quinta-feira, julho 08, 2010

Como é habitual, uma mulher, neste caso Avó, segura as pontas...

Alegadamente, Cristiano Ronaldo terá confidenciado a um amigo que o dia em que pagou uma gravidez e a guarda exclusiva da respectiva criança foi o mais caro da sua vida. Foi e será, tanto quanto sei a maturidade ainda não se compra...

28 comentários:

thenewdo disse...

Vejamos:
1. Que a mim pouco me importa como é que o CR resolve ter um filho.
2. Que nem sabemos se é verdade ou não o que consta.
3. Que eu acho que todas as crianças têm o direito a um pai e a uma mãe e ao convívio com ambos.

Mas critica-se uma mulher que recorre à inseminação artificial para ter um filho em auto-gestão?
E se o CR tivesse marcado muitos golos pela selecção e não tivesse sido incorrecto para o treinador, a esta altura era idolatrado e tudo se lhe perdoava e, quiçá, até se achava graça ou, pelo menos, se lhe compreendia a atitude…
E as mães fazem tudo pelos filhos, e a Sra. D. Dolores há-de adorar cuidar do neto e não lhe há-de faltar auxiliares, e o Cristianinho também, ao que parece, se tem chegado sempre à frente, com a família.
Portanto, se eles se entendem e estão de acordo, só posso desejar saúde e muita felicidade ao pequenino.
Digo eu, é claro.

andorinha disse...

Thenewdo,

As crianças têm direito, preferencialmente, a um pai e uma mãe que os façam com amor e que os amem.
Penso que qualquer análise que se faça sobre este assunto deve ter em conta a motivação de quem pretende ser pai ou mãe.
Por amor, por dádiva, totalmente de acordo, seja homem ou mulher; por capricho, não.

Isto não tem nada a ver com o facto de o CR ter ou não marcado golos pela selecção. Ninguém no seu perfeito juízo dirá uma coisa dessas:)))

"E as mães fazem tudo pelos filhos..."...pois, se calhar fazem, inclusivé cuidar do neto que o filho "comprou" nos States...

Ponto de Interrogação disse...

Pois... Concordo com o post e com a Andorinha.
Tento não entrar em juízos de valor, mas o comportamento do CR em tudo leva a crer que foi, de facto, um acto caprichoso. Não me custa a acreditar que também tenha existido alguma pressão por parte da 'Tia Dolores'.

Mas isso já são conjecturas.

A maturidade é, de facto, algo que, felizmente (porque senão não seria genuína) não se pode comprar. No entanto, e para a criança esta poderá ser uma factura demasiado alta a pagar.
Depende da forma como crescerá e de como crescerão os seus valores e princípios.

Enfim...

Abraço!

Anfitrite disse...

Ainda dizem que o dinheiro traz felicidade, sobretudo a quem não sabe dar-lhe o valor que ele tem. Neste caso, pode fazer mais uma criança mimada e infeliz, criada num lar pouco convencional. Não deveria ser permitido comprar um filho como se compra uma boneca de porcelana ou um lamborghini.
Espero que aquele clã, que vive em função duma máquina de fazer dinheiro, não se desmorone se o dinheiro deixar de jorrar. Então teríamos uma nova edição dos "Feios, Porcos e Maus" em que cada um tentaria safar-se o melhor possível.
Já é tão triste que o destino, ou a natureza, negue o colo de uma mãe a uma criança, e ainda se vêm criar mais casos artificiais, por força do dinheiro dos homens.
Eu adorava a minha Avó paterna, tanto, que a minha Mãe até tinha ciúmes. Mas, até hoje, ainda não encontrei ninguém que tivesse mais valor, valores e força do que a minha Mãe. Nunca vi uma força da Natureza assim! Foi um exemplo, onde nasceu e viveu.
Que descanse em Paz. Deu-me para aqui porque lhe senti a falta.

Cê_Tê ;) disse...

É esse lado promíscuo que os avanços biotecnológicos permitem que me enoja nos que vendem Biotecnologia! Há corruptos e gente com pouco ética em todo o lado. A lei tropeça à rectagurada a anos-luz da necessiade de garantir as liberdades dos mais desprotegidos.
Valha-me Deus- uma criança não é um cão! Estamos numa nova era de escravidão humana.
O medo deve dormir com este rapazola!;(

Fora-de-Lei disse...

