domingo, março 06, 2011

No rescaldo...

Como se lembrarão, pitonísico:), decretei que o Benfica perdeu o campeonato à quarta jornada. Por esse facto, a derrota de hoje chateia, mas deixa em paz cabelos e vestes. Para falar com franqueza, acho que o Benfica "ofereceu" o jogo, com uma expulsão escusada e um frango, para além de ter muitas dúvidas no lance interrompido a Jara, mas preocupa-me mais como vão os meninos chegar fisicamente ao Paris St. Germain. Hoje, o que verdadeiramente me impressionou foi o ambiente de hostilidade no estádio. Fartei-me de ver o Benfica em Braga e chegava a ser divertido porque havia gente a festejar os golos dos dois clubes!:). E agora bolas de golfe, moedas e amigos meus a enviarem sms lá do meio muuuuito pouco tranquilos, no Sábado fui a Adaúfe e vi tarjas que destilavam ódio:(. Fez-me pena...

36 comentários:

ana b. disse...

Prof:

Confesso que tive de ir à net ver a que jogo se referia. Desculpe a ignorância!
Parece que o Bom Jesus de Braga não ajudou muito o seu homónimo...
Deixe lá, para a próxima será melhor:)

A falta de cortesia nos estadios é, infelizmente, transversal a muitas outras áreas.Fico arrepiada,por vezes mesmo chocada, com a falta de educação e de cordialidade que grassa nos blogues. E não me refiro aos cabardolas que o fazem sob anonimato. Refiro-me a pessoas do nosso meio cultural e politico, com responsabilidades acrescidas e que se comportam com enorma deselegância e intolerância para com outras opiniões.
Parece-me que os estádios apenas refletem uma realidade muito mais vasta.Infelizmente!

andorinha disse...

Não vi o jogo, mas fui sabendo o resultado.
Penso que perdemos o campeonato no início com aquelas péssimas arbitragens e os frangos de Roberto.
Temos que nos concentrar agora nas outras frentes de batalha:)
Ainda temos três...oxalá a equipa não esmoreça.

Quanto ao ambiente hostil, é pena mas não é nada que não fosse de certa forma esperado já que o SCB é um satélite do FCP.

Mas como ambos já aprendemos,:) há mais vida para além do futebol.

Bartolomeu disse...

Júlio Pitonísio;neste caso gostaria mais, de o reconhecer pitagórico.
É que, no meu ponto de vista a "coisa" encontra melhor explicação no teorema do mestre, como tudo o resto, aliás.
;)

Bartolomeu disse...

Yah Andorinha, sou da mesma opinião.
Para não ter sido assim, teria de o Porto ter jogado menos desde o início, assim, confirma-se a regra das conjunturas.

Bartolomeu disse...

Ana.
Os estádios são aquilo que sobrou das arenas romanas. Os gladiadores foram substituídos por futebolistas, os árbitros mantêm-se e a populaça despenca-se nas bancadas em exorcisantes manifestações de ódio.
A única forma de inverter esta situação, era oferecer uma barbie e um kent a cada espectador, á entrada do estádio, juntamente com um kit de maquilhagem e um cestinho de roupas, por forma a estarem entretidos enquanto a rapaziada corria de um lado para o outro do campo e xutava o esférico.

ana b. disse...

Bart:

Acho que a coisa não vai lá com Barbies e Kents. Um chazinho de pequenino, parece-me mais eficaz:))

Bartolomeu disse...

Ana.
Talvez um cha com propriedades afrodisíacas operasse algumas mudanças de atitude nos espectadores.
;)))

ana b. disse...

Bart:

Você só pensa nisso! Chiça!
É mesmo TS.:))

Bartolomeu disse...

É a minha natureza, Ana...

Dulce disse...

Concordo, o campeonato fugiu-nos logo no início, com os frangos à Roberto (que agora voltaram a ter muita saída...) e uma ajudinha das arbitragens...

Ontem foi escandalosa a arbitragem, uma vez mais. Mas mais preocupante é, como bem refere, a atitude dos adeptos do Braga que, à semelhança do FCP, não têm limites no que toca a hostilizar e agredir o adversário. Um dia destes a coisa corre mesmo mal e só aí é que as autoridades se vão lembrar de ir à procura dos responsáveis... Oxalá eu esteja errada!

JoZe disse...

Pois é Professor, o futebol (assim como muitas outras atividades) virou território sem lei neste nosso país. As regras são ditadas por um bando de pessoas que há muito deviam estar presas! O pior ainda há-de vir, pois como todos bem sabemos estas coisas têm um efeito bola de neve. Talvez as autoridades se preocupem seriamente no dia em que algum jogador for seriamente atingido em campo.

