quarta-feira, julho 04, 2012

Comunicado.

Porque há assuntos difíceis de abordar em minuto e meio de directo e o Murcon sempre foi o meu "Diário da República", passo a expor o seguinte:

1 - Ontem ao fim da tarde fui contactado telefonicamente pelo Director de Informação da RTP, Nuno Santos. Pediu-me desculpa por o fazer no dia do programa, mas julgava ainda ir o Trio para o ar na próxima semana.

2 - Disse-me que o programa iria ser reestruturado em Agosto e que nesse contexto eu abandonaria o painel. Já que lhe pertencera a ideia de para ele me convidar, considerava responsabilidade sua informar-me dessa decisão a tempo de me despedir dos espectadores. Gentil, acrescentou que pessoalmente apreciara bastante a minha prestação durante os dez meses transcorridos.

3 - Não me adiantou qualquer explicação para a decisão tomada, nem eu a solicitei. Por duas razões simples: não ser desejado chega e sobra para não querer integrar o Trio e, atendendo à opinião favorável de Nuno Santos, só resta uma explicação possível - a Instituição RTP estava a ser prejudicada, leia-se, o meu estilo de intervenção prejudicou as audiências. Faço televisão há 23 anos, contra (esse) facto não há argumentos. Qualquer outra hipótese resvalaria para a teoria da cabala e eu recuso-me a entrar nesses jogos de sombras.

4 - Agradeci, primeiro, aos benfiquistas. Porque ao longo destes meses me apoiaram ao vivo e através das diversas tecnologias, por vezes queixando-se do meu estilo soft:), mas jamais duvidando da minha paixão pelo clube. Encontrar-nos-emos em bancadas de estádios e cafés com TV, roendo as unhas pelo Glorioso.

5 - Mas também agradeci aos adeptos de outros clubes, que me abordaram quotidianamente, para dizerem que discordavam de uma afirmação ou apenas da minha opção clubística, mas apreciavam a minha tentativa de ser isento e aplicar ao Benfica os critérios aplicados aos adversários (e não inimigos). Fiquei-lhes especialmente grato, pois continuo a pensar que é impossível sermos lúcidos em relação aos outros se o não formos no que nos diz respeito. Nunca estive no programa para defender o Benfica sem critério, cegamente, arriscando o ridículo que, na minha opinião, mancharia a imagem de um clube - qualquer clube! - que se diz casa de gente livre. E o Benfica tem uma longa tradição de liberdade, mesmo em tempos difíceis... Procurei, simplesmente, ser um benfiquista que pensava o futebol inserido num contexto mais vasto, as "coutadas privadas" com regras próprias não me agradam.  

6 - Quero agradecer as palavras do Hugo Gilberto, do Miguel Guedes e do Rui Oliveira e Costa antes do programa, se o tempo o permitisse não tenho dúvidas que as repetiriam em directo. Desejo-lhes tudo de bom, bem assim como ao benfiquista que me substituir.

7 - A vocês, um enorme obrigado pelo privilégio de sempre terem aceite os diversos números do "Diário da República" como passíveis de conterem erros, mas não falsidades deliberadas.

70 comentários:

São disse...

Como sportinguista, apresento-lhe os meus respeitosos cumprimentos, lamentando a sua saída.Porque concordo com tudo o aqui disse.

João Pedro Barbosa disse...

"A imaginação, é a loucura de quem perdeu a memória"

Do livro de Mia Couto: "Remédio do Diabo / Veneno de Deus"

Em dedicatória a um outro escritor.

AUFDERMAUR disse...

Eu sou portista e não posso deixar de lhe dizer que fico muito triste com a sua saída do programa...
Você sempre foi um dos meus comentadores desportivos preferidos já desde os tempos de formação do Porto Canal, aquando do início do "A Bola É Redonda".
Parabéns pela isenção, inteligência, bom humor e moderação que colocou sempre em todos os programas...
Vai deixar saudades...

A Menina da Lua disse...

Eu não sou assidua do Trio, espreitei uma ou duas vezes mas mesmo sem ter visto quase nada, concordo com o AUFDERMAUR, o programa vai perder com toda a certeza ; "isenção, inteligência, bom humor e moderação que colocou sempre em todos os programas..."

