domingo, dezembro 23, 2012

For murconics only. Bom Natal:).

Os Amigos Os amigos amei despido de ternura fatigada; uns iam, outros vinham, a nenhum perguntava porque partia, porque ficava; era pouco o que tinha, pouco o que dava, mas também só queria partilhar a sede de alegria — por mais amarga. Eugénio de Andrade, in "Coração do Dia"

114 comentários:

cycle disse...

For Eugénio de Andrade only. Bom Natal ;)

Impio Blasfemo disse...

Porque parece que amanhã, véspera de Natal, vai chover, de Fernando Pessoa, aqui vai.

"Chove. É dia de Natal.
Lá para o Norte é melhor:
Há a neve que faz mal,
E o frio que ainda é pior.

E toda a gente é contente
Porque é dia de o ficar.
Chove no Natal presente.
Antes isso que nevar.

Pois apesar de ser esse
O Natal da convenção,
Quando o corpo me arrefece
Tenho o frio e Natal não.

Deixo sentir a quem quadra
E o Natal a quem o fez,
Pois se escrevo ainda outra quadra
Fico gelado dos pés. "

Bom Natal para todos
IMPIO

Fora-de-Lei disse...

Votos sinceros de Boas Festas para todos, reaças e portistas incluídos... ;-)

bea disse...

antes de ler mas com o natal no coração e para quem

http://www.youtube.com/watch?v=yN4Uu0OlmTg happy christmas (War is over)John Lennon

bea disse...

Fora de Lei :)

aprendo sempre contigo.
Bom Natal

andorinha disse...


Bom Natal, Júlio e malta:)

www.youtube.com/watch?v=U3YltnBjqZU

Jo ão disse...

;-)

Fragmentos Culturais disse...

'Não sei de onde vem esta bruma,
se dos meus olhos, se
do rio.'(...)

Eugénio de Andrade, Anunciação da Primavera 2, in Os Lugares do Lume

Boas Festas!

Jo ão disse...

Fragmentos Culturais,

Faltam as aspas;(

E feminino de génio! Qual é?

Jo ão disse...

Génia!

Jo ão disse...

Sim Caidê!

A palhaçada continua!

http://www.water-inside.com/2012/12/definition.html

Bons dias:).

Jo ão disse...

"Confirmação
Só vim ver se a tecnologia tinha funcionado..."

Autor desconhecido

Bartolomeu disse...

Professor; «for murconics only.» Uai???
Das note de aders, douse u are not murconics, disarve de uishe?
Is it abaut de crise, or yor soul is note big inafe to give oupe, caindnesse end frendshipe to everibodi.
(ai laike so mutche de part of the bodi... ite meiques me remember sutcher plesant things...
Happy Cgristma's for everibody!!!!
Ho! Ho! Ho!

A Menina da Lua disse...


A ALEGRIA e o carinho! sem dúvida tambem são os meus votos para este Natal e que o espírito de outros Bons Natais passados se mantenha igualmente este ano para vocês todos e vossos familiares e em especial para si Professor...:)

Beijinhos e FELIZ NATAL

https://www.youtube.com/watch?v=is8DrBsneVc

Cê_Tê ;) disse...

Para todos os votos de um Natal Feliz.:P

Para mim os Amigos quando "chegam" nunca mais "partem" talvez porque o se partilha entre Amigos é a alma.

Difícil mesmo é conhecer o verdadeiro sentido de partilhar- valor que não está cotado na bolsa!

Quando alguém que se julgava Amigo desilude de morte outro há sempre a velha adaptação do filme português
"-amigos, há muitos!, seu palerma!"

E siga a vida.

;)

Cê_Tê ;) disse...

(FDL, gostei de o "ver" e da atenção para os Portistas! ;D

Mais uns aninhos e está a enviar os votos de um Feliz natal pra homossexuais, pretos e ciganos ;))))))) Este café tem porcarias que nos afetam o cérebro.

Abraço virtual mas sem ser à moda da andorinha que é estilo "abafador" ;D


Moon disse...

Feliz Natal;)!

Lots of Kisses! Free, for now...

Try not to worry and be happy:)

driftin' disse...

Antes que perca a memória
das pedras do adro,
antes de o corpo ser
um só e quebrado
ramo sem água,
devolvei-me o canto
rouco
e desamparado
do harmónio na noite.

Mãe!,
desamparado na noite.


Eugénio de Andrade


...


Um bom Natal

A Menina da Lua disse...

CETÊ :)

"Mais uns aninhos e está a enviar os votos de um Feliz natal pra homossexuais, pretos e ciganos ;))))))) "

:))) Pois! o FDL arma-se em "durão da velha guarda" mas com casca fina...:)

E pronto! como estamos no Natal :) tambem tenho a dizer que vos tenho simpatia, a uns mais e outros menos e que por vezes tenho muito prazer em vos ler e até vos sentir por dentro...:)

Bom Natal

rainbow disse...


Feliz Natal para todos:)


Driftin'
Se não estou enganada, e tenho boa memória, a tua mãe estará sempre contigo.

FDL
Esqueceu-se de dizer, incluindo os homofóbicos:)

CÊ-Tê
Os amigos verdadeiros são poucos, e esses sim, são para sempre.

Andorinha e Bea,
Obrigada pelas músicas.
Abraço apertadinho.

Menina
Lindíssimo esse vídeo. Obrigada.

E agora vou pôr o barrete de mãe Natal:)
Abraços e beijinhos per tutti

http://www.youtube.com/watch?v=XVSmT4nNEkQ




Jo ão disse...

For Eugénio de Andrade only. Bom Natal ;)

Manuel disse...

Nem tudo vai mal no Natal… e na Igreja.

