terça-feira, março 25, 2014

As duas faces de Jano, mas com um upgrade curioso - ambas olham o futuro! O nosso...

O primeiro-ministro garantiu ontem que em abril será conhecido o "mix" de medidas para que o País possa cumprir a meta do défice acordada com a troika para 2015. Ao contrário de António José Seguro e Marques Mendes, Pedro Passos Coelho não se comprometeu com valores, mas assegurou, na abertura das jornadas parlamentares do PSD, em Viseu, que no próximo mês, assim que o Instituto Nacional de Estatística (INE) indique as novas regras para o cálculo do défice, o Governo os revelará aos portugueses. E "mix", expressão utilizada pelo próprio, porque não será de descartar um novo aumento de impostos.
"É sabido que ainda precisamos de fazer descer o défice público em 2015 para 2,5% do Produto Interno Bruto (PIB). Não sabemos ainda, com rigor, em termos de valor absoluto, o que isso vai significar. Há pessoas que estão muito ansiosas para saber se é 1,5; 1,7; 2 ou 2,5 mil milhões. Confesso: não sei quanto é ", afirmou o líder do Executivo, que sublinhou que o novo sistema de contas - que vigorará a partir de setembro - pode obrigar as Finanças a encontrarem um novo equilíbrio entre "medidas do lado da receita e do lado da despesa".


Passos diz querer reduzir desigualdades e injustiças
por LusaHojehttp://www.dn.pt/Common/Images/img_politica/icn_comentario.gif111 comentários
O primeiro-ministro apontou esta terça-feira como objetivo a redução das desigualdades e das injustiças sociais, afirmando que "doravante" será possível "olhar para as políticas sociais" com um alcance que o "contexto de emergência" dos últimos três anos não permitiu.
O Estado e o Governo "farão bem aquilo que lhes cabe se olharem para as políticas sociais como políticas de investimento social", afirmou Passos Coelho, na abertura do V Congresso da Distribuição Moderna, promovido pela Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição no Museu do Oriente, Lisboa.
"Para isso, teremos de apostar na qualificação do nosso capital humano e de dar oportunidades aos nossos jovens, sobretudo aos mais desfavorecidos. Teremos de proteger e elevar os rendimentos mais baixos dos portugueses que não podem dispensar os apoios sociais. Teremos de reduzir as desigualdades e as injustiças sociais", disse o primeiro-ministro.
O chefe do Governo PSD/CDS-PP acrescentou que "doravante" será possível investir com outro alcance nas políticas sociais, após o "contexto de emergência" dos últimos três anos.
"No contexto de emergência dos últimos três anos, as dificuldades e as restrições muito apertadas a que ficámos sujeitos não nos permitiu olhar para as políticas sociais com o alcance que será possível doravante", afirmou Passos Coelho.
Ainda assim, defendeu, "o objetivo de proteção e de aumento real dos salários mais baixos foi conseguido".


21 comentários:

Impio Blasfemo disse...

"o objetivo de proteção e de aumento real dos salários mais baixos foi conseguido".

Ah simmmmmm......?????!!!!!!!!

andorinha disse...


"Para isso, teremos de apostar na qualificação do nosso capital humano e de dar oportunidades aos nossos jovens, sobretudo aos mais desfavorecidos. Teremos de proteger e elevar os rendimentos mais baixos dos portugueses que não podem dispensar os apoios sociais. Teremos de reduzir as desigualdades e as injustiças sociais", disse o primeiro-ministro."

Não seria altura de o gajo nos deixar de tratar como imbecis????????

É preciso ter lata, f...-...

O post serviu para eu pesquisar quem foi Jano. Já não sei o tempo por perdido...:)

andorinha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
andorinha disse...


Já não dei...

Anfitrite disse...

