quinta-feira, agosto 10, 2006

Para desanuviar o ambiente:).

«Aqui não há bufos»
2006/08/10 | 11:51
Jardim apela a empresários para transferirem o domícilio fiscal para a Madeira

MAIS:
Jardim pode fazer isso?
Jardim proíbe lista de devedores
«Quem fez a revolução contra Salazar foram os madeirenses e não aqueles maricas»
Governo está a levar Portugal «para o abismo»

Alberto João Jardim apela «aos empresários do Continente que não estejam satisfeitos com aquilo que lá se passa para transferirem o seu domícilio fiscal para a Região Autónoma da Madeira. Aqui nem sequer há bufos», afirmou.

Segundo o DN, Jardim garante sigilo fiscal, já que, na Madeira, ninguém corre o risco de ver o nome incluído em listas publicadas na comunicação social «como querem os socialistas», que é «voltar ao gonçalvismo».

Para Jardim, «a Madeira reúne todas as condições para que as empresas que o desejem transfiram para a Madeira o seu domicílio fiscal». A Madeira pratica uma tabela de impostos «no limite mínimo que a lei portuguesa, ainda, nos permite mas já é alguma diferença» quando comparada com os valores em vigor no restante território nacional (excepção para os Açores).

Em termos de IRC, a Madeira cobra 22,5 por cento enquanto no Continente atinge os 25 por cento. O IVA varia entre os 15 por cento, 8 por cento e 4 por cento na região contra 21 por cento, 12 por cento e 5 por cento aplicados de norte a sul do País. No IRS a diferença representa menos 6 pontos percentuais no escalão máximo.

49 comentários:

angelic fruitcake disse...

enfim..."não há bufos"...como dizia o outro "e esta hein?"
vamos todos para a madeira?
foi só uma ideia que me ocorreu,assim de repente...
vamos todos para a madeira.que dizem?
ja vou fazer a malinha...


ah, estarei a ver bem? tenho a honra de estar em primeiro nos comentarios... caso nunca visto, digno de estudo.
é um prazer ler os seus posts.

lobices disse...

...também faço a mesma pergunta: o Jardim pode fazer isto?
...eu sempre pensei que, mesmo sendo região autónoma (às tantas de tão autónoma que é passou a ser independente...), a Madeira era Portugal, mas pelo que ouço e vejo, a Madeira é outro País. Será sem nós sabermos?
...infelizmente não preciso de nenhum paraíso fiscal porque nem sequer pago irs (é que, se precisasse, às tantas fazia-lhe a vontade e ía domiciliar-me lá... só teria um problema: é que não gosto de me ver rodeado de água por todos os lados)

vareira disse...

Com tanta desgraça a acontecer neste mundo e no nosso país, ao menos temos um bobo da corte para nos rirmos.Enfim...espero que ninguém o leve a sério, porque aí é que estamos mesmo mal.

andorinha disse...

Lobices,
Isso nem parece teu. Então não sabes que o AJJ pode fazer qualquer disparate que lhe passe pela cabeça?
Quanto tempo mais teremos que gramar aquele homem ali?:(

thorazine disse...

Madeira a principado!!! (Se já não é...!!) lol

Cleopatra disse...

Será que a Madeira é um Jardim ou um Paraíso ....fiscal????

moon disse...

Madeira,

o paraíso fiscal, yeah!!!....
Mas qual é a novidade?! Sempre o foi! E viva o offshore!

A Sue deve ter algo a alegar... Heim?!

Orange disse...

Para a Madeira?! A mim as ilhas tiram-me o ar... Mas a Espanha, isso sim!!! Olé!

CêTê disse...

Digam o que disserem este homem é uma (des)graça. LOOOOOOOOL
Muito gostava ADORAVA um debate entre o AJJ e o nosso primeiro. Não sei porquê mas gostava.

