quinta-feira, setembro 03, 2009

Agradecimento e fim de férias.

Gente,

Obrigado. Minha Mãe já repousa entre as flores de Cantelães.

Segunda estarei de regresso à rádio e durante o fim-de-semana abrirei a campanha eleitoral no Murcon. Porque ser independente de esquerda não é fácil neste momento. A não ser que consideremos independentes os que votam sempre da mesma forma - quantas vezes por razões afectivas que respeito - e se limitam à não filiação em determinado Partido. Não sou assim, tenho muito que ruminar até dia 27. Devo esclarecer que só não apresento as minhas ruminações sobre a matéria no Coliseu dos Recreios no próximo Domingo, atendendo a que o PS me convidou para participar na Convenção, porque não me posso deslocar a Lisboa e, segundo depreendi, não haverá depoimentos gravados. Como quem me convidou teve a gentileza de reconhecer, nos últimos doze anos sempre disse o que pensava ao Engenheiro Sócrates olhos nos olhos, não iria mudar a um mês de completar sessenta anos:).

Começarei por associar livremente sobre uma expressão famosa - o voto útil.

39 comentários:

lena disse...

Deixo-lhe um abraço e um beijo.
... e um sonzinho
http://www.youtube.com/watch?v=df-eLzao63I
Maria Helena

Tovi disse...

Tive a grande honra de lhe dar um abraço quando o encontrei hoje na apresentação dos candidatos à Câmara do Porto da lista de Elisa Ferreira... e desculpe lá tê-lo tratado por "murcon", mas foi uma forma carinhosa de lhe demonstrar quanto gosto de ler o seu blog.
David Ribeiro (Tovi)

Nuno Guimas disse...

Os meus sentimentos.

Quanto à politica, percebo-o perfeitamente. Também eu tenho uma inclinação a "independente de esquerda" :) mas factos como os que aconteceram hoje com a tentativa de passar a ideia de uma conspiração do PS para calar Moura Guedes ajudam-me bastante a decidir.
Moura Guedes fazia o pior "noticiário" de Portugal: não era isento, era sempre opinativo e tendencioso, era sensacionalista, enfim, era uma espécie de tablóide com imagens. Era claramente anti-PS e, desculpe-me a franqueza, claramente pró-Benfica, apenas para dar um exemplo de fora da política :).
Não era jornalismo, era uma pessoa (Guedes) a ler noticias segundo a sua própria interpretação e sempre com alguma intencionalidade, por vezes bem evidente.
Insinuar que Sócrates ordenou o cancelamento desse telejornal é quanto a mim dar-lhe de mão beijada mais uns votos pois ao contrário do que se poderia pensar os portugueses (já) não são assim tão tótós. Se isto era uma estratégia da oposição PSD/CDS então pareece que a história se repete, pois o caso Freeport teve origem num "esquema" montado há 4 anos que até já foi julgado e em que houve condenados.
Olhando para a esquerda mais à esquerda do PS o cenário é deveras deprimente. O BE é um não-partido pois só tem ideias de oposição nunca apresentando soluções concretas e programas de governo crediveis. Um emxemplo da forma de pensar da CDU são os cartazes que vejo espalhados por Aveiro anunciando o "Autocarro da Juventude" para a Festa do Avante em que está desenhado um autocarro em que numa janela todo repimpão a olhar cá para fora está esse jovem chamado ... Lenine!
A direita mais à direita do PSD, acho que merece um "valha-me Deus", aliás expressão de que gostarão muito :), pois só alguém sem memória poderá algum dia nos próximos 2000 anos votar Paulo Portas.
Quanto a si não sei, mas eu ando entre o tal "voto útil", que não gosto de fazer, ou o branco, que curiosamente cada vez é menos falado nos debates sobre as eleições, mesmo quando há percentagens respectivas bastante significativas.
Um abraço deste companheiro de indecisão :).

ana disse...

qunato à política não o entendo, mas queria dar-lhe um abraço, e qd se sentir triste nada como se lembrar das camarinhas da mata de esmoriz :)

M. disse...

Certamente que essas serão sempre as mais belas flores. Um forte abraço, Professor, e a gratidão comovida pela candura que investe sempre que invoca a doce e eterna relação com a senhora sua mãe.
Faz-nos sorrir por dentro e, de dentro, refinar o bordado que tecemos com os filhos que são nossos. Obrigada.