Em televisão os níveis de audiências comandam tudo... e tambem entendo que traduzam muito de emocional; reflectindo naturalmente o nível de compreensão e sensibilidades dum auditório em que o estilo do Professor possa estar bem distante. Enfim!:(

De qualquer modo felizmente há imensos que o apreciam, entendem e agradecem a sua inestimável postura.:)

Vitto Vendetta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vitto Vendetta disse...

O Professor sabe porque é que saiu, não sabe? Se não sabe, eu recordo-lhe.

http://cabelodoaimar.blogspot.pt/2012/07/ja-comeca-ser-perseguicao.html

É vergonhoso e nunca pensei dizer isto, mas RTP? Privatizem essa merda duma vez.

Brandie disse...

Ainda ontem me diziam: gosto do Júlio Machado Vaz, é muito elegante a falar.

João Pedro Barbosa disse...

AUFDERMAUR,

Maldini! Grande jogador! Faz lembrar o Aloisio mas a central:)

Por falar em D.R...

http://eondoic.blogspot.pt/2012/07/significance-free.html

Manuel disse...

Caro Prof:

Longe vão os tempos em que a televisão tinha como missão «educar» o povo, isto é, estabelecer um certo cânone (bem ou mal, acabava por fazê-lo).
Hoje rege-se por outros valores, os do clube do carcanhol, que tudo perverte.
O senhor não pertence a esse clube, não tenha ilusões, e o espaço para o seu clube (não o nosso Glorioso) está a rarefazer-se cada vez mais nos «media», para mal de todos nós.

João Pedro Barbosa disse...

Manuel,

As "televendas" tinham que ter um espaço próprio nos meios de comunicação. O contrário seria injusto.

Abraço
Pedro

IDEIAS DE PSICOLOGIA disse...

Caríssimo SR. DR. Júlio Machado Vaz,
Esta é a primeira vez que comento por cá, ainda que seja seguidora do seu blog há algum tempo, encontrei este seu espaço por mero acaso durante uma pesquisa.
Adiante, o assunto que hoje me fez comentar aqui foi exatamente o meu lamento pela sua saída do Trio de ataque. Antes de mais convém dizer que sou portista, mas admiro imenso a sua forma equilibrada de comentar, o seu sentido de humor e o seu respeito pelos adversários. É difícil encontrar comentadores desportivos como você, ou seja, que sejam capazes de ser realistas e que façam análises equilibradas do seu clube e simultaneamente dos adversários. Durante o tempo que esteve no trio dei por mim a concordar consigo tantas vezes, como julguei que nunca seria possível alguma vez concordar com um benfiquista. Claro que essa sua forma de estar na qualidade de comentador não agrada a todos, mas por outro lado, agrada a muitos. Não sei se as audiências sofreram alterações com a sua presença no programa ou não, mas sei que muita gente começou a ver o programa quando o SR. DR. Júlio Machado Vaz foi para lá. Por isso lamento que a direção de informação da RTP não queira que você continue no Trio, que por tudo o que já referi, vai ficar um programa mais pobre.

Cumprimentos

Ana Andrade

www.ideiasdepsicologia.blogspot.com

www.portistaacemporcento.blogspot.com

www.artigosonlineanaandrade.blogspot.com

Invicto disse...

Sou portista ferrenho, e fui invadido por um tremendo sentimento de desilusão com esta notícia.

Sendo assíduo espectador do Trio d'Ataque, considerei a sua entrada para o painel de comentadores uma verdadeira "lufada de ar fresco" relativamente a este tipo de programas.

O senhor, sem nunca deixar de defender a sua "dama", mostrou (a quem o quis vêr) que tal se pode fazer com elevação, respeito, educação e sensatez. Acredito que esta postura não conquiste audiências, mas conquistou algo bastante mais importante: o respeito e admiração de quem o ouviu, e o quis entender.

Sinto, sinceramente, uma grande pena por deixar de o ver/ouvir. Se a função essencial da RTP é a de servir o interesse público, ainda mais incompreensível se torna esta decisão. O que o senhor fez durante estes 10 meses foi, na minha opinião, serviço público da melhor qualidade. Em alguns casos, foi pura pedagogia. E era precisamente pelo facto de tantos portugueses não apreciarem o seu "estilo", que a sua presença era tão importante.

