domingo, dezembro 02, 2007

Boa semana, que a minha vai ser alucinante:(.

"Mais do que um aristocrata, o burguês é muito sensível a estas tonalidades. Até à hora da morte, o burguês precisa de se afirmar. O aristocrata, logo ao nascer, já mostrou quanto vale. O burguês está condenado a acumular, ou a conservar."

Sándor Márai, A mulher certa.


Acabei o livro. Que é magnífico. Mas os personagens parecem-me, aqui e ali, soterrados pela análise histórica e sociológica. Em "As velas ardem até ao fim", na minha opinião, Márai atinge o mesmo objectivo sem lhes roubar a boca de cena. Na minha opinião? Já a formiga tem catarro:).

33 comentários:

CêTê disse...

;) Para si e para todos os "camaradas"- lol: sim, estou a virar à esquerda ;))))


Ai como o "inbejo" ao ler que já acabou mais um livro! Raios parta a sorte. Vou confessar... o seu livro estava esgotado,;))) por este andar está a comprar todo o monte, moinhos, aves, rio e tudo- os que aqui publicitou também- "Bái" daí... a par de um "técnico" veio o Livro das Inutilidades. ;)))) que aliás recomendo para qualquer WC.;P
Bem o que eu tenho exclamado...;P

Isto foi só para descontrair.

Boa semana para todos, também- com cuidados redobrados nas estradas.
txau

Cleopatra disse...

E ela... era a mulher certa?
Aposto que não. Os homens nunca sabem qual é a mulher certa.Procuram-na uma vida inteira, mesmo que passem por ela mil vezes.

Mas..Tenho de ler o livro para não fazer perguntas e afirmações parvas.
BNOITE!

Fragmentos Culturais disse...

Cada leitor tem a sua subjectividade e a sua leitura!

Não considero pretensioso... é a sua voz, a sua interioridade que dita a sua leitura, as suas opiniões!

Nós lemos por prazer! Não pela 'obrigação' assalariada de pôr cá fora uma crítica.

Nota: A minha semana também vai se 'alucinante'! E a outra também!
Aguentar é preciso!!

Aguarda-me uma pausa de grande prazer musical - ouvir Mário Laginha, no próximo dia 8 :)

cdgabinete disse...

Comprei o livro no sábado.... Reconheço a frase porque ainda não fui muito além dos sofás/cadeiras (?!) com a cor inadequada.... Boa semana!

andorinha disse...

Boa tarde.

Boa semana para si também.
Mesmo que alucinante...

Também comprei o livro, mas ainda não comecei a ler.

Está a ver? Vai passar a ser o nosso mentor literário:)

Fique bem, sem muitas alucinações:))))

Mariadosol disse...

Como eu gosto desta doçura do Moustaki (escreve-se assim?)

Xelim's Skull disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
thorazine disse...

O Dr.Cavaco Silva perguntou: "O que é preciso fazer para que nasçam mais crianças em Portugal?"

Mais uma prova como a educação sexual não deverá ser direccionada apenas para os mais jovens. :))))))

Migmaia disse...

Boa noite,

Depois de um fim de semana de surpresas agradáveis, ao som da música, do Peter Murphy na sexta, e do FCP no sábado (cantaram as boas festas na Luz), a semana começa cinzenta como o céu, se calhar por não ter uma agenda alucinante...Um livrinho, sem dúvida que traria ânimo. Sugestivo o seu relato, e também o título. Mas por motivos (também) profissionais, vai ficar em espera, pois comecei a ler "Para além do mal" de António Sampaio (Psiquiatra do Hosp. Júlio de Matos).