Princesa Isabel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Princesa Isabel disse...

É de facto com alguma tristeza que assisto à actual forma de estar e sentir o futebol. Em vez de festa os estádios viraram centros de animosidade e azedume, onde todos vão despejar as suas frustações, incendiadas... quiçá, pelos discursos e atitudes pouco elegantes de líderes, dirigentes desportivos e treinadores.
Eu Benfiquista me confesso, habitualmente pacífica mas..., incomodada pela animosidade e falta de bom senso dos adeptos.
A atitude vai ter que mudar, senão corremos o risco dos estádios de futebol virarem verdadeiros recintos de batalhas campais e arenas de bestas incontroladas.
Esta é a modesta opinião de uma, também, fã dos seus programas "O Amor É..." que sempre me fazem pensar em tudo o que é óbvio do "Amor" e do "DesAmor".
:)

ana b. disse...

Caríssimos:

Mas porque raio haviam de ser os estádios de futebol diferentes?
Basta sair à rua e experimentar conduzir nas ruas e estradas deste país para se assistir a verdadeiras cenas horripilantes de falta de educação e civismo. Há melhor exemplo?
As pessoas são as mesmas...

Com tanta realeza neste blogue, estou aqui estou a fazer um up grade ao meu nome:))

Manuel Henrique Figueira disse...

Caro Prof. J. M. Vaz,
Para nosso desgosto, o Glorioso começou a perder o campeonato logo após a vitória no anterior, e por 4 razões:
1.ª - a arrogante vaidade de Jesus, que se achava o melhor do mundo e a treinar o futuro vencedor da Liga dos Campeões Europeus;
2.ª - a arrogante determinação de Jesus em despedir indecentemente Quim, para contratar um Rodrigo claramente de inferior qualidade (e a razão da perda dos primeiros jogos e da intranquilidade da equipa);
3.ª - a displicente atitude de Jesus na preparação da época;
4.ª - a falta de visão estratégica de Jesus, que, com uma equipa de luxo (para o contexto nacional), não é capaz de gerir rotativamente o plantel (veja-se o FCP). Só perante lesões, castigos ou incapacidades físicas muda os 11 magníficos dele, sempre os mesmos.
Trata-se, de facto, de um razoável treinador, mas como muitos erros de leitura de certos jogos, como se tem provado (Braga 2-0, Liverpool 4-1, FCP 5-0).
O homem só é imbatível a dar calinadas no Português. É um pavor ouvi-lo falar.
M. H. F.

Cê_Tê ;) disse...

Há uns dias numa estação de serviço passava na TV em nota de roda pé uma notícia relativa a uma descoberta recente sobre a morte de Cristo.
Um dos indivíduos leu alto e outro que estava de costas para a TV entendeu que Jesus teria morrido!!!!! lol
Pela manifestação efusiva dele (com palmas e saltos) suponho que fosse um "Benfiquista de esquerda" como vocês! ;)))

(Verídico)

Manuel Henrique Figueira disse...

CÊ_TÊ:
A sua «perspicácia», que a leva a identificar-me com o primata primário que encontrou de costas para a TV na Estação de Serviço, e a etiquetar-me de «Benfiquista de esquerda», é deveras «apurada».
Você teria dado uma garimpeira «de sucesso» no sertão do Brasil do século XVIII, expulsa ao falhar o pagamento do primeiro adiantamento.
M. H. F.

Princesa Isabel disse...

Xiiiii... acho que acabei de perceber que sou uma outsider... :D

Zé Duro disse...

Sr. Professor, falar de frangos é um sacrilégio! Parece-me que terá de reformular o seu comentário. Então não ouviu o presidente do FCP dizer que o Roberto é um excelente guarda-redes?... Vindo de quem vem, precisa de maior confirmação???!!!
Quanto às bolas de golfe, moedas e similares, oh Sr. Professor, isso devem ser objectos inofensivos, presumo que utilizados apenas nesta época de carnaval... E como é Carnaval, ninguém leva a mal, não é verdade?

andorinha disse...

Sr. Manuel Henrique Figueira

Desculpe a minha ignorância, mas pode-me dizer quem é o Rodrigo?


Cêtê,

Loooooooooooooooooooool

Não é um treinador muito da minha predileção mas daí a festejar a morte do homem!!!:)

Acho-o sobretudo muito casmurro, dificilmente dá a mão à palmatória e reconhece que errou.
Agora quase no final do campeonato vem dizer que o Roberto precisa de melhorar no jogo aéreo:) Looooooooooooooooooool

Mas isso já todos vimos há muito tempo...
E sendo assim, garimpeira:) lá vais festejar mais um título:(


Zé duro,

Vocês não sabem nem ganhar nem perder.
Não vos entristece tanta pobreza de espírito?

ana b. disse...

