quinta-feira, junho 14, 2007

Se o ridículo matasse...

Estados Unidos
Projecto militar queria construir ‘bomba gay’
Uma organização em Berkeley que controla os gastos militares diz ter descoberto uma proposta para criar uma bomba hormonal que provoca comportamentos homossexuais

Imprimir
Enviar por mail

O objectivo desta ‘bomba gay’ seria fazer com que os soldados inimigos se tornassem homossexuais e que desta forma a atenção dos militares se focasse no sexo e não nos combates, tal como noticia a CBS 5.

O Pentágono confirmou que líderes militares consideraram construir esta arma ‘alternativa’ mas acabaram por rejeitá-la. Edward Hammond, do Berkeley's Sunshine Project, a organização responsável pela descoberta, afirmou ter conseguido acesso a uma cópia do projecto argumentando com ‘Freedom of Information Act’.

Este projecto peculiar vem no seguimento de uma política de esforço militar para desenvolver armas não letais. A organização à frente deste recurso é o laboratório da Força Aérea, que pediu cerca de sete milhões e meio de para desenvolver a curiosa arma química.

Segundo Hammond, a ‘Ohio Air Force lab’ propôs que a bomba a desenvolver libertaria um «químico que provocaria a homossexualidade nos soldados inimigos, fazendo com que as suas unidades entrassem em colapso por causa da atracção irresistível entre soldados».

Oficiais militares insistiram à CBS 5 que actualmente já não estão a trabalhar na ideia e que o plano foi abandonado.

A comunidade gay na Califórnia já reagiu ao projecto considerando o conceito ‘bomba gay’ ofensivo e ao mesmo tempo hilariante.

«A história conta com muitos homens e mulheres soldados gays e lésbicas que serviram o exército com distinção», disse Geoff Kors da Equality Califórnia. «É ofensivo que eles pensem que por tornarem as pessoas homossexuais elas sejam incapazes de fazer o seu trabalho».

SOL c/ agências

122 comentários:

irneh disse...

Os Americanos estão loucos há muito. Agora estão é a ficar no limite do ridículo!!!

andorinha disse...

Isto seria apenas o levar à letra o célebre slogan "Make love not war":))))))

Estou de acordo com a comunidade gay, este projecto não é ofensivo, é apenas hilariante:)

irneh,
Se estão loucos, e eu concordo contigo, já não têm a noção do ridículo.

Marx disse...

«...desta forma a atenção dos militares se focasse no sexo e não nos combates...»

Eis o «make love not war» no seu mais rigoroso sentido.

Curioso e menos hilariante, mesmo, é constatar que, se tivessem pensado nisto antes de entrarem no Iraque, teriam poupado milhares de baixas. Mesmo que, eventualmente, alguns soçobrassem com Sida...

Fora-de-Lei disse...

A partir do momento em que o exército inimigo estivesse transformado numa cambada de maricas, as armas do exército americano passariam a disparar supositórios em vez de balas.

Indústria Farmacêutica, 1 - Indústria Militar, 0

Gostei também foi das palavras do Geoff Kors. O "homem" é um valentão...!

thorazine disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
thorazine disse...

andorinha,
ou o outro slogan: Drop acid, not bombs! :D


Mas mais ridículo que isto só mesmo a "bomba da paz".. :))

Depois era sempre: paz, paz, paz, paz! ;)))

Atreides disse...

olá e desde já desculpas pelo desvio ao tema.
Espero que o Dr possa ler esta mensagem e seria óptimo se pudesse responder.
O que se segue é parte de um post num blog.
"Uma história contada em CPM na paróquia de Benfica, em Lisboa: «Depois do jantar, a mulher quer lavar a loiça e o marido quer ir ao cinema. O que é que devem fazer? Resposta certa: a mulher deve lavar a loiça mais cedo e ir com o marido ao cinema.» Esta história tinha uma variante subtil: «A mulher fica em casa a lavar a loiça. O marido vai ao cinema e trai a mulher. De quem é a culpa? Resposta certa: a culpa é da mulher.» Valha-nos Deus."

Porque pus isto aqui? Fez-me lembrar um poema que leu num dos seus programas para a TV. O poema em causa, se não estou em erro, concluía com "perdoo-te por te trair". Talvez me possa dizer o nome do poema e/ou autor... agradecido

Julio Machado Vaz disse...

Atreides,Chico Buarque:). Abraço.

certadaduvida disse...

E que tal uma "bomba" que libertasse 1 "quimico" poético que provocasse uma desenfreada e alucinante vontade de ler?Mas depois lembrei-me que eles nem sequer saberiam quais são os ingredientes (livros)para tal deliciosa vertigem criativa!

lobices disse...

...hoje, na RTP 2
...
Documentários
«EXIT - THE RIGHT TO DIE»



Não é um tabu, nem um fim inaceitável, mas uma libertação...


A Suíça é o único país do mundo em que associações como a que dá título a este filme existem para prestar assistência aos doentes que, para não prolongar uma dolorosa agonia, pretendem pôr fim às suas vidas. Há mais de vinte anos que equipas de voluntários acompanham doentes crónicos e portadores de deficiências graves em direcção a uma saída que consideram mais digna. Neste documentário acompanhamos todos os passos de um processo longo e delicado, em que uns e outros enfrentam a morte. Não como um tabu, nem com um fim inaceitável, mas como uma libertação. Numa sociedade que tende a tudo controlar, eles colocam uma questão de ordem íntima: escolher a forma como se quer morrer não será a última manifestação de liberdade que lhes é concedida?

Filomena disse...

Será possível que dos Estados Unidos só venham ideias destas?
Já li isto não sei quantas vezes e continuo sem acreditar no que li.
Um “químico” para provocar a homossexualidade? Eu li bem?
E imaginando que isso ia avante e que funcionava (e já é imaginar demais) … “Os soldados inimigos entravam em “COLAPSO” por causa da atracção irresistível entre soldados”… Li bem?
E pergunto eu: a “bomba gay” só afectava o inimigo ou ambas as partes?
O efeito seria a curto ou a longo prazo?
Desculpem-me, sou eu a divagar. A história deste “plano ”fez-me lembrar a “Guerra” do Raul Solnado e essa sim, sempre me fez rir.

A propósito de Chico Buarque, numa entrevista perguntaram-lhe o que significou para ele trazer filhos ao mundo. Resposta:"É formidável. Quando nasceu a primeira eu tinha 24 anos, era quase uma irresponsabilidade. Mas as três são melhores que seu pai e creio que se cada um de nós pudesse dizer isso, se Bush o dissesse, por exemplo, em 30 anos teríamos um mundo melhor".
Toma e embrulha, Bush, juntamente com o “plano”!

Manuel da Gaita disse...

eheheheh.... Uma bomba gay! Havia de ser giro as paradas militares rivalizarem em cor e som com as paradas gay.
Será que os tipos não têm uma bomba que cure constipações? É que ultimamente ando um bocado ranhoso

Fora-de-Lei disse...

Manuel da Gaita 2:57 PM

Arricaste muito ao dizer o que disseste. É que, embora este seja um blog de inspiração nortenha, pára por aqui muita gente que gosta de caracóis mas... ;-)

Manuel da Gaita disse...

