segunda-feira, fevereiro 28, 2011

Ritmo circadiano.

A noite incendeia a paixão. E contudo é a manhã a garantir o amor.

145 comentários:

ana b. disse...

"E se um dia hei-de ser pó, cinza e nada
Que seja a minha noite uma alvorada
Que me saiba perder.. para me encontrar"
Florbela Espanca

Canseiroso disse...

Mais um belo tema sim senhor.

Seratonima de dia, melatonina à noite.Quem as não produz tá tramado e lá se vai o amor.
Um conhecido meu,começava a fechar as janelas de casa às 7 da tarde no verão para produzir a maior quantidade possível de melatonina e a paixão dele eram nozes, cenouras e rabanetes
O melhor é mesmo manter a penumbra nas nossas vidas, para provar ao sol que não nos amedronta.

Por mim aposto nas tardes

ana b. disse...

Canseiroso,

É que a luz solar é implacável a revelar os defeitos:)
Já a sabedoria popular há muito que diz que, à noite, todos os gatos são pardos...

Condessa de Til disse...

Concordo.

E já que se tem falado tanto de cinema ultimamente, lembrei-me daquela cena típica de tantos filmes, onde depois de uma noite de paixão intensa, a mulher ao acordar verifica que o "finalmente homem certo" se foi embora sem dizer nada. Seguidamente costumamos ter também dois desfechos típicos: ele partiu definitivamente porque não tem intenções de começar uma relação ou ele volta com um pacote de croissants para o pequeno-almoço e aí ela percebe que foi parva em ter duvidado e ri-se do susto.

Saliento que não escrevi a frase "a mulher ao acordar" por acaso. É que na maioria dos filmes esta cena é apresentada assim e nunca ao inverso. Não sei se será preconceito dos argumentistas ou realmente um comportamento - ainda? - tipicamente masculino, pôr-se a milhas a meio da noite sem dar explicações.

Bartolomeu disse...

Prezada Condessa de ~, esquecesteis por acaso que o homem é uma fábrica ambulante de espermatozoídes e que a sua função primordial, é fecundar fêmias?
A ilusão feminina de que "o homem certo" existe, prende-se com a necessidade de protecção para que, durante a parte final da gestação e a parte inicial da amamentação, o macho providencie a sua segurança física e alimentar.
Passado esse período, o macho deixa de ser "o homem certo".
;)
Já despi a camisa e estou abraçado ao tronco, quem quiser pode começar a chicotear.
;)))

A Menina da Lua disse...

Bom dia a todos!:)

Oh Professor essa frase como se costuma dizer" não tem espinhas"! pois é de facto assim!:)

Há tempos, num pequeno colóquio sobre a noção do Tempo, dizia-se que, para determinada civilização, no ponto mais alto da noite (até às quatro da manhã)nós estamos numa ligação mais próxima com os deuses...como se a terra adormecida já não contasse. Assim é nesses momentos que mais directa e profundamente nos chegam os sonhos, as fantasias,o êxtase e se de feição, podem arder melhor as paixões...:)
Ao nascer do dia voltamo-nos de novo para a terra e para toda a realidade que a envolve. Só aí então se pode tirar verdadeiramente as teimas sobre a certeza do Amor:)

Depois de ler os comentários vejo que a Ana, nos momentos mais isolados, se tem aguentado aqui muito bem... seja pela boa assertividade como tambem pela forma sincera com que o faz...muito bem:)

Bartolomeu:)

Você tenha cuidado com este mulherio daqui; olhe que não somos nada de confiança!! se cuide:)

ana b. disse...

Alguém falou em chicote??
Tragam mas é a METRELHADORA!!!
Você com este espirito de homem das cavernas, vai longe vai...
Ou muito me engano ou não passa da Luciano Cordeiro.Daqui a nada, quando passar à porta da sua catedral e se o shutle estiver estacionado à porta, faço-lhe uma espera...

Condessa

O sono deixa-nos muito vulneráveis e, a meu ver, exige uma grande intimidade. Por isso acho sempre preferível nestas situações o "Ala que se faz tarde"...

Bartolomeu disse...

Menina da Lua; ha muito boa gente que nem com o despontar da aurora consegue atinar de novo, com o caminho de regresso à Terra.
Mas também, diga-se de passagem, que já muito pouco exite neste quintalinho atravancado, que nos faça querer voltar.

ana b. disse...

Menina da Lua:

Obrigada:))

Bartolomeu disse...

Metralhadora, Ana?!
De que te serve um piloto de Shutle, todo esburacado?
Já agora, o que é que ha de tão interessante na Luciano Cordeiro?
Se fosse nas docas... ou na bica do sapato... ou na vela latina... ou...
Bah!!!
Deixa lá tar a metralhadora no armário e poupa as munições para quando formos os dois ao "tiro ao prato"!
Ok?!

ana b. disse...

Meu caro,

Acho que tinha ficado claro que eu só ando de shutles atestados. Receio ficar apeada a meio do caminho.

Você é que expressou grande apreço pela Luciano Cordeiro, a ponto de o recomendar aos amigos. Você lá sabe o que terá de interessante...