BIBA o Ajj! BIBA! (ja sei que só eu é que brinda à saude do homem ;]]])

Se quiseres... tra-la-rá... qu´ele seja presidente , bate palmas. (inspirada no Idade do GELO II);p

Su disse...

opsssssssssssssssssssssssss
para tirar algumas duvidas..lobices...
1º claro que pode (e isto sem pronunciar mal o f)
2º é uma região autónoma...dái....as diferenças
3ºquem está sendo separatista com essas palavrinhas :))))
4ºpensas como todos, se houver euros, vale a pena o offshore!!!tal como ele tb pensa, mas não duvides..nem eu duvido ahahaha
5º o clima é optimo... e o paraíso é uma questão pessoal
e por ultimo.....estar rodeado por mar não significa afogar-se.....desse lado o mar existe, está em todas as frentes ..ok..menos numa e dái....saem ou sabem mais por isso....
para os mads o ajj faz de advogado do diabo e daí o seu interesse...
já agora ele é um vero animal politico..em todos os sentidos....mas tb não pensem q o ho é assim..é uma questão de "palco"....
para mais informações sff contactar R.A.M.:)))))ehehehehe

.. já agora, na guerra não há vencedores nem vencidos, os unicos que ganham são os vendedores de armas.....pq simmmmm....é uma questão económica..spre..tudo....

jocas maradas de marrrrrrrr.rrrrr

noiseformind disse...

cêtê,

-Some day, when you gone extinct, when you make a stink

-Shut up Syd!

-Stop hey, what's that sound? all the mammoths are in the grooooooooooouuund

-I'm not kidding Syd!

-If your specie will continue clap your hands... If your specie will continue clap your hands...

-Syd I'm gonna fall on you again and this time I'll kill you!!!

-Okay, somebody doesn't like the claaaaaaaassics

CêTê disse...

Noise, LOOOOL

dKin disse...

Oh, ñ posso ir para lá q o "Tio João" ñ quer lá os chineses, nem os "monhés" e como eu sou parte uma, parte outra, ñ devo poder entrar! Oh q chatice! Parece q vou continuar a ter q pagar 21% de IVA...;)

thorazine disse...

A Polícia Judiciária (PJ) vai adquirir a uma empresa israelita equipamento para vigilância nas comunicações pela Internet, num investimento de 500 mil euros (cem mil contos), noticia o Diário de Notícias. Esta tecnologia vai permitir à PJ realizar intercepções de e-mails e até «escutar» conversas em programas de conversação online como o MSN Messenger e o Skype.

Permite ainda uma vigilância mais apertada a programas de partilha de ficheiros, como o Kazaa e Emule.

A aquisição deste equipamento vai permitir aos investigadores mais possibilidades de obtenção de prova, não só para os crimes informáticos, mas também para outros tipos de criminalidade.

Apesar de as escutas telefónicas continuarem a ser um meio de obtenção de prova fundamental para certos crimes (como o tráfico de droga, falsificação de documentos, terrorismo, corrupção e branqueamento de capitais), as possibilidades que a Internet oferece em termos de comunicações levam a que haja uma maior vigilância e recolha de prova na rede.

Os crimes informáticos serão outra das áreas que beneficiará com o novo equipamento. Estatisticamente, tem-se registado um aumento exponencial desta criminalidade, sobretudo no que diz respeito a acesso ilegal a dados, devassa da vida privada, pedofilia (trocas de imagens e filmes), burlas informáticas e de telecomunicações e falsificações de cartões de crédito.

Outro dos fenómenos criminosos em ascensão é o phishing, que se baseia no envio de um e-mail com o objectivo de obter códigos de acesso a dados financeiros de contas bancárias.

http://www.portugaldiario.iol.pt/noticia.p...4884&div_id=291


(Qualquer dia até os "puns" eles nos gravam! É bem...podem ser que num dia longínquo um nosso descendente queira fazer uma colectânea iu algo do género..LOL)

lobices disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
lobices disse...

...um dia, numa determinada Repartição de Finanças (das antigas) ainda muito antes do abril de 74, uma "velhinha" do povo que ia lá pagar a contribuição predial dum terreno que tinha para criar as suas galinhas e plantar as suas couvitas, dizia em alto e bom som com os cotovelos em cima do balcão: "Ainda hei-de ver um dia, à cabeceira da cama de todos nós um contador dirópito"...
:))) foi verdade e no tempo em que ainda se pagava licença para se ter isqueiro

Aspásia disse...

