quarta-feira, maio 29, 2013

Celine Dion - Open Arms Las Vegas 2011 HD


57 comentários:

rainbow disse...

http://www.youtube.com/watch?v=MNPobVi33to

Um abraço per tutti:)

andorinha disse...

Bela voz...e belo vestido:)

Quanto ao Amor é...de hoje, concordo consigo. Se/quando a crise passar, voltamos ao mesmo, não haverá alteração de hábitos.
Quando se corta na alimentação e não nos smartphones está tudo dito:(

Pedro Barbosa disse...

bea,

O telefones inteligentes, fazem coisas incrivéis como que para enganar a fome!

Pedro Barbosa disse...

Meus palhaços! Não dão a cara nem o nome? Andam a mamar à custa do outro.

Moon disse...

Lovely...
Esperemos que seja ouvido.

Bartolomeu disse...

sta rapariga, desde aquela coisa do Titanic, adquiriu um certo explendor de sereia.
Como adoraria escama-la...

Pedro Barbosa disse...

Moon,

As estrelas do céu, enchem-me as medidas!

Bartolomeu,

Depois da escama da Santa Senhora, regressavas ao Elefante Branco, com uma mão à frente e outra atráz. nâo esqueçendo que á peixe que não se escama outros que tem que ser esfolados para abrir os filetes.

Mas prontos! É Celine é a Celine!

Pedro Barbosa disse...

"O que nasce torto / Tarde ou nunca se endireita"

http://3.bp.blogspot.com/-Er1GjSNJ4pE/Uacsb5CI9LI/AAAAAAAABUY/3AMQ_4fOlSs/s1600/DSC_0089.JPG

andorinha disse...

Em Louvor das Crianças
Se há na terra um reino que nos seja familiar e ao mesmo tempo estranho, fechado nos seus limites e simultaneamente sem fronteiras, esse reino é o da infância. A esse país inocente, donde se é expulso sempre demasiado cedo, apenas se regressa em momentos privilegiados — a tais regressos se chama, às vezes, poesia. Essa espécie de terra mítica é habitada por seres de uma tão grande formosura que os anjos tiveram neles o seu modelo, e foi às crianças, como todos sabem pelos evangelhos, que foi prometido o Paraíso.
A sedução das crianças provém, antes de mais, da sua proximidade com os animais — a sua relação com o mundo não é a da utilidade, mas a do prazer. Elas não conhecem ainda os dois grandes inimigos da alma, que são, como disse Saint-Exupéry, o dinheiro e a vaidade. Estas frágeis criaturas, as únicas desde a origem destinadas à imortalidade, são também as mais vulneráveis — elas têm o peito aberto às maravilhas do mundo, mas estão sem defesa para a bestialidade humana que, apesar de tanta tecnologia de ponta, não diminui nem se extingue.
O sofrimento de uma criança é de uma ordem tão monstruosa que, frequentemente, é usado como argumento para a negação da bondade divina. Não, não há salvação para quem faça sofrer uma criança, que isto se grave indelevelmente nos vossos espíritos. O simples facto de consentirmos que milhões e milhões de crianças padeçam fome, e reguem com as suas lágrimas a terra onde terão ainda de lutar um dia pela justiça e pela liberdade, prova bem que não somos filhos de Deus.

Eugénio de Andrade, in 'Rosto Precário'
P.S. Ou, para os crentes, Lhe virámos as costas…

Trazido do outro lado. Porque é sublime! E porque tal mensagem devia ser espalhada e divulgada em todos os lugares deste mundo injusto e cruel, que estamos cada vez mais, a criar.

Continuação de boa quinta. Vou arejar. I have to....:)

Pedro Barbosa disse...

bea,

Você faz cada numero!

Anfitrite disse...

Bart,

E ela adoraria, porque gosta de homens mais velhos. Aos 12 anos já estava apaixonada por um homem de 38, que viria a ser seu agente e marido. Mas acho que lhe foi fiel.
Até fez fertilização in vitro, para conseguir ter filhos.
Não fale em preços que é chato. Há as que saiem muito mais caras e passem por grandes damas aqui nas revistas.

