quinta-feira, julho 12, 2012

Porque sim.

A minha casa é um caos, como posso perder tantas coisas num T2? Mesmo assim fui a determinada gaveta, empurrado por uma recordação nevoenta. E lá estavam - trabalhos do Mestrado em Sexologia da Universidade Lusófona, do qual fiz parte durante vários anos, leccionando Antropologia da Sexualidade. Guardei-os porque eram bons, outros apenas visavam o dez da praxe (não é pecado:)))))). Esta gente merece que lhes deixe uma palavra de solidariedade, estão tristes ao verem o furacão que varre a "casa" em que estudaram e receiam ser brindados com palavra alheia a um ensino sério, a qualquer nível do processo educativo - facilitismo.
Aqui lhes deixo o meu abraço.

71 comentários:

andorinha disse...

A credibilidade de qualquer instituição demora anos a ser construída e pode ser destruída ou abalada num minuto.
Mas há muita gente que não pensa nisso e só quer é 'safar-se' e safar os amigos.
É triste!
Tudo o que se tem passado na Lusófona é tão revoltante que já nem sei o que diga!
Mas quem tem a consciência tranquila, não se deve sentir beliscado, embora entenda o sentido do post, claro.
Eu não gostaria de ter tirado o meu curso na Lusófona.

Quanto ao caos caseiro, não é o único, deixe lá:)
O meu casulo por vezes também o é...

bea disse...

Há sempre coisas boas em todo o lugar:) Estou com o ex alunos que protestam, com os professores e todos os que honestamente trabalharam nessa casa.
e biépi

Bartolomeu disse...

Será que se tivesse pedido equivalência às disciplinas que me conferissem o doutoramento em Sexologia Clínica, apresentando um curriculo baseado na minha experiência "lúdica" obtida no Elefantinho, um júri da Lusófona seria pródigo em conceder-mo?
Vou deixar passar algum tempo, assentar a poeira, e depois arrisco uma cátedra.

João Pedro Barbosa disse...

Andorinha,

Estou mais descansado! Ufa! Afinal a passagem do Miguel Relvas pela Universidade foi mera experiência filantrópica.

Faltam atitudes como esta nos momentos que vivemos.

"A seguir à tempestade, veio a bonança"

Vamos lá nos virarmos para a filantropia. Pode ser que as PPP´s nos dêem alguma equivalência para os conselhos de administração.

Acreditem! Tudo começa por aí!

Impio Blasfemo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Impio Blasfemo disse...

BART e Prof JMV

Com a devia vénia, cuidado com a concorrência!
http://oourico.blogs.sapo.pt/337948.html

Abraços
Ímpio

rainbow disse...

Boa noite:)

A minha casa não é um caos, mas parece o hotel da Meryl Streep no Mamma Mia. Tem sempre alguma coisa avariada:)

Pedro,

"Mas se calhar estamos com um problema de sinónimos!"

O problema é que por vezes as pessoas confundem simpatia com fragilidade.

Anfi,

Já tinha falado aqui desse problema no Japão, há meses atrás, depois de ter ouvido a notícia num programa de rádio. Mas tenho que ver o documentário.
Se as pessoas estão fartas umas das outras?
Aqui há uns meses, ouvi uma conversa assim entre dois homens:
"O pessoal já não se encontra como dantes. Estão metidos em casa com os computadores".
Dá que pensar.

Bons sonhos

http://www.youtube.com/watch?v=NVGinwDu0L8

João Pedro Barbosa disse...

Bons Sonhos

João Pedro Barbosa disse...

Lula! O Pedro está contigo!

andorinha disse...

Impio,

Não dizem que a concorrência é estimulante?
Deixemos os mercados auto regularem-se:))))))))))

Vi há pouco: Fraude nos exames nacionais. Uma aluna pagou a outra pessoa, supostamente mais bem preparada, claro, para ir fazer os exames em vez dela. Falsificou a assinatura, alterou a foto, enfim, o esquema parecia bem engendrado.
Só que houve uma denuncia anónima que estragou tudo.
Tinham-lhe dito que não se preocupasse, que não havia risco, já vários tinham feito o mesmo.
A aluna queria entrar em Medicina.