Bartolomeu disse...

Ah!!! A Ana refere-se ao que ouviu dizer...
À uns anos atrás existia ali a rodoviária de onde partiam autocarros para todos os pontos do país, mas... Space Shutle... não me parece... no entanto, sei lá, às tantas... aquilo até podia ser uma base secreta de discos voadores.

ana b. disse...

Não meu caro, eu refiro-me ao que escreveu aqui, há umas semanas atrás.
Assim de repente só me ocorrem a pastelaria "Mujique",com uns croissant ótimos e o delicioso restaurante vegetariano PSI,todo envidraçado e situado no meio de um pequeno jardim, um verdadeiro oásis bem no centro da barulhenta e buliçosa Lisboa.
Mas acredito que prefira outros ambientes mais tropicais...
Quanto a discos voadores, eu confesso que nunca vi nenhum. Mas a avaliar pela fauna que por lá pulula, é bem provável sim!

Bartolomeu disse...

Vê sô Don'Ana como afinal, apesar da aparente desincronia, falamos ambos em esperanto?!
A minha amiga é mais cosmopolita, eu provávelmente, mais rústicos, mas no fim de contas, ambos nos deliciamos com aquilo que dá à vida algum prazer.
;)))

ana b. disse...

Bart,

Você é muito esperto,sabe muito...
Mas eu...também!:))

Anfitrite disse...

Nem como metáfora pode ser entendida esta frase. Ao contrário das noites, as manhãs são o tropeçar de pessoas e coisas. De acas e de ramelas.
Nunca me hei-de esquecer da primeira vez que li "O Segundo Sexo" da Simone de Beauvoir(continua actualizadíssimo), e não é quando ela afirma
"que não se nasce mulher, mas tornar-se mulher", é quando ela diz que uma mulher quando dorme acompanhada, tem de se levantar sempre primeiro,
para se arranjar e aparecer bonita e cheirosa ao seu homem.
Como muito bem frisa a Condessa, e ao contrário dos filmes, não é o homem que acorda primeiro. É a mulher que tem de estar sempre vigilante.
Imaginem acordar toda esborratada depois de uma noite de paixão?! O HOMEM não! Pode coçar as virilhas, fazer tudo o que lhe apetece, que tudo lhe fica bem.
Por isso é que eu prefiro as noites, e até fico contente quando falta a luz. Ao menos posso comtemplar bem as estrelas.
Não me lembro agora o nome de quem afirmou que teve de casar muitas vezes, porque não era capaz de viver sem estar apaixonada.

Condessa de Til disse...

Bart,
Penso que estava noutro comprimento de onda esta manhã.
No meu comentário anterior o fulcro da questão não está no facto de uma mulher considerar um determinado homem certo ou errado, mas no simbolismo de tomar, ou não, o pequeno-almoço juntos.

plancton disse...

Concordo, menina.

lobices disse...

http://www.youtube.com/watch?v=UFpftEQJVDA&feature=feedf

lobices disse...

...o link anterior é mesmo meu... podem abrir

andorinha disse...

Says who?:))))

Concordo em absoluto.
Como em tão poucas palavras tanto é dito!
Que inveja dessa sua capacidade de síntese!:)


Bart,

Prepara-te, vou começar...:)
Estive o dia todo a armazenar forças...


Ana,

"O sono deixa-nos muito vulneráveis e, a meu ver, exige uma grande intimidade. Por isso acho sempre preferível nestas situações o "Ala que se faz tarde"..."

Partilho desse ponto de vista, embora cada caso seja um caso:)

A intimidade é preciosa, mas também difícil de conseguir; além disso nem todos os que partilham a nossa cama a merecem, não será?

Quanto ao resto, já acordei esborratada, sem estar esborratada, não é por aí...um banho lava tudo:)))))
Alguém que não quisesse voltar a estar comigo por eu estar esborratada também não me fazia falta nenhuma:) Loooool

ana b. disse...

Eu acho que se pode acordar esplendorosamente esborratada. Assim como se pode estar esplendorosamente com a barba por fazer.Não me referia à intimidade fisica. Referia-me à intimidade emocional, da alma, que muito dificilmente existirá num primeiro encontro.Para evitar dissabores nada como se manter fiel ao principio: A porta da rua é a serventia da casa! Sem exceções!

ana b. disse...

E para quem duvida do poder de um olhar, atente nestas imagens:

http://www.youtube.com/watch?v=_tifuN6P7go

plancton disse...

bê, até os olhos dos cegos sorriem.

Anfitrite disse...

Ana,
Encontrei isto agora.

http://www.youtube.com/watch?v=QWNoiVrJDsE
a final
http://www.youtube.com/watch?v=2cnRXmMn2Ag&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=IOfKAPGfd6k&feature=related

Parece impossível. Deliciem-se.

Bartolomeu disse...

Nesse caso; somos ambos uns sabões, Ana!
;)))

Bartolomeu disse...

Andorinha;
Podes vir a qualquer hora
Cá estarei para te ouvir
O que tenho para fazer
Posso fazer a seguir
;)))

Bartolomeu disse...