Como eu não percebo nada de futebol, aproveito para pôr musica:

http://www.youtube.com/watch?v=zmq4DAfbULQ

ana b. disse...

Mas gosto de desporto!

http://www.youtube.com/watch?v=t2zbbN4OL98

Zé Duro disse...

"Zé duro,

Vocês não sabem nem ganhar nem perder.
Não vos entristece tanta pobreza de espírito?"


Andorinha, não percebo a afirmação que faz nem a pergunta que coloca...
Espero, ao menos, que o sr. Professor tenha percebido a ironia que coloquei no meu comentário!

Manuel Henrique Figueira disse...

Andorinha:
É evidente que se trata de uma gralha, era Roberto que queria dizer, mas a prosa em que meto à baila a troca pelo Quim não deixa dúvidas.
M. H. F.

ana b. disse...

E porque hoje é o Dia Internacional da Mulher:

http://www.youtube.com/watch?v=dIjiqeUx4fk

andorinha disse...

Zé duro,

Não interpretei como sendo um comentário irónico. Achei que era um portista infiltrado a gozar connosco.
Se "li" mal, peço desculpa.

pedro disse...

socrates é portista

Anfitrite disse...

É por este país ser tão optimista como o professor, que ficou todo contente por ter acertado na sua profecia, que as pessoas vão descarregar as suas frustações nos estádios. Aí, até são protegidos, pela polícia, paga por nós, para fazerem os seus desacatos.
Enquanto não regressarmos aos coliseus romanos, que continuem nos estádios confortáveis e bem restruturados, pagos a peso de ouro, a grandes arquitectos, que continuem nas arenas, que contunuem à cabeçada no râguebi, porque enquanto estiverem em recintos delimitados, não serão tão grandes os desacatos.
Razão tinha o botas do outro tempo, por isso defendia o futebol, o fado/canção(agora já dá para invadir espaços privados,gostava de os ver invadir um jantar/comício do PCP}, só é pena que os testes de alcolemia e a PAC, tenha acabado com outro princÍpio do Estado Novo.


Ana,
Tenha cuidado com os seus comentários, já que não sabe de tudo o que se passa aqui, porque o professor é o tripeiro mais benfiquista que existe à face da terra. É até tem lá as suas influências. Só não percebo porque é que não obrigam o Jesus a frequentar obrigatoria e urgentemente, as novas oportunidades para o português. É que já é gente de mais a envergonhar-nos lá fora. Cá dentro já nem se nota.
E para ver se esta gente acalma aqui vai uma doce e suave canção:

http://www.youtube.com/watch?v=f-Xvu5APoxI&feature=player_embedded#at=27

Manuel Henrique Figueira disse...

Anfitrite:
Desnecessário o homem frequentar as Novas Oportunidades.
Não aprendia lá nada;
Já é diplomado, tem o 9.º ano.
O que precisava era de frequentar um curso de treinadores, mas no estrangeiro, com qualidade.
Senão, veja-se os problemas físicos que vários jogadores têm para o jogo com o PSG. Apostou tudo com o Braga (era vital para conquistar o 2.º lugar na Liga, decidido há muito), por isso não rodou ninguém.
Aí está um excelente treinador, com uma visão estratégica fora do comum.
M. H. F.

ana b. disse...

Anfi:

Já percebi há muito que o Prof. é benfiquista. Apesar de tripeiro. Confesso que, dada a estranheza, até fui à net confirmar a sua naturalidade. Por mim tanto se me dá.
A minha opinião sobre o futebol é transversal, abrange todos os clubes. Não gosto de discriminar ninguém:)))
Além do mais, o Prof. é um gentleman...:)

Gostei da suavidade e doçura do video que a Anfi nos trouxe. A descobrir, seguramente.

Anfitrite disse...

M.H.F.,

Ó Homem não bata mais no ceguinho.
Ele até disse que poupou dois jogadores por causa do PSGermain.
Ele até foi dos que também enterrou o dinheiro nos bancos que faliram,(para nós pagarmos} só para ver se ganhava mais algum. Tá-se mesmo a ver que é um grande estratega, porque normalmente quando a esmola é muita o pobre desconfia. Nós é que ainda não percebemos que quem está no futebol é só para ganhar dinheiro e mais nada. E o Villlas BBoas e o outro do cabelo pintado também escusavam de andar sempre a provocar o parceiro.