Vivemos no reino da fraude! Começa-se por aqui, depois compram-se, mestrados, plagiam-se teses de doutoramento...
Caraças, pá! Apetecia-me praguejar de novo...

Aqui vos deixo com uma grande senhora:

http://www.youtube.com/watch?v=VLaScTPAb54&feature=related

Obrigada pela Enya, Rainbow:)

Bons sonhos

João Pedro Barbosa disse...

Andorinha,

O pior é quando o "warm-up" se deixa para o fim! Aí tudo arrefece!

Impio,

Gostei do blogue. Como a natureza me privou do gene da concorrência. Estou imune:

http://water-inside.blogspot.pt/

Interessada disse...

João Pedro

Deixei um comentário no andar debaixo.

bea, Cê-Tê e Ímpio

Deixei um abraço para vós :)

Caidê disse...

Estive na rua. Éramos muitos. Pelo Camões abaixo, rumo a São Bento, não se via o princípio nem o fim. "Professores a lutar também estão a ensinar" - claro que sim!

Esta ideia de que na escola se armazenam meninos está a eclodir cada vez mais enlatada. Querem agora 30 soldados por batalhão e por oficial – acreditem que na maioria das salas de aula por onde passo não há lugar para mais mesas nem cadeiras. E quanto mais novos são os soldadinhos de mais espaço precisam. E de mais atenção individualizada.
Vem-me à ideia “Tempos modernos” de Chaplin e parece que estou a ver passar no tapete rolante, fornada atrás de fornada, pelo 5º, pelo 6º, pelos anos todos obrigatórios, uma turma, depois outra, de meninos para ensinar. Lá em cima, na torre de controle, não sei se no 7º andar da 5 de outubro, o Ministro toca no acelerador e o tapete cada vez passa mais depressa pelo professor-operário-oficial que, a custo, tem, ainda, tempo para carimbar “programa dado”, “aprovado” , “produto fabricado no menor tempo e ao menor custo”.
E para que havia o Estado português de ter mais custos de produção num produto que, pelos vistos, se destina à exportação ?????Pois!

“Saúde e Educação são Democracia!” . Ou eram.
Quando ainda não tínhamos perdido Civilização.

Interessada disse...

Bart

Pois não chega. O fundamental é o tal conhecimentozinho para favores mútuos.

andorinha disse...

Pedro,

Quando arrefece, volta-se a aquecer, se for possível:))))))))


Caidê,

Excelente comentário!
Querem-nos por na linha de montagem a produzir alunos como quem produz T-shirts:(((


"E para que havia o Estado português de ter mais custos de produção num produto que, pelos vistos, se destina à exportação ?????Pois!"

Claro, no poupar é que está o ganho!
F...-..

Fiquem bem.

Caidê disse...

Hoje não havia melhor mimo:

http://www.youtube.com/watch?v=lyv39uaSOLA

Relembro Suíça - Basel - creio 1983 ! -

Impio Blasfemo disse...

Pedro, Andorinha

Já agora ……http://www.barbearialnt.blogspot.pt/2012/07/autoridade-dos-coisos.html
A autoridade dos coisos
#Até aqui na Barbearia se sabe que, quando se trata de falar com os clientes no salão, se deve evitar o calão e a vulgaridade. É um princípio do estabelecimento que não se aplica nos privados das massagens porque aí cada um tem a liberdade para se exprimir da forma que melhor cative a nossa sempre ilustre clientela……….#

O estado a que chegou a nação

http://www.barbearialnt.blogspot.pt/2012/07/o-estado-que-chegou-nacao.html
O homem conteve-se e não disse “merda”.
Palavras para quê? É um Primeiro-Ministro português (ou um coiso português, como diz o coisinho)

Abraços
ìmpio

Caidê disse...

Tirem o António L Xavier da Quadratura do Círculo: puxa o Sr. só diz banalidades! Só sabe ler as gordas.Arrepia!

Impio Blasfemo disse...

Caidé

Tal como LNT concluiu abaixo, em relação Lobo Xavier na Quadratura do Ciclo, direi que “Esta gente prefere fingir-se incompetente a assumir as suas reais intenções.”

Abraço
Ímpio

http://barbearialnt.blogspot.pt/
Terça-feira, 10 de Julho de 2012

Isto não é o que é
A moda mudou em Portugal. Agora sempre que se fala no presente vem alguém falar no passado para justificar a miséria do futuro.

