contar pelos dedos...GRAVE, NÃO?- Ou somos já uma provincia venezuelana?)

thorazine disse...

andorinha,
então..não é a mesma coisa só porque tu "não percebes a piada de andar aos tiros" e nem questionas porque "tens o hábito"! Que raio de justificação é esta? lol
Se queres que te diga os animais de caça têm uma vida preenchida, têm os recurso necessários para sobreviver, e têm oportunidades. Os animais de criação não têm opção, vivem confinados, comem ração cheios de aditivos para engorda, etc..
És contra a caça só porque não gostas de caçar? É tipo aquela malta que é contra tudo o que não lhe "toca".

Num mundo perfeito eu defenderia os animais como pessoas, no entanto isto é um ciclo e nos temos de os comer. Sendo assim as regras do jogo mudam, e eu não posso ser hipócrita ao ponto de ser apologista do sofrimento animal quando é para me encher o bandulho e ser contra ao sofrimento animal quando é para encher o bandulho de outros (que por vezes é o meu tb lol),

Anfitrite disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
andorinha disse...

Thora,

Tiraste novamente o dia para me azucrinares?:)))

Porque não te viras para o FDL que é também contra a caça e no entanto se regala com uns belos bifes e outras iguarias carnais?:)))))

Detesto a caça porque não gosto de ver infligir sofrimento aos animais.
Sou contra as touradas, também, naturalmente.
Até concordo com o que dizes em relação aos animais de caça e aos de criação.
E não sou apologista do sofrimento dos animais, ao contrário do que insinuas, devem ser abatidos com o mínimo de sofrimento possível.

Eu sei perfeitamente que para ser coerente devia abolir a carne da minha alimentação.
Mas não sou perfeita:) e um bom cabrito assado ou um bom bife sabem-me muito bem.
E quando os como não estou a pensar de que forma foram mortos os animais. Passa-se tudo longe do meu olhar...
Mais sincera do que isto não posso ser:)


"É tipo aquela malta que é contra tudo o que não lhe "toca"."

Já me devias conhecer o suficiente para não fazeres esse tipo de afirmação.

Fora-de-Lei disse...

Fora-de-Lei 3:13 PM

"PS: Professor, não sei porquê, mas não estou com grande fezada em relação ao jogo contra a malta do choco frrrito."

Parece que sou bruxo... :(

goncalo disse...

FDL,

Ando-te há dizer há meses que o Braga vai ser campeão). É óbvio que para quem está de fora é mais fácil...

Justiça ao nosso JMV que soube tb antecipar no momento certo...

Julio Machado Vaz disse...

Fdl,
Perdoo tudo menos displicência e ontem houve muita. Aquela primeira parte resume-se numa frase: "mais tarde ou mais cedo, de uma forma ou de outra, ganhamos". Soberba, dizia-se na catequese:). E depois, já não ´há guarda-redes que não conheça os penaltis do Cardozo: em força e para a esquerda, a técnica não dá para ensaiar o outro lado sem dar asneira. Para evitar uma defesa(?) por tiro ao alvo, o rapaz levanta a bola. Basta um bocadinho de adrenalina a mais e os centímetros também são exagerados:). Mais ninguém sabe marcar? Quanto ao resto, um penalti por marcar e um golo mal anulado, logo..., não há desculpas! Como o Di María declarou o plantel cansado, receio que sejamos o balão de oxigénio para o Sporting:).

Fora-de-Lei disse...

Julio Machado Vaz 7:54 PM

"... receio que sejamos o balão de oxigénio para o Sporting."

Se o formos, é porque as coisas começam a ficar parecidas com aquilo que a gente (infelizmente) conhece muito bem. Mas, tal como "adivinhei" que as coisas com o pessoal do carrrapau não iam correr lá muito bem, prevejo para 3ª feira, em Alvalade, uma vitória à moda antiga... ;-)

Fora-de-Lei disse...

Julio Machado Vaz 7:54 PM

"... receio que sejamos o balão de oxigénio para o Sporting."