Pois é fora-de-lei...
Também nasci na "murconlândia", mas há muito que a minha vida é mendigar à porta dos Pingo Doces de Lisboa e de Coimbra.
Quantos aos caracois, dispenso, apenas porque já provei e não gosto, mas já marchavam umas imperiais e uns amendoins.

jctp disse...

Pelo que se prova que os Estados Unidos na guerra não são nada cristãos.

yulunga disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
yulunga disse...

Bom dia maralhal.
LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL
A sério?
Imaginação tenho eu e nunca me lembrei duma coisa tão estúpida, credo.
É o que eu digo, esse povo tem que ser estudado. Não há dúvida que eles são únicos.

yulunga disse...

Agora com essa nova arma já posso fazer chantagem com o Fora da Lei.
My brotha in arms, nos próximos encontros de murcónicos ou compareces ou mandamos-te para a guerra do Iraque :-)

PAH, nã sei! disse...

Oh país de "gente" estranha... :(

Calculo que para lá devemos caminhar... é de mim, ou está na forja um "filme" baseado na "grande obra literária" de Carolina cloreto de sódio?

Num ranking de estupidez, quem ganharia? :(


Beijos para os "murcónicos" residentes ;)

lobices disse...

...bom fim de semana à tutti
abreijos

CêTê disse...

Onde foi feito o teste? ;]]]

Bfds ;]

Fora-de-Lei disse...

Manuel da Gaita 5:48 PM

Acho que não percebeste a minha brincadeira. Subjacente à minha milonga, estava um "ditado" típico da malta que foi culturalmente (?) criada a comer caracóis...

Fora-de-Lei disse...

yulunga 7:44 PM

A mim ninguém me vira, my sister in arms...!

Fora-de-Lei disse...

FRASE DO DIA (ou frase do ano)

"Pénis educado é aquele que se levanta para deixar sentar uma senhora!"

A Menina da Lua disse...

FORA-DE-LEI

Que horror!

Mais uma boca dessas e você é um homem morto:)

As murcónicas juntam-se todas e dão-lhe uma sova:))))

Atreides disse...

Muito obrigado, dr. Mil Perdões é o nome do texto (encontrei)!

Pamina disse...

Boa noite.

É o que acontece quando se dá muitas baldas a História:))).
Se fossem menos ignorantes, saberiam que fomentar relações íntimas entre soldados teria o efeito contrário. Em Esparta os batalhões mais aguerridos eram exactamente os constituídos por casais homossexuais. A preocupação de proteger o amigo/amante fazia-os lutar melhor.
Curioso o pressuposto, do qual partem, que os gays só têm um objectivo na vida: o sexo. É um lugar comum habitual.

Migmaia disse...

Bom dia,

Pois agora percebi a última época do Nuno Gomes no SLB. Não acho bem os Americanos fazerem dele cobaia.

fdl:

Subscrevo o pensamento do ano. Como prova de solidariedade, e por elas serem muitas, cá estarei para defender os pricípios da boa educação.

lobices disse...

...via Sol:
...
«O direito dos homossexuais ao casamento é um direito que nós defendemos», declarou a socialista, num debate promovido pela ILGA Portugal, nas instalações da associação.

Ana Sara Brito acrescentou que «se o Governo ou o Parlamento aprovarem» o alargamento do casamento aos homossexuais, estes poderiam casar-se numa cerimónia civil dos casamentos de Santo António.

A candidata da lista do PS às eleições de 15 de Julho para a Câmara Municipal de Lisboa defendeu duas cerimónias separadas, uma de casamentos religiosos e outra de casamentos civis.

Referindo-se à segunda cerimónia, disse que «seria muito bom que isso se fizesse na Câmara Municipal, no Salão Nobre», podendo incluir os casamentos entre pessoas do mesmo sexo, se previstos na lei. «Esta é a opinião da equipa liderada por António Costa», sublinhou.

Lusa / SOL

andorinha disse...

Bom dia.

FDL (12.16)
Looooooooool
A educação fica sempre bem a qualquer um:)
Mas essa paga direitos de autor; não tinhas nada que a ir "roubar" ao meu blog:)))))))

Migmaia(10.58)

Aplaudo esse teu gesto de boa educação.
Só não percebi uma coisa:
"... e por elas serem muitas..."

São assim tantas?:)))))) Loooooool

Manuel da Gaita disse...

Caro Fora-de-Lei:
Não tinha entendido. Caracois e ditados não são o meu forte. Aliás ando pouco inspirado, por isso tenho frequentado alguns blogs para ver se tenho umas ideias para colocar no meu.A última tentativa de fazer um post com pricipio, meio e fim, acabei por escrever 53 páginas A4, e decidi não o publicar

Este blog é porreiro porque um gajo pode escrever sem censura prévia.

Fui ao teu blog, mas aquilo também está muito parado e amargurado. Tu, um benfiquista, a dares os parabéns ao Fêquêpê? Se o Berardo sabe disso expulsa-te do glorioso. O meu clube é a Académica, e mais nada. Também não ganho muito com isso.
Gostei do blog da "Irene".

Jo disse...

Peço desculpa pela intromissão, normalmente sou apenas espectador. Mas, a propósito de ridículo, nao resisto...já viram a figurinha Sarkoziana durante o G8?

http://www.youtube.com/watch?v=I4u3449L5VI

Fora-de-Lei disse...

Pamina 1:02 AM

"Em Esparta os batalhões mais aguerridos eram exactamente os constituídos por casais homossexuais. A preocupação de proteger o amigo/amante fazia-os lutar melhor."

Gostei dessa anedota.

Fora-de-Lei disse...

Manuel da Gaita 2:12 PM

"Tu, um benfiquista, a dares os parabéns ao Fêquêpê?"

Considero que o fcp foi um justo campeão, até porque ganhou o campeonato de forma limpa... sem jogadas esquisitas pelo meio. E sempre que assim for, dou os meus parabéns a qualquer clube. Mas, para ser sincero, gostava muito mais de parabenizar a Briosa... ;-)

Xelim disse...

Contra-Ataque Lésbico:

Filme lésbico: Danni Ashe and Chloe

Fazer "scrool down".
Escolher "Free" em "Select your download".
Entrar o código (e acertar no código!)
Fazer o download.

Preview do filme:

Preview

Danni Ashe, "the world's most downloaded woman!"

Xelim disse...

nota: é preciso o winrar

WinRAR

Manuel da Gaita disse...

Caro Fora-de-Lei:
Parabenizar? Estás mais benfiquista que o Scollari! Até admito que possas ter dado os parabéns ao "Fêquêpê", mas depois, colocavas imensos posts de forma a esse "estranho post" ir directamente e rapidamente para o arquivo.
O Fêquêpê, este ano, vai emprestar 4 jogadores à Briosa por isso também não posso arrebitar o cachimbo.
De qualquer forma, fico sempre contente quando o SLB, o SCP e o FCP perdem

Sirk disse...

Vejam aqui:
NOVA, BOA E SEM ROUPA NENHUMA!

Su disse...

pois é.........ridculo......



gostei do som que por aqui anda


jocas maradas

CêTê disse...

Srik,
Muauhauhauahahaha!;D

É de pôr muita gente de cabeça a andar à roda!;]]]]]

Manuel da Gaita disse...

o Professor não vai colocar mais nenhum post?

andorinha disse...

Sirk,
Gostei:))))

Cêtê,
Os nossos colegas murcónicos ficaram tanto com a cabeça a andar à roda, que ainda nem disseram nada:) Loooooool

Manuel da Gaita disse...