Se alguém falar da inépcia deste Governo e do falhanço das políticas que estão a ser teimosamente impostas apesar de já ser evidente que são inapropriadas para atingir os objectivos anunciados (não os pretendidos), aparecem logo os defensores do empobrecimento e da miséria, evocando o passado para esconderem um caminho intencionalmente traçado mas que negam ser opção sua.

Dissimulam a agenda e passam a culpa para os que os antecederam, para a Troika, para a crise internacional (que anteriormente negavam), para a qualidade de vida acima das posses (dos outros, claro) e, sempre que possível, para coisas e coisos ainda mais antigos como o Mário Soares que entregou as colónias aos nativos ou aos bandidos milicianos que pegaram em armas há quase uma quarentena de anos para acabarem com a ditadura que os fazia marchar além-mar para matarem e morrerem em defesa de causas indefensáveis aos olhos do Mundo civilizado de então.

Pouco interessam as teorias da mágoa, mesmo que a mágoa seja real e que, por não ter sido enfrentada, nunca foi ultrapassada.

Embora a História seja irreversível e sirva para lá se ir beber a experiência, o futuro tem de ser construído na actualidade combatendo o faducho do saudosismo. Aos vindouros pouco importam as desculpas do passado, porque o nosso futuro será o seu presente.

Qualquer avaliador (e qualquer avaliado também, principalmente se os objectivos foram determinados por si) sabe que a avaliação se refere aos resultados atingidos no termo do prazo determinado para concretização do planeado. Ao avaliado compete monitorizar o seu desempenho no decurso, medir os resultados obtidos em cada etapa e replanear, repensar e corrigir a trajectória para dar cumprimento àquilo com que se comprometeu, no prazo estabelecido.

É inadmissível a mentira e a manipulação permanente para disfarçar as intenções fingindo sempre que os objectivos pretendidos não são os que resultam da sua determinação para os atingir, mas os que resultam de circunstâncias anteriores ou exteriores.

Esta gente prefere fingir-se incompetente a assumir as suas reais intenções.
LNT

Bartolomeu disse...

Interessada;
Queres dizer, que antes de tudo, é preciso filiar-me num partido, preferêncialmente um que tenha sido eleito?!
;)

andorinha disse...

Impio,

"É inadmissível a mentira e a manipulação permanente para disfarçar as intenções fingindo sempre que os objectivos pretendidos não são os que resultam da sua determinação para os atingir, mas os que resultam de circunstâncias anteriores ou exteriores."

Nem mais!...
Posso-te dizer que fiquei cliente dessa barbearia:)

Eu acho que isto já não é um país. Também não sei o que seja...:(

Abraço

bea disse...

Caidê (12:36), Ímpio (7:24) e andorinha (12:56)

Muito bem a cada palavra:)

Rain

Enya é uma voz. Que. Obrigada:)

Caidê disse...

Andorinha
A Barbara Streisand sempre teve as minhas simpatias. Amores que vêm de trás. Obrigada.
Ímpio
Talvez tenhas razão e tenha razão LNT (fui ler) "fingir-se incompetente" é uma forma de não ter de ser explícito quanto a "reais intenções". E às vezes também sou naif.
No entanto, por vezes, mesmo fingindo-se incompetentes estão a sê-lo realmente ou são-no realmente. Têm duas posturas - uma como profissionais, outra como "comentadores de café", dependendo do valor útil que reconhecem ao ato. A última foi a que usou ontem o falado displicente, que, no mínimo, abandalhou o debate sério fazendo passar os parceiros por pensadores de fraco gabarito, pois ali se sentavam "3 por igual". Diz-me com quem andas, dir-te-ei quem és.
Bea
Obrigada por compreenderes os meus desabafos.
Sobre Educação se começo a desfiar a meada têm de me pôr fita gomada. Alguns amores afinal são uma chatice, Pedrito – retiro parcialmente o que disse. Mas, enfim, quem nunca muda de ideias, se calhar também revela que pouco quis evoluir.
Estou brava com outro facto recente.
Mª de Lurdes Rodrigues, deslumbrada com o poder que Sócrates lhe dava, malhou que se fartou nos professores, tão incompetentes que haviam arruinado o nível de “culturacia”das mais recentes gerações do bom povo português.
Veio o Crato, um homem da exatidão científica – dizem-no da Matemática. Mas a essa Matemática mais não podemos chamar que Álgebra e seus primos. Como tal, não passa de uma disciplina auxiliar de outras ciências. A Matemática Ciência é outra coisa, senhores!... A que tem usado Crato serve para auxiliar a ideologia, fazendo-a parecer opinião cientificamente apoiada.
Estou brava com os exames do 2º Ciclo.
Primeiro:
- obrigaram a fazer exame os alunos com NEE (necessidades educativas especiais), muitos não passaram do nível 1, pois não têm desenvolvimento da capacidade verbal ou da capacidade de raciocínio lógico ou de abstração ou têm défice cognitivo, enfim.
- assim, as classificações obtidas por estes alunos vieram integrar os cálculos da média em cada disciplina de exame, sem mais…sem ponderações de necessidades educativas especiais.
OU SEJA
As médias nacionais de 59% para LP e de 54% para Mat. permitem ao Gabinete Ministerial dizer que não foram tão maus quanto outros, para estreia foi menos mau, mas mostram suficientemente como são incompetentes os professores do país que temos.