Bella Ciao depois da missa
http://youtu.be/_5koRYLKUbk

(e a melodia original, de origem Yiddish)
«Bella Ciao»
http://youtu.be/Bwr2RcRJpCw

(e a versão della Resistenza italiana anti-fascista da II Guerra)
«Bella Ciao»
http://youtu.be/4CI3lhyNKfo

(e a versão do coral do exército vermelho)
«Bella Ciao»: Russian Red Army Chorus
http://youtu.be/jTg_yVdBmOo

(e a versão em finlandês – muito mais bela do que se imaginaria)
«Bella Ciao»
http://youtu.be/VS8GIqjPVHM

Poema: Dia de Natal: António Gedeão

Hoje é o dia de era bom.
É dia de passar a mão pelo rosto das crianças,
de falar e de ouvir com mavioso tom,
de abraçar toda a gente e de oferecer lembranças.

É dia de pensar nos outros ─ coitadinhos ─ nos que padecem,
de lhes darmos coragem para poderem continuar a aceitar a sua miséria,
de perdoar aos nossos inimigos, mesmo aos que não merecem,
de meditar sobre a nossa existência, tão efémera e tão séria.
Comove tanta fraternidade universal.

É só abrir o rádio e logo um coro de anjos,
como se de anjos fosse,
numa toada doce,
de violas e banjos,
Entoa gravemente um hino ao Criador.
E mal se extinguem os clamores plangentes,
a voz do locutor
anuncia o melhor dos detergentes.

De novo a melopeia inunda a Terra e o Céu
e as vozes crescem num fervor patético.
(Vossa Excelência verificou a hora exacta em que o Menino Jesus nasceu?
Não seja estúpido! Compre imediatamente um relógio de pulso antimagnético.)

Torna-se difícil caminhar nas preciosas ruas.
Toda a gente se acotovela, se multiplica em gestos, esfuziante.
Todos participam nas alegrias dos outros como se fossem suas
e fazem adeuses enluvados aos bons amigos que passam mais distante.

Nas lojas, na luxúria das montras e dos escaparates,
com subtis requintes de bom gosto e de engenhosa dinâmica,
cintilam, sob o intenso fluxo de milhares de quilovates,
as belas coisas inúteis de plástico, de metal, de vidro e de cerâmica.

Os olhos acorrem, num alvoroço liquefeito,
ao chamamento voluptuoso dos brilhos e das cores.
É como se tudo aquilo nos dissesse directamente respeito,
como se o Céu olhasse para nós e nos cobrisse de bênçãos e favores.

A Oratória de Bach embruxa a atmosfera do arruamento.
Adivinha-se uma roupagem diáfana a desembrulhar-se no ar.
E a gente, mesmo sem querer, entra no estabelecimento
e compra ─ louvado seja o Senhor! ─ o que nunca tinha pensado comprar.

Mas a maior felicidade é a da gente pequena.
Naquela véspera santa
a sua comoção é tanta, tanta, tanta,
que nem dorme serena.

Cada menino
abre um olhinho
na noite incerta
para ver se a aurora
já está desperta.
De manhãzinha,
salta da cama,
corre à cozinha
mesmo em pijama.

Ah!!!!!!!!!!

Na branda macieza
da matutina luz
aguarda-o a surpresa
do Menino Jesus.

Jesus
o doce Jesus,
o mesmo que nasceu na manjedoura,
veio pôr no sapatinho
do Pedrinho
uma metralhadora.

Que alegria
reinou naquela casa em todo o santo dia!
O Pedrinho, estrategicamente escondido atrás das portas,
fuzilava tudo com devastadoras rajadas
e obrigava as criadas
a caírem no chão como se fossem mortas:
Tá-tá-tá-tá-tá-tá-tá-tá-tá-tá-tá-tá-tá.

Já está!
E fazia-as erguer para de novo matá-las.
E até mesmo a mamã e o sisudo papá
Fingiam
que caíam
crivados de balas.

Dia de Confraternização Universal,
Dia de Amor, de Paz, de Felicidade,
de Sonhos e Venturas.
É dia de Natal.
Paz na Terra aos Homens de Boa Vontade.
Glória a Deus nas Alturas.

driftin' disse...

rainbow

Boa memória?!... Diria que, às vezes, encontramos pessoas capazes de nos fazerem sorrir mesmo quando os dias se pintam de cinzento.

Um bom Natal para ti.

http://www.youtube.com/watch?v=eq0EWNuR1H8

Julio Machado Vaz disse...

Bart,
Significa apenas que o poema não vai para o facebook, é exclusivo do Murcon, a antiguidade é um posto:))))). Abraço.

Bartolomeu disse...

Ah!!!
Cuidei que fosse mais um efeito dos "cortes" e das "recessões", Professor.
Afinal... trata-se de uma exclusividade murcónica!
;))))
Receba também um abraço, repartível por toda esta "malta" maravilhosa!
Hô, Hô, Hô!!!
;))

andorinha disse...

Bom dia:)

Só venho deixar beijinhos antes do natal.

"Abraço virtual mas sem ser à moda da andorinha que é estilo "abafador" ;"

Estás-me a por de uma maneira que nunca mais vou conseguir dar abraços a ninguém...:(((
lol

Júlio,

A antiguidade e não só...
Convenhamos que este café é muito mais acolhedor que o pavilhão Atlântico:)


Fiquem bem, gente:)

Fora-de-Lei disse...

Cê_Tê ;) 11:00 a.m.

"FDL, mais uns aninhos e está a enviar os votos de um Feliz Natal pra homossexuais, pretos e ciganos ;)))))))"

Bolas... quem ler estas suas palavras até vai pensar que eu tenho alguma coisa contra os negros. Antes pelo contrário, até admiro (e venero) grandes figuras como, por exemplo, Nelson Mandela, Eusébio, Morgan Freeman, etc, etc.

gina henrique disse...

Um feliz Natal para si professor, e igualmente para todos independentemente da cor , género, raça ou outra coisa qualquer!!!
Um beijinho
Gina

bea disse...

