segunda-feira, fevereiro 06, 2006

Agora é que percebi o segredo da Gertrudes e do Sousa - é a ocitocina!

Química sexual dura dois anos
2006/02/06 | 19:29
Depois disso, «hormona da luxúria» é substituída pela «hormona do carinho»


Os casais não se devem preocupar quando a paixão dos primeiros tempos desaparece. Cientistas italianos identificaram a hormona que faz com que o fogo de uma relação passe a lume brando.

Uma equipa da Universidade de Pisa, em Itália, descobriu que a química corporal que faz com que uma pessoa seja sexualmente atraente para novos parceiros dura, pelo menos, dois anos.

Quando o casal evolui para uma fase mais estável do relacionamento, outras hormonas assumem o controlo, segundo os investigadores.

Os estudiosos italianos testaram o nível das hormonas denominadas «neutrophins» no sangue de voluntários que foram categorizados segundo uma escala de «amor apaixonado».

Verificou-se que a hormona da paixão regista níveis muito mais elevados nos voluntários que estão no início de uma relação.

Também se apurou que a testosterona aumenta nas mulheres apaixonadas, mas reduz nos homens quando estes se apaixonam.

Aferiu-se ainda que nas pessoas que mantêm uma relação entre um e dois anos a «hormona da paixão» já desapareceu, embora a relação tenha sobrevivido.

Os cientistas descobriram que a «molécula da luxúria» é substituída pela «molécula do mimo», a «oxytocin», nos casais que já estão juntos há vários anos.

«Se os casais juram amor para sempre, as hormonas contam uma história diferente», diz Donatella Marazziti, a líder da equipa de investigação.

PortugalDiário.

42 comentários:

Maite disse...

«molécula da luxúria» e «molécula do mimo» são expressões muito mais deliciosas que «hormona da paixão» ou «hormona do carinho». Este pequeno toque torna-as irresistíveis ;)

Boa noite :)

Maria disse...

Estás perdoado:)))

Conta-mo outra vez

Conta-mo outra vez, é tão formoso
que não me canso nunca de escutá-lo.
Repete-mo de novo, os dois da história
foram felizes até vir a morte,
ela não foi infiel, ele nem
se lembrou de enganá-la. E não esqueças,
apesar do tempo e dos problemas,
todas as noites sempre se beijavam.
Conta-mo mil vezes, se faz favor:
é a história mais bela que conheço.
Amalia Bautista

(copiado do seu Blog - Março/2005)

moon disse...

"Cientistas italianos identificaram a hormona que faz com que o fogo de uma relação passe a lume brando"

Claro que sim! Então o Berlusconi não é a prova viva disso mesmo?!

moon disse...

"Também se apurou que a testosterona aumenta nas mulheres apaixonadas, mas reduz nos homens quando estes se apaixonam."

Esta é que não vai com nada!:))))))

moon disse...

Pronto, pronto, eu "amanso" já!
Mas estava a comentar à medida que lia (estava-me a dar gozo) até ser interrompida pelo telefone...
Ocitocina, hormona do mimo.
Essa hormona não tem qualquer coisa a ver também com a aleitação? Ia 'jurar' que antes de dar de mamar a primeira vez aos filhotes deram-me umas gotas de ocitocina. Talvez esteja confundida.

E qual será a hormona presente quando as coisas "azedam" nas relações?

CêTê disse...

Esses malucos da Universidade de Pisa têm uma fixação pelos monumentos em ruínas, não?
A coreográfica interacção hormonal, é de facto fascinante! ;)
Curioso facto esse, haver uma inversão de dominância comportamental sexualizado na corte…
Não menos curioso que seja também a oxitocina uma das responsáveis pelo vínculo mãe-filho- “Mas afinal, ao final de uns anitos… o que somos um ao outro mesmo?” ;]]]] Apesar de tudo… as endorfinas compensam pela tranquilidade que as outras roubam.
De toda a forma o conhecimento químico das coisas ajuda a relativizar as coisas e a sofrer menos. É que na embriaguez de um cocktail com feromonas, testosterona, estrogénio, serotonina e sobretudo DOPAMINA… não há bom senso nem razão. É mesmo “fogo que arde….”
Eu cá culpo as hormonas por quase tudo. Só temos de cansá-las…

CêTê disse...

