terça-feira, maio 05, 2009

Ponto da situação sobre a gripe política:).

Maria,

Vital Moreira vitimiza-se por agressões quase físicas, Paulo Rangel por agressões verbais. O Bloco Central dos interesses nunca deixou de existir. Agora, além dos requebros diários perante a hipótese de uma aliança política escancarada, presenciamos um dueto digno da banda sonora de O Silêncio dos Inocentes.
Pensa bem antes de voltares...

50 comentários:

CêTê disse...

(Estão todos a dormir? ;/?)


É óbvio que a ausência de uma alternativa clara do PSD a este PS e o silêncio do PR (que não é, nem nunca foi inocente ;))) só tem uma leitura pacto e partilha das mesmas ideias e projectos. O escândalo que foi a ausência dos deputados do PSD na AR aquando da votação contra este sistema de avaliação dos professores clarificou tudinho (se dúvidas houvesse). Aplaudo a formação do BLOCO CENTRAL de pé! É assim mesmo. E acho bem que apelem á "estabilidade". E que finalmente se alinhem todos incluíndo o Durão Barroso...
Parece que já começam a entender as sondagens à custa da albumina e do etanol... Convenhamos (e eu falo por mim) somos um pouco de brandos costumes...

O professor diga-nos onde pára a sua querida Maria que vamos todos mas é para lá.

Se o PS quer livrar-se do TUMOR que por ganância alimentou: deixe-se abater desta vez. É a única forma segura de purga...

bjnhs

Silent Wings disse...

Realmente eu concordo com o CêTê... Portugal é uma desilusão. Mas porque havemos nós de ser assim? Porque deixamos andar sem nada fazer? Apatia, desinteresse ou desilusão?
País belo mas onde o futuro está comprometido, onde o poder é corrupto e onde não resta mais aos novos do que partir e guardar Portugal na lembrança e visitá-lo numas férias.
Fica bem Maria...

Fora-de-Lei disse...

“Vital Moreira vitimiza-se por agressões quase físicas, Paulo Rangel por agressões verbais.”

É de uma autêntica pobreza franciscana andarem todos numa de kalimero. Tal como disse o jornalista Luís Osório esta manhã, no RCP, deixem-se mas é de mariquices...

Quanto ao Bloco Central, é como as agressões físicas a Vital Moreira. Ou seja, falta o quase.

CêTê disse...

(espero que se entenda a minha ironia face ao "Bloco Central"- é votar à esquerda e à direita. Tinha Piada ver as decisões do poder serem discutidas ao Domingo na Casa Portas ;) Afinal e apesar de todos os senãos é uma familia de pluralismos, diversidade e sobrevivência. ;P Disso não tenho medo- medo tenho eu dos ditadores e saqueadores e parafílicos de colarinho branco)

goncalo disse...

Não me parece honesto comparar uma situação com a outra. As agressões verbais a Renagel existiram mesmo, ainda que muito suaves e em tom de raspanete...Quanto ao Dr. Vital, como disse o FDL, faltou o quase, sendo certo que não posso exluir a hipótese de se ter tratado de "fogo amigo"...Esta minha cabeça está cheia de paranóias))...

goncalo disse...

Caro FDL,

É muito curioso que seja o Luís Osório a dizer isso))))))........

goncalo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
goncalo disse...

Entretanto Caro Prof,

Parece que Vieira e Costa já estão em Londres...Ponha mais uma velinha))...

fiury disse...

Ora nem mais,cêtê.
Mais uma vez de acordo consigo.
Pelo menos nenhum professor,no seu juízo perfeito,alimentará o bloco central com cheiro a nafetalina e outras coisas que estão à vista de todos.
É a derradeira hipotese de mudar o caminho deste país: votar Portas ou Louçã, mas VOTAR.

fiury disse...

acabei de entrar num site qye se chama saladosprofessores.com. ía fazer o reisto, quando o username assume de imediato o meu numero de contribuinte. alguem me explica o fenomeno?

Nuno Guimas disse...

Olá Fiury,

Isso acontece porque o seu browser, provavelmente até o Internet Explorer, tem uma funcionalidade em que preenche automaticamente caixas de texto consoante entradas suas anteriores. Eventualmente, a caixa de texto em causa do site que refere encontra-se identificada no código da página Web com um nome próximo de algum em que anteriormente submeteu o seu número de contribuinte. E "voilá"... nada de bruxarias :).
Quanto à política, não vou tecer comentários porque acabei de limpar o teclado e não me está a apetecer correr o risco de o sujar com tal assunto :)

Fora-de-Lei disse...

goncalo 10:18 PM

"É muito curioso que seja o Luís Osório a dizer isso))))))........"

