domingo, setembro 10, 2006

A rir-se de tudo e de todos aos 98? Que privilégio:).

El Pais: Filme de Oliveira é «decrépito, simpático e marciano»

«Belle Toujours», do realizador Manoel de Oliveira, é a película «mais trash, decrépita, simpática, descarada e marciana« exibida na edição deste ano da Mostra de Veneza, escreve esta sexta-feira o enviado do El Pais ao certame.

«Há que ter 98 anos e ser Manoel de Oliveira para realizar com dois duros e quatro amigos algo parecido com um epílogo de Belle de Jour, a conhecida obra de Luis Buñuel, e sair bem do intento», observa Enric González.

Na crónica sobre o novo filme do veterano realizador português enviada de Veneza, González lembra que Oliveira começou a filmar em 1931 e criou ao longo destes anos «um estilo próprio», cujo mérito «consiste na mistura de pincel fino e trincha gorda, na atenção aos pormenores importantes e no desinteresse pelo secundário, no humor quase libertino com que simula levar a sério as suas personagens».

Concretamente sobre «Belle Toujours», o crítico classifica-o como «uma obrazinha menor», um «entremez de pouco mais de uma hora» sobre o encontro de duas das personagens do filme de Buñuel- que Oliveira homenageia - 38 anos depois.

Ele (Michel Piccoli) - descreve González - é «um velho alcoólico» e ela (Bulle Ogier, porque Catherine Deneuve «se recusou a participar») é «uma senhora viúva, arrependida dos seus antigos entretenimentos masoquistas e desejosa de entrar num convento». Há ainda uma «personagem sentenciosa» (um criado) que explica a trama.

«Com velhos actores, móveis antigos, escassas luzes e câmaras estáticas - prossegue González - , a um director normal sairia, no melhor dos casos, um filme deprimente. Oliveira, pelo contrário, nem sequer se permite um momento de nostalgia crepuscular».

Oliveira, escreve a concluir, «lança mão a uns quantos fetiches buñuelianos (a caixa dentro da qual zumbe uma misteriosa mosca, o galo no hotel de luxo) e acaba a rir-se sadicamente, com o riso de Piccoli, de tudo e de todos».

«Belle Toujours» foi apresentado em Veneza fora de competição.

Diário Digital / Lusa

08-09-2006 15:01:00


P.S. O Benfica continua em pré-época. A vitória sobre os bons rapazes do Áustria foi um doce - e lucrativo... - sonho de noite de Verão. Receio que o resto da temporada também seja "shakespeareano":))))))).

29 comentários:

Su disse...

não gosto dele nem do que faz e como o faz..cinzento, parado...morto.....decrépito ,sim
prof não é forçoso gostar e entender manuel oliveira para ser "in"..pois não....pq os ataques virão... fica spre bem defender um velho senhor , mm qd nada se entende........
é como dizer mal de saramago ..ehehehe

qto a simpatico e marciano....deve ser outro....ou até eu......

jocas maradas

chato disse...

Eu não queria ser chato (apesar de o ser, enfim) mas não posso deixar de fazer notar que considero o Manuel de Oliveira o Fellini português ou o Orson Welles ou o John Ford ou ainda o Almodovar.
Manuel de Oliveira criou um estilo único no mundo do cinema, tal como os outros também criaram os seus.
Manuel de Oliveira é, na minha opinião, ainda que possa ser uma opinião chata, um dos melhores realizadores de cinema de toda a história da filmografia mundial.

andorinha disse...

Boa tarde.

Poucos têm esta longevidade associada a uma lucidez espantosa.
Não é um dos meus realizadores de eleição, mas não ponho em questão que o velho Manoel de Oliveira seja considerado um ícone da filmografia portuguesa. Mas não faz o meu género...

Quanto ao Benfica, sou obrigada a concordar consigo, o que atendendo ao meu proverbial e inconsciente optimismo não augura nada de bom.:)

so_she_says disse...

Concordo que MO seja um grande realizador mas admiro-o, sobretudo, pelo exemplo de vigor e lucidez. E pelo delicioso sentido de humor, claro.

Lord of Erewhon disse...

