quinta-feira, agosto 24, 2006

Que assim seja!

Investigação: Mais reacções positivas




A comunidade científica está satisfeita com a descoberta sobre a produção de células estaminais.

24/08/2006


(12:53) De recordar que cientistas norte-americanos desenvolveram uma forma de produzir células estaminais sem destruir os embriões.

Para Raquel Almeida, investigadora do IPATIMUP - Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da Universidade do Porto -, estes avanços poderão eventualmente fazer desaparecer os obstáculos à utilização de células, o que pode ajudar na pesquisa e tratamento de algumas doenças como Alzheimer, Parkinson ou problemas cardíacos.

"Vai permitir que a objecção à utilização linhas celulares de células estaminais, eventualmente, possa ser ultrapassada e se possa passar a fazer investigação em linhas celulares de células estaminais de forma mais fácil, mais pessoas possam utilizar linhas celulares de células estaminais", disse.

Também Mário de Sousa, especialista em medicina da reprodução e que há anos investiga a cultura de tecidos, nomeadamente no Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS), onde é docente, não hesita em classificar a descoberta como "uma revolução".

Já o geneticista Carolino Monteiro considerou que produzir células estaminais embrionárias sem destruir o embrião é uma "descoberta importante" porque escapa às questões éticas, dando mais um passo na direcção da terapêutica de doenças sem cura.

44 comentários:

Manuel Reis disse...

Meu Caro Professor, tambem digo o mesmo e que assim seja, que a mente destrutiva humano não dê para virar as coisas ao contrário ou, que espero não tenha sido esse o principal propósito (não terá) onde o poder intervem pelas capacidades que daí ressultam.
Que seja para bem da humanidade e principalmente que seja para bem do ser humano, de todos nós.

vareira disse...

Sou a favor de todo o tipo de investigação para melhorar a qualidade de vida de todos nós, mas principalmente para a resolução de tantas doenças que nos matam, nem que seja só por vê-las nos outros.Bem haja para quem tem coragem de continuar.Esperemos que a integridade e honestidade também sejam contempladas nestes processos.

andorinha disse...

Boa tarde.

Excelentes notícias, sem dúvida.
Toda a pesquisa e investigação que leve à melhoria da qualidade de vida das pessoas, sobretudo neste caso as que sofrem de patologias graves, é de louvar.
Se assim se ultrapassam problemas éticos que tantas vezes são um entrave à evolução científica e médica, então é ouro sobre azul.
Estes cientistas merecem todo o nosso apreço.
Nem tudo é mau nos dias que vão correndo....:)

Madalena disse...

Quem pode ficar indiferente à esperança? Mesmo que não seja para a geração dos meus filhos, acho que os meus netos vão ter mais uma oportunidade de "ser saudável". Vai ser mais uma ditadura imposta pela moda, como agora acontece com o bom aspecto físico???? Espero que não! Fiquem bem, como diz o professor!

CêTê disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
CêTê disse...

Como diz:
"uma "descoberta importante" porque escapa às questões éticas, dando mais um passo na direcção da terapêutica de doenças sem cura."

De facto a Ética é uma das faces do poliedro da Evolução a não menosprezar, condiciona a velocidade e a trajectória dos seus percursos. Quanto mais não seja, o achado, tranquiliza o homem-cientista (porque os comuns mortais, como eu, lá sabem o que se faz in vitro!) nas suas práticas experimentais.
Poderá permitir muitos experimentos (pois então!) com células ainda sem«traumas», nem «vícios» e com todo o «tempo do mundo»_ os telómeros ainda todos fixes (à partida, claro).

Agora bom bom era descobrir como é que algumas células do nosso corpo ganham essa capacidade de restaurarem tecidos fragilizados- de se tornarem uma espécie de "estaminais". Não seriam necessários dadores, imunossupressores,... Por isso (e apesar de saber muito pouco) é que eu acho que a química é chave de tudo. Pode ser que quando equipas de bosn investigadores químicos e biólogos se sentarem lado a lado SEMPRE que estiverem a investigar um dado fenómeno o poliédro dê saltinhos mais longos por trilhos por explorar.



Abraços estaminais

thorazine disse...

Eu acho bem mais importante tirarem as pevides dos melões! :))))))))))))))))

CêTê disse...

thora, LOOOOOOOOOOOOOOOOOOL
e as espinhas aos (peixes) juvenis, não?;]

andorinha disse...

