domingo, janeiro 22, 2012

Confúcio da Pasteleira dixit.

Não invejes os pássaros, fatiga as pernas.

43 comentários:

Pedro disse...

Acerca do post anterior e andar a pé é cada vez mais dificil. Este link vem mesmo a propósito.

http://youtu.be/pcHnL7aS64Y

Professor,

O Leonardo Da Vinci é que escrevia ao contrário. Não será ambição a mais?

Cê_Tê ;) disse...

(Passo) ;/


;)

Fora-de-Lei disse...

«Não invejes os coelhos, fatiga as asas»

John Fodewell

Impio Blasfemo disse...

Diz o galo/Ao pintainho/Não batas as asas/Que voas baixinho

Gallus insignio

Boa semana
Ímpio

Pedro disse...

Oh! Meu Deus!

Está tudo a escrever ao contrário;)

Impio Blasfemo disse...

Pois é Pedro, é uma chatice!
Os tempos mudaram e agora quer na Europa quer em Portugal escreve-se da Direita para a Esquerda, ou ao contrário, como tu dizes. Oh meu Deus!

Abraço
Ímpio

Pedro disse...

Impio (Blasfemo???!!!)

Mais um dia! Que seja bom para todos!

http://youtu.be/SFqtEMLx2zk

Abraço
Pedro

Impio Blasfemo disse...

Pedro
Estou a perder poderes de blasfémia; é dos tempos. Hoje já se manda toda a gente e Deus aquela parte com toda a facilidade pelo que pouco ou quase nada constitui blasfémia.
Quanto ao post do Prof palpita-me que anda traquinice no escrito. Não sei porquê, vem-me à memória o cheiro a nata e a canela e Belém. Daí que me interrogo se não será algo ligado a mais um Alvarus Belém Pastellorum Exportatis Proverbius

Bom dia
Ímpio

Pedro disse...

Impio Espartano,

Em modo Cê_Tê e Andorinha:

LOL

Pedro disse...

Impio,

Pasteleira é uma zona aqui do Porto. Depois de desatar os nós. Que o professor é pessoa de muito embrulho. Acho mesmo que é uma homenagem ao "Confucio da Pasteleira".

bea disse...

Pasteleira, na minha terra, é uma bicicleta que anda devagar. fraquinha.

Anfitrite disse...

O professor pôs-me confusa como o Confúcio.
Os pássaros também fatigam as asas. E n´s, mesmo sem asas temos de voar de vez em quando, se não estramos tramados.

ìmpio,

Tudo neste mundo já perdeu o valor. Até as palavras. Elas já não exprimem o que nós queremos dizer e também já quase ninguém nos entende, nem quer saber.

Bea,

Ontem estive quase uma hora, com o coração nas mãos, a escrever-lhe, mas quando fui ampliar perdi tudo. E como não nos conseguimos banhar duas vezes na mesma água do rio, não fui capaz de repetir a dose.
Mais logo, se tiver forças, dou alguns esclarecimentos.

Na minha terra e acho que em quase todo o lado, uma bicicleta rasca é uma pasteleira.

bea disse...

Ai valha-me nossa senhora! então vocês estão todos ai meu deus, ai meu deus, só por ser moda escrever da direita para a esquerda? Assim não vale.

Fora de Lei

o mal dos coelhos é a velocidade da reprodução. Aqueles tiques do nariz estão-lhes na massa do sangue.


Pedro

o silêncio só serve mesmo para ouvir alguma coisa que não se efetua necessariamente pelos ouvidos, mas é na mesma um exercício de escuta. Se não, é vácuo.Não me parece que consigamos ouvir sons sem os etiquetarmos. Isso é que é difícil, mais que andar a pé.

Professor

a frase está confuciana qb. tb passo.

PS: alguém quer ir trabalhar por mim hoje? dava-me jeito, era só o tempo de entrar no corpo que me pertence. Não? ninguém quer? ora bolas.

Então...fiquem com quem.
Um abraço

bea disse...

Anphy

...correu mal, deixe, fica para quando. Leio de outra vez. Não prometo que logo, mas sim.
Boa tarde

Anfitrite disse...

http://sicnoticias.sapo.pt/economia/2012/01/23/mais-de-111-mil-filhos-desapareceram-do-irs-em-2011


Os pais até mataram os filhos.

