quinta-feira, abril 26, 2007

Tudo acontece a Marques Mendes...

Carmona Rodrigues vai ao DIAP na próxima semana depor, como arguido, no âmbito das investigações sobre a permuta de terrenos do Parque Mayer, propriedade da Bragaparques, e da Feira Popular de Lisboa, da CML, negócio que se revelou ruinoso para a autarquia lisboeta.
Inquirido esta tarde, durante a sessão pública do executivo camarário, sobre a sua situação judicial, Carmona não confirmou nem desmentiu que tinha sido constituído arguido, declarando, contudo, que “aconteça o que acontecer, o meu propósito é levar o mandato que os lisboetas me confiaram até ao fim”.
Curiosamente, o vereador Pedro Feist defendera ontem a manutenção no cargo de Carmona, mesmo que viesse a ser constituído arguido no caso Bragaparques.

44 comentários:

andorinha disse...

...porque ele quer:)
Já podia ter tomado uma atitude há muito tempo.

maiaToRga disse...

Pobre Marques Mendes, tudo lhe acontece... lololololol

Vai ser giro... Será que o estabelecimento prisional irá fornecer um espaço para as reuniões de câmara?

CêTê disse...

Tenho perdido os posts sobre o que tem acontecido ao Sócrates e à Uni. Mas realmente ao Marques Mendes tudo lhe acontece- só que não sabe tirar partido do que lhe calha.

Quanto ao Carmona gostei de o ouvir na televisão hà uns tempos quando publicitou quanto a Câmara de Lisboa recebia do Governo na altura em que Pai e Filho dividiam o poder- nesse tempo é que era! Podia haver buraco em Lisboa mas não nas contas da câmara.

E esta hein? ;]

andorinha disse...

Quem não está nada pesaroso é Luís Filipe Menezes!
Estava num frente-a-frente com Ana Drago na SIC Notícias quando Mário Crespo lhes dá a notícia e quase que só faltou o homem dar um salto na cadeira de contentamento.
Há sempre quem fique satisfeito com as asneiras dos outros...

Maiatorga,
"Vai ser giro... Será que o estabelecimento prisional irá fornecer um espaço para as reuniões de câmara?"

Looooooooooool
Com boa vontade, tudo se arranja:)

maiaToRga disse...

Andorinha,

Também vi... O homem ficou mesmo radiante! Ainda por cima, falava-se de corrupção, a Ana Drago começava a falar de corrupção nas autarquias e aquilo já lhe estava a dar volta ao estômago, imagine-se porquê. De repente o Mário Crespo interrompe para dar aquela lufada de ar fresco. Foi perfeito...

Fora-de-Lei disse...

De facto, tudo acontece a Marques Mendes. É bem verdade...

E ainda se lembram quando tudo acontecia a Ferro Rodrigues ? Agora, é a vingança da mulher dos tremoços !

PS: porque será que a PJ (e organismos afins) funcionam tão eficazmente sempre para o lado do partido do Governo e a entalar o principal partido da oposição ?

Marx disse...

O título do post bem que poderia ser «Agora é que tudo irá acontecer a MM». Vai uma aposta para a comunidade murcónica: quantos dias (horas, minutos) decorrerão até que apareça o vice-presidente Azevedo Soares a dizer que tudo isto é devido ao ataque de Mendes a Sócrates por causa da UNI?

CêTê disse...

FDL, ;]]]
Bem observado. Porque será? Há quem já chame ao Caso Pia - o Não Pia!!!
Ora o Marques Mendes precisava era de receber alguns mails que circulam por aí a dar conta de uns tráficos de influência. Poderia ir por arrasto com eles mas fazia-se uma limpeza a fundo. Que isto do Governo andar a fazer a limpeza pela cave é mesmo de quem "compra" diploma de mulher de limpeza.

Julio Machado Vaz disse...

Cêtê,
Sobre a Independente - alguém acredita que uma Universidade privada quase "recém-nascida" não fosse pressurosa a torcer umas regrazitas para facilitar a vida a um (?) representante do Poder?

Ti disse...

Eu acho que até haver um veredicto, ninguém deveria ser obrigado/pressionado para abandonar o seu cargo, seja qual for a acusação e/ou cargo.

Ti disse...

"alguém acredita que uma Universidade privada quase "recém-nascida" não fosse pressurosa a torcer umas regrazitas para facilitar a vida a um (?) representante do Poder?"

Eu "quase" que acredito.

