quinta-feira, dezembro 06, 2007

Finalmente no lugar adequado!

Um furúnculo traiçoeiro fez-me o ninho atrás da orelha. O Octávio, peremptório - "Só vai de antibiótico oral. E mesmo assim, não sei, talvez seja preciso abrir." Perante o meu desânimo - "Sebo!, tudo se junta" -, recorreu às virtudes terapêuticas de um bom Callabriga. O antibiótico vem fazendo o seu trabalho e, com cruel displicência, pelo caminho trucida-me a vesícula. Hoje, à entrada do Instituto, a pústula decidiu rastejar até à luz do dia pelo meu pescoço abaixo. Na portaria, a solução foi imediata - "Fala-se ao Professor Mário Sousa!" E lá fui eu chatear um antigo aluno... Diagnóstico reafirmado com evidente alívio - "Óptimo, abriu espontaneamente." Dez dias de antibiótico para prevenir eventuais complicações. Dez... Apeteceu-me ajoelhar e pedir-lhe um desconto, mas o bom do Mário já se angustiava, "como te faço o curativo, para dares a aula?" A hesitação, "importas-te de ir...?" Mas claro que não, é o destino e a sua renomada sageza! Lá fui. A colega, lutando bravamente contra a minha purulência - "quer ver, professor?" Nem pensar!, conheço a podridão de que sou capaz... Penso feito, o uivo doloroso de um cão emoldurou-me a saída grata e o sorriso gentil dela. Corredor fora, envergonhado pelo atraso e esbaforido por dois lanços de escada, compreendi o protesto e pedi em silêncio desculpa pela cunha que me permitira "roubar-lhe" a atenção da colega. E assim se passou a minha primeira consulta de medicina veterinária:))))))).

29 comentários:

AQUILES disse...

"conheço a podridão de que sou capaz"
Ora aí está algo que não é para todos. Só uma alma nobre e um carácter humilde* são capazes desse reconhecimento.

*Exagerei no humilde?

Julio Machado Vaz disse...

aquiles,
Teoricamente não:).

Sirk disse...

"Um furúnculo traiçoeiro fez-me o ninho atrás da orelha."

Teve muita sorte. Um desgraçado de um colega teve um à entrada/sáida do ânus. Teve que ser intervencionado e tudo, o pobre. Aquilo para além de doer parece que tresandava.

LOOOOOOOOOOOOL

AQUILES disse...

Bem me parecia. Boa recuperação

JFR disse...

Este post deixa-me uma série de interrogações.

Primeiro, se o dito Octávio é Cunha, temos um pediatra (excelente) a tratar do nosso tão auto apregoado "velhinho". Afinal está um jovem!:)

Segundo, terá tratado tão mal o seu aluno (hoje Professor)para ele o enviar para uma veterinária?:)))

Terceiro, as filas de espera oficiais são grandes porque englobam cães e outros animais?:))

Quarto, Callabriga é um óptimo vinho que desconhecia ser usado para o tratamento de furuncúlos! Tem apoio estatal?:)))

andorinha disse...

Boa noite.

Loooooooooooooooooool
Tudo lhe acontece:)

JFR,
Perguntas pertinentes:)))

thorazine disse...

JFR,
O icbas também têm lecciona veterinária! ;))

As melhoras! Só de pensar já me doi..:(

Julio Machado Vaz disse...

jfr,
É o Cunha; tratei-o bem e ela a mim; era só eu e o pobre canídeo; não sou um subsídio-dependente no que aos tintos diz respeito:).

NoBLoG disse...

Prof

Há muito que visito o seu blog e há muito que adiava a minha participação.

Quero deixar-lhe (vos), aqui, estes momentos "quasi-perfeitos" que alguém me enviou:
www.youtube.com/com/watch?v=zEzlPsKwTlw

Veja(m), que vale a pena!!

Quanto ao "resto", isso passa! :-)) Quem lhe o diz é alguém que já passou por algumas dessas "vergonhas furunculosas"...

CêTê disse...

Lá se foi o meu Kiwi!;O





;)

Deve haver muito boa gente que prefere os veterinários. ;P




Até pelos nicks, podemos deduzi-lo! LOL

thorazine disse...

É o que faz descozer, cozer e não cortar! :))

Reformulando: O ICBAS também lecciona o curso de veterinária. Aliás, tem consultas "à pala" para quem tiver disponível para fazer do seu animal cobaia dos estudantes! :))

JFR disse...

Prof Júlio:

Longe de mim imaginar que as suas belas palavras do post anterior, tinham por destino um homem de quem tanto gosto. De quem os meus filhos, crescendo, foram gostando. E de quem os netos irão gostar, no vazio de serem os últimos.

Ti disse...

Um dia eu também vou saber escrever assim...

lobices disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
lobices disse...

...coitado do canídeo :)
...apesar da purulência brrrr,
abreijosssssssssss
pa todos

A Menina da Lua disse...

Professor

Muito bem! então andou a fazer concorrência às consultas veternárias com o canídeo Cunha!:))

Sim senhor! mesmo nessa ingrata situação que tal como diz o Thora só de pensar dói:(, não perde o sentido de humor e ainda consegue manter o ar da sua graça:)

Desejo-lhe as melhoras e para próxima consulta tenha cuidado com a bicharada.

