sábado, junho 09, 2007

O caso da americana enfastiada:).

Bush e o Murcon no Vaticano. O Papa mandou dizer que preferiria falar comigo das aquisições do Benfica, mas o protocolo obrigava-o a receber George W. Todas as visitas suspensas, as filas monumentais. E a americana à minha frente perdeu a cabeça e disparou: "Why doesn't somebody shoot the man, it's the third time he ruins my holidays!". Só tornei a abrir o bico dentro do Museu do Vaticano, já ouviram falar de deslocamento da agressividade:)?

27 comentários:

Fora-de-Lei disse...

Professor: se, por fim, conseguir chegar à fala com o Papa, pergunte-lhe se o Bayern está ou não vendedor...

thorazine disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
thorazine disse...

Nossa senhora protege os homens do comunismo e do 'holy'dayismo...agora do resto não se sabe..

Xelim disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Xelim disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Xelim disse...

(Eu já ouvi falar do que você ainda não ouviu falar...)

O verão vem aí, a praia, e para este ano, eu vou dar duas alternativas aos portugueses:

1) Comportamento sexual aberrante (como no ano passado, e em todos os outros) - ou seja, os barrigudos exibem as suas barrigas e as mulheres novas tapam as mamas;

2) Comportamento sexual decente - barrigudos com barriga tapada e mulheres novas com as mamas destapadas! Topless Beach Babes

(Agora repare, diga-me que o comportamento sexual da sociedade portuguesa não é um comportamento fetiche!)

andorinha disse...

Boa tarde.

Não seria de todo má ideia, shooting the man, I mean:)))

CêTê disse...

"...já ouviram falar de deslocamento da agressividade:)?"

Ora que se revela o psi!;]]]]


Pois é! O deslocamento da agressividade é de toda a forma um escape ainda que possa vitimizar alguém e aumentar os problemas de quem "agride". Depois a quem tem aquele olho clínico dá para ver que quem desenvolve esse comportamento tem algo por resolver que o perturba muito ou de forma continuada. Ou estarei eu a projectar?lol;)


Bom fds!

CêTê disse...

Mas eu compreendo o Papa...;/ainda que me pergunte porque é tão sádico Deus e o Diabo.
;X

CêTê disse...

Nestas alturas em que a "seita" está reunida e abandona o "tasco"... apetece.me tanto profanar o local!;]]]]



Será isto explo da "agressividade deslocada"?;]



No Jantar murcónico o Noise ficou sentado no restaurante ao lado do confesso-testemunha de Jeová- também ele participante do jantar.
Pouco depois aproxima-se um empregado e o Noise pede um Borba. O empregado dirige-se então à testemunha de Jeóva e pergunta se ele também vai beber viho. Com um ar escandalosamente ofendido replica: "Prefiro ser raptado e violado selvaticamente por uma dezena de putas da Babilónia antes que uma gota de álcool toque os meus lábios".
O Noise devolve o copo de tinto ao empregado diz:

"Eu também, caramba! Não sabia que se podia escolher"

Cristina Seabra disse...

Bem...eu cá não conheço pessoalmente nenhum de vós...tvz um dia faça uma visitinha à Invicta e me atreva a tomar um cimabalino com alguém... eu até trabalhei com a Porto Editora à distância (o milagre das novas tecnologias) e nunca me apresentei pessoalmente...estou em dívida com o Puerto...e é tão perto...enfim, talvez...portanto a maioria da malta está a empaturrar-se e daí a relativa calma...;)
Cont. de bom fdsemana a todos

Cristina Seabra disse...

ooops: cimbalino :)

Lifepassenger disse...

Boa Noite a todos! Acho que os Americanos precisam de todos de uma consulta de Pasiquiatria... LOl

Fred disse...

Se o professor tivesse avisado tinha guia, e eu tinha explicações de Psiquiatria…!
É o que eu chamo falta de planeamento (ou sorte!) =p
Um abraço e boas férias, pode ser que nos cruzemos por aí!

Mãe&Advogada disse...

Por falar em deslocamentos :)relacionados com a agressividade,

não raramente, a simples sinceridade é tida e sentida como agressividade !

Muito embora, sejam coisas :) muito diferentes,

quando ambas magoam, a "vítima" sente-se igualmente agredida, por uma, ou pela outra ! daí a confusão !

( não o sabia tão assustadiço :))) e além disso, o GWB não era desculpa para adiar tão importante reunião - as prioridades da ICAR deixam-me cada vez mais preocupada ! )

Migmaia disse...

Quem seria o alvo da ira da Americana enfastiada: o Bush, o Papa ou o Prof. JMV?
O José Rodrigues dos Santos encontraria na trilogia enredo para, pelo menos, umas mil páginas e o herói seria Tuga com certeza.
O fenómeno do deslocamento da agressividade, parece-me também ter-se verificado na sanção aplicada à Companhia de aviação que transportou o Papa na recente viagem ao Brasil. Isto é, o Papa viajou clandestino por se ter esquecido do passaporte no Vaticano, e as autoridades do Palácio do Planalto diplomaticamente, multaram a Companhia de aviação.


Bom (resto) de domingo!

andorinha disse...

Boa tarde.
Finalmente acordei...:)))))

Cêtê (10.53)

Looooooooool
Estás cada vez mais maluca, gaja:)

Mãe&advogada,
"não raramente, a simples sinceridade é tida e sentida como agressividade !"

