quarta-feira, junho 15, 2005

Na berlinda:)

Ó Lobices,
Você é atacado e louvado de todos os lados! Vou pensar no seu segredo Rambla abaixo:).

92 comentários:

Cláudia disse...

Estar na berlinda é privilégio apenas daqueles que, através das suas palavras ou da sua maneira de estar na vida, não nos passam ao lado nem nos deixam indiferentes.
Já dizia Oscar Wilde que só há uma coisa pior do que ser-se mal falado: não se ser falado de todo...
Boa noite a todos (especialmente ao Lobices, hoje por razões óbvias)...

katraponga disse...

La Rambla... Que sort, Júlio Murcon. Que ho gaudeixis!


E, em bom português, um bem-haja ao Boldices, perdão, Lobices... :)


www.katraponga.weblog.com.pt

O HOMEM QUE GOSTA DO BOLD disse...

BASTA PUM BASTA!
ABAIXO O REACCIONÁRIO DO LOBICES! PIM!

E VIVA O BOLD! E JÁ AGORA O DANTAS TAMBÉM

O HOMEM QUE GOSTA DO BOLD disse...

35 ANOS PASSARAM, MAS JOSÉ DE ALMADA-NEGREIROS(POETA D'ORPHEU FUTURISTA e TUDO) É IMORTAL!

BASTA PUM BASTA!
ABAIXO O LOBICES! PIM!

Lucília disse...

Estamos a falar do anónimo que afinal era mulher,mas que era um outro,e agora é novamente homem,mas desta vez o que gosta do bold,verdade??????
Boa noite a todos

Maze disse...

Esta noite a conversa anda sem conversa. É o conversar para desconversar, o estar para não estar.... Boa noite a todos...

Mário disse...

Boa noite Lobices,

Pois eu gosto do que escreve. Não importa se concordo ou não. Gosto primeiro porque não é anónimo e gosto em segundo porque exprime ou que pensa e sente com o espirito daquela nossa amiga que colocou o post sobre quando nos cruzamos e trocamos ideias vamos os dois mais ricos.

Era porreiro que este blog fosse mais um espaço de troca de ideias do que de troca de bocas. Para isso temos outros espaços.

Agora para o Prof. Tenho notado em conversas com vários amigos meus e pessoas conhecidas que a questão da homossexualidade permanece um total mistério e que acham que organizações como a American Psiquiatric Association (ou qq coisa do género) são pressionadas pelos lobbies gays (o descrédito generalizado pelas instituições também chegou aqui). Onde é que se pode encontrar material de qualidade sobre homossexualidade que se possa usar como referência?

Anónimo disse...

Óh professor! Vá antes para o Passeig de Grácia! É bem mais bonito!!

sylpha disse...

Aqui entrei e me apercebi de que se trata de um espaço muito próprio em que expressa de verdade o que pensa e o que sente com frontalidade. Aprecio isso. Um abraço

Anónimo disse...

Não, não verdade, Lucília, estamos a falar de um senhor lobices e de um anónimo ou melhor anónima que ao que parece e tudo assim o indica está loucamente apaixonada por ele.
É esse o segredo do Lobices.
E viva o Lobices

pandora disse...

Como é meu hábito passei por aqui!
Ai, as Ramblas, xiii que saudades Júlio, e que inveja tenho de si!

E ocorreu-me que raramente um Sagitário consegue passar desapercebido... e que adoramos uma boa discussão... e que não desistimos por nada deste mundo... e de facto, gostamos de reticências... verdade Quim?

Anónimo disse...

:D eu gosto do Lobices

Anónimo disse...

Ao anónimo das 11.38 PM

Loucamente apaixonada por ele? A desancá-lo daquela maneira? Quer dizer então que as outras, que lhe fazem declarações de amor aqui e noutros lados, o detestam, é isso?
Não tenho nada a ver com essa guerra mas pareceu-me um bocado exagerado esse poder de sedução do dito senhor.

Lord Byron

amores disse...

No http://melancomico.blogspot.com/

"O canídeo, três amigas, a mãe, o tio, o avô e dois álbuns do Enrique Iglesias"

Sentia-se bastante sozinho e carente. Mandou, por isso, vir um novo amor da Amazon. Não estava era à espera que a moçoila trouxesse extras.

lobices disse...

...como de costume e antes de mais, o meu desejo de um BOM DIA à tutti!...
...depois, ó Prof, que agradável surpresa vê-lo surpreendido com os ataques e as defesas que "sofro"
...depois, ó Prof, mais ainda, saber que se vai "debruçar" sobre o meu caso?... Mas isso é honra demasiada para mim e, decerto, de tal não tanto assim merecido
...mas, quem sou eu para julgar o que os outros pensam?...
...:))
...não há segredo amigo Júlio, (acredite ou melhor, acredita que nutro uma elevada admiração por tudo o que se mostra tal como é, e a verdade, a nudez, e a mais pura transparência são atributos a que poucos se podem dar ao "luxo" de possuir e demonstrar - por exemplo o facto de o Júlio, aqui, dar a "cara" e permitir comentários é um factor digno de todo o meu respeito - admiro-o por isso) há apenas assumir o que somos e saber que não somos melhor que os outros mas ISSO não nos tira a capacidade de verbalizarmos a nossa verdade, aquilo em que acreditamos, o sermos mais verdadeiros com nós mesmos até ainda mais do que para com os outros)
...depois é saber sorrir perante a adversidade (e se eu sei o que isso é...)
...e, muito principalmente, amar do fundo do coração tudo e todos num amor sem posse nem destino (eu sei que me "gozam" quando eu afirmo isto, mas poucos conseguem lá chegar para saber o bem que isso nos faz!...)
...é que, estando bem comigo mesmo eu estou bem com todos
...por isso, venham daí mais "ataques" e "louvores" enquanto o meu amigo Profe se passeia Rambla abaixo
...um abraço
(COM BOLDS, disfarçados)

Raquel V. disse...

