terça-feira, dezembro 27, 2005

Até amanhã.

Obrigado pela compreensão, maralhal. Dizia um bom amigo meu, também psiquiatra, que sofro do "síndromo do filho único". Ou seja: alimento, de forma neurótica, fantasias acerca de muuuiiitos irmaozinhos à volta da mesa, amigos uns dos outros e a salvo de zangas pueris, quanto mais de maldade diplomada! Não digo tanto, mas o psi em mim aponta o dedo e diagnostica: "não andas longe...". Aceito o reparo que me foi feito por alguns de vós, esperei tempo de mais por uma acalmia que nada tinha de provável. Peço desculpa aos que aturaram o descambar da situação e fico grato a outros, que se afirmam dispostos a regressar. Lamento, mas compreendo que outros partam, desiludidos por um formato que lhes "proíbe" a comunicação imediata. O psi volta a rosnar: "esse horror às separações...". E tem razão. A vida é também feita de lutos, sofridos mas assumidos. Negá-los na cabeça ou - pior ainda! - acreditar poder iludi-los no concreto, equivale a deixar para trás novelos afectivos enrodilhados. Que nos continuam a assombrar, como os pássaros de Hitchcock nos fios eléctricos... Não imagino o futuro do Murcon, estarei cá amanhã e logo se verá. Boa noite.


Ver claro


Toda a poesia é luminosa, até
a mais obscura.
O leitor é que tem às vezes,
em lugar de sol, nevoeiro dentro de si.
E o nevoeiro nunca deixa ver claro.
Se regressar
outra vez e outra vez
e outra vez
a essas sílabas acesas
ficará cego de tanta claridade.
Abençoado seja se lá chegar.


Eugénio de Andrade, Os Sulcos da Sede.

17 comentários:

Maite disse...

Boa noite, Professor :)

Fonix Renascida disse...

Prof,. não sei se me "modera"... Realmente cada vez as pessoas se tornam mais "coisas", o comportamento em sociedade deixou de ter valores porque a liberdade passa por tudo incluindo ou principalmente usando o insulto... Não nos encerre esta porta, é um prazer teclar consigo. Tenha uma boa noite.Posso deixar um beijinho?

moon disse...

Ao Murcon

Foi meu Porto d'Abrigo
Obrigou-me a pensar
Um ombro amigo
Fez rir e chorar

Aqui eu brinquei
E também aprendi
sorri e sonhei
E voltei a viver

Por tudo isto bem haja
Professor

Uma boa noite para todos

Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras disse...

Caro Professor se soubesse como me identifico com a descrição do "filho único" e com todo o texto!!!
Obrigada
E, mais uma vez, obrigada por não nos deixar esquecer O Poeta Eugénio de Andrade.
Até Amanhã :-)

blogo existo disse...

Oh Prof não te pires, assim dum sopro. Então esse braço de ferro com os azeiteiros? Ganham eles? E tu vais-te, pela fresquinha? Oh Prof, aguenta aí...man! Temos a mesma idade...man . Manda-os dar uma curva. Não sais daí Prof. Olha se todos desistimos, assim...zap! Prontos, já foi! Oh Prof, sabes bem que isto não é assim. Somos os teus "irmanitos" à volta desta grande mesa blogosférica. Tás ver prof, blogo"sférica" ou seja sem esquinas nem cantos, sem arestas nem vértices. Oh prof, deixa-te estar à mesa com "tus hermanitos".
Ainda por cima nesta mesa pode-se falar com os cotovelos em cima da toalha. Oh prof...deixa-te estar aqui e lança lá outra provocação pá maralha desatar à bulha... uma e outra vez!

RAM disse...

Maite,

Bom olhos a (re)vejam! :)

Anónimo disse...

Muitos irmãozitos à volta da mesa não sei se tem, e não sei se sou um deles (uma neste caso), já que nunca escrevo (as palavras são desajeitadas em certas mãos), mas que ninguém tem o direito de desanimar os amigos que por aqui se encontram, isso não tem não.
Boa noite Professor.

RAM disse...