Pedro,

Como eu gostaria de ser metade como tu. Tão sucinta e tão precisa a escrever. Isso deve ser por estares habituado a dar muitos shotes na máquina, para escolheres só um. Tá um pouco contraditório, não está? Parece o outro que a escorregar trepa!

Andorinha,

Já agora gostava de saber qual é a tua comissão. É que levar quatro vezess com a mesma coisa é de mais. Depois ainda há a publicidade ao programa...foi para isso que o anfitrião começou a usar o FB. E não estás a ser nada coerente!


A música a seguir lembro-me este filme:

http://www.youtube.com/watch?v=tBP5oL6R6bo

E para todos os bobbys que já se foram incluindo o Darin, só com 36 anos

http://www.youtube.com/watch?v=PWhLE7T1cRo&feature=player_detailpage

Que também cantava Younger men neste filme

http://www.youtube.com/watch?v=8GJe2DD2I9A


Isto é em especial para a rain


Fiquem bem que eu vou esconder-me do sol.

Bartolomeu disse...

Peter, my friend;
escamar uma sereia como a Celine, é tarefa que requer toda a maestria e saber. Além de que, deve ser executada com a máxima atenção e dispensa de todo o tempo e carinho pela arte.
Assim, quer o escamador como a escamada, nunca daríam a tarefa por concluída, restando sempre uma escaminha num local mais recôndito, ou então, escamas novas que nasceriam durante o decorrer do processo de... es cama mento... minto... manto.
Bahhh!

Bartolomeu disse...

Agradeço-te a novidade Anphy.
Mas comigo, mesmo sendo mais velho, a Celine pouparia dinheiro e ganharia tempo. In vitro... só se ela preferisse ser inseminada num aquário, que é como quem diz, numa piscina feita em vidro.
Se soubesses como aprecio fertilizar na piscina... na praia, no rio... aquilo que lemento, é não possuir guelras. Mas pronto, tenho outros apetrechos que substituem as guelras...

bea disse...

Pedro

(2:31) não entendi; desconheço telefones inteligentes, os meus são burros demais.
(12:03) pode estar torto, a procura do sol faz destas coisas, mas é bonito como tudo. Diria uma senhora que conheci e se fixava nos superlativos: bonitérrimo. Ou mesmo: muitíssimo obrigadíssima.
(2:16) por acaso já viste os meus números? Não são grande coisa, é verdade, mas é o que há. Não dou para as contas.

Bart

Fora o escamar até concordo contigo. Antigamente as cantoras só por acaso também eram bonitas. Agora são corpos portentosos, bonitas, pele de pêssego, dentes maravilha, roupas que apareciam só em histórias de encantar. E perto delas eu, que não tiro escamas nem ao peixe que me afligem aquelas coisas a saltar para todo o lado, sinto-me uma mulher de 14ª. Mas como penso que o que temos é de encarnar o que somos…vou à minha vida satisfeita :)

Andorinha

Tão, mas tão bonito. Vou copiar e enviar a quem me apetecer. Bigada, viu?
Ou: nos esquecemos que somos filhos de Deus.
Quero ir para o céu!!!! Vou-me esforçar um bocadinho para ser criança. Mas só um bocadinho. Pequeno.

Pedro Barbosa disse...

Bartolomeu,

O melhor é entrar em estado "zen", antes de tal operação!

Bea,

Bahh!

Andorinha,

Os fantasmas vão sendo esculpidos à medida das necessidades dos tempos que virão.

Cê_Tê ;) disse...



rainbow, bem escolhida ou talvez não. ;I

andorinha, bem repiscado...


até ao \_/D ...

Bom resto de dia.

(Pedro, "ouvi" a tua recomendação)

Pedro Barbosa disse...

Anfitritr,

Por isso é que nunca terminei nenhuma licenciatura. Não gosto de ver os outros a comer palha!

Pedro Barbosa disse...