Pois eu também gosto muito do que o Lobices escreve (blog ou aqui).
Tem um belíssimo poder de argumentação para sair airosamente de tudo, sobretudo p n se deixar cair no ataque à pessoa que o visa.
Aliás e infelizmente eu acho que foi por isso mesmo que ele foi colocado na berlinda.


---
A propósito do facto de o Murcon permitir comentários e se verificar que as pessoas neste mundo adoram zurzir o parceiro...
Não deixo de me interrogar se um dia destes o prof. não vai perder a 'paciência' e fechá-los...
Será que um blog, em que meio mundo anonimamente pode dizer as maiores barbaridades merece a nossa exposição?
Esta questão interessa-me bastante, senão nem a colocava.


----
E como li um dia destes... aqui estou eu pelos vistos como mais uma pessoa que poderá cá vir porque é 'in'... LOL


Mas vou deixar a verdadeira razão e se parecer ridícula paciência...

Muitos assuntos não sendo tabu total eram mal aceites por parte de alguém da minha família, que não gostava de os ver referidos na TV (um pouco como o primeiro anúncio a preservativos q muita gente não aceitou bem). Foi pela mão dos primeiros programas do p.JMV, que vi essa pessoa assistir sem ser contra, que pude respirar fundo e acreditar que afinal ainda havia esperança de algo... não posso explicar melhor, mas apenas dizer que uma educação muito rígida na vida de determinadas pessoas é duríssimo.

E isto meus amigos dava uma super carta para o programa do prof.
Mas não pode ser.

----
bons dias a todos :)

Raquel V. disse...

PS: desculpem os erros e faltas de vírgulas...

Rataplan disse...

to Lobices,
"amar do fundo do coração tudo e todos num amor sem posse nem destino"
Como se consegue? Desculpe, mas tem que haver um segredo.Eu gostava! MUITO! E não estou a gozar.
"estando bem comigo mesmo eu estou bem com todos"
Isso não nos impede de melhorar? Não será preciso uma pequena dose de insatisfação?
Já repararam na semelhança Lobbies e Lobices, é apenas uma pequena provocação, lol

Anónimo disse...

A BESTA COMUNISTA

“Cunhal vem profundamente das bases da nossa moralidade e da nossa humanidade. O que leva a um ser humano tornar-se colaborador do mal absoluto? Como é que pessoas normais puderam levar a cabo um verdadeiro extermínio (100 milhões de mortos às mãos dos comunistas)? Como é que puderam contribuir para o Inferno? É claro que havia no meio deles muitos psicopatas, mas a maioria não passava de indivíduos comuns, vulgares. E este é o grande problema: este Mal conseguiu atrair tipos ditos normais.” – Quitéria Barbuda in “Os comboios dos Gulags”, Revista “Espírito”, nº 5, 2005.

www.riapa.pt.to

Rataplan disse...

Parece que a sopinha me caíu mal!

Mário disse...

Estas atrocidades mostram que não é indiferente o caminho que cada um de nós trilha. Nestes casos a clareza é gritante, mas acho que deve acontecer noutros casos sem nos apercebermos. Nomeadamente, a maneira como estamos a construir o nosso património afectivo/sexual, sem quaisquer referenciais, vai acabar por criar pessoas com uma enorme incapacidade para serem felizes.
Acho que o relativismo actual (não lhe chamaria ditadura, mas é uma pressão enorme) não é solução para a humanidade pois nem todos os caminhos constroem. Também não é solução voltarmos ao autoritarismo, mas penso que temos de encontrar referenciais comuns que nos permitam um pluralismo saudável, mas que nos dêem farois que nos ajudem a perceber que podemos estar a ir por mares complicados.

Tão só, um pai disse...

Bonita homenagem, Lobices.

Vê lá se te me angarias mais clientes para a manif em Espanha. O ideal seria almoçarmos a meio caminho com o motorista, e fazermos um desvio até à costa.

como a água que corre disse...

Não querendo contrapor com os milhões de seres humanos mortos às mãos de uma ideologia ultra conservadora, intransigente, nazi ou outra...Todas elas têm em comum os executados e os executantes, os mesmos seres com quem nos cruzamos no dia a dia e que de um momento para o outro, "saltam da história" para desempenhar um dos papeis...
O ser humano é o problema. Tudo se resume a alguns sentimentos tais como o ódio, o amor, a inveja, a intransigência, a impotência, o desespero...por vezes fico tentada em pensar que a solução é "Live and let live". Mas que grande engano! e logo, não consigo explicar porquê, lembro-me do livro de Orwell "1984". Terá a haver com uniformização?
Perdoem-me a confusão mas a instrução é pouca e eu sinto melhor que escrevo ou falo...

(Chinezzinha) disse...

Só quero aqui dar a minha humilde opinião de Quim Nogueira(Lobices)que dá a cara e não se esconde no anonimato como eu e muita mais gente.Eu terei os meus motivos e que são só meus mesmo.

Apenas uma meia dúzia de pessoas aqui na net sabe quem é a mulher que está por detrás do nick "Chinezzinha".
A "Chinezzinha" não é o que muita gente julga,porque eu adoro "provocar" tudo e todos.Por isso mesmo há muitos que amam e adoram a "Chinezzinha" e uma meia dúzia que diga mal dela,(o mais engraçado,é que quem diz mal de mim são mulheres, a quem nunca fiz mal algum) porque por vezes dou 1 ideia completamente errada de mim e faço isso de propósito.Serei louca?rsss Talvez.Não!Não sou.
Quem me conhece verdadeiramente virtualmente ou pessoalmente gosta de mim e isso é o que verdadeiramente me interessa.
Como professora que sou e tendo eu um grande grupo da MSN e um outro de poesia,terei que zelar pela minha privacidade.

