segunda-feira, junho 06, 2011

Confissão.

Meu Deus,

Perdoa a intromissão, habitualmente dirijo-me ao Acaso e ao Maligno. Acontece que o Acaso - por mero acaso... - não se encontra disponível e o Maligno acaba de me decretar indigno da Sua atenção por raquítica psicopatia. Claro que tenciono esperar pelo primeiro e recorrer da decisão do segundo, mas sabes como o inesperado se compraz em ademanes de mulher mundana e a Justiça portuguesa tarda! Restas Tu... Ou não existes, e a minha voz se cala, órfã de eco reconfortante, ou me escutas e a ausência de Fé seria pífio álibi para me brindares com orelhas moucas. Preciso de me confessar, mas compreendo que estejas sobrecarregado e eu próprio não aprecio ladainhas intermináveis por exaustivas. Busco um pecado-padrão, que resuma e simbolize todos os outros, bonomia para com ele significará generalada caritativa, " vai e não voltes a pecar" disse o Teu Filho; ir vou, promessas não faço. E de passado e alma surge falta monstruosa e negligente - ignorar tristeza de mulher e assim nos condenar a sexo melancólico. Perdão? Compreendo. Take your time. Eu espero. Ela? Partiu há muito. Ah, isso... Condenou-me para todo o sempre, no Teu vocabulário acho que se diz Eternidade. Se não recuar e Tu existires, fica o alívio de lhe sentir o olhar ternamente severo pousado em mim per omnia... Desculpa, não tenho o direito de anexar o dialecto dos teus burocratas:(.

36 comentários:

andorinha disse...

Ainda bem que o Acaso e o Maligno não estavam disponíveis:)

Simplesmente delicioso! Adorei!

"...ir vou, promessas não faço"

"Perdão? Compreendo. Take your time"

"Desculpa, não tenho o direito de anexar o dialecto dos teus burocratas:("

Loooooooooooool

Está com o sentido de humor em alta:)

Vou-me repetir, mas é simplesmente uma delícia lê-lo neste registo.

Cristina disse...

Foi a primeira vez que visitei o seu blogue e tenho a certeza que serei 501ª visita diária (ouvi-o na rádio hoje).
Adorei a sua confissão!

Tangerina disse...

... a eternidade inteira, como diz Lobo Antunes. :-)

É a vida. Há coisas piores. ;-)

Tanger

free culture lisbon disse...

Deus é a nossa mulher-a-dias

Deus é a nossa
mulher-a-dias
que nos dá prendas
que deitamos fora
como a vida
porque achamos
que não presta

Deus é a nossa
mulher-a-dias
que nos dá prendas
que deitamos fora
como a fé
porque achamos
que é pirosa

Adília Lopes

Bartolomeu disse...

Afinal... os deuses também sofrem por amor...
;)))

Anfitrite disse...

Perdoai-me Senhor.
Não resiti!
Depois, quando tiver palavras, comento.

http://jumento.blogspot.com/

Cotovia disse...

Que todos os homens tivessem a capacidade de se confessar, fosse ao Acaso, ao Maligno, a Deus ou simplesmente, às próprias mulheres.
Pobres coitadas que enlouquecem na busca da verdade dos que teimam em mentir-lhes "para todo o sempre"

ana b. disse...

FALTA 1 DIA

Prof:

Confesso que não percebi bem qual o seu pecado. Mas veio-me à memória as confissões que fazia na infância e adolescência e na angústia de ter que arranjar pecados para contar oa padre:))))
O desobedecer, o mentir aos pais, a inveja dos namorados das amigas afiguravam-se sempre muito pouco atraentes e originais:)))


Anfi:

Que bom que foi matar saudades das caldeiras das furnas. Até senti o cheirinho ao enxofre:)
Eu sei que a foto é apenas um efeito secundário: o objetivo do link era outro. Mas eu não resisto a paisagens tão saudosas:)

ana b. disse...

Prof:

E isto já para não falar na estranheza que sentia em ver a minha mãe a confessar-se:)
Ainda hoje questiono-me que raio de pecados teria ela para dizer que ocupassem tanto tempo. E logo ela que é tão boa pessoa. Juro que é!:)

Cê_Tê ;) disse...