Olá Andorinha.
Fui ao teu blog e fiquei a saber que és de Guimarães. Não devia dizer isto, como academista que sou, até gosto de Guimarães apesar de achar que como futura capital europeia da cultura (ou lá o que é) vai ser um fracasso. Trata-se apenas de um palpite. Mas sem dúvida que é uma cidade bonitinha. Comi aí a melhor sopa que algumas provei ou irei provar.

Tenho também aí uma jantarada prometida com o meu amigo Emidio Guerreiro. Mas isso são outras conversas.

Bom, até nem desgosto deste blog. O teu, o da passarada, é um bocadinho chato e vive muito à base de citações.

andorinha disse...

Manuel,
Não sou de Guimarães, vivo em...
Gosto da cidade, não gosto muito das pessoas. Mas isso são outras conversas.

Quanto ao meu blog, pá, é como tudo, tem altos e baixos, mas se fores mais ao início verás que não são só citações.
Ultimamente tenho tido menos tempo...e menos inspiração:)

E agora tenho um grupo de amigos à espera para ir beber um copo.

Até amanhã, malta:)

Pamina disse...

Fora de lei (3.40),

Tenho um amigo cujo hobby é a história grega e romana e sempre que passo alguns dias em casa dele levo com este tema (sobre história da antiguidade, não especificamente sobre homossexualidade) em doses maciças. Contudo, uma pequena correcção: o batalhão de casais homossexuais era de Tebas. O que não invalida o resto do que eu disse.

"The beloved, when he is found in any disgraceful situation, will be pained at being detected by his lover. If there were only some way of contriving that a state or an army should be made up of lovers and their loves, they would be the very best governors of their own city, abstaining from all dishonour . . . For what lover would not choose rather to be seen by all mankind than by his beloved, either when abandoning his post or throwing away his arms. . . . Or who would desert his beloved or fail him in the hour of danger?"
Platão

Certamente também uma anedota. Toda a gente sabe que o Platão era um tipo muito divertido:).

noiseformind disse...

Daqui a dois ou três anos há-de chegar a Portugal um DVD chamado The Axle of Evil from Comedy Central constituido pela performance de 3 humoristas de origem árabe em que o último termina da seguinte maneira:

Se me querem fazer um atentado a sério então metam-me ecstasy na bebida, pá! Aí sim podem ter a certeza que rebentam comigo.

Alguém no Departamento de Defesa deve ter assistido ao espectáculo e do Exz à peida do inimigo foi uma "rapidinha".

Em relação ao silêncio do Boss é compreensível. O Benfica pode a qualquer momento ser comprado por um gajo que é conhecido por ser implacável com a má gestão e com o fiasco. Um gajo destes comprar um clube como o Benfica só pode ser visto como um claríssimo indício de masoquismo da parte do Joe Berardo : )))))) e os masoquistas são no fundo no fundo sádicos da mais ameaçadora espécie ; )))))

Lifepassenger disse...

lol Somente para Americanos...

Manuel da Gaita disse...

Andorinha:
Pois é... também ando a passar por momentos de menos inspiração.
bom Domingo

Teka disse...

Um dia ninguem se vai preocupar se somos ou não hetero...

Um dia nem se vai escrever sobre isso...

Um dia vai ser equivalente a sermos ruivos ou morenos...

Um dia deixam de estar na moda, uns e outros...

... esperemos que esse dia chegue!

goncalo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
goncalo disse...

Caro Prof,

Acredite que me fez rir a sério hoje de manhã, ao ouvi-lo na Antena 1, com as histórias aos seus netos sobre os heróis e super-heróis. A pergunta do seu neto - "então, mas se o S.... se pode tornar invisível, porque razão está a fugir com o Pato Donald?" é deliciosa....

Também achei muita graça à percepção que o seu filho mais velho tinha de que o Prof. não trabalhava, por passar boa parte do dia em casa a escrever, talvez por, pela mesma razão, também ter pensado o mesmo do meu pai).
Enfim, foi bom começar assim o Domingo. Sempre gostei do seu sentido de humor, é muito anglo-saxónico, se o chavão é permitido, por se alimentar muito da auto-crítica e do ridículo. Mas, admito que haja quem não goste...

12:25 PM

A Menina da Lua disse...

Gonçalo:)

Tambem partilho consigo a opinião do quanto foi divertido, mas duma forma inteligente, o programa do "Amor É" de hoje de manhã, aliás tambem estava para o comentar e referir aqui...:)

Permitiu-me muitos momentos de boa disposição mas igualmente o esclarecer e desfazer de "águas" relativamente a (pre)conceitos apressados de que a mulher escolheu mal a sua autonomia e que
os valores do passado afinal valiam a pena:)

Caras murcónicas já estou como a amiga do professor que referiu no programa; do passado, relativamente à autonomia das mulheres só devemos manter os previlégios, nunca mas nunca as injustiças a que fomos "per secularum" sujeitas e humilhadas...não nos iludamos!:)

Agora! adorei a tirada final do professor relativamente a estes temas:-" a minha parte machista diz: está quieto..está quieto...":)

É muito bom sabermo-nos rir de nós próprios... sem dúvida:)

Muito obrigado pelo excelente programa!:)

vitoscano disse...

Então vamos ter um Live Earth portugues que bom(vi na pagina do David Fonseca).Bem 2 grandes festas em Portugal no mesmo dia, que coisa estranha e no meio disto tudo quem se deve tramar é a TVI(pois muitos canais de tv internacionais não vão querer trasmitir aquela cerimónia pois têm o live Earth para o dia todo).Não teremos musicos a correr de um lado para para outro?Parece que a Jennifer Lopez vai estar nos 2 eventos(lá vai ter de escolher duas roupas diferentes para cada local).Mais um dia a fazer Zapping não é coisa que não estejemos já habituados.

vitoscano disse...

Mas esta tudo doido depois passamos a criar o que hormonas pa criar vampiros e assim mais rapidamente chupar o sangue do inimigo?

pvnam disse...

«........mini-spam........»
SEPARATISMO NA EUROPA

---» ABRAM OS OLHOS: o caminho a seguir é um 'corte radical' [leia-se Separatismo] com o falso moralismo da Parasitagem Branca [leia-se a MAIORIA do europeus]: criticam o «tabu sexo» [e a repressão dos direitos das mulheres]... mas depois (como quem não quer a 'coisa') querem curtir à custa disso...


NOTA 1:
---» Qualquer pessoa [que não seja um imbecil militante] percebe que o verdadeiro objectivo do «tabu sexo» [e da repressão dos direitos das mulheres -> mulheres tratadas como uns 'úteros ambulantes']... é o conseguir alcançar uma vantagem competitiva demográfica...
---» A Parasitagem Branca critica o «tabu sexo»... mas depois... querem aproveitar a boa 'produção demográfica' que é proveniente de outros povos: querem curtir abundância de mão-de-obra servil imigrante, e querem curtir a existência de alguém que pague as pensões de reforma... apesar de... nem sequer constituírem uma sociedade aonde se procede à renovação demográfica!!!

NOTA 2:
---» Não sejam uns Otários-Coveiros da Identidade Étnica Europeia: antes que seja tarde demais (face ao avanço da Inquisição Mestiça...) é URGENTE mobilizar a minoria de europeus que estão disponíveis para lutar pela SOBREVIVÊNCIA da Identidade Étnica Europeia... no sentido de... reivindicar o legítimo direito ao SEPARATISMO.



