quinta-feira, julho 25, 2013

Diabolicamente belo:).

43 comentários:

João Pedro Barbosa disse...

Spiral extension of Victoria and Albert Museum, London, UK, Daniel Lib

http://www.youtube.com/watch?v=ZNUVRelg5n0

Cê_Tê ;) disse...

Desta vez não passo ;) Tenho do mesmo "naipe"
- http://www.youtube.com/watch?v=-uiG5jJavTU&list=HL1374792258
- http://www.youtube.com/watch?v=H_-cfWEMDrU&list=HL1374792258&feature=mh_lolz

Boa noite para todos.

andorinha disse...


Também acho:)))


Cêtê,

Ainda bem que não passaste:)


Bons sonhos.

Dolce disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Janita disse...

Belo, sem dúvida!
Mas, sem ser diabólica e sim angelical, esta belíssima milonga del angel, é a obra prima de Piazzolla. Gostos!

ttp://www.youtube.com/watch?v=bbdakZjHTys

bea disse...

Bom Dia

é sexta:)

muito obrigada por Piazzolla - professor, Cê_Tê e Janita. Quase diria que se palpa a densidade da alma argentina nestas vibrações. E não é menor o choque com as expressões do maestro e do tocante. Há uma perda que é ganho de si em cada arrebatamento.

também gostei deste:) que o músico dedicou ao pai. É triste, mas tão bonito (sem confusão, só vou ali:))

http://www.youtube.com/watch?v=VTPec8z5vdY

Hoje acordei para este lado de ser grata:) Obrigada a todos por existirem - a ti também,João Pedro. E me serem companhia nas horas longas de assim.

Inté já:) Fiquem BEM.

andorinha disse...

Bom diaaaaaaa:)

Bea,

A ouvir Adios Nonino.
É triste e bonito, sim. A gostar...muito:)
Obrigada.

"E me serem companhia nas horas longas de assim."

:))))

Lindo o que dizes! Sinto o mesmo!


Inté...só vim mesmo tomar café e dar-vos um abraço...

João Pedro Barbosa disse...

Janita,

Estou a ouvir a milonga que aqui deixas-te! Obrigada pelo bom gosto na surpresa do imprevisivel.

Quanto aos outros comentários é caso para dizer: "Eu estive aqui!" porque o vazio das musicas não preenche as cores das memórias...

rainbow disse...


E este professor que "provoca" os alunos? Diabolicamente esperto?:)

http://www.youtube.com/watch?v=GSsfP8nRvYg

Janita disse...

João Pedro.

A concertina e o violino libertam sons que penetram no mais fundo da minha alma. Gostei que tivesses gostado e foste muito gentil em usar a ponte D. Luís.:)
Obrigada!

Entre milongas e tangos adorei tudo, até o António Banderas...do Rainbow.
Obrigada Bea, Adiós Nonino tem uma outra dimensão a nível orquestral, mas a Milonga del Angel tem um lugar especial no meu coração!

Um abraço para todos.

Anfitrite disse...

Adora todas estas músicas que diabolicamente mexem com os nossos sentidos e que são das que mais oiço.

Parar a Bea e não só.

Peço desculpa para deixar esta intervenção do seu querido Zé Viriato, feita ontem, em que dá prazer ouvir a sua voz agradável e serena, além do seu pensamento estruturado e sábio. (Começa ao minuto 1 e 45 segundos).
Boa noite.

http://www.tvi24.iol.pt/programa/4322

João Pedro Barbosa disse...

Do Freixo à Arrábida
Sobre estes
São as duas pontes
Que só se adivinham
As restantes quatro
Estão alinhadas
Na curva do rio

bea disse...

Oh, muitissimo obrigadíssima, Anphy. Tinha acabado de ver o professor, papei Um lugar no coração com a Sally Field e agora ouvi o Viriato. Tudo boa gente.

Do Senhor professor

Hoje sim, a dupla estava dupla. Gostei do trabalho a pares e do em si da conversa. Esteve no ponto. E deixou uma boa imagem para férias. Sem dúvida. Boas férias ao senhor professor. Tudo no azul.

Do filme
Gosto de Sally Field e de filmes em que se trabalha muito mas se consegue; filmes onde há cegos e negros e boa gente que até nos parece família – fico a desejar ser vizinha da Mrs Spalding e dos filhos, dar-lhe uma ajuda e sentarmo-nos às vezes na entrada a beber chá, nos intervalos do algodão. E o que gosto daquele cego nem é bem dizê-lo. É um filme onde há traições de amor e mulheres a olhar no vazio; e traições à espécie humana, vulgo racismo, que são mais arrepiantes (há facadas e pontapés factuais), são ódio que não apaga, mas por qualquer razão não ofendem tanto o people. Para mim o Mose ficava com eles até à morte, que o filme termina e não deixo de me perguntar o que será daquela mulher sem ele, tenho pavor que não se aguente. E vai o trabalho todo por água abaixo.