Anfitrite,

Está cheio de erros, o meu ùltimo comentário! Quando perguntaram a um cirugião comum, sobre o seu trabalho. Descreveu-o como metade de um saber e uma outra metade de outras artes. Um catedrático que eu rechnheço, perguntaram-lhe como estariam as ciências, daqui a 100 anos. Em relação às ciências, não fazia a mìnima ideia, em termos pessoais, não lhe restavam dividas!

"O Tempos São Os Mesmos / Os Relógios è Que Mudam"

http://1.bp.blogspot.com/-iRhJvOzknpw/UaeV4XnEJ0I/AAAAAAAABUo/-cdoitXXZlQ/s1600/DSC_0090.JPG

Pedro Barbosa disse...

"Crise Sempre, Vacas Gordas Nunca Mais"

https://www.youtube.com/watch?v=OOMnjlIGZ3g

Pedro Barbosa disse...

"A natureza, não pára de nos surpreender"

Bartolomeu disse...

bea;
não há mulheres de 14ª categoria. Há mulheres e há homens e, ha mulheres que preferem certos homens, e homens que preferem certas mulheres, tenham elas escamas, ou plumas.
A questão da selecção, obdece a padrões "quase" impossíveis de decifrar (excepto para os psi).
Depois, existem homens que por uma questão de comodidade, preferem entrar num estabelecimento que aluga mulheres mais ou menos seleccionadas de acordo com um padrão físico/estético, mais ou menos homologado comumente, e com elas satisfazer prazeres libidinosos, mais ou menos vulgares, compensando-as com uma quantia préviamente acordada.
No mundo, tudo se vende, tudo se compra, porque tudo tem um preço.

Pedro Barbosa disse...

Nini Dos Meus 15 anos - Paulo Carvalho (c/ letra)

http://www.youtube.com/watch?v=wIcuPnVSXA0

andorinha disse...

Anfy,

A minha comissão não posso revelar, como calculas.É sigilosa:)))))))))))))))))))))

Publicidade ao programa?
E é preciso???????
Refiro aqui quando algo me desperta especialmente a atenção.

E sou coerente, sim.
Continuo a preferir, de longe, este cantinho. É muito mais aconchegante. Aliás, também disse que a é aqui que a Maria se sente melhor. Ela segredou-me ao ouvido...:)


Bea,

Não tens que me agradecer a mim, mas sim ao Júlio. Eu apenas intermediei...
Quando digo que trouxe do outro lado, refiro-me sempre ao mural dele no FB.

"Vou-me esforçar um bocadinho para ser criança. Mas só um bocadinho. Pequeno."

Porquê só pequeno? Não te apetece de quando em vez regressar à criancice?
Quando subíamos a árvores, arranhávamos os joelhos, jogávamos à 'apanhada' etc, etc, e a vida era descomplicada e uma festa todos os dias?


Pedro,

Tens razão, fantasmas haverá sempre.
Gostei de ouvir a Nini:)


Cêtê,

Até ao quêêêê?:)))

Vou ali...

Moon disse...

Pedro, tenho andado out...
Actualiza-me, anda o Prof. a curtir males de amor?!:(

Pedro Barbosa disse...

Moon,

O professor tem andado complexado com a fitofilia! Nada que o "Amor é...!, não vá resolvendo!

rainbow disse...


A cambalear...:)


Anfi:)

Obrigada pelos links, gostei de ver os Bobs, especialmente o Plant e o De Niro. Vi esse filme com a Susan Sarandon e o James Spader...
E a propósito de Rock Hudson:

http://www.youtube.com/watch?v=NqJkCHMWw40


Cê_Tê

talvez,as duas coisas:)
Celine Dion em Las Vegas,cidade detestável...
Las Vegas, games,open arms,love, mind games.

E porque amanhã é véspera do dia Mundial da Loucura Saudável, é dia de maluquice aguda:)
Por isso Bonne nuit e uma canção:

http://www.youtube.com/watch?v=xkN1SlG1YUk

Cê_Tê ;) disse...

\__/D é uma chávena de café.

