domingo, outubro 02, 2005

Just an ordinary man.

Não tenho graves defeitos
nem tão-pouco grandes qualidades.
Leve portanto a barca
vai do lastro mais perigoso.

Tenho porém fortuitos golpes,
curtas memórias, amores subtis,
gulosas sensações bem mais que sentimentos.
Será isto pano para a vela,
vento, seco pau do remo?

Pedro Tamen, Guião de Caronte.

62 comentários:

Anónimo disse...

I read your blog. Visit me sometime. Thanks. discount shopping

Su disse...

não é que eu tb não tenho graves defeitos nem gdes qualidades mas tenho resmas/paletes de golpes; memórias; amores; sensações...
enfim sou ordinária
jocas maradas

Anónimo disse...

acho que qualquer que seja a coisa que você escreva aqui, há-de ser sempre bastante comentado...

Anónimo disse...

frequentemente os comentários deixando de ter a ver com o post e derivando para a agenda pessoal dos habitués num processo um pouco cansativo

vela disse...

mas o mundo é isto mesmo – um mar bravio com umas ilhotas onde, quando pousamos durante muito tempo, apodrecemos

PortoCroft disse...

Caro Prof. m8,

Saia desse impasse. Lance a barca à água. Solte a vela ao vento. Mergulhe o remo nas águas. Aproveite os amores subtis e usufrua das gulosas sensações.

(O maralhal fica expectante do resultado das suas pesquisas) ;))))

papu disse...

É o primeiro blogue que visito onde o autor e seus comentadores se sentam à mesa do café, em alegre cavaqueira, pelo prazer da palavra e das ideias trocadas. E de tal forma que até se encontram todos para jantar, para prolongar o prazer da conversa ao vivo e a cores. É raro, e muito bom, acho eu, na minha modesta opinião. É engraçado porque a vossa relação enquanto grupo parece a de velhos amigos. E, se não for assim para que raio é que serve um blogue? (pergunto eu, na minha ignorância...)

Sim, também pertenço ao grupo dos ordinários (neste caso ordinárias). Nem melhor nem pior que ninguém. Aliás, o que nos faz melhores (ou piores) é muitas vezes aquilo que entregamos aos outros, que somos para os outros e que sentimos com os outros.

Su disse...

..eu já disse que detesto anonimos??
ainda por cima insistentes!!!!
sado???
ok se assim é continua entrando, lendo e depois olha no espelho e bate- te.... mas com força....

A.na disse...

"As grandes épocas da nossa vida
são as ocasiões em que ganhamos coragem para rebatizar as nossas más qualidades como nossas melhores qualidades."
(Nietzsche)

Por isso Dr.
tem aqui
é muito
pano para mangas!
Um abaço.

Pamina disse...

JMV:
Acho que chega para fazer a viagem com tranquilidade, passar no exame com distinção e entrar nos Campos Elíseos.:)

JMV e Maralhal:
A propósito do tema da última viagem, vou deixar um poema do Henrique Dória (autor do blog Odisseus) que os participantes do jantar do Murcon tiveram oportunidade de conhecer.

BARCA DE CARONTE
Para mim virá sempre com a primeira neve
encostará uma asa ao vidro suave
da janela
atravessá-lo-á em silêncio
de porcelana e tornará fria
a lâmpada que guarda
a minha cabeceira.

Depois o terrível bico
há-de apagá-la
e colocar-me nos lábios a moeda
para que a sombria barca me conduza
ao lugar
onde o nada irá dar enfim
um sentido às coisas que o não tinham.

HENRIQUE DÓRIA-Escadas de Incêndio

Acho este poema lindíssimo.
Durmam bem.

Anónimo disse...

Encontrei este BLOG
http://meucasamentominhafelicidade.blogspot.com/

que achei que ias gostar de ler ...

Boas leituras e bom blog.

yulunga disse...

Bom dia maralhal.

Paula disse...

