sexta-feira, junho 14, 2013

Boa noite, gente.


41 comentários:

João Pedro Barbosa disse...

"A nova geração está cheia de novas ideias"

-
O meu Murcon
Published Friday, August 5, 2005.













--------------------------------------------------------------------------------



De repente sinto-me a escorregar na cadeira, com vontade de mergulhar em almofadas, não sei... Afastar-me desses temas muuuuito importantes que proliferam na blogosfera onde todos andam a resolver os problemas do mundo. O mundo, esse, parece-me sempre na mesma. Sim, de repente apetece-me tornar A Barriga De Um Arquitecto no meu próprio Murcon. Falar para mim e para um grupo de amigos, conhecidos ou não, partilhar comentários e, um dia, sei lá, convidá-los para jantar cá em casa. Sim, o que me apetecia mesmo era tornar este mundo mais pequeno e todos nós num pequeno grupo de amigos. Não sei se a blogosfera consegue fazer isso, mas o Machado Vaz lá anda entretido com as suas coisas, o seu Vergílio, as suas doces tramas. E parece-me o mais feliz, de todos os blogonautas...
Bom fim-de-semana! -

"Lonely Days"

http://2.bp.blogspot.com/-UVl9URG6QVA/Ubr2mb6pE8I/AAAAAAAACyU/Ko1D13_gh80/s1600/DSC_0275.JPG

João Pedro Barbosa disse...

Bologonautas.

Eu nunca usei o "blogspot" como blogosfera. Foi uma forma de os que estavam longe. Familia, amigos e "O Amor" saberem que terrenos andava a calcurriar.

IMPIO,

O conta-luz de ontem, era de facto um contra-luz artificial. A tarde estava muito luminosa e gosto de contrariar a luz como já tenhem reparado. De um calor de tarde infernal com um pouco de paciência consegue-se uma luz de um amanhecer de outono.

Cê_Tê ;) disse...

Bom dia ;)

Ouvi dizer que os Cães da Pradaria vão entregar no Ministério Público um pedido de indeminização pelo facto do professor partilhar repetidamente estudos Voyeuristas sobre os bichanos acentuando barreiras de especiação entre eles e outra comunidade mais alegre.

andorinha disse...

Boa tarde:)


Pedro,

Gostei do que escreveste às 12.04.

Bom fds, graúdo:)


Cêtê,

Tu pioraste de novo????:)))))))))))

bea disse...

Sem ofensa para ninguém, ou este blogue está com um problema, ou o meu pc endoidou, ou estou com visões e tenho um problema - mais um. Seja o que for, acho que vou ali que isto me desaparece tudo sem mais nem menos e agora não tenho tempo para desaparições repentinas.
Mas queria desejar-vos um bom fim de semana. Pronto. Já está.

bea disse...

Tão verdadeiramente bonito o verso do Eugénio no FB do prof:)

Moon disse...

:)
Já agora, no more lonely days também convinha:)

Uma boa noite para todos.
Beijos

Cê_Tê ;) disse...

(Andorinha, pois pelos "lidos" ;P)

Beeeeemmmm ;), venho comunicar que agendei uma reunião com caracter de urgência com os representantes sindicais dos Cães da Pradaria. Resolvi interceder por si para que não entreguem a supracitada queixa. Isto depois de ter manifestado apoio aos profesores na sua intervenção de há pouco. ;)

;*

andorinha disse...

Júlio,

Vi-o e ouvi-o há pouco. Gostei como (quase):) sempre.

Mas tenho um reparo: pedir ao governo que tenha bom senso é como pedir a um ateu que tenha fé:))))))))))))))

E o azul fica-lhe lindamente, como já lhe disse milhentas vezes.:)
Dá-lhe um ar ainda mais jovial...

andorinha disse...

Um governo que pretende impedir uma greve legítima, só pode ser um governo fascista!

Vou tentar dormir que amanhã tenho um longo dia pela frente.

Fiquem bem. Deixo-vos com:

www.youtube.com/watch?v=xyN1A2IOtbA

Adriano - Trova do vento que passa

Uma canção que me deixa sempre à beira das lágrimas.
Grande Adriano! O que diria ele desta democracia fazcistóide que vivemos agora?

Impio Blasfemo disse...

Pedro

Não tenho os teus conhecimentos de fotografia mas percebi que não era um contraluz directo em que a máquina é apontada directamente contra a luz. è um contraluz "indirecto" em que a objectiva foca algo que está iluminado, o que dá um toque de transparência muito bonito. Estas são as fotos que é preciso arte para fazê-las e ou saem ou então, lixo!

