domingo, março 23, 2014

Boa noite, gente.

35 comentários:

bea disse...

é uma voz tão bonita e tarde a conheci. quem sabe a goste melhor por isso.

Boa Noite

andorinha disse...


Continuo sem ouvir, por isso digo apenas

Boa Noite:)

AQUILES disse...

Desde miúdo que o oiço, sempre com agrado.

Caidê disse...

Tão bonito!
Sempre com agrado, Aquiles! :))

Anfitrite disse...

Gosto muito.

Mas estas dizem-me muito mais:

https://www.youtube.com/watch?v=rXB33yd4KI0

https://www.youtube.com/watch?v=_Qm1Bagtz38

Andorinha, continuas a querer fazer de burra, ou a quereres arranjar desculpa para ires desesperadamente ao FB. Ainda apanhas uma corrente de ar por estares tanto tempo à espreita por detrás da porta. Já que o professor para defender os seus direitos, mesmo depois de tantas queixas, não quer tirar a carraça do Cotonete, já te disse que tens de fazer cópia do link e saíres do murcon. Dantes justificava-se música de fundo tonitroante, enquanto nós líamos os postais, ou os comentários, mas como isto virou um programa de discos pedidos,ou oferecidos, é impossível ouvir música sobreposta a não ser que fosse um la-mi-ré, em fundo.

Boa semana
fór ól av iú.



Manuel Luís,

Gostei muito de saber que anda alguém da minha terra por aqui. Mas começo já por implicar consigo. É que não se oferece a uma senhora uma flor-da-noite. É que além de ter picos é tão efémera, que só dura uma noite (só se justifica se for uma noite inesquecível). Por outro lado o raio dessa flor, que eu tenho aqui, tem-me tirado horas de sono, para eu as conseguir fotografar. Normalmente estou sempre à espera que elas abram, e acabo por me esquecer, ou..., logo na noite em que abre. Ainda por cima só floresce uma vez por ano. Por outro lado adorei a flor de amendoeira, cor-de-rosa, porque eu tinha uma, mas não é muito vulgar com aquele rosa. E que saudades eu tenho das que se viam do Miradouro da Ermida de Santo António do Alto, lá para os lados do Rio-Seco, não é?

Anfitrite disse...

Estes vão ficar melhor e sobretudo os emigrantes portugueses que tanto aqui, como na Venezuela e não só, como ignorantes que eram, estão sempre do lado da direita. depois queixem-se. E cá continuem a brincar as esquerdalhas e com os votos que vão ver onde vamos parar, porque direito mais irracional e sem ideias do que esta que temos já não há. Não respeitam nada nem ninguém. Ou por outra, vendem-se aos mafiosos do grande capital e dão vistos gold a mafiosos procurados pela interpol.
http://expresso.sapo.pt/extrema-direita-com-resultados-historicos-nas-autarquicas-francesas=f862160#ixzz2wp9Q73jK

bea disse...

Bom Dia:)

Anphy

"estas eleições são uma colheita excecional, os franceses acabam de dizer que conquistaram a sua liberdade" - Marine le Pen

Esta afirmação não deveria existir. Em primeiro lugar por ser falsa. Em segundo porque demonstra que aos franceses também falta bom senso e bons líderes à esquerda. Que o povo, esse, é, em alguns aspectos, sempre muito semelhante, cego e impermeável à história.

Que esperança nesta Europa que desdenha do que sonhámos?!...

Penso que temos de ter esperança uns nos outros. Não nos resta outra coisa. Mesmo que esses outros em que esperamos sejam poucos. Rarêem. Precisamos de espelhos.

Um abraço para a Anphy que não dorme.E, qual rouxinol de António Feijó, deixa passar o momento em que a flor nocturna floresce num despautério, à revelia da sua atenção, no exacto momento em que dela se esquece.

Tristinho. Mas olhar a flor aberta é tão bonito também, Anphy. Eu vi MESMO um lírio a abrir, sabia? Calhou. É tão suave o movimento que floriu a meus olhos sem o vislumbre breve de um suspiro de pétala a estremecer o silêncio. Estive sempre a olhá-lo, sem distracção. Portanto...olhe a sua flor sem mágoa. Não temos olhos para o movimento das corolas

bea disse...

Oh:), Anphy!!!

acordou-me memórias tão doces. Bigada, viu?

essas canções só tinha ouvido às minhas tias. Imitava-as, sem saber o que dizia; tenho vaga memória de um capitão ou coronel ou por aí, que não tinha filhos e me sentava nos joelhos como o meu pai não fazia e pedia, canta lá o carimambo e a ansietá. E cantava. Lembro-lhe as gargalhadas, de me fazer festas na cabeça e me abraçar. Não me ficou a senhora, curiosamente. Também me lembro que ele pedia a minha mãe para ir lá a casa quando ele lá estivesse e à mulher que lhe ligasse para o quartel se fôssemos inesperadas. Se ele não estava eu desunhava-me a chorar.
A vida pôs boa gente no meu caminho. Não há dúvida.