Fora-de-Lei disse...

Ti 8:57 AM

E eu acho que até haver um veredicto, ninguém deveria ter a lata de continuar num cargo, seja qual for a acusação e/ou o cargo. Vide, por exemplo, Carmona Rodrigues, presidente da CML.

Embora, em termos comparativos, eu até tenha alguma compreensão pelo rapazinho porque não teve nenhum ministério amigo que se prestasse a ir buscar a papelada das obras no dia anterior a qualquer coisa...

andorinha disse...

Bom dia.

Concordo contigo, FDL.
Mas enfim, lata têm os políticos q.b.
Já ética têm muito pouca:(

RAM disse...

Caro Anfitrião,

Desculpe fugir ao assunto do post, mas não podia deixar de invocar, em tempos de celebração da Liberdade reconquistada, e num contexo de recrudescimento dos movimentos de exrema-direita por toda a a Europa - e não me refiro à caricatura portuguesa denominada PNR - o massacre de Guernica: foi há 70 anos, em 26 de Abril de 1937.

lobices disse...

...há alguns anos havia uma espécie de "slogan" anedótico que dizia:
"o que mais me irá acontecer?..."
...
...eu penso que toda a gente tem telhados de vidro
...e eles, esses telhados, vão-se rachando aqui e ali e depois...pimba, partem-se
...é uma chatice
...na verdade, onde não há pão, todos ralham e ninguém tem razão só que, em alguns casos, o "pão" circula
...

thorazine disse...

FDL,
"E eu acho que até haver um veredicto, ninguém deveria ter a lata de continuar num cargo, seja qual for a acusação e/ou o cargo. Vide, por exemplo, Carmona Rodrigues, presidente da CML."

Então quer dizer que eras o primeiro a demitir-se se fosses acusado de repetir, ilegalmente, a sobremesa da cantina? :)

blogico disse...

não é verdade que se começamos a notar padrões na nossa vida, é porque provavelmente o problema parte de nós?

se tudo lhe acontece, por algum motivo será ;)

boa tarde a todos

Fora-de-Lei disse...

thorazine 2:46 PM

Não, nesse caso passava a comer todos os dias duas sobremesas. Há que ter a fama e o proveito.

PS: nem a propósito, depois de almoço recebi um e-mail de um amigo meu com o título: "Toma lá para sobremesa". Se fosse uma sobremesa daquelas que vinha em anexo ao e-mail, tinha parar de comer senão - em vez de engordar ou ficar diabético - ia parar ao Caramulo... ;-)

Lifepassenger disse...

Tudo lhe acontece, de facto mesmo apesar da sua altura seria de esperar que em certos momentos passa-se despercebido, mais aí aparece, quase sempre na negativa. (Serão influências do Bush) :P

yulunga disse...

Ganda nóia, boss.

RAM disse...

Errata ao meu comentário:
"evocar", não "invocar"

peciscas disse...

E, ainda por cima, hoje de manhã, no debate mensal, o MM não se saiu nada bem, levando no pêlo do JS e sendo ofuscado pelo regresso do PP, igual a si próprio...

Laura disse...

FDL
"...porque será que a PJ (e organismos afins) funcionam tão eficazmente sempre para o lado do partido do Governo e a entalar o principal partido da oposição?..."
……………………………………………………………………………………
Muitíssimo bem visto.
Quaisquer que sejam as inclinações políticas, pois o fenómeno toca a todos, é bom que enquanto cidadãos tenhamos a lucidez suficiente para fazer a desmontagem destes acontecimentos, (só) aparentemente inocentes no timing escolhido.
Poderíamos citar inúmeros exemplos, não é?

Custa pensar que o DIAP entra nestas jogadas. A mim não me tranquiliza nada!
E pensar que ainda antes de ontem era 25 de Abril......:)

Também concordo que um arguido deva em princípio suspender o mandato. Embora, por definição, até ao esclarecimento dos factos imputados se seja inocente.
E aí, as fronteiras das provas que baseiam a constituição do arguido são tão, tão fluidas, tão emaranhadas, que se prestam, querendo, ao jogo do trama-o-gajo. Ora, no fim de tudo, se acaso se estava inocente, já ninguém se lembra!!! Só se diz que “ nada foi provado”… Isto para o cidadão é o mesmo que dizer que se foi absolvido na secretaria!