Thora,
E sobretudo da melancia.:)))))))))))))

thorazine disse...

cêtê,
também. Esses incomodos têm que acabar. :)))))))))))))))))

Em relação à ética..sou céptico. É uma verdade que a ciência é neutra..o cientista é que não! E tenho uma amiga cujo o irmão está proibido de ir a cuba, por de lá ter saido há cerca de 20 anos por se recusar a fazer pesquisas na área da colonagem humana e células estaminais. Por isso, algures num laboratório no mundo isso já foi feito. Não é oficial, mas feito eu acredito que sim.

Em relação à ética dos embriões acho que não percebo muito bem. Quantas semanas é necessário o embrião ter para retirar células estaminais? Muito poucas, suponho, já que terá de haver um grande número de células indiferenciadas. Logo, não é humano. Poderá ser (ou ter) um "potencial" humano, tal como o esperma e os óvulos, mas nenhum tipo de consciência percorre as células nervosas (isto é, se eles ja estiverem diferenciadas).

Lembro-me de ver num documentário um cientista por métodos químicos dar indicação a um célula indiferenciada para se "tornar" célula muscular cardíaca e no mesmo momento se observar no ME o pulsar de 3 ou 4 células. Fantástico. Mas imagina que facilmente alguem "pró-vida" quereria levar para casa e cuidar daquele "coraçãozinho". Isto da ética é confuso..

thorazine disse...

*imaginei

Andorinha,
Também... :)))

Cêtê,
Química é a chave, sem dúvida! :))

Mas isso que tu falas, de células definitivas voltarem a ser estaminais já há nas plantas. Penso serem os meristemas secundários. Agora, é "copiar"! :))))

Aspásia disse...

Ainda caso venha a concretizar-se essa possibilidade, quem irá ter acesso a esses processos?
Não decerto os milhões de crianças que morrem de fome ou doenças no 3º mundo...
Não os africanos que morrem afogados quando vêm para a Europa à procura de sustento...
Até nem a Dona Ermelinda de Beja, que é velhota e tem uma reforma de 70 Euros...
Náo é só a cura dessas doenças que está por fazer...
Está tudo por fazer!!!
Quando haverá um tipo de células estaminais que cure a fome, a sede, a miséria envergonhada, a ignorância, o fanatismo, a guerra?
Quanto à descoberta de células deste tipo, parece-me que não há grandes avanços...

noiseformind disse...

Boss,
Lamento não me juntar ao coro ("aquele gajo é sempre uma ovelha negra", deves tar a pensar : ))))))))))) mas continuo a achar que o cofre vai ser aberto pela equipa de Yamanaka. Grande parte da notoriedade desta notícia deve-se ao facto de surgir nos EUA e numa empresa cotada em bolsa, portanto tem de ser propalada com a devida pompa e circunstância para agradar aos accionistas e ainda para mais agradando À direita conservadora. Um dia em cheio nesta frente para Bush. No Japão não existem problemas em que a técnica de Yamanaka seja imediatamente aplicada em seres humanos quando se concluir o processo de verificação mundial, que entrou na fase final com a publicação na Cell. Repara que a AGT está a lidar com um problema de acondicionamento. Yamanaka está a lidar com o problema geral e neste momento já identificou os meios de cultura necessários. A partir do momento em que seja estabelecido o protocolo...

A AGT limitou-se a resolver um problema de base em termos de obtenção da célula que resolve conflitos éticos. Yamanaka e a sua equipa estão nesta fase já a lidar com a diferenciação do tecido. A ver vamos.

Para quem tiver paciência... http://download.cell.com/pdfs/0092-8674/PIIS0092867406009767.pdf

noiseformind disse...

Aliás,
Para verificar a diferença entre a euforia das massas e a euforia da comunidade cientifica basta ver que o artigo de Kazutoshi Takahashi e Shinya Yamanaka, apesar de estar à poucas horas online para consulta, é já o segundo artigo mais consultado dos últimos 30 dias na Cell Online ; )))))))))))))))))


http://www.cell.com/top20


E esta, pá? ; )))

APC disse...

Esta_mina_hoje_não_diz_nada,
mas_leu_tudinho :-)

Aspásia disse...

APC

Isso também já eram horas de dizer só ZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZ.................... até suplantaste o Noise no fuso horário...

Prof., tem de impôr aqui um horário de expediente qu´é por mor desta malta deitar cedo e cedo erguer....;)))

Aspásia disse...