O texto que trouxeste é MUITO belo mas estou naqueles momentos em que só dá para disparatar e não quero estragar...

uma mão cheia de Bjnhs

bea disse...

Pedro

Mas é que fotografas bem, poças!
Bart

Última frase, depois da última vírgula: concordo.
Desculpa, estou na verdade um bocado atrasada, desconhecia que houvesse cardápio. Até já devo ter lido sobre isso, mas na minha pobre mente em que mando pouco e mal, só ficou a D. Rosinha peito de pomba, suponho que de Erico Veríssimo mas pode que não. Sumariamente era uma prostituta maternal, que eu fiz gorda ou era mesmo (Erico, perdoa-me se a deformei) e tentava curar os males de amor dos homens que a procuravam alimentando-os: dava-lhes sopa, chás…depois ouvia-lhes as desavenças conjugais, aconselhava e também cumpria a sua obrigação.

Andorinha

Pequeno, pois. Senão o esforço é maior que eu:)
Descomplicada acho que sim. Brinquei sempre com rapazes, mas tinham de me pôr às cavalitas deles para subir a árvores; ao estilo shita, pendurava-me nas lianas. Pés no chão, dava balanço, levantava as pernas e ficava a baloiçar. O nosso sonho era um baloiço dos que vinham no livro de leitura:)

Pedro Barbosa disse...

bea,

Agora a falar a sério mesmo não sendo o local apropriado!

Alguém está interessado? Numa imagem de estologia da Professora Fátima Carneiro. Com edição de Pedro Barbosa. Já passaram 2 anos e ainda estou com esta na cabeça...http://www.pixmania.com/pt/pt/11827699/art/nikon/d800.html?gclid=CIrO49bwvrcCFeXItAod5w0A-g#srcid=188&CodePromo=oui

Moon disse...

Pedro,

Credo!
Que me lembre, o Prof. tem uma relação saudável com os vegetais...
Bem acompanhados de mais qq coisita... No prato!

andorinha disse...

Têzinha,

Obrigada pelo esclarecimento:)))

Ok, não disparates...
Beijinhosssssss com muitas saudades.


Bea,

Só agora é que descobriste que o nosso JP fotografa bem???
És mesmo distraída...:)

Eu também brinquei sempre com rapazes. Era a Maria-rapaz do sítio.
Ainda me lembro da minha mãe me dizer:"Não tens vergonha? Isso são brincadeiras de menina?"
Queria lá eu saber...

Até as brincadeiras têm género?
Na altura, como é óbvio, não sabia nada disso...mas não percebia por que razão tendo eu genica e raça:) não podia brincar com e como eles.

E por acaso há algum rapaz que nas brincadeiras seja um Manuel-rapariga?:) lol

www.youtube.com/watch?v=IXXFo9hQAPQ

Fiquem bem:)

bea disse...

Pedro

Oh! O que me fizeste lembrar santos deuses.

Rain

Ele há cada coisa! então...minha nossa. Dia da Loucura saudável??? a sério?

tenho que me ir deslembrar para qualquer lado.

boa noite. fiquem bem.

Pedro Barbosa disse...

bea,

Há cicatrizes nas canelas que foram sem "Ai!" nem "Mui!". E tempos momentos separados. Ainda havia caminho a fazer e o trabalho, mesmo sem ser pago. Ainda não estava completo. Vamos procurando o mesmo horizonte e mesmo que nos falhe a memória descritiva, o lado visual procura uma maior nitidez em ver e dar a ver o que a memória, esqueçe.

Pedro Barbosa disse...

Até amanhã! Se Deus quizer.

Pedro Barbosa disse...

Rainbow,

Hoje é o aniversário do senhor que se lembrou de fazer as caixas de Petri. Como se Flemming não as conhecesse. E sem Petri, não haveria bases para a cultura. Como se a base fosse mais importante que o arranjo. A que aqui tenho tem 20cm de diâmetro e continua estanque, menos à luz.

Pedro Barbosa disse...