Abraço
IMPIO

bea disse...

O meu intenso desejo:

que os professores se unam mais uma vez. Que lutem. Que não desistam. A educação e o país merecem. E também eles mesmos. Os Senhores Professores.

Impio Blasfemo disse...

BEA

Ainda hoje falava com um colega meu que sempre considerei muito moderado.
Admirei-me quando ele começou a frase da seguinte forma: "estes tipos agora mudam tudo da noite para o dia....."
A partir de aqui fazer planeamento, com esta "gentalha" (digo eu) é como pretender que um crocodilo esfomeado não te coma o braço quando, por excesso de fé tua, ou incúria, resolves fazer-lhe festas no dorso.
Resumidamente, o ESTADO, com esta "gentalha", deixou de ser uma ENTIDADE DE BEM, que, na sua essência, tem como função, defender o cidadão. Assim o ESTADO passou a ser um UMA ENTIDADE DE MAL que exerce o seu poder contra o cidadão que deveria defender.
Quando o ESTADO é o primeiro a não respeitar a lei, que autoridade moral tem ele, para impor, ao cidadão comum, que, em nome do ESTADO, cumpra a lei? Boa pergunta não é?

Saravá
IMPIO

Impio Blasfemo disse...

BEA

Sinteticamente, somos governados pelo pior de um lumpen urbano. Um grupo no qual o significado de ética = Conjunto vazio.

IMPIO

Impio Blasfemo disse...

BEA

E o paradoxal em toda esta situação é que o CIDADÃO passou a ter de se defender CONTRA o ESTADO. E isto é a subversão do conceito de ESTADO na sua essência, O ESTADO agride o cidadão em vez de o defender. O ESTADO passou a defender os interesses de outros estado contra o nosso ESTADO. E daí que o ESTADO deve ser demitido, para que renasça um novo ESTADO que efectivamente olhe o CIDADÃO NACIONAL com o respeito que este lhe merece. A não ser assim, estamos na situação de um ESTADO USURPADOR, um pouco como quando fomos dominados pelos Filipes de Espanha. E aqui é justo que perguntemos qual a posição do nosso Presidente? A mim parece-me muito similar à do Vasconcelos, "O defenestrado". Infelizmente, ele cumpre calendário, corta fitas, preocupa-se com a sua reforma etc. Mas é pouco para quem tem apenas uma marquise na rua do Possolo, para impedir a defenestração (falo metaforicamente, como é óbvio).

E pronto, acabei, lavei a alma!

IMPIO

Anfitrite disse...

Este ministro chumbava.

http://economico.sapo.pt/noticias/tribunal-adia-apreciacao-do-recurso-do-governo-sobre-greve-dos-professores_171373.html

João Pedro Barbosa disse...

bea,

Estou alienado da realidade! Cheguei agora a casa vindo de uma conversa com um longo amigo. Dois copinhos de vinho na volta e uma fotografia para a galeria. Ainda com o travo a café. Vou dormir.

João Pedro Barbosa disse...

Vou fazer como o Paul. Esperar pelo amanhecer e esperar que o sol brilhe em todas as direcções!

Caidê disse...

Gente
Já afino as goelas para logo mais. A escola é a instituição por que todos passam. Querêmo-la condigna e uma comunidade verdadeiramente aprendente onde seja possível que se formem individualidades e grupos sãos, pessoas projetivas com capacidade para ser e fazer espaços e temporalidades de realização universais.
A revalorização da Humanidade não está a bater certo com clichés como o da requalificação.
E... os professores são funcionários públicos ou há um poder instituído muito interessado em que SE FUNCIONALIZEM OS PROFESSORES????
Amargos de boca de quem tem vivido educação de alguns lugares!...
Vou ali comer um pequeno doce :)

Impio Blasfemo disse...

GENTE

Percebe-se bem porque as pensões, os gastos com os funcionários públicos, e escola pública e o SNS têm de ter orçamentos rigorosos e apertados. De facto a demografia, o aumento da idade da população, etc, etc, podem, segundo o governo por em causa a sustentabilidade de tudo. Assim, leva-nos o governo a concluir que O ESTADO NÃO DÁ PARA TODOS.
Estou de acordo, o ESTADO deve apoiar os mais necessitados; tais como a Assunção Esteves.

