sábado, agosto 10, 2013

R.I.P.

O Fim do Amor Trágico e Romântico?Vivemos, de facto, numa época em que a noção de amor trágico e romântico, que herdámos do século dezanove, se tornou inactual, embora continue ainda a ser vivida por muitos - e até com o carácter de construção moral e estética - essa relação extremamente apaixonada, exigente e exclusiva. A reclamação da liberdade erótica não me parece que de algum modo tenda a degradar a vida, conquanto possa dessublimizá-la e do mesmo passo desmistificá-la, precisamente no propósito de a tornar mais lúcida e mais generosa. Afigura-se-me que na contestação de todas as prepotências firmadas em preconceitos, em princípios estabelecidos apriorísticamente, há sempre um nexo muito íntimo entre a reinvindicação da liberdade erótica, da liberdade no trabalho e da liberdade política. E, naturalmente, quando se dá uma explosão desta espécie, é como uma pedra que rola e que vai agregando uma série de materiais e descobrindo a sua própria composição até às zonas mais profundas da sua estrutura. 

Urbano Tavares Rodrigues, in "Ensaios de Escreviver"

31 comentários:

rainbow disse...


A conquista da liberdade tem sido feita em todos os níveis, desde a sexual, relacional, social e política.
As sociedades mudaram. As mentalidades mudaram. Os paradigmas mudaram. Felizmente.
Mas não deixo de detestar a palavra relação e, inactual ou não, valorizar o amor exclusivo (quando genuíno), apaixonado, leal e "até que a morte nos separe".
Mais trágico do que isto...:)

Bom sábado per tutti

João Pedro Barbosa disse...

"escrito na pedra"

Urbano Tavares Rodrigues (1923-1013)

- Relegamento do escritor para zonas de sombra acicata-o por vezes, levando-o a produções vertebradas, que são autênticos gritos da inteligência rebelde.

"Do humus vim ao humus voltarei"

http://3.bp.blogspot.com/-mkpJ8R6kQvM/UgZoZg23nQI/AAAAAAAAFhk/4tmlDw4qjKQ/s1600/DSC_0305.JPG

João Pedro Barbosa disse...

Hoje aconteceu ter o Publico em casa! A surpresa da volta a Portugal e também o falecimento de uma atriz que esteve em cena nos anos 60-70.

O "Vespertino" on-line tem um deta-lhe de um humor feito com muito amor:

"Um dia, Ava ouviu um tiro dentro do quarto. Quando entrou ele estava sentado na cama, com a pistola na mão, “sorrindo como uma criança”. Tinha disparado contra a almofada."

http://www.publico.pt/cultura/noticia/a-vida-ava-gardner-dos-murros-de-howard-hughes-as-ameacas-de-suicidio-de-sinatra-1602759

andorinha disse...

Boa tarde:)

Vim só mesmo tomar café. Cheguei há pouco, há muita coisa ainda para "digerir".

Vocês também foram comigo, por isso nem cheguei a ter saudades...:))))))))

Um grande abraço, gente.

P.S. Amanhã ponho conversas em dia. Está prometido!:)

Caidê disse...

Andorinha
Feliz por teres chegado bem de mais uma das tuas aventuras boas:). À espera do teu prometido:).

João Pedro
Humor com amor dá saúde e amor sem humor é muito parado.

Rain
Sem liberdade não somos massa de nós próprios, somos molde de constrangimentos. Eu gosto de poder amassar a minha vida, e por vezes, no entanto, tenho levado amassos da dita como todos nós. É então que reclamo por mais, um pouco mai de liberdade.
No nosso coletivo ela está a ficar cada vez mais amordaçada. Temos de fazer mais qualquer coisa.
Também o Amor só é pleno quando nos faz livres e nos dá a sublime confiança de sermo amados. É nesse sentido que o amor escapa à tragédia. Porque a tragédia é o que no amor faz doer em vez de libertar.

João Pedro Barbosa disse...