;))) Tsts, desculpas.;P


Divirtam-se com este Deus1):

http://www.titane.ca/main.html

Eu nem com este me safo: nem ele entende o que digo nem eu a ele!;D

1) Ouvi dizer que há outros mais giros mas prefiro a falha de comunicação a converter-me!;D

andorinha disse...

A propósito do que a Ana diz a respeito de confissões, a mim acontecia-me o mesmo.
Frequentadora assídua da catequese todas as semanas(!) tinha que me confessar. Como não sabia bem o que dizer porque nessa altura era a candura em pessoa:), inventei uma lista de cinco que debitava literalmente todas as semanas. Era sempre "perdoada", e comecei a achar que até não era tão problemático "pecar".
Enfim...

Ainda hoje os sei de cor, de enfiada todos. Também eram só cinco:)

Anfitrite disse...

Ana,

Agora sou eu que lhe digo que você não existe.
Pode crer que pensei em si quando vi a fotografia e numa que tenho tirada, mesmo lá naqule sítio, de onde sai a fumarada toda. É por saber que tenho audiência que às vezes mando certas ligações. Perdõe-se-me a imodéstia, mas até sinto que tive influência em si, quando lhe fiz o último apelo e lhe falei no Ferro. É que a gente de pensar no Todo, porque nunca se sabe o que está para vir. Garanto-lhe que já me estou a rir, só de pensar na eleição do presidente da AR.
Espero não ter mais nenhuma desilusão, se não vou fazer greve de fome, para as escadas do Parlamento. Até me fazia fazia jeito, porque preciso de perder uns quilinhos.

ana b. disse...

Anfi:

Não tenha a mínima dúvida que teve:).

Alexandra disse...

Isto está a tornar-se crónico... Não há um dia que passe sem vos visitar. É um hábito há anos. Raramente comento mas delicio-me com os posts do Prof e os vossos comentários.
Que falta faz ao nosso país um pouco da vossa lucidez e "loucura" saudável...

Fora-de-Lei disse...

Anfitrite 11:59 AM

"Ana, perdõe-se-me a imodéstia, mas até sinto que tive influência em si, quando lhe fiz o último apelo e lhe falei no Ferro. "

ana b. 1:15 PM

"Anfi: Não tenha a mínima dúvida que teve:)."

Anfitrite,

Já que este post se intitula "Confissão", eu vou aproveitar a deixa para lhe confessar o seguinte: se eu fosse militante do PS, palavra que nas próximas directas votaria em si para secretário-geral do partido. Não estou a entrar consigo... estou mesmo a falar a sério. Senão vejamos:

O que você consguiu é obra! Por exemplo, eu nunca conseguiria convencer ninguém a gostar do meu Benfica se usassse como argumento base as façanhas de Vale e Azevedo. Mas você conseguiu um voto para o PS usando como argumento de força a figura de Ferro Rodrigues. A figura de um homem - qual calhordas da pandilha do ISCTE - que, assim que se viu chamuscado pelo famigerado caso Casa Pia, tratou logo que lhe arranjassem um tachozito lá fora para um dia mais tarde poder voltar ao nosso país em paz e sossego e se dedicar, arduamente, àquilo que sempre fez: RIEN, NIENTE, NICHTS, NOTHING, NADA! O homem que, segundo alguns, liderava a ala esquerda do PS mas que, mal chegou a Portugal, se pôs de imediato a lamber as botas do neo-liberal de serviço para assim poder continuar a viver à custa dos contribuintes.

É por estas e por outras que agora vamos todos ter que gramar a pastilha do FMI, com a direita toda feliz da vida instalada num governo cujas portas lhe foram abertas pelo seu grande amigo Sócrates...

ana b. disse...