Nós, como povo, gostamos sempre de louvar a generosidade dos nossos diplomatas e políticos... imensamente generosos com o dinheiro dos outros. Infinitamente generosos quando a crise espreita e se pede sacrifícios colossais ao povo.
Povo que foi domesticado e treinado para acreditar no que os políticos dizem, e vão ás urnas votar, e abrir-lhes a porta para o nosso dinheiro e poder.

Reformou-se aos 42 anos de idade.
E mais uma vez a generosidade dos dinheiros públicos não tem limites. A alma de rapina, que serve de conduta para todos os nossos grandiosos e nobres políticos, esvazia os cofres do estado desalmadamente..
Uns têm que trabalhar até aos 65 anos com reformas cortadas em 20%, mesmo que tenham descontado para a reforma durante 40 anos ou mais.
Esta generosa senhora, personagem importante na quadrilha que governa Portugal, recebe 7.255 euros de pensão por dez anos de trabalho como juíza do Tribunal Constitucional. Por não poder acumular esse valor com o ordenado de presidente do Parlamento, Assunção Esteves abdicou de receber pelo exercício do actual cargo, cujo salário é de 5.219,15 euros. Mantém, no entanto, o direito a ajudas de custo no valor de 2.133 euros.
Podem aposentar-se com 12 anos de serviço, independentemente da idade, ou com 40 anos de idade e dez anos de serviço.

Afinal quem é que não desconta o suficiente para as reformas que recebe? Ainda tem muitos anos de vida, pela frente, e já ultrapassou em muito o que descontou.

IMPIO

Impio Blasfemo disse...

http://www.publico.pt/sociedade/noticia/milhares-de-professores-na-manifestacao-em-lisboa-1597434#/0

IMPIO

Cê_Tê ;) disse...

Impio, apetecia-me chicotear-me por não ter ido à manifestação mas já me cansa a capital em sábados desertos.

E agora um bocadinho de humor cinzento... ;D (é antigo mas faz-me sempre rir;))

http://www.youtube.com/watch?NR=1&v=gQQI3t-IqUM&feature=endscreen

bea disse...

Boa noite:)

Todo o dia a manifestar-me. Estou violentamente cansada. Mas continuo com fé nos professores.

Impio Blasfemo disse...

Ce_TE

Patite B está na linha dos cortes (20%) e a reformada Hepatite B passou a Patite B; é humor negro? Nada disso. É a balização que (era a globalização ajustada a menos 20%). Há que baixar salários, dizem os peritos. Baixemos também no consumo das Palavras

ravá
Pio

Caidê disse...

Andam por aí muitas ...tites! Eis um caso de saúde pública. Mas há mais casos, como por exemplo estarmos entregues a políticos SIM, só que cheios, eles mesmo, de ...tites, eufemismo para MAUS, muito MAUS políticos.
Isto é em resposta ao Dr. Marçal Grilo. É que a ...tite não reside em estarmos a ser governados por políticos, mas na sua falta de qualidade.
Todo o cidadão faz política - quando faz e quando diz que não faz e a deixa para outros a fazerem, mas esses são os presos por não ter cão - são os seguidistas.
Consciência política - essa sim é precisa. Consciência das realidades e não das vistas que se têm das varandas de hotéis e de palacetes. Não é das cores das gravatas que se devem ocupar os BONS políticos, mas das cores dos rostos, que amarelecidos como folhas mortas são rostos da fome, da tristeza, da des-esperança.
Fazer política em Educação só política educativa, tudo o mais tem de ser qualidade, relação e aperfeiçoamento e criação.
QUERO UM PAÍS! Reabilite-se este nosso país e devolvamo-lo às gerações.
Valha-lhes Deus!

Impio Blasfemo disse...

Caidè

Valha-lhes Deus e já agora, se não for pedir muito, valha-nos a nós também...

Saravá
IMPIO

João Pedro Barbosa disse...

"Valha-nos Deus!" caíu em desuso. Quando não se percebe algo o que está mais rotineiro é o "Vou ver o e-mail!"

Já não se pede ajuda a Deus
Já não se joga como se jogava o totobola
Correse para o e-mail numa espera de um novo destino

andorinha disse...

Cheguei há pouco. Violentamente cansada como a Bea. Mas continuo com fé em nós, sim. Não há outro caminho.




Cêtêêêêêê,

Devias chicotear-te sim. A capital não está deserta. Nós enchemo-la.
Não faço ideia de quantos milhares fomos, ainda não li nem ouvi nada. Sei que não fomos 120 000 mas fomos muitos. E a luta é para continuar...
Segunda é já o próximo passo.


Impio e Caidê,

Gostei do que escreveram. Ainda consegui ler:)
Agora vou atirar-me para a cama...