João Pedro Barbosa disse...

Há Cultos Que Não Percebo Mesmo Que Só Tenham Uma Virgula

andorinha disse...

Anfy,

Nem a querer fazer de burra nem a arranjar pretextos para ir ao FB.

Eu sei isso que dizes e já era assim que fazia. Mas de há uns tempos para cá não consigo visualizar nada, portanto não posso copiar qualquer link porque simplesmente não o vejo. Entendido?

Só acontece aqui no Murcon com estes post. Tenho que chamar cá o meu técnico privativo:)))
Todos os links que vocês aqui deixam vejo e oiço sem problemas.


"Que esperança nesta Europa que desdenha do que sonhámos?!..."

Nenhuma, Bea...rigorosamente nenhuma...:(

João Pedro Barbosa disse...

Podiam... Pintá-la? De branco. Que ficava igual...

AQUILES disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
AQUILES disse...

Eu, como é sabido, não acredito.


Boa semana:

https://www.youtube.com/watch?v=FV9kYGP3kmA&list=RDBSu5v3GOELQ

Caidê disse...

Aquiles
Acordes tão bonitos!
Tens de ser mais utópico! Sim, também eu não : é que a geração no poder me assusta, mas contudo... nós outros ainda estamos vivos. A geração atrás deles não os vai "amar", por certo!... E assim...?!

Bea
Pois é! Esta Europa é uma federação de olhares coloniais do Centro e Norte sobre o Sul. O Sul tem de virar-se para mais Sul e deixar o Centro e Norte a bastarem-se entre si. Isolem-se os ricalhaços, ora bolas!...Até parece que os subjugados são masoquistas. Como isto precisa de uma nova ordem internacional, "Madre mia...". Como diria a minha avó: Agora é que eu queria ser mais nova!".

Eu só queria uma sociedade do empoderamento e da solidariedade - é assim tão difícil sair deste modelo social de pequenos presos nas malhas dos grandessíssimos e de joelhos perante eles?

João Pedro Barbosa disse...

Como? Têm todos pouco sentido de humor! Acreditem. Que é pior que falecer...

bea disse...

Eu não queria ser jovem agora, Caidê, gostei muito do tempo que nos calhou na juventude. Também nisso tivemos sorte. E não me apetece viver de novo. Viver tb cansa

Nada é pior que a morte, João Pedro.

Se bem que...sim, a falta de sentido de humor é velhice prematura em nós e afecta quem nos rodeia.
tem vezes em que a tristeza dá para desconversar, dizer maluquices. parvidades sem mal. entra-nos uma leveza:)

João Pedro Barbosa disse...

Bea? A tribos nómadas! Além de não se rirem para os outros. Presumo que se riam muito de si...

João Pedro Barbosa disse...

Se Não Há Caça À Popularidade Que Se Cacem Os Impopulares

https://www.youtube.com/watch?v=IYDbtARcUfQ

andorinha disse...

Aquiles,

Gosto do que estou a ouvir...:)

E tal como tu, não acredito. Também já sabem isso.


Bea,

"Eu não queria ser jovem agora, Caidê, gostei muito do tempo que nos calhou na juventude."

Também não queria, Bea. Temos imensas parecenças, já reparaste?:)
Gostei imenso de ter vivido os anos 60, gostei das minhas vivências juvenis num tempo em que ainda não havia internet nem telemóveis. Grata aos meus pais por ter nascido na década de 50:)))))


E já que estamos a falar de épocas e idades (lol) conto-vos que me inscrevi na Corrida Jumbo no dia 27 de Abril.
Ou melhor, há uma corrida de 10km aqui pela cidade e uma caminhada de 5km também na cidade. Inscrevi-me nesta última.
Não quero começar a minha vida de atleta de alta competição já lá por cima:)))))))))))))))))))))))))))

Estou toda contente. Vou receber um kit de atleta, um dorsal, todas essas coisas...
Mandei os dados que solicitaram e inscreveram-me na categoria de veteranos femininos lol.

Eu corro o sério risco de vir a ganhar,(lol) até porque vou intensificar os meus treinos semanais. Não gosto de perder nem a feijões.

Digo isto meio a brincar meio a sério, porque verifico que quando faço as minhas caminhadas, não há mulher que acompanhe o meu ritmo, normalmente regulo o meu pelo dos homens...e consigo acompanhá-los quase todos...