Boa semana a todos!

anfitrite disse...

migmaia,

E não só do Hosp. Júlio de Matos, é meu também. Um grande amigo com quem se pode falar horas, sem se preocupar com o preço das consultas. Também presta serviço gratuito na Associação dos doentes bipolares. E ainda tem tempo para expor pintura e para escrever bons livros.
Por causa de protagonistas (psicópatas),que além de sofrerem andam por aí muitas vezes a fazer a sua vida aparentemente normal, como o caso do do "Perfume" também, é que este mundo está como está, e se a gente quer alguém amigo a quem possamos roubar tempo para desabafar, pode ser que tenha a sorte de encontrar um Dr. António Sampaio.
Os psicópatas nascem assim, por causa da necessidade de se afimarem e, muitas das vezes também, de manter o status já trazido à nascença. Sobretudo, não são especialmente os burgueses que têm essas preocupações, que os poderá eventualmente tornar psicopatas. As preocupações deles são outras, mas eu também não li o livro referido pelo professor.

thora deixe-me fazer um comentário:

O dr. graveto fez essa pergunta, porque ele não sabe o que dizer quando abre a boca. E o que decorou nas sebentas que escreveu, já se esqueceu. Ele até já não se lembra que foi primeiro ministro durante dez anos neste país e que foi quando se fizeram os maiores desfalques com os recém chegados fundos europeus, ((FEOGA(ifadapzinhos) FEDER(mansões e status) FSE(empresas falsas, novos ricos),para já não falar nos problemas que criou, para o futuro, na função pública, etc.)),por isso como é que quer que ele saiba como é que se fazem as criancinhas?!

P.S. Não dou o meu perfil porque tenho nariz arrebitado!

anfitrite disse...

desculpem o acento nos psicopatas. Se fosse um chapéu ainda ficava bem.

DarkViolet disse...

"Ai que horror..Ai que horror..Ai que horror..Ai que horror.." :D

AQUILES disse...

A Cleopatra diz que "Os homens nunca sabem qual é a mulher certa.Procuram-na uma vida inteira, mesmo que passem por ela mil vezes." Mas será que procuram mesmo a mulher certa?
E, já agora, será que as mulheres procuram o homem certo?

A Menina da Lua disse...

Aquiles:)

Assim não vale:))

Claro que as mulheres procuram o homem certo assim como os homens mas entretanto e por vezes ambos ficam pelo caminho na sua procura, ou seja, seguem ventos que os fazem aportar em cais de bonança e até boa esperança...

De qualquer modo penso que as mulheres têm um olhar mais "fundo" na procura e mesmo que as suas escolhas não lhes sejam as mais convenientes ou de feição, elas acabam por o saber mais cedo que os homens, mesmo que com isso e apesar disso, queiram insistir no mesmo caminho...

Será intuição? será maior complexidade emocional? será que a mulher se sente mais capaz de arriscar pela sua maior(?) capacidade de abnegação e sofrimento? será?

E depois! o que nos diz afinal se é aquele e não o outro o homem ou a mulher certa?
As surpresas existem e quantas vezes elas nos acontecem para nos ajudar ainda mais a baralhar os dados?

A vida é assim!...com algumas certezas mas todos os dias nos chovem as incertezas...

thorazine disse...

Segunda Feira, 3/12/2007 , 11h08
Geral - México

Uma cantora foi assassinada a tiros no hospital de Matamoros, no México, no último sábado. Foi a segunda vez em menos de 24 horas que dispararam contra Zayda Peña, 28 anos, que havia dado entrada no hospital para recuperar-se do primeiro ataque, horas antes, em um hotel onde estava hospedada, segundo o jornal El País.
Ela era vocalista do grupo Zayda y Los Culpables, conhecido entre as chamadas "banda de grupo" mexicanas. Suas letras falam do narcotráfico, contrabando e delinqüências. Uma das músicas da banda chama-se "Tiro de graça".
No primeiro ataque, em que a cantora ficou ferida, morreram a tiros uma amiga de Zayda e o empregado de hotel Leonardo Sánchez. A cantora foi levada ao Hospital Alfredo Pumarejo de Matamoros e, horas mais tarde, um homem armado conseguiu entrar em seu quarto e atirar em seu rosto, matando-a.
Muitos cantores deste estilo musical, com seguidores entre os traficantes, têm morrido assassinados.

Fonte : Redação Terra

PS - Verdadeiros mártires pela liberdade!! :(

Luís Galego disse...

A mulher certa, é um livro perturbador...que me fez sofrer. Escrevi sobre ele, não o vou esquecer.

in http://infinito-pessoal.blogspot.com

andorinha disse...

Boa noite.