Da minha parte, resta-me agradecer a parabenizar as suas intervenÇões durante estes últimos meses.

Menos mal que o posso continuar a ouvir na Antena 1, acerca de temas bem mais importantes do que a "bola"...

Cumprimentos

Nuno G.

andorinha disse...

Não fazia ideia...não vejo o Trio desde o Europeu porque pensei que já tivessem ido para férias.
Ando sempre a leste:(

Quanto ao post, subscrevo as palavras do Manuel. Lucidas, como nos queremos sempre.

"Encontrar-nos-emos em bancadas de estádios e cafés com TV, roendo as unhas pelo Glorioso."

Sim, Julio, estaremos todos!

kino disse...

Sr. JMV.

Eu sou dos que voltou a ver o programa do Trio DÁtaque desde que voce integrou o painel, e com muita pena minha vou voltar a deixar de ver.
Sou Benfiquista, amo o clube da forma intensa que voce o faz tambem, mas gosto de ser ponderado nas analises que faço, apesar de ser facioso qb como qualquer pessoa que gosta de futebol e ama o seu clube.
Infelizmente o programa vai voltar á peixarada antiga da medição de pilinhas entre o Benfica e o Porto com alguma intromissão do SCP.
Como em Portugal não interessa o debate sério e ponderado, vamos voltar ao tempo em que o Trio servia unicamente para causar discussões estereis e contra informação.

Agradeço o tempo que passou no programa (como sendo o melhor comentador desportivo e não só em Portugal), e desejo um rapido regresso á tv, se não for para falar de futebol que seja para falar de algo mais interessante S E X O.

Um grande abraço!

andorinha disse...

Fui espreitar o blogue de Vitto Vendetta e é provável que ele tenha razão no que lá diz.
Não podemos ser ingénuos e há coisas/pessoas que tem muita força:(

Como já aqui foi dito, o programa vai perder qualidade, but who cares?:(((((
É o país que temos...

granbolas disse...

A sua expulsão do trio de ataque ao Benfica, apenas indicia que vai ser aprofundado.
Queria estar enganado, mas outros "pormaiores" vindos, por descuido, de origem de duvidosa isenção como a arbitragem, deixam-me poucas duvidas. Há que bater nos vermelhos desde o primeiro jogo.
Como não sou de roer as minhas, ponho-as à disposição de especialistas.

bea disse...

Oh! então, era desânimo. Tenho obrigação de identificar melhor os sintomas. Sorry.

Não aprecio programas sobre futebol, deixo aos entendidos. Mas acredito que as pessoas como o professor sejam, sob certo ângulo, para encostar; e que não sejam em numero de muitos algarismos. Fazem pensar, dão trabalho, não se atiram umas às outras como cães a osso. As gentes afirmam que não, mas preferem atividade circence.>Cães amestrados, leões e tigres a subir e a descer degraus, macacos a andar de bicicleta. e assim.

Mas o professor é um bom conversador. Há de continuar noutro lado, que nos faz bem ouvi-lo.
Tenho dito.


São uns totós. Ai. Tenho que ir ali.

Vitto Vendetta disse...

Peço desculpa por ter entrado um pouco a matar, mas a situação revoltou-me.

Parabéns por ser assim, Prof. e quero continuar a ouvi-lo no Amor é, e outro "sonho" que tenho, é a criação dum programa de conversa sobre a actualidade política e não só, com o Prof. Amaral Dias. Veja se isso é possível.

Renato Silva disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Renato Silva disse...

Prof. Júlio Machado Vaz muito obrigado. Tenho 19 anos e sou fanático pelo Benfica que sigo desde sempre e nunca houve na televisão nenhum comentador que representasse o Benfica como o professor. É "acusado" por alguns por ser demasiado soft mas na minha opinião é a sua melhor qualidade, quando o Miguel Guedes e o Rui Oliveira e Costa discutem os assuntos no Trio por vezes o professor está calado e no fim sai-se com uma frase genial que acaba com assunto e isso muito orgulha os benfiquistas.

Caso tenha vagar para tal faça uma visita pelo blog deste humilde benfiquista http://muitaforte.blogspot.pt/

Um forte abraço ansiando o seu regresso

Master Groove disse...