P.S.
---» Recentemente foi alterada a Lei da Nacionalidade... pois, dessa forma, será possível aproveitar resquícios do tempo em que, em Portugal, a repressão dos direitos das mulheres garantia um a 'boa produção demográfica'...

Cristina Seabra disse...

Caro Professor
Antes de mais deixe-me que lhe diga, a propósito do que esta manhã ouvi n'o amor é"/RDP1 também me parece que aquele suposto "manifesto da mulher moderna" não pode ter sido escrito por uma mulher!
Acerca dos EUA, dos seus excessos e ridículo, este é mais um exemplo. No further comments...
É a terra das oportunidades e por vezes de extremos infelizes (basta pensar no actual presidente :-(
Claro, tem também coisas fantásticas-por exemplo, ao nível da forma como as associações de doentes são olhadas e funcionam. Como os doentes crónicos também votam (!) a mentalidade dos políticos acaba por resultar em dólares que quando bem investidos fazem milagres. Isto para não falar que essas pessoas não são olhadas como "coitadinhas". Há muito a mudar na sociedade e mentalidade portuguesa (o fado...)
Organizações como a NFA têm até meios financeiros para atribuirem bolsas a representantes de associações estrangeiras que queiram fazer formação na área da educação dos pacientes e aprender a comunicar de forma eficaz e clara com os media. Têm muita coisa que aqui não temos, porque, apesar de não nos faltar gente muito capaz, trabalhadora e empenhada, têm os ovos para fazer as omeletes...

Já agora, na continuação do que escrevi a semana passada, alegra-me dizer que a Maria do Céu, fundadora do Dhaka Project no Bangladesh ganhou o prémio de MULHER EUROPEIA DO ANO. Mais informação sobre o Projecto, que há-de arrancar também entre nós, no blog:
http://pendulices.blogspot.com/
e no meu claro ;-)
Beijinhos e boa semana!

CêTê disse...

Já há algum tempo que não ouvia "O Amor é..."

E depois de o/vos ouvir penso que poder e desprazer pode trazer a clarividência com que vêmos as coisas/ as pessoas!

;/

Boa semana

Manuel da Gaita disse...

Ó pvnam:
tu fazes um post no teu blog e vens para aqui fazer propaganda? O teu neurónio teve uma masturbação em forma de post e tu achas o máximo, e como tal, há necessidade de propagandear.

Manuel da Gaita disse...

Serei eu a única pessoa aqui que não ouve o programa do senhor professor?

Sirk disse...

Oi "maralhau". Nossa!, mas o xôtori ainda não voltou?! Estará a comer uma bolonhesa? Ontem comi uma e gostei, embora tivesse muito queijo.

Cêtê e Andy, já tiraram a vossa roupa hoje? Nem choveu nem nada, deu para enxugar tudinho :D

Uma boa semana também para vocês
:)

Xelim disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Xelim disse...

pvnam, tens um problema de uso excessivo de metáforas, e enquanto não o resolveres ninguém te vai ligar.

CêTê disse...

Srik comeste O QUÊ???????

Estou a ler bem?????;]

CêTê disse...

Tenho saudades de uma "nota" autobiográfica sua prof!

Vou virar-me de costas e atirar o post ao blog!;]

Xelim disse...

cêtê,

Esparguete à Bolonhesa

Receita para 4 pessoas
Ingredientes:
250g de esparguete
3dl de água
1 fio de óleo
150g de carne de vaca picada
1 lata de cogumelos
1kg de tomate maduro
1 cebola média
4 colheres de sopa de polpa de tomate
sal e tomilho q.b.

Preparação:
Colocar a cebola picada, a carne picada, os cogumelos e o alho esmagado num tacho e leve a lume deixando cozer em lume médio durante 20 minutos, mexendo de vez em quando. Juntar o tomate sem pele nem sementes partido aos bocados, a polpa de tomate, o tomilho e temperar de sal.
Tapar e cozinhar durante 8 minutos, mexendo algumas vezes.
Reduzir o lume e cozinhar mais 10 minutos.
Por fim deitar o preparado sobre a massa previamente cozida em água temperada com sal e o fio de óleo e bem escorrida.

andorinha disse...

Esta gente muito madruga:))))
À hora do programa ainda estou a dormir, oiço-o sempre em podcast.


Sirk,
Ainda te vais dar mal com essa tua curiosidade excessiva, doentia, despropositada....:)

Se hoje já tirei a roupa?!
Mas que raio de curiosidade a tua...
Isso são perguntas que se façam em público?

:)

Cêtê,
Deixa o Prof. curtir as férias, pá.
:)

Sirk disse...

Andy,
ihihihihih

Cêtê,
confessa que também já comeste uma, vá, vá!...muahahahahah

Ó xelim, não xão dexas...xão das que levam maxa fofa e ageitonas (ler cum xotaque de Bigeu, fáxabori)

CêTê disse...

Xelim, LoL

Retribuíndo...


Para 4 pessoas:

4 cebolas em rodelas fininhas
1 cabeça de alho finamente partida
uma pitada de piri-piri
sal (pouco)
azeite para fritar

pá fumada e vários tipos de chouriça (não dispensar a vermelha)cortadas finamente

cenoura (1, 2, 3 ou 4 lol) finamente ralada
1/2 pimento finamente cortado (amarelo dá uma cor bonita)



1ª alourar as cebolas em azeite já temperadas com sal e piri-piri
2º juntar o alho e alourar ligeiramente
3ª juntar as carnes e deixar uns 15 mn a lume mais brando mexendo
4º juntar a cenoura ralada e o pimneto cortado- envolver e deixar tomar gosto.

Retirar e polvinhar com salsa


acompanhar com broa, arroz branco e azeitonas.


Garanto: é um bom petisco


Podem sempre antes de tirar do lume juntar ovos mexidos mas não fica com o mesmo "brilho"


Bom apeite!

CêTê disse...

Sirk, pois não provei! e o aspecto não me seduz. Pode ser que sem dentes, um dia mais tarde ache a companhia à mesa de uma Bolonhesa irresistível mas como vês...o que cada um come diz muito de si!

LOL-2 a 0

CêTê disse...

2º Lição: as aves depenam-se, não se tira a roupa!
3-0

Sirk disse...

Olha lá CêTê, por acaso, a tua receita nãp leva bacalhau?

3-3

muahahahahahahahahah

Sirk disse...

CêTê és pouco doida és...
LOL

Ainda um dia partilho convosco a receita de pastéis de bacalhau da minha tia Felizmina. Eram de comer e de estalar por mais ...

(vou-me pôr-me a milhas cibernéticas, antes que venha por aí um xôtori que não goste de pastéis e tal...)

andorinha disse...

São pouco doidas as duas, são!:)
Viva a doidice sã!!!

Cêtê, e já que estamos numa de receitas, lembrei-me e fui ver a tua receita de peru com whisky...
Ainda não consegui parar de rir...e já lá vão quase 3 minutos..Looooool

Não queres partilhá-la aqui com a malta?:)

CêTê disse...