Ó Ana, pera lá... ao partir da premissa que "a porta da rua..." não estarás a criar as condições ideais para que o "artista" dê de frosques, antes do romper da aurora?!
Hmmm?

Bartolomeu disse...

Anfi... um gajo que se peida e coça tudo o que fede não me parece nada capaz de despertar simpatias em quem quer que seja.
Eu sei que muitas meninas nos preferem feios, porcos e maus, e se exalarem um certo odor a esterco cavalar, melhor ainda, mas... isso funciona quando os exemplares exibem uma etiqueta ao peito com um nome... sei lá... Richer Gere, George Clooney, ou assim...

Bartolomeu disse...

quis escrever Richard Gere, mas falhei a pontaria em algumas téclas

plancton disse...

http://www.tsf.pt/PaginaInicial/EmDirecto.aspx

pedro disse...

teste

pedro disse...

Ai, Anfi

pedro disse...

"sem comentários"

ana b. disse...

Bart:

Eu sou mais sabonete:)
Sempre é mais cheirosinho:))
E não se iluda, meu caro: feios, porcos e maus só no filme do Etore Scola.
Quanto a criar as condições ideais: Bingo! Acertou em cheio!
Não se esqueça do que eu disse sobre a clarividência da luz solar...

Anfi

Verei os videos mal possa.

Bartolomeu disse...

Great discovery, Anfi!!!
Não faço ideia o que poderá ter pensado a Whitney Houston quando ouviu a pequenina Connie Talbot cantar o seu - I Will Always Love You- mas... provávelmente terá dito; ainda bem que nasci antes dela.
;)))))

Bartolomeu disse...

Ana, não querendo ser "desmancha-prazeres", penso que essa opção, seria idêntica a um lavrador semear a terra com todo o empenho e ao ver as plantas despontar, pegar no pulverizador e sulfata-las usando herbicida.
Que te parece???
Hmmm?

pedro disse...

Eu convidava a andorinha e a menina da lua para uma mesa de copas e mais alguém que elas melhor entendessem. Convido.

Bartolomeu disse...

Quando organizares uma mesa de streap poker e convidares as meninas, convida-me tambéine, tábeine?!

ana b. disse...

Anfi:

A miuda é talentosissima!
Já tinha ouvido falar dela.
Terá certamente um futuro brilhante se os pais a souberem orientar.

Bart:

parece-me que não tem nada a ver e que você não percebeu nada do que eu disse.
Não me admiro, contudo.
Você é um bocado homem das cavernas e naquela altura não havia portas.:)))

Bartolomeu disse...

Confirmo, Ana!
Aliás, o meu apelido é Cromagnon pela parte materna e Australopiteco pelo lado paterno.
Em suma, o nome todo é; Bartolomeu Moca Em Punho de Cromagnon e Australopiteco.
Não pode negar que se trata de um nome com pedigree...

pedro disse...

Isto é uma piada: "tolinhos ao poder que os psicopatas já lá estão". Aguente-se que boas noticias vêm de 4 em 4 anos e paz no mundo. Parabéns. Vou ler os comentários. Espero que esteja tudo bem. O desafio é mesmo temporal.

pedro disse...

Fora-de-lei do Calvin, põe ordem nisto. O único que eu conheço é deste blog. O tempo e a lei é de todos e uma vontade de todos. O blog está numa corrente dos Carvalhos e isso agrada-me. Poupemos-nos

pedro disse...

Não sonhemos, irmãos e irmãs.

pedro disse...

http://lascaux.culture.fr

pedro disse...

era mesmo adoração

pedro disse...

fico-me por aqui...

pedro disse...

...e boas palpitações

pedro disse...

e boas penicilinas

pedro disse...

és 93? eu sou 4123579!

Anfitrite disse...

Bartolo,
Vocês são todos muito polidos. E por alguma razão têm de ter milhões de espermatozóides, para que um possa vingar. Realmente a
quantidade nunca jogou com a qualidade. É verdade que há gostos para tudo. Mas já que falou nos "Feios Porcos e Maus" veja tamb
ém "Um Dia Inesquecível" com a Sophia Loren e o outro valente macho, Marcello Mastroianni, que vêm agora juntos num pacote do Ettore Scola. Olhe que vale a pena. Não nos leva para as cavernas, mas leva-nos par os queridos anos sessenta.
Olhe que a escolha na rua António José de Almeida oferece maior e melhor qualidade:)

Mas falou-se aqui tanto em esborratado que até parece que ninguém leu "O Segundo Sexo", que ainda hoje está bem actual.
Será que somos assim todas tão desempoeiradas, só porque algumas nos sustentamos e muitas outras ajudam no orçamento familiar?!

Uma coisa que eu adoro ver nas filas de trânsito de manhã é a mulher a maquilhar-se, ao lado do marudo que vai a conduziz, para se pôr bonita para o seu chefe.



Pedro,

Eu sei que estamos na época dos narcisos, mas se tem tantas capacidades porque não nos mostra algumas obras de arte?