Nem consigo ouvir este animal.
Mas já que publicam aqui as crónicas do Hermes- Daniel Oliveira- vale a pena ler esta porque até ele ficou indignado, mas eu gostei de ouvir as respostas.
É tanto o ódio que querem abater o Homem a qualquer custo, mas quem ficou mal foi JRS, porque ele sabe explicar o que fez e para que fez não precisa de estudar as respostas, nem dar respostas redondas como o outro que não diz nada, a não ser asneiras. Mas que a TV pública se preste a uma desonestidade destas é lamentável. Querem calar toda a gente que não lhes seja favorável, mas este homem já tem o seu lugar na História como o melhor PM de sempre. E os que dizem mal ou é por ignorância, ou por inveja, ou porque foram prejudicados nos seus benefícios, não sabem a época difícil porque ele passou, quando os bancos abriram falência, mas agora estão caladinhos que nem uns ratos. http://expresso.sapo.pt/a-cilada-da-rtp-a-socrates=f862262


Aquiles,

Sem partidos também não há democracia. É a anarquia total. É preciso é eliminar os vermes. Eu estou disposta Até disse que dava a minha vida se conseguissa ser útil.

Ninguém falou nas estatísticas oiciais do aumento da pobreza.E também não sabem que o risco de pobreza é calculado cada anoa a partir de valore mais baixos, portanto representa, não só uma maior %, como um nível ainda mais baixo de rendimentos. Pensem nisso!

Bea,
Eu sei que já tinha posto o link aqui e que vC até comentou, mas eu só queria que a andorinha lesse porque é ela que fala em emigaração e não sabe o que diz.

andorinha disse...

Anfy,

Eu já sei que não sei o que digo:))))), mas nem sei de que link falas. Não tenho tempo para ler tudo.


Sim, sem partidos não há democracia, mas não basta haver partidos para que ela exista. Temos imensos partidos e não temos democracia.
E agora?


Li o Daniel Oliveira no teu Face. Agora já não vais resmungar que ando a correr de lá para cá...:))) lol

Não tendo eu visto a "entrevista" em questão, parece-me do mais profundo bom senso o que o Daniel escreve.
Continuo a dizer: gosto do homem à brava:)

andorinha disse...

Doctor Paulo is in the House

Artigo de João Luís Barreto Guimarães sobre a política de saúde e respectivo ministro.
Raio de país este!:(

http://www.jn.pt/Opiniao/default.aspx?content_id=3774327&opiniao=Jo%E3o%20Lu%EDs%20Barreto%20Guimar%E3es

bea disse...

As palavras do PM estão vazias, gente.Diria um velhote que conheço: são verbos de encher.

Não é possível pensar sobre absurdos.

bea disse...

Daniel Oliveira é sempre esclarecedor. Mas a novela tem continuação; esperemos, pois. Ódios e amores de perdição pelos políticos são desperdício. Mas José Sócrates é muito bom de conversa e de cabeça. Tendo oportunidade, desmonta armadilhas.

Fiquem bem, tenham noite estrelada e quentinha que o frio aperta

AQUILES disse...

Anfy

O melhor PM da história??????
A sério????

Portugal merece, pois merece. Qualquer malandro em Portugal há-de ter os seus adeptos. Isto é um ciclo vicioso. São TODOS bandidos e ladrões, mas a malta há-de sempre achar que o bandido do meu clube é melhor que o do teu clube.

Eu não acredito em nenhum. E em nada. Sejam melhores ou piores, seriam bons era pendurados pelo pescoço, dos clubes todos.

AQUILES disse...

Se a malta se preocupasse com o país, preocupava-se era com coisas sérias e não a tentar limpar a imagem dos malandros dr qualquer clube.Isto sim, é um assunto sério e preocupante, que nenhum PM conseguiu perceber, nem nunca conseguirá:
http://www.noticiasaominuto.com/pais/193578/portugal-esta-em-alerta-super-vermelho-quanto-a-natalidade?utm_source=vision&utm_medium=email&utm_campaign=afternoon

AQUILES disse...

E é verdade, estamos entregues a um bando de loucos:

http://www.noticiasaominuto.com/politica/193495/estamos-entregues-a-um-bando-de-loucos

Impio Blasfemo disse...