Yulunga,

Bom Dia!
Para não dizeres que ninguém te diz bom dia! ;-)

Manolo Heredia disse...

anónimo 11:48,
A inveja é pecado.
Não pense que o desaparecimento do blog murcon fará desviar algum comentário para o seu blog (se é que o tem).
Vá confessar-se!

fora-de-lei disse...

Mas será que um 'homem vulgar' não se pode dar ao luxo de “pilotar outro tipo de embarcação” ?!

andorinha disse...

Bom dia gente!

Tal como a su, também sou ordinária.:)
E tal como ela também detesto anónimos, mas já que não se pode exterminá-los:), podemos , pelo menos, ignorá-los.

Yulunga,
Bom dia!
Hoje entraste tarde ao serviço.
Costumas picar o ponto mais cedo.:)

andorinha disse...

Só uma pergunta que deixo à consideração de todos ( presentes e ausentes):)

Antes de existir este blog onde é que certas pessoas, anónimos e não só, descarregavam as suas frustrações, agressividade gratuita e mesquinhez?

Até mais logo.:)

yulunga disse...

Paula
;-) Obrigada.

Andorinha.
Não estava a conseguir entrar.

noiseformind disse...

Bem, penso que um homem que se amanda a Lisboa sozinho com a sua muda de roupa, o seu desodorizante e a sua pasta de dentes e lá chegado confrateniza non-stop com este maralhal bom e com outro grupo de pessoas (e conhece pessoalmente e faz de guia ao rapper 50 Cent, que é um baixote espectacular), não pode ter assim TANTOS defeitos!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

; ))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))

O meu obrigado ao Metro de Lisboa por ter metido aquelas cancelas a fechar tão devagar. Fiz 15 viagens de metro e só piquei o bilhete 4 vezes loooooooooooooooooool

Quanto a anónimos tamos falados já lá de trás ; )))))))

A e. não apareceu, e não pode dizer que não tavamos visíveis, pareciámos uma florista lá no Espalha Brasas!!!!!!!! loooooooool loooooooooooooooooool loooooooooooooooooooool

Queria agradecer à Filó especialmente por me ter ter dado um bocadinho da sua volúpia, mas eu tb não fui de modas e partilhei com ela a minha paixão ; )

(para os más-línguas que já estão aí a pensar coisas menos dignas avisa-se já que volúpia filhada e tarte de maracujá (passion fruit em inglês) são nomes de sobremesas. Suas mentes PERVERSAS)

E o meu obrigado à Paula por ter fugido elegantemente comigo do Cacau da Ribeira, a Yullie pode ter ficado chateada mas acho que lhe salvámos a vida loooooooooool

O Vic já tem as fotos e julgo que em breve as vai publicar no blog do jantar ; )))))))))))

O Ju já merece uma condecoração do presidente por nos ter juntado malta ; )))))))))))))))))))

Corrector de conteúdo disse...

Eu acho importante estabelecer a diferença entre ordinário/a e vulgar/comum. A língua Portuguesa é muito traiçoeira, principalmente quando se fazem traduções literais de termos estrangeiros ;)

yulunga disse...

Noisie
Tu apenas me estragaste a negociação com o gang.
Eu iria trocar o cigarro por meio charro, que iria ser-te oferecido na totalidade.
Preocupa-me bastante o facto de não dormires, o que te faz por vezes dizer algumas barbaridades por estas bandas.
Acho que andas a precisar de umas boas pedradas.

yulunga disse...

A todo o maralhal.
O encontro correu muito bem e parece que se vai repetir de novo no próximo fim-de-semana.
Quem quiser.... Que vá ficando de olho.

P.S. Agradecimentos ao PP e ao fora da lei, que apesar de não terem estado presentes não deixaram de enviar MMS/SMS com desejos de boa murconice.

Vampiria disse...

Este poema fez-me lembrar uma música que gosto particularmente, em que se diz, "i'm just a face in the crowd..." .
Um abraço grande*

yulunga disse...