Caro Anfitrião,

"[...]
Como toda a gente que partilha
com a luz a sua vida
era muito inocente, trazia do local
onde nascera
o ardor das coisas do mar.

Não sei de legria tão pura
como a que morava nas molhadas
pedras dos seus olhos,
e baila ainda nas chamas
em qualquer lugar da casa.
Ao fim da tarde, o canto
do pequeno pássaro e o vento diziam
mesma coisa: não deixes o incêndio
do deserto invadir-te o coração.
Sem que tu suspeites, sequer."

Eugénio de Andrade, Poema de Inverno

Bem haja...

andorinha disse...

Júlio,

"Não imagino o futuro do Murcon, estarei cá amanhã e logo se verá."

O futuro do Murcon é o Júlio e somos nós, o seu maralhal, remember?:)
Este cantinho tem que continuar porque lhe dá gozo vir aqui e a nós também.
Sei que muita gente pensa da mesma forma. As suas ruminações fazem-nos falta, ainda há tanto a ruminar...
Não desista de nós, por favor.
Contamos consigo.:)

P.S. Obrigada pelo belíssimo e sugestivo poema de Eugénio de Andrade.

Até amanhã. Fique bem.:)

amok_she disse...

Pois então vejamos:

Primeiro para o Prof já q o espaço é seu e esse é o mínimo (e máximo!) q lhe devo.

Digo já q não concordo! com esse tipo de moderação!Por princípio sou contra moderações...aqui na net! Entendo o espaço - a net - como único, ao qual deveria continuar a ser permitido o q a socialização não nos permite por razões práticas de vida vivida: a ausência de hipócrisia! No entanto ele há coisas q nos fazem subverter até os nossos melhores princípios e apagar comentários estúpidos e ocos é uma coisa q não renego, pois já o fiz no meu blog. Já aqui o tinha referido ontem q, por vezes, bem me apetecia mandar os putos e respectivas parceiras brincar no cercado, mas...mas...

Não partilho da cartilha geral acerca desse conceito de ofensa aqui tantas vezes referido. Não partilho pq entendo q ofensa é uma coisa q se relaciona com laços, com afectos, com respeito, com conhecimento! Logo, se aqui ninguém me conhece - e ñ conhece mesmo! - como me poderiam ofender? É nesse contexto q as parvoeiras de putos mal formados não me toca. Já algumas observações de quem aqui se julga (e sempre julgou) portador duma moral intocável, ou dum privilegiado direito de ofender, se não me ofendem colidem, no entanto, com o meu sentido de justiça: ou há moral, ou comem todos!

Assim, que uma andorinha - quem é a andorinha aqui, senão um nick, para todos os q ñ alinham em jantarinhos!? - ou um noiseformind - quem é um noiseformind aqui, senão um nick, para todos os q ñ alinham em jantarinhos!? - aqui venham tecer considerações acerca da vida privada dos q ñ lhes afagam o ego, já é outra coisa bem diversa...mas, quem é uma andorinha para tecer psico_diagnósticos de "vão de escada"(Prof dixit) acerca da minha vida privada, por exemplo?, quem é um noiseformind para aqui tecer considerações chungas acerca da minha vida de casada, ou do meu marido, ou da minha actividade sexual, ou dos... meus triângulos!?...acaso eu fiz algumas referências, equivalentes, às vidas dos respectivos, ou de outros?

Ora, nunca vi ninguém fazer (ou pedir!)qq tipo de moderação - e nem sequer o esperaria do Prof! - face a estas situações. Não me venham agora com essa treta hipócrita do pseudo-apoio às medidas tomadas. As medidas só servem para tornar este espaço num espaço amorfo, normalizado como qq frutinha espanhola de estufa...se é isso q se pretende (e nestes meses todos adivinhou-se q sim!)então o Prof já deveria ter moderado, há mt, as minhas intervenções...apagando-as de todo! Aliás, já uma vez o fiz, eu própria, mas isso foi num tempo em q eu ainda nutria algum respeito pela maioria dos q aqui vinham...agora?, desculpem lá mas tenho mais q fazer!

Qt à segunda, é para ti Pardal!