Obrigado por tudo, Caríssimo Júlio.
Foi, para mim, um enorme gosto partilhar consigo opiniões e ideias relacionadas com o Glorioso.

Estarei sempre ao dispor.

Grande Abraço

GuachosVermelhos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
bea disse...

Por acaso penso que o professor faria bem uma conversa política.

quem é Amaral Dias? só conheço a Joana.

GuachosVermelhos disse...

Meu caro Prof;
O senhor é demasiado grande para conviver com aquela "escumalha"!
Perdoe-me que os trate desta maneira (não merecem outra) mas aqueles 3 (não dois) indivíduos nunca souberam merecer a souplesse das suas intervenções, muito menos chegaram a entender a inteligência e o por vezes ar condoído com que os olhava, espantado com as torpes deturpações da verdade...
Torpes personagens, falhos de ideias, consumidas no ódio irracional ao Benfica, a que apenas a sua inteligência superior foi sendo capaz de inibir, contendo-os naquilo que os une; boçais e abjectos!
Obrigado por defender o Benfica, com classe e inteligência!
Que não lhe deixe pena abandonar o programa; eles não O merecem...

Master Groove disse...

Um dos momentos mais brilhantes do Trio: AQUI

Carlos Alberto disse...

Meu caro Professor Júlio Machado Vaz,

Eu, ao contrário dos meus companheiros, na qualidade de seu consócio e seu admirador, não lamento a sua saída do 'trio d'ataque'.

Já em Outubro me tinha manifestado contra a sua ida para esse programa (http://benfiliado.blogspot.pt/2011/10/quando-e-que-privatizam-aquilo.html) e os factos vieram provar que tinha razão

Ao terem-no convidado acharam que o Professor seria o idiota util dado o facto de ser um 'gentleman' facilmente trucidado pelos abjectos contrapontos que lhe colocariam.

Quando o Prof. retirou dos galões e desmascarou aquela treta do 'clube do regime', e com a sua diplomacia de 'psi' criou um tratado que nega toda a versão oficial do verdadeiro dono da RTPN (N que não é de Norte nem de Noticias é de 'nostra', 'cosa nostra') assinou a sua saída de cena.

O facto de ainda por cima estar a relatar o que os novos 'Goebbles' lhe fizeram fazem-me recear que também o seu programa na rádio (cujo dono é o mesmo através do ministro comparsa de jantares no Gambrinus e licenciado suaves 365 dias) esteja em risco.

Até sempre Professor... e que tal um programa na BTV?

Fica a ideia.

romz72 disse...

Obrigado por tudo Professor!

http://sociocativo.blogspot.de/2012/07/paineleirices.html

OJCP disse...

Caros leitores deste blogg, tal como vocês eu também fiquei bastante indignado com esta noticia. Quando eu a ouvi, ainda o programa estava no ar, senti uma grande tristeza pelo país em que vivo. Como benfiquista, o Sr. Dr. Júlio Machado Vaz, foi o primeiro comentador do meu clube a ser equilibrado nos seus comentários, tentando sempre ser imparcial e nunca alinhando nos normais comentários extremistas dos comentadores benfiquistas neste género de programas. Como adepto do Benfica, tenho pena de ter no meu clube tantos "ilustres" adeptos desequilibrados, sem noção do ridículo e com total falta de responsabilidade. E foi isto que o Sr. Dr. Júlio Machado Vaz trouxe ao meu programa favorito, deste género. Infelizmente eu sei que isso não agrada à maior parte do mundo benfiquista e isso entristece-me, pois vai piorar bastante o programa e nunca pensei que a RTP e mais concretamente o Sr. Nuno Santos alinhassem nisso. No final das contas, nada disto interessa, a não ser que exista um apelo à própria RTP para que este erro seja remediado, se é que isso é possível, quer por vontade do próprio comentador quer pela força das audiências. Mas de qualquer modo apelo que sigam o meu exemplo e demonstrem, cada um de vocês,o vosso desagrado directamente com a RTP. Eu até imagino que nunca chegue ao destinatário e que de nada sirva, mas pelo menos fico com a consciência tranquila, pois tentei melhorar um pouco a nossa televisão nacional. Por último queria deixar aqui, uma palavra de apoio ao Sr. Dr. Júlio Machado Vaz, pois revelou-se um grande homem, um grande benfiquista e sobretudo um homem bastante integro e inteligente, que teria bastante orgulho de privar um dia e ter algumas conversas acerca de futebol. Que nunca altere a sua forma de comentar só porque alguns imbecis acham que o radicalismo e "clubite" crónica serão a melhor maneira de defender o seu clube.