Aquiles,
Se me explicares o que é o homem certo talvez te responda:)
Essa história de homens e mulheres certos, a mim não me diz muito.
Há homens e mulheres com quem temos mais afinidades, cumplicidade, etc, etc,...o resto são cantigas:)

Thora,

"Mártires pela liberdade"?
Como assim?
Não estou muito por dentro do que se passou, mas parece-me mais ajuste de contas entre grupos rivais.

thorazine disse...

Então parece-te que uma cantora é um grupo organizado?

Nem leste sequer a notícia.. :)))

"Cantar" contra o narcotráfico num país em que este tem mais poder que as forças policiais é ser mártir! Mártir pela liberdade de expressão!

Su disse...

opsss tanta treta.........sáo tiros...são cantoras....são pr....são..sam.paios......ehehehe
(tb não gosto de saramago);) opss não gosto e depois...processem-me

enfim...a catarse....feita-----

ok.......na sua/nossa opinião......

tudo arde....com ou sem catarro:)

jocas maradas...sempre

andorinha disse...

Thora,

Claro que li, não faço comentários sem ler.

A notícia pareceu-me um bocado ambígua.

"Suas letras falam do narcotráfico, contrabando e delinquências."
Não percebi se as letras eram a favor ou contra.

"Muitos cantores deste estilo musical, com seguidores entre os traficantes, têm morrido assassinados."

Aqui fala-se em traficantes e por isso ainda fiquei mais na dúvida.

Fáxabor:) de apresentar notícias mais explícitas, sim?:)

Se for como dizes, ai concordo com a expressão "mártires pela liberdade".

clara disse...

"Tenho a certeza que a partir do endereço que nos deixa, os visitantes irão - como eu fui... - ler e apreciar o texto a que se refere, pela importância de que se reveste - trata-se das nossas crianças. Perdoe se não respondi mais cedo ao seu apelo. Cordialmente, Júlio Machado Vaz."
Senhor Professor, mediante esta sua observação, venho convidá-lo formalmente a assinar a petição em prol das crianças vítimas de crimes sexuais.
http://www.petitiononline.com/criancas/petition.html
Não aceite para os filhos dos outros ou para os filhos de ninguém, aquilo que nunca aceitaria para os seus.


Maria Clara Sottomayor

AQUILES disse...

Menina da Lua

Assim não há homens, nem mulheres, certos. Só desacertos.

Andorinha
Não te posso explicar porque não faço a minima ideia do que é o homem certo. Espero que me expliques:):):)

Agora a mulher certa eu sei. Mas não digo. Posso ser incompreendido:):):)

Mas posso dizer que sou certinho :):):):):)

andorinha disse...

Aquiles,

Então se és certinho, és o homem certo, ou não?:)
Ou são tipos diferentes de "certezas"?:))))))

E eu é que sei o que é o homem certo?
E logo eu, que dou sempre de caras com o errado:))) Loooool

Hasta mañana, malta.

yulunga disse...

Bom dia maralhal.

Dr. Murcon só agora tive oportunidade para lhe vir agradecer uma vez mais a simpatia.
Foi pena não terem ido mais murcónicos, mas eles "andavem" lá ;-)
Pelo menos mais uns três estavam que eu bem os topei :-)
Achei piada que o lançamento de um livro com o titulo de "O Amor é..." tivesse na assistência uma presença masculina tão significativa.
O Amor não é só "coisa" de mulheres.
Depois envio-lhe as fotos que tirei.
Desde já peço desculpa por lhe ir entupir o mail.

thorazine disse...

andorinha,
d'accord! (Bês, bês..já ando a treinar o meu francês! :))

anfitrite disse...

Já há petições e tachos a mais, ou a menos para outros, por isso ponham a politiquice de lado e deixem de mostrar essa indignação balofa.
Não sei se será o caso, mas quando andei a inspeccionar algumas Instituições nunca vi lá ninguém pôr os pés, ou se interessar por alguma coisa.
Numa delas, até um enfermeiro foi despedido, sumariamente, da manhã para a tarde (e só tinha oito filhos para sustentar) porque deixou o fotógrafo de um jornal
fotografar uma velhota, que tinha morrido durante a noite e que foi roida pelos ratos. Isto não é ficção.

A Menina da Lua disse...

