sexta-feira, janeiro 04, 2008

Dead man walking...

Cabeça encostada ao ombro da soleira, mirou-o com olhos pouco dispostos a nova pergunta sobre o bem-estar dele. Girando cento e oitenta graus,
- Venha comigo.
Seguiu-a com a obediência culpada e temerosa de um cachorrinho que acabasse de pecar no tapete da sala. De rabo entre as pernas, sim. Mas não de orelhas murchas! Sintonizou-as e aos olhos, estudando as margens de um corredor interminável; que afinal terminava numas escadas, apenas para reaparecer no andar de baixo. As portas que foi ladeando não eram monótonas: desta emanava um silêncio ameaçador, daquela espreitava uma cabeça desgrenhada, de uma outra subiam gemidos de cama e gente que, pese embora a delicadeza do momento, realçavam no seu espírito a elegância provocante do andar dela. Um tipo em camisola interior, que procurava um armistício entre as fraldas da camisa e calças sufocadas por imponente barriga, saiu com estrondo de um dos quartos e passou por ele a correr, “chiça, que é tarde. E nem sequer valeu a pena!”. Ambas as afirmações lhe pareceram muito adequadas…

31 comentários:

goncalo disse...

Alguns dias sem vir ao Murcon e o regresso é marcada pela surpresa: vejo que não uma única referência do autor do Blog sobre a passagem de ano, o que nos permite apenas presumir que a assinalou, sem obviamente termos a certeza)..É certo que o prof. JMV parece ser do tipo de pessoas que não gosta de festa com dia e hora marcada, mas que diabo!, nunca pensei que deixasse assim passar o reveillon em claro no Murcon...
Penso em algumas hipóteses, todas elas resultados da minha fantasia...
a) A angústia neurótica motivada pelo decurso do tempo, mais um ano ou menos um ano, conforme a perspectiva, a morte mais próxima e então a solução do tipo "perdido por um, ganho por mil...à boa maneira de Jim Morisson - Not to touch the earth, not to see the sun nothing ...apoiada por publicações, em crescente empolgamento, de uma obra que desconheço...

b)Trata-se apenas de uma omissão, consciente ou inconsciente, o que introduz, sem dúvida, uma nova forma de estar no Blogosfera...

Um abraço a todos e bom ano!

goncalo disse...

Alguns dias sem vir ao Murcon e o regresso é marcado pela surpresa: vejo que não uma única referência do autor do Blog sobre a passagem de ano, o que nos permite apenas presumir que a assinalou, sem obviamente termos a certeza)..É certo que o prof. JMV parece ser do tipo de pessoas que não gosta de festa com dia e hora marcada, mas que diabo!, nunca pensei que deixasse assim passar o reveillon em claro no Murcon...
Penso em algumas hipóteses, todas elas resultados da minha fantasia...
a) A angústia neurótica motivada pelo decurso do tempo, mais um ano ou menos um ano, conforme a perspectiva, a morte mais próxima e então a solução do tipo "perdido por um, ganho por mil...à boa maneira de Jim Morisson - Not to touch the earth, not to see the sun nothing ...apoiada por publicações, em crescente empolgamento, de uma obra que desconheço...

b)Trata-se apenas de uma omissão, consciente ou inconsciente, o que introduz, sem dúvida, uma nova forma de estar no Blogosfera...

Um abraço a todos e bom ano!

AQUILES disse...

«Venha comigo»
Ele continua a ser protectora, "mater", um verdaeiro anjo da guarda. Continuo convicto

Sirk disse...

A parte que eu mais gostei foi das orelhas...hehehehe

Estes posts estão fantásticos, professor. O senhor tem, com certeza, uma nova fonte de inspiração. Não acredito que beba só água da torneira ;)

Apesar de ser uma leiga nestes assuntos, noto-lhe uma escrita cada vez mais apurada.

Venha o próximo.

lucia disse...

simplesmente delicioso... não este em particular, mas todos os posts do blog... está linkado, sr. professor, e espero a honra da sua visita :)

thorazine disse...

Nothing left to do, but
Run, run, run
Let's run..
!!

Estando o sujeito a sonhar, ou no estado samadhi, o homem atrasado e descontente da termotebe pode querer dizer muita coisa..:))

Fora-de-Lei disse...

"Dead man walking." Hummmm... essa é a frase relativa aos gajos que atravessam o chamado corredor da morte a caminho da cadeira eléctrica. Tu não me digas que a mulher do artista descobriu as suas andanças e foi ter com ele à casa de putas para "tirar desforço" ?!

Julio Machado Vaz disse...

Gonçalo,
Tem razão - não liga peva à passagem de ano, embora o convite para jantar do meu filho mais velho tenha sido aceite com enorme prazer:). Mas não seja por isso! - BOM 2008, MARALHAL!!!!!!!

CêTê disse...

Boa noite a todos.