Tenho exactamente a mesma opinião. Penso até que não terá sido por acaso que ele frisou, relativamente à frase acabada de proferir, que não a havia formulado com quaisquer sentimentos de carácter homofóbico.

Eu, tal como será objecto de percepção generalizada, não senti semelhante necessidade ao repetir a dita frase "deixem-se mas é de mariquices". Em bom rigor, tudo a que cheire a perda de identidade - seja ela qual for - tem de mim a abordagem mais "reaccionária" e politicamente incorrecta possível... ;-)

Fora-de-Lei disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fora-de-Lei disse...

goncalo 10:20 PM

"Entretanto Caro Prof, parece que Vieira e Costa já estão em Londres... Ponha mais uma velinha))..."

Pois, só que isso não tem nada a ver com o BES. Isso é que me preocuparia realmente... e de que maneira !

Mas compete ao Professor responder-te, com ou sem Brunos Carvalhos no pensamento... ;-)

Fora-de-Lei disse...

goncalo 10:17 PM

"Quanto ao Dr. Vital, como disse o FDL, faltou o quase, sendo certo que não posso exluir a hipótese de se ter tratado de "fogo amigo"... Esta minha cabeça está cheia de paranóias))..."

Eu aproveitava essa (muito fiável) capacidade "extra-sensorial" para jogar esta semana no Euromilhões... ;-)

Na verdade, o incêndio do Reichtag - com ou sem cheiro a vidro incandescente - deixou escola em todo o mundo.

(*) vidro incandescente (com ou sem cheiro) - matéria prima típicamente processada, em termos industriais, na "antiga" Marinha Grande

Álvaro Holstein disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ashf disse...

Com tanta trapalhada, lá se esquece o Engenheiro. O que é uma pena!

LadyAnt disse...

[como não gosto de nenhum deles, por mim, até podem andar à "bufatada"... pelo menos não era tudo tão cinico e era mais à portuga]

eu, por mim, se a Maria está bem, o melhor é ficar mais uns tempos largos (diria mais uns anitos) que não vejo jeitos de melhorias... a não ser que comecem de facto a maltratar-se fisicamente...

[graças a mim que deixei o namoro com o deputado a tempo de não chegarmos a falar de politica... lá nos ficámos por kierkegaard e vá lá vá lá!!!! irra! detesto coisas de politicos]

(não disse nada porque não gosto de politicos [ah! já tinha dito!!] e tal e acho que o melhor que faziam era mesmo trabalharem que é pra isso que a gente lhes paga... enfim serafim...)

e tal e coiso boa noite a todos e gosto muito das exposições da CêTê (CêTê, eu não estava a dormir, estava a portar-me mal... rsrsrrssr)

p.s. gostei muito de reler o Fora de Lei :)

Julio Machado Vaz disse...

Gonçalo,
Uma dúzia:)))))

goncalo disse...

Sim, sim)))...

goncalo disse...

Caro FDL,

Não sou assim tão maluco))...E além)disso não sou muito dado a sebastianismos...vivo apenas dos rendimentos do meu trabalho).

Não há comparação possível com a agressão a Mário Soares na Marinha Grande. Isso queria o Vital Moreira...

fiury disse...

Nuno

Obrigada pelo seu esclarecimento.
Mas que é estranho é. Nunca usei o número de contribuinte em site algum.

lobices disse...

...Sogras e Noras... na Praça da Alegria... é sempre interessante ouvi-lo, Profe...~
...um abraço

fiury disse...

Nuno

Quanto à politica não podemos assobiar para o lado.Que país queremos para os fihos?

Diogo disse...

Agressões mesmo físicas:

Jon Stewart – Num mês apenas, a CIA efectuou 183 simulações de afogamento a um único terrorista da Al-QaedaJon Stewart: sendo mais específico, um prisioneiro da Al-Qaeda passou pela simulação de afogamento 183 vezes num mês, e esta é a pior parte: 185 simulações e recebe-se pão de alho de graça. É preciso passar pela simulação de afogamento 183 vezes? O grau de eficácia não diminui? Presumo que, depois de 90 simulações, ele pense: "Não me vão mesmo afogar, pois não?"

