segunda-feira, fevereiro 13, 2006

Com a Administração Bush..., é sair da frente:).

Casa Branca atrapalha-se em explicações
2006/02/13 | 18:43
Dick Cheney feriu acidentalmente a tiro um companheiro de caçada. Administração demorou a contar o sucedido


A Casa Branca tentou hoje, um tanto atabalhoadamente, justificar o tempo que levou a anunciar que o vice-presidente Dick Cheney ferira acidentalmente a tiro um advogado, seu companheiro durante uma caçada, sábado, no Texas.

A administração, normalmente tão lesta a dar a conhecer os menores actos e gestos do Presidente e do vice-presidente, confiou à proprietária do rancho onde se realizou a caçada, Katharine Armstrong, a tarefa de revelar os pormenores do acidente e isso apenas no dia seguinte.

Grande amante de caça, Dick Cheney feriu gravemente Harry Whittington durante uma caçada à codorniz num dos maiores ranchos privados do Texas, que é também o Estado do Presidente George W. Bush.

Whittington, 78 anos, foi atingido por chumbos no rosto, no pescoço e no peito, tendo dado entrada na unidade de cuidados intensivos do Christus Spohn Hospital, de Corpus Christi, mas o seu estado é considerado bom, não correndo risco de vida.

O acidente ocorreu cerca das 17h30 de sábado, mas só na manhã seguinte Katharine Armstrong, cuja família é tida como próxima da maioria republicana, avisou o pequeno jornal local, o Corpus Christi Caller Times.

A notícia chegou à tarde a Washington e fez hoje as primeiras páginas dos jornais críticos ou sarcásticos.

Whittington, importante contribuidor financeiro da campanha de reeleição de Bush-Cheney, cruzou a trajectória dos cartuchos disparados por Cheney quando uma outra codorniz levantou, disse Katharine Armstrong, que testemunhou o acidente.

O porta-voz da Casa Branca Scott McClellan tentou hoje justificar que «a primeira prioridade era assegurar que Whittington recebia os cuidados médicos de que tinha necessidade».

Com os jornalistas a insistirem que isso não impedia que a notícia fosse tornada pública, McClellan escudou-se na repartição de tarefas entre os serviços: «Era o gabinete da vice-presidência», e não a presidência, «que dirigia as operações para fazer sair a informação. Isso implicava o vice-presidente não sei que mais vos dizer».

Admitiu que ele próprio e o Presidente Bush foram informados no sábado.

McClellan não soube também explicar porque a administração confiara à anfitriã da caçada a tarefa de informar o jornal local.

Entretanto, uma porta-voz do hospital afirmou hoje que Whittington «está de boa saúde e evolui bem».

Adiantou que o ferido «foi atingido no ombro, no alto do corpo, no peito e em certas zonas do pescoço».

«Não se tratou de um impacto directo», mas sim de vários chumbos dispersos que o atingiram, referiu a porta-voz hospitalar.

16 comentários:

^^^^^^^^CêTê ^^^^^^^^ disse...

??????????????????????????????????
( )- Harry Whittingtonde encontrava-se infectado pelo H5N1 ( )- Dick Cheney bebera demais 2 garrafas de Oporto
( )- Harry Whittingtonde andava metido com a amante de Dick Cheney
( )- Dick Cheney era afinal Duck Cheney

;]

CêTê disse...

O Manelito Sorridente... por acaso não estava, não?



E os outros dois, não serão por acaso Rapazes-Vacas? LOOOOOOOOL


Témanhãna

andorinha disse...

Dick Cheney não tem culpa nenhuma; a culpa é do amigo que não tinha nada que se atravessar no caminho.:))))))))))))

Mais a sério, acidentes de caça acontecem de vez em quando, por isso o que é que este tem de estranho?

Anda-se a "meter" tanto como os americanos que qualquer dia ainda é acusado de anti-americanismo primário.:))))
Ainda tem aí os serviços secretos à perna, e depois???

Lusco_Fusco disse...

Mahatma
Eu mandei a mensagem no post anterior... Espero que não tenha ido sair ao vaticano ou sou queimada viva....lol
Isto da informática!!!
Boa noite
MJ

Anónimo disse...

Pena os tiros não terem feito ricochete...

Anónimo disse...