Estás perdoado:)))

Conta-mo outra vez
Amalia Bautista

(copiado do seu Blog - Março/2005)


_
Muito bonito! Boa Noite e bom \_/]
-----

a sol disse...

oxytocin marazziti
não acredito em ti

Anónimo disse...

Li há muito tempo um romance de que não me recordo autor ou título:(
Era sobre um casal apaixonado e apostado em que a sua paixão fosse eterna. Que fizeram? Não a consumaram. E todos os dias se olhavam e se desejavam, pensando valer o sacrifício. Este fogo vai arder para sempre. E o que aconteceu?
Um dia de manhã, de tarde ou ao anoitecer - para o caso pouco importa - olharam-se e nada. Nem chama, nem recordações!
Inevitável, não?

Boa noite,

H em Stª Apolónia disse...

Reparo que o Murcon ainda só tem um ano, ou seja, ainda com a hormona da luxúria... mas nós temos desde já e desde sempre o carinho, se com hormona ou não... uhm...

Anónimo disse...

Perdoem o vernaculo, pordoem os portistas, inteiramente dedicada ao Prof. JMV (que de sua justiça achará própria ou não a sua publicação)

Uma professora da primeira classe de uma Escola do Porto, explica
para a classe que ela é uma Portista fanática.

Ela pede às crianças da sala que levantem as
mãos, caso também torçam pelo Porto.

Todos na classe, levantaram a mão, excepto a menininha
no fundo da sala.

A professora olha com surpresa para a menina e diz:

-Aninhas, por que é que num lebantaste a maum, carago?

-Porque eu num torço pelo Puorto - respondeu ela.

A professora, em estado de choque e com a boca à
banda,
perguntou:

-Bomhe, se não torces pelo Puorto, torces por quoem?

-Sou do Benfca, o melhor clube do moundo, e tenho orgulho
disso. respondeu a menina.

A professora não acreditava no que os seus delicados ouvidos
Portistas ouviam.

-Aninhas, que mal fizeste tue para torceres pelo Benfica,
minha filha?

-A minha mãe é do Benfica, o meu pai taumbém, o meu irmão
taumbém, os meus avós taumbém, por isso souhe Benfiquista! -
disse cheia de si...

-Bomhe!!!- disse sem a menor paciência a professora.
Isso num é motibo para ser do Benfica, canudo. Não
tens que sier sempre do que os teus pais saum, carago!. Atãoum,
oube
lá, se a tua mãe fosse uma puta
o teu pai um cabraum, e teu irmaum
um paneleiro, o
que serias tu entaum???

-É lógico que seria do FUTEBUOL CLUBE DU PUORTO, senhora
professora.



--

Ana Afonso disse...

Olá a todos
E pronto esta explicado !!! Ainda bem !! E havera alguma patologia associada á falta de oxitocina ou á sua produção diminuta ??? eu sempre achei que era uma fasquia demasiado alta para com o sexo oposto mas posso estar é a falar de falta de hormonas !!!
Abraços e sorrisos
Ana Afonso

passei e vi disse...

Interessante o texto... Então pode concluir-se que homem é adepto da molécula da luxúria...
Cria-se até um silogismo:
A molécula da luxéria está para o género masculimo tal como a adrenalina está para os desportistas radicais.

Sandra Feliciano disse...

boa! é o primeiro passo para descobrirem agora uma forma artificial de induzirem a produção da dita hormona e zás! Eis que temos o tão procurado "Graal"! ;-)

Lusco_Fusco disse...

Somos como pauta de música
com clave de sol por corpo
Temos moléculas de paixão
com sons de calor de Agosto

A molécula do mimo,
É a nota dominante
Toca piano baixinho
Esconde-nos o amante


Adicionemos as moléculas
Fazendo-as tocar um tom
Orquestrado de fantasia
Luxúria, mimo e paixão.

:))))
Dois em um sempre era melhor. Que dizem da ideia??? :p

Um abraço

lili disse...