Fragmentos Culturais disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fragmentos Culturais disse...

... lamento profundamente :(

Tété disse...

Professor,
O mais sincero abraço de condolências pela partida da senhora sua mãe que muito admirei e que ficará para sempre na minha memória.
Que descanse na paz que merece.

Quanto à política, e como sou "bastante mais nova" - sim, porque só faço os 60 em Maio do próximo ano... custa-me também alterar o que me tem norteado ao longo dos anos. Estou como o amigo Nuno Guimas - entre uma coisa e outra.
Vá-nos dando umas dicas para nos ajudar a decidir.
Forte abraço.

MILINDA disse...

Nesta hora recordei que há anos o Professor Machado Vaz não esqueceu, a partida de alguém.
Um abraço de sentidas condolências.
Deolinda Mesquita e Fernando Mendes

andorinha disse...

Deixo-lhe mais um abraço...

Vai abrir a campanha eleitoral aqui?
Ui! Aproximam-se tempos de guerrilha murcónica novamente:)))
Pelo comentário do Nuno Guimas estão abertas as hostilidades...
Muito poderia eu contrapôr mas não é o dia nem a hora:)

Sou independente de esquerda, não voto sempre no mesmo partido, mas não tenho muito por onde oscilar, como é óbvio.
Aliás, até hoje só votei em três partidos, tendo sido o primeiro o MES que já nem existe.
Neste sentido não tenho nada que ruminar, uma vez que o meu voto está decidido, mas acompanharei com todo o gosto as diferentes ruminações. E intervirei sempre que achar oportuno, já sabem que não consigo ficar calada:)))))

fiury disse...

júlio

por favor deixe aqui seu contacto de mail. não o consigo contactar.
abraço

lobices disse...

...bem regressado
...abraço Profe
...abreijos pó resto da malta

Ana disse...

Caro Professor Doutor ; um abraço nessa hora dificil . nada como retomar os afazeres para dessipar a dor da perda....

Maria disse...

Um grande beijinho

goncalo disse...

Declarada aberta a campanha eleitoral no Murcon, direi que o que mais me tem impressionado é esta "mudança" do Eng.º Sócrates, feita apenas em nome da sua sobrevivência política - atitude que, embora impressione, não me surpreende, já que estamos perante um profissional da política - sem qualquer alternativa de carreira - cuja licenciatura tem até suscitado as maiores dúvidas. Resta saber se as pessoas irão na conversa. Parece difícil, especialmente no caso dos professores. Vi o debate com Portas e pareceu-me que este foi mais eficaz na mensagem que quis passar. Por outro lado, esta decisão da MediaCapital não vem ajudar em nada o PS, pelo conteúdo e, sobretudo, pela altura em que é tomada. (Continua...)

goncalo disse...

Para mim, o que está em causa nestas legislativas é optar entre um PM que anuncia mais do que faz, que tem uma máquina de propaganda muito eficiente, e cuja única convicção política é precisamente essa: a de que vale tudo para manter o poder. Para o país? A mesma, isto é, de que precisa de um PM que saiba o que é a política moderna...inspirado na doutrina dos EUA sobre a imagem política.
Do outro lado, uma pessoa de outra geração, que, todavia, apresenta uma diferença significativa: tem convicções - sejam elas modernas ou não; apelativas ou não; tenho mesmo dúvidas se são exactamente as que precisamos nesta altura, discordo, por exemplo, da suspensão do TGV. Mas, talvez as pessoas nesta altura estejam mais receptivas a apostar numa espécie de "Cavaco de Saias", decerto com muitos defeitos, mas honesta, do que em prolongar uma governação arrogante, rígida, autista, e que, sem aquela espuma própria da actividade política, se reduz a muito pouco.

goncalo disse...