FDL:

Lamento estragar-lhe o discurso mas não foi à pala do Ferro Rodrigues que eu votei no PS. Se tiver interesse em saber as razões da minha decisão, elas estão bem claras num comentário do último post.
A Anfi apenas me ajudou a tomar a decisão de não votar em branco. Neste momento não se me afiguraria mais nenhuma opção que não o PS. Apesar dos desaires na governação.
Mas já que falou no Ferro Rodrigues, eu até acho que daria um bom Secretário Geral. Se bem que o meu preferido para ficar à frente do partido é o António Costa:)

ana b. disse...

Manuel:

Anda desaparecido.
Aprochegue-se que faz cá falta!
Especialmente para si:

http://youtu.be/qDbiuWcFj6w

Manuel disse...

Ana b.,

Obrigado pela música da Kate (recuso-me a dizer o sobrenome).
Retribuo-lhe com uma inglesa de boa memória (para mim, e certamente para o nosso Caro Prof.), que tem dois nomes não manchados por sangue de inocentes.
Se não se importa, dedico estas musiquinhas também às companheiras (os) murcónicas (os) mais recentes – Cristina, Free Culture Lisbon, Cotovia (Andorinha, já tens concorrência ornitológica), Alexandra, Moon, Keops, Interessada (espero não me ter escapado ninguém).

«The Litlle Bird»: Marianne Faithfull
http://youtu.be/YyfPiKoypxQ

«Dont forget me»: Marianne Faithfull
http://youtu.be/0Idc-sNYj60

Por razões maiores não tenho podido visitar-vos, mas estou satisfeito por ver cá gente nova. Todos não somos de mais para manter animado, e contraditório, o Murcon.

Quanto a pecados e perdões, nem sempre compreendemos os pecados que cometemos, às vezes cometem-nos outros por nós, cabendo-nos pedir perdão (ou pagar as favas), como nos vai acontecer em breve.
Quem for crente terá muito que rezar, aos agnósticos, como eu, resta-nos esperar pelos milagres dos deuses alheios. Há sempre oportunistas, o mundo está muito longe de ser perfeito.

Pedro disse...

O ditado aplica-se á esquerda neste momento. Poucos mas Bons. E daqui a 20 anos como será?

Fora-de-Lei disse...

ana b. 5:01 PM

"FDL, lamento estragar-lhe o discurso mas não foi à pala do Ferro Rodrigues que eu votei no PS."

O meu discurso é ao menos. O pior foi ter retirado o devido mérito à capacidade de argumentação da Anfitrite... ;-)


"Mas já que falou no Ferro Rodrigues, eu até acho que daria um bom Secretário Geral. Se bem que o meu preferido para ficar à frente do partido é o António Costa:)"

E acho muito bem. Na verdade, se o PPD pode ter um líder que - pese embora o seu fenótipo claramente europeu - se afirma como o maior dos africanos, por que carga d'água não poderá o PS ter um líder que faça a devida justiça étnica a uma parte significativa dos excursionistas ao comício de Évora...!? Quem sabe se não terá sido já com essa intenção que ele, enquanto presidente da CML, se mudou para o Intendente... ;-)

Manuel disse...

Vá lá, ouçam mais estas duas que vos deixo:

«Put The Blame On Mame»: Rita Hayworth
http://youtu.be/rVI0A4DTVgg

«Amado Mio»: Rita Hayworth
http://youtu.be/0d1C1qQ_VoI

ana b. disse...

FDL:

Não queira tirar o mérito à Anfi- ela teve-o, e muito!
Quanto à cor da pele do António Costa, para mim é-me indiferente. Não interfere na opinião que dele faço:)
Costumo guiar-me por outos critérios.

Tangerina disse...

FDL,


Deixe-me que lhe diga que, na minha opinião, a ascendência Indiana do António Costa e do irmão lhes dá um je ne sais quoi quase irresistível... ;-)

... é um bronzeado permanente, tudo très naturel. ;-)

TangeriNA

andorinha disse...

Manuel,

Não me importo com a concorrência, seja ela ornitológica ou de outro tipo:)

Só uma retificação: a Moon é uma murcónica das "velhotas":))), não a insiras no grupo errado...



Ana,

Também estou em contagem decrescente:)

ana b. disse...

Andorinha:

Não posso crer que vai voar até à capital:))

andorinha disse...