Truz, truz truz...

olá, não sou o pai natal, mas podia :)

Senhor Professor
um bom natal para si e para quem o rodeia e lhe faz falta que à volta. E mais para quem quiser ou lhe apetecer.Um obrigada pelo único de colocar aqui só, um certo poema do Eugénio sobre os amigos. E que não entendo completamente, mas isso só o poeta podia acrescentar. E pronto. Já sabe, gostamos do ambiente. qual pavilhão atlântico qual o quê...

E que em todos nós exista um nadinha de nascimento de algo bom. E bora ir para a família. Alinhar ao fogão. Aos tachos!!! Ou ninguém come :))

Acho que ainda vou caçar um veado tenro. Ou então cinjo-me à nouvelle cuisine e ponho duas bagas no meio do prato com um molho vistoso e uma folhinha de agrião. E está feito!

Um beijinho. E muito calor ómano. E alma de criança.Faz falta.

té logo


muito calor ómano.

bea disse...

esqueci-me de uma coisa: esta é a noite por que espero um ano inteiro. Fico assim meia delicodoce, acho-lhe o ar diferente, as pessoas mais pessoas. E mesmo que seja só hoje, mesmo que, curto.

Pronto, gosto muito de vocês. Já disse.

Jo ão disse...

Anfitrite,

Tens uma prenda
No sapatinho

Vou fazer concorrência
Para o meu blogue

Anfitrite disse...

Feliz natal para todos aqueles que
são santos e para os que acreditam em contos de fadas. Mas atenção, ponham-se em guarda...

http://www.youtube.com/watch?v=_XHh_APvFoU&feature=player_embedded

Cê_Tê ;) disse...

Andorinha,LIVRA-TE de não haver BIS!!!!;)

FDL já cá não está quem falou ;P

(A letra parece o discurso do Relvas antes de ir para o poder!;): Ter boas notas sem estudar???
E depois...bonecas às meninas e bolas aos meninos??? E tocar nos dois pontos fracos do Pai Natal numa só tirada??? E como já não bastasse tudo acabar com o feriado do Natal??? Chiça!) ;)

bea disse...

Chove mesmo :))

Bom Natal com a chuva pingue, pingue no beiral.

Passou estamos exorbitantemente cansados???!

descansemos. à 27ª hora

Jo ão disse...

Só para murcorners!

Eurovision 1979 - Portugal

http://www.youtube.com/watch?v=XXgnmLDrPa0

rainbow disse...

Pois é, a maratona culinária já terminou. O barrete de mãe Natal já está guardado.
Thanks, but no thanks, ao discurso televisivo de quem nos ensombra.
Preferível as sombras dos que amámos, os laços que vamos criando, e os afectos por descobrir.

Uma grande senhora morreu hoje, mãe dum grande senhor:

http://www.youtube.com/watch?v=wb4RauhteFA

Bartolomeu disse...

É verdade rainbow; Caetano Veloso e Maria Bethânia ficaram mais pobres com a partida de Dona Canô.
http://www.youtube.com/watch?v=k7EQO3sA6Ls

bea disse...

Bom Dia!!!

Agora, como disse a Rain, depus minhas mãos de Natal que sustento ao fogão para família e amigos. Primeiro a família chega contente, alegre de uma noite juntos, os mais novos a gastar conversa e riso, lembram tempos de escola, professores comuns, cheios de histórias de hoje e ontem, a mesa sempre posta para a sua fome e gulodice. E o olhar sorridente dos mais velhos, orgulhosos deste mundo de vitalidade que nos sucede. E no dia de Natal os amigos com suas prendinhas pequenas e historinhas de época, a juventude à noite já desenfiada, mas ainda a copiar-nos, janta com amigos.

Depostas as armas, só agora, com tempo, estive a saborear os vídeos que aqui deixaram. À menina, Andorinha, Jo ão, Fora de Lei, Rain, Anfitrite (Anphy! bons olhos a vejam) e a belíssima recolha do Manuel d as versões do bella ciau - gostei de ver que nem sempre a igreja apoia o poder; e sim, a versão finlandesa é a mais poética. E se me esqueci de alguém, desculpinhas, foi sem querer.

Manuel
Bem haja. Muito grata por tudo que nos foi deixando ao longo do ano :). Pouco valho, mas se um dia precisar de mim, disponha.

Os poemas de António Gedeão têm aquele lado de sarcasmo desiludido sobre a espécie, que encontro na prosa de Miguel Torga, uma espécie de raiva contra o humano evitável,ou uma certa estupidez de quem pensa, dita com arte. A ambos me rendo também por me parecerem homens inteiros.
Obrigada.

E um bom dia 26 para todos nós:)

Manuel disse...

bea:
Não tem que me agradecer.
Basta-me que alguns (algumas) de vós gostem do que vos deixo.
Não tenho a pretensão de agradar a todos.
Gostou das versões da Bella Ciao?

Jo ão disse...

Manuel,

Gosto particularmente do seu nome
E isso basta-me

bea disse...

Manuel

Gostei muito :) disse antes.

Senhor Professor

tão bonito o que escreve no Face sobre o dia seguinte, o pós:) tanta gente que não pode nem quereria talvez pôr likes, que antes queria abraçar-nos suave, sorriso no olhar.
E ler o que disse valter hugo mãe acerca de Eugénio de Andrade. Julgo que os poetas, por fora, pessoas normais; só as palavras indiciam e suplantam. Penso que se tornem sorumbáticos querendo, esforçando-se para. Assim ninguém fica à espera que tirem um coelho da cartola, façam uma pirueta, lhes saia um pássaro na respiração. É que os outros às vezes cansam, impedem o ser de fluir. Digo eu que não conheço nenhum deles, excepto no que mais importa.

E um abraço também a Maria.

rainbow disse...


Bom dia:)

Bea
Aqui fomos poucos e quase nos esquecemos de trocar os presentes.Uma mãe e um filho que se vêem pouco têm que pôr a conversa em dia. Neste momento está dentro dum avião.
E o barretinho de mãe Natal não é metafórico:)

Bart,
É verdade. Dois grandes nomes da MPB ficaram mais pobres ontem. Linda a canção de Maria Bethânia.