Michael Hayden, director da CIA na era de Bush, defendeu a utilização dessas tácticas contra sujeitos que já tinham dito tudo o que sabiam.

Pivot do Canal de TV: Toda a informação que [Abu Zubaydah] revelou, surgiu antes de ter sido sujeito a simulações de afogamento, antes de ser esbofeteado, antes de ser atirado contra uma parede.

Michael Hayden: devo corrigi-lo. Foi atirado contra uma parede falsa e flexível com uma protecção no pescoço para que não se magoasse.

Jon Stewart: E, para sermos justos, se me permite, a água que usámos para as simulações era tépida e tinha um pH equilibrado. E as algemas das posições de tensão eram sempre as peludas da Spencer Gifts. Não somos nenhuns selvagens!

VÍDEO legendado em português

Tangerina disse...

E eu que pensava que isto era manobra do PS para ir buscar o eleitorado de esquerda que lhe estava a fugir para o PC e o BE... tipo:"Credo! Ainda mais para a direita? Ainda assim, prefiro a maioria absoluta do PS!..."

hmmmm...

Mas com tantos do PSD a favor, deve ser algo mais intrincado... à político mesmo. ;-)


T.

cabecinhapensadora disse...

Os nossos "políticos" não atingem os mínimos. Desconhecem a arte-finalidade da Política: Trabalhar para garantir o bem comum. Daí o tudo irrisório e trágicamente português. Enredo não novelístico e tão aberrante que raia o obsceno. O erotismo político descambou em pornografia sórdida. Abandonada a performance estética, nada lhes resta. O que ficará para nós que nos tornámos agnósticos da "politicazinha "?

paula disse...

caramba, cabecinha (madrugando), resta-nos votar, senão para eleger governos, fortalecendo oposições. o minimo que podemos fazer é votar

lobices disse...

...exacto: VOTEM TODOS

Tangerina disse...

Paula,


Lamento desiludi-la mas, infelizmente, votar não é o mínimo que podemos fazer. A nossa democracia está de tal modo doente que votar é quase só a única coisa que podemos fazer.

Acho que sim: vamos esvaziar o PS e o PSD!


T.

paula disse...

T, na minha ingenuidade, lirismo, e, admito, burrice, penso que em todos os nossos actos podemos demonstrar o nosso descontentamento. lamento, quando vejo contribuir para as vergonhosas percentagens de abstenção, as pessoas que sempre que podem, criticam governos, politicas e politicos.

Tangerina disse...

Concordo. Nunca deixei de votar, nem que fosse em branco.

Quanto às manifestações, a questão está mais no impacto que podem produzir. Ultimamente tem sido nulo ou quase. Embora, claro, a participação nelas seja um direito que nos assiste e que devemos utilizar.

Não se está muito bem por cá, não... ;-(

T.

Julio Machado Vaz disse...

Se eu não votasse o meu Pai vinha cá abaixo dar-me um "puxão de orelhas bilateral":))))).

fiury disse...

http://www.youtube.com/watch?v=yOwAh8CGdns&hl=pt-PT

o "pessimismo" de Medina Carreira.

cabecinhapensadora disse...

TODOS: concordo- resta votar. Não vai resolver, mas é o único possível.

Professor
"puxão de orelhas bilateral"...:)) houvera certeza de que tal coisa me acontecia,e talvez arriscasse não votar. Mandasse o voto às urtigas.
Resta votar. Pronto.
E Bom Fim de Semana a TODOS

thorazine disse...

Eu fiquei maravilhado ao ver n' "A Guerra" imagens das urnas nas primeiras eleições (ainda no tempo do Marcelinho, faralhadas portanto). É um regalo para a consciência ouvir declarações com aquela pujança política (e acima de tudo cívica!). "A guerra" é um documento importantíssimo nesta altura em que já muita gente questiona o porquê do 25 de Abril...o tarrafal já está a ficar esquecido, assim como senhores tipo Edmundo Pedro!!

CêTê disse...

;))))


Teria ficado melhor "Volta depressa: nem penses ficar- o teu voto aqui faz falta." ;P

(Mas é bem verdade que por muito gostar por vezes mantemos outros afastados... ou ficamos nós a um canto)
bfds p/ todos

fiury disse...

É verdade Cêtê.