Vai ser uma experiência gira, penso que de que...
Depois conto-vos.

:)

João Pedro Barbosa disse...

Andorinha... Se me colocarem obstáculos no caminho e eu os contornar. Estou em infracção ou quem os lá deixou não sabe como os retirar? Amigos como dantes...

Anfitrite disse...

Bea,

O que vale são as recordações. Do que voçê me foi lembrar. Eu tive uma professora de Literatura, que quase recitava este poema para mim e que dizia que era dos mais belos poemas da LIteratura Portuguesa:

"Pálida e Loira


Morreu. Deitada num caixão estreito,

pálida e loira, muito loira e fria,

o seu lábio tristíssimo sorria

como num sonho virginal desfeito.



Lírio que murcha ao despontar do dia,

foi descansar no derradeiro leito,

as mãos de neve erguidas, sobre o peito,

pálida e loira, muito loira e fria.



Tinha a cor da raínha das baladas

e das monjas antigas maceradas

no pequenino esquife em que dormia.



Levou-a a morte em sua garra adunca,

e eu nunca mais pude esquecê-la, nunca!

pálida e loira, muito loira e fria."

António Feijó


Não sei se ela tinha bom gosto, porque era apenas uma coisa redondida e baixa, com três caracóis na cabeça, mas que dizia:
"A Beleza é um conceito".

Impio Blasfemo disse...

Nat king Cole era u dos preferidos da minha mãe.

Os anos passaram e no final ele eeu ouvíamos muito Joni Mitchell. Ela gostava bastante.

Joni Mitchell Hits ( Full Album )
http://www.youtube.com/watch?v=XR-zGDjmSeg

Quanto à Europa e à União Europeia fala-se muito mal dela; CONTUDO, se calhar deveríamos olhar mais para o nosso colo e sobretudo olhar para quem lá se senta. É só uma ideia.

Sigamos em frente!
http://ruitavares.net/textos/sigamos-em-frente/


Boa Noite

Anfitrite disse...

Por acaso esta cópia não está perfeita, porque a segunda quadra e os dois tercetos terminam com reticências e não com ponto final. Esqueci-me e dizer que este poema faz parte da obra "Líricas e Bucólicas".

Também gosto muito deste

"O AMOR E O TEMPO

Pela montanha alcantilada
Todos quatro em alegre companhia,
O Amor, o Tempo, a minha Amada
E eu subíamos um dia.

Da minha Amada no gentil semblante
Já se viam indícios de cansaço,
O Amor passava-nos adiante,
E o Tempo acelerava o passo.

— «Amor! Amor! mais devagar!
Não corras tanto assim, que tão ligeira
Não pode com certeza caminhar
A minha doce companheira!»

Súbito, o Amor e o Tempo, combinados,
Abrem as asas trémulas ao vento...
— «Porque voais assim tão apressados?
Onde vos dirigis?» — Nesse momento,

Volta-se o Amor e diz com azedume:
— «Tende paciência, amigos meus!
Eu sempre tive este costume
De fugir com o Tempo... Adeus! Adeus!

António Feijó, in Ilha dos Amores

Anfitrite disse...

Andorinha,
se consegues abrir o FB, que é mais pesado e, não ver no murcon então o problema é do murcon. Nem consegues ver _Nat King Kole, Unforguettable-?
O IE (Internet Explorer)- tem andado com problemas, há muitas páginas que eu não consigo abrir e o problema não é meu. O melhor é instalar o GOOGLE CHROME, que é um navegador muito melhor. E é só instalar, não tem problemas nenhum.

Anfitrite disse...

Ímpio,

Para grande tristeza minha, o partido do Rui Tavares, será mais um para dispersar uns milhares de votos e não eleger ninguém.

Vejam quem são os deputados que lá estão e estiveram e o que fizeram. É triste a situação a que chegou o PS. Mas os deputados que mais fizeram foram os deste partido. Não se esqueçam de Elisa Ferreira, Ana Gomes, Edite Estrela, Correia de Campos, Capoulas Santos, Vital Moreira, Jamila Madeira (em tempos) foram dos deputados mais activos e que trabalharam em comissões importantes. Nuno Melo foi uma vergonha, os do PSD foram uma desgraça, Para já não falar do rastejante presidente Durão Barroso, em que as pessoas vão a despacho com Angela Merckel e nem passam por ele. Agora é preciso muito cuidado porque os novos vão ter poderes importantes para distribuírem fundos e decidirem políticas para se saber o que irá ser a nova UE. Por alguma razão A direita vai em coligação para eleger mais deputados, embora fiquem dispersos num grupo tão grande que acabam por não ter importância nenhuma e só vão dar os améns às políticas de direita. É preciso pôr de lado simpatias pessoais e votar em quem oferece mais garantias.