Tal como referiste e, sem me conhecer!, muito bem...eu ñ preciso de advogados de defesa! Costumo ser, eu mesma, a minha própria defesa...pelas minhas posturas, pela minha coerência e pela minha frontalidade...coisa q aqui se vê pouco, pouquissimo! Tanto se brada contra os anónimos qd alguns desses anónimos são dos tais moralistas q adoptam posturas "beatas" qd usam o nick habitual...para essas paróquias eu ñ dou! Gosto de chamar o bois pelos nomes e, por isso mesmo, referi duas das pessoas - e repare-se q digo pessoas e não nicks!, se é assim q essa gente quer ser considerada, então q se assuma e dê a cara pelas posturas q tomam, sem se esconderem por portas e travessas - dizia eu q referi apenas duas dessas pessoas (outras, poucas!, houve q já debandaram) por serem das que mais se têm destacado pela negativa no q toca a frontalidade, honestidade e exposição pessoal. Em resumo...aquela treta q achaste por bem usar para a minha defesa, desculpa lá, mas...é treta mesmo!...aquilo não é nada!...é a mesma coisa qd os putos de 3 anos descobrem a palavrinha puta e desatam a repeti-la sempre q a mamã está a tomar chá com as amigas! Já uma andorinha classificar alguém como "filho da puta" só pq disse qq coisa q ela ñ gostou... isso é o mesmo q a tal mamã chamar "filha da puta" à criancinha da amiga...coitada da criacinha, como se tivesse culpa da mão q lhe caiu na rifa!

Posto isto, muitas felicidades ao Prof e muita paciência para a moderação exigida!:->

Aos restantes: só têm o q merecem!:->

Lidia Oliveira
Seixal, 28.12.05; 1:10 Am

prozac_divino disse...

Um espectáculo divino!

dKin disse...

Eu voltarei amanhã tb com certeza! E depois de amanhã e depois de amanhã e depois de amanhã...Gosto do q escreve Professor.
Beijinho

noiseformind disse...

Oh Jú,
Se ele é psiquiatra então não se pode crer muito na palavra do homem, sabe-se lá o que ele tinha tomado nessa noite para te dizer isso ; ))))))))))) loooooooooool looooooooooool loooooooooooooooooool
Como dizia a boca acima de um dos meus pares de peitos e nádegas favoritos da actualidade (e procuro-a avidamente no MTV Hits sempre que os 1256 canais não estão a passar nada de jeito)

Ha llegado el momento que empezamos a follar.
AAAH
Yo no puedo aguantar más.
Por la bragueta abierta te veo el agujero.
AAAH
Y a mi se me sale entero.
AMOR, que polvo te voy a echar.
AMOR, que agusto me vo'a quedar.
Desvírgame, o chupame la polla.
Desvírgame, no seas gilipollas
Desvírgame, o chupame la polla.
Que es muy grandota. Ay amor, pero desvírgame.
Una vez acabado otro polvo quiero echar.
AAAH
Y no te vas a dejar.
Bueno, vale, pues mira, tu me la vas a chupar.
AAAH
Tu campana vo'a mojar
AMOR, es mi zumo seminal.
AMOR, no lo vayas a tragar.
Escúpelo, o tragatelo entero.
Escúpelo que no es un caramelo.
Escúpelo, o tragatelo entero.
Que esta muy bueno. Ay amor. Pero desvírgame.
Ven, Ven, Desvírgame
Ven, Ven, Desvírgame

(OK, PRONTO, NÃO É O DUETO DA SHAKIRA COM O ALEJANDRO SANZ... MAS PODIA SER!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!)

: )))))))))))))))))))))))))

Bem, como eu estava a dizer Jú, isto pode ser um prazer ou não. E digo-te, para mim vir aqui é um prazer. Não é a homepage (soccer betting oblige) mas pronto... se pensarmos que o Firefox me tira os links não usados ao fim de 3 dias e que o teu site e o do Chelsea são os únicos que nunca foram removidos (sim, é verdade, já passei 3 dias seguidos sem ir aos meus próprios blogs) então pronto, aí está a prova, lá no fundo no fundo há um gajo-bicha em mim que clama por atenção máscula (atenção!!!! Isto é só para mostrar o ridículo da teoria do psi-candy!!!!!!!!!! Nada de ideias!!!!!!!!!!!!!!!)