See you...:)

Anfitrite disse...

Crato, os professores e a não política
por FERREIRA FERNANDES
Ontem42 comentários



Foram para a política quando deviam ter ido para patrões no Bangladesh. Ali não precisariam de saber fazer política - isto é, prevenir, ceder aqui e influenciar ali, ser maquiavéis e discutir... -, só precisavam de distribuir umas lamparinas em caso de reticências. Mas não, foram para a política, a arte do compromisso. O azar é que lhes calhou a taluda e chegaram ao Governo. Era como se o alheado do Vítor Gaspar chegasse a ministro das Finanças. Ah, chegou?! Então já sabem. O problema é que ele não é caso único de tipo que chumba cada dia. Por falar em chumbar, peguem no Crato dos exames. Foi para patrão dos professores, um sector coriáceo (tão duro e tão cego que foi dos que mais ajudaram a instalar esta trupe no Governo). Ministro, Nuno Crato tinha um plano para tirar poder aos professores. Atenção, não vou aqui discutir se é justo ou não, digo que há plano. Logo, se era para os combater, um político nunca teria pensado em fazê-lo quando os professores são mais capazes de mostrar a sua força de grupo. Ora que altura escolheu o ministro para o confronto? A época de exames, que é como invadir a Rússia no inverno. Dando-se conta da asneira, Crato recorreu aos tribunais para impedir a greve dos professores. Pois ontem soube-se que ele não vai poder obrigar aos serviços mínimos porque faltava papelada no que mandou para o tribunal! Crato exige exames e ele próprio chumba a todos. Resta-lhe ir para o Bangladesh mandar em mudos.

Caidê disse...

Ímpio
Total acordo, mas achei ficar tão subentendido que...

Andorinha
Caminhante, não há caminho, tão só caminhar!...

Anphy
Claro que há plano e ele se tem levado a cabo por:

- tormentas de rompante (saques diretos aos valores - 3,5% e mais sobre salários, escalões de IRS, subidas de contribuição para ADSE, corsarites aos pensionistas),e por embustes de saques, como o congelamento das carreiras (desde 2003?)e o aumento da idade da reforma e demais do tipo;

- cabras-cegas batizadas a gosto qb, como o aumento do número de horas semanais dos FP para 40 horas;

E os acima mencionados casos são só ilustrações, que muitas manhas outras tão cínicas ou diretas como as referidas têm abundado na guerra às famílias decretada pelo nosso DES-GOVERNO. Mas corrijo, que "nosso" NÃO, pois de tão ilegítimo se ter tornado nem ele já nos pertence, "nossos" só ficámos com invasores e o que faremos aos Vasconcelos ainda o dirá o destino histórico, que esse SIM será nosso.

.......
Quanto ao aumento do número de horas semanal para os FP (professores incluídos). Mas será que ninguém diz que para além de estarem a criar uma máquina de desemprego e a fazer regredir a Educação em Portugal, estão a ir fazendo de nós cabras-cegas ao preço/hora do nosso trabalho. Qualquer fórmula para cálculo de hora ficará irremediavelmente mais barata OU SEJA é uma forma encapuzada de levarmos um corte salarial ao qual querem dar outra denominação.

Eles estão MUITO, mas MUITO ORGANIZADOS e têm sobre nós a vantagem de serem o PODER com todas as máquinas de repressão ao seu serviço.

MAS... E NÓS?

O QUE É QUE VAMOS FAZER?

TALVEZ...

João Pedro Barbosa disse...

Tanto tempo a navegar sem leme ou velas triângulares. Sem remos. Apenas com a força que não me media e sim. Se algum dia pensarmos que não estamos vivos. Duvidemos. As vidas pode estar apenas equecidas.

Obrigada!

rainbow disse...


Um bom domingo para todos

http://www.youtube.com/watch?v=7gphiFVVtUI

andorinha disse...

Bom diaaaaaaa:)

Dormi mal. Acordei muito cedo, às 9h.
A adrenalina era muita...


Anfy,

Para o Bangladesh? Eu diria antes, para o raio que o parta:)

"Crato, rua, a educação não é tua!" uma das palavras de ordem que gritámos a plenos pulmões.


Caidê,

O que vamos fazer?

LUTAR!
Não há recuo, só há a luta. Para ser levada até ao fim. Porque desmobilizar agora seria o pior de tudo.