Do Zé Viriato
Também é um Senhor professor. O que tu cresceste, Zé. Nasce-me sempre uma ternura de teres tamanho.

E Boa Noite que o meu espírito está estafadinho. Durmam bem.

João Pedro Barbosa disse...

Estafadinhas,

Ontem também senti um vazio e não senti falta de mais.

bea disse...

Bom Dia:)
o amor fino é raro. E de qualidade superior; o luxo do sentimento. E não sei porque me parece que esse é o único, que os outros são de outro rol e têm outro nome. Mas nesse, o talzinho de um fio, estão todos. estarão.

Sejam bons

João Pedro Barbosa disse...

bea,

Quem convidou o Diabo para a festa que tire as suas conclusões. Tenho provas? As minhas intenções procuram ser sempre as melhores?

P.S. http://2.bp.blogspot.com/-Bz7fHwFMNAA/UfOmV-VPzwI/AAAAAAAAFAU/DioyA9U3e6o/s1600/DSC_0009.JPG

Anfitrite disse...

Bea,

O que viu ontem foi: Um lugar no Coração"
Um grande filme. Onde viu que eu não dei por nada? Só pela maneira como falou dele vi qual era. Não voltei a ver, mas tem cá um lugar no meu coração. Esta mulher entrou em muitos bons filmes, como Norma Rae (alguém se lembra, fez história, na nossa parvónia), A Calúnia, O Romance de Murphy,...

http://www.youtube.com/watch?v=LLIlXCQGQoY


Hoje esyou muito triste, não sei porquê, prsciva de alguém por perto, ou pelo menos não muito longe e com um fio doirado.

rainbow disse...


Anfi

Hoje voltou a dar "Flores de Aço", outro com Sally Field.

Não é um fio dourado, mas é um campo dourado. Pode ser?

http://www.youtube.com/watch?v=hKtqTYSOBCg

Janita

"...do Rainbow."

Quando nasci, disseram: é uma menina! E continuo a ser:)

João Pedro Barbosa disse...

"Mais vale alimentar um burro a pão de ló"

- Everything has its importance.

Anfitrite disse...

Rainbow,

Grandes mulheres! E a minha querida Shirley, de quem não esqueço "O Apartamento" e Irma la douce", entre muitos outros.
Uma campo dourado da Eva Cassidy que também se foi prematuramente.

Bons sonhos. estou à espera do "Eixo do Mal". Esta semana terminaram todos os programas que costumava ouvir, emquanto ía navegando. Pode ser que agora veja alguns filmes que tenho para ver. Não gosto muito de ver cinema na TV. Detesto estar especada parada a olhar para o écran, porque tenho de ver todos os pormenores, e para isso só os cinemas me seduziam.

http://www.youtube.com/watch?v=PtenL7GCa04

bea disse...

Boa Noite

Anphy

desculpinhas. Gostaria de estar por perto. Melhorou? desencantou o fiozito dourado? ou mesmo noutra cor.
Um beijinho à Anphy. vá, chegue aqui, assim, pois, mais perto.
Eva Cassidy é sem tempo uma voz que até à morte se impõe. Bigada Rain. E os campos louros lembram-me um Alentejo que houve e o principezinho que é invenção e por isso só há de certa forma. As crianças que correm levantam uma palermice minha:)

Vá veja o eixo do mal. que lhe há-de fazer bem. tenho as meninges a embotar, que é como quem diz uma roldana muito perra dentro da cabeça.

Durmam bem. e que a manhã nos encontre. Ou nós a ela.

vi um programa na rtp2, o império dos sem sexo. Os japoneses estão a andar para o lado - aquilo não é para a frente nem para trás. Alarmei.

Cê_Tê ;) disse...


Anfi, em especial para si um xi-coração SEM fatura!!! XI-<3


(E para os restantes "pindéricos" ;)também ;))

Não são é à-passarita ;) que aí ou nós temos alguma prática de apneia ou podemos ficar de pernita estendida num "esfregar de olhos". (Não te ofendas pá!!! ;)))

Boa noite.

Anfitrite disse...