Anfitrite disse...

Bartolo,

Antes que me corrijam, ao falar da época de sessenta, estavaa referir-me aos artistas e não ao filme, que se passa na época de Mussoloni.

Ana,
A piada não é para si:)

pedro disse...

anfi vai aqi e vês uma boa peça de arte no primeiro post de hoje http://pedrobrbs.blogspot.com obrigada

Penicillin disse...

teste

Penicillin disse...

liga-me

Penicillin disse...

Vou-me ligar às vozes da rádio.

Penicillin disse...

Com legendas a cores. Onde moras? Tens telefone? O meu é 00 351 229378799.

Penicillin disse...

Uma história da segunda vez que me enganei com um médico. Frase da noite (esta é daquelas que tem que bater no osso). Na manhã seguinte estava muito melhor. Mais que melhor Bom, Muito Bom. A primeira vez foi com um Pediatra (frase da noite: não vai doer) e já na rua a subir disse (se quando poder ter filhos e não os poder ter venho cá e mato-o. Foi apenas uma membrana não anestesiada. Pedro

Penicillin disse...

São beijos senhor, são beijos-invertidos.

Penicillin disse...

Fora, estás aí?

Tangerina disse...

Anfitrite,

"Uma coisa que eu adoro ver nas filas de trânsito de manhã é a mulher a maquilhar-se, ao lado do marudo que vai a conduziz, para se pôr bonita para o seu chefe."

:-D :-D :-D

... ou para um colega de trabalho... ;-)

Adorei! :-)

T. An. Ger. In A

ana b. disse...

Anfi:

Li o "Segundo Sexo" há +/- 28 anos. Confesso que não me recordo dos detalhes. É um livro a reler, seguramente.
Nos anos oitenta (nos meus vintes...) era uma fervorosa militante da causa feminista. Cheguei a ir a encontros organizados pelo MDM (Movimento Democratico das Mulheres), quer politicos quer culturais. Adorava as sessões organizadas em conjunto com o ABC Cineclube e com a cinemateca, geralmente com filmes realizados por mulheres ou que abordavamm estas questões. Havia depois debates com a assintência e com convidados. A anfitriã era a Maria Teresa Horta que eu simplesmente venerava. Ainda hoje gosto muito dela. Acho-a uma mulher interessantíssima.
A idade, algum conformismo e a estreita ligação do MDM ao PCP fez ir-me desligando gradualmente do movimento. Não da causa, claro.

Bart:

Gostei de conhecer o seu verdadeiro nome. Eloquente, sem dúvida:)

Penicillin disse...

Já fiz algumas mostras. Na segunda fiquei 2 anos sem fotografar com 1 fotografia e duas medalhas. Na terceira foi no bar e não vendi nenhuma. Na quarta fomos muitos. Na quinta não aconteceu. Na sexta foi a lápis. Na anterior comprei um perfume. Nesta, 1 mês depois entrei numa urgência e deram-me um comprimido e fiz 2 fotografias. Pode ser que nesta recupere os 25 que perdi da primeira. Chulos, a culpa é vossa só passam lá para ver. Eu quando vou prefiro ir sozinho. Mas já me vendi uma vez. Com 2 de cada lado.

Penicillin disse...

25, braço esquerdo. braço direito. 50. Dias 1 e 15. No segundo dia 1 limpa-se com a vassoura. Vou ler.

ana b. disse...

Tangerina e Anfi:

Eu maquilho-me todos os dias e não o faço nem para o chefe nem para os colegas. Até para ir ao supermercado vou composta. Nunca se sabe onde poderá andar o Principe Encantado...:)
Se bem que, pensando bem, Principe Encantado só havia um e, segundo parece, já foi arrematado pela Cinderela...

Penicillin disse...

lol

Penicillin disse...

...

Penicillin disse...

..

Penicillin disse...

.

Penicillin disse...

70

Penicillin disse...

Cartaz, estás aí?

Penicillin disse...

Thora, estás aí?

Turma 10C disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ana b. disse...

Para todos os Murcons mas em especial para a Anfi e para o Prof., verdadeiros apreciadores dos sessenta:

http://www.youtube.com/watch?v=5fAxE9ZN8hs

ana b. disse...

Para o Bart:

http://www.youtube.com/watch?v=T2Xgiuz5BzA

Olha! Afinal no seu tempo já havia portas:)

Penicillin disse...

2 vezes, duas vezes. Bateu-me com a porta na cara 2 vezes.

Penicillin disse...

Foi um luxo.

Anfitrite disse...

PROFESSOR,

P A R A B É N S!

Anfitrite disse...

Ana,

Ache muito bem que se maquilhe, para deleite de quem a vê.
Contudo...acho que há sítios para tudo. Até para bocejarmos, e sobretudo evitarmos começar a coçar, porque aí o mal está no começar.
E se encontrar o seu principe encantado, ele vai olhar para o fundo dos seua olhos:}

ana b. disse...

Anfi:

Mas antes do olhar chegar ao fundo dos olhos, passa primeiro pelo exterior.:)

Anfitrite disse...