Onde está o livro amarelo? ;P
Então eu preparava-me para ter n-viagens a ouvir "O Amor é..." e depois de uma música (boa por acaso~;)).... volta ao 1!!!

snif!snif!;(

Fora-de-Lei disse...

“Chiça, que é tarde. E nem sequer valeu a pena!”

Ora aqui está uma boa ideia para a ASAE obrigar as casas de putas a terem Livro de Reclamações...

CêTê disse...

FDL, para quem? Para os "utentes" ou para as "operárias"?
;)

A Menina da Lua disse...

BOM 2008 Professor!!!!!

Eu devo confessar que tambem estranhei não ter referido nada sobre a passagem do ano mas respeito! é respeito! e tambem entendi que não lhe era coisa particularmente entusiasmante...

Agora e por último tambem não tive a coragem do Gonçalo que assertivamente soube e muito bem apresentar a questão mesmo que seja e segundo ele, "todas elas resultados da sua fantasia"...:)


Gostei!

yes! my love! disse...

É isso :) :) a história passa-se no futuro e não no passado;

estas "ladies" são as novas contratadas de um Estado futurista !

As teses - do futuro - que defenderão que os reclusos devem praticar sexo seguro nas prisões, pago pelo Estado, como fazendo parte dos programas de recuperação e reintegração dos criminosos condenados;

terão, finalmente, vingado!

Resta saber,

o que faz uma mulher tão vestida e calçada sem luxúria,
num dos " quartos das visitas profissionais " aos reclusos ?

Será uma guarda prisional ? será uma advogada em fase de imitação de alguma filha adolescente, no vestir e no calçar, mesmo em serviço ? será uma assistente social ? uma psicóloga ? omito a hipótese da guia espiritual por não estar a ver como poderão a ICAR e outras "Igrejas", voltar a resgatar os privilégios que tinham nos hospitais, estabelecimentos prisionais etc.

A hipótese do "Anjo com pés de lama", também me faz recuar, por várias razões;

p.ex. por mais provocante que ela seja no andar,

em processos normais :)- mas podemos estar perante um excepcional - de construção de personagens,

uma " puta de rua " não se veste nem calça como uma " teenager ", nem uma "teenager" se veste como uma puta;

Ela pode ser filha dele, ou uma sobrinha, ou uma amiga, ou até uma aluna! uma enviada da família, ou dos colegas de trabalho, ou ou ou !



Bons quadros :):) dão nisto: - na possibilidade até ao infinito da associação em rédea livre!

O meus parabéns e o meu agradecimento pela partilha desta mui interessante experiência literária !

yes! my love! disse...

E por falar em associação em rédea livre ~~ já cá faltava um link vinculado :)

http://www.youtube.com/watch?v=6tR7rNMic8s&feature=related

non! mon amour! disse...

yes!

e já agora, este não vinculado (?)

http://www.youtube.com/watch?v=sCwbMQANnNs

Cleopatra disse...

Fico à espera dos acontecimentos ( próximos?).

andorinha disse...

FDL (11.21)
Concordo contigo. É necessária eficiência nos serviços prestados:)))

"Prof, digo-lhe que é preciso resistir muito para não ter a veleidade de nos "metermos" na sua história e "roubá-la" para fazer jogo de ping pong...
O que seria 1 viol (-ência) (-ação)."


Subscrevo totalmente esta opinião da Laura no post anterior, sobretudo a questão da violência/violação.

Histórias paralelas, não, por favor:)

Até mais logo:)))))

Roberto Ivens disse...

Prof.,

Isto é que é começar o novo ano em grande forma. E afinal não é apenas o Garcia Marquez que escreve «pra caraças»...

Fora-de-Lei disse...

CêTê 11:29 PM

Como é óbvio, uma reclamação é sempre movida pelo cliente contra o service provider. E eu não estou sozinho nesta minha apreciação... a própria Andorinha diz que, de facto, "é necessária eficiência nos serviços prestados".

Eu até vou mais longe: o Tratado de Lisboa, coisa boa para todos os povos da Europa, deveria contemplar a existência obrigatória de Livros de Reclamações em todas as casas de putas europeias (de Sagres aos Urais).

Internamente, este seria um passo importante na direcção dos prometidos 150.000 postos de trabalho, dado tratar-se de um factor crítico de sucesso para a implementação do Plano Tecnológico...

AQUILES disse...

Caro FDL
Nessa perspectiva, aquele anjo de blusão de cabedal poderia ser um elemento da ASAE, que, em inspecção de rotina, acaba por safar o fulano.
Poderia, mas não é.

E o suspense aproxima-se do fim. Não aguenta mais de 2 posts.
Também pode ser o fim dele, se, do outro lado da rua, numa boa viatura o esperam com óculos escuros.

CêTê disse...

FDL, isso não pressupõe a existência de facturas discriminadas e assim?;) Acharia muito bem- afinal todos descontamos e não é pouco!!! Quem sabe não começa um movimento cívico, nesse sentido? Os elementos da ASAE até deveriam apreciar... Sim porque parece que recolhem amostras significativas para um real e concreto estudo. Em zona próxima levaram o melhor bacalhau e marisco, veja bem!!!