Então quer dizer: ninguém dá quecas de jeito com mais de 2 anos de coabitação...MENTIRA!!!!!!

Vê-se logo que a esses lhe falta um "s". São de PISA...hmmmm....

Lili

Anónimo disse...

Sr .Professor ,a ocitocina não é a hormona que provoca as contrações durante o trabalho de parto ?

Carlota Joaquina

JG disse...

finalmente descobri a razão das minhas constantes infidelidades(sexuais) é a tal de ocitocina..bem me parecia q eu estava inocente..obrigado julio és um anjo

cozinheiro disse...

Se eu fosse cientista, preocupar-me-ia muito mais a tentar descobrir a hormona que leva o pessoal a fartar-se do mesmo “prato”...

Ameninadalua disse...

Professor

Não publicou o meu ultimo post editado ontem à noite?!!!...
Será que não ficou registado?
Ou foi por outra razão?
Nem pense em exercer o seu direito de "censor" comigo...olhe que os deuses preparar-lhe-íam uma grande vigança...como por exemplo eu pedir à Gertrudes para não lhe cozinhar mais o famoso "cócouvan" ou mesmo a carne frita de "fonte de Íu"...veja lá! veja lá! o que é que arranja....:)

Anónimo disse...

Mas quem é que nos garante que a oxytocin é a "hormona do carinho" e não a "hormona da resignação"? Ou mesmo a "hormona do tenho horror ao divórcio"?

Que percentagem de bom coração existe nessa hormona que nos garanta que havemos de nos tratar com candura pelos anos fora?

É que eu vejo tão poucas manifestações de oxytocin por aí. Ou então esgota-se depressa...

O Sical disse...

Oxytocin

E isso vê-se nas análises comuns? Assim com valor de referência entre -X e +>X?
E acima de quanto é que é perigoso e abaixo de quê é que é fatal?
E o pessoal está todo vacinado ou precisa de ser descontaminado?

Isto pergunto eu. E podemos pedir análises de oxytocin aos parceiros? Pergunto eu.

Julio Machado Vaz disse...

ameninadalua,
Em todo este tempo censurei um comentário. E não foi seu:).

Julio Machado Vaz disse...

Carlota,
É verdade, sim senhora.

Julio Machado Vaz disse...

Maria,
Com Amalia Bautista é fácil ser perdoado:).

Julio Machado Vaz disse...

Maralhal,
Reparem que na última frase a investigadora "confunde" amor e paixão:).

Conserto disse...

Qualquer dia, tal como o Viagra vai ser comercializada a hormona do carinho a da paixão, a da seca, a da parvoíce e a do funcionalismo público (esta muito divulgada em alguns países).

noiseformind disse...

E eu sei de quem foi o comentário que o Boss apagou!!!!
Foi do Fora-de-lei a convidar o Maralhal a tomar de assalto Belém depois de o Cavaco ter ganho as eleições!!!! loooooool loooooool loooooooool e ele só acalmou quando eu lhe garanti que o Chefe da Casa Civil (E todos os debaixo da sua asa) tinham 50% de desconto nos serviços do Bairro Alto loooooool loooooooool loooooool loooooooool

Pamina disse...

Boa tarde.

Também acho que confunde (JMV,1.50). Quando acabei de ler, ia escrever que não concordava com a frase da Donatella. Se se tomar a palavra amor como significando amor-cuidado, amor não egoísta, parece-me que, em muitas relações, com o passar dos anos, há mesmo mais amor do que no seu início. Menos excitação, frenezim, paixão, o que queiram chamar, mas mais Amor.
(Pronto, claro que também existem muitas, novas ou velhas, onde só há frieza e indiferença).

Se bem me lembro das aulas do parto sem dor, a ocitocina também "amolece", antes do parto, os ossos da bacia, para facilitar a passagem da cabeça do bébé. Quando estava grávida, fiquei maravilhada pelos ossos da bacia não estarem unidos (antes nunca tinha pensado nisso) e haver uma hormona que os flexibilizava para aquele momento.

Ameninadalua disse...

Professor

Bom! Bom!

