quarta-feira, fevereiro 23, 2005

Mozart

Mozart. E o fascínio por esta música, que faz um ouvido duro como uma porta adivinhar a nota seguinte. O segundo marido de minha Avó tinha razão - perdida o sonho do esperanto como Língua universal..., resta a música!

5 comentários:

thegoldenaura disse...

Parte da beleza musical está na surpresa da nota seguinte.

pagbranco disse...

Sem dúvida... Acho que com a música conseguimos reunir o "resto de nós" que vamos deixando pelo caminho. Na minha pequena e "secreta" utopia será a música a fazer os povos a silenciar as suas razões e a aprender (ou apreender) a ouvir...
(Venha um Mozart,um Chico Buarque, um Vinicius, uma Nina Simone... e faremos um pacto de não agressão) Quem dera.......

jparacana disse...

Partilho Mozart convosco. Revi o Milos Forman que adorei e convenço-me de algo: é tão simples e tão eficaz a obra do Amadeus que o céu nos dá 'ouvido'e prazer em tudo o que ele compôs!

pachita disse...

O requiem é soberbo!

Anónimo disse...

Nice blog

Please visit our site at Misspelledauctions.com
you can find great deals on all items at eBay