Ana,

Ai podes, podes...:)
Não pude ir ao do Porto.

ana b. disse...

Andorinha:

Porreiro, pá!:)))

andorinha disse...

Não me lembres cenas tristes:)))

Mas é porreiro, sim. Agora vou ter que andar a investigar no meio daquela gente toda quem tu és:) Loooool

Tangerina disse...

Andorita, Ana e Bart,

Matem-me lá a curiosidade: é desta que vão os três aos pasteis de Belém? ;-)

T.

andorinha disse...

Tangerina,

É difícil porque o Bart não vai ao lançamento:(

Mas para mim qualquer altura é boa para comer pasteis de Belém. Sou mesmo "fã". Aqui há uns anos devorei quatro com um café!!!
Agora tenho que ser mais moderada:)))

Tangerina disse...

Andorita,

Ora, não ir ao lançamento não implica mais nada... ;-) Ou será que o Bart é só conversa? ;-)

T.

andorinha disse...

Tangerita:)

Tens razão, não implica.
Pode ser que ele apareça por aqui e diga de sua justiça:)

ana b. disse...

Andorita e Tangerita:

Há um mistério qualquer que nos está a escapar. Não vou descansar enquanto não descobrir.
Mas parece-me que a Tangerina é capaz de ter razão:)))

Andorinha:

Não se preocupe que eu identifico-a logo pelo seu ar cândido:)))

Fora-de-Lei disse...

Tangerina 8:37 PM

"... é um bronzeado permanente, tudo très naturel. ;-)"

Olhe que isso é muito politicamente INcorrecto. Uma vez, o palerma do Berlusconi disse algo semelhante sobre o Obama e quase que o comiam vivo...

Tangerina disse...

Ana,

Força aí, moça! Não lhe dês tréguas! ;-))


FDL,

Ah, mas o Berlusconi disse com más intenções e eu digo com boas, muito boas... :-))

Por falar em Berlusconi, conhecem esta? http://www.youtube.com/watch?v=mWgHDPxPf_A&feature=share

T.

Anfitrite disse...

Adorei os vossos diálogos. É pena que o António Costa já tenha afirmado que não está disponível. Mas o primeiro milho é para os pardais. Talvez seja para a estátua de sal, que mundou de opinião enquanto subiu e desceu o elevador do Altis. Posso dizer que gosto da patine do Costa, já o irmão, deve ser por não ser filho da Maria Antónia Pala, parece-me um puto irrequieto, e às xs faz umas afirmações q me apetecia rebatê-las. [(sabiam que foi o avô(pai do pai)] deles um dos que deu o tiro no rei?

Ó FDL, os seus argumentos andam um bocado em baixo. A que latitude é que você está? Eu já lhe disse que não pertenço a nenhum partido. Quanto a convencer as pessoas a votarem no Valle e Azevedo, talvez conseguisse um bom resultado. É que essa história da família Dantas da Cunha, e o soltarem o homem, para ele chegar cá fora, e voltarem a prendê-lo, passados 13 segundos, está muito mal contada. Ele é que se está a rir, agora até tem mais um mandado de captura, mas qualquer dia as coisas prescrevem e ele ainda aparece aí para se rir de nós. Sabe que o que foi advogado do Benfica contra ele, até foi meu primo por afinidade, até há pouco tempo. Não digo mais nada porque você e o professor devem conhecer e lá me descobrem a careca. Ele até tem um livro interessante. Mas olhe que os gajos do futebol, são todos uma grande pandilha.
Uns enriquecem, outos metem dinheiro da construção, sabe-se lá porquê? Não há muito tempo também concorreu a pres. do benfica um advogado, que está suspenso da Ordem, que esteve preso uns anos, e que oferecia, logo de entrada uns milhões de €s, talvez com um cheque sem cobertura. E por aqui me fico...É que os advogados levam os olhos da cara. Depois para executar a sentença nem se fala. Esqueça...eu estou a delirar sozinha. Mas apesar de não ter grandes dotes de oratória, consigo convencer muita gente, pelo meu exemplo, e pondo as pessoas,
que têm cabeça, e não um micro chip qualquer, a pensarem.