Dr. Murcon
"Tenho porém fortuitos golpes,
curtas memórias, amores subtis,
gulosas sensações bem mais que sentimentos."
Acho que é a bandeira verde que permite que se entre por esse mar fora. Tenho duvida é que a cor corresponda ao verdadeiro estado do mar.

fora-de-lei disse...

yulunga 1:43 PM

"Acho que é a bandeira verde que permite que se entre por esse mar fora. Tenho duvida é que a cor corresponda ao verdadeiro estado do mar.

Entrar pelo mar dentro com uma bandeira verde ? E ainda tens dúvidas quanto ao estado do mar ? Olha, pergunta ao Peseiro que ele não deve ter dúvidas nenhumas... ;-))

yulunga disse...

"Anonymous said... frequentemente os comentários deixando de ter a ver com o post e derivando para a agenda pessoal dos habitués num processo um pouco cansativo. 12:16 AM"

Pessoalmente acho que é precisamente aí que reside a magia e o sucesso deste blog.
Mesmo com agendas pessoais à mistura aqui parte-se de um tema que por sua vez se ramifica em tantos quantos o desenrolar da conversa proporcione.
Julgo que a maioria das pessoas não se limita ao tema (o que para alguns seja aborrecido), porque o ambiente é tão viciante e tão apelativo o que nos leva a participar seja de que forma fôr.

yulunga disse...

fora da lei
Peseiro é futebol. Não entendi :(

P.S. 1 doce com retroativos passa a 2 doces.
Fonte: Agenda pessoal.

fora-de-lei disse...

yulunga 1:57 PM

"Doce com retroativos passa a dois doces. (fonte: agenda pessoal)"

O doce desejado é o mais devorado !:-)

Manolo Heredia disse...

"Plutão tem um satélite com o nome Caronte, nomeado segundo o barqueiro da mitologia grega que guiava o barco pelo Rio Styx até ao reino do submundo de Plutão. Caronte foi descoberto em 1978. A composição da sua superfície parece ser diferente de Plutão. A lua parece estar coberta de água congelada e não de gelo de metano. A sua órbita está gravitacionalmente presa a Plutão, por isso ambos mantêm o mesmo hemisfério em frente um do outro. Os períodos de rotação de Plutão e de Caronte e o período orbital de Caronte são iguais."

Encontado com auxílio do "google".

yulunga disse...

fora da lei
E é mesmo. Qual o mal de querer "devorar" (e demonstrar esse querer) novos conhecimentos?
Fiquei sim na ingenua espectativa que mais gente se juntasse a nós.

fora-de-lei disse...

yulunga 2:25 PM

"Fiquei sim na ingénua espectativa que mais gente se juntasse a nós."

Há certas "ingenuidades" que não ficam mal a ninguém. Mas sabes que a malta agora quer é sudoku ;-))

yulunga disse...

fora da lei
:-)

Manolo Heredia disse...

Plutão – O nono planeta do Sistema Solar recebeu o nome do deus grego das profundezas, que conseguia tornar-se invisível, e foi descoberto em 1930, por Tombaugh. Tal como Neptuno, a sua existência fora prevista, desta feita por Percival Lowell e William Pickering. Mas, logo a partir dessa altura, a sua classificação – como planeta ou como um asteróide errante – levantou controvérsia, a começar pelas suas dimensões modestas (na verdade, Plutão é mais pequeno do que sete das luas até agora conhecidas).

A sua atmosfera é extremamente fina e, quando o planeta se encontra mais longe do Sol, esta congela, caindo sobre a superfície. Tal como Úrano, o seu eixo é bastante inclinado e julga-se que a sua rotação seja também em sentido retrógrado.


Em cada órbita completa (248 anos), Plutão fica mais próximo do Sol do que Neptuno durante aproximadamente 20 anos.


Tem igualmente uma lua, descoberta por Christy em 1978 e baptizada com o nome de Charon, o barqueiro mitológico que atravessava o rio Styx transportando as almas dos mortos para Plutão, a fim de serem julgadas...