Cê_Tê ;)

As nossas condolências a todos os nossos amigos benfiquistas pelo inicio de mais uma época desportiva!

Cê_Tê ;) disse...

Boa noite, confesso que não conhecia.
Mas pelo que li nestes dias foi uma grande perda a sua partida.

Repugnante é o estigma que pelos vistos sobrevive à ditadura e exclui Homens de valor do reconhecimento de mérito que deveria ser dado pelas mãos do Povo e não de uma corja de pseudointelectuais.


P.S.- Neste caso PCP: e que ninguém mate o Amor!

rainbow disse...


Andorinha
Welcome back! Esperamos detalhes:)

Caidê
Concordo, no amor aquilo que mais faz doer é a tragédia, nada libertadora. Mas quando falo em amor exclusivo, apaixonado e leal, isso pressupõe uma opção voluntária das duas pessoas envolvidas, decorre naturalmente, livremente, se quiseres.
Talvez esteja embevecida com o Amor de MEC e da Maria João, tão bem descrito em "Como é linda a puta da vida". A única tragédia ali é a doença.

Abraços e uma música

http://www.youtube.com/watch?v=MYssCy_8J3I

João Pedro Barbosa disse...

Caidê,

Se duas pessoas preferem o outro que a si próprias, o fazem não por compromiso. Mas porque assim se descomprometem de muita coisa.

Maria Virgínia disse...

oi! Júlio,

e todos e todas!

que bom que voltou bem, Andorinha!
conte. . .

LUZ e Paz Urbano Tavares Rodrigues,

gosto, quando O Amor é...

bons sonhos,

fiquem bem

João Pedro Barbosa disse...

Cê_Tê ;)

Ainda nenhum de vocês me tinha posto a vista em cima:

Tinha feito analises ao sangue e recebi de um numero desconhecido uma mensagem interesante - Antigénio: 9,7?

Respondi ao numero desconhecido: Há 10 que sabem a vinte!

P.S. No final da Guerra Fria mesmo sendo do PCP Urbano Tavares Rodrigues em entrevista televisiva reagiu às imagens das estátuas de Lenine a serem derrubadas para lá da cortina de ferro, da seguinte maneira: "Os netos dos que hoje as derrubam virão um dia voltar a erguelas". Verdade que não foi preciso esperar. Lenine continua estátua em alguns lugares que ele mereçeu que o preservassem. Assim como cada um preserva o bem que algum mal lhe fez.

CUSTA ESCREVER: "AMO-TE MUITO" E PELO MENOS UMA VEZ E SECALHAR APENAS UMA VEZ O DEVERIAMOS FAZER. PORQUE QUANDO SE REPETE PERDESSE O AUTÊNTICO. TALVEZ OS PCs TENHAM MORRIDO À NASCENSA E ESPELHAM O LUGAR ONDE SOBREVIVEM, LONGE DO FRUTO DE UMA BOA RELAÇÃO E DO MUITO QUE SE ESCREVEU E DISSE HOJE SÓ A IMAGEM PREDURA PORQUE AS PALAVRAS MORRERAM COMO A LEMBRANÇA DO QUE EXISTE E SE HOUVESSE IMAGEM DO AMOR HOJE FOI CAPA DE JORNAL. UM A OLHAR O OUTRO COMO O OUTRO SE OLHA A SI MESMO.

Hoje é festa neste lugar e gostaria de conseguir entender porque é que primeiro reconhecemos alguém e só depois reconhecemos esse alguém. E a nós pedimos o mesmo: ser eu antes de ser alguém ou ser sempre eu.

Fiquem bem!

Cê_Tê ;) disse...

(outra postagem não seguiu...
dizia qualquer coisa como...
O tempo está mesmo louco!!!! Então chegou a primavera ;)
E uma recomendação ao Pedro sobre o FCP: não gastes foguetes!)

bomrestodenoite

João Pedro Barbosa disse...

