domingo, novembro 09, 2014

Com saudades do Zé Gabriel, um dia destes voltaremos a abraçar-nos...

14 comentários:

Unknown disse...

"Temos vontade de intervir ou não?"
Frei Bento Domingos, hoje, no "Eixo do Mal"

Também eu tenho saudades do Zé Gabriel e de como aguardava cada programa. Esse sim foi uma pedrada no charco, assim como "O postigo da noite" (este noutro género, mas também intimista. Ainda há uns dias, a arrumar uns papéis, encontrei os manuscritos que eu fazia do programa para que não me escapasse nada. E encontrei uma frase do professor, que me me fez rir, quando afirmou que "um homem de 20 com uma mulher de 30 era matar dois coelhos numa cajadada só." Mas sei que não vou encontrar o zé Gabriel. Acho que ultimamente anda muito místico. Na altura também afirmava que só tinha como destino o cemitério de Agramonte, e eu também não sabia que ainda teria tanta coisa para aguentar.

Bom fim de Semana.
Anfitrite

Unknown disse...

Na altura também ninguém sabia, que hoje comemoraríamos a queda do muro de Berlim e que viria de lá uma dama de aço que despedaçou o sonho de Helmut Kohl na formação duma Europa unida, para não falar de outros grandes chanceleres, social-democratas, Helmut Schmidt e Willy Brandt, este que muito fez para que a guerra fria não se tornasse quente. E eu hoje sinto-me triste porque a Europa já não vale nada, porque deixou de ter grandes dirigentes e deixou-se ultrapassar pelo capitalismo selvagem da Ásia e da América.



Unknown disse...

Eu qualquer dia deixo mesmo de abrir a boca. No que eu fui falar para vir agora encontrar este senhor a falar do assunto. Será sexto sentido ou apenas poder de observação?

http://vmais.rr.sapo.pt/default.aspx?fil=802489

rainbow disse...

Bom dia Murcon!:)

Pois, esta música do Sérgio emociona-me por todos os motivos e mais alguns.

Mas, sobre o futuro abraço entre o Professor e Zé Gabriel, deixo aqui uma frase do filme "Gladiador":
"But not yet."


A propósito de cinema...
Para os cinéfilos, a minha "aventura" cinéfila de ontem:

O filme "Interstellar" de Christopher Nolan, que tal como em "Inception" também escreveu o argumento, desta vez em parceria com o irmão,e com banda sonora de Hans Zimmer, convida o espectador, ao longo de 3 horas, a uma odisseia pelo espaço e pelo tempo, focando pontos como a relatividade, a sobrevivência da espécie humana e do Planeta azul, da condição humana, e em como o amor é o factor que une todos estes elementos.
É um filme muito ambicioso, com uma realização sublime, um argumento audacioso, efeitos visuais que não lembra a quem, e excelentes interpretações.
Sendo um filme de ficção científica, com a duração de 3 horas, não será do agrado de todos, mas eu, como fã do género e dos trabalhos de Nolan, adorei.

Bom domingo a tutti:)

http://www.youtube.com/watch?v=EliFlAOlKsU

andorinha disse...


Bom dia:))))

Sérgio Godinho, sempre!
É um encanto ouvir este homem!

Quanto ao abraço ao Zé Gabriel, como a Rainbow já disse, ainda falta muito...felizmente:)


Enjoy the day! The sun and the cold...

:)

andorinha disse...


Barbra Streisand - The way we were


https://www.youtube.com/watch?v=ju29bXJDHDk


Boa semana:)

AQUILES disse...

Tenham um bom serão.
Com serenidade:
https://www.youtube.com/watch?v=cd_YsXGYsbo

AQUILES disse...

Unknown
Se nunca viram, recomendo que vejam o filme Declinio Americano.
É em "brasileiro" neste link:
https://www.youtube.com/watch?v=DVxnkiMqZak

Depois há «As invasões Bárbaras». Se puderem ver os dois, pela ordem cronológica, julgo que vão apreciar.

Anfitrite disse...

Aquiles,

Obrigada pelas sugestões. Vou Tentar arranjar forças para ver e ouvir com calma, porque eu não consigo desligar-me da situações. Normalmente eu estou a ver, estou a ouvir e estou a escrever o que acho mais importante, para que nada me escape e, mais tarde, sirva de auxiliar dde memória, para reviver toda uma situação.
Já tenho o IE reconfigurado, mas tem pouca força e não abre páginas pesadas, mas é o que eu mais gostei, desde há muito tempo. Eles abandonam tudo o que era bom, para venderem mais novidades a quem gosta de dizer que tem o último modelo. Eu ainda hoje, apesar de ter outros, ainda uso um velho nókia, que comprei nos Leilões, porque já não fabricam mais mas é igual ao que tive e que muito gostei.
Boa semana.

Julio Machado Vaz disse...

Anfi,

Foi wishful thinking, na árvore de Cantelães nem meus Pais reencontrarei:(. Obrigado por recordar. Beijinho.

Moon disse...

Ui...
Ainda é tão cedo para isso, vamos com calma, sim?! Please...

Anfitrite disse...

Para os que apelidavam o outo de louco, vale a pena lerem este artigo. Só este ano Só de Porsches, último modelo, já fram uns largos milhares.
http://cadernosdalibania.blogspot.pt/2014/04/da-alemanha-china-de-comboio.html

Anfitrite disse...

Professor,

Cinzas leva-as o vento. Obrigada pelo reconhecimento. Já tinha estado para apagar o comentário, porque foi escrito com sentimento e não tinha merecido resposta. Eu ainda hoje tenho pena que não tenha inaugurado Cantelães, com o Senhor seu Pai à cabeceira da mesa.
Receba também um beijo meu.

andorinha disse...


Marroquina que casou com violador agredida por pedir divórcio

http://www.jn.pt/PaginaInicial/Mundo/Interior.aspx?content_id=4233318


Quando deixará de ser um pesadelo nascer-se mulher neste mundo?

:(((((((((