quinta-feira, abril 03, 2014

Directamente dos Montes Hermínios...

Falhar o alvo

por VIRIATO SOROMENHO MARQUESHoje
DN.
Quem manipula venenos deve ter cuidado para não se contaminar. O presidente da CE resolveu levantar, por sua iniciativa, e sem ter sido interrogado sobre isso por quem o entrevistava, uma suspeita sobre o vice-governador do BCE, Vítor Constâncio, a propósito do caso do BPN. Trata-se de uma polémica que falha o alvo. Parte do princípio de que se Vítor Constâncio tivesse sido mais atento, enquanto governador do BdP, casos como o BPN e o BPP poderiam ter sido evitados. Independentemente das omissões pessoais que possam ter ocorrido, o problema não é de supervisão, mas de estrutura. A crise europeia começou no sector financeiro precisamente porque as regras da UEM, que nada devem à inteligência, partiram do preconceito ideológico de que só os Estados poderiam portar-se mal dentro da zona euro. As regras do euro apenas obrigam os Estados, em relação à dívida, ao défice e à inflação. Os bancos (e os banqueiros como Costa e Rendeiro) foram deixados na mais branda das impunidades. Por isso, nenhum país foi poupado a bancos falidos e descapitalizados. A Irlanda foi defenestrada pelos seus bancos. Até setembro de 2012, os Estados da UE tinham utilizado dez vezes mais dinheiro público (cito a CE) para salvar o sistema financeiro do que a soma dos resgates de países. A união bancária? Trancas na porta, depois de casa arrombada! Constâncio e Barroso têm uma responsabilidade política idêntica: não só foram adeptos entusiastas da entrada de Portugal na UEM, como, depois de esta se ter revelado uma máquina de destruição maciça, continuaram em cargos europeus decisivos, sem que se conheça nenhuma autocrítica, e ainda menos uma verdadeira ideia de reforma. Querer fazer de Constâncio um bode expiatório pessoal, contudo, mostra que Barroso continua a fazer parte do problema nacional. Não da solução.

24 comentários:

João Pedro Barbosa disse...

Estive a pensar. No que vou! Escrever? Lendo bem...

João Pedro Barbosa disse...

Supertramp - It was the best of times (CD1) [Full Album]

https://www.youtube.com/watch?v=SpAT6ruDvbA

João Pedro Barbosa disse...

Memorando ou petição? Economia! É. Poesia...

João Pedro Barbosa disse...

Quem O Avisa Seu Amigo É

João Pedro Barbosa disse...

Barry White Ultimate Collection CD1 ( Full Album )

https://www.youtube.com/watch?v=hcNggjl_aIU

andorinha disse...


Sobre política não falo. Fartei-me...

Deixo-vos um beijo e um :)


Até mais logo.

João Pedro Barbosa disse...

Andorinha... Não. Desconcentres! O Master?

"https://www.youtube.com/watch?v=MU36uzr_ggo"

João Pedro Barbosa disse...

Depois de ler linha a linha... Gosto muito. Do! Made-In-CE?

João Pedro Barbosa disse...

A Imaginação Tem Limites E Estão Muito Próximos Assim Como Dicionário

andorinha disse...


Estava eu a ler o JN quando me deparo com esta notícia:

A primeira vez da Rainha de Inglaterra com o Papa Francisco


A notícia em si é banal. Mas li um comentário que dizia: Que p...de título, parece o nome de um filme para adultos.

Pensando bem...looooooooooooooool

João Pedro Barbosa disse...

Portishead - Third (Full Album)

https://www.youtube.com/watch?v=su8pYSSTS1w

andorinha disse...



http://bajurtov.wordpress.com/2014/03/19/triste-privilegioiraq-sera-el-primer-pais-del-mundo-en-legalizar-la-pedofilia/

Leio isto e fico completamente horrorizada!
No Iraque...na bela democracia que lá "instalaram"...

Pobres crianças, pobres mulheres:(((

João Pedro Barbosa disse...

The Richest Man In Babylon - Thievery Corporation [Full Album]

https://www.youtube.com/watch?v=uN9tulBHr8Y

bea disse...

Andorinha

questiono-me tanta vez acerca do limites; o respeito pela liberdade de cada país não pode ser isto. tolhe-me existir em simultâneo com estes atropelos; e o único que o mundo faz é sabê-los, condená-los em gabinetes, encher-se da notícia.

João Pedro Barbosa disse...

Dorme bem. Boa noite! Gente? Andorinha.../https://www.youtube.com/watch?v=jHcQaYkxTvA

Bartolomeu disse...

Independentemente de o Senhor Viriato decidir atribuir ao Senhor Constâncio a "qualidade" de bode, cabe perguntar: competia ou não ao O vice-presidente do Banco Central Europeu, enquanto governador do Banco de Portugal, inquirir e mandar investigar as operações, sobretudo se suspeitas, do Banco Português de Negócios?! E ainda: deveria o Senhor Barroso; ao afirmar na entrevista ao Expresso ter chamado por três vezes - na qualidade de Primeiro Ministro de Portugal - o Senhor Constâncio a S. Bento para lhe perguntar se o que constava acerca dos negócios do BPN era verdade, revelar o que lhe terá respondido o... bode?