Ana,
Os anos sessenta foram lindos, mas agente não estava cá só para ver a banda passar.
Aqui está mais uma mulher sofrida da época, que quando veio ao Casino Estoril estava com uma piela tal, que tiveram que lhe meter a cabeça debaixo de água para ela acordar.

http://www.youtube.com/watch?v=22DEBZzi_vE&feature=related

Mais uma que eu gosto muito, mas não vá pensar que sou do tempo das cavernas.
http://www.youtube.com/watch?v=pvc3E7Bb0ZE

E já agora que tal menear-se com mais esta
http://www.youtube.com/watch?v=Dc7PLZWm9N4&feature=related

Quanto ao Segundo Sexo, mesmo para uma mulher liberta é para reler.
E olhe que não tem nada de feminista. Tem apenas factos. E acrescente-lhe também um impressionante-"Assim Seja Ela" de Benoîte Groult. Arrepiante e actual.

Quanto à Maria Teresa Horta tive a honra de receber, de oferta, nos meus teen, um livro dela-Poesia e Verdade- com uma dedicatória que dizia: "Para ti, minha esperança longínqua".

ana b. disse...

Anfi:

Não conhecia a Maysa. A descobrir urgentemente.
Encanta-me a voz do Silvio Caldas. Adoro aquele jeito antigo de cantar.
E não se preocupe, o tempo das cavernas já está dignamente representado pelo nosso Bart.

Anfitrite disse...

Não me diga que nunca tinha ouvido falar da Maysa Matarazzo, da Dolores Duran etc.? Eram um pouco mais antigas que Elis, mas há artistas que são um espanto. Não há ainda é na net com bom som.

Eu tenho ainda uns discos de 78 rotações, que arrematei, da antiga "voz do dono", que ainda não sei se vou mandar digitalizar.

Anfitrite disse...

Oiça só esta voz http://www.youtube.com/watch?v=8gtOXoXeWQc

http://www.youtube.com/watch?v=DeXqDWDXEHo

http://www.youtube.com/watch?v=Y6HWZ_wa_l4

Condessa de Til disse...

Reparei que vários comentários anteriores estão muito na onda do livro da minha avozinha:), que tanto insistia sobre os cuidados que as mulheres devem ter com a sua aparência.

Aproveito para informar quem não conhece o referido livro que não se trata de um manual de etiqueta, ao estilo da Paula Bobone, mas de uma série de conselhos práticos, inclusive receitas de cosméticos, para ajudar a mulher a manter-se ou tornar-se mais desejada pelo marido. Sempre do ponto de vista do primado da satisfação sexual do homem no casamento, evidentemente, nem outra coisa seria de esperar. No seu conjunto é um texto muito interessante e que dava uma boa tese de mestrado para alguém da área. Sei que uma professora da U. Nova lhe dedicou algumas linhas num ensaio, mas penso que um estudo mais aprofundado ainda não está feito.
Mas voltemos ao livro propriamente dito, e deliciem-se com este mimo:

"Convém agora observar que as mulheres devem cuidar o melhor possivel da sua pelle, pois que é ella uma das suas principaes bellezas e attractivos.
É vulgar, nas raparigas pequenas que ainda não teem nem a mais leve suspeita de que a sua carne se destina ao gozo do homem, o enrugamento e callejamento da pelle dos joelhos e dos cotovellos que se torna aspera e denegrida, desagradavel ao tacto e feia á vista… Toda a rapariga judiciosa que se encontra na idade de adquirir o homem, deve evitar estas coisas que constituem defeitos desagradabilissimos… Os joelhos das mulheres devem conservar-se lisos, macios, suaves ao tacto, levemente rosados, assim como a pelle das pernas o mais bem conservada possível… Tambem as coxas devem ser cuidadosamente tratadas pela parte interna, em especial se a mulher é nutrida, de pelle fina, de abundante transpiração, muito unida e de temperamento cálido… As mulheres solteiras, em regra, não se preoccupam com estas coisas, porque são ignorantes da vida e não sabem que o homem é o bicho mais observador e reparador que o sol cobre, sem embargo de não voltar as costas a qualquer mulher que se lhe facilite, tenha ella os defeitos que tiver.
Mas, e attendam v. ex.as nisto, uma vez satisfeita a sua curiosidade, o seu capricho, o seu desejo ou a sua simples concupiscencia, veem cá para fora relatar, notar, e criticar todos os nossos defeitos physicos, contra os quaes são impiedosos. Por isso a mulher deve estar sempre em guarda, não lhe apresentando flanco por onde elles possam atacal-a."


Este texto está escrito de acordo com a antiga ortografia :)

A quem teve a paciência de ler isto tudo e lhe apeteceu arrepelar os cabelos várias vezes, mas depois se acalmou com a ideia de hoje os tempos são outros, lamento dizer que o Bart (por favor não se zangue, caro Bart) tem companhia. Ainda há dias ouvi uma conversa sobre mulheres entre dois quarentões, homens cultos e educados, que é a perfeita ilustração do que o livro refere.

Penicillin disse...