A Menina da Lua disse...

Ups! queria dizer consultas veterinárias:)

Laura disse...

Professor, claro que eu não sou médica... mas pelo post, palpita-me que ou anda em "surmenage", ou a sofrer uma boa arrelia, ou então é a dondocas da Gertrudes que não o alimenta como deve ser!!!

INADMISSÍVEL, SOUZÀ!!! IMPONHA-SE!

É que, segundo dados médicos de tipo não confirmado
(como o da influêrencia da lua nos partos, ou o do nexo entre o romper da 1ª dentição e as diarreias infantis...)
parece que estes episódios inflamatórios têm terreno de eleição nos "baixos de forma".
Stress profissional, preocupações, alimentação desregrada...etc.

- "Sêrá qui é meismo?"

É o que me dizem acerca destes "arreliões" quando me aparecem do nada!
Antigamernte (conta-se da minha avó...) os ditos "fleimões" tratavam-se com "papas de linhaça" e abriam por si, sem arruinar o estômago e outros adjacentes. (E é cá 1 alívio pelo meio do horror!)!
Mas agora, ou se toma antibiótico ou vai-se à faca:- uma chatice horrível, prometo-vos, porque a anestesia não "pega" e tem de ser tudo a sangue frio!

Espero estar enganada e que tudo vá bem consigo!
Mas caso precise... cá está o Murcon para pôr a Gertrudes na ordem:):):):)

Xelim's Skull disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Xelim's Skull disse...

Era capaz de casar-se com um robot?

2007/10/14 | http://www.portugaldiario.iol.pt/noticia.php?id=865805

«Um cientista britânico defende que as relações amorosas entre os humanos e as máquinas vão deixar de pertencer ao mundo da ficção

Um cientista britânico, especializado em inteligência artifical, concluiu uma tese de doutoramento em que defende que num futuro relativamente próximo será possível um ser humano apaixonar-se e casar-se com um robot.

Na sua tese «Relações íntimas como companheiros articiais», defendida com sucesso na Universidade de Maastricht, na Holanda, David Levy argumenta que a semelhança entre os autómatos e as pessoas será tão grande a nível físico como emocional que será viável uma relação amorosa humano-máquina.

Esta conclusão resultou, de acordo com o cientista, de uma pesquisa exaustiva baseada em cerca de 450 publicações sobre psicologia, sexologia, inteligência artificial, robótica, estudos de género e interacção humano-computacional.»

[ Extra:

perguntas respondidas por David Levy, encontram-se aqui]

Fora-de-Lei disse...

Afinal, o sol quando nasce não é mesmo para todos.

Eu gostava de saber o que aconteceria a um pobre cão, gato, coelho, porquinho-da-índia, etc, etc, se aparecesse no Hospital de Santa Maria para lhe fazerem um penso...

Abaixo a desigualdade entre Homem e Animal !!!

thorazine disse...

laura,
mas a influência (e não influêrencia, pois se tivesse fluor bastava uma luz negra para desvendar o caso :)) da lua faz todo o sentido! O corpo humano adulto é composto por mais de 60% de água, e esta percentagem aumenta bruscamente na mulher grávida. Nas noites de lua cheia e lua nova o sol está alinhado com a lua, aumentando a força gravítica exercida sobre os corpos terrestres, sendo os gazes e os liquidos os mais afectados (como se pode ver pelas marés)! Acha que não iríamos nós ser afectados? :))

thorazine disse...

PPL,
animem-se..isto é passageiro!!! :)
Qlq dia o prof já anda outra vez a puxar pela malta.. :))))))

PS - Desde que meti a discografia do kusturica no mp3 consigo tranformar qlq pessoa/ambiente numa personagem/cenário dele! hehehe

Klatuu o embuçado disse...

Discordo da prescrição... penso que deve optar pelo antibiótico orelhal! :)

black puss in white boots disse...

Há furúnculos tramados. Coitado do bobi, já basta a cãofusão que gerou. Já estava a imaginar o pobre do bicho desesperado, depressivo a tomar biscoitos de prozac por ter sido banido socialmente do reino dos canídeos, por possuir um adereço nada fashion.

lpitorro disse...

Bom dia Sr.Professor, que grande sorte o furunculo não ter nascido nas partes mais sensiveis.
Se há bichos complicados esse é um deles.
beijão

irneh disse...

Professor
Os seus textos são sempre uma delícia!! Tenho a certeza que motivariam muito bem os meus alunos para a leitura. Não quer dar-nos (a mim e à equipa de trabalho) o prazer de escrever um textozinho para os nossos jovens que publicaríamos no nosso blog de Leitura, o www.nolugardoouro.blogspot.com?

Íamos adorar!!! Desculpe a ousadia...mas pedir não (me) custa nada...
Beijinhos

Su disse...

Caí de cama, por causa de um... furúnculo claro está e coincidências das coincidências... caí aqui, vindo já sei lá de onde, mas resolvi ficar, se não incomodar! É um prazer!

Su disse...

que post....barrckkkkkkk

jocas maradas