Obrigada cêtê. Eu agora deixei de pedir factura. Não estou para alimentar o negócio da reciclagem. Já basta os mafiosos de Nápoles andarem à pancada por causa do lixo. ( pelos vistos a passarita é espontânea em tudo:))

http://www.youtube.com/watch?v=Pbv50eBhO2Q

Bea,

Obrigada também pelo aconchego. Eu podia ter sido a Eva se me tivesse atrasado mais um pouco. Só que a minha voz não dá para recordar.
Também vi esse programa, já pela segunda vez. É triste a solidão a que as pessoas chegaram. Afinal o bem estar material, não trouxe felicidade para ninguém. A China ainda será pior quando se começar a notar o desequilibrio demográfico entre sexos. Que raio de mundo que nós criamos. O Obama já tem autorização do congresso, para oficialmenre fornecer armas aos rebeldes na Síria. Será o fim do resto do equilíbrio naquela região. A primavera árabe é o que se está a ver. Deixaram de apoiar o Mubarak, agora o novo deposto vai-se juntar ao outro na prisão. Mundo imundo. Hoje também li esta notícia que prova a solidariedade na globalidade.

http://sicnoticias.sapo.pt/mundo/2013/07/27/nova-zelandia-quer-expulsar-imigrante-por-excesso-de-peso



http://www.youtube.com/watch?v=Tmrp5FtWC30&feature=related

Bom domingo.

João Pedro Barbosa disse...

Cê_Tê :)

Tenho que concordar contigo. A Andorinha preserva muito a sua liberdade e se condicionar a liberdade dos outros ainda melhor! Vai valendo o experiente Vudoo que em vez de alfinetadas submerge os seus opositores. Novas tecnologias, novas abordagens o como a nossa Anfy já não é olhada por cima do ombro. Não sejas invejosa se eu aqui disser que esta menina me encantou no primeiro dia. Concerteza que todos compreendem que a "Anfitrite" é aqui no Murcon a minha menina dos olhos de tal forma que não consigo aprender com mais ninguém que aqui passa ou se passa!

Há convidados que valem mais que a festa.

andorinha disse...

Bom diaaaaaaaaaaa:)

Ou Boa tarde, já nem sei...começo a trocar as horas...lol

Bea.

"...o amor fino é raro. E de qualidade superior; o luxo do sentimento."

Tão raro que nem sei se existe entre os humanos...

"...vi um programa na rtp2, o império dos sem sexo. Os japoneses estão a andar para o lado - aquilo não é para a frente nem para trás. Alarmei."

Já tinha visto esse programa. São tempos estranhos estes que estamos a viver:(

Rainbow,

"...é uma menina! E continuo a ser:)"

:))))))))))


Cêtê,

Ai eu não mereço um xi??????:(
Eu já uma vez te disse que tu me vais causar trauma tal que deixo de dar abraços seja a quem for...:))))))))))))))

E se gosto de dar e receber abracinhos!:)

Anfy,


Eu vinha também tentar dar-te um aconchego, mas leio isto e perco a vontade...

"...pelos vistos a passarita é espontânea em tudo:))"

Não me queiras condicionar a espontaneidade. Ou terei que passar a treinar a "inespontaneidade"?
Não sei como é que isso se faz!:))))


E o que tenho eu a ver com os mafiosos de Nápoles que andam à procura do lixo???? :) lol

Pedro,


"A Andorinha preserva muito a sua liberdade e se condicionar a liberdade dos outros ainda melhor!"

Ui! Esta não, Pedro. Esta não posso deixar passar...
Preservo a minha liberdade sim. Muito. Não devias estranhar isso porque me conheces...
Agora condicionar a liberdade dos outros, Pedro?
Hás de me dizer onde, se e quando condicionei a tua...
Não mandes "bocas" para o ar. Começo a ficar farta.
Se tens alguma coisa para me dizer, falamos fora daqui. Existem mails e telefones.:)
Como sempre te disse, não entendo que aqui seja o local adequado para se falar sobre eventuais divergências (ou convergências):) pessoais.

Bom domingo, malta:)

João Pedro Barbosa disse...

Malta,

É bom ler que apesar das circunstâncias os discursos estão menos articulados como se desprendessem os fios da marioneta. A continuidade das palavras permite tirar as duvidas do movimento que não se perpétua ficando apenas pelo continuo de quem as alimenta.

bea disse...

Bom Domingo:)

Anphy

Não diga isso,todas as vozes dão para recordar; se gostamos (ou detestamos) uma pessoa a voz tem um timbre que acorda os nossos ouvidos. O que queria dizer é que não podemos recordá-la da mesma forma: cantando. E não é mais importante que lhe recordem a voz de viver em vez da de cantar? a do canto, sendo bonita, é quase sempre tão pública...