Se o formos, é porque as coisas começam a ficar parecidas com aquilo que a gente (infelizmente) conhece muito bem. Mas, tal como "adivinhei" que as coisas com o pessoal do carrrapau não iam correr lá muito bem, prevejo para 3ª feira, em Alvalade, uma vitória à moda antiga... ;-)

andorinha disse...

FDL,

"...prevejo para 3ª feira, em Alvalade, uma vitória à moda antiga..."

Deus te oiça!:)

Anfitrite disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
thorazine disse...

O Problema do Álcool de Miguel Esteves Cardoso

"Em Portugal, a única maneira de combater a droga é com vinho. Um bêbado é sempre mais social que um heroinómano. Dá trabalho a mais pessoas. O dinheiro, em vez de ir parar às mãos do vil traficante, regressa às caves do bom Abel Pereira da Fonseca. Um bêbado diverte as pessoas tristes que precisam, do alto das suas janelas, no tédio nocturno das vielas, de um motivo de escárnio, distracção ou opróbio. Os bêbados dão bons sketches de cinema. Os bêbados fazem parte da nossa cultura.

A heroína não tem nada a ver connosco. A cocaína é um hábito sul-americano que, de qualquer modo, é demasiado seventies para os dias de hoje. O LSD é um devaneio é um devaneio ianque para músicos pretendidos. O haxixe é uma mistela de Mouros. A liamba é uma friquice de Luanda. Os comprimidos são para matronas inglesas à beira do suicídio e do supermercado. Português é o vinho e todos os seus derivados. Cada um com o seu efeito especial. Uma pedrada de jeropiga é diferente de uma pedrada de tinto Ferreirinha 1980. Há maior variedade de álcool do que drogas rascas e caras.

(...)
As drogas pesadas só entraram nos países latinos por descuido. Repare-se que, em todos os casos, são originárias de países onde não há um vinho decente. Sem essa bênção, esses pobres estrangeiros, desde os Tibetanos aos Bolivianos, tiveram de inventar alternativas. Jamais se inventaria o ópio em Borba. não faz sentido cultivar papoilas no Alto Douro. Em Saint-Emilion, ninguém se lembra de fumar um charro -até porque altera o sabor do vinho."

O escritor português Miguel Esteves Cardoso, em "O Problema do Álcool"

goncalo disse...

Thora,

Foste ao meu "calcanhar de aquiles"...

O MEC é a minha grande referência da adolescêcia.

A Menina da Lua disse...

Anfitrite:)

Lembro-me sim!:) óptimo filme de Sydney Pollack, um dos meus cineastras preferidos e com uma lindíssima canção. Já na altura via o filme com uma certa nostalgia, a apelar a uma saudade futura porque isto de perda e desencontros de amores causam sempre uma pena profunda.:)

Thora

Pois! O Miguel tem razão no que diz mas a leitura do texto pode ser feita de duas maneiras: uma de de desculpa e despenalização do consumo... e outra de alerta e consciencialização...

Lembrar que as drogas são resultado de recursos locais e hábitos culturais, pode levar a crer que existe uma certa inevitabilidade nisso, o que não me parece verdadeiro. O logro e o lucro fácil, esses sim fazem muita coisa: ultrapassam culturas e todas as fronteiras mundiais...

Gonçalo:(

Já não é mau perceber qual é o seu "calcanhar de Aquiles". Agora falta o resto...:)

goncalo disse...

A Menina da Lua,

Não a julgava tão ousada...)

Mas, é bom receber surpresas.

A Menina da Lua disse...

Gonçalo

Ousada??

Agora sou eu que não o entendo!!

Peço desculpa da minha má interpretação:( mas eu apenas percebi que o Gonçalo tinha hábitos excessivos de consumo de álcool!

Isto da língua portuguesa é muito traiçoeira:))

Quanto à ousadia em mim, lamento desapontá-lo mas não é o meu forte:)... talvez ao nível das ideias...talvez!:)

goncalo disse...

A Menina...,

Agradeço a sua preocupação.

andorinha disse...

Bom dia.