Assim já está melhor!...O professor já estava cheio de medo, não era? :))))

Claro que eu sei que não me tinha censurado , apenas quis brincar consigo e espero que não me tenha excedido pois isso não faz o meu feitio...mas de facto o post não deve ter sido registado por qualquer razão, o que não tem importância nenhuma.

"Se os casais juram amor para sempre, as hormonas contam uma história diferente»
A confusão final da investigadora entre paixão e amor, quase que põe em causa a própria tese da investigação ou seja: se existem tipologias diferentes de hormonas tanto para o amor como para a paixão, com permanências e resultados diferenciados nos indivíduos, então não as pode "meter no mesmo saco" e sendo assim as pessoas podem continuar e agora com fundamento científico a jurar "Amor Eterno"...:))) muito engraçado:))

Conserto disse...

Eu só sei que ao fim-de-semana a molécula da paixão do futebol dá cabo da minha molécula pensadora, já não tenho molécula da pachorra para isso.
Será possível fazer que, ao fim de dois anos, se acabe com essa molécula e substituí-la por outra coisa qualquer, ex: molécula do euromilhões

andorinha disse...

Boa tarde.

Júlio,
Seja bem aparecido nesta caixa de comentários, já há muito que não o via por aqui.:)))

Quanto à ocitocina digo o mesmo que a Sandra, agora só falta os cientistas descobrirem uma forma artificial de induzirem a produção da dita hormona para passarmos todos a ser muito mais carinhosos.:)

Jg,
Não, não , estás a confundir as hormonas; essa é a da luxúria.:)

andorinha disse...

"Se os casais juram amor para sempre, as hormonas contam uma história diferente."

Júlio, li novamente a frase porque nem sequer a tinha percebido muito bem.
Onde se lê "amor" deve-se ler "paixão"?
Mas alguém jura paixão para sempre?????
Já o amor é complicado...

noiseformind disse...

Atenção!!!!!!!!!!!!!!!!!

Lamento ser o portador de más notícias mas a oxitocina é um agente geral anti-stress portanto não é este estudo que me vai convencer. No entanto!!! A NGH sim!!!! A NGH (nerve-growing hormone) sim, é uma marca-de-água quando falámos de orgasmo portanto o que este estudo me diz é que o pessoal se vem muito menos depois de uns anos de casado. Portanto, não estou a ver onde é que estão as boas notícias. E o que este estudo nos diz, a nós que somos profissionais do sexo (salve seja!!!) é que o metabolito do orgasmo está presente EM MUITO MENOR GRAU nas pessoas casadas há vários anos!!!!!!!!!!!!!!

Nos dados que temos do estudo que estámos a realizar desde Outubro em Barça posso afirmar que a NGH é um produto exclusivo do orgasmo, já a oxitocina interage numa gama muito alta de situações em que é necessário baixar abruptamente a tensão arterial (um tipo com Viagra apresenta valores astronómicos de oxitocina mesmo sem orgasmo; as grávidas sem oxitocina não podem ter uma parto normal, etc, etc, etc).

Agora, o ÚNICO produto que é produzido apenas e só no orgasmo (e em termos percentuais muito mais no orgasmo feminino que no orgasmo masculino) é a NGH (que o Boss chama neutrophins).

Aliás, como elemento anti-stress que é a oxitocina é estimulada por várias medicações e por várias situações. Uma pessoa altamente stressada requer que o orgasnismo produza tb altas doses de oxitocina e isso não tem nada a ver com estar apaixonada.

Já agora fica uma boa-nova. Concentrações elevadas de NGH por longos períodos de tempo fazem maravilhas (e, segundo alguns casos milagres) nos neurónios femininos (incluindo uma dendritização elevadíssima responsável por uma maximização da memória).

Várias equipas actualmente procuram criar um processo de produção de NGH de forma astificial como forma de combate a um conjunto de doenças dementializantes.

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/entrez/query.fcgi?cmd=Retrieve&db=PubMed&list_uids=4741263&dopt=Abstract

http://www.healthy.net/asp/templates/article.asp?id=1921

Já agora, em relação a estes dois estudos, as doses injectadas equivalem à NGH produzida por apenas 6 orgasmos médios femininos OC (em Open Circuit). Portanto... o qu este estudo italiano nos vem dizer é que anda por aí muita mulher a descurar a sua saúde à custa de muito stress ; ))))))))))))))

noiseformind disse...

