terça-feira, fevereiro 04, 2014

Boa noite, gente.

26 comentários:

andorinha disse...


Continuando sem conseguir ver seja o que for...


Bom soninho, Júlio:)

Desejo o mesmo a todos os que por aqui passarem, parafraseando a Bea...

João Pedro Barbosa disse...

"Publicar"

Maria,

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Título

andorinha disse...

Ainda se lembra da vida sem Facebook?

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/lazer/ciencia/tecnologia/ainda-se-lembra-da-vida-sem-facebook

Aparecem comentários a dizer que o FB veio estragar tudo, relações de amizade, que é uma perda de tempo, que causa stress, etc, etc...

Se acham isso, porque utilizam????????

Atenção, malta. Não me tornei uma defensora acérrima e inflamada do face.:)
Se me dissessem para escolher entre face e Murcon, lógico que era o bloguinho:)

Mas o face tem um lado positivo que tento aproveitar.

http://www.youtube.com/watch?v=AcL7UemRuWU

Fiquem bem:)

Impio Blasfemo disse...

João Pedro

Acrescento

_______________________________
_______________________________
_______________________________

IMPIO

João Pedro Barbosa disse...

...Blasfemo? Santos da casa não fazem milagres! É preciso estar doente. Para desabafar

bea disse...

Bom Dia:)

Andorinha :) bigada por Andrea Bocelli e Dulce Pontes; é um vídeo bem conseguido, sem dúvida imerso em beleza. Há assim lampejos, saem da mão do homem tão cheios do lado bom das coisas que me lembram sempre Platão e o seu ideal de confluência entre o Belo e o Bem.

oh, que longo é o caminho para a noite:)

biépi a todos

O Face é como outra coisa qualquer: ou tu mandas nele, ou ele em ti. Se fazes mais cruzes no "ele em ti"...tens que saber se queres ou não mudar.

João Pedro Barbosa disse...

Bea... Qual deste. É! O melhor?

A-https://www.google.pt/search?q=Cristiano+Ronaldo+dos+Santos+Aveiro&oq=Cristiano+Ronaldo+dos+Santos+Aveiro&aqs=chrome..69i57j0l5.2103j0j7&sourceid=chrome&espv=210&es_sm=93&ie=UTF-8

B-https://www.google.pt/search?q=water+inside&oq=water+inside&aqs=chrome..69i57j69i61j0l4.4519j0j7&sourceid=chrome&espv=210&es_sm=93&ie=UTF-8

João Pedro Barbosa disse...

Trouxe do outro lado. Mas não de Marte! Nem um nem outro? Este é o melhor...

"https://www.google.pt/search?q=eondoic&oq=eondoic&aqs=chrome..69i57j69i60l3j69i65j69i60.3347j0j7&sourceid=chrome&espv=210&es_sm=93&ie=UTF-8"

bea disse...

Se não for muito abuso, deixo aqui uma pedrinha que ontem me entrou no sapato e quem sabe vos pode servir para atirar a qualquer animal que se abeire do que não deve. A mim já não é útil, desta árvore colhi o fruto que me coube:)

"Olhou a chuva. Tanta! E veio-lhe a frase e uns olhos sem idade, “Crescer é tornarmo-nos quem somos”. A atonia do remate, numa atenção a certo longínquo incógnito, “as pessoas vão sendo cada vez mais as mesmas”. Perdera-lhe o nome e o resto, mas o enquistado sentido saltara-lhe à evidência no temporal, poças de água a alargar pelas ruas, revoadas de nuvem a nascer do alcatrão, o receio automobilístico, não sei olhar neste nevoeiro aquoso. E ela a escorrer, a minguar no improviso da lembrança.

Tão triste a desilusão! Tão triste pensar, onde é que fui menos?!

Tanto o tempo correu e não apagou o convite, “vem lá a casa, vivemos tão próximas, visita-me!” E depois uns olhos a repelirem-na da porta em indisfarçável desagrado. E agora, um encore inesperado. Sob outro molde. A emaciar. Mas ainda um encore.

Triste desequilíbrio! Triste e nunca resolvido.
Aprender os outros, em si mesmos, dá trabalho. Dói que se farta. É que também neles nos aprendemos"

E Fiquem Bem

bea disse...

Prefiro o B:); mete água.

João Pedro Barbosa disse...

Bea? Já tens na outra página! Um merecer para 2015. Avante...

João Pedro Barbosa disse...

O jornalismo e a verdade no seu melhor:

http://www.publico.pt/sociedade/noticia/onu-defende-medidas-de-proteccao-das-criancas-consagradas-no-orcamento-1622475

http://www.cinu.mx/noticias/europa/comite-sobre-derechos-del-nino/

http://expresso.sapo.pt/onu-exige-que-vaticano-entregue-clerigos-pedofilos=f854379

João Pedro Barbosa disse...

O
Segredo
É
O
Pior
Que
Se
Pode
Roubar
A
Alguém

João Pedro Barbosa disse...

Moby - Play (1999) - Full Album

http://www.youtube.com/watch?v=aP6sxOiy1ec

Impio Blasfemo disse...