Anfitrite
Hermes no sentido mitológico era um deus grego ligado Às questões da fertilidade, dos rebanhos, da magia, da divinação, das estradas e viagens, entre outros atributos. Ao longo dos séculos o seu mito foi ampliado, tornando-se o mensageiro dos deuses e patrono da ginástica, dos ladrões, dos diplomatas, dos comerciantes, da astronomia, da eloquência e de algumas formas de iniciação, além de ser o guia das almas dos mortos para o reino de Hades. Com tanta dispersão devia ser um deus muito rápido pois tinha de estar em muito lado ao mesmo tempo e a tratar de assuntos muito diferentes. Há quem o represente com capacete com asas.
Quando no outro dia comparei o Daniel Oliveira a um Hermes moderno talvez estivesse a ser injusto, até porque o arrastão é um blog que gosto de ler e ele participa nele. Mas a vida política, vai, quanto a mim para além de blogs e programas na TV ou artigos em jornais. E feita uma análise do CV do Daniel Oliveira, em termos políticos, verifica-se que ele fez mais do que actualmente faz. De reparar que ele é apenas 5 anos mais velho que o meu filho e se eu comparar o que politicamente um e outro fizeram para a sociedade, o Daniel Oliveira bate o meu filho aos pontos. O que quero dizer é que sobre este aspecto, parece-me que é justo dizer que ele está bastante acima da média dos homens e mulheres dos quarenta e tal anos, em termos de actividade política.
Então porquê este meu azedume? Talvez por ele se ter envolvido na confirmação do óbvio, ou seja que a esquerda, infelizmente, não quer “misturas”. E quem “lucra” com esta “verificação”? parece-me óbvio, os partidos do centro direita (PSD e CDS) o PS e o PCP. E quem “perde”? Também me parece óbvio, perdem aqueles que têm a ideia ingénua que reunindo 60 e tal assinaturas de individualidades, tal é suficiente para por a esquerda a falar uma com outra e a unir-se e apresentar um projecto comum. E assim o Hermes mensageiro Daniel Oliveira falhou na sua mensagem.
“Conclusão da ronda de reuniões do 3D com BE, Livre e RC”
http://manifesto3d.blogspot.pt/

Numa palavra, um tiro com pólvora seca. E não estamos em época de andarmos a disparar para a nuvem dos pássaros a ver se acertamos nalgum

Abraço
IMPIO

Anfitrite disse...

Ímpio
E segundo penso era filho da deusa Maia, que também tinha o poder da adivinhação. E a cabra da Maya (com Y) de cá, ganha à vida à custa dos ingénuos infelizes.
Não está mais desiludido do que eu. Também não vejo saída para isto e com o zé povinho catequizado. A lista do PS foi melhor do que esperava, mas não se justifica que tenham tirado a que foi a semana passada homenageada como a melhor deputada europeia na área do trabalho e ...-Edite Estrela. Mas do mal o menos. Tem gente especialista em várias áreas. Só que acho que o cabeça de lista. Apesar de ser honesto e de ter levado porrada quando foi a Felgueiras, por causa duma tal senhora, acho que tem muitos anticorpos à sua volta e há muita gente que não conhece a Maria João Rodrigues. Hoje ouvi a explicação, brilhante, do Galamba de porque é que foi criado o RSI em vez de aumentar indiscriminadamente as pensões mínimas. Assim era feita uma maior justiça social, em vez de dar a quem não precisava, já que é um valor que se dá a quem não tem por base descontos suficientes, mas que se dava a toda a gente inscrita. Assim deu-se mais aos mais pobres e evitou-se que as donas de casa casadas com senhores ricos também recebessem pensões, para passarem a tarde nos cafés como eu conheço muitas.
O problema é que os 3D não tinham óculos especiais.

Anfitrite disse...

Errata: Eu queria dizer CSI e Escrevi RSI.

andorinha disse...