Andorinha, migraste? Caidê, toi aussi?:)Anfi, que bom vê-la aqui!:)

Obrigada a todos pelas músicas.
E porque está Sol:

http://www.youtube.com/watch?v=_RtSu3woTKM

Abraços

Jo ão disse...

Ontem
Vi
Um
Arco
Íris
Mas
Não
Eras
Tu

Jo ão disse...

A
Antiguidade
É
Um
Posto

Onde
Fica

bea disse...

Rain

e não é bom um Natal onde mãe e filho põem a conversa em dia? que prendas são melhores que o entendimento mútuo? De certeza ficas bem de mãe natal :) Gosto de dar prendas. E dou. Mas há um facto particular neste gosto. É que as pessoas a quem mais dou e mais gosto de dar precisam delas, fazem-lhes falta. Esperam-nas para ver o que sai em cada ano. São carinho e atenção especial.

Sim, depois também existem as prendas que damos por gostar das pessoas, elas até não precisam senão do sinal de as não esquecermos. E, por isso, dar é ainda um bem e um gosto.

As de dar por obrigação, não dou. armo em mal educada :)

Obrigada pelo Christmas in the sand :)

Jo ão disse...

É
Bom
Saber
O
Que
Está
A
Acontecer
Beatriz
É
O
Pseudónimo
Que
Eu
Uso
Para
Dizer
As
Coisas
De
Outra
Forma

Jo ão disse...

Fica
Aqui
Uma
Fotografia
Com
Movimento
Espero
Que
Gostem
http://www.globalcad.org/index_se.php?ids=14&idi=esp&ord=2

Jo ão disse...

Tenho
Uma

Noticia
Que
Vai
Aumentar
O
Imposto
Dos
De
Enrolar

andorinha disse...

Já cá estou...:)

Rainbow,

"Preferível as sombras dos que amámos, os laços que vamos criando, e os afectos por descobrir."

Se mais não fosse, só por estas palavras já teria valido a pena vir aqui. Assino por baixo!

Gostei de "Christmas in the sand".
Ainda não perdi a esperança de passar um Natal no hemisfério sul:)))


Bea,

Também gosto de dar prendas. À família e aos amigos. Claro que também gosto de receber, mas há um prazer muito especial em dar.


www.youtube.com/watch?v=5_QAFQmHKOY

Inté...

Jo ão disse...

Se
Os
Dois
Querem
Dar
Qual
Deles
Vai
Receber

Se
Forem
Flatulências

bea disse...

estás variando.decerto.

tenham uma boa noite.

Jo ão disse...

Ando
Com
Ou
Sem
Avaria

Jo ão disse...

Pedologista

Anfitrite disse...

Divirtam-se com o burlesco da nossa realidade. Já não têm idade para acreditar no menino jesus.

http://corporacoes.blogspot.pt/2012/12/o-burlao-voltou-aparecer-na-televisao.html

Anfitrite disse...

http://www.jornaldenegocios.pt/economia/ajuda_externa/detalhe/riscos_fora_do_controlo_de_gaspar_aumentam_em_2013.html

Jo ão disse...

Lembrei
Da
Musica
Ó
Onda
Rebola
Na
Areia

Jo ão disse...

Pois
Terra
É
Sim
Senhora
Sol
E
Senhor
Lua
Uma
Boa
Noite
http://1.bp.blogspot.com/-b0Hmt1ZDPaI/UNurUQ6DoyI/AAAAAAAAILM/vMv5z69eY1U/s1600/DSC_0107.png :)

bea disse...

Bom Dia. portem-se.

Jo ão disse...

Hoje
Com
Portem
Se
Um
Dia
AbeLaRDO
http://4.bp.blogspot.com/-NEdjOWZ6IDs/UNxLqaDuiJI/AAAAAAAAIMY/XosSr8M3Wc8/s1600/DSC_0125.png

andorinha disse...

Boa noite. Portem-se.

bea disse...

pois, pois, portem-se :))

Jo ão disse...

Para
Os
Autores
Desta
Bosta
Aqui
Fica
Baba
De
Camelo
:).

Anfitrite disse...

Será isto um País? Sentem-se felizes com a compaixão de quem nos delapida? Como é possível ninguém se indignar? Ainda estão a deleitarem-se com os presentes?

http://jumento.blogspot.pt/2012/12/e-o-parlapatao-e-so-o-pacheco.html

Jo ão disse...

"Ó tempo volta para trás"

"As eleições legislativas portuguesas de 2005 realizaram-se a 20 de Fevereiro de 2005, e delas resultaram a vitória da maioria do Partido Socialista, liderado por José Sócrates, o que levou à formação do XVII Governo Constitucional de Portugal."

E uma esmagadora maioria de esquerda:)

9:27 p.m.

Jo ão disse...

PSD
PSD
PSD
► 2012 (120)
► 2011 (107)
► 2010 (95)
► 2009 (80)
► 2008 (103)
► 2007 (243)
► 2006 (375)
► 2005 (314)
DESDE
2009

Anfitrite disse...

http://www.jornaldenegocios.pt/mercados/detalhe/administradores_das_cotadas_acumulam_cargos_em_132_empresas.html

Jo ão disse...

Tenho dito:P

andorinha disse...

Paul Young - Everytime you go away

www.youtube.com/watch?v=5YA9nUwLmLI

Ouvi do outro lado e trouxe para aqui:)

Fiquem bem.

João Pedro Barbosa disse...

Ó comentário aqui de cima!

Prefiro perder uma amiga
Que uma namorada

Fique com o meu correio de voz
Como não vou responder

Fico a par das novidades
eondoic@gmail.com

bea disse...