; )))))))))))))))))))) loooooooooooool looooooooooooooooool looooooooooooooooooooooooooooool

E caraças, que bom é dar um looooooooooooooooooooool neste blog sem medo de levar um tiro ; ))))))))))))))

Pq eu tou feliz, e o mundo parece-me um local simplesmente perfeito (tirando o filho da meretriz do gajo da Sic que meteu os dois episódios do Sexo e a Cidade a dar ao mesmo tempo do Filme da Helen Hunt no Lusomundo Premium mas pronto, eu não sou gajo de guardar rancores, o que lá vai lá vai ; ))))))))))))))))) )

"Molhadas pedras dos seus olhos"... brrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh... cold...

Tipo... peitos de jaspe eu ainda aceito mas pedras dos olhos? Tipo... está provado RAM, Eugénio de Andrade nunca gostou de mulheres, e se gostou foi antes de se meter na poesia. É como um toxicodependente gostar de trabalhar, são condições que se auto-excluem.

P.S. Ok, aquilo, era uma PIADA!!!!!!!!!!! Toda a gente sabe que 60% dos consumidores de drogas pesadas no nosso país estão empregados, e eu choco com essa cruel realidade sempre que preciso de recorrer a um serviço de atendimento público do Estado ; )))))))))))))))))))))))))))))))))))) loooooooooooool loooooooooooool loooooooooooooooool loooooooooool tipo, e se o Ju apagar a parte dos toxicodependentes pq trabalha com eles à muitos anos e simplesmente é demasiado pessoal para ele, por mim ok, tipo, esta é a casa dele. E se eu obrigo as pessoas a não fumarem em minha casa (e no jardim, e em qq zona dentro do portão) o Boss tem o direito de só permitir aquilo com que ele se sinta confortável, e isso para mim é o mais importante, que o Boss esteja bem e se sinta confortável. E que a gente ganhe umas conversas interessantes por osmose ; )))))))))))))

E pronto, voltando ao registo sério, Blogo Existo, repara que "não te pires" tem um valor importante em termos culturais. Pirar quer dizer basicamente "queimar" e portanto queimar é um acto intempestivo do cérebro. Queimar pode ser criar. Miguel ângelo (o da Capela Sistina e não o da Baía de Cascais) era um tipo de pavio curto e quando o acusaram de demora (afinal, só se atrasou 20 anos na entrega do tecto da capela Sistina, ainda falam na Casa da Música) ele pura e simplesmente fez em meio ano a cena que todos nós hoje mais bem conhecemos, Ecche Huomo!!!!!!!!
Ou seja, de novo sendo galhofeiro, pessoal, não se esqueçam que quando um funcionário público está ao telefone com um familiar à vossa frente em vez de vos atender, ele pode estar a criar algo de muito importante, neste caso, uma vida social ; )))))))))))))))))))) espero que o Jú continue a pirar-se completamente, e que nunca lhe falte combustível para a chama ;....) and I mean it ; )))))))))

noiseformind disse...

Esqueci-me,

Peter Maia
Leça da Palmeira, 28.12.05; 2:55 Am

noiseformind disse...

E já agora, que tipo de insinuações são essas em relação à nossa co-tertuliana Andorinha???????????????

"Que nos continuam a assombrar, como os pássaros de Hitchcock nos fios eléctricos... Não imagino o futuro do Murcon, estarei cá amanhã e logo se verá. Boa noite."

: )))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))

Pronto, tá bem, são gaivotas...
Mas mesmo assim é descriminação baseada na Classe!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Pq não dizer "como os lobos que se acercam do pobre caribu juvenil?" Pq é que se tem logo de implicar com as aves quando os mamíferos são o principal problema para a ecologia do planeta??????????????????????????