Quanto aos blogs do "Lobices" adoro-os,porque escreve textos e poemas belos.
Os seus comentários aqui também são sempre pertinentes.

"Era porreiro que este blog fosse mais um espaço de troca de ideias do que de troca de bocas. Para isso temos outros espaços." Concordo em pleno com o Mário.Assino por baixo.

Peço desculpa por este meu desabafo.

Boa tarde a todos.

(Chinezzinha) disse...

Errata: Onde se lê "que diga" deverá ler-se "que diz". :$ Enganei-me.:$

l f disse...

Mais um para a camioneta, é que tenho de começar a apanhar o jeito de ir de novo às compras do mês a nuestros hermanos, valha 5% de IVA.

Facultar camionetas não é crime, e tão pouco o é demonstrar os seus pontos de vista (apesar de não concordar com eles).

Será que o Sr Lobices é ex-inspector da PJ tal a rapidez do inquérito de ontem?

Gostaria ainda de salientar que acho lamentável fazerem-se críticas directas e esconderem-se atrás do anonimato.

Gutten abend alles

Anónimo disse...

René Bertholo, Vasco Gonçalves, Eugénio de Andrade, Álvaro Cunhal ...
... então, e Carranca Redondo?

Sim, José de Oliveira Carranca Redondo [29Abr1916-15Jun2005].
Não marcou ele, tanto ou mais que qualquer dos outros, o século XX, as paisagens e as estradas de Portugal? *
Não inebriou ele, tanto ou mais que qualquer dos outros, o espírito de milhões de portugueses?
Não resgatou ele, tanto ou mais que qualquer dos outros, gerações de lusitanos da agrura dos dias e da frialdade dos montes?
Não deu ele, tanto ou mais que qualquer dos outros, sentido a milhares e milhares de noites naquela longa noite?

Por isso, portuguesas e portugueses, o mínimo que podeis fazer, em preito de gratidão, é comparecerdes pelas 17 horas de hoje.
Todos à Lousã!!!

* E continua a marcar, mas tenham lá paciência, a produção proíbe-me de dizer marcas aqui.
___________________________________
D.

Maze disse...

"amar do fundo do coração tudo e todos num amor sem posse nem destino" demorei 40 anos a chegar lá e ja levo 48 de vida.... Aqui está um tema para a passadeira vermelha...
Boa tarde a todos

Rataplan disse...

To maze,
Completemente de acordo! Ainda não cheguei lá, mas também parti com atraso.Aceitam-se dicas.

rataplan disse...

Lobices? Lobices?
Are you there?
Volta que sentimos a tua falta.

Bernardo disse...

Hello!

Este blog é muito cosy, mas como tenho uma tese para escrever e aqui não se brinca em serviço, é-me difícil aparecer... vou só espreitar de vez em quando.
Um abraço para todos.


Bernardo

l f disse...

Vou nos 29 e, à luz da "nossa" (minha) sociedade e restantes envolvências, é-me difícil imaginar amor sem destino e, completamente impossível sem posse.

O mais parecido com amor sem posse nem destino foi um filme cujo título não me recordo, com o Nicholas Caje que interpretava um alcoólico em fase terminal e tem uma relação amorosa com uma prostituta.
Just love, no strings attached ;D

l f disse...

Cage em vez de Caje!

Anónimo disse...

Chinezzinha,

Como professora, não acha que devia ser mais cuidadosa na redação dos seus comentários? Excesso de advérbios de modo na mesma frase. O tom coloquial não pode justificar tudo.

O Prontuário

lobices disse...

...to Cláudia at 9.37 PM:
...
...na verdade, é melhor falarem mal de nós do que nos ignorarem
*

lobices disse...

...to Katraponga at 9.59 PM:
...
...obrigado pelas Boldices!... :)

lobices disse...

...to o homem que gosta de bold:
...
...acima os bolds, abaixo o lobices

andorinha disse...

Olá Júlio e maralhal.

Só umas achegas aqui da andorinha.

Lobices,
Tás feito, homem! :)))
Sob as luzes da ribalta...
Daqui não vem nenhum ataque, sabes disso. Apesar de algumas discordâncias pontuais, gosto muito do que escreves, da tua sensatez e da tua forma de encarar a vida, já te disse isto mais do que uma vez.
Fossem todos como tu ...
Destaco uma frase - "...é que, estando bem comigo mesmo eu estou bem com todos".
Sem dúvida, Quim, penso o mesmo.
Bem, ressalvando apenas que se calhar não com todos, "apenas" com aqueles que também estão bem com eles próprios.

lobices disse...

...to Mário at 11.09 PM:
...
...obrigado pelas palavras amáveis

lobices disse...

...to anónimo at 11.38 PM:
...
...obrigado; segredo? humm, não tenho... e...viva toda a gente!...

lobices disse...

...to Pandora ate.12.05 AM:
...
...claro que sim, carita laroca, claro que os Sagitarianos gostam de reticências!... **

lobices disse...

...to anónimo at 12.13 AM:
...
...gostas de mim? Obrigado :)

lobices disse...

...to anónimo lord byron at 1.31 AM:
...cito:
pareceu-me um bocado exagerado esse poder de sedução do dito senhor.
...
...é...são todos uns exagerados!...
...claro que não, claro que não

lobices disse...

to Raquel V. at 12.52 AM:
...
...obrigado por gostares dos meus escritos :)

yulunga disse...