Constato isso, também. Porquê? pergunto-me muitas vezes.
Penso que as pessoas ainda estão muito pouco habituadas a que os outros sejam sinceros; há sempre uma maneira de "dourar a pílula" ou pior ainda, de se ser hipócrita:(
E a sinceridade por vezes dói, é um facto...

Migmaia,
Não sabia dessa história, mas concordo com o facto de a companhia de aviação ter sido penalizada.
Outro qualquer passageiro não embarcava, mas como era o Papa...
Mas talvez isso lhes tenha já dado um lugar no reino dos Céus:)))

PS: Isto já sou eu a disparatar, não ligues muito...

Guiomar disse...

Boas noites doutor. Já deve ter visto uma animação que eu acho divertidíssima e onde o doutor entra. Por mim voto sim porque é saudável rirmos de nós.
Boa bloga!

Guiomar disse...

Esqueci o link mas deve ser porque gosto de voltar aqui muitas vezes sem me cansar:
http://f-world-blog.blogspot.com/2007_06_01_archive.html

wednesday disse...

Se ele só estragasse férias, então estávamos nós bem... Infelizmente os seus actos são um bocadinho mais devastadores e abrangentes...

Muito mais importante falar sobre o Benfica:P

thorazine disse...

andorinha,
depende com quem se é frontal e o nível desta frontalidade. Ás vezes não é ser-se hipócrita mas sim ser-se delicado. Imagina que dizias tudo o que pensavas SEMPRE sobre as pessoas com que falas (por exemplo desde que não gostas da cor do cabelo, que irrita a voz, que detestas o tique manhoso, que a achas arrogante, que é desequilibrada, antipática, feitio insuportável, tc.. seja o que for!). Eu acho que há certas coisas que se guarda para nós..não é questão de ser frontal ou não. Imagina que alguém conseguia ler os teus pensamentos quando fazes a análise crítica dessa pessoa, que acabaste de conhecer ou msm já conhecida. Se assim fosse andava-mos todos deprimidos (e não me venhas dizer que o que os outros pensam não importa.. :)

Henrique Dória disse...

Mas o glorioso é agora financiado pelo IOR-Banco Ambrosiano?
Temos o campeonato no papo! Como se sabe é dinheiro abençoado.

andorinha disse...

Thora,

Agora escolheste-me para vítima, foi?
Sempre a implicar comigo?:))))
Isso será uma conversa para termos a uma mesa em frente a um Ice Tea:)

Mas pronto, só para que não digas que fiquei sem resposta, cá vão umas ideias.

Ser-se delicado é completamente diferente de se ser hipócrita.
Aprecio uma pessoa que seja delicada por natureza e não que se "arme" em tal; pessoas hipócritas não suporto.
Acho absolutamente desprezíveis as pessoas que nos tecem os maiores elogios pela frente e que nas nossas costas só nos denigrem.
Para além do mais isso denota uma tremenda falta de personalidade.
Para mim, esse é um dos defeitos piores que alguém pode ter.

Quanto ao resto é assim: sou sempre sincera com as pessoas porque também aprecio que o sejam comigo.
Com os amigos nem me passa sequer pela cabeça ser de outra forma; com colegas também sou, digo o que tenho a dizer. Como é evidente isso não me torna muito popular entre eles, mas estou-me marimbando.
Com eles isso acontece quando sou directamente interpelada a propósito de algum assunto. Não vou deliberadamente ter com uma "colega" para lhe dizer que não gosto da cor do cabelo ou que é arrogante ou desequilibrada.
Seria estupidez minha e uma pura perda de tempo.
Mas já me aconteceu na escola este ano eu ter de dizer a uma "colega" que andava a tentar sabotar o meu trabalho e o de outras pessoas e que um dia veio pressurosa e sorridente falar comigo na sala de profs o seguinte: "Desculpa, mas não falo com vermes e tu para mim não passas disso"
Assunto encerrado!

Em relação ao que os outros pensam, Thora, só me interessa a opinião dos amigos e família.
Em relação ao que outras pessoas pensam, estou-me absolutamente nas tintas.

Eu sei que ser sincero e frontal não "compensa" hoje em dia, mas prefiro continuar a gostar de mim:)

Tenho dito:)

Julio Machado Vaz disse...

fred,
obrigadíssimo, fica para Florença!

cdgabinete disse...

O facto de o Bush só ter arruinado 3 vezes as férias desta americana é que me surpreende... em que planeta é que ela viverá que lhe permite ficar imune ao estrago global que o seu presidente tão gratuitamente nos oferece todos os dias?!?!

Será que o Papa estaria interessado em discutir a venda do Anderson?

thorazine disse...

Andorinha,
acho que que devemos ser sinceros com os amigos e família..no resto só mesmo quando nos pedem opinião! Andar por ai a dizer as verdade todas não rende..LOL

Ah...e ser hipócrita, obviamente, é PODRE! Se não se diz mal também é escusado dizer-se bem..:))

Estava a sfalar mesmo em ser sincero de forma gratuíta...sem ninguém nos pedir nada..:))

andorinha disse...

Thora,
Tens cada uma!:)

"Estava a sfalar mesmo em ser sincero de forma gratuíta...sem ninguém nos pedir nada..:)) "

Então eu ia andar por aí a dar a minha opinião a torto e a direito sem me perguntarem nada????????:)

Tu às vezes descarrilas, puto:))))