Quanto às prioridades do Governo... (e não saíndo da área e do contexto) bem melhor seria preocupar-se ( não com o Plano Tecnológico- que mais não é do que uma máquina de autopromoção governamental e partidária) com a Implementação da Educação Sexual nas Escolas- a a ver pela iliteracia (recuperei este vocábulo do discurso do Alberto João) no domínio dos afectos deveria começar na pré e prolongar-se pela vida fora! Não concorda? ;P


Bom fimdesemana a todos

PS- Quanto à Andorinha... (LOOOOL) desde que ela disse aquilo sobre o pardieiro (ou lá como se escreve- ;)))) deixou de ser uma referencial de seriedade. (muahauhaahauhau)
Parte de um persuposto errado também: a razão nem sempre se encontra nos consensos!;) (o que não exclui a hipótese de estar certo ao partilhar o mesmo ponto de vista de alguém)

Fora-de-Lei disse...

AQUILES 2:40 PM

"Também pode ser o fim dele, se, do outro lado da rua, numa boa viatura o esperam com óculos escuros."

E, se assim for, será necessária a nomeação de uma equipa da PJ de Madrid para fazer face aos "arranjinhos" da PJ de Vigo com os gajos dos óculos escuros ?!

By the way... qual silbe de oro, será a nossa personagem um árbitro de futebol em vésperas de jogo Coruña - Barcelona ?!

Fora-de-Lei disse...

CêTê 2:50 PM

"Quanto à Andorinha, desde que ela disse aquilo sobre o pardieiro (ou lá como se escreve) deixou de ser uma referencial de seriedade."

Bolas CêTê, nós só temos é que respeitar os fetiches de cada um(a), por mais perversos que sejam. Cada um(a) tem a sua "panca"... ;-)

CêTê disse...

FDL, tem razão. Vê como me faz falta ter o tal acompanhamento?

Foi um reparo cirúrgico- direito à verruga!;P

andorinha disse...

Boa tarde.

FDL, Cêtê e Aquiles

Nada melhor para um acordar bem disposto do que ler os vossos bem humorados comments.:)

Bem humorados e pertinentes.

Cêtê,
Nós as duas vamos ajustar contas um dia destes.
Com que então deixei de ser um referencial de seriedade?:(
Já não se pode ter uma escorregadela???

:)))

Fora-de-Lei disse...

CêTê 2:50 PM

CêTê, afinal as minhas palavras foram ouvidas, tal como se pode concluir desta notícia publicada no Público de hoje:

Livro de Reclamações passa a ser obrigatório em todos os fornecedores de bens ou prestadores de serviços

O alargamento do livro de reclamações a todos os fornecedores de bens ou prestadores de serviços, de carácter fixo, entra hoje em vigor, adicionando novas áreas, como os notários privados (ou as casas de putas), à lista dos estabelecimentos com livro de reclamações.

O decreto-lei, publicado em Novembro em “Diário da República”, alarga a obrigatoriedade de existência do livro de reclamações a todos os fornecedores de bens ou prestadores de serviços que se encontrem instalados com carácter fixo ou permanente e tenham contacto com o público.

gaivota disse...

gostei mesmo...
e chiça que é tarde!e nem sequer valeu a pena!
do melhor, para princípio de ano...
Feliz ano para todos
beijinho

andorinha disse...

FDL (4.35)

Pois foram, isso é verdade:)
Mas deixas de ter credibilidade se dás informações falsas...casas de putas não estão incluídas:)))


Nas prisões vão ser criados espaços/celas próprios para fumadores!
Por que não levar-lhes também o pequeno-almoço à cama???
Santo Deus!!!

CêTê disse...

FDL o seu nick é uma antítese!;P

cabecinhapensadora disse...

O tal da camisola interior, estilo Itália abaixo de meia tigela, queria o quê? Ai...Se calhar era só o canalizador de turno que não deu o cano remendado. Mas fica logo toda a gente a pensar em reclamações sinuosas. Curvas. O novo ano deixou-nos assim: bélicos e destemidos. Até se arrisca a educação sexual em vez da tecnológica. Mas por que razão não coexistem?! Os afectos. Que se aprendem a vida toda e em quase tudo da vida. E nunca se sabem. Chuva da alma :)

cabecinhapensadora disse...

O tal da camisola interior, estilo Itália abaixo de meia tigela, queria o quê? Ai...Se calhar era só o canalizador de turno que não deu o cano remendado. Mas fica logo toda a gente a pensar em reclamações sinuosas. Curvas. O novo ano deixou-nos assim: bélicos e destemidos. Até se arrisca a educação sexual em vez da tecnológica. Mas por que razão não coexistem?! Os afectos. Que se aprendem a vida toda e em quase tudo da vida. E nunca se sabem. Chuva da alma :)