Aquiles

Desacertos? não o entendo!...mas tambem não interessa porque o que realmente eu tentava dizer é que o homem ou a mulher certa é só e sómente aquele que amamos...e isto porque "O Amor É..." com tudo aquilo e com aqueles que afinal dizem respeito a cada um...

A Menina da Lua disse...

E já agora tambem acrescento que o ideal de homem ou a mulher certa muda...e muda não só de pessoa para pessoa como em cada pessoa ao longo das fases da sua própria vida porque todos mudamos...e como alguem muito especial uma vez me disse: " todos mudamos ...só as estátuas não mudam e vejam o que os pombos lhes fazem..." :)

Ni disse...

«Pensando bem em tudo o que a gente vê e vivencia
e ouve e pensa, não existe uma pessoa certa pra gente.
Existe uma pessoa que se você for parar pra pensar é, na verdade, a pessoa errada.
Porque a pessoa certa faz tudo certinho!
Chega na hora certa, fala as coisas certas,
faz as coisas certas, mas nem sempre a gente tá precisando das coisas certas.
Aí é a hora de procurar a pessoa errada.
A pessoa errada te faz perder a cabeça, perder a hora, morrer de amor...
A pessoa errada vai ficar um dia sem te procurar
que é pra na hora que vocês se encontrarem
a entrega ser muito mais verdadeira.
A pessoa errada, é na verdade, aquilo que a gente chama de pessoa certa.
Essa pessoa vai te fazer chorar, mas uma hora depois vai estar enxugando suas lágrimas.
Essa pessoa vai tirar seu sono.
Essa pessoa talvez te magoe e depois te enche de mimos pedindo seu perdão.
Essa pessoa pode não estar 100% do tempo ao seu lado, mas vai estar 100% da vida dela esperando você.
Vai estar o tempo todo pensando em você.
A pessoa errada tem que aparecer pra todo mundo,
porque a vida não é certa.
Nada aqui é certo!
O que é certo mesmo, é que temos que viver cada momento, cada segundo, amando, sorrindo, chorando, emocionando, pensando, agindo,
querendo,conseguindo...
E só assim, é possível chegar àquele momento do dia em que a gente diz: "Graças à Deus deu tudo certo"
Quando na verdade, tudo o que Ele quer é que a gente encontre a pessoa errada pra que as coisas comecem a realmente funcionar direito pra
gente...»

Luis Fernando Veríssimo

__________.0O0.___________

Ao ler o 'post' -prefiro a palavra 'postal' :)- lembrei-me deste texto que recebi por email já muitas vezes. O que indicia que pessoas de quem gosto... o leram, o escolheram e o partilharam. É um texto do escritor, jornalista, humorista e cronista brasileiro Luís Fernando Veríssimo (filho de Erico Veríssimo).

É um texto delicioso, que nos 'conta' (gosto de textos que 'contam') que a pessoa certa - ou melhor a pessoa errada - é um conceito tão subjectivo, tão fluido... que cada um de nós tem uma opinião... também fluida ao longo da vida... como disse a menina da lua (Olá menina!).

«E se todo o mundo é composto de mudança»...(e felizmente que o somos)... conceitos de 'certo' e 'errado'... alteram-se em nós, no(a) parceiro(a)...

Somos os certos(as)... ou errados(as) quando ousamos ou alguém ousa (afinal... temos genes de 'gente ousada'!)'dizer o AMOR'... e vivê-lo intensamente.

Abraço

AQUILES disse...

Menina da Lua

Gostei muito da sua analogia com as estátuas:):):):)

Mas "o amor é" pode nunca ser uma correspondência certa com a pessoa certa. É amor. Daí os desacertos. Quantas vezes se ama quem se não deve, ou deve mesmo apesar de tudo. Só que ama sabe o que em cada momento é certo, embora não seja o certo. E quem sabe o que é o certo? Ainda não tem exactidão matemática:):):):):):

AQUILES disse...

Lapso : Só QUEM ama sabe

andorinha disse...

Thora,

Beijo ( do berbo Ber)

:)))

Cleopatra disse...

Pronto.
Comprei o livro.
E tu Ni
Obrigas-me a fazer uma postagem lá na minha moon.
EStes dois e mais alguns fazem-me pensar e sorrir.
Que bom!
BJS MUITOS
APETECE_ME!