Lobices, o teu segredo resume-se a uma palavra apenas, mas não digas que não o tens. Os outros só têm que o descobrir neles próprios.
Por mim enlameava-me um pouco agora

lobices disse...

...to Rataplan at 1.14 PM:
...cito:
Isso não nos impede de melhorar? Não será preciso uma pequena dose de insatisfação?
...claro que sim, claro que sim
...constantemente

andorinha disse...

to Raquel v. at 11.52

Gostei do que escreveste.
Se o Júlio perdesse a paciência, acho que já a teria perdido há muito tempo.:)
E as "barbaridades anónimas" ignoram-se; não é o blog que tem "culpa".
E íamos nós deixar de comentar por causa dos anónimos?!
Se calhar até é isso que eles querem...
Por mim, é como se eles não existissem.

to chinezzinha at 3.07 pm

"Era porreiro que este blog fosse mais um espaço de troca de ideias do que de troca de "bocas". Para isso temos outros espaços".
Concordo totalmente contigo e com o Mário.
Já o disse aqui várias vezes mas se outros pensam o contrário, que poderemos nós fazer?
Mais uma vez, "passar por cima".

lobices disse...

...to Chinezzinha at 3.07 PM:
...
...grato por gostares do quim nogueira (o lobices)
*

lobices disse...

...to Maze at 3.30 PM:
...cito:
"amar do fundo do coração tudo e todos num amor sem posse nem destino" demorei 40 anos a chegar lá e ja levo 48 de vida.... Aqui está um tema para a passadeira vermelha...
...
...apenas para rectificar: em vez de 40 e 48, é: 50 e 58!... :)

lobices disse...

...to andorinha at 4.33 PM:
...
...estou na ribalta?... Claro, olhó pa mim aí ao lado... é só pose de mim mesmo!...LOL
...aproveitei mas achei que deveria responder a todos *

andorinha disse...

to Lobices at 4.35

"Claro que sim, claro que os sagitarianos gostam de reticências!..."
Como Sagitariana tenho que te dizer - nada de generalizações.
Eu não gosto ( de reticências, quero eu dizer)
De resto totalmente de acordo com a Pandora - raramente conseguimos passar despercebidos:), adoramos uma boa discussão e não desistimos por nada deste mundo...

lobices disse...

...to Yulunga at 4.41 PM:
...
...eles que descubram o meu "segredo"?
...humm, será?
...ok, vou-me enlamear um pouco mais; para já vou tomar uma bica!...
...gosto de todos vós

andorinha disse...

Júlio,
Para quando um daqueles seus posts que nos encantam e nos fazem pensar?
Já começa a ser tempo.:)))
(Não é nenhuma provocação, é apenas o que eu sinto).

yulunga disse...

Andorinha, e não me digas que este tipo de post não nos faz pensar.
Pensamos muito no que vamos escrever, a quem vamos atingir e de que forma vamos brilhar mais que os outros.

Já agora mais um disse...

Ó menino Julinho, basta o menino dizer A, ou E, ou qq outra coisa e cá caem centenas de posts. Não há nada como ser figura mediática para que todos o visitem.
Imaginem, os outros, que este blog era igualzinho a ele mesmo MAS sem o nome do menino Julinho por detrás. Vinham cá deixar comentários, vinham? E estes assíduos que escrevem mais aqui do que nos seus próprios blogs, vinham?
Pois é... Nem eu.

(Chinezzinha) disse...

Para:
Anônimo disse...
Chinezzinha,

Como professora, não acha que devia ser mais cuidadosa na redação dos seus comentários? Excesso de advérbios de modo na mesma frase. O tom coloquial não pode justificar tudo.

O Prontuário

4:24 PM

Anónino
A utilização de vários advérbios na mesma frase foi intencional.

Não gosto de corrigir o modo de escrita dos outros ( a não ser a dos meus alunos) nem tão pouco faz o meu género,mas escreveu incorrectamente redacção"... cuidadosa na redação dos seus comentários..." o que por certo foi engano,penso eu.

Gosto de uma escrita simples e informal e apesar de ser professora,posso me enganar como qualquer um.

Senti a sua crítica não a mim,mas aos professores em geral.
Infelizmente, hoje em dia não há o mínino respeito pela nossa profissão.No tempo da minha mãe o professor era tão respeitado como o padre da freguesia.
Gostaria de ver certas pessoas que nos criticam, a darem aulas nos dias de hoje, para verem o que nós passamos.
Não é à toa que grande parte dos "clientes" dos psiquiatras e psicólogos são professores.
O ensino como todos sabem está péssimo,mas por favor não acusem tanto a nossa classe.Recebemos ordens superiores.
Sabe o que o ano passado a DREN comunicou para a minha escola?Para passarmos todos os alunos.Acha isso correcto vindo de onde veio?(Esta informação tinha a intenção de ser confidencial, mas não resisti a colocá-la aqui).
O ensino está podre e isto tem que levar uma reviravolta muito grande.

Beijos

(Chinezzinha) disse...

Não podemos fazer nada Andorinha.

Beijos

yulunga disse...

já agora mais um.
E isso é importante saber?
O importante é participar (frase muito pensada)
Agora brilhei, ok?

andorinha disse...

Yulunga,

A mim não.
Gosto de temas que me obriguem a reflectir e a lidar com diferentes pontos de vista, é isso que eu quero dizer.
E posts como este não se prestam muito a isso, é a minha opinião.

E depois então é que não percebo mesmo o que dizes.
Apanhaste muito sol aí em Cascais?:)
"...pensamos a quem vamos atingir e de que forma vamos brilhar mais que os outros."
Nem parece teu, ou então fui eu que apanhei sol a mais.:)
Explica-te ...

yulunga disse...