Anphy

não seja cínica. Bem sabe que os portugueses salvo as devidas e não honrosas excepções, tiveram poucos presentes, temem o que por aí vem, vêem-se cercados de todo o lugar e sem uma aberta. A uma certa letargia nata junta-se o espanto bovino de tanto mau caráter e desfaçatez. Oiço e penso que ouvi mal. Burrice e incompetência arvoradas em bem nacional, nunca tinha presenciado. E é tudo no mesmo tempo: um presidente gagá, um governo imberbe, mal formado, oportunista e sem carácter, os americanos a deixar as Lajes, a lontra da madeira que come mais que um zoológico inteiro. E nós, povo, a aguentar, sem sequer nos queixarmos. Parece que bem uns para os outros. Caramba.

PS: tb simpatizei com o Pacheco. gostei imenso de vê-lo no meio dos doutos senhores. e talvez ele tenha razão, o povo gosta do fogo de artifício. Distrai-se a olhar para o ar.

bea disse...

Jo ão

que é aquilo das 10:13?

João Pedro Barbosa disse...

Só sabe quem lá esteve!

João Pedro Barbosa disse...

Aparece e vês o que te acontece.

João Pedro Barbosa disse...

Essa pessoa com nome que não podemos pronunciar ou Flor

Tanto amor
Acaba
Por matar

Deveras
Satisfeitos
Com o fim

João Pedro Barbosa disse...

Porque todos os comentários depois deste, não merecem respeito...

João Pedro Barbosa disse...

"Querem mais ou com mais molho?"

bea disse...

Para quem não tenha visto. ainda.

Quando li a crítica de “Amour” fiquei com a sensação de um filme cheio de morte, cinzento, um pouco desmotivante, onde o amor quase um sarcasmo. Talvez tenha deixado a imaginação dominar a leitura porque não foi o que vi. Primeiro encontrei algo que tinha perdido: a certeza de que dois mundos podem estar próximos e até entrelaçados sem que haja mistura de um no outro. Lembrei o tempo em que a morte quase nos toma para si, o corpo a desistir, fechado em silenciosa inanição do eu inteiro; e a vida a serpentear em redor, sem valor. Dois mundos. Assim o mundo da filha e daqueles dois velhos. A velhice tem um ritmo que só outra velhice entende.

E ali encontrei amor, sim. Do bom. Até quando ela morre porque ele a asfixia. Cativou-me a forma como na doença se encontravam, como conversavam já sem conversa, a relembrar canções infantis. Como se ele a persistir em encontrar todos os resquícios de consciência dela, a puxar por linhas tão breves, tracejados quase transparentes, que esbatiam em aceleração contínua.

A crítica afirmava também que os pombos entravam na casa para significar a falta de vida nela; dizia que os pombos volteiam em casas velhas e abandonadas. Contudo, pensei apenas que apanhara a pomba para sentir nas mãos a agitação da vida, misteriosa e aliciante presença que nos envolve enquanto vivos e conscientes. E não se pode interromper o ser de casa coisa, a pomba era de voar.

E sorri quando o ator diz à filha “O chá está pouco quente, mas vai fazer-te sentir melhor”. É banal. Mas creio que todos os velhos entendem que é uma verdade. Até os que não gostam de chá :))

João Pedro Barbosa disse...

bea,

vaz bons sonhos...

João Pedro Barbosa disse...

https://www.youtube.com/watch?v=VN19E208T0s

andorinha disse...

Bea,

Eu ainda não vi mas quero ver. Não te ponhas a contar o filme todo...:)))

rainbow disse...


Vislumbre

Não precisas dizer-me que a vida é um absurdo. Sei-o.
Mas se a certeza da morte nos obrigar a olhar o mundo
com olhos de ver?
Se ela nos empurrar para o vislumbre da vida!
O vislumbre do milagre da vida,
sem fé nem religiosidade.
Se nos fizer olhar o céu azul com imensa gratidão.
Se nos fizer contemplar o mar
com a convicção de que um dia
deixaremos de o contemplar para sempre.
Se ela nos libertar das sombras,
por uma quase excêntrica fé
em nós mesmos,
E nessa fé tivermos a ousadia
de quebrar regras, de voar?
Como uma criança que brinca com uma balão, sabendo que ele vai rebentar.
Como olhar a neblina que passa,
sabendo que ela se vai dissipar.
Deixa-me fazer de conta,
Deixa-me sonhar.


Andorinha

"Ainda não perdi a esperança de passar um Natal no hemisfério sul:)))"

Era uma vez...Não. Há muitos e muitos anos, no tempo em que os animais falavam:) passei um Natal na África do Sul. Estava um lindo dia de Verão. Et voilà!:)

Bea

" A uma certa letargia nata junta-se o espanto bovino de tanto mau caráter e desfaçatez."

Sublinho a desfaçatez e acrescento arrogância.

Anfi

No mínimo surrealista a mensagem de PPC no FB, depois da mensagem televisiva. Apetecia responder, e agradecer-lhe a "sinceridade" e a "solidaridade", pela utilização do plural: nós.
As melhoras, e um abraço:)

Beijinhos per tutti

http://www.youtube.com/watch?v=tLCRUWCETK4


andorinha disse...

Rainbow,

Ah gandapoeta:)

Mas não me fales em dias de verão...Nunca mais chegam...:))))

www.youtube.com/watch?v=PrEAr98m8GE

Caidê disse...

Meninos do rio ( Murcon) :)))!

Cheguei! (Cheguei, Rain!)

O Monte que não é Branco estava verde. Não fiz árvore de Natal porque assomava à la fenêtre e tinha logo dois pinheirinhos mansinhos.

O meu Menino Jesus também esteve comigo e bem que pusemos a escrita au point qu'il faut e a cinematografia aussi. Big sofá! Lareira quente!

Mundo virtual não havia, só a certa altura quando se ouviu estri-al-dente o discurso do Pedro. (Ou Pedro é só pró Face? Espero não estar a acometer um erro de etiquette.)Mas se há coisa que eu vou fazer para os votos do Novo Ano é pedir amizade ao Pedro (no Face diz-se assim).