86

Penicillin disse...

Fui muito feliz e infeliz na pensão (la rosa). Feliz e infeliz, quando ia levar a rosa a casa. O regresso era frio e triste com batatas fritas e pirolitos, elevadores e ruas a subir. No segredo dos deuses.

Penicillin disse...

hora de bisca

Anfitrite disse...

Condessa de Til,
Vejo que aprendeu muito com a Senhora Sua Avozinha, e não me importando de manifestar a minha ignorância, dado que ainda há senhores cultos, educados e ainda jovens, e como eu não sou esquisita, será que me podia indicar de onde tirou tão ilustre trecho e qual a respectiva editora?
Com mil vénias,
A.B.

P.S.- É que no livro de que eu falei, tem lá uma dedicatória, onde faz esta citação entre outra:
"Há um princípio bom que criou a ordem, a luz e o homem, e um princípio mau que criou o caos, as trevas e a mulher" Pitágoras

Penicillin disse...

Roubei muitas rosas. todas com espinhos, que eu pensava não querer. Duas rosas lhe dei.

Penicillin disse...

3

Penicillin disse...

Guardou a rosa que eu não olhei. ficaram duas.

Penicillin disse...

rosas professor são rosas

Penicillin disse...

Enganei-me, queria dizer "professora".

Condessa de Til disse...

Anfitrite,

Em resposta à sua pergunta, o livro chama-se “O que as noivas devem saber!” e não faz referência a qualquer editora, mas a uma tipografia Sequeira na Rua José Falcão, Porto.
Não sei ao certo a data da 1ª edição, sei que houve uma 3ª edição em 1910 e uma 4ª em 1914. Pode ver uma foto da capa no meu blogue.

ana b. disse...

Cara Condessa:

É baseando-me na sua avó que eu nunca saio de casa sem maquilhagem:)

Não sei se concorde com a sua avó quanto à malidicência masculina. Contam-se pelos dedos das mãos as vezes que ouvi homens a criticar as imperfeições femininas (minhas ou de outras). Contudo, não tem conta as vezes que os ouvi enaltecer os atributos fisicos das mulheres, alguns dos quais me parecem por vezes, verdadeiramente insignificantes.Muito sinceramente acho que neste aspeto eles centram-se mais no essencial:)

Bart:

Nem pense que eu mudei de opinião quamto à sua mentalidade:)
Apenas gosto de ser justa e objetiva nas análises que faço:)

Bartolomeu disse...

Claro Ana... acima de tudo, justa.
O critério de justiça aplicado, é que poderá ser discutível, mazisso é outra múzica.
;)

ana b. disse...

Bart:

não me disse se gostou do video que lhe enviei com os seus contemporâneos. Espero que sim. Pode crer que foi do fundo do coração:)

Bartolomeu disse...

Gostei sim, Ana.
Aliás, tudo aquilo que venha de si, traz o supremo desígneo de completar a minha felicidade e de justificar a minha existência.

ana b. disse...

Bart:

Fiquei sensibilizada!:)

Bartolomeu disse...

Hmmm...
Então é porque sofres de uma Patologia. Estar, ou ficar sensibilizado, é o estado de um organismo que, após ter sido submetido ao contato de certas substâncias (principalmente proteínas), adquire, com relação a estas, certas propriedades reativas, úteis ou não, e que se produzem mesmo quando se trata de doses fracas.
Com que substâncias estiveste em contacto, Ana?

ana b. disse...

Bart:

Se o diz é porque é!
De médico e louco todos temos um pouco, já diz o povo e muito bem!

Bartolomeu disse...

No caso vertente, a medicina que pratico, é a alternativa.
Ou seja, Ana... a que alterna entre saber o que se diz, e a de dizer sem saber, sabendo porém que dizendo, se estará no mínimo a saber que se diz, aquilo se julga saber.

andorinha disse...

Bart,

Desta vez escapaste. Tenho andado com pouco tempo, foi a tua sorte:)
Mas tenho-te debaixo de olho, haverá uma próxima oportunidade, certamente.



Condessa,

Ri-me a bom rir com esse texto.
Tenho que poupar e zelar mais pela minha carne uma vez que ela se destina ao gozo do homem:) Looooooooooooooooool


Ana,

És feminista? Que horror!
Isso é lá coisa que se confesse?:)

Aqui entre nós que ninguém nos ouve:) eu também sou, embora nunca tenha militado em nenhuma organização.
A propósito, vai ser editado este mês um livro chamado Feminismos em Portugal (1947-2007) escrito por Manuela Tavares.
Já apontei na minha agenda até porque sei muito pouco sobre essa época no que diz respeito ao tema em questão.

andorinha disse...

P.S. Já me ia esquecendo: as feministas não se maquilham, são todas umas feiosas, têm bigode e pelos nas pernas...::))))))))

Penicillin disse...

Alguém me pode explicar o significado de Risperidona

Penicillin disse...

Não? me digam que é casca de laranja!

Penicillin disse...

crua

ana b. disse...