MARCO DOS SANTOS disse...

Foi claramente o (comentador) BENFIQUISTA que mais gozo me deu ver! Foi e é um senhor Benfiquista que defendeu o clube como ele o é, por mim continuava por muitos e bons anos...uma nota para a RTPorto (chega de politica nortenha ou passamos ja para a privatização!)

nelse disse...

Em 1º lugar muito obrigado,a sua cultura e educação na defesa do nosso clube foi imaculada, mostrou aos seus colegas como defender uma causa sem enxovalhar. Voce foi o nosso Aimar naquele programa! Tenho imensa pena que os critérios da sua substituição sejam os expostos na sua missiva.
Saudações Gloriosas

Manuel disse...

bea:

O psiquiatra e psicanalista Carlos Amaral Dias é o pai da Joana Amaral Dias, psicóloga clínica e com uma perninha na política.
É estranho que não o conheça porque é muito mediático, conheço desde 82 ou 83 quando participava num programa na Rádio Comercial com a jornalista Maria José Mauperrin, acho que se chamava Café Concerto.
Depois disto continuou nas ondas hertzianas até agora, desde há semanas, num novo programa com a Margarida Mercês de Melo.

João disse...

Sou portista e partilho da sua paixão pelo verdadeiro futebol.
A sua saída do programa vai empobrecer o mesmo, seja quem for o substituto.

Que mais pessoas com o seu carácter apareçam pelo burgo.

JPires disse...

Que nunca altere a sua forma de comentar só porque alguns imbecis acham que o radicalismo e "clubite" crónica serão a melhor maneira de defender o seu clube.

Na LUZ ou fora sempre a sofrer pelo BENFICA

Rui Costa disse...

Caro Júlio Machado Vaz, como benfiquista queria agradecer-lhe pela forma como, com a sua inteligência, soube semana após semana defender, criticar e comentar com uma visão como diz autónoma e oposta às "coutadas privadas" que por norma (diria agora sem excepção)dominam neste tipo de programas, a panorâmica desportiva e futebolística nacional.

Rusty Ryan disse...

Professor,

Lamento a sua saída pelo facto de a mesma representar uma das muitas injustiças da vida, que andam à solta por este Portugal fora. É exactamente isso que significa.

Por outro lado, fico muito, repito, muito satisfeito que tenha saído. Além do seu enorme carácter e grande Benfiquista, tendo em conta a maneira como o poder corrupto ligado ao futebol está instalado em todo o lado, nenhum de nós devia estar presente em qualquer programa ou actividade, seja ele qual for.

É deixá-los isolados, quais criminosos que deviam estar encarcerados, a falar sozinhos. É o que merecem. Não deviam lucrar o quer que fosse à custa do Glorioso. É isso que defendo há muito tempo.

Um grande abraço e obrigado por tudo.

NB

bea disse...

Obrigada, Manuel. sei muito pouco de rádio. Não estranhe :)

Carlos Fonseca disse...

"(...)mas apreciavam a minha tentativa de ser isento e aplicar ao Benfica os critérios aplicados aos adversários (e não inimigos)."

É aqui que está a razão da sua saída. O senhor destoava, manifestamente, da clubite doentia que tem caracterizado o programa desde o início, e que me levou a deixar de ser espectador assíduo.

O que "eles" (e neste "eles" cabem os responsáveis pela estação) querem, é confronto. E, se nesse confronto houvesse oportunidade (que já esteve próxima, num passado recente) de troca de sopapos, então era o poker de ases para as audiências.

Havemos de continuar a "encontrar-nos" por aí (e por aqui).

Cumprimentos

Luis Rosario disse...