Anfy
Já vi uns links para abrir. Me aguarda...

João
Salut!Amanhã mergulho. E comment!

Hoje tenho as maletas para desfazer.

Andorinha
Os teus abracinhos são bombons. Deixa dizerem :)))

Moon
Hoje tá cheiinha! Eu gosto de luz.

Bea
Nós cá somos de lençóis.
Se não perceberes é lá cuntigo. Juro que não vou traduzir. :)))

E soninhos de criança para todos:
http://www.youtube.com/watch?v=UgiHaKdr46M&feature=youtu.be


João Pedro Barbosa disse...

Cycle,

Recycle!

João Pedro Barbosa disse...

BS

Não Mude!
Troique!

E os bons alunos
Também fazem bons professores

João Pedro Barbosa disse...

Caidê,

Bons cafunhos, mergulhos mas não batas no fundo!

Uma feliz manhã e uma próspera boa tarde são os meus sinceros votos.

João Pedro Barbosa

bea disse...

Bom Dia!!! Chuvinha da boa!

obrigada por tão linda a música.

Vi outro filme:) que ponho em dia apenas. Mas encontrei que bem interpretado. E uma perspetiva diferente da vida nas escolas. e dos professores. que, afinal, são sempre muito além disso e transparece em sê-lo. Gostei. Em todos os professores encontrei o mesmo: um lado de sonho por onde caminham; os mais jovens ainda a querer mudar o mundo; os outros sabendo já que não, a aguentá-lo como podem, com as armas que encontram. E tão frágil o mundo que construímos. tão frágil. Julgo que foi o que mais gostei, a eterna beleza do frágil. E Adrian Brodi no meio daquilo não me pareceu nenhum deles, estava tão para lá, que um deus ali. Terei de pensar melhor.

Bom dia

bea disse...

esqueci o nome: Détachment (2011)

bea disse...

Caidê

não entendi, pois não:) Mas ser de lençóis à partida é bom. Dorme-se melhor.

rainbow disse...


Bom dia com chuva!

Andorinha

"A Porta para o Verão"

"Num Inverno pouco antes da Guerra das Seis Semanas o meu gato, vivia comigo numa velha casa rústica (...)O inconveniente era que a casa tinha onze portas para o exterior(...)
Ele tinha a ideia de que pelo menos uma dessas portas devia conduzir ao Verão.Isto significava que de cada vez eu era obrigado a acompanhá-lo a cada uma das onze portas, mantê-la aberta até ele se convencer de que por ali também era Inverno lá fora(...)
Robert Heinlein

Caidê
Welcome back, sister!:)

Bom fim de semana para todos

http://www.youtube.com/watch?v=7RZPUCmarWY

andorinha disse...

Bom dia:)


Bea,

Também quero ver esse. Mas tanto um como outro não estão aqui nesta terreola, tenho que ir à Inbicta e ainda não se proporcionou. Mas penso ir antes de começar a labuta.:)
Já pensava e com estas tuas indicações, reforcei o pensamento...:)


Rainbow,

Já conhecia. E já me convenci que tenho que esperar...:)

www.youtube.com/watch?v=yGC29fn8JFU

Inté...

Manuel disse...

Boas músicas (a propósito dos 82 anos que Ferrat faria):

«Que serait je sans toi?»: Jean Ferrat
http://youtu.be/I1lqm5g4RsA

«La femme est l'avenir du monde»: Jean Ferrat
http://youtu.be/kqreS7KXP7k

«Que c'ést beau la vie»: Jean Ferrat
http://youtu.be/lklP95xIEpo

«Tu aurais pu vivre encore un peu»: Jean Ferrat
http://youtu.be/THYEWzbBV30

andorinha disse...

Jovem indiana faleceu depois de ter sido violentamente agredida e violada. Há na Índia grupos que pedem a pena de morte para os selvagens. Se calhar vou chocar alguém, mas o sentimento que me assalta neste momento é o de total concordância.
Desculpem, mas não consigo dizer mais nada...

http://www.publico.pt/mundo/noticia/policia-indiana-apela-a-calma-depois-da-morte-da-jovem-vitima-de-violacao-1578940#/0

Manuel disse...

Recordando Paulo Rocha e Carlos Paredes.

«Verdes Anos»: Carlos Paredes
http://youtu.be/lkQhaXi0ACw

Impio Blasfemo disse...

Estive a ver o Eixo do Mal
porque isto vai mesmo ficar mal
e, no final,
veio a música,
para deixar de pensar no Gaspar,
que só dá azar,
ou azia,
desde o raiar da manhã ao final do dia.
E, já agora,
por ora,
vamos de lambreta,
mas no final,
sem “metal”,
só de carreta,
e não por ser forreta,
mas por não haver cheta,
para pagar o funeral.


http://letras.terra.com/antonio-zambujo/lambreta/
Lambreta
António Zambujo
Vem dar uma voltinha na minha lambreta
Deixa de pensar no tal Vilela
Que tem carro e barco à vela
O pai tem a mãe também
Que é tão tão
Sempre a preceito
Cá para mim no meu conceito
Se é tão tão e tem tem tem
Tem de ter algum defeito
Vem dar uma voltinha na minha lambreta
Vê só como é bonita
É vaidosa , a rodinha mais vistosa
Deixa um rasto de cometa
É baixinha mas depois
Parece feita para dois
Sem falar nos eteceteras
Que fazem de nós heróis
Eu sei que tenho estilo gingão
Volta e meia vai ao chão
Quando faz de cavalinho
Mas depois passa-lhe a dor,
Endireita o guiador
E regressa de beicinho
Para o pé do seu amor
Vem dar uma voltinha na minha lambreta
Eu juro que eu guio devagarinho
Tu só tens de estar juntinho
Por razões de segurança
E se a estrada nos levar
Noite fora até mar
Páro na beira da esperança
Com a luzinha a alumiar
E deixar de pensar no tal Vilela
Em que tem carro e barco à vela
O pai tem a mãe também
Que é tão tão
Sempre a preceito
Cá para mim no meu conceito
Se é tão tão e tem tem tem,
Tem que ter algum defeito
Se é tão tão e tem tem tem,
Tem que ter algum defeito
Se é tão tão e tem tem tem,
Tem que ter algum defeito ...