Thora,

Então chapas aqui esse texto do MEC e não fazes qualquer comentário?
Assim não vale...:)

Não me agrada o teor do texto.
Então as drogas combatem-se com outra droga? Só porque esta é "genuinamente" portuguesa???

"Os bêbados fazem parte da nossa cultura."

Por isso quantos mais, melhor:)))

thorazine disse...

goncalo,
subiste uns ponto na minha consideração! MEC é uma referência também para mim..

ameninadalua,
com certeza que se poderá tirar algumas cenas de interpretações dos textos do MEC. A que eu tiro daqui é ridicularizar a aceitação da cultura do álcool que se faz na sociedade ocidental (em que os filhos aprendem a beber com os pais) e total recriminação da cultura das drogas. Toda a gente "compreende" que se beba um copo de vez em quando, que se apanhe uma "bezaina" de quando em vez e até consegue "compreender" os alcoólicos mas drogas...drogas é coisa do demo! :) Nunca vi no MEC uma vontade de dar finais felizes às estórias ou conselhos encapotados: sempre percebi que ele observa a realidade e tem esta capacidade incrível de a passar para um conjunto de palavras, que a maioria das vezes me faz rir até às lágrimas. Mas se houvesse um "conselho" eu diria que o texto reflecte o ditado "nem tanto ao mar, nem tanto à terra"! :)

andorinha,
não podes ser tão dura, tão pão-pão queijo-queijo! O MEC estava a ser irónico!! Respira fundo e lê o texto integral aqui: http://www.zeno.com.br/rsd.php?itemid=157

:))

Anfitrite disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
AG disse...

Tive vários diários até aos 16 anos onde contava o que me acopntecia o que me ia na alma e o que desejava. Um dia percebi que o meu irmão (mais novo ano e meio)lera um deles(o riso dele era impossível de esconder) e destruí todos, queimados pia abaixo. Ainda hoje, mulher/mãe/esposa de 37 anos recordo a devassa. Quanto à PAIXÃO, todos sabemos que passa. Eu só queria voltar a sentir nervos no estômago, um dia...Um Bem haja para si. AG

andorinha disse...

Thorita,

Ok, serei mais mole:)
Ao almoço li a texto a correr...
Já respirei fundo:) e agora vou então ler o texto integral.
:)

A Menina da Lua disse...

Gonçalo:)

Já entendi!:)

Refere-se à ousadia pelo facto de ter lido as crónicas de Miguel Esteves Cardoso:) Ah mas com certeza que sim! li imensas crónicas e as que me falharam, apanhei-as mais tarde no livro de crónicas. Devo dizer-lhe que o considero de certo modo um pouco pioneiro daquela forma de escrever; tem uma escrita irónica e muito criativa e um olhar humorístico pouco comum de observar as coisas...Contudo tenho igualmente outras preferências
diferentes.

Thora

"A que eu tiro daqui é ridicularizar a aceitação da cultura do álcool que se faz na sociedade ocidental"

Pois! em relação a essa mensagem, o Miguel explicou-a lindamente.

Anfitrite

Obrigado!
Mas vou ter de descontar no que diz pois alem de eu não ser tanto assim, sei que gosta sempre de dar uma tónica um pouco exagerada à forma como aqui se manifesta.:)

andorinha disse...

Li e a conclusão que tiro é diferente, vê-se toda a ironia com que é escrito.
Por aqui se vê como é problemático apresentar só excertos ou até mesmo simples frases retiradas do contexo.
Exige-se mais cuidado para a próxima, miúdo:)

"E, se é para morrer, recomenda-se o álcool, porque proporciona uma morte extremamente lenta, tão lenta que chega a demorar uma vida inteira, porque tem a propriedade exclusiva de matar e conservar ao mesmo tempo."

Esta, para além de outras fez-me rir.

andorinha disse...

errata: contexto

thorazine disse...

:)

Anfitrite,
se eu fosse julgar as minhas "fontes de informação" pelas pessoas que estão por trás, penso que vivia isolado. Nem este blog se safava.. :) Muito desses podres fazem os humoristas, artistas, pensadores, comentadores..

andorinha disse...