"Vou-me dedicar aos bilrros que já são muitas letras juntas e a sanidade doentia está na melhor"

The Divine Comedy - Tonight we fly

http://www.youtube.com/watch?v=cnY9ea_q3nI

Impio Blasfemo disse...

Andorina

Sobre este mundo injusto e cruel que referes no teu comentário (1:33),abaixo, no post do ENGANO, sobre enganos e desenganos deixei um comentário meio brincalhão sobre “a direita rançosa” que extrapolei para “governo rançoso”. Será que extrapolei mal? Penso que não! De facto, quanto a mim, pode “existir uma direita rançosa” mas de pouco importará que exista se tal “direita rançosa” se limitar a um conjunto de ideias bafientas discutidas nos seus “círculos circunscritos”. O problema está quando essa “direita rançosa” estende os seus tentáculos ao poder e se assenhora dele na forma de governo de um país; aí sim é o Diabo á solta na sua pior expressão.
O artigo do Pacheco Pereira no Público, extenso artigo por sinal, com o qual não podia estar mais de acordo, explica de forma detalhada e muito clara, o que essa mentalidade de “direita rançosa” que ontem a deputada do bloco de esquerda se referia no parlamento, está a implementar em Portugal, pela mão do governo do PPC. Não resisto a deixar a conclusão que o Pacheco Pereira retira no seu artigo.
“Precisamos de ajudar a restaurar na vida pública um sentido de decência que nos una e mobilize. Na verdade, não é preciso ir muito longe na escolha de termos, nem complicar os programas, nem intenções. Os portugueses sabem muito bem o que isso significa. A decência basta. “
http://www.publico.pt/politica/noticia/pacheco-pereira-enviou-mensagem-a-soares-a-criticar-o-actual-governo-1596014

Saravá
IMPIO

bea disse...

Estou com Pacheco Pereira e tantos que o disseram antes, incluindo aqui: basta ser decente. É que nos saberia mesmo BEM.
Ontem vi dois telejornais e desanimei de todo. Mas pronto; hoje é outro dia.

E Sexta Feira:)

Pedro (12:51)

a memória visual não é mais forte que a memória-memória, a última tem tudo junto; a união faz a força.
Tenham um bom dia. Vou ali assim ao ado de.

Pedro Barbosa disse...

"Se não sai a bem. Sai a mal."

http://2.bp.blogspot.com/-mDCJeDNj6qw/UaiF96tW0hI/AAAAAAAABWY/ofdKLgEV_sA/s1600/DSC_0270.JPG

Pedro Barbosa disse...

Bea,

Já a anteceder o Renascimento. A Ordem de Cister foi copiar desenhos da natureza para encimar oa pilares que até aí permaneciam incondecorados.

bea disse...

Pedro

a bem ou a mal: é muito bonito:)
(12:37) foi?...ora bem. vejam só.

vou ali(zinho).

Pedro Barbosa disse...

Cia,

Pedro(12:37),

A forma de lembrar o que sabemos de. Sem nunca ter lá estado é de "qualidade" superior ao que sabemos quando falamos do que sabemos de um dia ter lá estado!

bea disse...

Desculpem, mas estive ali a ler o senhor professor no face. Afinal somos todos malucos e não sabíamos?!

Beeem. Não sei se são as indústrias farmacêuticas, se os médicos, se os doentes que querem ser doentes...mas encontro uma espécie de frenesim em arranjar depressões que às vezes são só as frustrações normais da vida (a tal gente eu auguro apenas uma depressão honesta, séria, nada de mais; para ver se gostam e tirarem as teimas). As crianças são passadas a ritalina que é uma andada, que a hiperactividade também abunda. Se entram mais tarde nas matérias escolares também têm um problema de aprendizagem e logo o professor se alarma e uma alínea em cima dos pobres miúdos que até são só normais, o que é uma graça em qualquer pessoa. Mas vai-se com a criança para o psicólogo. E, porque o psicólogo não receita, abandona-se. Os psiquiatras é que sim. Se não haja dinheiro para nenhum deles -maioria de casos - , o clínico geral também serve (e às vezes, o tonto, acha que sim). E claro que os seniores estão milagrosamente vivos. Saem ao mundo de Leibniz, são os melhores dos melhores; e acabam morrendo da cura. Mas as doenças graves progridem no esconsos de nós, de vez em quando põem um dedinho de fora sem incomodar e à solta, assolam-nos
Enfim. Aguardemos os esclarecimentos que hão-de vir.