Desculpem a fixação. Mais uma razão para não gostarem dele. Ele queria fazer as coisas de modo a não doer muito, mas procurando pôr alguma coisa nos eixos, porque todos nós sabemos que isto não está bem. E o mal é dos oportunistas, que não se preocupam com os outros. Até a um pai dói quando tem que dizer não a um filho, mas às vezes é preciso.
Mas eu agora estou triste e desiludida porque sei que é necessário tomar medidas, mas nunca vi, desde o 25/4, governo mais incapaz, mais imbecil, mais mentiroso, mais cínico, mais nojento, mais insensível, que nos vai destruir a todos e não vai resolver nenhum problema. E agora já dizem que a culpa é do estrangeiro. Vejam este senhor que não teve papas na língua:

"Alguém viu isto passar nos media cá do sitio? Não? Bem me parecia..............."


http://www.youtube.com/watch?v=dLf0wfMFOaw&feature=share

Fora-de-Lei disse...

bea 2:26 PM

"Fora de Lei, o mal dos coelhos é a velocidade da reprodução. Aqueles tiques do nariz estão-lhes na massa do sangue."

Como os pássaros voam, mas - no dizer do Professor - o que nos fatiga são as pernas, eu resolvi jogar igualmente no contra-senso. Ou seja, se os coelhos correm como o caraças, então o que nos fatiga são as asas.

No entanto, e por via desse sagaz reparo, descobri nas citações do Aristóteles da Picheleira outras duas versões, talvez mais apropriadas:

- Não invejes os coelhos, fatiga o nariz;

e/ou

- Não invejes os coelhos, fatiga o pirilau.

Fora-de-Lei disse...

Anfitrite 3:23 PM

"http://www.youtube.com/watch?v=dLf0wfMFOaw&feature=share"

Nigel Farage faz sempre mossa:

During the spring of 2005, requested that the European Commission disclose where the individual Commissioners had spent their holidays. The Commission did not provide the information requested, on the basis that the Commissioners had a right of privacy. The German newspaper Die Welt reported that the President of the European Commission, José Manuel Barroso had spent a week on the yacht of the Greek shipping billionaire Spiro Latsis. It emerged soon afterwards that this had occurred a month before the Commission under Barroso's predecessor Romano Prodi approved 10.3 million euro of Greek state aid for Latsis' shipping company. It also became known that Peter Mandelson, then a member of the Commission, had accepted a trip to Jamaica from an unrevealed source."

Fora-de-Lei disse...

Quem não se sente, não é filho de boa gente!

Pedro disse...

Ou os braços:

http://youtu.be/oUoKKmMkI40

Impio Blasfemo disse...

Pedro

Obrigado pelo esclarecimento.
Qual destes será o Confúcio?

http://www.amigosdaspasteleiras.com/

Ímpio

Pedro disse...

Ímpio (timoneiro)

Ainda me lembro de ti e de mim, nessa altura. Mas os outros dois acho que eram amigos teus. De quem não me lembro mesmo era quem era o fotografo?

Confúcio só houve um os outros foram confucionistas.

O Murconista
Pedro

:)

Pedro disse...

Ímpio,

Se já não leu, recomendo ir ao blog da Cê_Tê ;)

E se não viu, recomendo este, meu:

http://natureofcolors.blogspot.com/

Boa Noite Para Todos

Pedro disse...

FOGO! Nascemos todos jornalistas!

Impio Blasfemo disse...

Pedro

Dei uma vista em ambos os blogs. Gosto e obrigado pela sugestão.
O seu tem uns trabalhos fotográficos que vão roer de inveja uma amiga minha fotógrafa. Vou-lhe dar a conhecer o seu blog.
Se gosta de fotografia há ou houve uma exposição no BES-Arte do Gerard Castello Lopes
http://www.visitlisboa.com/Conteudos/Eventos/2011/10/Gerard-Castello--Lopes---BES-Arte---Financa.aspx

Abraço
Ímpio

Pedro disse...

FDl,

Não sei porquê?

Mas lembrei-me dos trabalhadores da Pereira Roldão. A história não se repete como as peças de teatro. O cenário é que muda. Várias frentes para o mesmo designio.

Caváco deixou de saber gerir silêncios! Não é para qualquer um. Isto de politica não é só fazer a rodagem ao carro. Nunca substimar a junta da colaça.

Pedro disse...

Obrigada Ímpio,

Conheço bem o trabalho e percurso do Gerard Castello Lopes. Mas hoje os desafios são diferentes.

Deixo aqui uma pessoa que me marcou pelo seu percurso de vida:


http://en.wikipedia.org/wiki/Don_McCullin

andorinha disse...

Boa noite.

Pois...acho que também passo:)
Eu fatigo as pernas, mas invejo os pássaros...

Que post enigmático!!!

Impio Blasfemo disse...