Bart:

Bem me queria parecer que de alternar percebia você:))

Andorinha:

Sou feminista e feminina, condições em nada antagónicas. Refuto totalmente aquela ideia preconceituosa da imagem da feminista como uma mulher arisca, feiosa, mal amanhada (expressão da minha terra) e que odeia os homens.Nada mais errado.
Adoro maquilhagens, perfume, roupas, sapatos, tudo o que tenho direito.E sempre fui assim. Mesmo quando ia nas manifestações empunhando cartazes, a favor da despenalização do aborto e outas contra o desarmamento (anos 80!).Pronto, podem rir-se à vontade que eu não me importo:)))
Aliás costumo dizer que se tivesse nascido homem seria certamente travesti.Tal o meu fascinio pelo mundo dos cremes e das pinturas.
Andorinha, para se ser feminista basta sentir e atuar como tal. A militância,as mais das vezes é apenas folclore.

Condessa de Til disse...

Andorinha,

Se não estivesse morta a minha avozinha deserdava-me pelo que vou dizer a seguir:), mas também me fartei de rir com a passagem. Até sublinhei a lápis e escrevi eheh, na margem.
Pelo contrário, duas amigas minhas não acharam grande piada, uma comentou "sinistro" e a outra "isto arrepia".

Quanto a mezinhas para manter a carninha tenra:), se alguns dos ingredientes não fossem um bocado difíceis de arranjar dizia-lhe para ir ao meu blogue anotar umas receitas.
Falando agora muito a sério, já experimentei uma, de um depilatório. A mistura deitava um cheiro nauseabundo, mas resultou.

ana b. disse...

Anfi:

Magnificos, os seus videos. Sobretudo o da Dolores Duran; adorei os beijos no final do video.

Anfitrite disse...

Ana,
Todas devemos ser femininas e feministas. A vida das mulheres tem sido muito difícil. Ela tem de ser sempre o fiel da balança.
A imagem da feminista aqui referida é a da portuguesa no estrangeiro. Pelo contrário, as que conheço são todas bem parecidas. Às que já referi juntem a Gisèle Halimi, que tem levado a vida a defender mulheres. Junte-se a Anaïs Nin, que sempre foi uma mulher liberta e linda e tantas outras. Se queimaram sutiâs foi um gesto de libertação. Até há quem não precise, se as tiver no lugar e no devido tamanho. Agora as frustradas e os armadilhados que o desconhecem, ou até se aproveitam, é que chamam nomes às mulheres que se impuseram, e dizem que todas elas subiram na horizontal.

Que se pode esperar dum país que levou a tribunal as três Marias, só porque escreveram um livro sobre os amores de uma freira?

E não foram as Marias que se viraram para o PC. Este é que se aproveita de qualquer movimento que lhe possa trazer notoriedade. As mentes abertas sempre foram associadas à esquerda, mas não propriamente ao espartismo do Pc. Pelo contrário, até se afastaram dele.


Condessa,

Obrigada. Eu tenho um livro antigo, mas é sobre etiqueta e boas maneiras. Nem sei onde ele se encontra.
Felizmente que a minha raça não me causou grandes problemas capilares.
Cuidado com os efeitos secundários das receitas.

Penicillin disse...

KIwi, nove de fruto e de ave que não se comem ou maracujá.

Penicillin disse...

kiwi

eu sou este disse...

teste

eu sou este disse...

mas não é para teste

andorinha disse...

Ana,

Estamos no mesmo comprimento de onda.


Condessa,

Mesmo assim vou lá espreitar...:)

eu sou este disse...

Andorinha, vamos ter eleições no blog?

Anfitrite disse...

Professsor,

Haverá algum problema com o blogue?
A Caidê pediu para avisá-lo que há uma semana que não consegue comentar no blogue.

Obrigada,

Anfitrite

Anfitrite disse...

Pedro e seus heterónimos,

Com tantas entradas não acha que está a valorizar muito o blogue?
É que ele já ultrpassou mais de um milhão de entradas.

Quanto à Risperidona, acho que não deve abusar. Eu já usei, mas se for de mais dá sonolência e pode criar habituação. Porque não expande essa criatividade na tela?

Boa noite.

pedro disse...

Experiência google.

pedro disse...

Bom Dia, Sem Gripes e Azedumes. Ganhei o Totobola.

pedro disse...

O Euro Milhões e foi quando entrei. Já o gastei todo.

pedro disse...

Bons Sonhos.

ana b. disse...

Cada vez me convenço mais que este blogue é um verdadeiro case study!

Um bom fim de semana para todos:):

http://www.youtube.com/watch?v=BOByH_iOn88

AMRSP disse...

Como dizia uma amigo meu "o leite frio e as torradas queimadas num pequeno almoço depois de uma noite de amor, não é um problema, o se for dpois de uma noite vulgar ou mal passada, carças, não é um problema e uma afonta, falta de respeito, falta de amor, etc. ,etc.." está tudo dito

Anfitrite disse...

Ana,
já não há mulheres destas.

Sabe que ela nos filmes usava sempre um acessório do Yves Saint Laurent?