E agora vou curtir um solzinho...Deixo-vos In the arms of the angel...
Gosto imenso de duetos, como já vos disse, e acho este lindo.


www.youtube.com/watch?v=zZHrbjhwKik

Bom domingo, amigos.

andorinha disse...

Acabei de ver Nuno Crato fazer o papel de vítima, coitadinho.
Uma greve aos exames é ilegítima??????
Ilegítimo é este governo fascista que pretende impedir toda uma classe profissional de fazer greve.

Se estivesse cara a cara com ele, muita coisa tinha para lhe dizer, carago!

Vamos em frente, gente. Vamos mostrar que a nossa dignidade não está à venda.
Fura greves são escumalha. Desculpem se falo assim, mas tenho os nervos à flor da pele.
Na minha escola não há exames de 12º mas não sei o que se vai passar nas outras.
A minha irmã foi convocada (como todos) para aparecer amanhã na escola quando não tinha qualquer serviço e não vai pôr lá os pés. Como ela, outros professores. Mas há sempre aqueles que se marimbam e estragam a luta dos outros. São uns canalhas.

Como diria o Impio, lavei a alma.


P.S. Impio, ontem ainda te procurei à beira Tejo para te convidar para um café, mas como não te vi, fica para a próxima:)))

Impio Blasfemo disse...

Andorinha

Fui à manif de fugida; tinha compromissos familiares. Tinhas-me dado uma apitadela e vinhas jantar cá a casa. Carago; vens a Lisboa e não dizes nada, carago, assim não vale!

Abraço
IMPIO

andorinha disse...

Impio,

Tantos caragos, porra!:)))

O que disse em cima foi na brincadeira.
Fui e vim com a minha gente. Não podia ficar aí para domingo e saímos de Lisboa por volta das 20h.

Noutras condições claro que te digo, Blasfemo:)

Abraço, amigo.

Caidê disse...

Andorinha

Nem acredito! Eu não falho nesses dias. Já não me conheces? Tava lá OBVIAMENTE! E teria sido uma alegria abraçar-te, para mais por ali. ORA BOLAS!

Devo-te um mail, lá isso!... Mas, carochinha, eu tenho andado destrambulhada. Tu desculpas (eu sei!).

E claro que amanhã A LUTA CONTINUA. Na minha escola ainda não se realizou um único CT - valha-nos...

..........

Abracinho para todos

andorinha disse...

Perdi há pouco dez minutos da minha vida para ouvir Sua Excelência o Engenheiro José Sócrates, calculando que ele iria falar da manifestação e da greve dos professores.

Em boa hora o fiz. Ganhei um amigo!
Quem diz o que ele disse sobre os professores só pode merecer a minha enorme gratidão. Obrigada, engenheiro, por estar do nosso lado.

P.S. É pena que essa sua opinião venha com alguns meses de atraso, mas isso é apenas um pequeno detalhe.





A lata desta gente é DESCOMUNAL!

andorinha disse...

Caidê,

Claro que te conheço, sei que não falhas...não acreditas em quê?
Não percebi nada....lol

Também gostava muito de ter podido dar-te um abraço e trocar duas palavras. Mas como é que te ia ver, sendo tu pequenina:), no meio do SPGL?

Mas para a próxima podemos combinar um ponto de referência algures na Avenida ou noutro lado e encontramo-nos. Eu fujo ao SPN e junto-me a ti:)
Falo a sério, miga.


Na minha também não houve um único. E vai continuar a ser assim esta semana.

Anfitrite disse...

Bom dia para amanhã. Que lutem os que têm força. A mim não sei o que me podem tirar mais. Até a vontade de blasfemar já me falta. Malditos sejam! Quando me lembro do Crato no "plano Inclinado" sinto vómitos. Um bardamerda que tem arruinado o que de melhor conseguimos depois do 25 de Abril.
E ainda por cima andámos a formar bons quadros para os expulsar, depois de tanto trabalho e despesa. Antes iam limpar a merda dos outros porque não sabiam ler, agora limpam-nos a ESSÊNCIA.

O professor desligou-se completamente do blogue. Está com medo de ficar sem algum programa e não ter dinheiro para arranjar a piscina. Mas é mais fácil morrer afogado do que à fome.

Caidê disse...

Andorinha
:)
Anphy
"...limpam-nos a ESSÊNCIA."
Não podemos deixar!
Quando falo em "andar destrambulhada" foi quase um sentimento assim - parece que já me falta a garra das palavras. ORA BOLINHAS!
Beijão para ti

Pêzinho
A tua voz soube-me bem. Fiquei com o conforto dela. Obrigada, golfinho! :)