Boa tarde

Mas de certeza que esse substantivo, na Madeira, pelo menos há no feminino...;)))

Thora

Pois olha não sei se estão gravados todos os sons emitidos pela espécie humana, além da voz, em mp3 e zipados. Podia fazer-se um CD e uma sonda levá-lo para cada um dos planetas exteriores, prevendo que outros galácticos mais inteligentes (ou com governos mais inteligentes) o encontrassem no caso da autodestruição da Terra, que é cada vez mais provável...:((

lobices disse...

aspásia amiga, o povo está contigo
(desculpa lá o trocadilho mas saiu-me...lol...)
.....................
...mas olha que, segundo dizem, não faltará muito para isto (isto somos todos nós) ir pelo cano abaixo
...e depois nem os senhores da guerra que tanto se esfalfaram a vender as suas armazitas para colherem uns tostõezitos a mais (a falta dele era tanta, desgraçados...) se safam; eles também vão um dia... ninguém se lembra dessa certeza tão certa (a mais certa de todas: ninguém fica cá...)
...já lá diziam os antigos e desgraçados e dizimados Mayas, nos seus mais esplendorosos calendários que alguma vez existiram (e que de tão exactos são considerados os mais certos, redondância necessária...) que algo se irá passar (o engraçado é que não falam em "fim" do mundo, falam no começo de algo novo...) às 11.11 do dia 21.12 de 2012
...ninguém acredita nestas "coisas" pois já houve muitas datas "previstas" para cataclismos do mesmo "calibre" :)) mas a verdade é que existe muito material interessante na net sobre o assunto... basta digitar no Google "2012" que surge um imenso lençol de eventos
...por isso, talvez não fosse má ideia irmos pensando nos últimos dias numa praia paradisiaca (mas ao lado do AJJ é que eu não quero estar... chiça!...)
...o que vale é que "isto" não é uma doença senão lá iria o nosso amigo Profe ficar mais preocupado :))

AQUILES disse...

Claro que o Jardim pode.
Poder é quando uma parte tem capacidade para impor a sua vontade a outra.
Assim o Jardim é que tem essa capacidade, porque a República não a tem. E ele, e muito bem, aproveita e faz o regabofe a seu gosto e dos seus amigos. E não vão faltar empresários a aderir para se aproveitarem do regabofe.
Ele fará e dirá o que quiser enquanto não surgir uma capacidade para lhe impor uma vontade. Até lá não se iludam.

Aspásia disse...

Amigo Lobices

Por falar em Maias, o Jardim é o Atahualpa da Madeira mas neste caso é pena não haver um Pizarro que lhe dê umas "bananadas" na tola com uma banana bem verde... não era para matar, claro, era só para o deixar atordoado, porque atoardados já ele nos deixa a nós!

Em 2012 será o próximo trânsito de Vénus, só visível no Oriente - se ainda houver Oriente!!!!!!:(((
Será por isso que correm essas leituras de sina? Não creio... já agora, quem não vir o trânsito de 2012 ao vivo, só terá de esperar mais um bocadinho... até 2117 !!!

Eu espero lá chegar fresca como uma alface, pois tomo Xarope de Aracnis Viperina!!!! ;))))

Aspásia disse...

P.S. - Xarope muito indicado para todos os hipocondríacos... Prof. vou mandar-lhe o folheto e uma amostra grátis :)))

Aspásia disse...

E para casos hipercondríacos... utilizai todos este Vigorisador Electrico!!!
Resultados garantidos antes do próximo trânsito de Vénus!!!
Também pode ser utilizado antes de qualquer viagem à Madeira... como antiemético!!!

:))))))))))

thorazine disse...

Aspásia,
http://www.partnersinrhyme.com/soundfx/human.shtml (resultado de uma pesquisa rápida no google.)

E mesmo muitas cantoras Tradicionais/românticas não passam disso mesmo, "human sounds"! (Admitindo que o bom e o mau (pessoal) existem!! :)))))))))


O ser humano têm uma necessidade de ter medo (para depois ter a sensação que está protegido). No documentário do Michael Moore dá para ver bem o aumento de venda de lanternas, enlatados, água e mais produtos básicos de sobrevivência à medida que se aproximava a passagem do milénio. 2012, apesar de ser um conceito cada vez mais "new age" penso que vai ser a mesma coisa. Mas agora já há aplicação das matemáticas ao misticismo como por exemplo a "Teoria da novidade" (Novelty theory) que deu origem ao "Time wave Zero". Apartir de cálculos feitos com o apoio da dinâmica fractal (que já o "nosso" Agostinha da Silva falava) verificaram que o fim do mundo (ou talvez início de outro, quiça) coincidia com a previsão Maia.

