quarta-feira, setembro 27, 2006

Ele chamou isso ao Petit??????:)))))).

Gays ingleses exigem pedido de desculpas a Scholes por comentário feito no jogo com o Benfica
[ 2006/09/27 15:58 ] Redacção MaisFutebol
var random_number="bust="+(Math.round(Math.random()*10000000000));


A comunidade gay inglesa exige que Paul Scholes apresente um pedido de desculpas, depois de um alegado comentário homofóbico feito esta terça-feira, no jogo da Liga dos Campeões com o Benfica.
Tudo aconteceu logo aos dez minutos de jogo. O médio do Manchester United cometeu uma falta sobre Petit e foi admoestado com o cartão amarelo pelo árbitro belga Frank de Bleeckere. Terá sido então que Scholes soltou a expressão «fucking poof».
O comentário não agradou aos gays ingleses, que não só exigem um pedido de desculpas do jogador, como pretendem que a UEFA actue contra estes casos da mesma forma que faz com o racismo.
«Os comentários homofóbicos são tão inaceitáveis quanto os racistas. É chocante que a UEFA não tenha agido face ao comentário do Scholes. Se tivesse sido um comentário racista, a UEFA ou a federação inglesa agiam logo disciplinarmente. Exigimos que o Paul Scholes peça desculpa», disse o activista Peter Tatchell.

10 comentários:

andorinha disse...

Boa tarde.

Se os gays se preocupassem com o que é verdadeiramente importante e se deixassem destes "fait-divers" só teriam a lucrar. Desperdiçar energias com isto?

P.S. O Petit é que não percebeu, senão ia-lhe "ao focinho". Looooool

Joanab disse...

normalmente esta cm 20 e tal comentarios, hj tem um , estou chocada!

Maite disse...

Professor

Só me apetece dizer isto...

Tanto olham para o seu umbigo, os gays!

Maite disse...

Esqueci-me de lhe desejar

Boa tarde :)

thorazine disse...

Talvez o que incomodou não foi a "palavra", mas a má intenção..

Fora-de-Lei disse...

E ainda há quem leva a "rabichanagem" a sério...

Su disse...

prof....
cada um que faça e diga o que quiser....
ops terrivel andar a viver a vida dos outros.....
se assim fosse, saímos todos os dias directos de casa para o tribunal, caso fosse a contabilizar todas as possiveis ofensas ditas e manifestadas pelos outros...
opssss tb chega não há pachorra para os coitadinhos......
há cenas muito piores q essas....a vida de tantos, a miseria de muitos, a probreza real......enfim....agora "bocas"...o mundo gosta de "bocas" e muitos vivem à conta disso..é o tal tesão à custa do alheio....enfimmmmm

jocas maradas

Klatuu o embuçado disse...

Não é simpático.
Mas não é, necessariamente, homofobia... é «cultura heterossexual»! :)

CêTê disse...

Então e ninguém fala das progenitoras ofendidas dos árbitros? Isso sim é chocante. Já não basta uma mãe ter um filho assim?

Katerinna disse...

;) As palavras e os sentimentos misturam-se e atropelama-se!..

E no final é curioso perceber como as palavras podem assumir tamanho poder!...