"Nem este blog se safava..."

A menosprezares os teus companheiros de tertúlia????????
Não esperava isso de ti...

Anfitrite disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
thorazine disse...

anfitrite,
por agora mantenho a minha posição, tento não confundir ideias com pessoas. Obviamente que se por acaso o criador existisse e esse criador fosse eu, era tudo muito diferente, mas como não é assim...

Ainda há muito pouco tempo fiquei triste em saber da relação incestuosa que o John Philips, dos The Mamas & the Papas, manteve com a filha durante mais de uma década, e de que aos 11 anos lhe deu cocaína e aos 16 a ensinou a injectar-se. No entanto continuo a ouvi-los e a achar o musicol muito bom - na verdade a Mama Cass para mim sempre foi e será A Voz, e o único erro desta menina foi ter-se entalado com uma sandes :(

thorazine disse...

http://www.youtube.com/watch?v=PpzB_Akopug

...que vozeirão!!! :D

Fora-de-Lei disse...

Fora-de-Lei 8:23 PM

"Mas, tal como "adivinhei" que as coisas com o pessoal do carrrapau não iam correr lá muito bem, prevejo para 3ª feira, em Alvalade, uma vitória à moda antiga... ;-)"

Parece que sou bruxo... ;-)

andorinha disse...

FDL,

Pensei exactamente o mesmo.
Lembrei-me de ti ao vaticinares a vitória para este jogo.

Vê se tens mais palpites idênticos:)))))))

Julio Machado Vaz disse...

Fdl,

Você com a bola de cristal e eu a abrir a porta, homem:). Uma espécie de novas oportunidades!

Cê_Tê ;) disse...

FDL, ;))) com que então já tiveste acesso às escutas, hein?
Até os que estão no banco do adversário não podem abrir a boca!;)))Tsts...

goncalo disse...

FDL,

Caso o Porto ganhe hoje, como é de esperar, arriscam-se a nada ganhar este ano, tal como nós. Serão, todavia, o maior embuste do futebol português dos últimos 30 anos!))...

Nessa altura, estarei disposto a fazer o que o "Homem" fez ao António Macedo qd perdemos a final da Taça UEFA - Manifestar carinho e solidariedade...E até choro, se me pedirem...

goncalo disse...

E agora vou trabalhar, tenho um julgamento daqui a nada.

Abreijos

Fora-de-Lei disse...

andorinha 11:11 PM

"FDL, lembrei-me de ti ao vaticinares a vitória para este jogo."

Fico contente por associares a minha pessoa a um momento (4-1) de indiscutível alegria... ;-)


Julio Machado Vaz 11:41 PM

"Fdl, você com a bola de cristal e eu a abrir a porta, homem:). Uma espécie de novas oportunidades!"

Essa sua deriva mercantilista levou-o a menosprezar o saber acumulado e a capacidade científica que estão subjacentes a estes meus prognósticos... ;-))


goncalo 8:31 AM

"Serão, todavia, o maior embuste do futebol português dos últimos 30 anos!"

A propósito de embustes, se estivesse no teu lugar eu apontaria as minhas batarias para o "cotonete"...

andorinha disse...

FDL,

Eu lembro-me de ti nos bons e maus momentos, amigo e companheiro:)))

"Essa sua deriva mercantilista levou-o a menosprezar o saber acumulado e a capacidade científica que estão subjacentes a estes meus prognósticos..."

Looooooooooool Looooooooooooooool

Nisca disse...

O acaso trouxe-me a este lindo espaço...

Luísa disse...

Realmente assustador..principlamente para quem já viveu esse processo, acredite ....muito bem descrito e explanado. É com grande prazer que sou uma das suas fãs incondicionais, pela forma realista e emotiva como aborda as emoções da vida. Devorei o seu livro Olhos nos Olhos e voltei a relê lo esta semana. Um bem haja para si.
Caso pretenda, dê uma vista de olhos no meu recente blog
http://cordealma.blogspot.com/