Por estas e outras, uma coisa eu mudaria de certeza na nossa lei! Um autarca condenado (condenado, mesmo) jamais deveria poder ser candidato ao mesmo cargo, naquele círculo ou noutro. Mais: deveria ficar inibido de exercer direitos políticos de carácter representativo.
Quem defrauda o Estado (e todos nós) uma vez, com dolo, não deveria merecer nem mais uma oportunidade de nos representar.
Se “este galo nos cantasse”, muita coisa mudaria, estou certa.
Mas não… mais uma vez a lei confunde tudo e considera que se o povo quiser, e votar, e reeleger, isso se sobrepõe a todos os outros critérios de legitimidade!

andorinha disse...

Para além das outras considerações, que também são pertinentes, subscrevo na íntegra o último parágrafo do comentário da Laura.
Essa gente não deveria ter, de facto, nem mais uma oportunidade.
Mas como somos um país de brandos costumes e tudo se esquece...:(

andorinha disse...

Continuando no mesmo trilho...

Médico acusado de burlar o Estado pede libertação para poder pagar a dívida.

O médico acusado de burlar o Estado português em quatro milhões de euros pediu hoje, em tribunal, para ser libertado da prisão preventiva para poder retomar a sua actividade empresarial e indemnizar a ADSE.

O médico João Aurélio Duarte, acusado de burla qualificada à ADSE (Assistência na Doença aos Servidores do Estado) no valor de quatro milhões de euros em comparticipações, confessou na sessão anterior ao colectivo de juízes da 9ª Vara, 2ª secção, do Tribunal da Boa-Hora, "tudo o que consta da acusação", discordando apenas do montante em causa.

O colectivo de juízes ficou de se pronunciar hoje sobre esta questão, tendo aceite que "o conjunto de declarações resulta de uma confissão livre, integral e sem reservas".

A juíza presidente do colectivo, Rosa Brandão, sublinhou que a confissão e a prova documental existente no processo tornam "desnecessária a produção de qualquer prova em julgamento" e passou de imediato a questões sobre as condições pessoais do arguido, para assumir o pagamento da soma em que lesou o Estado, através da ADSE.

O cirurgião pediátrico manifestou o seu arrependimento e pediu desculpa, garantindo que está empenhado em pagar a dívida que tem para com o Estado português.

João Aurélio Duarte disse que iria fazer uma recolha dos imóveis que tem em Portugal, que estão em nome dos filhos — com quem diz não falar desde o início do escândalo, em 1998 —, e que os entregaria como caução à ADSE enquanto repõe a sua vida empresarial, para poder ganhar dinheiro para pagar a dívida.

Juiza pede documentos com proposta que a ADSE aceite

O médico disse que se lhe fosse permitido pelo tribunal também voltaria ao Brasil para fazer fortuna, por ser o país onde desenvolveu desde 1996 vários investimentos imobiliários e empresas, nas áreas financeira, de saúde e seguros, e que actualmente se encontram congelados pela justiça brasileira.

Alegadamente pouco convencida, a juíza Rosa Brandão pediu que o arguido e o seu advogado lhe entreguem, até às alegações finais, a 9 de Maio, documentos com uma proposta que a ADSE aceite para o pagamento das dívidas.

João Aurélio Duarte, 58 anos, burlou a ADSE, entre Janeiro de 1998 e Julho de 2003, em quase quatro milhões de euros, tendo confessado a falsificação de assinaturas de médicos e pacientes, a prescrição de exames ginecológicos a homens e a realização de consultas de pediatria a reformados.

O médico, que pode ser condenado a uma pena de entre dois e oito anos, foi detido no Brasil em Março de 2005, extraditado para Portugal em Outubro de 2006 e encontra-se em prisão preventiva numa cadeia de Lisboa.

Notícia no Público on-line

P.S. Se eu fosse a juíza, estaria igualmente pouco convencida:)

CêTê disse...

professor,
não sei como funciona o ensino superior privado mas é bem capaz de ter razão sobre a existência de um consciência colectiva (que pode tomar o aspecto de puro preconceito) sobre o privado.

Seja como for... os favorecimentos (e "desfavorecimentos") acontecerão em privados e públicos.
Espero que o Professor Mariano Gago (que admiro muito) não perca a verticalidade (que lhe tenho reconhecido) no que respeito diz da avaliação do ensino superior.

abrçs

CêTê disse...