Publiquei agora mesmo o texto e reparei que a Pamina focou o mesmo aspecto que eu, as múltiplas aplicações da oxitocina ; ))))))))))))))))))

Quanto ao "susto" que a Andorinha apanhou, não te assustes miúda, não se pode prometer paixão mas pode-se dar umas competentíssimas quecas regularmente... ou não? ; )))))))))))

noiseformind disse...

Já agora fica esta informação em relação à tal hormona da paixão que tenho discutido com alguns colegas. No estudo realizado pela Universidade da Georgia em que usaram esta hormona para tratar úlceras da córnea os sujeitos ficaram com os olhos acinzentados e altamente sensíveis à luz (conseguiam ver em situações de menor luminosidade). Sendo que os neurónios associados ao globo ocular são os que mais dificilmente iniciam o processo de dendritização poder-se-á dizer que no limite elevadas concentrações regulares de NGH (a tal hormona da paixão) provocam o aclarear dos olhos. Portanto minha gente, toca a fotografar os olhos regularmente para avaliar como vos corre a dieta sexual ; ))))))))))

Boss, desculpa tomar-te de assalto a caixa de comentários mas sabes que neste campo estou mais que em casa... estou na cama dentro de casa ; )))))

Julio Machado Vaz disse...

Noise,
Mais um post desses e torno-me assexuado:).

Aspásia disse...

PROPOSTA

Dada, como vemos, a importância da hormona oxitocina no foro da conjugalidade, em particular, mas também no bem-estar de toda a comunidade, em geral, penso que se deve proceder, de imediato, à recolha de assinaturas e fundos destinados à construção de uma instalação apropriada ao seu consumo legal e regular, nos moldes a seguir propostos:

Localização – Praia da Foz, Porto, Portugal
Nome - Bar “OH SIM TOXINA!!!” Pub
Área - 50 m2 incluindo jardim
Projecto - Arq.º Guilherme M. Vaz
Mestre de Obras – Prof. Júlio M. Vaz
Capataz - Sr. Noise
1º Ajudante - Sr. Ram
2ªs Ajudantes - D.ª Menina da Lua, D.ª Andorinha e D.ª Aspásia
Mão de Obra Especializada - Murcónicos residentes no Distrito do Porto.
Mão de Obra não Especializada (serventes) - Voluntários de outros pontos do País.

***

Findas as obras, será efectuado um Jantar de Inauguraçom e Cunbíbio, cujo Menu e confecção será entregue à superior mestria da D.ª Gertrudes neste campo. A única bebida a consumir no Bar será a oxitocina, em flûtes de 3 dl, destra e elegantemente servidas pelo Sr. Sousa, e de preferência acompanhadas de pratinhos de caracóis e tremoços.

Naturalmente, serão aceites outras quaisquer sugestões ou alterações a esta proposta.

Puorto, aos sete de Fevereiro de 2006

A Bem da Murcónica Naçon,
(assinatura ilegível)

noiseformind disse...

Oh aspásia... para mim é NGH intravenosa, se conseguires arranjar ; ))))))))))))

Boss,
Assexuados somos todos de quando em vez, ninguém faz sexo todos os dias (e quem faz não faz a todas as horas, (e quem faz a todas as horas é pq é escravo sexual na Tailândia e vai morrer novo))

andorinha disse...

Noise (6.15)
Dar-se umas quecas regularmente?
Claro, what has love got to do with it?! já lá dizia a Tina.:))))

Júlio,
Não faça isso.:)))

Aspásia,
Apoio a proposta, não sei é se os outros estarão pelos ajustes.:)))

CêTê disse...

Já me estou a injectar.




Sim porque hà que preservar a memória!

Os dois neurónios que tenho, deram finalmente as mãos! ;]

fora-de-lei disse...

noiseformind 2:43 PM

Escusavas era de ter tornado pública a parte oculta da nossa negociata... ;-))