Caro Júlio Machado Vaz,

Não vejo o programa com assiduidade, mas não posso deixar de lamentar a saída nas circunstâncias descritas, porque (mesmo vendo pouco o programa) me parece inequívoco que era de longe o melhor representante de qualquer um dos clubes presentes.

Certo que se manterá na defesa e análise do nosso Benfica, deixo um abraço glorioso.

Rui Magalhães disse...

Caro Prof. Júlio Machado Vaz

É realmente triste verificar que cada vez mais a televisão nacional opta pelo caminho das audiências fáceis em detrimento do bom senso e do respeito.

O Trio perdeu o seu melhor comentador e, no que me diz respeito, um espectador assiduo.

Uma palavra ainda de tristeza para a maneira como teve de se despedir dos espectadores e dos colegas. Uns minutos para agradecimentos e cumprimentos era o mínimo.

Um abraço deste admirador do seu trabalho.
Rui Magalhães

Fehér 29 disse...

Palavras para quê... Este país(?) está mesmo na lama...

Seismilhoesum disse...

Quando Julio Machado Vaz foi para "lá" pensei .... vai ser arrasado pois não tem "estaleca" de arruaceiro/carroceiro/pála-nos-olhos/doença de clubite aguda .... enganei-me! Foi de tal ordem SUPERIOR que tem que abandonar tal bandalheira, de gentinha que repete lugares comuns, sem confirmar minimamente as baboseiras que deitam pela boca fora! Acho muito bem! Julio Machado Vaz, não seja mais convidado para tentar tirá-los do lamaçal!

gondarslb disse...

Doutor já o vejo há muitos anos na Tv por. ex. sexualidades na rtp agora na antena 1 todos os dias ás 09:20 e ao domingos no trio de ataque não, porque não gosto destes estilos de programas desportivos, todas as quintas feiras quando vou de Guimarães para a cidade do Porto e vou há padaria Ribeiro por debaixo da casa do Doutor sempre pensei o encontrar alguma vez, mas nunca aconteceu, um dia hei de lhe pagar um Café na Pad. Ribeiro.
Saudações Benfiquistas

David Mira disse...

Como Sportinguista, mas acima de tudo como homem, só posso dizer que o Dr. Júlio Machado Vaz é quase tão bom a falar de futebol, como a falar de sexo.

É com profunda tristeza que vejo pessoas, que com a sua elevação de discurso e sem facciosismos bacocos, contribuíam para que houvesse mais tolerância, numa época onde os discursos dos clubes tendem a ser, cada vez mais, radicais. Aliás, numa época de profunda depressão nacional, o futebol ocupa cada vez mais importância na vida dos portugueses, porque funciona como escape da realidade (o futebol "é o ópio do povo") . Mas disso deve o doutor saber melhor do que eu.

É sempre de lamentar que personalidades de incontestável valor dentro da sociedade portuguesa, percam "tempo de antena" em prol de "outros" que não favorecem a isenção mas sim a determinados interesses, seja a falar de futebol, de sexo, de política, ou de outro assunto qualquer.

Cumprimentos e o tudo de bom para si, mas não para o seu clube.

Pedro Correia disse...

Caro Júlio, como Portista quero dar-lhe um enorme abraço de reconhecimento pelo que deu ao Trio d'Ataque. Defendeu o seu clube como deve ser, mas com ponderação, que aliás é comum aos restantes comentadores (Miguel Guedes e Rui Oliveira e Costa). O facto de ser mais sereno do que a maior parte dos comentadores futebolísticos, dá-lhe a possibilidade de ter uma visão mais analista, mas nunca sem paixão. Acompanho-o há cerca de 2 décadas e sempre desenvolvi um imenso respeito por si. Com a participação neste programa que agora o deixa cair, o meu respeito aumentou. Um grande bem-haja. Espero por isso num outro programa televisivo, sabe-se lá onde. Abraço!

RCBC disse...

Como benfiquista, não fanático nem assíduo ouvinte do TRIO DE ATAQUE, lamento no entanto profundamente o afastamento do Dr. Júlio Machado Vaz do programa, pois são Homens como este que valorizam e dignificam qualquer programa do género.