Segundo:
- o que avaliam as provas e como avaliam é discurso de oposição (sem rigor científico querem lá ver?);
ORA
Diga-se que os critérios de avaliação das provas ( e basta-nos ficar por aí) não são só os oficialmente divulgados e publicados no sítio da DGAE. É por isso que os supervisores e classificadores têm formações prévias.
Vejam o exemplo na prova de LP.
Na frase “… esta rosa” diga qual a classe e subclasse de palavras a que pertence esta.
Os meninos diziam a classe “Determinante” mas não diziam a subclasse. Eram cotadas as respostas.
Se os meninos diziam “Determinante Demonstrative” tinham zero, pois tinham dado erro na terminologia da subclasse.
Puxa! Ora digam lá onde está a exatidão da Matemática ou onde mora a arbitrariedade e a injustiça.

Só que, não se iludam: os professores não são bons professores! Isso já fez parte da demonstração do teorema atrás.

Oh! Como eu adorava a demonstração de teoremas nos meus tempos de aluna de Matemática...

Professor
Parece que muitas vezes é mesmo porque SIM!E prontos!

Manuel disse...

Boas músicas e bom fim-de-semana para todos.

A brincar:
Bob Dylan Animated Video for New Kids Book - Forever Young
http://youtu.be/Hc-a1kP7ITA

A sério:
«Forever Young»: Joan Baez
http://youtu.be/oNx2rH6hHog

João Pedro Barbosa disse...

Barte! ;-)

O Elefante Branco é uma Universalidade. A Universidade é para gente menor!

Join this Cause!

João Pedro Barbosa:)

rainbow disse...

Boa tarde:)

Andorinha,
:)
Obrigada pela Barbra.
E daqui a 2 semanas, junto-me a ti no "deitar tarde e tarde erguer":)
Até lá...há os fins-de-semana.

Caidê

12.36AM

Excelente comentário!Muito bem esculpido.
E grata pelos Stones:)

Deixo-vos com Saramago:

http://www.youtube.com/watch?v=m1nePkQAM4w

Abraço

bea disse...

Sanguessugas!!! Cambada de incompetentes. Tenho que ir dar um pontapé numa pedra, desculpem lá.

João Pedro Barbosa disse...

Bea,

Que maldade! As pedras são inocentes, pequenas e indefesas. Dê um pontapé numa rocha. Vai reparar que ela não se importa e continuará na sua sem guardar ressentimento.

"Rocha" foi um dos nomes que me calhou na rifa por parte do meu pai!

:)

Disponha!!!

AQUILES disse...

Ridendo Castigat Mores

AQUILES disse...

Do velho Voltaire

João Pedro Barbosa disse...

Por falar em Elefante Branco.
Lembrei-me do buzon de higgs. Como nos tinham ensinado, o deus fez o mundo em sete dias (precisar de 4 anos para ter a 4ª classe é realmente um exagero). O ser humano não pára de surpreender. Dos 7 dias passou-se para 1/3 de segundo para tudo isto existir. Daí se conclui que a ejaculação precoce não pode ser visto como um problema, á luz do conhecimento.