Não se assuste porque de loucos e médicos todos nós temos um pouco.
Se algum mal eu fizer é com boa intenção.

Este blogue pode ser um caso de estudo. Mas há casos que nem rendem par a estearina que se gasta.

ana b. disse...

Anfi:

Não sabia. Achava até que ela se vestia habitualmente pelo Givenchy.
Também gostava muito dela. Para além de excelente atriz era lindisima e tinha imensa classe.
E descance que eu não estou assustada:)
Mas acho este blogue curiosissimo e muito interessante.Diferente de todos os outros que conheço.
Só uma coisa me desgosta: o tempo que me rouba à leitura. Desde que aqui ando que leio menos. É um facto.

Anfitrite disse...

Haverá por aí alguém que consiga rsolver o problema?
É que há pessoas que não conseguem entrar no blogue para comentar.
Eu sei que houve alterações no acesso à Google, há aí uma semana, mas não sei o que se passa?

Thora,

Será que sendo um barra não consegue explicar, ou resolver o que se passa?

Aceitam-se boas vontades. Deixem de ser egoístas.
Será que alguém está com inveja de tantas visitas?

BOM fim de semana

andorinha disse...

Esclareço desde já que entendo pouco disto, mas como tive um problema semelhante, não sei se a causa será a mesma.
Também não consigo comentar aqui há cerca de 5/6 dias através do IE. Quando escrevia um comentário e clicava para publicar surgia-me sempre um género de quadro a dizer para eu criar um blogue:)
Só consigo comentar através do Firefox, como estou a fazer agora.
Não sei se o problema será o mesmo.

andorinha disse...

Ana,

Não há mesmo razão para sustos:)
Isto é cíclico. Quando se cansam, desaparecem. É só não lhes darmos cavaco.

"Mas acho este blogue curiosissimo e muito interessante.Diferente de todos os outros que conheço."

Concordo. Mas a "culpa" é nossa, da maltinha que frequenta aqui o cantinho que o adoptou como a sua sala de estar, onde conversa com os amigos.

Também leio outros blogues - poucos agora - e são diferentes, sim; a malta comenta o post e está feito.

Aqui há muito mais interactividade, partilham-se para além de opiniões, filmes, livros, músicas, videos, por aí fora...
Daí o seu caracter único.
Eu entro aqui diariamente como se entrasse no meu café habitual onde tomo a bica todas as manhãs.
E noto quando alguns amigos não estão, sinto-lhes a falta, quase que uma ausência fisica...
E o "culpado" também é o Júlio que não se importa nada que lhe deixemos a casa toda em pantanas:)

E agora vou...

Helena disse...

Que bela frase!
MH

ana b. disse...

Anfi:

Há 4/5 dias atrás tive o mesmo problema mas depois ficou OK. Lamento não poder ajudar mas de computadores sou muito básica: é o mínimo indispensavel:)

Andorinha:

Não é caso para assustar, eu sei.
Mas inquieta, sem dúvida. A fronteira é por vezes muito ténua...

E porque Some like it hot:

http://www.youtube.com/watch?v=WQIvhotZSUw

Cê_Tê ;) disse...

Bom Carnaval! ;)

Anfitrite disse...

É uma partida de carnaval.
Não sei se já repararam que o blogue não está bom.
Nem temos música, nem o nosso anfitrião diz qualquer coisa. Acho muito estranho, porque já são comentários a mais. Será que a cria fugiu do controlo do criador?:)

Divirtam-se.

http://www.youtube.com/watch?v=g8tyya8HPQc

http://www.youtube.com/watch?v=_ieWwrmygbA

Anfitrite disse...

Ana,
já tinha colocado este vídeo aqui. Penso que não é do seu tempo, mas como é interessante e pode não conhecer, aqui vai. Foi a trovoada de hoje que me fez lembrar.

Anfitrite disse...

afinal não pus o link.
Também retiro o que disse num comentário anterior, sobre a música do murcon. Eu é que nã tinha activado o controlo ActiveX

http://www.youtube.com/watch?v=M7lmgNaVKRg

ana b. disse...

Anfi:

Fntástico!
Recordou-me este video promocional da Honda:

http://www.youtube.com/watch?v=KuAEIZJl_do

Caidê disse...

teste

Caidê disse...

Estou a publicar de Barcelona. Serà q vai dar...

Caidê disse...

Estou a publicar de Barcelona. Serà q vai dar...

Caidê disse...

Estou a publicar de Barcelona. Serà q vai dar...

ana b. disse...

Caidê:

Não me diga que é contagioso:)))

Murcons:

Preparem-se! Está a chegar o último Terrence Mallick:

http://www.youtube.com/watch?v=fLPe0fHuZsc

ana b. disse...

Anfi:

Espero que tenha visto o Camara Clara: A proposito dos 20 anos da morte do Gainsboug, revisitou a música francesa, com a ajuda do Sergio Godinho e da Cristina Branco.
Mesmo do seu agrado, tenho a certeza.A ver na net, caso o tenha perdido.

Princesa Isabel disse...

Moral da história:
o que uma simples frase pode fazer pela Comunicação :)