João Pedro

Era um texto em branco, com linhas apenas para não ficar desalinhado, que isso de escrever textos em branco, mas desalinhados, é coisa que a Troika não gosta, e como perdemos a independência, segundo dizem, porque estamos intervencionados, logo devemos escrever, certinho, direito, (sobretudo direito porque esquerdo é um perigo) e alinhado, mesmo que o texto fique em branco, por falta de tinta; daí as linhas, repito-me, peço-te desculpa, mas é da idade!

Há uns tempos atrás, alguém que desalinhava (mas ainda lhe sobravam tostões para comprar um tinteiro), numa daquelas noites mais longas escreveu isto:
“Cachucho não é coisa que me traga a mim
Mais novidade do que lagostim
Nariz que reconhece o cheiro do pilim
Distingue bem o Mortimor do Meirim
A produtividade, ora aí está, quer dizer
Há tanto nesta terra que ainda está por fazer
Entrar por aí a dentro, analisar, e então
Do meu 'attaché-case' sai a solução!
FMI Não há graça que não faça o FMI
FMI O bombástico de plástico para si
FMI Não há força que retorça o FMI
Discreto e ordenado mas nem por isso fraco
Eis a imagem 'on the rocks' do cancro do tabaco
Enfio uma gravata em cada fato-macaco
E meto o pessoal todo no mesmo saco
A produtividade, ora aí está, quer dizer
Não ando aqui a brincar, não há tempo a perder
Batendo o pé na casa, espanador na mão
É só desinfectar em superprodução!
FMI Não há truque que não lucre ao FMI
FMI O heróico paranóico hara-kiri
FMI Panegírico, pro-lírico daqui
Palavras, palavras, palavras e não só
Palavras para si e palavras para dó
A contas com o nada que swingar o sol-e-dó
Depois a criadagem lava o pé e limpa o pó
A produtividade, ora nem mais, célulazinhas cinzentas
Sempre atentas
E levas pela tromba se não te pões a pau
Num encontrão imediato do 3º grau!
FMI Não há lenha que detenha o FMI
FMI Não há ronha que envergonhe o FMI
FMI ...”

Adivinha quem foi?!

Abraço e melhoras

IMPIO

andorinha disse...


Bea,

Gostei muito do video, foi por isso que vos trouxe.

"Crescer é tornarmo-nos quem somos”."

É mesmo, nunca tinha pensado nisso por esse prisma.


"Tão triste a desilusão! Tão triste pensar, onde é que fui menos?!"

:(((((((((

Por vezes sei e aí ainda dói mais...
Penso que sabes...:(


Impio,

Escreveste isso, Blasfemo?:)

andorinha disse...

Estilista iraniana morta por recusar sexo em grupo

http://www.jn.pt/PaginaInicial/Mundo/Interior.aspx?content_id=3670388

Rais'partam esta gente.
Será assim tão difícil de entender que a nossa liberdade termina onde começa a dos outros?

andorinha disse...



"Nâo critiquem o inem, podem presisar um dia, eles trabalham muito sobe preção,não é fássil"

Juro que isto está assim num comentário no JN...lol

João Pedro Barbosa disse...

Blasfemo. Vai para a tua terra! Nós os troikianos? Estamos também em Portugal...

João Pedro Barbosa disse...

Max Richter ( I swam out to sea - return)

http://www.youtube.com/watch?v=Xqv30MGb6b4

Impio Blasfemo disse...

João Pedro, Andorinha

FMI - José Mário Branco

http://www.youtube.com/watch?v=_Adp77ivpT8


IMPIO

andorinha disse...

Impio,

É o internacionalismo monetário...
Em 1979, agora, enfim...:(

Abraço, camarada:)

bea disse...

bom, Andorinha, no caso específico de ontem, uma amizade respeitosa unia as partes. Tem que haver um motivo. Mas ter escrito aqui clarificou-me. Considerei outros lados. Lados difíceis da vida de quem gostamos. Lados dramáticos, que sempre soubemos sem palavras ou confidências. Que se eu pudesse, podes crer, vivia por. Em vez de.

e no entanto algo quebrou sem regresso;em algum momento fui menos.

João Pedro

a minha experiência diz-me que há segredos que, se repartidos - nunca roubados - são menos dolorosos. Talvez não tenham vocação de segredo:)


bea disse...

tenho de ir varrer o sótão da memória, limpar e arrumar a ver se o sono não abala espavorido. fiquem bem, vou-me retirar para os meus aposentos.

Boa Noite aos passantes e residentes. oh, o que eu gosto de vocemecês:)

Tou de mal com os noticiários, o PR e toda a cambada que prolifera a ensandecer-nos as noites, Teresa Guilherme incluída. Mas não posso pensar nisto que preciso uma concentração extra para ensonar

andorinha disse...


"...e no entanto algo quebrou sem regresso;em algum momento fui menos."

Já todos fomos, em algum momento:(((

Vá, não espantes o sono:)

Beijinho



João Pedro Barbosa disse...

COZINHAR E O COMER
VAI
É O COMEÇAR
DEPOIS
É
A ORDEM NATURAL
DAS COISAS