Andorinha tanto a arrogância como a humildade devem ser doseadas por isso apeteceu-me falar/criticar para/a geral com uma frase na 2ª pessoa do plural, onde também me incluo.
Se outra pessoa o tivesse escrito eu estaria a lê-lo

já agora mais um disse...

Ó Yulunga, convenhamos que basta o menino Julinho dizer A, ou E, ou qq outra coisa que cá caem centenas de posts.
Imaginem, os outros (eu tb), que este blog era igualzinho a ele mesmo MAS sem o nome do menino Julinho por detrás. Vinham cá deixar comentários, vinham? E estes assíduos que escrevem mais aqui do que nos seus próprios blogs, vinham? Acham mesmo que o importante é participar? Em quê?
Serve-lhe o tema, Andorinha?

Maze disse...

Voltou a chegar à minha caixa de correio o tema educação sexual nas escolas, sobre um (ou mais) manual supostamente adoptado melo Ministerio da Educação (que devia de ser ensino e não educação, digo eu). Aquilo é pesado... e muito violento, insinuações de pedastria...
Estamos muito evoluidos...

P.S. O tema não era este...

yulunga disse...

já agora mais um
E em que participas tu neste momento?
Numa troca de ideias comigo?
E que ganhamos com isso?
Nada? Muita coisa?

lobices disse...

...to Já agora mais um at 5.38 PM:
cito:
Ó menino Julinho, basta o menino dizer A, ou E, ou qq outra coisa e cá caem centenas de posts. Não há nada como ser figura mediática para que todos o visitem.
Imaginem, os outros, que este blog era igualzinho a ele mesmo MAS sem o nome do menino Julinho por detrás. Vinham cá deixar comentários, vinham? E estes assíduos que escrevem mais aqui do que nos seus próprios blogs, vinham?
Pois é... Nem eu.

...
...pois é: nem tu vinhas!... Mas não resistes à "tentação" e vens! Vens a coberto do anonimato; às tantas és um ou uma dos muitos que por aqui pululam a debitar palavras para gáudio do nosso amigo Profe e de todos os outros que por aqui andam, como eu
...é apenas por uma única razão:
...por RESPEITO...
...respeito pela pessoa que JMV é e representa na nossa Sociedade
...respeito pelos seus escritos, pelas suas falas, pelo seu porte
...e, principalmente e aqui, pela coragem que teve em dar a cara e permitir que se comente e "discuta" as opiniões correctas ou erradas de cada um de nós
...admiro, por exemplo, também o JPP mas o seu Abrupto não permite concordar ou discordar dele; no entanto, também o leio todos os dias... por isso, mesmo que JMV estivesse aqui sem comments ele teria a minha assídua leitura e manteria na mesma o seu estatuto
...

já agora mais um disse...

Completamente de acordo. Não me demarquei da vossa militância. Tentei levantar a discussão para eu mesmo compreender a razão por que aqui venho.
Por respeito, sim, Lobices.
O anonimato serve apenas para não assinar Júlio (meu nome próprio) que não é mais esclarecedor do "já agora mais um". Não é o que somos todos? Já agora mais um.
Boa tarde, maralhal. Sejam felizes!

Anónimo disse...

Chinezzinha,
agradeço a correcção e aceito as justificações dadas. Não era, de todo, minha intenção menosprezar o papel dos professores. Lamento que assim o tenha entendido. Boa sorte para si e todos os seus meritórios colegas.
Um abraço

O Prontuário

yulunga disse...

já agora mais um
Sabes o que acho que nos faz vir aqui?
Para além da vontade de comunicar(que julgo ser uma caracteristica comum a todos os que frequentam a net), a própria sociedade que sofre de indiferença e de solidão acaba para nos empurrar para esta forma de comunicação.
No tempo que eu era miuda os desconhecidos facilmente falavam uns com os outros na rua, hoje em dia isso é quase impossivel.
E por vezes falar com quem não nos conhece sobre vários assuntos é bom. Como não nos conhecemos o que falamos é isento não tem qualquer tipo de influência, de opinião formada sobre o outro. Pode ser um tipo de conversa rápida mas muito proveitosa.

Pamina disse...

Boa tarde,

Quanto à minha opinião sobre o Lobices, expressei-a na terça-feira, antes de toda esta polémica, portanto penso que não é necessário dizer mais nada sobre o assunto.

Gostaria de destacar também o comentário do Mário citado pela Chinezzinha (3.07) e, posteriormente, pela Andorinha.
Pessoalmente, o que me traz aqui é a oportunidade de "comunicar" com um escritor que aprecio e de trocar ideias com pessoas que têm os mesmos pontos de vista que eu, ou divergindo deles, saibam discutir essas diferenças de modo civilizado.
Penso que também há espaço para comentários bem humorados (vulgo piadas), desde que não sejam de mau gosto e não agridam ninguém.

Maite disse...

Olá Maralhal e Professor
Hoje fico só a ouvir a música e a ler-vos :)
Bem, talvez não devesse dizer isto, mas é só para desejar boa tarde :)

(Chinezzinha) disse...

Prontuário

Deixe lá.Não faz mal.
O que me revolta são algumas pessoas que falam sem estarem dentro do assunto e nos criticam a nós professores,por tudo e por nada.
Bem sei,que há professores e professores, como em qualquer profissão.