Andorinha, ;]]] Que má vontade a tua!!!!
O médico em questão é um bom homem e está muiiiiito à frente. Ele só está a implementar a mesma política da nossa Santa Min-edu:
A da substituição- prepara.te: não há dinheiro para a vacina do vírus que está na origem do colo do Útero pois fazes uma palpação da próstata.


bjcus e bom fim de semana p/a todos, claro ;]

andorinha disse...

Cêtê,
Loooooooooooooooooooool
Looooooooooooooooooooooooooool
Ainda não consegui parar de rir:)

Tens cada uma!!!!! Looooooooooool

jinhos:)

CêTê disse...

lol
;]

Carminda Pinho disse...

Parabéns, este blog foi premiado
http://forum-cidadania.blogspot.com/2007/04/o-prmio.html.
Cumprimentos

Ti disse...

Há uma opinião generalizada que não consigo perceber...

Porque é que alguém que (ainda) é inocente deve demitir-se só porque foi alvo de uma qualquer acusação?

Eu confesso que não consigo perceber a lógica, mas como imensas pessoas acham que deve ser assim, inclusivamente pessoas cuja opinião respeito especialmente, gostaria de saber o que é que me está a escapar...

thorazine disse...

ti,
eu também não percebo; sou acérrimo apologista do velho ditado inglês! ;)

Red_Coast disse...

Importa realçar duas situações:
1)Verificar qual a posição oficial do PSD e do seu presidente sobre o caso;
2)A presunção de inocência para qualquer arguido até ser declarado culpado pelo orgão competente, neste caso o tribunal.

Abraço,
WWW.SEMGAS.BLOGSPOT.COM

Vera Effigies disse...

Boa tarde!
Passei e espreitei. Não podia deixar de dizer Olá a todos.
Dei uma espreitadela aos posts anteriores
Quanto ao último, desejo que o professor Mahatma(?) seja condenado ao degredo do amor se tanto é esse "wish".
Num dos posts li que a Senhora da Fé estava fechada, raramente está aberta. Mas(bsbsbsbs segredo) Se perguntar onde é "Quartas" pode pedir a chave às senhoras, de certeza a facultam:) ou indicam quem a tem. Mas Professor pode rezar do lado de fora a Senhora "ouve" do mesmo modo :))))

Um abraço e desfrute bem aqueles ares sadios. A poluição política, está de tal ordem que, cada vez mais, acredito em vegetais. São os únicos seres vivos que se aliam a um amigão, para produzirem a fotossíntese.
Beneficiemos deles enquanto nos deixam... :(
MJ

Vera Effigies disse...

errata fotosintese
Tenho de ver isto que entrei com nick errado. Sou a Lusco_fusco.

thorazine disse...

Há alguns vegetais que criam novas cosmogonias e até vão ao espaço! ;)))))))

Lusco_Fusco disse...

Ai ai Thorazine isso é pura maldade.
Palerma a JE resolveu armar-se aos cucos e agora teve de criar o e-mail de marca.. :( Pois foi!
Sempre atento!
MJ

Lusco_Fusco disse...

Falata a imagem lol

Lusco_Fusco disse...

heheheh Agora sim!
Um bom fim-de-semana :)

thorazine disse...

lf,
não é nada..:)

Vejam a sister Rosetta: http://www.youtube.com/watch?v=JeaBNAXfHfQ

Que pinta..doi pensar que 50 anos depois ainda há "queixas" de padres que têm o pé pesado! :))

Cristina Seabra disse...

Já leccionei numa universidade privada. Continua a haver lá profissionais muito rectos e competentes, mas também havia coisas que me incomodavam. Da minha experiência pessoal não falo por respeito a esses mesmos colegas, até porque houve coisas boas e é dessas que guardo lembrança. A falta de alunos levou a que não voltasse a leccionar lá. Ao pensar nessa curta experiência, já nada me espanta em relação a certas privadas. O simples facto de a Univ. Independente suscitar dúvidas já é uma grande tristeza. Bem, e é melhor ficar por aqui apesar do 25 de Abril :)

Thorazine: obg pelo vídeo desta senhora giríssima, Rose, que nem sabia que tinha existido...é bom estarmos sempre a prender uns com os outros...!

lobices disse...

...que ganhe o Benfica :))))

Margarida disse...

Gosto muito de vir aqui ao seu blog.
Já agora e se tiver paciência vá ao meu blog , foi nomeado lá.
bjs da guida

Su disse...

como sempre tudo fica na mesma----
esse baixinho é resistente.....o outro pertence à resistencia...enfimmmmmmmm
afogados......nós.....

jocas maradas