Fiquei deveras intrigada com o programa que calhei de ver, num zapping. Parece que na 6ª deu outro e hoje vai concluir(entendi que estarão relacionados mas não são sobre o mesmo tema).
Pois. Não sei bem como é que a preguiça/trabalho de dar prazer a alguém - e o medo de não - havendo nisso o próprio prazer, pode levar-nos a procurar bonecas, gatos, e todos os afins disponíveis no mercado para cada caso (ainda que em alguns casos seja entendível, as pessoas não estão sós por vontade, apenas ninguém as quer). Ha neles um culto de si assustador. Ou uma solidão quase intransponível. O sexo não se desliga do que somos. Impressionou-me aquele fundo de atitude vital com mau sabor. Como são aquelas pessoas no diário que a vida é? se gostam de gatos e eles lhes fazem bem, porque não arranjam um, seu? ou mais.É um comercia-se tudo, uma fuga aos laços e até aos nós que também fazem falta.

andorinha disse...

"É um comercia-se tudo, uma fuga aos laços e até aos nós que também fazem falta."

É, Bea. Por isso eu disse que são tempos estranhos e tristes os que estamos a viver...


Pedro,

Como queres que fale contigo se não respondes a mails nem atendes telefones?
Complicadito, não?:)

E agora vou apanhar uma chuvinha...:)

Inté...

João Pedro Barbosa disse...

Andorinha,

Vim agora da praia e estive a apanhar sol! Deixas-me ir outra vez? Desculpa-me o incómodo.

Anfitrite disse...

Bea,
A VOZ...Os SONS... e a Falta de audição...

Não sei se viu tudo do problema japonês. Tókio é das cidades mais povoadas do mundo. As pessoas não têm espaço para si. Vivem em cima um dos outros e não se conhecem. Por outro lado o milagre japonês fez deles escravos do trabalho. A sua educação também os obriga a pensar nos outros. Não acredito que se fosse um português a falar estivesse preocupado em dar prazer ao outro, mesmo que fosse uma prostituta. E não quer servir-se da mulher sem lhe dar prazer.
Mas precisam de calor, por isso até um gato serve. Não o podem ter porque não têm tempo, nem espaço, nem podem ter mais obrigações.
Já viu como eles entram para um metropolitano? Imagine que levavam a casota com o gato para ir ao veterinário? Viu "O Amor é um lugar estranho"? já imaginou o que é estar encostada a um janela de vidro, suspensa no mundo, sem poder falar com ninguém? (por isso é que eu gosto de ver os pormenores dos filmes).

Pedro,

Verdade ou não tens razão para gostar de mim. Fui eu que melhor te recebi aqui. E gosto muito das tuas intervenções, que às vezes dão trabalham a entender. Também te mandei um mensagem nos teus anos que veio devolvida, porque mudaste de endereço e agora não sei qual é.

Andorinha,
Eu falo de tudo quando estou indignada. Falei no lixo porque criam lixo de propósito, e abatem árvores de propósito, para o papel e as embalagens(já reparaste do desperdício que há numa embalagem de medicamentos e sabes que 90% do custo de um perfume é para a embalagem e para a publicidade?), depois ganharem também na reciclagem. Como fiquei ontem indignada com a autorização para a guerra na Síria. Não deves ter visto o número de mortos. Nem te deves lembrar quando davas pulos de contente, por causa da primavera árabe e eu te pedia contenção. Não viste também o que aconteceu ontem e tem acontecido, nos últimos dias, no Egipto. Isto pode não interessar a uma professora, mas interessa a uma cidadã.
Também não entendes as minhas piadas porque eu não uso "sorrisos". Eu não percebo dessa sinaléctica, gosto mais das palavras. Claro que eu não quero que tu deixes de ser espontânea.

E agora esta que eu já pus, mas tenho a impressão que não é dos tempos recentes da Bea:

http://www.youtube.com/watch?v=sX_7njfCm18

Anfitrite disse...

Bea,

Que tal um banhiito aqui?

http://thephotosociety.org/blog/heat-wave-2/

Cê_Tê ;) disse...