Caro Prof,

Compreendo a sua angústia. Mas, ao introduzir o voto útil como primeiro tópico, parece-me que pode estar a ser traído pelo seu afecto a uma família política. Seja como for, julgo-o perfeitamente capaz de se abster ou de votar em outras forças da sua área, como o BE, ou até de votar em branco. Mas, com a minha honestidade habitual, digo-lhe que, para já, fica a ideia de que está apenas a espernear, na hora H lá estará, com a militância afectiva de sempre, inspirado na ética republicana, a colocar a cruz no sítio do costume...com mais ou menos birras...

Um Abraço

Laura disse...

Não fazia a mínima ideia que o fim de sua Mãe estivesse eminente. Lamento sinceramente a sua perda, por muito que esta já estivesse há uns anos parcialmente consumada.
Com a partida de um pai ou uma mãe, ou mesmo de um irmão, é mesmo um pedaço de nós que chega ao fim (e não são jogos florais, é mesmo assim).
Sei bem como funciona: perdi o meu Pai abruptamente há uns meses,e ainda hoje tenho parte do coração à nora.
Nos últimos momentos dos rituais inaguentáveis da morte, tive um acesso atávico e irracional que me deve ter vindo de algum milenar antepassado pagão... Queria pôr-lhe ao lado a sua biblioteca de poetas preferidos e garantir que teria sempre à mão o seu elixir de vida cognitiva, just in case...
Felizmente fiquei-me pelo impulso... :):)

Os meus sentimentos e solidariedade sinceros.

thorazine disse...

“… E de novo acredito que nada do que é importante se perde verdadeiramente. Apenas nos iludimos, julgando ser donos das coisas, dos instantes e dos outros. Comigo caminham todos os mortos que amei, todos os amigos que se afastaram, todos os dias felizes que se apagaram. Não perdi nada, apenas a ilusão de que tudo podia ser meu para sempre.” Miguel de Sousa Tavares

E é assim, resta-nos os bytes guardados nos neurónios...até um dia! :)

Um abraço!

thorazine disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
carlos disse...

Os que amamos não acabam pois vivem para sempre na nossa memória, apenas partem.
Um abraço.

Manuel disse...

Sentidas condolências da Maria Francisca e Manuel Sá Marques, mulher e filhos

Maria disse...

Deixo aqui o meu Adeus sentido à minha eterna "Costureirinha da Sé"
Fui embalada ao som da voz de minha mãe a cantar músicas delas.
Havia uma, da qual só me lembro um pedacinho do refrão "Meu amor não faças caso eu sou assim...". A música sei-a toda, pois meu pai me fez uma canção de embalar com ela.
Ainda hoje a sei e cantei-a a filhos e netos.
Saudades para Maria Clara, uma das mais lindas vozes portuguesas, a cantora mais Senhora, que Portugal conheceu.
Para si Doutor, um abraço de alguém que gostou da sua mãe e que sabe o que é ficar sem elas, pois a minha já partiu há muito.

Maria

disse...

Maiorias absolutas NUNCA!!!
Despotismo deste tenho que sobre. Quero ter liberdade de pensar sem sentir medo! Quero afastar esta maldita claustrofobia que invadiu e encurralou Portugal. Só lucra a indústria farmacêutica que vende ansiolíticos e antidepressivos em quantidades nunca vistas. Não Professor, não!!! Como Psiquiatra deve perceber o que estou a dizer e tem responsabilidades acrescidas.

Cê_Tê ;) disse...

Engenheiro Sócratres- NUNCA.
Quanto mais iteligência usa para se autopromover e esconder os ângulos de PERIGOSO DITADOR rodeado de UMA MATILHA maior é o ASCO que me provoca.

DECIDIDAMENTE NÃO É NESTE HOMEM nem nesta equipa que quero ver entregue a pátria que partilhamos.