João Pedro Barbosa disse...

Ímpio... Os meios de comunicação mostram sinais de fadiga. Abram poderes! Ou elas estão malandrice?

João Pedro Barbosa disse...

Um Bom Dia
Vou Deitar
As Ideias
A Repousar
Talvez Acorde
Com A Mesma
Que Espera Por Mim

João Pedro Barbosa disse...

Se A Antiguidade É Um Posto
A Assiduidade Uma Garantia

P.S. http://www.onestopmap.com/

Anfitrite disse...

Para todos os professores é muito importante que vejam esta entrevista, sobre o lançamento de dois livros. Na Tvi24, com o Henrique Garcia, no Sábado, ainda foi muito mais interessante.

http://videos.sapo.pt/RCFlqa3ZZQDMATTCQf8R

João Pedro Barbosa disse...

Como Nem Todo O Barco Atraca No Fundo
Nem Todo O Avião Aterra No Ar
Nem Todo O Pião Se Joga Na Estrada
Nem Todo O Carro Foge Da Curva
Nem Todo O Mundo Fica Cá Para Contar

bea disse...

Andorinhaaaa!!! Tu vais correr? Bolas, isso é que eu já não posso. Andar ainda vá que não vá.
Dantes imaginava-me a correr com algumas pessoas, mas já não corro com ninguém. Eu. Que tanto corri na vida (de um lado para o outro). Quem me diria que acabava a andar... E paradinha. Enfim!
Eu confio - ponho as minhas mãos no lume - que tu acompanhas qualquer homem, ouviste? E se precises de uns assobios para o caminho, até compro um apito que não me ajeito no assobio comprido (bem gostava nos concertos de os usar). Depois vens cá e contas à gente.

João Pedro

A conheceres uma música tão linda e vens com conversa de nómadas e o camandro que espero não seja nenhuma asneira, mas não estou certa.

Anphy

Também me lembro desse poema da loira no esquife. Devia estar na selecta literária; nessa altura, a poesia para mim era o mundo da selecta. Nem sabia que houvesse poemas fora dela. Pensava que Almeida Garrett, António Feijó, e outros fossem uns senhores a quem se tinham pedido versos para entremear nos textos de prosa. A poesia seria uma espécie de enfeite a pedido. Cedo se cria o mundo e sempre à medida do criador.

Amor voa com o tempo…certo. Todos já o experimentámos. Mas amores existem que não. Quem sabe são desasados… pedestres.

Vamos falar de coisas sérias.
Concordo contigo, Ímpio. Vou ter que engolir uns sapos. Mas gosto de Rui Tavares, a despeito de ser inútil dispersão de votos.

Só um bocadinho que tenho de ir descer o dossel da cama para dar mais ambiente ao sono que parvamente me foge. às vezes. Já venho

andorinha disse...



Anfy,

A ver a entrevista...obrigada pela dica:)

andorinha disse...

Excesso de alunos por turma, excesso de burocracia, fraco controle da indisciplina.

Todos, professores ou não, deviam ouvir. Embora ela não tenho dito nada de novo, é sempre bom lembrar aos mais distraídos...


Anfy,

Agradeço também os poemas se António Feijó e as dicas em relação ao Google Chrome. Bigada:)

Também gosto de Rui Tavares mas o partido apenas vai servir para uma ainda maior dispersão de votos à esquerda...


Bea,

"Amor voa com o tempo…certo. Todos já o experimentámos. Mas amores existem que não. Quem sabe são desasados… pedestres."

:))))))))))

Gosto tanto destes teus pedacinhos...

Eu não vou correr, tu não lês com atenção lol
Vou fazer uma caminhada de 5 km mas em competição. É a primeira vez.
Tenho passada larga e rápida, bom controle da respiração e isso penso que me vai ajudar a chegar na frente:)))))))))

Depois conto, of course!
Se for muito mau, fico calada lol

bea disse...

competir é uma chatice, andorinha. Neste blogue ninguém gosta de perder. Também não gosto muito, mas não me importo demais. Às vezes perdes para ganhar,outras ganhas e só perdes com o ganho...
mas pronto, anda:) é, falta-me também precisão na notícia, dou por isso várias vezes.

oh, a respiração é que me mata. mas agora vou deitar os búzios e chamar os orixás. Talvez também convoque Iemanjá. Deito-me e espero que façam o seu trabalho. Ou atiro esta traquitana toda pela janela:)

Boa noite, está na hora de criar juizo

Fiquem com Iemanjá que é a mais sexi

andorinha disse...


:)))