Não percebo muito de dinâmica fractal, mas pelo que li até então percebi que não é uma ciência exacta pois a margem de erro é enorme logo seria "reprovada" no metodo experimental "convencional". Como as profecias também não me convencem, é mais uma teoria gira para especular. :))))

Mas dá mais panos para mangas é para os sociologos (ou antropologos?), pois é mais matéria prima para "trabalhar" o medo. Por exemplo, achei "super engraçado" como a TVI cada vez mais aparece com Americanices. Ontem a falácia seguiu a ordem: " Ataque falhado no Reino Unido/ Reino Unido em perigo/ voos em aeroportos portugueses para Reino Unido são cancelados/ Portugal em perigo". Só isso já deu para fazer um directo do Aeroporto para ver a reacções do passageiros! Bahhhh

Para quê isto? Para que as declarações do bush a dizer que o povo Americano ainda corria perigo? Para aparecer um gajo de barba no autocarro e nós ficarmos logo a pensar duas vezes se saimos na próxima paragem ou não??? Para um gajo sacar uma "santinha" e nós mandarmos logo um balázio? (sequência do Crash) Somos as verdadeiras marionetas!

Basta ver a reacção (para já) do pessoal português a ver o "Reality TV" dos canais por cabo. É preciso tomar mil e uma precauções! LOL
Ainda ontem ouvi um amigo meu a dizer que ainda ia pensar se ia desmarcar ou não a viagem a Barcelona que têm marcado para Outubro. É ridiculo esse tipo de medo que "incutem" nas pessoas.

thorazine disse...

Bem, fui ver e reparei que ao bocado falei da Dinâmica Fractal mas o que eu tinha lido foi sobre a Teoria do Caos, em que o nome é diferente mas a previsibilidade é o tema em comum. Colo aqui o que esta escrito no wikipedia:

Teoria do Caos
Na teoria do caos é utilizado um exemplo prático bastante ilustrativo da dinâmica dos sistemas lineares e não lineares:

Imagine uma pedra atirada numa piscina de águas límpidas e extremamente estáticas, as ondas geradas na queda da pedra se propagam até as margens de forma ordenada e sequencial, refletem nas paredes da borda e retornam, cruzando-se entre si e, portanto, interagindo, se realimentando, ora positivamente, ora negativamente.

[editar]
Sistema de previsibilidade linear
As ondas continuam seu trajeto já distorcidas pelas realimentações, (em direção às margens opostas), sofendo ainda mais e mais interações ocasionadas pelos entrecruzamentos, que geram mais realimentações.

Neste momento começam a ocorrer alguns movimentos "aparentemente" caóticos, mas ainda previsíveis, pois são padrões das ondas, o sistema ainda pode-se dizer "linear".

[editar]
Sistema de previsibilidade não linear
Ao avançar do tempo, a piscina já está com bastante movimento em sua superfície, se continuarmos jogando pedras com tamanhos e formas diferentes aleatoriamente, (quanto mais pedras diferentes forem atiradas, mais realimentações e reflexões acontecerão), mais caótico será o padrão das ondas "na superfície", assim, mais difícil será o reconhecimento de um "padrão" estático.

Imaginemos que no fundo desta piscina exista camada de areia finíssima (à exemplo de uma laguna), apesar dos movimentos aleatórios na superfície da piscina, no fundo haverá determinados padrões nesta areia, caóticos sim, mas seguirão sempre a um padrão de ondas de diversas formas, tamanhos, alturas, etc. Estas mudarão à medida em que o corrugamento da superfície muda, porém, apesar de todo o caos dos movimentos na parte superior, é reconhecido um padrão naquela areia no fundo ocasionado pelos movimentos da água. Este padrão é a resultante das inserções aleatórias no movimento que redundam num "sistema dinâmico não-linear".

in wiki


Alguém que esteja dentro do tema e masi apetrechado com certeza conseguirá explicar e ver se estou a dizer alguma barbaridade. "Prevejo" que não..:)))

Su disse...

profff espero que desanuvie o ambiente...................:))))))
jocas maradas

lobices disse...