Bom Ano


IMPIO

Caidê disse...

Manuel eÍmpio
Gostei!

E como hoje já é amanhã, volto depois.

Mas antes:
http://www.youtube.com/watch?v=CM6ooVgsWVk

Caidê disse...

Dorminhocos! :)))

Manuel disse...

Não deixem de ver o vídeo (apesar da má qualidade do som). E de seguir o poema.
Belo retrato da realidade social, dos costumes e dos relacionamentos, no Portugal dos anos 60.
Maravilhoso.

Filme Verdes Anos - Paulo Rocha (1963)
http://youtu.be/Hk2eAcVOhD8

Poema Verdes Anos - Pedro Tamen

Era o amor
que chegava e partia:
estarmos os dois
era um calor
que arrefecia
sem antes nem depois…
Era um segredo
sem ninguém para ouvir:
eram enganos
e era um medo,
a morte a rir
nos nossos verdes anos...

Teus olhos não eram paz,
não eram consolação.
O amor que o tempo traz
o tempo o leva na mão.

Foi o tempo que secou
a flor que ainda não era.
Como o Outono chegou
no lugar da Primavera!

No nosso sangue corria
um vento de sermos sós.
Nascia a noite e era dia,
e o dia acabava em nós…

O que em nós mal começava
não teve nome de vida:
era um beijo que se dava
numa boca já perdida.

Anfitrite disse...


Para todos um Arco-Íris de Esperança, que leve para longe todo o mal que nos rodeia.

http://www.youtube.com/watch?v=5lndoewNiI0&NR=1&feature=endscreen

BOM ANO!
♫♫♫♫♫♫

rainbow disse...


Boa noite:)

Obrigada ao Manuel pelas músicas de Jean Ferrat, adorei "Que c´est beau la vie", muito bonita, e pelo poema "Verdes Anos". Obrigada ao Ímpio pelo seu poema e pela letra de António Zambujo. Obrigada à Caidê pela canção da Laura Fygi. Obrigada à Andorinha pela canção de Rita Coolidge, Obrigada à Bea que me fez ver o filme "Détachment", and the last, but not the least, à nossa Anfi, pela magnífica versão de Mireille
Mathieu e Josh Groban de "Somewhere over the rainbow".

Fiquem com esta:

http://www.youtube.com/watch?v=xGbnua2kSa8

Um grande abraço a todos

Caidê disse...

Amigos daqui deste espacinho,

Hoje é o dia de vos agradecer pela cumplicidade, pela ternura e pelo disparate de mais um ano a fio.

Hoje é o dia de me considerar desculpada pelas inocentes derrapagens (quiça menos felizes)que haja aqui postado ou pelo que possa ter parecido pouca atenção a alguns comentários vossos - a vida foge-nos às vezes como folha velha de calendário e lá vamos nós vida fora fazendo calendário.

Não vou postar nenhum lençol. A versão é curta desta vez.

Um obrigada especial para o nosso anfitrião de quem em comum gostamos.

Deixo o mimo para o soninho, pode?

http://www.youtube.com/watch?v=__rruTlr4EU

Agora só volto no novo post. Se não nos virmos por aí, tenho de vos garantir que desejo muito que tenham mil e uma razões nas vossas vidas para ir desfraldando uma vida bonita o que só podem fazer se amarem, claro está. É que O Amor é ... é todos os dias.


bea disse...

Bom Dia!!!

Bom Último Dia do Ano…

porque a seguir são todos novinhos em folha :) e juro que não sei se seria bom que fossem, se nos adaptávamos ao tudo novo. Ou soçobrávamos na novidade, desamparados de gestos e olhares, de objetos e situações a que aprendemos a responder. E nos descansam e dão tempo para pensar e viver o que aparece e é menos conhecido. Que para o desconhecido estamos desarmados.

E agora vou sentir o tanto bonito que ontem semearam. Afasta-se a gente e vocês afanosos, a plantar. Uma florita aqui, um arbusto ali, uma moita acolá. Sim senhor, apesar de não haver sol, está-se bem. Parabéns a quem ajeitou a terra, plantou, regou, tirou as folhas velhas e os papeis do chão. Ah, e não esqueceu este banquinho, decerto pensando em quem gosta e precisa de descanso. Que bem que se está no campo!

a sério: um dia bom para todos

A Menina da Lua disse...

E pronto já estamos no final do ano e a vida é um sopro como dizia o Niemeyer. Saibamos então vivê-a:)

Aqui fica um poema do Jorge de Sena que mostra bem a sua evidência:

"Deixai que a Vida sobre Vós Repouse

Deixai que a vida sobre vós repouse
qual como só de vós é consentida
enquanto em vós o que não sois não ouse

erguê-la ao nada a que regressa a vida.
Que única seja, e uma vez mais aquela
que nunca veio e nunca foi perdida.

Deixai-a ser a que se não revela
senão no ardor de não supor iguais
seus olhos de pensá-la outra mais bela.

Deixai-a ser a que não volta mais,
a ansiosa, inadiável, insegura,
a que se esquece dos sinais fatais,

a que é do tempo a ideada formosura,
a que se encontra se se não procura.

Jorge de Sena, in 'As Evidências'

UM BOM ANO de 2013 para todos e obrigada pela parte que me cabe dos vossos simpáticos comentários...

Um abraço em especial para o Professor.

bea disse...