Eu hoje já dei o exemplo... agora vou para a 1ª sesta do dia...;>

chato disse...

Gostaria de ler a opinião do professor sobre a badalada nova da abertura de salas de chuto. Pode ser?

CêTê disse...

(Referências "sitenianas" ;] muito boas, Noise. TK)- não fosse o meu inglês pésssimo... ;[... e até os deglutia, assim terão de ser mastigadiiiiiiiiiiinhos ;P

CêTê disse...

Salas de chuto...

Haverá delas decoradas a listas verdes, outras a verde, outras só vermelho. Patrocinadaa pela Nike?


Porque raio é que se explica na tv a fusão nuclear e os acidentes nucleares e não se explica a dependência química das drogas? O Porquê dos seus efeitos e suas consequências? Ou isso iria aumentar os que consomem pela primeira vez?

CLIK disse...

sempre bom passar aqui!!!
Saudações Bloguianas!!!!!

Sergio Figueiredo disse...

Os cépticos vão sempre arranjar maneira de encontrar um obstáculo porque simplesmente não aceitam mudança de bom grado.

Mas a utilidade desta descoberta reside fundamentalmente em doenças terminais que afectam, essencialmente, quem consegue chegar a idade avançada. Sendo assim, não, não é para os africanos.

noiseformind disse...

Sapadores do Porto impedem JMV de se atirar da Ponte da Arrábida:

"QUEREM IMPEDIR A ÁGUIA DE LEVANTAR VOO, QUEREM IMPEDIR A ÁGUIA DE LEVANTAR VOO!!!!!!!!!!!!!" Foi com este grito e uma bandeira do SLB na mão que o conhecido sexólogo se colocou no topo de uma das caixas de elevadores da Ponte da Arrábida em protesto pelo adiamento do primeiro jogo do Benfica. "E agora, que vou fazer eu no Domingo?". O reporter Murcon procurou a todo o custo obter informações do estado de saúde do Professor sem qualquer sucesso. Mais estranho foi como tão a Norte o Professor conseguiu ocultar da polícia uma tão grande bandeira do Benfica, vários funcionários do Porto de Leixões e do Aeroporto Sá Carneiro foram intrrogados pelo braço do FCP da PJ para deslindar este mistério.

CêTê disse...

LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL

Aspásia disse...

Ode Astromurcóide

Platão já não é pluneta,
Perdão... Platão já não é planeta
E eu que contava ir pra lá
Quando chegasse por cá
A uma idade provecta...

Um sítio tão sossegado
É que era o meu ideal
Para passar a reforma
A ler o Murcon na sorna,
Até à hora final...

(deve recitar-se com voz de Baixo astral ;))

thorazine disse...

cêtê,
olha a dependência das drogas na net: http://learn.genetics.utah.edu/units/addiction/drugs/mouse.cfm

Na tv só vão ensinar o que lhes der "jeito". Sempre que se fala em drogas duras aparece logo alguém a queimar um "pedra" para um charro. Isto é que é BOA informação! :)))

Salas de chuto era admitir que a droga existe e que temos de "saber lidar" com ela. Era com admitir que a "guerras às drogas" já tinha um vencedor (que para mim na realidade ja tem). O números de consumidores aumentam todos os anos. E não é por "falta" de informação, é por repararem que a maioria das campanhas sobre os malefícios das drogas são completamente descabidas e afastadas do que se passa nas ruas. Acredito veemente se a mensagem fosse próxima do real muita mais gente iria por a mão consciência face aos comportamentos de risco.

noiseformind disse...

Cetê,
Assunto sério... assunto sério... ; )))))))))))))))))))))))))))))

noiseformind disse...

E já agora, mais um blognauta que tira a sua própria vida: http://www.viagensinteriores.blogspot.com/

Os meu pêsames à família, amigos e companheiros próximos de Blogos :(

E baseado neste caso infeliz deixo o meu perene aviso: tomem sempre os medicamentos, mesmo quando se sentirem melhores, malta.

andorinha disse...

Reporter Murcon,
Looooooooooooooooooooool

Tens que fazer reportagens mais frequentemente:)

Pamina disse...

Boa noite.