Thora:
...a física, seja ela qual for, é apenas uma infinitérrima achega à realidade do ponto de vista humano, ou seja, não somos nós que inventamos ou descobrimos as regras pelas quais se rege o Universo mas é este sim que as cria e as gere
...de vez em quando, lá conseguimos ver uma "ponta" do fio da meada
...tudo quanto possa ser dito sobre o que quer que seja é-o dito apenas e só sob o nosso ponto de vista, à nossa dimensão, à nossa pequenez, à nossa insignificãncia e à nossa total abstração sobre o que é o Universo
...o que ele é, como age, como se auto-governa, etc, por mais conjecturas e teorias das cordas e quejandos, nada mais é do que o que os nossos sentidos físicos nos proporcionam imaginar que assim seja; em alguns casos até está certa esta ou aquela hipótese (mas sem esquecer que tudo e todas as teorias evoluem, mudam, transcendem-nos até no plano e o que julgavamos ser passa a não ser e a ser outra coisa nova)
...o exemplo que dás sobre as ondas da piscina etc, está correcto e é isso que nós "vemos", que nos é dado "ver", percepcionar sob aquilo que os nossos sentidos nos permitem "sentir" e entender
...o Universo não é o que o Homem julga que Ele é e nunca (talvez um dia numa outra dimensão...) o viremos a saber para tristeza minha que tanto busco respostas que sei nunca me serão dadas
...há apenas uma única coisa que ao longo desta minha vida (sempre me interessei pelo mistério da trilogia do porquê: quem somos, de onde viemos e para onde vamos) eu fui verificando: é que tudo é parte de um Todo e que este todo é composto pelas partes; logo as partes são o todo e este é a soma delas; daí que, eu faço parte da chuva, como faço parte de ti, como sou parte da areia que piso, como sou parte dessa onda que se interage com a outra onda que vai ao seu encontro
...ou seja: nada está só nem nada é único; a única coisa que existe é um "Ser" vivo, uno e indivisível que utiliza tudo o que dele é ou faz parte para subsistir
...o Universo "usa-nos" como usa tudo para sobreviver como ser vivo que é
...o Universo não está com comtemplações para quem quer que seja; ele sobrevive a tudo e a todos e nós, seres humanos vivente num minúsculo planeta de um minúsculo sistema solar pertencente a uma minúscula galáxia existente entre milhões delas, não nos podemos dar ao luxo de pensarmos que temos importância; temos apenas e só um "papel" a desempenhar
...e tudo está interligado
...e tudo está "escrito" e tudo o que acontece, acontece porque teria de acontecer porque se não acontecer daquela maneira o acto a seguir será um desvio enorme numa escala de dimensões inimagináveis
...eu digo muitas vezes que cada um de nós altera, momento a momento, o status do Universo mas se o fazemos é porque tem de ser feito e costumo dar, como exemplo, uma coisa muito simples da minha vida: eu tinha uma determinada vida inserido num determinado grupo num determinado status e à minha volta girava um determinado Universo e eu nele no meio desse "grupo"; no momento, por exemplo, que eu me divorciei da minha mulher, todo o Universo foi alterado: mudou tudo o que existia à minha volta: o grupo alterou-se e todos contribuiram para subsequentes alterações
...e depois, pergunto: e se, e se eu não me tivesse divorciado? E se eu ainda estivesse naquele universo micro, o meu, como seria hoje, aqui e agora o Universo?
...exemplos destes, há-os a todo o momento, com todos nós, com uma simples folha de árvore que cai numa ribeira em direcção a um rio que corre para o mar; se a folha tivesse caído no chão, criaria húmus e dali uma larva, etc etc
...o Universo é a única coisa que se pretende preservar e tudo o que acontece é gerido por ele porque só assim ele consegue sobreviver
...e agora tenho de parar porque tenho de sair; e se não parar e não sair?... vou sair e algo se vai passar totalmente de diferente do que aconteceria se não saísse; como vou sair nunca saberei o que aconteceria se não sair...
...teorias?

andorinha disse...

Bom dia.

O ambiente já está desanuviado.:)))))))

noiseformind disse...

"Júlio Machado Vaz Interrompe Blogue Para Se Inscrever em Programa de Vigilância de Matas"


-Não podia ficar indiferente...

Foi com estas palavras que o eminente psiquiatra/médico/escritor/blogger/filogenista/cliente da Galiza/benfiquista ("mas só se o Simão ficar")/avô/pai/sogro se despediu do magote de jornalistas que procuravam compreender o pq de, numa altura em que os comuns portugueses se deslocam em massa ao Brasil, ao Algarve e outros locais para passar férias e ás auto-estradas para morrerem, ele se isolar em local não determinado do Parque da Serra da Estrela como voluntário no PVM, Programa de Vigilância de Matas. Já antes tinha feito declarações no mínimo polémicas:

-Essa cambada de factotos politiqueiros só querem banhos, banhos, banhos e não se importam que ardam milhares de árvores todos os anos. Eu, munido apenas do mais essencial conforto, proponho servir de exemplo a uma classe média burguesa que esqueceu à muito a sua ligação com os mais desfavorecidos.

Interrogado sobre o que seria essencial para o seu conforto nas longas horas de espera na torre de vigilância, JMV levantou a ponta do véu.