Que venha a gripe, que venha a crise... essas irão como vêm... Agora a LIBERDADE DE EXPRESSÃO E A INDEPENDÊNCIA DE OUTROS ORGÃOS?! Essas podem demorar décadas a recuperar. A ver como o Sr. 1.ª se trata nem atirado ao chão!

DECIDIDAMENTE: NÃO! E serei um elemento activo até ao dia do voto.

O POVO espero não é estúpido.

(E o Sr. PR também poderia ir de vela. Também sofre de uma distorsão de valores umbigais)

yulunga disse...

Dá-lhe Falâncio ;-)

anamar disse...

Sentidos p~esames, Júlio!
Como figueirense, da mesma safra do Júlio, pode imaginar o que a sua Mãe, Maria Clara, representou para mim... mas apreciada comigo já adulta do que em criança e jovem.
No meu blogue mar á Vista já falei mais do que uma vez dela e postei o seu hino à Figueira.
Será sempre um icone de boas lembranças...
Abracinho

Maria disse...

Doutor:
Voltei para lhe dizer que alguém com apenas 30 anos, fez uma linda homenagem à sua mãe.
Mando-lhe o endereço, caso lhe interesse:
http://bloguedocorvo.blogspot.com/

Mais um abraço

PAH, nã sei! disse...

Abraço....

(desculpe ter incomodado com "trabalho")

Cê_Tê ;) disse...

Eu não diria melhor ;)))

http://sorisomail.com/email/6320/socrates-aperta-me-as-mamas.html

(Perdoe se quiser professor ;P mas não resisti ;P) bom fds- na paz que merece(m)

Su disse...

sem palavras


jocas maradas....sempre

Madalena disse...

cêtê

LOOOOOOOOOOOOOOL

Nuno Guimas disse...

cêtê,

Que pérola!!!

:)

龍舌蘭之吻 disse...

............☆
...........****
..........******
.........********
........**********
......*************
.....*****HAPPY***
....*****************
...*******************
..*********************
...........****
...........****
...........****


HI:nice to meet you!

Thanks to friends all over the world to Taiwan to help the flood of support and also wishes everyone peace and happiness!

Food:
chocolate,彌月蛋糕,乳酪蛋糕
巧克力,蛋糕,中秋禮盒

Accommodation:
MOTEL,汽車旅館,台中汽車旅館

Clothing:
日系服飾,服飾批發,流行服飾

Housing:
法拍屋,法拍屋,法拍

Automotive:
大樓隔熱紙,汽車隔熱紙,隔熱紙

Health:
保健食品,樟芝,納豆

Marriage:
外籍新娘,大陸新娘,越南新娘
外籍新娘,大陸新娘,中國新娘

pet:
柴犬,哈士奇

Kitchenware:
室內設計,室內設計作品,歐化廚具,廚具
系統櫃,系統傢俱,傢俱,裝潢,廚具工廠

cleaning:
清潔公司,seo

yoga:
瑜珈,瑜珈教室,瑜珈補習班
瑜珈教學,瑜珈教室,高雄瑜珈

travel:
墾丁旅遊網,墾丁旅遊,高雄縣旅遊,高雄縣旅遊
阿里山旅遊,高雄旅遊,日月潭旅遊

MT disse...

Professor,

Soube agora. Os meus sentimentos.

Um abraço

Mafalda Marques

MT disse...

Professor,

Soube agora. Os meus sentimentos.

Um abraço

Mafalda Marques

Vítor disse...

Professor
Em nome da memória de minha mãe, minha avó e minha tia (as minhas três mães) todas já "repousando entre flores" e dos ecos que me restam das suas vozes quando, ainda criança, me cantavam canções de sua mãe, aceite as minhas condolências. As flores na memória nunca emurchecem.
Vítor Xavier

Eira-Velha disse...

Mesmo fazendo-o tardiamente, não queria deixar de me associar ao momento doloroso em que se perde alguém que nos é tão caro e por isso aqui lhe manifesto os meus sinceros pêsames.

helena disse...

Professor,
Só agora me foi possível, mas tinha de o fazer.
Sinceros pêsaames.
Helena Teixeira