sexta-feira, junho 25, 2010

Os sacrifícios equitativamente distribuídos...

No final de 2009 havia 11 mil portugueses com fortunas superiores a um milhão de dólares, mais 5,5% do que em 2008
A crise em que mergulhou o País durante o ano passado não impediu que a lista de portugueses com uma fortuna avaliada em mais de um milhão de dólares (815 mil euros) ganhasse 600 novos nomes. De acordo com o estudo World Wealth Report 2009, elaborado em conjunto pela Capgemini e Merrill Lynch, no final de 2009 havia em Portugal um total de 11 mil milionários, um número que representa um crescimento de 5,5% face aos 10 400 milionários registados no relatório de 2008.
Segundo o relatório da Capgemini e Merrill Lynch - que exclui da contabilização do património as casas e restantes bens consumíveis -, a subida do número de milionários em Portugal foi alimentada pelo aumento dos preços do imobiliário (em 0,2%) e pela forte descida das taxas de juro. Outro factor apontado no World Wealth Report para o crescimento de mais de 5% no número de milionários portugueses foi a valorização da Bolsa portuguesa, que cresceu 33,5% em relação a 2008. A valorização de muitos títulos - principalmente no terceiro trimestre do ano, quando o PSI-20 valorizou 19,2% - terá contribuído fortemente para o crescimento de fortunas no País, salienta o estudo.
Os 600 novos milionários portugueses juntam-se assim a uma lista que é encabeçada pelos empresários Américo Amorim (fortuna avaliada em 2,83 mil milhões de euros), Belmiro de Azevedo (1,09 mil milhões de euros) e Joe Berardo (618,2 milhões de euros). Juntos, estes três milionários têm uma fortuna avaliada em mais de 4,5 mil milhões de euros, equivalentes a 2,8% do PIB.
Para o crescimento das fortunas milionárias em Portugal pouco ou nada contaram os números da recessão da economia portuguesa, adianta o World Wealth Report. Recorde-se que em 2009 registou--se uma contracção de 2,7% do PIB, o recuo de 21,8% nas exportações e o decréscimo da produção industrial em 8,1%. Ao longo do ano passado, destacam ainda a Capgemini e a Merrill Lynch, há ainda a assinalar a queda do consumo interno em 10%.
Não foi só em Portugal que o número de milionários aumentou. O relatório ontem divulgado aponta para um crescimento de 17,1% em 2009, atingindo um total de 10 milhões de pessoas que possuem uma fortuna avaliada em mais de um milhão de dólares. A Capgemini e a Merryl Lynch destacam ainda que, além do número de milionários ter aumentado, as suas fortunas também engordaram durante o ano passado. No final de 2009, a totalidade destas fortunas ascendia a 39 mil milhões de dólares (cerca de 31,8 mil milhões de euros).
Na apreciação que fizeram dos resultados deste estudo, os responsáveis pelo relatório referem que "os últimos anos têm sido relevantes para os investidores ricos". Segundo Sallie Krawcheck, do Global Wealth & Investment Management, "enquanto em 2008 a riqueza global dos milionários sofreu um declínio sem precedentes, um ano depois existem claros sinais de recuperação e em algumas áreas verifica-se mesmo o regresso aos níveis de riqueza e crescimento registados em 2007".

18 comentários:

GONÇALO disse...

Foi o Dr. Louçã que teve a amabilidade de lhe remeter este "material"???:-)))))

Julio Machado Vaz disse...

Gonçalo,

Foi a net de manhazinha:).

GONÇALO disse...

Mais tranquilo:).

thenewdo disse...

Esta preocupação acerca da riqueza dos ricos… Se não estou bem, porque é que o outro há-de estar melhor? Em vez de pretendermos que os ricos fiquem mais pobres, não seria melhor empenharmo-nos para que os pobres fiquem mais ricos? Penso eu (de que).

Julio Machado Vaz disse...

The,

Plenamente de acordo, o que me preocupa é o alargamento do fosso entre uns e outros à custa da classe média.

P.S. Gonçalo, Jerónimo de Sousa acaba de citar estes factos na Assembleia. Será o Murcon o farol do PCP?:). Teremos maior influência do que pensamos?:)

GONÇALO disse...

Caro Prof,

Oxalá que sim...Tenho grande simpatia por Jerónimo. Mas, ao que me dizem, a frase da manhã é de Paulo Portas,citando Felipe Gonzalez:
"Rectificar é de sábios, mudar de opinião todos os dias é de loucos"

thorazine disse...

Não me considero comunista, no entanto acho criminoso algumas pessoas poderem enriquecer tanto ao ponto de envenenar a liberdade de mercado. Quem é o pequeno empresário que pode lutar com os seus produtos, livremente, contra o belmirinho? É um insulto falar em liberdade de mercado, a defesa de qualquer capitalista, quando existem monopólios desta envergadura.. :S

andorinha disse...

Pronto, já me estragaram o dia...:)

Esta notícia - e todas deste género - são revoltantes.
Há uma casta que cada vez enche mais os bolsos já de si muitíssimo bem recheados enquanto que um número cada vez maior de gente se vê a braços com enormes dificuldades.
A pobreza alastra mas pode-se sempre virar a cara para o lado e fingir que não se vê, não é?:(
E são sempre os mesmos que são sobrecarregados com sacrifícios, o que é de uma tremenda injustiça.


Gonçalo,

Subscrevo essa frase de Paulo Portas. O homem de quando em vez faz-me alinhar por ele...
Será que estou a ficar uma tipa de direita?
Ou serei antes uma tipa às direitas?:)


Thora,

Tu não és comunista??????
Desceste imenso na minha consideração...