-Oh, nada demais. Um fornecimento de cerveja regular e constante, o chef do D.Tonho, que vai chegar na Segunda-feira depois de preparar as refeições para o Mick Jagger e servir francesinhas à malta, isenção de impostos nos próximos 25 anos para mim e para os meus descendentes, casa de banho completa (lá pq nos aventurámos na selva não quer dizer que se perca a noção básica de civilização) e uma cama com colchão de água para mim e para a minha acompanhante.

Em relação ás saudades que os bloggers que participam na tertúlia da sua caixa de comentários poderão sentir, JMV é peremptório:

-Isto é bom para eles. Espero que pelo menos 30% deles arranjem vida social e 5% façam sexo depois de longo jejum. Especialmente o Noiseformind. Ainda estive para o convidar a vir para a Torre mas depois eu e a malta da DGF concluímos que ele não cabia no buraco em baixo da torre para entrar...

Um exemplo a seguir, o deste cidadão português.Mais um exclusivo do Reporter Murcon ; )))))))))))

Aspásia disse...

Thora

Bom fazer umas revisões e/ou reciclagens das várias ciências... A Física e a Matemática em especial têm para mim tanto encanto como um poema de Eugénio ou uma Sinfonia de Mozart... e lembro-me sempre de António Gedeão, Abel Salazar... e outros que aliaram Arte e Ciência na sua paixão.

Boa sesta...:))

Aspásia disse...

Lobices

Concordo no geral, mas penso que redefine "vida" num sentido lato que não o comum. Afinal tudo tem vida finita - o Lobices, o seu gato, uma árvore, uma pedra, o Universo... enquanto os átomos que os constituem se agrupam de certa maneira.
A partir do momento que esses átomos passem a reagrupar-se de outro modo, cessarão certas "formas de vida" e surgirão outras.
Apenas a inteligência humana conseguiu separar "Existência" de "Vida"; normalmente esta última palavra designa "vida ou existência animal ou vegetal". Nestres agregados de átomos entram os dos chamados elementos orgânicos, C, O, H, N, etc.
Quanto ao início e fim das coisas... temos conversado... ainda não se conseguiu saber se o próprio tempo existiu sempre!!!

Já me frita o miolo... vou dar início à lavagem do prato do almoço, esperando não lhe acabar com a vida...;)))

Aspásia disse...

Noise

Então não haveras já descortinado que JMV quer dizer - Julinho Matagal-Vigilante???

:))))

Aspásia disse...

E em boa hora o Prof. trocou Fermil em S. Pedro do Sul, por Cantelães, senão era isso agora que ele estaria a fazer, infelizmente!!! :((

Aspásia disse...

"senão, agora era isso"

AQUILES disse...

Já agora que estão numa de física, digam-me o que acham da existência do nada. Concebem o NADA? Concebem que o universo, que se expande, se expande em nada, ou não? Ou está contido noutro "espaço"? E por aí afora.
De que é que eu me fui lembrar.

brit com disse...

Bom blog. Excelente música.

andorinha disse...

Noise,

Loooooooooooooooooooooooooool
Ainda bem que volta e meia temos aqui o repórter de serviço.:)

Felizmente, antes de se embrenhar nas suas novas funções, o Júlio deixou-nos aqui o ambiente desanuviado. Já não é mau...:)

Aspásia disse...

Aquiles

Se pensarmos num copo vazio, ele afinal está cheio de... ar.

Também os físicos (Newton?) diziam "A Natureza tem horror ao vácuo".

No amor, por outro lado... "Nada existe mais que aquilo que não existe". (O. Wilde?)

E mais algumas coisas sobre o Nada...

Com este calor também me sinto nihilista...;)))

Aspásia disse...

Afinal, quem inventou o Nada? Talvez o matemático que inventou o zero... tb. não me lembro quem foi e com este calor, náo me apetece nada ir ver...

lobices disse...

Aspásia amiga :))
...
cito:
"Concordo no geral, mas penso que redefine "vida" num sentido lato que não o comum. Afinal tudo tem vida finita - o Lobices, o seu gato, uma árvore, uma pedra, o Universo... enquanto os átomos que os constituem se agrupam de certa maneira.
A partir do momento que esses átomos passem a reagrupar-se de outro modo, cessarão certas "formas de vida" e surgirão outras.
Apenas a inteligência humana conseguiu separar "Existência" de "Vida"; normalmente esta última palavra designa "vida ou existência animal ou vegetal". Nestres agregados de átomos entram os dos chamados elementos orgânicos, C, O, H, N, etc.