Uma coisa me chocou foi quando entrevistaram alunos para o telejornal e vi que quase nenhum deles sabia quem tinha sido Álvaro Cunhal.
Não sei como a televisão faz a selecção,mas tenho consciência de que se entrevistassem alunos meus, estes dariam respostas correctas,pois preocupo-me em não dar somente a matéria do livro, como também em falar com eles sobre diversos temas desde históricos,astronomia,sexualidade,drogas, entre outros.
E precisamente há uns tempos atrás,aquando do Estado Novo,expliquei-lhes quem tinha sido Álvaro Cunhal,assim como outros políticos.
Sinto vergonha, que nem todos os colegas o façam e se limitem a "despejar" somente a matéria que vêm nos manuais.
Admito que os programas sejam longos,mas sempre se arranja 1 tempo para falar sobre outros assuntos que também quebram a rotina das aulas,deixando estas mais interessantes.

Desviei-me do tema do post.ops:$
Sorry

Beijos

andorinha disse...

Yulunga ( 5.52)
Fiquei mais esclarecida.:)

lobices disse...

...to Já agora mais um at 6.15 PM:
...cito:
Completamente de acordo. Não me demarquei da vossa militância. Tentei levantar a discussão para eu mesmo compreender a razão por que aqui venho.
Por respeito, sim, Lobices.
O anonimato serve apenas para não assinar Júlio (meu nome próprio) que não é mais esclarecedor do "já agora mais um". Não é o que somos todos? Já agora mais um.
Boa tarde, maralhal. Sejam felizes!

...
...é Júlio, é o que somos todos na verdade; apenas e só mais um. Um abraço :)
...

Jessie disse...

Ola!

De volta de umas mini-ferias em Tugal que me souberam tao bem... Aquele Sol, aquela luz, aquela gente...

Aqui fica uma mensagem para todos que 'postam' aqui e em qq outro lugar: somos so mais um, sem duvida... mas cada um tem mais qq coisa, algo de especial, que torna a sua participaçao aqui no blog do Professor (e em qq outro lugar) imprescindivel... :-D

Parafraseando o 'mestre': Fiquem bem...

Beijinhos,
Da'asouqah

E&E disse...

lobices já agora + 1 yulunga e todos os q ñ referi,
hoje e aqui, estão todos iluminados com a razão e mta graça.
Será da aproximação do solstício?
Abençoados.

E&E disse...

pamina, desculpa, era por ti q tinha começado a frase mas o nome sumiu

E&E disse...

já agora + 1

nem eu

mas, figuras tutelares são o q se sabe:
e o nosso olhar de refugiados distingue-se em qualquer lado.

Lembranças

(Chinezzinha) disse...

Não sei bem o que é,mas confesso que a interactividade nos comentários me fascina e me faz vir aqui.Nunca vi tal coisa noutro blog.

Não levem a mal o que vou escrever, mas por vezes sinto-me como se estivesse no meio de doidos,outras vezes tenho a sensação que estamos numa mesa de café a conversar.:S Acho que estou a ficar louca.:$ :S:S rssssss

Tem algo de mágico que não consigo entender.Não sei se é por o blog pertencer a alguém que respeito e admiro...só sei que me sinto bem aqui.
Talvez JMV consiga explicar isto.rss

Não sou mt assídua porque tenho tido imenso trabalho,agora que se aproxima o final do ano lectivo e também pq tenho os meus 2 grupos da MSN que dão 1 "niquinho" de trabalho.

Desde já uma boa noite a todos.
Fiquem bem!
Beijinhos

P.S. Toca a fazer greve:s Já viram um professor com 60 e tal anos a dar aulas? Dores daqui,dores dali,falta de visão,artroses rsss Estou a rir-me mas o caso não é para rir-mos:S

Anónimo disse...

Desculpem: "rirmos" ou "rir-mos" como escreve ali uma Professora?

(Chinezzinha) disse...

Anónimo
É rirmos:o Futuro do conjuntivo.

(Chinezzinha) disse...

Rssssss Anónimo quem és??
Estou curiosaaaaaaa:P

a empregada da limpeza disse...

ena
Hoje deram-me pouco trabalho.
Já ficou tudo limpo.
Até amanhã

mje disse...

chinezzinha

"Estou a rir-me mas o caso não é para rirmos" porque, hoje e na próxima semana, não deveriamos rir dos estudantes ou rirmo-nos, cá para nós, das suas frustações.

O facto de se lesar milhares de jovens na difícil transição do 12º ano, entre outras, não é certamente pedagógico e derruba as expectativas e a confiança política (nas políticas).

"Dores daqui, dores dali, falta de visão, artroses rsss"???? Aos 60 anos???? uhmm.. não me parece.

Mas, respeito as suas dores e a sua visão porque este tema interessa-me. Voltamos a ele para a semana?

(Chinezzinha) disse...

mje
1º qt à sua correcção "Estou a rir-me mas o caso não é para rirmos", eu já a tinha feito,caso não tenha reparado.

Os professores são igualmente pais.Gostamos dos nossos alunos ao contrário do que alguns possam pensar.Preocupamo-nos com eles,por vezes muito mais que certos pais,que não ligam a mínima para os filhos e só se preocupam em mandá-los para a escola.E qd não têm onde os deixar, pensam que podemos ser nós a cuidar deles.
Tb tenho 1 filho e qd há greves e a escola fecha,ele fica em casa pq é muito "atinadinho".Mas se não fosse eu faltaria para tomar conta dele.Faria o meu papel de mãe e encarregada de educação.

Sempre discordei das greves às sextas-feiras.Sou a favor sim de greves às avaliações e exames,pois dão impacto.

Veja o caso das greves dos médicos.Essas greves podem por vezes pôr vidas humanas em risco.Contudo, têm o seu direito à greve, tal como nós temos ou deveríamos ter.

O efeito de uma greve têm-se que fazer sentir.Caso contrário,mais vale não a fazer.

