segunda-feira, janeiro 12, 2015

Maria Bethânia canta "O doce mistério da vida"

17 comentários:

Bartolomeu disse...

Deixe que discorde deste título, caro Júlio. Bethânia não canta o poema de Pessoa. Nesta interpretação, Bethânia encarna o espírito místico do poeta e exprime integralmente, em corpo e alma a essência daquilo que o inspirou.

Impio Blasfemo disse...

ANFITRITE

Descincronizado, segundo o António Silva, respondo ao que postou no andar R/C (de baixo)


Pois é. Pensar é chato. Melhor é aderir a um pensador que faz o exercício e o favor de pensar por nós. É como ter de correr todas as manhãs para perder a barriga; é chato para caraças! E sobretudo quando a manhã está gelada. Cá para mim prefiro um copo de whisky e o comando da TV na mão; dá para ouvir umas larachas dos comentadores de serviço, enfim dos nossos pensadores que nos fazem o favor de pensar por nós. A sociedade de consumo, tem, enfim, destas pequenas mordomias. Haja quem pense por nós, como haja quem nos traga a bilha-de-gás quando o frio aperta!
A música. Pois adoro| “Enfim gosto” diria o António Boto, mas referia-se a outros gostos, os tais que fizeram com que o regime onde o António Ferro mnndava na cultura o mandasse deportado para o Brasil. E ele, ressentido, escreveu-lhe “Ferro és cruel….”. O Ferro fere, sobretudo quando é duro como o aço! Mas divergi…….E palavra que acho muito mal o que o regime de então fez ao António Boto.
Falava de música e dizia que gosto, pois é evidente que sim! Gosto sobretudo ao vivo e gosto muito de jazz. Enfim, gostos não se discutem…..ou podem discutir-se, tanto faz….
Ideias, pois isso sim era importante falar, nem que fosse para dizer tolices, idiotices, ou o que for, porque isso sim, faz parte da manutenção do exercício de pensar. Um pouco o que estou a fazer, despreocupadamente! E colocá-las, mesmo tolas, descabidas ou despropositadas, faz parte do nosso exercício de modéstia.
Afinal, não nos é pedido que nos idolatremos uns aos outros, apenas que convivamos…..
E por aqui fico que já disse muita tolice, ao sabor do teclado…Irra que o tipo (o teclado) deu-lhe para escrever.
E com esta treta toda esqueceu-me de dar o toque intelectual. É um pensamento sobre o pensador chato. É de Mário Quintana (este Google é uma máquina perfeita) “ O maior chato é o chato perguntativo. Prefiro o chato discursivo ou narrativo que se pode ouvir enquanto se pensa noutra coisa” . Cultura de zapping, aplicada ao pensamento, direi eu!

Saravá
IMPIO

andorinha disse...



SUBLIME! Absolutamente SUBLIME!


Bom ouvir antes de fechar o café:)))



Fiquem bem.

andorinha disse...


Impio,

Gostei do teu arrazoado!

"Cultura de zapping aplicadaao pensamento..." Boa! Grande parte dela é assim hoje em dia.

"Haja quem pense por nós..." acontece, mas não devia...
Quanto mais não seja temos que exercitar os neurónios.

E vou-me sem o toque intelectual. Estou-me nas tintas...:)))))))))


Abração

Impio Blasfemo disse...

Anfitrite
O outro lado da moeda é olhar para as músicas postadas pelo Prof como um novo marcador.
Já deu para perceber que se queremos falar sobre a música dizemos “que lindo, que bom ou que mau….” E se quisermos falar sobre outros assuntos, falamos…..
Postar músicas é como dizer, “Isto chegou ao fim, vamos continuar a falar ou não….”. Nada melhor que criar uma descontinuidade, para continuar a falar da mesma coisa.
Saravá
IMPIO

Anfitrite disse...

Ímpio,

Quando o assunto não interessa muda-se de postal. Mas eu vinha só aqui para saber se alguém estava a ouvir os "Prós e Contras". Eu tenho sempre razão antes do tempo. Será? Amanhã respondo, porque acabou o intervalo e já agora quero ouvir a opinião de determinados pensadores
Ontem eu tinha posto este comentário no FB. Veja lá que nem sabia que o animal do Netanyahu tinha descaramento de lá ir.

"commented on an article.
Ontem às 11:53 ·
Deviam também lá estar os Bush, o Barroso e o Blair, e que aproveitassem para fazerem uma limpeza geral, aos que estragaram o equilíbrio no mundo, e aos que agora se aproveitam. Também lá devia estar o Netanyahu, já que o Sharon já se foi. Alguém se preocupa com quantos mortos estão neste momento a acontecer na Síria, no Iraque, etc. por causa deste senhores? Grande fantochada. São estes seres que nos cortam a liberdade, não só a de imprensa, como a de comer e viver sossegados.
Até amanhã.

andorinha disse...