Acabei de o ouvir na Tv a propósito do 11 de Setembro. Curiosamente, ando a reler as «Cruzadas vistas pelos Árabes»...
Todas as civilizações têm os seus franjs... Nada tenho contra a civilização islâmica... mas é bom - principalmente os fazedores de opinião à esquerda, papagaios eméritos - que aqui se chama Civilização Ocidental... a única que faz e tem feito da Razão o princípio orientador das relações entre os homens!
Fora disto... vejo apenas folclore!

Lord of Erewhon disse...

P. S. É bom... mas nem sempre tenho paciência para ver cinema incapaz de se renovar nos seus processos narrativos.

Pamina disse...

Boa noite.

Goste-se ou não dos seus filmes, julgo que quem o viu, há uns meses, no programa Prós e Contras não poderá ter deixado de ficar impressionado. Que maravilha! É realmente um caso de "longevidade boa". A mais ou menos vegetativa não interessa a ninguém, mas chegar assim à idade dele é admirável e invejável. Quem nos dera a todos, não é?
Pela descrição do filme e dado que trabalhou com vários amigos, como aliás é seu costume, deve-se ter divertido imenso a fazê-lo. Ainda bem para ele:).

Fora-de-Lei disse...

Depois da substituição do Rui Costa e das expulsões do Nuno Gomes e do Petit, com quantos jogadores portugueses ficou o Benfica a jogar ? Tirando o Quim...

Quanto ao Manoel de Oliveira - e embora não simpatize com a sua obra - desejo-lhe tantos mais anos de vida quanto possível.

thorazine disse...

Boa noite.

Alguém sabe quando começa o "Amor é.." dominical?

dassssss disse...

Estou mesmo a vêr o Profe, no bessa com ar de murconzola com o cachecol dos vermelhos de Lisboa enrolado á volta da cara para ninguém o reconhecer.

Um psiquiatra que cospe no prato que come!
- Olhe que talvez esteja a prtecisar de uma revisão a essa cabecinha pensadora.
-Pense nisso.

a disse...

O Manoel de Oliveira e a Paula Rego, são os nossos artistas vivos... o resto é paisagem! Óbvio que estou a exagerar, mas o homem é "MUITA BOM"!

dassssss disse...

O exercicio de hoje é: Descodificar a TARA do professor murcon.

1º- Será TARA ou MANIA?
2º- Será sindrome de inferioridade?
3º- Será masoquismo?
4º- Será falta de identidade?
5º- Terá sido lavagem cerebral?
6º- Será falta de consciencia?
7º- Será covardia?
8º- Será simples burrice?
- O que será?
Aceitam-se sugestões...

dassssss disse...

-Ó professor deixe-se disso...
-Com a sua idade!
-Tenha lá juizo.
-Evite comentários publicos da castração da sua identidade.
Você nunca poderá defender a sua identidade com lapsos a retalho daquilo que o representa. O PORTO
é o PORTO na sua totalidade. VIVA O BOAVISTA (Nesta altura á a defesa óbvia).
-Ou não será?
Pois! esqueci que se identifica como MURCON.

marakoka disse...

dasssss...........fooodddddddddd que sentimento de inferioridade....isso é tara.....o exercicio de hoje é.....esquecer q é domingo...pq sim......eheheh

Lusco_Fusco disse...

Manoel de Oliveira, mais um Vieirense de ascendência :))). O avô deste senhor, que fica na história do cinema e do desporto automóvel português, vivia no lugar de Azevedo, freguesia do Mosteiro que o professor tão bem conhece ;-)
Homem que a erosão do tempo não limita. Admiro-o, mesmo não sendo uma fã dos seus filmes.
Boa noite a todos
MJ

noiseformind disse...

Maralhal,
Estámos em plenas comemorações do I Jantar do Murcon. Sim, é verdade... já lá vai um anito. Esperei mais do que o suficiente para não ser considerado "maricas" e "sentimentalista" que alguém por aqui comentasse qualquer coisa sobre esse momento épico deste blog, e deixo aqui a pergunta basilar:

PARA QUANDO O PRÓXIMO??????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????

Aspásia disse...

Tudo indica que "O Amor é..." diário recomeça amanhã!

andorinha disse...