O Amor pode prever essa possibilidade, como na história da criança que se ía partindo ao meio.

Quando chegar o D. Sebastião com uma rede de pré-escolar público e o bloco central todo evaporado,enjaulado, avisem-me por favor. Dêm também notícias do internamento da ministra da educação mas não sejam vingativos:)))

Meias medidas levar-me-ão para fora do país. O povo é soberano e não confio nele desta vez. A lavagem está muito bem montada.Que fique com o que merece: um país podre,corrupto e doente.

Regresso para umas pastaniscas no Algarve,uma vez por ano:)),se ainda houver Algarve.

cabecinhapensadora disse...

Há coisas que ninguém merece; e nem são questão de merecimento. Abdicar de procurar a justiça, mesmo num país podre, não se pode. Talvez sejamos D. Quixote e tudo sejam moinhos. E se não?
Por sermos dos que sempre ficam. Não estrangeiram, não algarvam. Apenas estão. O mais de pé que conseguem.
Bon nuit

paula disse...

é isso mesmo cabecinha, dos que sempre ficam, tal padeira de aljubarrota...
bon soir, bonne nuit, e, já agora, bons sonhos

Tangerina disse...

atom-e?

Penseie que binha aí um pousste a dar bibas ó Fêquêpiê!!! ;-)) :-P

Magnolia disse...

O Biba do Chefe ao Fêquêpêe já está atrasado!
A cidade agita-se, vestida de azul-chuva e aqui nada, carago!
Até parece um belogue murcon, pôbo!

BIBA O FÊQUÊPÊE!!!

cabecinhapensadora disse...

Paula
Bolas! pois...nuit é feminino. Pardon. Bem que os franceses me diziam que eu falava muito mal. não brincavam :))
Bonne nuit

cabecinhapensadora disse...

biba ó quê? FÊQUÊPÊ? ham...não entendi. É algum corredor de Fórmula Um? Ó pá, tá bem, não me batam.Gosto do azul.

Tangerina
até pensei que se tinha enganado a escrever amo-te. que estivesse desvairada, sei lá bem. embiquei naquela palavra, quer o quê? Coisa mais parva, uma tangerina não escreve isso num blogue. afinal era 'atão'

lobices disse...

...um bom dia per tutti
...um bom início de semana
...e
...como não podia deixar de ser
...os meus abreijos
...ahh
...e
...CAMPEÕES, CAMPEÕESSSSSSSSSS
:):):)

Tangerina disse...

Cab,

Ai, ai... os Portuenses não dizem "atão" - isso é p'ró povo de outras bandas. Dizem "atom-e"... ;-)))

Quanto ao resto, dizer amo-te, ou

http://www.youtube.com/watch?v=-tCgkkv16Pw

é a mesma coisa. ;-)

Bonjour!

T.

Tangerina disse...

ou

http://www.youtube.com/watch?v=-dCB4LX1o3M

;-))

fiury disse...

cabecinhapensadora

Estou a ponderar ficar, inscrever os pequenos na "mocidade portuguesa" e transferir directamente os meus impostos para o B.P.N.(Sem intermediários, tá a ver?)

Não a convidei a vir comigo:)
Fique bem.

E biba a pátria!

cabecinhapensadora disse...

Tangerina

Obrigada. Como cresceu a voz da Sara, não é? Essa menina encontrou-se; ao cristal da voz juntou uma força mais funda.
A ópera do malandro: que cantei e cantei depois de copiar a letra em folha de bloco; e era tanto o futuro que o não pensava. Saudade de vir rua abaixo sem a saber, a encontrar o tom, esforço só de harmonia em palavras e música. Sortilégio de teia. Merci bien, Tangerina. Depois do meu dia todo parvo, soube bem.

fiury

não há perigo. Não quero ir com ninguém. Sou de não ir por aí, ainda que não saiba por onde vou. Quando posso, vou contra a corrente. Pertenci à mocidade portuguesa sem fazer ideia de que fosse mais que um emblema e um uniforme que invejava (especialmente a boina). E quando a aprendi, não gostei.
A pátria é um conceito vazio sem os homens a gostá-la.
Que continuemos bem

Su disse...

não vi agressoes nehumasssssssss

comparando com o que fazem ao rebanho,,,,,,,,,,,,,,,,,,pena não ter sido um duche.............. de cuspidelas....opsssssssssss


jocas maradas