Andorinha

Viva Guimarães


Fatigar as pernas --> http://www.meiamaratonadeportugal.com/
Inveja dos pássaros --> http://pt.wikipedia.org/wiki/Passarola
Passarão e Passarinho--> http://www.poesiaspoemaseversos.com.br/mario-quintana-poemas.htm

POEMINHO DO CONTRA

Todos estes que aí estão
Atravancando o meu caminho,
Eles passarão.
Eu passarinho!

Confúcio (o original) dixit --> Não é grave se os homens não te conhecem, grave é se tu não os conheces.

Pasteleira eléctrica (modernices)--> http://www.fhaznew.com/2009/05/motor-eletrico-para-bicicleta.html

Saravá
Ímpio

bea disse...

Olá :)

desculpem qualquer coisinha mas hoje eu uma arara.
arara: forma de estar de pessoas normais quando imprestáveis; havendo, o nada seria uma arara.

Ímpio

não percebi se importam as pessoas ou as fotos do Gerard.É difícil ver o artista com tanta nós à solta pela sala. Desconcentra a tua entrada na foto, no quadro, no que seja.

Fora

a tua síntese associativa deixa-me esparvecida :)

Estou apagando. Sejam felizes. O descanso a quem precisa. Boa noite

bea disse...

eu dixit

Não é grave se os homens não te conhecem. é grave se tu não te conheces.

Pedro disse...

Bea,

É muito melhor conhecer o outro e que o outro nos conheça!

andorinha disse...

Impio,

Viva!


DAS UTOPIAS

Se as coisas são inatingíveis... ora!
Não é motivo para não querê-las...
Que tristes os caminhos se não fora
A mágica presença das estrelas!


Concordo com o Confúcio e com a Bea, também.

Bea,

Apaga devagarinho, descansa, sonha...

Fora-de-Lei disse...

andorinha 10:40 PM

"Concordo com o Confúcio e com a Bea, também."

Não sei porquê, mas acho que Guimarães - capital europeia da cultura está a subir-te à cabeça. Concordas com o Confúcio e com a Bea mas não és capaz de concordar com o Aristóteles da Picheleira... ;-)

António Pedro Pereira disse...

Andorinha:

Pareceu-me ouvir a tua voz.
(Vê lá em que te metes(te).

Cavaco Silva vaiado em Guimarães, 2012.
http://youtu.be/5aI00UzbTkU

Ah grandes vimaranenses.

rainbow disse...

Sobre o post, também passo:)

E em vez do Confúcio, o Principezinho:

http://www.youtube.com/watch?v=ZTiXMpVLPbc

Bons sonhos para todos

Pedro disse...

Não subestime á partida um post que desconhece!

Pedro disse...

Ou um "Nick"!

Pedro disse...

Murcon ou murconistas:

http://youtu.be/iUkxNpY5w5k

Pedro disse...

Lhasa - El Pajaro (with lyrics)

http://youtu.be/ISC2kmyiaII

Fadiguem-se nos sonhos!

;-)

bea disse...

Pedro

não me referia ao melhor :); mas não é possível que te conheças excluindo os outros desse conhecimento; não existe autoconhecimento solitário. a existir, há-de ter outro nome.

Dentro do que é apenas humano, o tipo de conhecimento de que falas é só o mais interessante. Talvez por lhe faltar a retumbância da necessidade. A beleza ou a falta dela (no mundo) não advém da necessidade mas do uso da vontade na ilustração do desejo. Não entendo a criatividade de outra forma.

fica bem

Pedro disse...

Bea,

O autoconhecimento é um ministério importante do saber viver. Mas a chefia deste aparelho é uma massa invisivel desconhecida do exterior. E essa exteriorização éque permite ás pessoas se conhecerem. Carambas: Ainda me pergunto: "Como com 26 carateres ainda se consegue dizer tanta coisa, como quem lança os dados num jogo de sorte"

Pedro disse...

Batizados ou Excumungados:

http://youtu.be/z_DeLS2GPd0

^_^

bea disse...

Pedro

obrigada pelo monsoon weding:) será da monção, mas encontro os indianos tão diferentes dos europeus, que não os entendo.a Índia fascina-me pela negativa.Presumo que os indianos julguem o mesmo dos nossos hábitos. Pareces saber de autoconhecimento.a verdade é que não sei se me conheço melhor do que às pessoas que me rodeiam,nem se dou importância ao facto. Se me perguntam quem sou, para além das banalidades do BI e dos tiques mais vulgares, atrapalham-me:)

Boa tarde para ti. Vi as tuas fotos :)