O Dr. Júlio Machado Vaz demonstrou ser um Homem educado, íntegro e de uma correcção acima da média, enfim, demonstrou possuir um nível pessoal de grande categoria, não enquadrável no grupo daqueles que apenas querem audiências a qualquer preço, mesmo que esse preço assente em programas onde prevaleça o baixo nível dos comentários e o puro a simples fanatismo clubístico dos respectivos comentadores.

É pena que as televisões, neste tipo de programas, se rejam por audiências que assentem em “peixeiradas”, como acontece no programa da concorrência, O DIA SEGUINTE, no qual o Benfica está “representado” por uma pessoa sem o mínimo de nível que envergonha qualquer benfiquista que se preze.

Não tenho dúvida alguma de que o Trio de Ataque perdeu um excelente colaborador e o Benfica, por arrasto, perdeu um digníssimo representante.

Obrigado Dr. Júlio Machado Vaz pela sua brilhantíssima prestação durante o período de tempo em que colaborou no Trio de Ataque.

Rolando Cabral

Master Groove disse...

"ponderação, que aliás é comum aos restantes comentadores (Miguel Guedes e Rui Oliveira e Costa)"

AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...!!!...KKKKKK
HAHAHAHA!!!! eheheheheheheh!!!
Uahahahahahah!!!

ponderados, os outros dois..???!!
Genial, Pedro Correia..genial pah!

Unknown disse...

Olá Professor Júlio! Para mim o programa não vai ser o mesmo sem a sua presença, de longe era a pessoa mais inteligente, sensata e assertiva.

João Moreira disse...

Segundo o que li, o DR não é da mesma opinião. Lamento é pessoas deste género que não sabem ser imparciais e que não saibam medir o que dizem.

saloyo disse...

Bom, fui apanhado de surpresa neste momento.
Tenho acompanhado o programa de uma forma regular,dentro do possível, mas realmente ontem não o vi. Só agora vi a noticia num jornal online. Surpresa total.
Sou sportinguista e deixe-me dizer, sempre o admirei no seu estilo assertivo e isento que tem vindo a apresentar no programa. A Rtp de certeza que quer voltar a um estilo mais barraqueiro em que ninguém se entende e o que interessa é o conflito, mas agora é que o Nuno Santos se engana. Ele vai perder audiência!
Eu enquanto telespectador gostava do programa por realmente ter comentadores diferentes dos outros programas, agora lá vamos voltar ao estilo troglodita, tipo " enviado especial do clube X".
Força Nuno santos por seres quem és!

João Moreira disse...

Qual corrupto ? O dos pneus e diversos crimes dos quais foi dado como culpado antes e durante o futebol ? Da-me pena ver num post como este, em que expressa o que realmente acha, e o sentimento que tem pelos adversarios que lá estavam, venham pessoas com estas ideologias, incendiar os ânimos.

João Moreira disse...

Não são ? Deve ser o saloio do vosso representante no Dia seguinte que deve ser.

Eduardo Rodrigues disse...

Só me resta mandar um grande abraço e felicitar pela elegância que sempre defendeu o nosso Benfica, são de Benfiquistas como o professor que fazem falta !
Um muito obrigado.

NÚCLEO SPORTINGUISTA DE MOURA disse...

Para não existirem duvidas informo que sou um alentejano fundamentalista do Sporting mas que no trio de ataque sempre apreciei as suas dissertações. Acredito que a direcção do RTP não tenha muito interesse na continuidade uma vez que não cria polémicas e isso não lhes interessa. Foi, sem duvida o "paineleiro" mais consciente da televisão. Portugal é isto mesmo, os medíocres é que se safam. Veja se consegue fazer aí um cursozinho em meia duzia de dias e passa a ter muito mais valor. Não desarme, continue o seu trajecto porque os portugueses sabem o que querem e dar valor a quem o tem.
Francisco Manta
Moura

Viriato de Viseu disse...

O seu Benfiquismo é inquestionável, mas sou dos que acusam de ser muito soft, no meio daqueles trauliteiros que só vêm coisas boas nos seus corruptos e submissos clubes.

O seu perfume estava ali a mais, no meio daquela peçonha toda.
Eu sei porque é que o Dr. foi soft...porque vive aí na casa do inimigo...muitos androides são seus clientes...e convém não fazer ondas, porque eles andem aí...que o digam o Bexiga e Dr. Rui Gomes da Silva que já provaram do marmeleiro....

moleculasdeamor disse...