Noise,

Pois é, o tempo passa a correr:)
Há um ano estávamos nós no Castanheira com o prolongar da festa pela noite dentro e pelo dia seguinte
Foram momentos inesquecíveis pelo convívio, pela galhofa, pela descontração, por tudo...sobretudo pelas pessoas que conheci nessa noite.

Portanto, por mim, o próximo seria já amanhã, mas eu sou impaciente por natureza:)

JÚLIO, A BOLA ESTÁ DO SEU LADO:)

chato disse...

Jantar?
Onde?
O chato quer ir para chatear toda a gente.

Ameninadalua disse...

Bom dia

Tenho do Manoel de Oliveira experiências ao nível do cinema completamente antagónicas; ora de enorme desagrado e incompreensão (ao ponto de me apetecer sair da sala de cinema) ora momentos absolutamente únicos de contemplação e de imenso prazer...
"...na atenção aos pormenores importantes e no desinteresse pelo secundário, no humor quase libertino com que simula levar a sério as suas personagens». Concordo com isto mas tambem com o a sua capacidade de ver o essencial ao nível da existência nas várias personagens que cria, o seu lado humano com tudo o que isso implica para o bem e para o mal e tambem um apurado sentido estético que me agrada particularmente...

andorinha disse...

Bom dia

Madruguei novamente.:)))

Chato,
Calma!!!
Ainda és mais impaciente do que eu...:)
Quando e onde ainda não sabemos.
Mas é bom que vás e chateies (no bom sentido), claro.

Ameninadalua disse...

Noise

É verdade já passou um ano após o nosso memorável encontro de murcónicos e principalmente com o próprio Murcon:)

Impõe-se de facto comemoração!

Esperemos que desta vez e no que respeita à realização, consigamos renovar, estar à altura e quem sabe melhorar o programa. Refiro-me concretamente à música do Victor, aos poemas do Portocroft, às canções da Lena e já agora ao meu passo de dança com o nosso simpático e afectuoso Lubices:)

Por isso e se o professor concordar abriremos aqui espaço para iniciativas de actividades que queiram e achem oportuno participar...

noiseformind disse...

Em relação a Manuel de Oliveira apresento publicamente a minha estafada ignorância. Todas as minhas tentativas de ver filmes do senhor foram goradas por pensamentos perversos como "podia estar ali no 5 estrelas a jogar bilhar" ou "isto nunca mais acaba?". Resultado: 4 bilhetes de cinema comprados para ver o senhor, nenhum filme visto a mais de meio (a carta foi o único que esteve lá perto...)

cfreitas disse...

O Benfica? Professor que tal umas sessões aquela equipa toda?

Viva disse...

Pessoal o Benfica e Manuel de Oliveira juntos não podia deixar de ser um filme surrialista.

Quanto ao MO, respeito-o acima de tudo por ter tido coragem já á muitos anos de ser "politicamente correcto". Quanto aos filmes como eu costumo dizer tem dias para mim poucos)

Quanto ao Benfica (aí o meu Benfica) este ano estou a ver que nem esperamos pelo perú do Natal. Mas eu fico á espera do Pai Natal.
Bjs

PAH, nã sei! disse...

O o "shôr" Manuel... chamem-me o que quiserem mas, é preciso ter "pedalada" para acompanhar os seus filmes!! :) fantástico como na "cuidada idade" que apresenta, ainda tem aquele brilho no olhar!!

Caro Dr., quanto ao Benfica... nada posso dizer. A minha posição aclubistica anti-portista fundamentalista não me deixa grandes comentários...

Comer? Jantar? Aceitam penetras?? :))))

Aspásia disse...

Viva

O seu comentário contem dois erros e duas faltas de Português. Dou-lhe apenas Suf+.

Mais cuidadinho...
;)))

Viva disse...

Aspásia

Vá lá vá lá se tirar suf na quinta feira é menos 10 creditos que tenho de fazer, ah ah ah
Ainda por cima a escrever ás escondidas do chefe e o que da. Vou nanar que já nao vejo nada e estou aqui estou e morta.
Bjs

so_she_says disse...

Aspásia

Olhe que ninguém está livre de erros ortográficos. Até o seu comentário de crítica à Viva "contém" um erro. Não reparou que lhe faltava o acento? :)