CT

Queres que eu seja suvina? Foi só o rescaldo da época anterior! E um bom dia que é festa na aldeia, pum.

João Pedro Barbosa disse...

"Know how" é uma coisa "Show of" é outra...

A União Europeia é um dos principais alvos dos programas de espionagem dos Estados Unidos, de acordo com documentos confidenciais recolhidos pelo analista informático Edward Snowden e divulgados neste sábado pelo site da revista alemã...

http://www.publico.pt/mundo/noticia/uniao-europeia-e-alvo-prioritario-da-espionagem-norteamericana-1602758

João Pedro Barbosa disse...

Perante estes factos. Intrepretem o meu silêncio!

andorinha disse...

Boa noite:)

Valeu a pena! Sem dúvida! Cheguei toda rota:) mas de alma lavada.
Não dá para contar grande coisa porque esta é daquelas experiências que só se entendem vividas.
Chegar a Santiago depois de uma semana a caminhar tem algo de mágico. De místico, também. E ao fim de uma hora, a missa do peregrino. Fui. Porque não sendo católica, também eu fui peregrina. E vi lágrimas em muitos rostos. Lágrimas que "invejei"...

É uma experiência a repetir. Daqui a uns meses, anos, não sei...mas sei que quero sentir-me peregrina de novo.

Como tinha dito, precisava deste tempo. De simplesmente ir, ir, ir...
Os trilhos são lindos e aquela gente é muito, muito acolhedora.
E senti-me mais leve...

Agora é repor as energias para rumar ao sul:)))))))))))

Caidê disse...

Andorinha
A tua ausência por aqui pareceu-nos longa, mas suportámos :))) pois tínhamos a certeza que voltarias com todo esse bom espírito e de alma muito mais leve e satisfeita.
Beijinhos. Noite doce:).

andorinha disse...

Caidê,

:)))

Anfitrite disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maria Virgínia disse...

grata pelas notícias, Andorinha!

sei, de amigos próximos, que é uma experiência única, peregrinar a Santiago, que também já visitei...

boa noite e bons sonhos para todos e todas nós!


Anfitrite disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
João Pedro Barbosa disse...

Para a pessoa de sujeito andorinha queria deixar um elogio pela negativa - Em poucas horas já vi pessoas a ir a pé mais longe e ficaram melhor espirito! Que na hora do descanso não conseguiram ir com o Pai Nosso até ao fim, cairam como pedras,

Não sonhem com oque não existe, quando acordarem tudo estará no mesmo lugar!

andorinha disse...

Bom dia:))))))))))))


Maria Virginia,

Concordo:)
E gosto muito de Santiago, também.
É uma cidade onde não me importava nada de viver.

www.youtube.com/watch?v=_56V0F5ebZE

Porque Bethânia ouve-se sempre com agrado. Penso eu de que...:)

Inté...

São disse...

Prestei-lhe homenagem como Homem de grande generosidade , humanismo e coerência e escrita com alta qualidade.

Obrigada por o lembrar aqui

bea disse...

Também gosto do que no Urbano não morre. Que o resto desconhecia. E ele era velhote.

Boa!Andorinha, conseguiste!

Parabéns.

andorinha disse...

Bea,

Ao contrário de ti:))))))))), nunca duvidei das minhas capacidades...

Bigada:)

Bons sonhos.

João Pedro Barbosa disse...

"Não aconteceu mas podia ter acontecido"

HOMEM SUICIDOU-SE NA TV MAS ESTAVA SOZINHO EM CASA

João Pedro Barbosa disse...

Andorinha!

A tua casa é onde está a tua escova dos dentes,

João Pedro Barbosa disse...

bea,

Só quem já esteve no mar e sem saber como voltar? Percebe! Que quem vai ao mar previne-se em terra.

João Pedro Barbosa disse...

Se não sabemos brincar com coisas sérias como brincamos com coisas simples. Só seriamos recordados na tristeza! Não é?

João Pedro Barbosa disse...

...