Andorinha, LOL
Já nem me lembro quando foi isso!!!
Mas podes publicitá-la tu, se te apetecer!LOL

Manuel da Gaita disse...

durante os tempos em que vivi na Coreia do Sul mendingando nos Pingo-Doce de Seul, por várias vezes comi cão! Não era hot dog, nem sequer rafeiros mal amanhados... eram uns cachorros muito simpáticos!
Gostava de deixar aqui uma receita para V. Excias. cozinharem o vosso preferido animal de estimação, mas sinceramente, toda a comida da Coreia do Sul sabe a uma espécie de algas putrificadas, mas os gajos gostam...
Nas bases americanas do paralelo 38, ainda se come razoavelmente, e garanto-vos que os hot-dogs não são feitos a partir de cão.
de qualquer forma é um desafio que vos lanço: comam o vosso animal de estimação favorito: quer seja um cão, um gato, um canário ou uma miuda de 20 anos.

andorinha disse...

Então cá vai. Receita de perú à moda da Cêtê.


RECEITA DE PERU COM WHISKY
Ingredientes :
1 garrafa de whisky - do bom, é claro!!
1 peru de aproximadamente 5 Kg
Sal, pimenta e molho verde a gosto
350 ml de azeite extra-virgem
500 g de bacon em fatias
Nozes moídas
Modo de preparar :
Envolver o peru no bacon e temperá-lo com sal, pimenta e molho verde a
gosto. Massajá-lo com azeite.
Pré-aquecer o forno durante aprox. 10 minutos.
Beber uma boa dose (dupla) de whisky enquanto aguarda.
Colocar o peru numa assadeira grande.
Sirva-se de mais duas doses de whisky.
Ajustar o terbostato na marca 3, e, debois de uns binte bidutos, bonha
para assassinar. Digu, assar a ave. Beber bais uba dose de whisky.
Debois de beia hora, formar a baertura e controlar a asssadura do perú.
Tentar zentar na gadeira, zervir-se de uooooootra dose boa de whisky.
Gozer (, gosturar(, gozinhar (, sei lá, f***-se o beru.
Deixááár o vilho da buta no vorno bor ubas 4 horas.
Tentar tirar a berda do beru de lá.
Bandar bais uba boa dose de whisky pa dentro, dendar nobabente tirar o
cabrããão do beru do vorno, borgue na bribeira denndadiiiva dãão
deeeeeeeuuuu.
Begar o beru que gaiu no jão, e enjugar o vilho da buta gom o bano de
limparrr o jão e gologá-lo duba pandeja ou galguer outra borra, bois, avinal
vozê nem gossssssssta buito dessa berda de beru. Bronto!

É de comer e chorar...a rir:) Lol

Até amanhã, malta:)

Fora-de-Lei disse...

Pamina 1:54 AM

A avaliar pelo texto, Platão tinha - isso sim - uma anedótica capacidade de legitimar certos comportamentos...

Mãe&Advogada disse...

I. O que me parece mais grave no meio disto tudo, é que uma arma destas, pode servir para condenar p.ex. uma minoria étnica, ao extermínio -pela indução à orientação sexual não reprodutiva -por isso, achei curioso, no mínimo, que a tenham imaginado como arma não letal ( cfr. http://www2.dsi.uminho.pt/am/2002/Capitulo6/ReseDefi.htm )- há muita forma de acabar com o inimigo ! e enquanto todo o mundo se concentra no perigo nuclear, algumas cabecinhas não páram...


II. e só esta receita de peru para me fazer rir agora - será que dava para trocar por champanhe (?)

penelope disse...

Quando a mudança de post tarda, o ambiente, aqui, faz-me lembrar uma turma à espera que o Professor chegue :-)

Sirk disse...

Andy, pede à CêTê que conte aquela do casalzito do norte que levou com os ... do mosquito no pára-brisas. Essa sim é fenomenal! A CêTê mandou-ma por mail há bué, mas, ainda hoje, quando me lembro choro de tanto rir! LOLOLOLLOLOLOLOLOL

andorinha disse...

Penelope,
Por acaso também me dá um pouco essa sensação.:)
Mas se os alunos na vida real esperassem assim tão calmamente pelo professor já não era nada mau...

Sirk,
Não estou a ver qual é.
Mas ela quando chegar e ler isto de certeza que conta.
Ou então conta tu, pá, de certeza que tens luz verde:)))))

Manuel da Gaita disse...

Dado que este blog é de um homem que trata de assuntos de "partes baixas", posso dizer que isto é aquilo a que eu chamo um "Post Tântrico": já dura há 4 dias e ainda não obtive prazer.

Não sei se perceberam na originalidade e subtileza do "isto é aquilo". É profundo, salvo seja! E até me vieram as lágrimas aos olhos.

O Profe está à espera da Ota para aterrar em Portugal e regressar de novo aos posts?

Recusa-se a aterrar num aeroporto com nome de pessoa que morreu num acidente (?)de avião (Sá Carneiro)?

Olhe... acho que foi cobaia nas experiências da bomba gay e agora participa noutro blog mais politicamente correcto.

Eu vou regressar ao meu blog e inventar qualquer merda acerca "Depois de aberto o tumulo de Jesus Cristo e análise ao DNA, segundo Scorsese, CSI e policia cientifica, controva-se que Belchior era pedófilo".
É do mais politicamente incorreto que eu alguma vez já escrevi.

CêTê disse...

Andorinha, e achas que ela precisa da minha autorização para o que quer que seja? Eu é que já não a sei contar mas se te lembrares...conta-a (eu até acho que foi ela que me enviou a anedota);P


***************
Cá para mim o prof está é a corrigir exames ou a assistir alguém do Governo.
;]

Abraços

***************
Mas a estar eu se fosse o seu amigo ViKtor mudaria-lhe o Blog por completo!LOOOOOL

Rosa Choque, com pessoal em actividades frenéticas e uma música pindérica.

Poderia até ser o Hino do Benfica e uma águia de fundo_ para foleiroso parece-me o ideal...
LOOOL

CêTê disse...

Alguém me sabe informar se o livro "Olhos nos Olhos" de que fala o professor em "Amor é..." é o da sua autoria, ou de outro autor - e se sim qual? Referiu-se a ele como baseado em casos mais ou menos ficcionados e polvilhados com brejeirice q.b.- abriu-me o apetite.


Obrigada;]

andorinha disse...

Cêtê,
Eu não sei qual é a anedota, já disse:)
E vocês entendam-se: quem é que mandou a quem:) Looooool

E mais respeito pelo blog e sobretudo pelos símbolos do Glorioso.

Se não fosse esta grave lacuna no teu carácter, até eras uma tipa porreira:))))))))

Migmaia disse...

A alternativa à Ota também não é muito sedutora. Alguém se oferece como voluntário para aterrar num campo de tiro...Mas agoro percebo a pressa da chavalada da academia do SCP em querer dár de froscas! Alcochete é o nome da dita localidade.

Andorinha: aqui o pessoal porta-se melhor do que na escola porque não há nada de partir...e penso que também já somos todos mais crescidinhos, até pelos conhecimentos gastronómicos.

Notas interessantes:
Austrália-maior produtor dr ostras, resolveram acrescentar Viagra ao meio aquático...imaginem o resultado...será que estão a fazer parceria com os Americanos. Pelo que ouvi, a Pfizer não gostou da ideia.