...
...exactamente!...Tudo isto são conceitos "concebidos" por um dos agrupamentos de certos átomos (os nossos, os que formam a nossa vida, tal como a sentimos e a vivemos. Os conceitos definidos por aquilo a que chamas de "Apenas a inteligéncia humana conseguiu separar existência de vida, etc onde os elementos orgânicos (também eles conceitos concebidos pela chamada inteligência humana)
C, O, H, N etc....
...o que eu "defendo" é que, na verdade, tudo é finito, pelo menos naquilo em que a inteligência humana consegue abarcar já que o infinito não pode caber na nossa inteligência; porém, nem o finito, ou seja, ou concebemos um Universo infinito ou finito. Porém, qualquer das escolhas é inconcebível... à luz dos nossos conhecimentos...
...daí que eu seja um "aceitador" do que sinto que sou: uma simples partícula atómica com uma missão a cumprir no Ser vivo a que chamo e sinto como Universo; qual é essa missão não sei, só sinto que o que quer que eu faça (ou simplesmente pense ou sonhe) é algo que "tenho" de fazer e seja qual for a minha escolha, a minha opção (o famoso apelidado de livre arbitrio - para desculpar muitas coisas -) já está pré determinada pelo Universo; ele "precisa" que eu execute a tarefa xis e mais nada e o que quer que eu decida fazer mais não estou a fazer do que a "vontade" do Todo, do Tudo, da entidade finita ou infinita, criada ou incriada, eterna ou com o tempo contado que é Uno e indivisivel
...o meu corpo é um outro Universo em miniatura; cada uma das minhas células cumpre uma missão: a única verdade é que eu não ordeno a missão de cada uma delas, elas fazem o que muito bem lhes apetece sem que eu tenha poder sobre a sua vontade individual, no entanto, todas elas juntas formam o ser que eu sou e cumprem uma missão pré determinada da mesma forma que o conjunto delas que formam o eu, cumpre a sua missão and so on numa progressão talvez infinita no próprio Universo
...talvez nem o próprio Universo saiba que existe e não seja mais do que um simples pensamento na nossa mente
...talvez eu nem sequer exista
...talvez nem este teclado exista
...talvez um pensar que sim
...talvez um sentir que sim
...talvez não, não sei

thorazine disse...

Lobices,
obrigado por este texto. Algumas coisas que eu tinha o conceito mas nuca tinha conseguido verbalizar, tu fizeste-o com uma "perna às costas". Outras que coisas que eu não tinha conceito tu explicaste de uma forma clara! :)

Só não concordo é com uma coisa: que o universo tenha intenção, inteligência. Acredito no acaso. Acredito que nós (seres vivos) tal como a matéria inerte somos meros "transportadores" de átomos, da mesma matéria que existia no início (se é que ele existiu). Simplesmente há trocas (devido às diferentes afinidades dos átomos), mas a matéria (ou energia) que existia é a mesma. E toda elas possivelmente está conectada, aliás, o físico David Bohm propos a "teoria" que todos os electrões do universo estão interligados de forma holográfica (Teoria do Holograma). Mas é como tu dizes, são teorias, é somente a prespectiva humana da coisa, mas dentro da nossa pequenez encontramos algumas certezas. Por exemplo, o que nós vemos não é realmente o que vemos, mas sim uma imagem 3D construida pelo cerebro apartir das frequências que os olhos recebem, mas conseguimos facilmente navegar dentro da "realidade" apartir desta nossa prespectiva. Penso a ciência ser assim. O átomo de hidrogénio pode até nem ter o núcleo e o electrão tal qual como nós humanos imaginamos ter, mas temos a certeza que sempre que combinado na proporção de 2:1 com oxigénio iremos ter água. Tal qual a electricidade, nunca vimos electrões, mas sabemos que se ligarmos a torradeira ou mesmo pusermos lá os dedos iremos ter a experiência real da sua existência. Para mim isto é que é o REAL, é o que é captado pelos orgãos dos sentidos e não pela imaginação (isto é, se não vivermos num modelo tipo matrix e os orgaões dos sentidos são controlados por uma "imaginação externa").

Por exemplo na questão referida pela aspásia, acho que talvez o tempo tal como o conhecemos seja "nosso". Se é possível alterarmos a nossa percepção do tempo através de drogas, do cansaço ou de outras situações então o tempo é talves uma simples percepção "nossa"! Pelo que percebi Einstein referiu que as massas dos corpos afectavam o espaço-tempo, logo acho que é viável que o nosso cerebro tenha um padrão tempo, tal como as celulas nerosas de uma borboleta tem a sua propria percepção. Talvez o tempo só exista na presença de massas, pois é o que provoca o movimento...e sem movimento não há tempo.