Ou me engano muito, ou temos aqui mais um Ricky Martin...

Cê_Tê ;) disse...

FDL, sou eu que ando distraída ou já cá não aparecia há muito tempo?;)))
Faz falta!

E percebo as suas suspeitas ehehe.

andorinha disse...

Que estranho!!!
Desapareceu o meu primeiro post.
Como é possível?

Anfitrite disse...

Fdl,
E foi na mesma clinica que o Ricky Martin comprou os dois filhos.
Mas o que eu gosto mais é da cor do verniz das unhas dos pés do rapaz: preto!
É preciso ser original. Será para não se ver as negras ou a porcaria?! Hoje estou como o FDL- Quae rerum Natura prohibentur, nulla lege confirmata sunt (O que é proibido pela natureza, nenhuma lei pode confirmar).

Professor,
O blogue deve estar em estresse. Não conta os comentários quando deve. Também não deve andar a dormir bem. Se o professor não fosse tão contemporizador, tão amigo de consensos, dissesse uns palavrões de vez em quando(se não souber eu envio-lhe por email), desse uns murros na mesa e uns pontapés nos pneus, para não se magoar, garanto-lhe que dormiria muito melhor. A esta hora podia estar profundamente nos braços de Morfeu ao som agradável de uma Lira.

bea disse...

Pois...não compra. CR é um meteorito rodeado de circunstâncias que lhe escamoteiam o atrito.

$hort disse...

Oi pessoal :-)

Também posso ter opinião? É um sign-of-times, já o ArtistFormerlyKnownAsPrince cantava! É tão natural como uma mulher de 45 anos engravidar, como uma criança do terceiro mundo ser adoptada(sp?) por uma estrela de Hollywood, nem sequer é o primeiro a fazer isto. Porque o escândalo? Aqui só se defendem as liberdades colectivas?

andorinha disse...

Agora já aparece o meu primeiro comentário...
Acho que o blogue quer dar comigo em doida:))))))

Fora-de-Lei disse...

Anfitrite 4:30 AM

"Mas o que eu gosto mais é da cor do verniz das unhas dos pés do rapaz: preto!"

Aquilo é um verniz para proteger as unhas e os pés da micose / pé de atleta... ;-)

andorinha disse...

FDL,

"É o Professor a experimentar-te..."

Looooooooooooooooooool
Por acaso já tinha pensado nessa hipótese:)))

Já agora vê se não desertas tanto tempo, fazes falta aqui, como já muito bem disse a Cêtê.

Cê_Tê ;) disse...

Ó professorinho ;))) se for por falta de novidades (bombásticas) que não actualiza a "ementa do cafezinho" ou posso pedir à andorinha para ela ler alto qualquer coisa do 24 horas. ;P

andorinha disse...

Têzinha,

Se a tua intenção é que eu deixe de te falar, é melhor dizê-lo explicitamente. Já sabes que eu tenho uma certa dificuldade em decifrar mensagens dúbias.

Cê_Tê ;) disse...

LOOOOL estou a mangar contigo, garota! ;)))

Cê_Tê ;) disse...

Eu até leio o Borda d´Água! (E não aprendo nada- nada sobrevive nas minhas mãos ;)))


Só os cactos ;P

Anfitrite disse...

$hort,

Acho que pode e deve, desde que ela não seja acanhada(short).
Felizmente que o Prince não teve descendência, julgo eu.
Eu estou a ficar um bocado eugénica, devo ter alguma costela do autor de "Mein Kampf". Mas também já os Espartanos eliminavam todas as crianças que não fossem perfeitas. Por isso foram tão bons guerreiros.
Quando não havia contraceptivos era normalíssimo uma mulher de 45 anos engravidar, sem querer. Havia muita gente que tinha filhos mais novos do que os netos. Hoje as razões são outras, mas isso também há-de passar de moda.
Todo isto é simal dos tempos, e qualquer dia temos os filhos a serem pais dos filhos/as. Já há tanta gente inscrita no banco de óvulos e esperma, para as crianças perfeitas, e a fazer a encomenda por catálogo, segundo os gostos de cada um, o que só prova que o "Admirável Mundo Novo" já está aí.
Vivam as liberdades individuais e colectivas. Mas não me parece que o CR seja um Júlio Verne ou um Aldous Huxley.

isabel disse...