Débora disse...

Olá a todos!

Prof.,

“Será isto pano para a vela,
vento, seco pau do remo?”

Dúvidas e inquietações da maturidade, penso.
Se não soltarmos a vela ao vento (como diz o Porty), alguma vez saberemos?

Em fases mais precoces da vida, não arriscámos, sem dúvidas aparentes?
A vida é um risco, Prof. ))) Até ao fim, nunca veremos nem faremos tudo …

Saudações,
Débora

fora-de-lei disse...

Tenho porém fortuitos golpes, curtas memórias, amores subtis, gulosas sensações, bem mais que sentimentos.

Às vezes, não é bem assim... Por exemplo, e a propósito da perda de sua mãe, a escritora e poetisa Sophia de Mello-Breyner, o nosso conhecido andrade Miguel Sousa Tavares disse: "E de novo acredito que nada do que é importante se perde verdadeiramente. Apenas nos iludimos, julgando ser donos das coisas, dos instantes e dos outros. Comigo caminham todos os mortos que amei, todos os amigos que se afastaram, todos os dias felizes que se apagaram. Não perdi nada, apenas a ilusão de que tudo podia ser meu para sempre."

blogico disse...

Parabéns pelo blog! Quer pelo conteúdo, quer pelo companheirismo mais que evidente entre os leitores e amigos de um dos melhores autores que já tive o prazer de ler.

Lais de Guia disse...

Olá, boa e soalheira tarde de Outubro para todos,

Caro Portocroft, das 12:24 AM
Raios parta!! Homem!, nem tanto ao mar nem tanto à terra...
Tenhamos em consideração a idade provecta do coração de nosso amigo..., deixemo-lo primeiro a, calmamente pôr o pézinho auscultando temperaturas e só depois a banhar-se no caldinho da "caldeirada" da mitologia grega...:)))))

Olhe por onde ele anda..., olhe...

Caronte - (mitologia)
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.


Caronte é o nome da figura mitológica que transportava os mortos através do rio Estige. Era costume grego colocar uma moeda junto com o corpo do morto, para pagar Caronte por essa viagem. Símbolo da viagem da morte para os gregos que acreditavam nele, o portal de entrada entre o mundo dos vivos e dos mortos; em frente a sua barca os defuntos são pessoas, todavia por detrás são sombras.

Caronte pedia pagamentos por seu serviço de transporte e os gregos enterravam seus mortos com uma moeda debaixo da língua para se assegurar de que teriam a devida passagem. Se a alma não pudesse pagar, se mantinha no lado do rio em que não deveriam estar, como em suspenso, temia-se então que regressassem para perturbar os vivos.

Caronte ilustrado por Gustave Doré, para a Divina Comédia de Dante.

(Se têm curiosidade vejam a ilustração do fulano na Wikipédia que eu sou uma besta e ainda não sei como se colocam aqui imagens):(

Declaro desde já para os devidos efeitos, que, cá a mim é que não me apanham nessa barca e muito menos com respectivo barqueiro! Livra!!!Professor...:)))))

PortoCroft disse...

Carissímo (a) Lais de Guia,

Raios parta, Indefinido(a), então você teve que ir ao Google e Wikipédia para saber isso tudo? Não é grave. Há quem o faça habitualmente, cole no Sintext, ou semelhante, e faça um figurão.

Mas, a ideia era exactamente partir dum poema côncavo e dar-lhe um sentido convexo. Há-de experimentar. Distorcer a verdade é até um passatempo nacional. Ou Você é novinho (a) ou não é português (esa). ;)))))

Bom e como eu hoje estou numa de ir para a "putice" e não irei ler nem poder responder aos vossos comentários, deixo-vos uma anedota, certo de que mesmo as almas pútridas deixarão os lábios escapaar um sorriso:

Um tipo vê uma mulher linda, com seios espectaculares, saltar do autocarro.
Corre até ela e pergunta:
- Deixaria eu morder os seus seios por 50 EUR?
- Você deve estar maluco - diz a rapariga.
- E por 500 EUR você deixaria?
- Olhe, não me leve a mal, mas não sou desse tipo de mulher.
Ele insiste:
- Por 5.000 EUR você deixaria eu morder os seus seios maravilhosos?
A mulher hesita, pensa um pouco e finalmente responde:
- Por 5.000 EUR tudo bem. Então vamos até aquele cantinho...
Ela abre a blusa e libera tudo para o tipo. O sujeito beija, passa as mãos,
encosta a cabeça, mas nada de morder... Até que a mulher perde a paciência:
- Você não vai morder?
- Eu não! É muito caro!!!

Moral da história: Todas as putas têm um preço.

yulunga disse...

Porty
Desculpa, eu acho que a moral da história é:
Imponha pré-pagamento em qualquer situação.

PortoCroft disse...

Yulunga,

Nos meus tempos, elas diziam:

"Taco na mão, cú no chão."

Se daí nasceu o conceito de pré-pagamento... ;)))))))))))))))))

Ameninadalua disse...

lais de guia
Aqui a ideia não é tanto o destino da barca, esse é certo e igual para todos nós!...
o importante é marear...mesmo com os panos curtos e sem os ventos de maré!
Já agora para os interessados destas coisas da mitologia e das psicologias, recomenda-se o livro "o sentido da alma" de Tomas Moore.

yulunga disse...

Para estas coisas de mar eu recomendo "A Arte de Marinheiro".
Aprende-se a dar as voltas ao lais de guia
;-)

Rataplan disse...

Prof. JMV

Também não tenho graves defeitos, mas sou resmungona! E ontem fiquei à espera do programa e nada! Assim não dá!

andorinha disse...

Júlio,
Como diz a meninadalua o importante mesmo é marear, mesmo que o vento nem sempre esteja de feição.:)

Yulunga(1.06)
Estou muito triste contigo.
Então só agradeces ao PP e ao fora de lei os SMS e então eu????
Sinto-me discriminada...:(

Outro jantar? De novo em Lisboa?
Ai o poder da capital. Tem que haver descentralização, gente. Já viram os quilómetros que tenho que fazer?

(1.52)
Apoiado!

(5.17)
Lol

andorinha disse...

rataplan,

O que é que tu queres???
Não sejas resmungona.
Havia um eclipse.:)))

yulunga disse...

Andorinha
Desculpa, escapou-me!
Tal como a mensagem da Lena, também.

andorinha disse...

Yulunga,
Não desculpo nada. Foi um lapso imperdoável.
Estamos de relações cortadas a partir de hoje.

yulunga disse...

Rataplan
Mas hoje temos AB Sexo.

E ontem no programa do Herman, tivemos o B, Á, BÁ do BóBó e como disse a Dra. Márcia Pickford vai ser um programa onde se vai falar de sexo à boca cheia ;-)

Lais de Guia disse...

Portocroft das 5.12PM

A velhice dos outros depende, quase sempre da nossa própria idade, não concorda?:)

Por acaso às vezes, até acho que entendo o que por aqui se vai fazendo..., deleitamo-nos com as palavras oportunas e bem reunidas do Anfitrião, que nos fazem pensar, questionar, aprender, imaginar, associar, procurar, brincar..., e sorrir (não necessáriamente por esta ordem evidentemente):))

Mas é claro que concordo consigo, há sempre alguns que já sabem tudo:), tenha lá a paciência de desculpar a ocupação do espaço com coisas da mitologia que todos já sabiam. Pessoalmente gosto de beber na nascente, quando não sei, procuro,pesquiso ou pergunto, e aprendo, sem grandes lamentos pela minha falta de cultura académica, que desde já confesso!, mas não me parece que este blog seja só para elites extremamente cultivadas, pois não? ou é?:))))

Também, desde o início deste blog, que aprecio bastante os seus comentários, assim como quando faz esse seu ar sério de guardião do templo, já lhe disse?:)

Fora-da-lei das 3,41PM muito oportuno:)

Continuação de um bom serão para todos;)

rataplan disse...