Com ou sem marcadores falamos sempre do que quisermos durante o tempo que quisermos...:)

Porra, 'vocêzes'...:)))

andorinha disse...


Uma semana depois do ataque, o Charlie Hebdo vai para as bancas com caricatura de Maomé



http://www.publico.pt/mundo/noticia/maome-com-cartaz-je-suis-charlie-ilustra-primeira-pagina-de-charlie-ebdo-1682021

São boas notícias!

andorinha disse...


O ETERNO DILEMA DAS DEMOCRACIAS


http://www.publico.pt/mundo/noticia/o-eterno-dilema-das-democracias-1682014

"o debate sobre o equilíbrio entre a segurança e as liberdades cívicas nas democracias não é novo."

Pois não, mas agudiza-se sempre em momentos como este.

Inté...

bea disse...

Bom Dia:)

Pois...que continuemos falando que ainda não se paga por deixar aqui opiniões. E não interessa muito se são com toques de intelecto ou não desde que sejam nossas. Ok, o mundo faz-nos muito a cabeça. Mas mesmo assim ainda pensamos sobre isso. É o que interessa. Não nos deixarmos apodrecer de mente.

Fiquem bem.

Anphy

gostei da mordacidade. O mundo está estranho, Anphy. Mas provavelmente foi sempre assim para quem em cada época o viveu.

Andorinha

Bons vôos:)

Ímpio

és sempre intelectual mesmo quando não dás por isso:) nem pecisas dar toques, é-te natural.

Olá Bart.

Bartolomeu disse...

Ímpio, meu Amigo; para perder a barriga, nada melhor que possuir uma boa conta bancária e o nº do telemóvel de 2 ou 3 meninas... daquelas expert em massagens... adelgaçantes... ao domicílio.
Ñesta modalidade podes fazer confluir diversos prazeres: o da menina (que na mira do pagamento vai fazer-te sentir o Alain Delon nos seus tempos aureos) o da massagem, do wisky e obviamente o comando de toda a operação, na mão. Mas cuidado, a frixão prolongada pode causar-"te" irritação na pele mais sensível.
;) ;) ;)

Impio Blasfemo disse...

Bart

Percebi. Para a barriga nada melhor que ginástica aprazível.

Andorinha

artigo interessante da Teresa de Sousa "o eterno dilema das democracias"

Bea

Viva, há quanto tempo.

Abraços
IMPIO

andorinha disse...


Beazita;)

Pois...há quanto tempo! Não tens emenda! Se não tomas café, podes sempre vir tomar chá:)))

Vê se apareces mais vezes, sinto-te a falta e fazes falta aqui.
Vá não sejas preguiçosa, sai do sofá e anda até aqui.:)


Impio,

Também achei, Blasfemo:)

Fiquem bem.

Anfitrite disse...

Bea,

Pelos vistos isto agora virou casa de chá inglesa, com música de fundo. Não podemos perder a hipótese de vir aqui tomar chá para ficarmos mais educadas e cultas.

bea disse...

Anphy, Andorinha e Ímpio

Prometo maior assiduidade:) Palavra de escuteiro.

Anphy

sem menosprezar tudo que aqui possa passar, encontro-me mais ou menos educada. No que respeita à informação, sim, creio que tem razão. Sou bastante desinformada. Acontece que pertenço ao número de pessoas que duvida que a informação por si só seja cultura. Não é completamente inútil, mas não pode retirar-me tempo que vivo com os outros ou para eles. Que lhes dedico. Nenhuma informação, por mais vital que me seja, suplanta a sua presença na minha vida. Ao vivo. E a cores. Ou mesmo um pouco baços, vá. Como seja.

Portanto, duvido que fique mais educada. Ou até mais culta. Mas um chá sabe sempre bem. Mais a mais no inverno. E não nos deixar apodrecer mentalmente já é trabalho do murcon. Parece-me. Fazer-nos pensar é essencial à vida. Uma respiração da mente.

Andorinha
és uma querida, tu.

E fiquem bem que vou ali a um lado.

andorinha disse...


Bea,

Tantos "aquis" que escrevi.
É ao correr da pena e não releio.
Se fosse fazer a prova, ainda era capaz de reprovar...:))) loooooool


Registei a promessa. Está em acta!:)

"E não nos deixar apodrecer mentalmente já é trabalho do murcon. Parece-me. Fazer-nos pensar é essencial à vida. Uma respiração da mente."

Também me parece...

Vou...

Lia Noronha disse...

Lugar maravilhoso com pessoas interessantes!!! Voltarei vezes mais..abraços meus.