Se realmente se fizer greve os filhos dos professores tb são afectados.Esqueceu isso?
Queremos o melhor para os alunos e para nós.Algum pecado nisso?

Será que os pais não pensam que os seus filhos ou netos irão ter professores já sem algumas capacidades para leccionar?Acho que isso os deveria preocupar também.

Se eu ainda sou nova e me canso o que será qd tiver mais de 60 anos?E como eu, todos os meus colegas.Lembre-se que os alunos de hoje não são como eram na década de 70 ou 80.
Hoje em dia grande parte deles,não estuda e não respeitam o professor.

Beijos

(Chinezzinha) disse...

Outra coisa,que me esqueci de referir.
Hoje os exames pelo que sei,pelo menos aqui na zona onde moro realizaram-se e penso que também se irão realizar para a semana.

Infelizmente a classe dos professores não é unida, como por exemplo a classe dos médicos.

Os auxiliares de educação educativa,têm tb dado uma lição aos professores.Apesar de ganharem uma miséria, unem-se e conseguem encerrar as escolas,coisa que os professores raramente conseguem.

Mas gostaria de deixar claro,que eu como professora gosto muito dos meus alunos e nunca os prejudiquei desde que comecei a dar aulas.

andorinha disse...

Chinezzinha,

Não poderia estar mais de acordo.
Também sou professora e por isso sei que tudo o que dizes tem toda a razão de ser.
Sinto-me tremendamente revoltada por o Ministério da Educação estar a tratar os professores como se estes fossem uma massa amorfa e acéfala que tivessem que aceitar todos os "disparates" que vêm de cima.
E a arrogância e inflexibilidade da ministra é de bradar aos céus.
Portanto, profs. do Norte - quarta feira sim à greve. Mais do que nunca é necessário lutar pelos nossos direitos.
Outros não o farão por nós.

andorinha disse...

chinezzinha,

Pois... na escola onde lecciono também se realizaram todos os exames e penso que também em todas as escolas aqui da zona.
Para a semana poderão não se realizar todos, devido à greve. Na minha escola muita gente vai aderir, portanto a situação será diferente. Hoje não era dia de greve, havia "apenas" a manifestação.
Os Telejornais ao divulgarem hoje a notícia de que todos os exames decorreram com normalidade (embora isso possa ter sido um facto) estão a tentar dar a ideia de que afinal os professores não reagiram e acabaram por ser "compreensivos" em relação às medidas do governo.
Isso é uma forma, mesmo que encapotada, de desmobilizar os professores. Para hoje não havia nenhuma greve convocada, para a semana sim.
Não nos deixemos por isso enganar por toda a propaganda que é feita até com papázinhos na televisão muito queixosos porque os filhinhos vão ser prejudicados pela não realização dos exames.
A finalidade é sempre a mesma - desincentivar de fazer greve quem ainda está indeciso.
E claro que gostamos dos nossos alunos, isso não está em causa.

(Chinezzinha) disse...

Pois é Andorinha. Tens toda a razão Eu também vejo isso. Só falei que se calhar para a semana se iriam realizar os exames porque se for como na minha escola, metade dos colegas não a faz.
Muitos não a farão porque o dinheiro lhes irá fazer falta, outros simplesmente por comodismo, outros talvez por medo e outros por falta de informação ou mesmo burrice.

Eu comecei a dar aulas em 1989 e fiz greve somente 2 vezes, logo no início da carreira. Uma delas às avaliações. E porquê? Porque durante 9 anos fui Prof. contratada e na altura os sindicatos nada faziam pelos meus interesses. Por essa razão saí do sindicato.
Quando terminei o meu curso não havia estágios integrados e para me profissionalizar tive que recorrer à Universidade Aberta. Entretanto muitos foram passando à minha frente e estão já efectivos há muitos anos.
Hoje estou nos Quadros de Zona Pedagógica e sou injustamente favorecida em relação aos professores de quadro de escola.
Se concorresse a 10 escola por exemplo ficaria efectiva, mas dada a situação actual isso não me interessa. O meu marido teve o "azar" de ficar efectivo de escola há dois anos e enquanto eu fico na escola que coloco em 1º lugar, ele que concorre pela lei dos cônjuges não fica nunca na 1ª escola a que concorre.

Mas desta vez eu faço greve. Podes estar certa. O dinheiro que vou perder vai-me fazer falta, mas irei fazer greve.

A subida de escalões por mérito se vier a ser aplicada pode não ser justa, porque todos sabemos que há os "queridinhos" dos Conselhos Executivos, nem sempre os mais competentes.

Andorinha. Eu estou farta, sabes? Farta de tanta injustiça e demasiado desmotivada.

Beijos

andorinha disse...

chinezzinha,

O dinheiro faz falta a toda a gente, mas não nos podemos deixar levar por isso. teremos que abdicar de algo agora para não virmos a ser mais penalizados no futuro.
Estás farta e desmotivada? Eu entendo-te, às vezes também estou.
Mas temos que lutar, senão então é que não conseguimos mesmo nada.
Força! Há mais pessoas a pensarem e a agirem como nós, acredita.
Não deixes que o desânimo leve a melhor.
Beijinho e bom fds.

(Chinezzinha) disse...

Andorinha
O meu fim de semana vai ser a corrigir testes,trabalhos e a fazer dois relatórios.:(
Bom fim de semana para ti tb.:)

Beijinhos

mje disse...

Amigas professores
Li atentamente as vossas razões e o comentário de hoje no blog do Almocreve das Petas que se debruça sobre o mesmo assunto.

Então, e mudando de opinião, passo a dar-vos razão.