Pedro, não foi isso que eu disse!!! Não disse porque não o penso.
Se a andorinha não me tivesse dado aquele xi vinha mais pobre... Se não tivesse mesmo gostado nada não me referia a ele- por educação- faço-o para a picar. Tinha uma prima que me abraçava assim e me beijocava toda! Valha-nos ao menos a sorte de não lhe dar para isso também!!!!! ;))))))) Da próxima (se a houver) prefiro uma coisa mais british ;))) mas se ter der para isso eu já estou de sobreaviso e inspiro antes (ainda deve equivaler a 2/3 de uma piscina olímpica) ;)))
PEDRO, não sei - nem quero saber- que bicho te picou mas a andorinha é fixó! Sejam miguinhos.

xico só para ti (passarita)

João Pedro Barbosa disse...

Anfitrite,

A Bea obrigou-me a manter o anonimato! Como consegui? Não sei.

andorinha disse...

Anfy,

Não, não vi o número de mortos nem na Síria nem no Egipto. Já te disse que deixei praticamente de ver televisão. Muito mais agora em férias. Só vejo quando é algum programa que saiba de antemão que me interessa.
Vou sabendo as noticias pelos jornais online. Leio as "gordas" e aprofundo só o que me interessa. Prefiro assim. É uma opção tão válida quanto qualquer outra.

"Isto pode não interessar a uma professora, mas interessa a uma cidadã."

Lá vens tu...:(
Uma professora não é uma cidadã?
E quando deixar de me interessar e inquietar, não sei o que andarei cá a fazer...



Um banhito aí?????

Minha Nossa Senhora!:))))))))

Acho que já vou entendendo as tuas piadas. Pelo menos melhor que no início...:)



Têzinha:)

"Tinha uma prima que me abraçava assim e me beijocava toda! Valha-nos ao menos a sorte de não lhe dar para isso também!!!!!"

Loooooooooooooooooool
Abraçar assim, como?:) Ou se abraça ou não se abraça, ponto.
Quanto a beijocar não tive foi tempo pois tu "fugiste" logo.
Não digo beijocar toda lol, mas de dois beijos de amiga não escapavas:))))))))))))
É o que faço quando gosto das pessoas.


"...mas se ter der para isso eu já estou de sobreaviso e inspiro antes (ainda deve equivaler a 2/3 de uma piscina olímpica) ;)))"

Looooooooooooooooooooool

Tu és tão doidona, miga. Bigada:)
Tu sabes...

Um xi "normal" pati

bea disse...

Boa noite a todos já que estão tão de abraços e beijos qual nunca vos li:)

Anphy
pois. não vi o início do progama, mas deu para ver essa solidão e o resto. Repito que é uma questão de atitude. Havendo amor nada é sentido como obrigação. No sexo não sei, mas por uma questão de civismo e higiene, quando se pratica a dois, parece-me bem que tudo seja desses mesmos e entre eles e não reverta apenas para um; julgaria pouco democrático.
Não aprecio janelas de vidro suspensas (tenho um bocadinho de medo); mas vi esse filme, sim.E não me lembro desse pormenor

Nas piscinas, Anphy, seca-se-me o prazer da água, do sol, de sem roupa na brisa. E olhando para essa começamos a entender a loucura japonesa que adultera a mente humana.
E fiquem bem que preciso começar a noite - o dia foi comprido.

Um abracinho - para não destoar do que trazem a uso

João Pedro Barbosa disse...

Andorinha,

De facto? Que estamos nós cá a fazer senão para inquietar! Além de fôlego para descer aos 15 metros e subir uma coluna de água até à superficie e contar-te como foi. Cristo desistia de fazer milagres. Estou a ver que está tudo no relax!

bea disse...

Olá pessoal

estou mesminho de saída; vim só buscar uma água tónica fresquinha para o caminho:)

Have a nice day

andorinha disse...

Bom dia:)

Vim fazer o mesmo que tu, Bea.
Vim só buscar uma caipirinha para o caminho:)))

Have a nice day 2

Janita disse...

Rainbow.

Quando a menina puder, gostaria muito que visse esta foto de um amigo portuense, o Adrian, que vive em Boston e tem uma paixão intensa por fotografia.
Um maravilhoso blog, administrado por um talentoso fotógrafo amador.

http://bythecanonviewfinder.blogspot.pt/2013/07/rainbow-dragon.html.

João Pedro Barbosa disse...

Andorinha,

Tu consegue-me tirar o sono! A Anfitrite e a Beatriz, tiram-me do juizo.

João Pedro Barbosa disse...

Fiz mais do que quis e mais do que os outros quiseram. A mais serei obrigado! Diabolicamente belo?

João Pedro Barbosa disse...

Esperem pelos 66 e verão que serão cristos duas vezes.

João Pedro Barbosa disse...

Bea,

Vá lá! Que com mais "3"; chega sempre uma idade maldita. Só se alguém perguntar?