E se nada existisse?! Também era uma posiblidade!

Porque não?!

Será esse o destino?! Espero que sim. Um universo vazio como o 1/3 de segundo pré bozon de higgs!

João Pedro Barbosa disse...

Vou ler os folhetos do Lydle!

Bartolomeu disse...

Tens razão Pedro. O Elefantinho é uma Instituição que presta Serviço Público, sem olhar a credos ou a raças. Portanto, universalíssimo.
Cá para mim, devia ser subsidiado pelo estado.

andorinha disse...

Caidê(4.31)

Claro que somos incompetentes! Há muito que toda a gente sabe isso!
E se eles fossem para aquele sítio que a gente sabe?

Olha, vou aproveitar as férias para desligar, senão não aguento outro ano que aí vem ainda pior do que este. Refiro-me sobretudo à educação.

Rainbow,

Boa contagem decrescente:)))

Manuel,

Obrigada.
Bom fds 4 u 2:)

Pedro,

Vais ler os folhetos do Lidl? Looooooooooooooool

João Pedro Barbosa disse...

Barte,

É uma proposta perfeitamente escuivel a curto prazo.

As corporações e os fundos do Ministério da Defesa seriam deslocados para este novo Ministério que manteria o nome.

Desta forma ia-se conseguir um Ministério que tivesse uma acção transversal no Governo e na Sociedade. Prestando voluntariado onde fosse necessário. Principalmente a apagar alguns fogos e na preservação do meio ambiente com a limpeza das matas abandonadas.

Em prol da Natureza,
Pedro

João Pedro Barbosa disse...

Barte,

Claro que este Ministério teria que ser auto sustentavel e benefeciar todos os portugueses. E as ações em zonas de conflito no exterior iriam contribuir para sairmos a curto prazo da situação em que estamos e a médio e longo prazo para a paz nos quatro cantos do mundo.
Outras nações iriam aderir á iniciativa e uma vez mais, Portugal daria novos mundos ao mundo.

João Pedro Barbosa disse...

John Lennon - Imagine - Lyrics

http://youtu.be/RwUGSYDKUxU

...

João Pedro Barbosa disse...

Eu dou a água:

http://water-inside.blogspot.pt/

João Pedro Barbosa disse...

Mas só quando chover:)

Impio Blasfemo disse...

Andorinha

Ando também com necessidade de "desligar". É óbvio que somos incompetentes e sobretudo mal organizados. Ainda há bocado estava a ver um programa da RTP1, o tal canal que o ministro Relvas, que não tem nada que a inconsciência o acuse, quer privatizar, onde a locutora apresentava um deputado do CDS( o tal partido que se diz da coligação com o governo), onde o mesmo deputado, teve o rasgo de independência de pedir aos vários ministérios que lhes apresentassem contas sobre os gastos de rendas co edifícios públicos. a notícia falava de um nº redondo de 50 milhões de euros /ano, onde parece que as instalações do Ministério da Justiça na Expo eram a "escandaleira" mais visível (cerca 1,2 milhões /mês, ao que retive). E tudo isto feito na égide do Sócrates que agora anda a estudar Platão Aristóteles e não Sócrates porque esse, ao que se sabe escreveu pouco e lá bebeu a cicuta porque preferiu bebê-la a evadir-se. Eram outros tempos, eram outras as éticas, as estéticas e as morais. Agora as morais escrevem-se com U e pronto.
Pois estou a escrever sobre o joelho e devo estar a dizer fartas tolices, mas a vida é assim, deixo os dedos correrem sobre o teclado e já nenhuma paciência tenho para voltar atrás e ver se que o que escrevi faz sentido; também qual o interesse disso? Os mercados são voláteis, as ideias são voláteis e, em consequência a escrita é volátil. Logo, em consequência, qual o sentido de nos preocuparmos em sermos hoje coerentes se amanhã algo ou alguém nos vai demonstrar ou determinar que a nossa coerência passou a ser incoerência?
Quando uma borboleta bate as asas na China acontece um terramoto na Florida; isto é a teoria do caos e os mercados estão todos baseados nesta teoria, pelo qual é o sentido da nossa austeridade se amanhã uma borboleta bater as asas na China e acontecer um terramoto em Portugal?
Como diria alguém cujo nome já me esqueci, nos mercados globais, somos o elo da última linha da teia pelo que se a teia morrer nós morremos. Ou se não foi assim foi perto disto!
E quanto aos Passos e aos relvas deste governo? Pois irão morrer nas tais prateleiras douradas se os seus "patronos" por bem entenderem que as "merecem". A vidinha política de um Jotinha é uma coisa lixada; há que ser diligente e saber aguardar...!