Estomatologista de origem Argentina, a exercer em Israel, desenvolveu uma cápsula em forma de prótese, que permite dosear a administração de fármacos pela módica quantia de 100 €, resolvendo o clássico problema da complience...a ideia parece genial!

Migmaia disse...

Lembrei-me de ter visto uma notícia sobre o encerramento do Aeroporto de Milão por motivos de caça à lebre na pista... Terá sido este o motivo para a ausência do Prof.?

Barão da Tróia II disse...

As coisas de que esses gajos se lembram...boa semana

Teka disse...

Volte caro professor, volte!
Chega de paisagens italianas...
Não tem saudades do seu cimbalino?

JFR disse...

Cêtê

"Olhos nos Olhos" é um poema de Chico Buarque:

Quando você me deixou, meu bem
Me disse pra ser feliz e passar bem
Quis morrer de ciúme, quase enlouqueci
Mas depois, como era de costume, obedeci

Quando você me quiser rever
Já vai me encontrar refeita, pode crer
Olhos nos olhos
Quero ver o que você faz
Ao sentir que sem você eu passo bem demais

E que venho até remoçando
Me pego cantando, sem mais, nem por quê
Tantas águas rolaram
Quantos homens me amaram
Bem mais e melhor que você

Quando talvez precisar de mim
Cê sabe que a casa é sempre sua, venha sim
Olhos nos olhos
Quero ver o que você diz
Quero ver como suporta me ver tão feliz

Xelim disse...

Para fechar o post,

Como eu já escrevi num blog de meia tigela qualquer, sendo os militares uns rabos rabejantes, não nos surpreende nada que tenham tido essa visão de desejo!

as velas ardem ate ao fim disse...

Sem duvida bizarro e ofensivo..americanices.

CêTê disse...

jfr,
Conheço a canção! Liinda.
Mas julgo que o professor se referia mesmo a um livro.

Espermos que a soviética o deixe ainda com energia suficiente para esclarecer... os murcónicos;p

CêTê disse...

Então SirK? A anedota, saí ou não saí?

CêTê disse...

Para descontrair



http://www.bozzetto.com/flash/fem_male.htm

Nuno disse...

Só posso rir.....
Com que então outro Enola Gay, mas agora a fazer juz ao nome!
Fantástico!
Espero estar cá para ver! Dahhh...

andorinha disse...

Boa noite.

Cêtê,
Para descontrair????????????????
Para me irritar, diz antes assim:)

Agora é que a anedota vem mesmo a calhar:) Looool

SIRKKKKKKKKKKKKK...

CêTê disse...

Andorinha, não deverias estar ao serviço do estado????
Há gajas com sorte!!!!;]


Bem para azar já basta seres Benfiquista, de facto!;]

Sirk disse...

Sirkita para as amigas, faxabori.
:D

Estou aqui num dilema do caraças. Olhem lá, com comida vegetariana que talheres devo usar, os de carne ou os de peixe?

andorinha disse...

E para que não sejam só desgraças,:) cá vai uma notícia positiva, na minha perspectiva, claro.

Pela primeira vez uma mulher vai arbitrar jogos de futebol a nível profissional, "invadindo" assim um dos poucos feudos masculinos que ainda permanecem.
Isto passa-se na Alemanha onde a árbitra vai apitar na 1ª Liga.

Vem já por aí o FDL, com a sua mente perversa, dizer que agora é que vai ser o bom e o bonito em termos de corrupção e troca de favores carnais:))))))))

Cêtê,
Atenção que ao estares a insultar-me,:))) estás a insultar seis milhões de portugueses...

Ao serviço do estado como????
Às vezes és tão hermética que não te entendo:)))) Looool

Sirkita,
Boa pergunta. Mas não desvies a conversa, conta mas é a anedota:)

CêTê disse...

Srik
Eu se fosse usava qualquer tipo de talheres pois corres o risco de ficares sem as plastas dos pés e sem tomates



Conta lá a anedota que eu não me lembro pá!

Manuel da Gaita disse...

Estou convencido que isto não é um blog, mas sim, uma terapia de grupo com um guru sexologo.
o homem está em Itália a "curtir largo", a dar milho aos aviões e outras coisas bastante interessantes e vós só pensais em sexo!
Se fossem anjos, por falta de argumento, não pensariam em tal coisa...

Sirk disse...

Mais um desafizito:

Uma vaca está presa a uma árvore por uma corda de 10 metros. Descrevam o lugar onde se encontra a dita.


Foste tu que me mandaste a anedota. Queres é que eu venha para aqui escrever coisas obscenas, né? Nem penses CêTê. Sabes perfeitamente que não digo nem penso em nada similar (piu, piu, isto é a Andy :D)

Xelim disse...

eu não penso em sexo; eu sou o próprio sexo, de todos e de cada um!

mas como isto é segredo, vou apagar este comment

um momento...

Xelim disse...

Alguém sabe:

P: Por que é que as loiras andam de avião?

R: Para treinar os agudos!

Demonstração:

fazer click em DOWNLOAD ORIGINAL FILE

Sirk disse...

Relativamente ao "desafizito" que devria ser "desafiozito" (valha-me nossa senhora das teclas) não vale pensar na AR, ok?

Ó Xelim você é pouco tarado é...
:D

JFR disse...

Cêtê:

O livro com esse título que conheço é o do Prof JMV. Mas, entendi que ele não estaria a referir-se ao seu livro. Não ouvi o "Amor é".

CêTê disse...

O que avistas tu daí, Sirk?


LOOOOOOL

CêTê disse...

JFR, pois... mas eu acho que ele se referia a outro...

O raio do Homem também desapareceu.

Terá ido para o triângulo de S. Vicente?- onde desapareceu o estrangeiro...


O professor fuma?




Se ao menos pudessemos contar com o Sr. Silva....;[


Vou-me (também);]


ò srik, já fizeste quantos circulos?- espero ao menos que não estejas na Luz.

irneh disse...

Ó professor, então mas o que é isso? Já não volta? Assim vou voltando só pela música, porque o "Ridículo" já me está a matar..!

Xelim disse...

E, no fundo, a ideia da bomba gay foi de um comandante que não tinha acesso ao "Jolie"!

Para quem não sabe,

"Discreto e cheio de estilo, essa pequena maravilha é a prova d’água, oferecendo uma grande variedade de usos. Feito para atender às necessidades da mulher/militar atual, o Jolie, apesar de pequeno, contém um intenso vibrador, perfeito para quem busca algo mais. O motor é super silencioso, para deixar suas aventuras ainda mais secretas!"

thorazine disse...

Cêtê,
se o professor fuma?

Vê aqui imagens esclusivas da viagem do prof e do Silva! :DD

http://www.youtube.com/watch?v=9gaWvrISiZU&mode=related&search=


(Just kidding;)))

b' disse...

Cê Tê

Olhos no Olhos - Histórias de sexo e de vida

autor: Júlio Machado Vaz
editora: D. Quixote

Descrição da editora

Olhos nos Olhos: Depois de “Estes Difíceis Amores”, o psiquiatra Júlio Machado Vaz surpreende-nos mais uma vez em “Olhos nos Olhos”, com cinco histórias que nos transportam para o universo íntimo e secreto das nossas vidas sexuais.

CD disse...

Hei! Vamos aproveitar a falta do professor para contar anedotas porcas?

CD disse...