Mas façam o favor de me desculpar se essa mudança se deve, não tanto à razão das caras amigas, mas à do Almocreve, quando escreve (o texto integral tem mto interesse mas resumo-o aqui):

"o Ministério do Trabalho e Segurança Social, (...) e o Ministério da Educação, produziram em parceria no dia 14 de Junho último, um extraordinário Despacho, em resposta à convocação de greve pelas organizações sindicais dos professores, (...). (...).

As insignes tutelas, no intuito de contrariar as greves dos docentes do ensino básico e secundário, marcadas para a próxima semana, estabeleceram uma invulgar peça de teor injurídico, expondo uma interpretação de "serviços mínimos" sem sustentação legal aplicável (...).

A ironia do Despacho, pelo talento do seu escriba, reside no facto de ser direccionado, sem minúcia alguma, contra o pré-aviso de greve da FENPROF (sic), supondo o leitor que não existam mais organizações sindicais que a subscreveram ou, admitindo mesmo, que tais infectas organizações se tenham evaporado, tout court. Depois, todo o articulado tem em conta a aplicação dos artigos 598º e 599º do Código de Trabalho (Lei nº99/2003), sem que se vislumbre, aí, qualquer pretensão para determinar essa "necessidade social impreterível que é a realização dos Exames Nacionais do Ensino Secundário", e coeteris paribus a exigência de serviços mínimos que, perante a inexistência de actividades lectivas nas Escolas e face à convocação de todos os docentes para a realização dos exames, significa, em linguagem de outros tempos, uma simplória requisição civil, com a bondade de permitir (helás) o direito à greve e a mais uma trapalhada socialista.

Na verdade, este estimulante exercício em prol do serviço público mínimo deveria, no invés, ser administrado para dar às famílias e ao País, um ensino curricular de qualidade, uma avaliação de rigor, maior responsabilidade e autonomia às escolas e aos seus clientes, autoridade aos professores e órgãos de gestão, exigência de participação e responsabilização dos pais e da comunidade escolar no processo educativo, isto é, um "serviço mínimo" de qualidade. Isso sim, é que era uma "necessidade social impreterível". "

Eis um resumo texto que merece ser lido na íntegra.
Eis o pedido de desculpas de alguém que já fez n greves na FP.

(Chinezzinha) disse...

Mje

Em primeiro lugar muito obrigada por me ter dado a conhecer o blog Almocreve das Petas que eu desconhecia e do qual fiquei fã.
Li o texto lá no blog e não foi novidade o que li. Pensei que todos estivessem ao corrente da situação. É um post muito bem escrito, mas gostaria de acrescentar aqui um artigo da SPN:

Direito à greve não está posto em causa


Direito à greve não está posto em causa

1. O Diário de Notícias de hoje, 17 de Junho, noticia em largo destaque na 1ª página que "Professores levam falta se forem à manifestação", acrescentando que se não comparecerem aos exames "serão punidos com falta injustificada".

2. Felizmente, tal "notícia" é falsa. De facto, impedir qualquer português de participar numa manifestação ou ameaçá-lo por tal decisão far-nos-ia remontar a tempos em que as manifestações eram proibidas. Deve de resto sublinhar-se que o próprio Ministério da Educação tem insistido em que não pretende limitar os direitos sindicais, nomeadamente o direito à greve.

3. Não haverá nunca qualquer falta injustificada por alguém participar na manifestação convocada para as 14,30 de hoje, mesmo que para tal os docentes tenham faltado a actividades lectivas. Para salvaguardar tal situação – e só com esse objectivo -foi apresentado em devido tempo um pré-aviso de greve. (Aproveita-se para esclarecer que não foi convocada para hoje, 17 de Junho, qualquer greve de docentes: o pré-aviso entregue destina-se apenas a possibilitar a participação na Manifestação e só deve ser usado com esse fim!)•
4. Relativamente às greves de docentes convocadas para a próxima semana, esclareça-se que o facto de, embora ilegalmente, em nossa opinião, o Ministério da Educação ter obrigado as escolas a convocar para o serviço de exames todos os professores, tal não impede, como a própria ministra tem afirmado, que os professores exerçam o seu direito de greve, não comparecendo na escola ou, fazendo-o, recusando-se a qualquer serviço.

5. A FENPROF lamenta que um jornal com sólidas tradições como o DN preste um tão mau serviço jornalístico aos seus leitores.

6. A FENPROF vai solicitar aos órgãos competente procedimento criminal contra o DN.
O Secretariado Nacional da FENPROF

http://www.spn.pt/

Isto porque, ainda hoje vários colegas meus pensavam não poder fazer greve dia 22, sob pena de falta injustificada.

Por último penso que não tem que pedir desculpas.Não me importo que tenha mudado de opinião, só por ter lido o texto no Almocreve das Petas.E também como é óbvio não é obrigado a fazer greve.


Beijos

VilarFormoso disse...

O Julinho é fino que nem um alho... TOCA A DESPEJAR... TOCA A PURGAR... O último que puxe o autoclismo... digo eu!

Tudo o que eu li foi... Blá! Blá! Blá! Lobices é um isto! Blá! Blá! Blá! Obrigado a quem me ama e me aplaude... e a quem me dá atenção... UPS!!! Blá! Blá! Blá! eu vou descarregar aqui o esterco sobre este assunto para não dar cabo dos assuntos seguintes...

... Magnífico ...
... Magnânimo ...
... Estratégico ...
... Contemporâneo ...

JMV... O homem que cada vez mais comenta menos no próprio blog...

Será um sinal? Não!!!
Será que ficou sem paxorra? Não!!!

É porque NÃO INTERESSA!!! VIVA!!!
:|

... Fabuloso ...
... Divinal ...
... Delicioso ...
... Animal ...