Just kidding, kid:)

Anfitrite disse...

Hoje, de manhã, andei a falar sozinha e a pensar que o professor, desde que fez a sua afirmação de voto, ficou com vergonha de falar de Política. São as tais coincidências, porque também pensei que se um dia tivesse de votar noutro partido, como mulher, votava no CDS,(embora os cabelos me fiquem em pé, só de pensar isso), porque é o único que tem lá mulheres políticas dignas desse nome. E homens que foram, ou são, grandes senhores. Lembremo-nos do Professor Adriano Moreira, de Lucas Pires, etc.. O Psd só tem um bando de javardos, exceptuando a Paula Peixeira da Cunha, que é uma óptima profissional, mulher com garra, e alguns senhores da velha guarda. Ao PS também se colou tanto nojento lá, que uma pessoa até fica triste. Com o PC nã vale a pena contar porque parou na história e, hoje são uns zombies, a dizer sempre a mesma coisa. O BE, um saco de gatos que, convencidos da sua intelectualidade, resolveram satisfazer o seu ego e dar nas vistas, mas que não têm uma única proposta realizável.
Em face disto, já não é preciso ser esperto ou quiçá inteligente, para haver cada vez mais milionários à custa dos fracos, que nada podem fazer, se não continuarem a ser explorados, como sempre foram, mas hoje já por qualquer borra-botas. Por isso não querem chips, têm medo de ser apanhados. Há muitas pessoas que têm via-verde, mas pagam portagem para não serem apanhados, nem que seja pela mulher/homem, quando vão ter com as amantes. Ponham-me uma câmara às costas ,a ver se eu me importo. As matrículas também são identificáveis por qualquer pessoa que esteja interessada nisso.
Quem não deve não teme! Quem me dera que houvesse um governo, de maioria absoluta, que fosse um colégio de sábios, que tomasse as medidas necessárias, e se estivesse maribando para os votos. Que cortasse a direito, doesse a quem doesse.


Thora,

Força! Como vão as frequências/exames? Merece que estejam a correr bem.


Gonçalo,

Gostei de ver o programa, ontem. É leve e os não fanáticos vêem-no bem.
Quanto ao professor, apesar da sua agradável presença, ouviu dizer pela enésima vez, que o sexo não faz mal nem ao futebol, nem ao coração.

Devo dizer que só li o princípio do postal, e li levemente alguns comentários, portanto posso estar descontextualizada, mas apeteceu-me logo comentar, e só agora vou ler com mais calma, aquilo que já sei, e o que as pessoas disseram.

fiury disse...

Os políticos socialistas legislam, favorecem os monopólios,depois comem todos da mesma gamela.Chama-se troca de favores ou corrupção. A classe média enche os centros comerciais e os hiper-mercados(como em nenhum outro País) e não se queixa...não se manifesta... O fosso vai ser ainda maior. Quem votaria no Sócrates? Quem o quer manter lá? É o el-dourado!

Anfitrite disse...

Fiury,

Que homem com tanta classe. Consegue ser a causa e o efeito de tudo o que de mau acontece neste país. Não será dos portugueses que não conseguem pensar, ou por outra, só pensam nos seus interesses.
Quem é para si a classe média? A chamada classe média é a que mais tem sofrido com a crise, não falando dos que sempre viveram à custa do Estado. Serão os educadores de infância, que têm uma reforma superior a um médico, cujo exemplo é o nosso anfitrião, e que nem precisaram de habilitações especiais para terem tais reformas. Ou então as professoras primárias(a minha eu adorei), que tiravam o magistério e foram equiparados a licenciados, para já não falar das regentes. Não estou a falar dos licenciados de agora, que estão nos caixas de supermercados, ou nos centros de chamadas.
Hoje também foi notícia que alunos que entraram no IST, não souberam resolver o problema e dizer qual era o resultado de 1/2+1/2. Agora até os enfermeiros, que conseguiram a equivalência do curso, já querem ganhar como os médicos. Quando uma grande maioria deles, ao longo dos anos, quase que só desempenhou funções admnistrativas.
É o Sócrates o culpado de tudo isto? Haja decoro e um pouco de dignidade. Em vez de pôr as culpas nos outros cumpramos nós o nosso dever.
O próprio George Soros, um dos maiores especulador financeiro, disse que algo deveria estar errado, porque ele estava a ganhar de mais.

fiury disse...

experiencia

Bartolomeu disse...

O Professo JMV não leu a notícia inteira. Se o tivesse feito, verificaria que a maioria dos milionários portugueses, são sócios-messenas do Glorioso. A comprova-lo, a aquisição do jogador mais caro até hoje do futebol português... para guarda-redes... nem vão ser precisos mais jogadores em campo... vai ser tudo nosso. Adelante companeros...

Bartolomeu disse...

O Professo JMV não leu a notícia inteira. Se o tivesse feito, verificaria que a maioria dos milionários portugueses, são sócios-messenas do Glorioso. A comprova-lo, a aquisição do jogador mais caro até hoje do futebol português... para guarda-redes... nem vão ser precisos mais jogadores em campo... vai ser tudo nosso. Adelante companeros...

GONÇALO disse...

Caro JMV,

Grande programa sobre transferências...Assim, forever friends:). Abraço

GONÇALO disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
fiury disse...

Anfitrite,

Estamos a anos luz na opinião sobre a importância dos profissionais de Saúde e Educação, em tenras idades.

septuagenário disse...

Antigamente «ISTO» era de meia dúzia.

Mas em democracia passou a ser de uma dúzia.

Por este andar, somos todos donos «DISTO».