Anfy,

"Fáxabor" de resmungar com o Aquiles como resmungas comigo.
Não é justo teres dois pesos e duas medidas:)

AQUILES disse...

“Em Portugal não há ciência de governar nem há ciência de
organizar oposição. Falta igualmente a aptidão, e o
engenho, e o bom senso, e a moralidade, nestes dois factos
que constituem o movimento político das nações. A ciência de governar é neste país uma habilidade, uma
rotina de acaso, diversamente influenciada pela paixão, pela
inveja, pela intriga, pela vaidade, pela frivolidade e pelo
interesse.

A política é uma arma, em todos os pontos revolta pelas
vontades contraditórias; ali dominam as más paixões; ali
luta-se pela avidez do ganho ou pelo gozo da vaidade; ali há
a postergação dos princípios e o desprezo dos sentimentos;
ali há a abdicação de tudo o que o homem tem na alma de
nobre, de generoso, de grande, de racional e de justo; em
volta daquela arena enxameiam os aventureiros
inteligentes, os grandes vaidosos, os especuladores ásperos;
há a tristeza e a miséria; dentro há a corrupção, o patrono, o
privilégio. A refrega é dura; combate-se, atraiçoa-se, brada-se,
foge-se, destrói-se, corrompe-se. Todos os desperdícios,
todas as violências, todas as indignidades se entrechocam ali
com dor e com raiva.

À escalada sobem todos os homens inteligentes, nervosos,
ambiciosos (...) todos querem penetrar na arena, ambiciosos
dos espectáculos cortesãos, ávidos de consideração e de
dinheiro, insaciáveis dos gozos da vaidade.”

- Eça de Queiroz, 'Distrito de Évora” (1867)

bea disse...

Ah, ah, ah, Aquiles, lembras-me alguém aos gritos de "só pendurados de cabeça para baixo e..." e depois..."chiu, fala mais baixo olha a PIDE..."

Mas é verdade que nenhum presta MESMO. Se bem que. Uns há melhores que outros. Partidos à parte. Que a qualidade lhes vem do carácter e não do aparelho. Também é o carácter que determina em que partido militam e como o fazem:)

Hummm...tens razão no alerta super vermelho. Mas não são só as medidas de natalidade que faltam. Falta sobretudo não mandar embora os jovens, dar-lhes oportunidades cá dentro, tornar a vida sustentável.

E os portugueses aprenderem a ser menos egoístas; lamento imenso, mas, por várias razões, quem mais sofreu antes do 25 de Abril, em geral, educou pior: deu tudo aquilo a que não teve direito, esqueceu até alguns princípios de boa educação ainda assim não fossem considerados do tempo da outra senhora. Criaram os filhos nos antípodas da sua própria formação.
Está à vista o resultado das confusões entre democracia e deixa andar; entre boa educação e repressão; entre trabalhar para obter e o hábito de esperar que alguém nos dê sem esforço; entre estudo aturado e sério e saber umas coisas de tudo. Entre a satisfação do que se conquista e gasta anos e meses e nos leva tanto de nós que não há como não lhe ter amor; e aquela que ocorre com o que nos vem à mão, acabado e pronto a uso, presente na imediatez, e tanta vez não sabe sequer apreciar o esforço do dador. Etc, etc.

Então o senhor do alerta vermelho pensa que não é uma questão ideológica porque são factos...hum...hum...tá bem, tá.

bea disse...

Anphy

Há tanta coisa que o Galamba não sabe sobre o RSI...tanta. Mas pronto, até já acabou e era, na base, uma boa ideia. Sei muito menos coisas que ele. Portanto, 1-0 vence o Galamba.

Afinal era CSI que é uma ajuda nas despesas de saúde...passo, não ouvi nada.

bea disse...

Oh! Como me aborrece que o Eça continue actual...

João Pedro Barbosa disse...

Best of Yann Tiersen

https://www.youtube.com/watch?v=BrL6mfVQyJw