Abração
Ufa, acabei
ímpio

Caidê disse...

Rain(bow)
As palavras de Saramago fazem todo o sentido. Lembradas tão a propósito !

Manuel
Gostei da cantiga a brincar e também da outra.


Andorinha
Bora lá para intervalo!

Fica um som calminho para todos:
http://www.youtube.com/watch?v=6pHKkuK3mUU&feature=related

Boa disposição ao acordar :-))). Merecemos um solzinho !

Caidê disse...

Agora a sério:
http://www.youtube.com/watch?v=DZtJqDIom5Q

:-))))

João Pedro Barbosa disse...

Agora é que é mesmo a sério!

Já como ontem escrevia à Interessada. Tive que tirar os óculos de descanso para vos ler, depois de um expresso da meia noite!

Ímpio e Aquiles,

Depois de muitos natais a receber meias e truces. Habituei-me a a sorrir quando a vontade era dizer: "Que Pai Natal mais generoso que me calhou! Nunca pedia nada e davam-me sempre coisas que não precisava. Apenas houve um ano em que o meu Pai teve a brilhante ideia de me oferecer dois livro (como a querer dizer: agora ecolhe!). Um dos livros foi o "Camera I", um conjunto de auto retratos de fotografos e fotografas. O outro um livro mal amanhado de arquitectura. O "Camera I" fixou um sorriso partilhado pelos dois e lágrimas que se contiveram dos olhares mais distraidos. Não saiu nada de mim, muito menos um obrigada.
É assim Ímpios e Aquileses. Quando as prendas ultrapassam as nossas expectativas imaginárias. Temos que arrepiar caminho. São sinais de sobreviver além da vivência. O que nos leva e entusiasma para seguirmos o exemplo do dar e retribuir com um sorriso ou um beijo antes de saber o que se esconde por dentro do embrulho. A Andorinha já sabe que não gosto de agradecer presentes.Prefiro abri-los no silêncio da ausência e na alegria da descoberta solitária.

Por isso como a ct! Abro os vossos comentários e o silêncio são o ponto final de alguma coisa que se deixou acabada.

Mudo de parágrafo. e folheio os meus próprios impróprios até que se acabem as cores da expressão:

http://water-inside.blogspot.pt/2012/07/done.html

andorinha disse...

Impio,

Abençoado folego, homem!:)
Continua a escrever sobre o joelho porque o que escreves não são tolices.
São grandes verdades.

Pedro,

Já sabes que sou uma tagarela e que quando começo a falar não me calo:)
Aqui por vezes também tenho esse impulso porque gosto muito de conversar.

Mas agora, perante o que disseste, que é tão forte e tocante, limito-me a ouvir-te. Ouço e calo-me.
E deixo-te um sorriso :)

João Pedro Barbosa disse...

:)

http://water-inside.blogspot.pt/2012/07/you-are-stronger-than-me-but-sea-is.html

João Pedro Barbosa disse...

Porque sim!

rainbow disse...

Bom dia:)

Caidê,

Obrigada pelo Neil Young.
Retribuo com esta acompanhada dum solzinho:)

http://www.youtube.com/watch?v=6-WMbP1RcC4

Pedro,

A tua história fez-me lembrar uma menina que recebeu uma boneca dos pais como presente, e que o recusou e desatou a chorar por achar que não merecia um presente tão lindo.
Os pais choraram com ela e convenceram-na do contrário.