Sabem daquela dos soldados a dormir aos pares na caserna e chega o capelão e diz:
Com que então a fazer guerra química e não me chamaram?
:-)))))

Filomena disse...

No primeiro dia de aulas, numa escola secundária dos EUA, a professora apresentou aos alunos um novo colega, Sakiro Suzuki, vindo do Japão. A aula começa e a professora:
- Vamos ver quem conhece a história americana. Quem disse: 'Dê-me a liberdade ou a morte?
Silêncio total na sala.
Apenas Suzuki levanta a mão:- Patrick Henry em 1775 na Filadélfia.
- Muito bem, Suzuki.
E quem disse: O Estado é o povo, e o povo não pode afundar-se?
Suzuki: - Abraham Lincoln, em 1863, em Washington.
A professora olha os alunos e diz:
- Não têm vergonha? Suzuki é japonês e sabe mais sobre a história americana
que vocês!
Então, ouve-se uma voz baixinha, lá ao fundo: japonês filho da ****!
- Quem foi? - grita a professora.
Suzuki levanta a mão e, sem esperar, responde:
- General McArthur, em 1941, em Pearl Halbour.
A turma fica super silenciosa ... apenas ouve-se do fundo da sala: *Acho que vou vomitar*.
A professora grita: - Quem foi?
E Suzuki: - George Bush Pai, ao Primeiro-Ministro Tanaka, durante um almoço em Tóquio, em 1991.
Um dos alunos diz: - Chupa o meu pau!
E a professora, irritada:
- Acabou-se! Quem foi agora?
E Suzuki, sem hesitações: - Bill Clinton à Mônica Lewinsky, na Sala Oval da Casa Branca, em Washington, em 1997.
E outro aluno diz ao fundo: - Suzuki de *****!
E Suzuki responde: - Valentino Rossi, no Grande Prémio de Motos de velocidade, no Rio de Janeiro, em 2002.
A turma fica histérica, a professora desmaia, a porta abre-se e entra o director, que diz:
- Que ***** é esta? Nunca vi uma confusão deste tamanho!
E Suzuki, bem alto:

- Mariano Gago para José Socrates em 2007, após ter recebido o relatório da inspecção feita à Universidade Independente.

EU.CÁ.VOO.CAMINHANDO disse...

Até certo ponto... a última notícia do meu blog (EU.CÁ.VOO. CAMINHANDO), tem haver com o seu texto.
Não sei até que ponto poderá ser ou não ser incómodo para si, abordar tais temáticas no seu optimo blogue.
No entanto, não perderá concerteza nada, por dar uma-vista-de-olhos ao assunto. As cordiais saudações

Mãe&Advogada disse...

Penelope

a imagem é perfeita :)

durante o meu estágio de advocacia, e ainda antes de me dedicar exclusivamente à advocacia, dei aulas e muita formação profissional ! já para não falar da minha própria experiência de aluna :))

Mas, eu vinha mesmo era para comentar aqui o "Manifesto" lido n'"O Amor é " de Domingo passado !

O mal do Manifesto, pareceu-me ser o tremendo oportunismo atribuído de forma implícita no texto, à mulher-moderna -arrependida-de-abrir-mão-de-supostos-privilégios -quais presentinhos envenenados !

mas a verdade é que a mulher moderna não deixou de aderir alegremente a outras formas de escravatura em dose dupla tripla e ... sujeitando-se dessa forma às inúmeras operações de desdobramento e truques que lhe permitem dar e ter a sensação da omnipresença...

com a agravante de feitas as contas - a grande maioria - a tal... das famílias Portuguesas que não pagam impostos por insuficiência de rendimentos -

- de feitas as contas - os rendimentos do trabalho da mulher -não chegarem para suportar as despesas com as amas, as creches, as empregadas domésticas, a comida pré-cozinhada, ou pronta a trazer para casa, quase sempre fa(s)t-food; com um guarda-roupa e outros cuidados, absolutamente necessários ao exercício da profissão; mais os encargos com um segundo carro da família, e ainda os tempos livres a matar intervalos de trabalho, em
cafés, ginásios, institutos e centros comerciais...

tudo isto acumulado com o turno pós-laboral a tentar compensar em família , todo o tempo roubado nos outros cinco ou seis dias de mercado de trabalho !

no fim, o que sobra destas mulheres modernas ? entre a profissional que nunca perde a consciência da falta que está a fazer à família - sobretudo, às crianças e aos idosos - e a mãe-de-família em regime pós-laboral, onde fica o coração desta mulher ? e dirão os homens, e connosco não é exactamente o mesmo que acontece ? e nós sabemos que não, salvo raras excepções, em que são pai e mãe ao mm tempo... sem uma mulher que os ajude nessa função...

para agravar este acumular de papéis que a modernidade se recusa a ver como um mal, mas que o é ! com as consequências que estão à vista ! a mulher moderna tornou-se ainda escrava de uma imagem que desafia as leis da natureza ! e não se diga de forma aligeirada, que só é escrava da imagem quem quer ! pois quem não quer, só tem a alternativa da rejeição, da crítica, da exclusão, ou da comiseração - que é a pior delas todas !

nem mesmo, como Lhe ouvi dizer : - e para ficar em casa, ela não tinha já que se preocupar com a imagem ? salvo o devido respeito, a ditadura do padrão de beleza actual, tem vida própria - não é um prolongamento da opção pelo trabalho fora de casa ! as mulheres sempre cuidaram muito da sua beleza, simplesmente não tinham de manter um corpo de adolescente anoréctica até morrer ! nem usar silicone, nem renovar a pele do rosto todos os anos, a partir dos 40 !

o que me parece que falhou no passado, foi a falta do reconhecimento devido à mulher, pelo trabalho realizado em casa ! pelo acompanhamento feito aos filhos e aos mais velhos da família ! da mesma forma que, agora continua a falhar o reconhecimento devido pelo trabalho realizado pela mulher que acumula tantas funções - ainda que de uma forma exemplar e quiçá sobreHumana !

é claro que uma mulher em casa nunca seria demais, e nem isso impediria que as mulheres tivessem os seus cursos e ocupações compatíveis - como nem todas casam ou optam por ter filhos...

o que ninguém pode querer fazer crer é que sem uma mulher em casa, é muito melhor ! ou porque as crianças crescem em berçários e sucessivos lugares de recolha... fantásticos, ou os velhotes morrem em lares maravilhosos, ou porque se come lindamente na rua, e ainda melhor em casa, porque as empregadas domésticas, são umas autênticas fadinhas-dos-nossos-lares, e ainda sai tudo muito mais baratinho; finalmente, as mulheres modernas chegam a casa super realizadas profissionalmente, com uma vontade louca de se dedicar aos filhos, com uma vontade doida de cozinhar a única refeição que a família partilha, a seguir nem vêem a hora de se transformar na mais sedutora das odaliscas e ao outro dia acordam cheias de energia para ajudar as criancinhas, a lavar, a vestir, e comer, correctamente, e levar à escola... momento a partir do qual vestirão a pele da profissional incansável...