Caríssimo vossa excelência é um Senhor se não se importa que o trate assim!!
Provavelmente estará ao nível de um RAP sem o humor fabuloso do dito!
E isto que se passou - é estranho, não estranharia no entanto que um Seara qualquer o substituisse (sem ofensa para com a personagem... que é de facto uma personagem especial)...

Quanto ao nosso Benfica lamento que não apareça uma alternativa a LFV, não falo por si porque a sua área é outra... mas porra os Benfiquistas não conseguem arranjar alguéns com a sua estatura moral???? Fosga-se estará o mundo perdido... eu não embarco nessas cenas do 2012 ;) ... :) enorme abraço de um sócio benfiquista.... parabéns pelo seu trabalho no programa!!!!

António disse...

Obrigado.
Foi dos poucos adeptos do nosso clube de quem não me envergonhei de ver comentar e analisar assuntos da "bola". Eu acho que o formato do programa e a sua linha editorial, não tem nada de novo e já está esgotada. O programa já não merecia um JMV!

bilaxa disse...

"Este parte, aquele parte, e todos, todos se vão..." - Adriano Correia de Oliveira

Obrigado Prof pelo exemplo de ponderação e classe com que desempenhou o seu serviço público.

Infelizmente há quem entenda que não tem lugar nesta caricatura de RTP que já foi uma grande televisão.

Não lhes lige. Espero reencontrá-lo nos lugares habituais.

Saudações Benfiquistas

bilaxa disse...

"Este parte, aquele parte, e todos, todos se vão..." - Adriano Correia de Oliveira

Obrigado Prof pelo exemplo de ponderação e classe com que desempenhou o seu serviço público.

Infelizmente há quem entenda que não tem lugar nesta caricatura de RTP que já foi uma grande televisão.

Não lhes lige. Espero reencontrá-lo nos lugares habituais.

Saudações Benfiquistas

Cândida disse...

Pelo k li - detesto futebol- o programa e k nao o merecia.

Dylan disse...

Que se lixe isso, Dr.
Encontre o sossego em Vieira do Minho, isso é que interessa!

Teófilo disse...

Caro Dr. Júlio Vaz,

Esta frase dita por si diz tudo;
"Nunca estive no programa para defender o Benfica sem critério, cegamente, arriscando o ridículo que, na minha opinião, mancharia a imagem de um clube - qualquer clube! - que se diz casa de gente livre. E o Benfica tem uma longa tradição de liberdade, mesmo em tempos difíceis"...
Infelizmente o que quer a direcção do SLB é continuar a enganar, a monopolizar as massas, é uma pena que tenha saído porque vamos voltar ao ridiculo dentro em breve, lembre-se que terá sempre a seu favor a honestidade intlectual, coisa que os outros não têm e são obrigados a não ter.
Quanto às audiências é mentira, foi o Carlos Daniel que foi obrigado pelo SLB a colocar lá o amigo para poder monopolizar as massas.
Tenho muita pena, forte abraço

RS disse...

Caro Júlio,

Não era cliente habitual do Trio, mas com a sua entrada "fui ficando". Agora, como me parece natural, "vou saindo". Creio que é a RTPi a única grande prejudicada em todo o processo.

Que empregue o tempo que lhe foi subtraído à TV com coisas mais produtivas para si e para o mundo extra-futebol, que no fundo é o mundo que conta.

Até já.

João Pedro Barbosa disse...

Pedra Sobre Pedra

João Pedro Barbosa disse...

Bea? Se eu soubesse! A quem estou a escrever. Até podíamos ler o mesmo jornal...

João Pedro Barbosa disse...

Bea? E se fosses tu! A bater-me. À porta...

João Pedro Barbosa disse...

Se eu soubesse quem era a Bea?

João Pedro Barbosa disse...

É Tudo Muito Bonito Mas Cada Um Acorda Para O Seu Lado

João Pedro Barbosa disse...

Havia Mas Já Não Há

João Pedro Barbosa disse...

Acta Por Corrigir

João Pedro Barbosa disse...

Como se pode aceitar de novo, alguém que nunca se rejeitou; não é Bea?