P.S.- Eu sou tão mal encarada que até a tecla do número nove não funciona só para eu não enviar sorrisos.

Anfitrite disse...

Ana,

Apesar de tudo eu tenho o benfica como meu ponto fraco. Eu até estreei uma televisão no dia longínquo em que batemos a Coreia por 5-3, só porque os principais jogadores eram do benfica.
Mas não vou ao futebol, porque quando era miúda, na minha terra, o meu clube era da 2ª. divisão e eu uma vez fui ver um jogo. Um jogador apanhou com uma bola na cara começou a deitar sangue do nariz e eu raspei-me logo.E agora não vejo porque acho que dou azar.

Mais outro suave como a neve, da mesma autora e cantora:

http://www.youtube.com/watch?v=6WszsETGLdg&feature=related

Manuel Henrique Figueira disse...

Anfitrite:
Muito obrigado pelas 2 belas canções que nos ofereceu.
A Chanson Française continua imbatível em melodia, suavidade, beleza. Não é por acaso que o rock (agressivo e barulhento, tantas vezes violento) não teve sucesso em francês. Aquela língua tem particularidades para outros géneros.
As canções que nos propõe fazem-nos vir à memória Ferré, Brassens, Ferrat, Brel, Trenet, Montant, etc., etc., etc.
Mas como nem só de sonoridades francesas vive a Mulher e o Homem, aí vão algumas pérolas recentes, em inglês e em português.
Quem não gostar, paciência, que tente ao menos ouvir metade de cada uma antes de desligar.
Boas músicas!
M. H. F.

Lizz Wright – Old Mann (CD Fellowship)
http://www.youtube.com/watch?v=sjAXFce7sSA

Cristina Branco - Alfonsina Y El Mar (CD Ulisses)
http://www.youtube.com/watch?v=KFeNARvBfrM

Cristina Branco - Longe do Sul (CD Kronos)
http://www.youtube.com/watch?v=3FFpuQZY12I

Cristina Branco - Era um redondo vocábulo (CD Abril)
http://www.youtube.com/watch?v=wgjnCjmdyZQ

Cristina Branco – Não Há Só Tangos em Paris (CD Não Há Só Tangos em Paris)
http://aeiou.expresso.pt/temacristinabranco

Cristina Branco - Tive um coração e perdi-o (CD Live)
http://www.youtube.com/watch?v=W9X8_gycTUY

Cristina Branco - Trago Fado nos Sentidos (CD Live)
http://www.youtube.com/watch?v=rooSvnRELlg

António Zambujo – Poema dos Olhos da Amada (CD Guia)
http://www.youtube.com/watch?v=hkqr3y0Z3mY

António Zambujo – Guia (CD Guia)
http://www.youtube.com/watch?v=pYSNcl0usNY

Marco Rodrigues – O Homem do Saldanha (CD Tantas Lisboas)
http://www.youtube.com/watch?v=YgG2D4xxLCE

Marco Rodrigues – Em Água e Sal (CD Tantas Lisboas)
http://www.youtube.com/watch?v=dUXnHABhfX4

Marco Rodrigues – Tantas Lisboas (CD Tantas Lisboas)
http://www.youtube.com/watch?v=o11mecnK4Fs

ana b. disse...

Anfi:

Adorei a chalaça sobre a tecla do nº9.:))) Você é o máximo!
Já tinha espreitado os outros videos: todos excelentes!

Manuel HF:

Percebe-se, pela seleção que fez, que é fã da Cristina Branco. Caso não tenha visto, o último Camara Clara foi sobre musica francesa e contou com a sua colaboração. Pode sempre espreitar na net.
Confesso que a conheço muito mal mas fiquei curiosa sobre ela.

Deixo aqui uma frase tirada de um texto da Teolinda Gersão, que me acompanhou ao almoço (o texto, claro):

"...as coisas,se não desistirmos delas, surgirão. Mas nunca sabemos quando. Um dia."- in JL

pedro disse...

não chalaça é charada

Manuel Henrique Figueira disse...

ana b.
Perdoe-me a imodéstia, mas eu gosto essencialmente da qualidade. E a Cristina Branco tem-na. Se quiser iniciar-se, comece pelo CD Kronos. Se achar uma única música apenas boa, diga-me que eu devolvo-lhe os 12 euros que pagou pelo disco. Eu já ofereci talvez uns 10 ou 12 aos meus amigos.
As músicas dos restantes links que enviei, das minhas últimas descobertas, também não ficam atrás das da Cristina.
Obrigado pela informação, mas vejo sempre o Câmara Clara.
M. H. F.