Não sei..é pura especulação, fruto da imaginação talvez..

Aspásia,
lavoisier estava certo em tudo. Tudo se transforma! E agora a "cremação" acelerou o processo, já que os gases dispersam-se muito mais do que os "bichinhos da terra"! :))))))))))))

thorazine disse...

Aquiles,
o nada é uma fantasia humana. Deve estar na mesma caixa (de pandora, talvez) do ser (?) que criou deus! :)))))))))

lobices disse...

Thora:
...ainda não vi a Teoria do Holograma; já lá vou a seguir; mas agora, depois de ler estas últimas intervenções, lembrei-me de repente de um "caso" que expus há tempos num fórum de Física e que, felizmente, recebeu muitas respostas de doutos iluminados na disciplina mas sem que algum deles me desse uma "verdade":
...a questão era (e é) a seguinte:
...
...Vais a conduzir o teu carro na auto estrada a 120 kms. à hora (por causa do Radar...lol...)
...levas a tua janela aberta
...de repente, entra dentro do habitáculo do teu carro através da janela aberta, uma mosca
...uma simples mosca
...a pergunta era:
...porque é que ela fica a voar dentro do habitáculo como se nada se tivesse passado e não é pura e simplesmente esborrachada no vidro de trás?
...:)

Aspásia disse...

Lobices

o meu corpo é um outro Universo em miniatura; cada uma das minhas células cumpre uma missão: a única verdade é que eu não ordeno a missão de cada uma delas, elas fazem o que muito bem lhes apetece sem que eu tenha poder sobre a sua vontade individual, no entanto, todas elas juntas formam o ser que eu sou e cumprem uma missão pré determinada da mesma forma que o conjunto delas que formam o eu, cumpre a sua missão and so on numa progressão talvez infinita no próprio Universo.

Discordo no sentido em que as "células fazem o que bem lhes apetece"... ou pelo menos, parte delas. O cérebro emite ordens electroquímicas independentes da nossa vontade, a que todo o restante organismo obedece. Quanto às próprias células cerebrais, essas sim fazem o necessário para a sobrevivência do microuniverso que cada organismo vivo constitui. Ainda no caso da mais "baixa" ou simples forma de vida, a célula, ainda que isolada ela faz o que lhe apetece ou não, mas sempre lutando pela manutenção da sua vida.

Há belos livros sobre tudo isto, até ártigos... o pior é que o nosso t -> 0...e não chega para tudo...:(

Aspásia disse...

"artigos!"

Aspásia disse...

Mais Lobices

Quanto à mosca, penso que a velocidade é baixa
para que tal aconteça... aí a uns 3000 Km/h já se esborrachava atrás... e nós esborrachados nos bancos... ainda agora vi na Rtp2 um prog. sobbre o espaço, pelo menos umas dezenas de milhar de Km/h o homem aguenta, claro com sistemas de apoio...

Quanto ao caso dos insectos e qualquer corpo exterior ao referencial carro, se nele embaterem, claro que ficam esborrachados... a sua v não se soma à v do carro, enqueanto que entrando pela janela, sim, levando um tempo infinitésimo a fazê-lo... parece-me que aqui a relatividade já explicará algo, tão longe não vai o meu fraco saber...

Cont. de boas elucubrações...:))

Aspásia disse...

"enquanto"

Resumindo, tudo é virtual... e só sei que nada sei... mas, como o nada não existe saberei uma coisita muito pequenita... um átomozito... de Fósforo, já agora...;)))

thorazine disse...

Bem...basta pensar no espaço que existe entre o protão e os respectivos electrões comparando-o com a massa do próprio conjunto (átomo) para questionar se a própria matéria não é 80% espaço (?!?!?!?!)

Klatuu o embuçado disse...

Penso que não temos que levar mais com o Senhor Cacique da Madeira! Ofereça-se já a independência àquela merda, puro exemplo de feudalismo, e só nos dá despesas! A única coisa que melhorou na Madeira foi as mordomias para os ricos!
Autonomia? No caso é apenas sinónimo de abandono de portugueses a uma oligarquia de javardos!!

Klatuu o embuçado disse...

Não há bufos, não! Há uma bufa-humana montada no cachaço de pobres analfabetos há 3 décadas!!