Marear em linguagem de marinheiro significa enjoar.

Rataplan disse...

Andorinha e Yulunga,

Não interessa, estou amuada! Quero uma recompensa!

yulunga disse...

rataplan
Eu propunha novo jantar com o Dr. aí pelo Porto, até porque estou com uma vontadinha danada de estar novamente com o Ram, a Cláudia, o Henrique Dória e a Passarita.

Noticia de ultima hora: Um jantar para os lados das Caldas está também a ser alinhavado.

andorinha disse...

rataplan(6.26)
Tem esse sentido, mas também o sentido de governar a embarcação.

Rataplan disse...

Yulunga,

Excelente ideia!

Ameninadalua disse...

Rataplan
"Marear em linguagem de marinheiro significa enjoar".

Obrigado pela precisão!
Mas de facto apesar dos muitos "enjoos" a ideia era mesmo a de enfrentar mares e oceanos da vida...

andorinha disse...

Yulunga,
Eu também tenho imensa vontade de estar novamente com vocês.
Mas se o próximo é nas Caldas, o seguinta tem que ser em Guimarães.:)

yulunga disse...

Até amanhã maralhal.
Boas blogadas.

E não se esqueçam:
HOJE TEMOS AB SEXO ;-)

-Stardust- disse...

Maranhal,

é de mim ou isto esteve com uma manutenção difícil hoje?

Portocroft... looooool (quem não paga adiantado pode ter a sorte de ser bem servido! ;))

Malta do jantar: que tal... o jantar? A história de combinar outros é boa ideia... mas descentralizados. É que de Salamanca a Lisboa ainda é um esticaozinho! E eu queria tanto ir...

Pamina,
esse poema é de facto muito bonito. Obrigada por mo relembrar.

Prof,

quanto à anterior prece... não estive cá, mas... Amen! :)

quanto ao poema... não será pano para vela não ter (também) amores subtis e sensações gulosas? :)

PortoCroft disse...

Lais de Guia,

Com a sua provecta idade, como sabe, qualquer homem tem três grandes sonhos:

- Ter tantas mulheres quanto fala que tem.
- Ser tão rico quanto os seus filhos pensam que ele é,
- Ser bom de cama quanto ele acha que é!

O seu comentário, como atravesso o "Homem Picasso", criou-me o quarto sonho: Ser o Guardião do Templo. ;))))))))))))))))))))))))

Lótus disse...

"Não tenho graves defeitos
nem tão-pouco grandes qualidades.
(...)"

Hum?! .. onde é q eu já ouvi isto antes?? :p ..Promessas!!! ;D heheh .. tsss tsss!! .. Homens! ;ppp heheh


"Tenho porém fortuitos golpes,
curtas memórias, amores subtis,
gulosas sensações bem mais que sentimentos.
Será isto pano para a vela,
vento, seco pau do remo?"


Bom .. tudo começará assim, não? .. um princípio .. algo q nos cativa nem q seja por um breve.. ínfimo momento ... depois poderá ou não florescer .. mas só pelo sorriso q nos deixa nos lábios ... mesmo q a vela não nos leve longe .. só o sentir do vento já terá valido a pena

... na minha opinião, claro ;)

Já agora permita-me .. os meus parabéns pela selecção musical ;) .. ando por aqui a viajar :)


Jokas ***

ahhh!! .. li algures por aqui q lhe saltavamos para o colo .. bem .. no meu caso em particular... sinta-se esmagado! ;D

...e não me leve a mal pela brincadeira, pois começo a sentir-me à-vontade por aqui .. é fácil gostar deste espaço :)

Lótus disse...

nota:
Qualquer alusão ao meu peso no post acima é a mias pura coincidência ;)

Anónimo disse...

Free Ads and Marketing Lessons conveniently SENT straight to your Inbox Daily!