Um obrigada grande a todos por músicas e videos escolhidos. Thank's

Rain

“Rain drops” (mesmo já conhecido, andorinha) é muito bonito. Puseste de novo a porta para o verão... mas a gente às vezes morre sem acertar com a porta. E outras vezes outras coisas. Tudo por causa dos gatos :)

Andorinha

Deves ver:) Também gostei de Blue Valentine

a canção da Rita Coolidge foi, na época, uma das minhas preferidas. E afinal agora aqui no youtube sem mais nem quê, com letra e tudo. E não evito uma saudade do tempo em que a cantava sem ter ideia do que dizia – os bocados que cantava eram mais inventados que ouvidos. Ia por melodia e voz.

Índia - Sobre a manifestação contra a violação coletiva da estudante indiana que viajava num autocarro e que condensa a falta de respeito pelos direitos humanos, preocupa-me ter lido isto:

“A revolta é expressão de um processo social mais profundo que vive este país asiático. A Índia, depois da luta pela independência do Império Britânico, permanece subjugada por uma corrupta elite, na qual se destaca a dinastia Gandhi. Apesar de ser considerada, pelos demagogos da imprensa mundial, a maior democracia do planeta, é um local onde os direitos humanos são sistematicamente violados, sejam eles direitos laborais, humanos ou das inúmeras etnias que formam esse enorme pais.”

proposta minha:

Violadores: Cortar-lhes o pénis às fatias e dar aos cães a comer.

Dinastia Ghandi: Prendê-los e desterrá-los para um dos lugares mais pobres da Índia; obrigá-los a trabalhos forçados e comunitários durante 10 anos, com pagamento de ordenado mínimo a acumular para quando terminassem a pena. Distribuir os bens actuais pelos pobres.
(não devia julgá-los, mas estas coisas assentam-me muito mal, dá-me logo para castigar.)

bea disse...

Manuel

Sou suspeita porque gosto do francês, o que não é sinónimo de facilidade na conversação. E Jean Férrat me lembra uma amiga que o prefere :)

Paulo Rocha e Carlos Paredes :) e penso que o tempo vai esboroando as nossas paredes e a casa do vazio alarga, alarga. Fica a memória dos passos, a que nos deixaram e é de ver ou ouvir. Mas não deixa de ser estranho, porque são quem já nada acrescenta. Plantados no imutável, são e não são companhia. E não é a mesma companhia. Não é a mesma.

“Verdes anos” e a gente desvanece com o que era um namoro, dançado dentro do espaço traçado por cadeiras vazias. Com as conversas :) Não devem ser assim as de hoje. Mas talvez que o mesmo enleio se o sentimento igual.
E Pedro Tamen é um bom poeta.

Ímpio :))

Gosto quando diz “...páro na beira da esperança”
http://www.youtube.com/watch?v=mRkQ3-msDKM
Antonio Zambujo Lambreta

Caidê

“Historia de un amor”, é forte.

Anphy

Tão bonito o arco iris que deixou! Josh Groban e Mireille Matieu seriam uma dupla improvável. E afinal tão bem :) Oxalá nos ilumine durante o ano. Oxalá.

Vá... uma forcinha para ajudar a Alá :)


Senhor Professor

Obrigada pelo espaço que nos dá. E que no próximo ano que é amanhã já, seja ainda nosso professor. Que o é sempre: nas conversas com a Inês de Meneses, ou noutras que vá tendo por aí. Uma vez ouvi-o dizer que o que mais gostou foi ser professor. Só não entendi por que razão usa o passado. Tem vocação de ensinar. Dom. Ainda não percebeu?! Ora bolas.

e um xi-coração para o professor.

Todos: Brindemos à vida que não pára e é uma evidência, diz Jorge de Sena. Obrigada, doce Menina. pelo único de "deixai-a ser a que não volta mais"

Vou ao ballet :) para dançar ano inteiro. Fiquem bem.

A Menina da Lua disse...

Obrigada Bea:)

Claro que quando digo que vos gosto de ler, uma das leituras é sem dúvida as da Bea! mas principalmente o que noto comum a grande parte das pessoas que por aqui passam é que a todas à sua maneira, lhes assiste um sentido de humanidade...Isso é bonito! e penso que é, para alem do Professor, o que realmente nos une! :)

Aqui fica esta musiquinha:

So Many Stars ...So many dreams e que em 2013 saibamos bem quais os sonhos importantes a tornar realidade... E já agora façamos por isso!:)
BOM ANO!

https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=LlKZRqsZy0o

João Pedro Barbosa disse...

Os melhores copy/paste para 2012!

http://3.bp.blogspot.com/-o2wIsCVoG9Y/UOGw4MzUo4I/AAAAAAAAARs/gdnUoCcuMk4/s1600/DSC_0142.png

Uma boa noite para todos!

Bartolomeu disse...

Uns post's atrás veiculou-se a ideia de um encontro murcónico em Lisboa, com almoço ou jantar, para dia 5 de Janeiro.
No meu calendário, esse dia é já no próximo sábado.

andorinha disse...

De fugida...

Venho dizer o que já sabem: que gosto muito de estar aqui, que gosto de vocês, que "amo" alguns.

Bom Ano para todos. Aqui estaremos a partilhar conversas e afetos. A vida é mais saborosa assim:)

E já lá vão quase oito anos, gente!:)))

Portem-se mal que é o que tenciono fazer:) Mas se beberem, não conduzam. Ou se conduzirem, não bebam (o que é mais complicado...)

Vemo-nos em 2013.

João Pedro Barbosa disse...

O Cafeina é um bom ponto de encontro! Principalmente na esplanada:

http://e-o-n-d-o-i-c.blogspot.pt/#!/2012/12/blog-post_31.html

João Pedro Barbosa disse...

Mas as boas tradições! São para se manter! Na Castanheira ou à porta! As senhoras primeiro! 2012-2013

andorinha disse...

Pedro,

Já te fui visitar e gostei do que vi, artista:)

Quanto às tradições, as boas são para manter, concordo contigo.

Beijinho doce, miúdo doce:)

Agora bou...

Pedro disse...

Andorinha,

Doce com doce se paga:)

João Pedro Barbosa disse...

Predestinadas É Predestinados É Que Não Falta