Anfi,

Vi o documentário sobre o Japão.
Não me surpreende, porque talvez haja uma explicação histórica, sociológica e geográfica para aquela maneira de viver, que pôs de lado os afectos e a sexualidade partilhada, e os direccionou para objectos em vez de pessoas, onde a alta tecnologia impera.
No país dos samurais, hoje morre-se sem honra nem glória, pela empresa e pela economia.
E numa ilha onde habitam muitos milhões, com grandes metrópoles,a natureza foi substituída pelo betão e pelos néons.
Paradoxal a postura da comunidade laboral e depois o culto do indivíduo levado ao extremo. Curioso ser o mesmo país do filme "O Império dos sentidos".
Do livro que aqui tenho, "Chá e Amor" do Nobel da Literatura Kawabata:
"...Vai contra a condição revoltante da própria vida, a destruição da pureza pela morte sem beleza, sem força, sem glória".

Um bom sábado para todos
E um sorriso

http://www.youtube.com/watch?v=acvIVA9-FMQ

João Pedro Barbosa disse...

Rainbow,

O que se passou. Foi que puseram o dedo na ferida. Eu sabia que merecia! Mas vinha com atraso! Muitos anos de atraso!

Porque raio temos que ser felizes todos da mesma maneira?!

Um Bom Dia. Já vendi as minhas acções do "youtube". É altura de publicitar outras coisas!

Impio Blasfemo disse...

Musicas

Chegou-me às mãos este CD. Gosto!
Jerry Gonzalez Y Los Piratas del Flamenco
Com Diego El Cigala
http://www.youtube.com/watch?v=4iQEnzsqZRM

Bom FDS para todos

Ímpio

João Pedro Barbosa disse...

Ímpio,

Já que tomas-te a iniciativa de abrir as hostilidades:)

ANDORINHA,

Nelly Furtado I'm Like a Bird Lyrics:

http://youtu.be/2vHH2pOzuMA

P.S: Estou coma capa do CD. Mas o CD não sei onde está. É o que dá! Viver na barafunda;-)

Manuel disse...

Alguém sabe quem é este boneco?
http://youtu.be/b7FcZjWPJAU

andorinha disse...

Bom dia, boa tarde ou boa noite conforme a hora em que lerem isto:)))

Pedro,

I'm not like a bird. I'm a bird!:))))
Thanks for the song, buddy.

E não, não temos que ser todos felizes da mesma maneira. Nem somos. Só temos que encontrar a nossa.

Natasha Bedingfield - Unwritten

http://www.youtube.com/watch?v=5Mzg3dmRyR0&feature=related

andorinha disse...

Manuel,

Achas que ele próprio sabe quem é?????
Os loucos também não sabem que são loucos, perdoem-me o simplismo da linguagem.
Seria hilariante se não fosse trágico:(

Até loguinho:)

Anfitrite disse...

Deleitai-vos


http://www.youtube.com/watch?v=sTsn1wVtWc0

AQUILES disse...

Gosto muito da voz dela:

http://www.youtube.com/watch?v=XlDesH95bZY&feature=fvwrel

http://www.youtube.com/watch?v=Yb-JhV7sDNQ&feature=fvwrel

João Pedro Barbosa disse...

Anfy!

Smoke by Wayne Wang & Paul Auster

http://youtu.be/RDK7_XkGmVw

;-)

andorinha disse...

Anfy,

Puro deleite, mulher!:)))

Aquiles,

Não conhecia os intérpretes e gostei muito.

Valeu a pena passar por aqui um instante para partilhar estes momentos convosco.
É a magia deste lugar e está tudo dito:)

Pedro,

"Desculpe mas esta página não existe"

Estás a brincar cumnós?:)))

Para vocês:

http://www.youtube.com/watch?v=3tcY9rE_Cjs

Fiquem bem

Manuel disse...

Boas músicas (sefarditas):

«La Voix de l’émotion»: Montserrat Figueras
http://youtu.be/nlXux5UWaD0

João Pedro Barbosa disse...

Andorinha,

"É uma mensagem subliminar!"

...

João Pedro Barbosa disse...

Para um publico! Muito restrito:)

Caidê disse...

Fellows
Tinha as vossas trocas musicais em atraso. Fascinou!
Aquiles
Maravilhou!
Anfy
Emudeceu!
Manuel
Amei!
Andorinha
E a letra ?!.... (Natascha)

Vim da FNAC com sacola. Longa será ainda a noite...

Para todos com carinho:
http://www.youtube.com/watch?v=Kkw0jS2G5pM&feature=youtu.be

andorinha disse...