Quando ainda se procura encontrar o corpo de uma grávida supostamente assassinada por ordem de um ex-namorado,

ouvindo falar de produção independente - na homossexualidade - e nem só -

ou.. em maternidades precipitadas que se compram com silêncios multimilionários

ou.. em meninas que aparecem grávidas em casa das mães aos quinze

ou.. em quantas crianças se criam em famílias em que o(s) pai(s) são puras miragens, ou nuvens passageiras,

tenho de acreditar que ao nascer - e mesmo antes disso - todos têm o direito a ser felizes,

e como não existem fórmulas pré-escritas para a felicidade,

qualquer pessoa com uma mente saudável pode fazer uma criança feliz!

E se a opção de não viver em casal e ter filhos, ou a opção de viver em casal homossexual e ter filhos, ou a não-opção de ser mãe ou pai solteiro, mãe ou pai viúvo, mãe ou pai divorciado, tendo filhos,

não é um sinal de doença,

eu só lamento, muito sinceramente, que com tanta opção,

ainda possa haver alguém a escolher acabar com duas vidas, a pensar na sua...

andorinha disse...

Cêtê,

Eu sei que estás a mangar, cachopa:)
Só não pus os smileys para parecer que estava zangada. Loooool

Jinhos...e continuação de boas férias:)))))))))))

andorinha disse...

"...eu só lamento, muito sinceramente, que com tanta opção,

ainda possa haver alguém a escolher acabar com duas vidas, a pensar na sua..."


Subscrevo a 200% esta opinião da Isabel.

noiseformind disse...

O cantinho reaccionario, e como publicito este blogue nos ultimos tempos. E com razao, a ler por este post.

andorinha disse...

Miúdo, parece que não é só a mim que o sol afecta os neurónios...:)))

fiury disse...

Os mosquitos são assim: aparecem sorrateiros quando se ligam os holofotes e cheira mal e tentam picar até doer. É o que acontece ás pessoas de sangue doce,dizem. "Cada um é para o que nasce" e a vida, de uma forma ou de outra, vai afantando os mosquitos que de tanto sugarem explodem com o próprio veneno.
Há pessoas que vivem no meio deles como se fossem uma fossa:(


:::::::::::::::::::::::::::::

Há coisas piores: muita fome, muitos orfãos, muitas crianças institucionalizadas, maltratadas.
Esta criança, que ao que parece foi mais uma sugestão da avó, para afastar noras apêndices, pode ter tudo e até vir a ser outro "melhor jogador do mundo", trabalhador, esforçado, dedicado, disciplinado, imaturo (é certo)-mas é culpa é quem deposita nele responsabilidades para as quais não tem ainda preparação.
Terá,também, como todos que são comprados, uma pergunta que o irá atormentar e pertubar, quem sabe na adolescência: "quem foi a cabra que me vendeu"? Ou não: a tendência da lei é facilitar o negócio e um dia vai ser normal ouvir: "quem te comprou? A tua mãe ou o teu pai?". Quem sabe um dia desperta no jogador o instinto paternal e arranja uma mulher que faça o papel da mãe, para já tem a sorte de ter uma avó, que será pai e mãe, porque essa sim queria muito ser avó, desde que com a mãe eclipsada. Felicidades para todos.

Cê_Tê ;) disse...

@andorinha: loool
Se calhar está a escrever na opção "escrita inteligente" que mais parece que estamos a ter um "ABS" ;P

Anfitrite disse...

Pode ter utilidade para alguém.
http://jn.sapo.pt/VivaMais/Interior.aspx?content_id=1600914

Não se esqueçam que já se escolhe o sexo e se despistam doenças, antes da maternidade continuar.

Não vale a pena conjecturar, porque a realidade vai suplantar a ficção. E quando tentam gozar com a Natureza ela vinga-se.

jb disse...

nos clãs não se chega,entra-se