Fui ver o link que o Noise indicou. Como é lógico, para mim é chinês, ou melhor japonês, mas, como ele diz, o artigo está em 2º lugar na lista dos mais consultados daquele site. Não sabia que os japoneses estavam tão avançados neste campo. Obrigada pela informação. "Estamos sempre a aprender", já dizia o Sr. F...
Isto é um género de private joke. O Viktor teve um colega de curso com 60 e tal anos de idade, antigo mestre de banda, que decidiu voltar a estudar e, quando algum professor dizia algo que ele desconhecia de todo, costumava dizer a frase acima. Mesmo depois destes anos todos, quando o Viktor encontra algum/a colega, se vier a propósito, ainda dizem essa frase. Toda a gente tinha muito carinho pelo colega senior.
Voltando às células, se os japoneses já estão mais avançados, pois não sei qual será a real importância desta descoberta. Pelo que tenho ouvido em debates, parece-me que tudo o que contribua para resolver problemas de ordem ética será útil. Assim, haverá menos entraves/menos desculpa para entraves à investigação, especialmente dos tais sectores da direita conservadora.

Desejo bom fds/bons últimos dias de férias.

CêTê disse...

Desculpe, professor, mas o assunto das dependências antecipou-se ao seu post ; P (Thora, site fantástico - na minha óptica, claro- já o guardei nos favoritos.
bigada ;¨*
; Noise, que facto(s) preocupante!;[)

Aspásia disse...

Noise

Dei uma vista rápida nesse blog.
Assim a morte em directo, que já se via na TV, lê-se agora na Blogosfera.
Sinto por esse desconhecido jovem que não conseguiu encontrar mais nada na vida, além daquela pessoa, nem sequer no desgosto que daria à família e amigos.

Descanse em paz.

CêTê disse...

Thora,
http://nobelprize.org/educational_games/medicine/


Aspasia e Noise,
Muito triste, MESMO. Mas como distinguir os falasos e verdadeiros "apelos"? E como ajudar?- questões que não é para responderem, claro.

B.f.d.s.

noiseformind disse...

Cetê,
Não querendo entrar por teorias, estratégias ou modelos, que os há em abundância nos diversos ramos da Psicologia e mesmo da Farmacologia eu diria que não há suicídio que não dê sinais à superfície. Essa onda que vem e leva os viventes para o Nada ou para o Além tem sempre sinais visíveis no dia a dia. Mas para detectar esses sinais é preciso existirem pessoas próximas o suficiente do sofredor desses dilemas para as sentirem. E com próximas não quero dizer com isso "a viver em conjunto" ou "esposos". Aliás, raramente o suicida recorre a alguém próximo em termos estruturais como apelante.
Outras pessoas têm uma personalidade suicidária, e quando esta deixa de funcionar como elemento de compassividade junto das pessoas significativas em termos afectivos o suicidário entra em descompensação formal... o suicídio é das mais complexas ocorrências psico-somáticas.

Lembro-me de no fim de ler Night Falls Fast, emprestado por uma professora, ter sentido uma enorme ignorância e impotência em relação ao tema. Mas acho que um dos pontos assinalados nesse livro é ainda hoje extremamente importante: há uma sub-avaliação tremenda de doenças mentais. A ida a um psicólogo como elemento paliativo de alguém já profundamente descompensado parece-me um dos maiores problemas no combate ao suicídio: apelo tardio em relação ao acumular de tensão negativa.

noiseformind disse...

AS VERDADEIRAS RESPOSTAS DE JMV na ENTREVISTA À REVISTA XIS DESTE SÁBADO, UM EXCLUSIVO DO REPORTER MURCON:

As pessoas apaixonam-se mais no Verão?

Por mim elas apaixonam-se mais ou menos todo o ano, pelo menos a julgar pelo nro de fotos de meninas e senhoras despidas e com convites para jantar-e-pequeno-almoço que recebo semanalmente na caixa de email.

As pessoas estão mais disponíveis nas férias para conhecer outras?

Penso que não. Basta ver que os emplastros que apoquentam as senhora ao longo do ano a dizer "posso-te conhecer???" distribuem-se regularmente ao longo dos 12 meses do ano. Depois no Verão o nro de mulheres que interessa conhecer diminui pq em biquino vê-se logo as que valem a pena e as que não valem um chavo. Já no Inverno a caça decente é mais difícil de destrinçar dos camafeus.


Quas as características dos relacionamentos que surgem durante as férias?

Em vez de se fumar o cigarro na cama no fim da coisa vai-se fumar para a varanda, por causa do calor.

Quem se encontra mais disponível para este tipo de envolvimento? Os homens ou as mulheres? Os adolescentes ou os adultos?