Linda, Caidê. Fico sem palavras...amei:)

Amanhã também penso ir à FNAC fazer o 'abastecimento' para as férias.

Para todos, também:

http://www.youtube.com/watch?v=4ztVGQamtpc&feature=related

Fiquem bem.

João Pedro Barbosa disse...

Um Bom Dia:

" The passion kill, the love rebuild, the friendship rejuvenate. ":

http://water-inside.blogspot.pt/2012/07/passion-kill-love-rebuild-friendship.html

Anfitrite disse...

Pedro,

Me arrepiei. Qq coisa que às xs parece tão pequenina pode mudar a porca da vida, que nos faz ser por xs tão cruéis. GrNDES INTERPRETAÇÕES.

http://www.youtube.com/watch?v=1BZakbzfBNw

Aquiles.

Antes de ver o segundo endereço, já tinha adicionado aos favoritos, o meu primeiro amor, porque nunca tinha encontrado, e só podia ser ele.

Andy,

Se não fosses tão "gáldéria", já podias conhecer estas e outras músicas, que tanto disseram. Esta é uma das canções, assim como a oite do meu bem, que eu costumo "cantar", quando ando a regar o jardim.

http://www.youtube.com/watch?v=Y6HWZ_wa_l4

Caidé
tb adorei e já está uma guardada, do mesmo autor, para enviar a alguém muy sensible.

Enfim gostei de tudo, mas há umas que mexem mais comigo. Só não gosto é da carraça do Cotonete, que tem de se andar sempre a desligar. Gostava de saber quanto é que pagam ao professor para ele ter isto aqui. como é que uma pessoa se concentra a ler, com isto aos berros?!

Rain,

Hoje no Japão já não fazem HaraKiri em defesa da Honra.

http://www.criterion.com/films/743-harakiri

Mais:
http://www.youtube.com/watch?v=znba9GTyFDw&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=IdfA7bn9OjU&feature=player_embedded#!

Anfitrite disse...

Vejam o que até o canalha do portas tem coragem para dizer.
Que mais não fosse, em memória do irmão, que era um Homem do mundo, devia conter-se.

http://jumento.blogspot.pt/

Maria disse...

Obrigada, Professor. O meu filho acabou há dias, o 2º ano de Sociologia na Lusófona, com altas classificações. Está desmoralizado com tudo o que se está a passar.
Foram 2 anos a trabalhar de dia, ir às aulas à noite, estudar noite fora e fins de semana. Pagou honradamente as propinas, foi a todas as aulas, fez todos os trabalhos. Falta-lhe um ano apenas, para conseguir a Licenciatura. Já pagou a inscrição no 3º ano e a primeira mensalidade. E agora?
Mais uma vez, obrigada
Maria

andorinha disse...

Anfy,

Caramba! Venho aqui "na boa" e vejo logo um insulto???
Eu não sou galdéria, aproveito por vezes uma saudável galderice, é diferente:)

Agora a sério: adorei. Gostei bastante das duas canções. Já conhecia a segunda, mas 'toca-me' bastante.

Obrigada por me fazeres começar o dia assim:)

E agora a galderice está à espera lá fora...e o sol também...:)

Fiquem bem.

Caidê disse...

WAKE UP!

http://www.youtube.com/watch?v=gUIZ5K2FhqE&feature=share

Cê_Tê ;) disse...

Votos de um BFDS e uma boa semana!
Obrigada pelo carinho, Interessada. Para si e restante pessoal abraço.
;)

João Pedro Barbosa disse...

Caidê,

Nunca embirrei contigo! Nunca é tarde:)

Beijinhos

(grande musica)

Manuel disse...

A Caidê disse «amei», sobre a música de Montserrat Figueras que lhe deixei.
Espero que mais alguém tenha gostado.
Aqui vos deixo agora mãe, filha e família completa.

«Por Qué Llorax Blanca Niña»: Montserrat Figueras e o grupo Hespèrion XXI. CD Diáspora Sefardí, 1999.
http://youtu.be/ZP_6Y7skqCY

«L'Amor»: Arianna Savall – CD Bella Terra, 2004
http://youtu.be/tiF2qeY2pEQ


E agora a família Savall // Figueras completa:

«Canço del Lladre-Tradicional catalana»
http://youtu.be/WVSnXjNPb6Y