João Pedro Barbosa disse...

Bea? Gostei do atropelo antes do debate! Grande momento de redacção. Só faltou o voltem se quiserem...

João Pedro Barbosa disse...

Hildegard von Bingen - Music and Visions

https://www.youtube.com/watch?v=Q8gK0_PgIgY

andorinha disse...


Bea,

:(((

É isso que dizes. Revoltamo-nos e pouco mais podemos fazer...
Assinei uma petição. Mas de que vai servir?:(

Pobres crianças que vão "casar" com 8 e 9 anos...:(

andorinha disse...



A política portuguesa está transformada num sacudir a água do capote e atirá-la para cima do outro...
Não vamos sair disto:(


Apanhei há pouco por acaso parte de um "debate" entre João Galamba e Nuno Melo. E ainda quer a Anfy que eu perca tempo a ver estas tretas...

Fiquem bem.

Anfitrite disse...

Chamas treta a este debate?
Vê-se mesmo que não estás ao corrente da situação. Se tivesses ouvido a triste intervenção do Nuno Melo no PE não dirias isso. O Nuno melo só quis mostrar os papéis que lhe foram cedidos pelo BdP e quis falar da altura em que teve uma certa aura mediática por ter sido presidente da comissão que analisou o caso BPN e até se ria com as graças do Oliveira e Costa quando pedia uma sandezinha para matar a fome. O BDP fez a sua obrigação. É à procuradoria que compete investigar os crimes. O BDP não tem poderes para isso e o que exigiu foi o cumprimento dos deveres bancários das Instituições. As fraudes, quando são verdadeiras fraudes não se detectam em vistorias legais, tanto mais quando são praticadas por um Revisor Oficial de Contas, que sabem muito bem o que estão a fazer. O João Galamba economista respondeu-lhe à altura. Tomára-mos nós ter muitos como ele e, não precisou de usar insultos pessoais, apenas disse a verdade na cara de um licenciado em direito, que são preparados para palavras oucas e para defender criminosos.
Agora que te foram à carteira já não te gabas de vir em excursões/ manifestações organizadas para vires passear à Capital. Já nem queres falar de política

Anfitrite disse...

Não era para dizer nada mas já que comecei e para não se cansarem muito vejam só esta afirmação feita no comentário de hoje..

http://www.tvi24.iol.pt/politica/manuela-ferreira-leite-durao-barroso-manifesto-tvi24/1549415-4072.html

E já agora dona Bea digo-lhe também que a sua palavra "Parcialmente" não me parece correcta. Esta senhora quando abre a boca é só para dizer asneiras. Ela só quis ser famosa à custa dos voluntários à força, para lhes dar um osso como recompensa. Das crianças serve-se da sua ingenuidade e disponibilidade, para transmitir as suas ideias, para que elas não se esqueçam que cada vez haverá mais pobres e é preciso manter a caridade e dar-lhes uma esmolas de vez em quando.
Como vê há quem pense também como eu e saiba muito mais. Posso dizer que tenho má vontade contra certas pessoas porque, como já disse aqui, estive muitos anos com a mão na massa. Massa=assunto, matéria, porque de resto tenho as mãos vazias, e que me dá um orgulho tremendo não dever nada a ninguém.

http://jumento.blogspot.pt/2014/04/umas-no-cravo-e-outras-na-ferradura_3.html

E já agora mais esta que também vem a propósito. E para que saiba explico-lhe porque é que o senhor Costa se mantém calado. Talvez ele saiba alguma coisa a respeito da prescrição da coima do Jardim Gonçalves de 1 milhão de €.
Ponho-lhe aqui dois parágrafos do currículo dele:

"Foi diretor-geral do Millenium BCP (2000-Março 2004) e foi membro do Conselho de Administração da Euro Banking Association (2001-2003).
Entre abril de 2004 e setembro de 2006, foi administrador da Caixa Geral de Depósitos, presidente do Conselho de Administração da Caixa Geral de Aposentações, presidente do Conselho de Administração do Banco Nacional Ultramarino S.A, Macau e presidente do Banco Caixa Geral (Espanha). Entre janeiro e agosto de 2005, integrou o Conselho de Administração da Unibanco Holdings, S.A., Brasil.

Foi vice-presidente do BEI entre outubro de 2006 e maio de 2010, com a responsabilidade pela Direção Financeira e pelas operações de crédito para investimento em Portugal e Espanha, na Bélgica, no Luxemburgo, na América Latina e na Ásia."

E digo-lhe também que em junho de 2010 foi nomeado Governador do BdP.Coitadinho do senhor, não sabe de nada do que se passa.

http://jumento.blogspot.pt/2014/04/umas-no-cravo-e-outras-na-ferradura_4.html

E digo também que o V. Constâncio, apesar do que ganhava, enquanto cá esteve, perdeu muito dinheiro, porque rejeitou propostas mais que milionárias e não aceitou.

João Pedro Barbosa disse...

Anfitrite? Você gosta! De Mar. Como as pessoas gostam da desgraça, ao longe...

andorinha disse...


Anfy,

Estou em fim de semana.
Quero paz e sossego!:)))))))))))