Agora é que é

Pedro Barbosa disse...

bea,

Em termos de grupos profissionais. A regra de ouro é assobiar para o lado.

Pedro Barbosa disse...

"Gato escondido com o rago de fora"

http://3.bp.blogspot.com/-GOZflAYaoc8/UajKs_kXWoI/AAAAAAAABXA/LBhqzH6Q3RA/s1600/DSC_0271.JPG

Pedro Barbosa disse...

bea,

Houve um "b" que caíu mas ainda se segurou num "g"!

andorinha disse...

Impio,

Também estou com Pacheco Pereira, claro.
A DECÊNCIA bastaria. Não há...:(

Bea,

Estamos na era da medicalização.
Quem não toma qualquer medicamento, é anormal de certeza.
Também vou ouvir/ver o Senhor Professor:)

Inté...

Manuel disse...

Reportagem fotográfica sobre Portugal no jornal New York Times (17 fotos)
http://www.nytimes.com/slideshow/2012/11/27/world/europe/20121128-PORTUGAL.html?ref=portugal&_r=0#

Discurso de esperança e determinação de António Nóvoa no Encontro de Lisboa
http://youtu.be/IRNlRX3AICI

Pedro Barbosa disse...

"Nem sorte no jogo. Nem sorte no amor."

http://2.bp.blogspot.com/-afbvy09BHeU/Uaj3lu_TW0I/AAAAAAAABXQ/-m4zsQgXVCw/s1600/DSC_0096.JPG

Pedro Barbosa disse...

bea,

Cinquenta, cinquenta? Está tudo em aberto! Como se eu não soubesse que o coração é duro.

Pedro Barbosa disse...

Bea!

Fazes-me lembrar aqueles miudos que vão com o pai e passam em frente ao stand da Ferrari. Olham e dizem. - Pai? Olha! Um Ferrari. - O pai endireita a coluna. - Pois é...

Pedro Barbosa disse...

Em Las Vegas! Só em ar condicionado, foi um balurdio.

bea disse...

Pedro

(5:09) Ainda lhes desce a seiva toda para a corola e endoidam. Depois queixas-te mas já não há remédio.
(5:47) li o que não estava como se estivesse
(8:21) queixinhas de mistura com folhinhas novas pega mal, não faz pendant
(9:31) Sou o miúdo ou o pai?

Andorinhaaaa…
Também é muito uma fuga ao sofrimento, mal uma dorzita, uma pílula qualquer. E vício de seguir o mal dos tempos, querer curas ultra rápidas.

Manuel

Triste Portugal este que o jornal mostra.
Já ouvi o discurso de Nóvoa umas três vezes. Não me cansa. Este senhor é o meu actual candidato a PR (mas ele não sabe). Extraordinária pessoa e extraordinário discurso. Só não entendo a razão por que a TV não o referiu.

Portem-se como crianças que são, amanhã é o nosso dia. Viva!

Pedro Barbosa disse...

Canção dos abraços - Amigos do Gaspar

http://www.youtube.com/watch?v=yZPh2XOL1Ag

Pedro Barbosa disse...

bea,

Não sei se é o pai ou o miudo! Para os bolsos. Nem para os meus olho, quanto mais para os seus.

andorinha disse...

Bea,

"Este senhor é o meu actual candidato a PR (mas ele não sabe). Extraordinária pessoa e extraordinário discurso. Só não entendo a razão por que a TV não o referiu."


Provavelmente também é o meu e ele também não sabe:)
A TV? Não entendes?
Ora, Bea...

Pedro Barbosa disse...

Andorinha,

Muita parra e pouca uva!