OLá, bom dia!!! A intenção nãó é propriamente comentar este seu post, mas sim porque fiquei admirada que encontrasse aqui na net alguém que admiro muito pelo seu trabalho: a pergunta impõe-se- é mesmo o Júlio Machado Vaz?
Gostava de lhe expor uma situação por mim vivida que tenho a certeza que com a sua experiência profissional me poderá ajudar. Contudo, não sei se tem algum contacto de email para o qual possa escrever, daí escrever aqui!!! No entanto, gostaria que me respondesse algo para este meu email: beta_silvana@hotmail.com, e assim poder entrar em contacto consigo de outra forma!!!
Gosto muito dos seus livros e trabalhos!!!!
Obrigada pela atenção

Elisabete Silvana (estudante de enfermagem, Lisboa)

fora-de-lei disse...

Deixe lá estar isso, Professor... olhe que o nosso Presidente Jorge Sampaio - mesmo a acabar o seu mandato - também anda por aí a dar tiros em tudo o que mexe.

Ainda ontem, acabou de disparar uma bojarda valente sobre os velhotes reformados deste país ao deixar passar a nova lei das rendas de casa. Ainda há meia-dúzia de dias atrás o tínhamos ouvido "chorar" pelos pobres do interior... esta agora foi, concerteza, para mimar os pobres do litoral.

Qual sniper zarolho, este último tiro do PR sobre os mais desprotegidos deste país deve ter sido para compensar os "tiros" falhados sobre Souto Moura. Pegando nas imagens dos desenhos animados, o PGR até parece o Bugs Bunny a rir-se que nem um perdido do caçador...!

Ana Afonso disse...

Olá a todos
Obviamente a culpa não é do iluminado Dick Cheney ... obviamente quem manda ao amigo estar no caminho ?!
Acidents do happen !!!
Abraços e sorrisos
Ana Afonso :)

FJK disse...

Pior ainda:

“In the last 24 hours, we've seen troubling reports that Dick Cheney directed "Scooter" Libby to release classified information to discredit critics of the war in Iraq...we've heard hard-to-ignore accusations from a former top CIA official that the White House "cherry picked" intelligence to make the case for war...and we've received stunning evidence that the president sat on his hands and did nothing for 12 hours after the White House had been informed that the levees broke in New Orleans.

Enough is enough.”

Friends of John Kerry, Inc., 511 C St. NE, Washington DC, 20002, U.S.A.

(FJK)

JG disse...

"não se tratou de um impacto directo.." tou a rir..esta coisa do bush e mais os amigos nunca acertarem uma..(isto existe e não é brincadeira)..julio arecebe um aperto de mão

Ameninadalua disse...

Bom! e ainda comentando o post anterior, de repente eu tive a sensação que tinha voltado ao princípio do século XVIII... :))

Mas concordo em parte com o Fora-de-Lei, esta entrevista é um discurso apesar de tudo que se pode considerar coerente com os princípios da Igreja e que o senhor padre integra duma maneira muito "cega", radical e que exactamente por isso acaba por cair tambem em contradições...

Isto é um bom exemplo da dificuldade que um católoco deve sentir quando perante ele próprio e os seus princípios religiosos, se vê esbarrar com a "contracorrente" que é a vida na sociedade em que vive...e o seu próprio comportamento perante ela...

Por outro lado reparem que o senhor padre acaba por nunca condenar até às últimas consequências os possíveis "criminosos" ataca sim os seus comportamentos que considera crime...é um posicionamento de quem quer objectivamente inibir as práticas e os comportamentos, criando sentimentos de culpa por isso mas não tanto de perseguir a sua própria prática...(sempre é um bocadinho melhor que os antigos jesuitas, que os mandavam para a fogueira... :)

Mas o que realmente é de lamentar, é o logro que monta para justificar os príncipios; ao reduzir a homosexualidade a uma doença está a passar por cima não só da verdade mas principalmente do sentir e do ser das pessoas em causa duma maneira que considero francamente, essa sim, pouco ortodoxa dos princípios humanos que a própria Igreja defende...

Isabel Pietri disse...

É o que se chama...

fogo amigo! ;-))))


Isabel

a-meio-da-noite disse...

Tá mais k visto que aos 78 anos o homem devia ter ficado em casa a caçar moscas e melgas ;))

Su disse...

..perdem-se balas assim ..opssss

jocas maradas

andorinha disse...

Su,
Estás a por a escrita em dia???
Estou farta de me rir com o que escreves.:)
jocas maradas

Anónimo disse...

Hoje pela 1º vez vim cá ler este blog.
Pela amostra vejo que o seu autor também cede à tentação da demagogia barata.

Cam