Su disse...

não poderia deixar passar o comentario da amok_she, pois aqui não está em causa concordar ou não!
Na vida tal como na net a hicocrisia existe, pq nem todos somos iguais.
Em relação às ofensas (deixemos o conceito) elas existem, gratuitamente e estupidamente
uma andorinha, um noise, uma amok, uma su, um... existem e não são nicks, pois cada um tem deixado bem claro o que pensa de forma coerente, sem necessidade de advogados de defesa, com frontalidade, tal como tu , sim, não és a uníca frontal, sejamos corentes!!!! em relação ao usar máscaras e comentarios chungas, os mesmos sempre foram utilizados por ti "muita vez sem coerencia" pq é um modo de te evidenciares? defeito ou feitio?
o proprio exemplo que dás de aguas passadas é uma "mierda" afinal pq razão seria necessario te defender, nunca ninguem defendeu os que bem decidias tratar como se os conhecesses, e repara bem aqui as pessoas até se assumem, pois só algumas estão interessadas permanentemente em fazer comentários directos aos comentarios já feitos como se os seus fossem detentores de razão.
eu não concordo com o "eu não concordo"
eu não gosto qd me dizem que não gostam
eu detesto que me insinuem que se acham mais espertos só por usarem termos tecnicos
eu não sou um nick, sou uma pessoa, com paletes de defeitos
um sou fã deste blog e ninguem tem nada a ver com isso
eu não preciso de advogados de defesa, pq sou coerente
eu não gosto de todos as pessoas, pq não sou cristo
eu detesto algumas, mas nem por isso as ofendo, simplesmnete nem as vejo
minha cara todos nós temos uma resma de defeitos e como tal tu estas incluida nesse mesmo grupo, com defeitos...acredita.
realmente, temos o que merecemos e por habito faz tempo q não faço queiximas aos papás, nem aos psi, não acredito em pessoas cheias de boas intenções e muito lúcidas na net, nem acredito no pai natal
esperemos que em 2006 se escreva menos, mas se faça mais
e já agora chega de tretas de tangas, para isso basta o país que temos, q tb tem o q mereçe, mas passamos a vida a dizer mal....
ops a vida é complexa, mas não há duvida que a complicamos imenso...
já vos disse não vão pelas drogas duras, mas há umas que ajudam a desfazer o fel!!!!
jocas maradas per tutti

susana gar
funchal

andorinha disse...

Eu bem queria evitar, mas lá terá que ser.

Estou-me a referir, como é evidente , ao comentário da Amok, ou melhor, Lídia, ou seja lá quem for.
Grande parte do que eu iria dizer já foi dito pela Su, por isso tentarei não me alongar.


Desde o dia 23 de Outubro que eu deixei, pura e simplesmente, como referi no blog, de ligar às constantes provocações dessa senhora. Como disse na altura, não perco o meu tempo com inimputáveis, gosto de falar com gente interessante e que traga algo de novo à discussão.

No entanto foram aqui ditas por ela algumas inverdades e essas não posso deixar passar em claro.
1 - Nunca teci considerações acerca da vida privada de ninguém, era o que faltava, quero lá saber da vida privada seja de quem for.

2 - As medidas tomadas, ao contrário do que afirmas, servem para tornar este espaço novamente respirável, sem os abutres que por aqui circulavam.

3 - "...duas dessas pessoas por serem das que mais se têm destacado pela negativa no que toca a frontalidade, honestidade e coerência".
Por amor de Deus, por acaso tu tens o monopólio dessas qualidades?
Pela parte que me toca sempre fui totalmente frontal, honesta e coerente porque só assim sei estar na vida.

4 - As insinuações torpes que fazes nem mereceriam resposta...
Nunca escrevi aqui a coberto do anonimato, sempre me pronunciei ferozmente contra quem o faz e eu iria fazer o mesmo???
Teria que ser muito cínica e felizmente não o sou.
Nesse, como noutros campos, não aceito lições de ninguém e muito menos tuas.

E é assim, maralhal, foi-se o sol que nos iluminava, ficámos todos nas trevas.:(

E por aqui me fico, muito mais haveria a dizer, mas o essencial ficou dito.
Como diz o Júlio em cima "siga a rusga".:)

Até mais logo.