é claro que qualquer uma de nós, o consegue fazer, com mais ou menos dificuldade, ou mais ou menos jeito, ajuda, et caetera, se tudo corre bem, se há muita saúde, quando o trabalho não é muito duro, quando temos apoio, motivação e por aí fora... mas será isto normal ? será isto exigível de uma mulher só ?

e porque já escrevi demasiado, apenas só mais um comentário sobre uma expressão - conceito (?) mencionado pela AM, no Programa de Domingo - " mulheres viúvas de homens vivos " - eu bem digo, que a poligamia era a solução para estes quase inevitáveis dramas ! por que há-de um homem divorciar-se da mulher de sempre ? para poder voltar a casar com uma, com metade da sua idade ? quem não quisesse casar com um homem já casado, que escolhesse um solteiro, viúvo ou divorciado ! quem não quisesse manter um casamento antigo, mesmo tendo que aceitar uma nova relação do marido, que optasse pelo divórcio ! mas que os restantes pudessem optar sem censuras pela poligamia ... era uma solução da mais elementar justiça :))) no mínimo...

andorinha disse...

mãe&advogada,
Achei esse "Manifesto" do mais retrógrado que alguma vez ouvi!
Felizmente não há retrocesso possível.
Já conquistámos tanta coisa, íamos agora por isso em causa?!!!!
Fala-se da mulher moderna como se esta criatura fosse uma escrava e não se apercebesse disso.
E o homem moderno? Está onde?????
Por que não se põem estas questões em relação ao homem?
Por que é que só a mulher é que tem que conciliar carreira e filhos?
O homem só tem que conciliar:) a carreira?

"será isto exigível de uma mulher só?"
Será exigível de uma mulher e de um homem, quando em casal.

Posições como as deste Manifesto põem-me doente:)

Mãe&Advogada disse...

( Andorinha, um homem que tem a mulher em casa, ou quase sempre em casa, continua a ter de conciliar a carreira com a família, se não quiser ficar sem ela :)

O que me parece errado, é que não se dêem condições às famílias para que esta opção possa ser a escolhida !

Uma opção,

que poderia mudar muita coisa em gerações, que de outro modo, vão continuar a crescer - como hoje já acontece - quase entregues a si mesmas, com as famílias impossibilitadas de lhes dedicar o tempo suficiente !

Muitos de nós pertencem ainda, a uma geração, que cresceu com o carinho e os cuidados constantes da mãe - mesmo nas famílias monoparentais; mas hoje, isso é raríssimo, acontecer !

Com as coisas, como estão, o tempo que as crianças passam com mãe e com o pai ( e se é que passam ! )

é o tempo que sobra aos pais, para fazer compras p'ra casa, p'ra dar um jeito na casa etc etc etc e finalmente, o tempo de que todos precisam para descansar e fazer o que mais gostam.

Acontece que dedicar tempo a um filho, estar e conversar com ele e ajudá-lo a crescer, exige mais do que esse acompanhamento feito no final de um dia de intenso trabalho ou no fim-de-semana ou dia de folga - em que o tempo tem que dar para tudo o que não se pode fazer em dias de trabalho.

É claro que o ideal, seria ambos terem total disponiblidade para estar com os filhos desde que nascem, e para os acompanhar até à idade adulta na medida das suas necessidades !

E existem já soluções em estudo - cfr. Pensão de Werner* - através das quais, as famílias poderão ponderar esta opção, sem colocarem em risco a sua sobrevivência - com um mínimo de dignidade!

Mas na falta desta solução óptima, os Estados, a quererem mudar alguma coisa para o futuro, no sentido de acabar com o desemprego e,

com todo o tipo de criminalidade, desvios e insucessos, associados à pobreza extrema e à exclusão social,

mas também,

ao estado de quase-abandono-de-facto ( nem sempre associado à pobreza, muito pelo contrário )

em que crescem as nossas crianças, adolescentes e jovens,

terão de fazer um forte apelo à(s) Família(s),

dando-lhe(s) apoios suficientes e efectivos

que lhes permitam gerir as suas vidas pessoais e profissionais, por forma a dedicar mais tempo aos filhos - desde o nascimento até à idade adulta !

E se numa primeira fase, a presença constante da mãe, é uma necessidade absoluta - a própria Natureza se encarrega de o provar e de o justificar -

a partir do momento em que começam a ter os seus tempos ocupados,

do que precisam, é de contar com a disponibilidade efectiva dos pais, para os apoiar sempre que precisam;

mAs para isso,

os pais, ( ou pelo menos, um deles )

não podem estar sempre stressados e exaustos, e sem tempo p'ra nada !

Só p.ex. as Políticas do Estado, as Leis - em especial, a Lei Laboral - e os novos "códigos" de Responsabilidade Social das Empresas,

devem de uma vez por todas, ter como prioridade,

a promoção do papel fundamental,

que os PAIS têm - e devem ter cada vez mais - na vida dos seus filhos !

Só assim, será possível dar a Portugal e ao Mundo,

muita - mais :)) gente

saudável, feliz, educada,competente e responsável,

capaz de se ajudar a si mesma e aos outros,

cumprindo regras e zelando pelo seu cumprimento,

em defesa do Homem, e já agora, de um Planeta cheio de Vida ! em todos os sentidos !



*********************************

* "A pensão que Werner propõe deveria possibilitar uma vida digna. Não se trata de um mínimo para sobreviver, mas do que Werner denomina como 'um mínimo cultural', um direito fundamental que deveria estar incluído na Constituição." cfr. artigo infra, rapinado :) do In Virtus http://www.invirtus.net/in/story.php?title=Receber-sem-trabalhar

Cleopatra disse...

Mãe&Advogada disse...
( Andorinha, um homem que tem a mulher em casa, ou quase sempre em casa, continua a ter de conciliar a carreira com a família, se não quiser ficar sem ela :)

Ufffffff
COMO TE DOU RAZÂO!!!!

Jazzman disse...

O Sexo é que comanda a vida...... tem dúvidas.... vejam os numeros

4,2 milhões: é o número de sites pornográficos que existem on-line (12% do total de sites mundial);

6 035 é o lugar ocupado pelo maior site/forum português sobre sexo, Sexo na Banheira (www.sexonabanheira.com), no Ranking mundial dos sites mais visitados na NET;

2,5 mil milhões: a quantidade de e-mails porno que circulam diariamente na rede (sim, você que está a ler isto também contribui e muito para estas estatísticas);

20,57 mil milhões de euros, foi o valor das receitas da pornografia na China em 2006;

10% dos adultos no mundo inteiro admitem estar viciados em pornografia na Internet (e já se sabe que as pessoas mentem);

420 milhões de páginas na Internet têm algum tipo de conteúdo porno;

39 minutos. É o tempo que passa até ser feito um novo filme porno nos States. Sim, pode começar a cronometrar no seu relógio;

28 258 de pessoas vêem porno na net…….. por segundo;

72 milhões de pessoas visitam todos os meses sites pornográficos (9,4 milhões são mulheres);

2 268 euros são gastos por segundo em pornografia no mundo inteiro;

1,5 mil milhões, é o numero de downloads mensais de conteúdos pornográficos (35% do total da Internet);

3,61 mil milhões de euros é quanto vale o mercado de pornografia on-line;

1,47 mil milhões de euros gastaram os americanos em clubes de danças exóticas (vulgo Strip Clubs) no ano passado;

75 milhões de pesquisas em motores de busca pela palavra sex (isto só em 2006);

2,67 mil milhões de euros foram gastos em 2006 nos Estados Unidos na compra e aluguer de vídeos pronográficos.


1 - Um
1 000 – Mil
1 000 000 – Um Milhão
1 000 000 000 – Mil Milhões