Eu aqui dou razão ao Noise, ele é assim para o parvo mas ás vezes acerta. Se um gajo arranja uma gaja para uma paixão de Verão então podemos dizer que a disponibilidade do gajo e da gaja são 50-50. Normalmente a coisa funciona como nos saldos. Primeiro vão as peças mais desejadas, depois vão ficando para último as peças que estão sem saída à 2, 3 ou 4 anos. As mais desgraçadas só vivem as suas paixões de Verão lá para Novembro, quando começam a haver gajos livres das paixões de Verão de primeira escolha. Aliás, nisto há que assinalar a boa-vontade do género masculino, disponibilizando-se para várias paixões de Verão, colocando em risco a sua tonicidade muscular, especialmente a peniana. Claro que no caso dos gajos os que não prestam estão muito pior. Esses normalmente têm a chamada "paixão canhota" ou a igualmentesingular "paixão pela romena".

Que motivos levam uma pessoa a sentir-se atraída por outra, no contexto do Verão?

No caso dos homens o rabo começa a ganhar terreno em relação às mamas. O que é bom, pq as mamas são gostos muito pouco lusos, como se pode ver pelas preferências brasileiras. No caso das mulheres um bom carro e um bom cartão de crédito fazem as delícias da maioria. Quantas advogadas é que você conhece que andem com trolhas? Pois é, pois é...

Por que são os relacionamentos deste tipo mais intensos?

Pq não há tempo para elas verificarem se aquela ejaculação precoce nas 4 ou 5 vezes que se encontraram é mesmo o normal ou não. Ele desculpa-se e diz "isto nunca me aconteceu" ou até a elogia com a coisa "foi por seres tão quente" e elas não têm tempo para perceber que afinal aquilo é mesmo o dia-a-dia coital do gajo.

Os amores de Verão duram para sempre?

Se apanhar SIDA num desses encontros, pode ter a certeza, menina. E olhe, por falar em amores de Verão, não quer vir beber uma caipirinha ali ao Molhe? Ande lá... é Verão... solte-se mulher, solte-se.

lobices disse...

...que raio de repórter tão desleixado... depois da última frase do entrevistado é preciso saber se ela aceitou o convite e foi com ele ao molhe para tomar a caipirinha!...
...chiça, assim não vale, ó Noise
...ou tudo ou nada
...agora deixarem-nos em suspenso, tss tss

thorazine disse...

Tenho um amigo que o pai se suicidou quando ele era miudo e a visão dele sempre foi que o pai foi "egoista". A questão é, será que uma pessoa que se vai suicidar consegue ter percepção que ao livrar-se dos problemas dele está a deixar ficar outros para trás? Ou é vago demais e depende de pessoa para pessoa?

andorinha disse...

Repórter Murcon,
Continuo a gostar imenso, tanto das suas perguntas como das respostas do entrevistado.
Fico à espera das cenas dos próximos capítulos.:)

Lobices,
Então que achas?!
Só uma mulher excessivamente tímida rejeitaria uma proposta dessas.
A caipirinha é uma delícia, a companhia também, que mais pode uma mulher querer?:)))))))))))))

CêTê disse...

Noise,
Nem sei o que escrever sobre o conteúdo do teu 1º post. Provavelmente porque concordo contigo.

Thora, O acto mais corajoso de um cobarde- ou versa-vice!- discutível.
Mas também não me apetece falar mais sobre o tema. ;}

Sobre o 2º Post do Noise:~
Professor,
realmente deve dar bem vontade de responder assim, não? E se calhar de começar assim ;))))))
Noise, lol, já há muito tempo que não ouvia "camafeu"LOOOL, a dos saldos fantástica!;] "Bámos" lá a contar o resto. Lobices e Andorinha têm razão.

PAH, nã sei! disse...

viva o verão!
Vivam os corpos semi-nus!
Vivam as caipirinhas e as boas companhias! :)

Cleopatra disse...

Porque será que a Igreja está contra???!!!!

Lord of Erewhon disse...

Não se poderá fazer uma qualquer engenharia genética ao actual Papa?... a Humanidade agradeceria!

Cleopatra disse...

Não sei. Penso que já não vão a tempo.
Estou a pensar fazer uma postagem das minhas sobre este assunto.
Mas gostava que o professor dissesse de sua Justiça!

Cleopatra disse...

AH! Esqueci-me. Ao titulo do post eu só tenho que dizer : Amén!