domingo, abril 23, 2006

Ao lavar dos cestos.

Parabéns a todos os dragões murcónicos, foi merecidíssimo!

P.S. Que falta de educação da minha parte... - aos não murcónicos também:).

26 comentários:

noiseformind disse...

Kampioenen! Kampioenen! wij zijn de kampioenen! Kampioenen! Kampioenen! wij zijn dan Kampioenen!

Aspásia disse...

Então Parabéns ao [des]Porto-Rei !!!

E boas "pontes" se for caso disso...

Bjs para todos

Rui disse...

Não compreendo o fascínio pelo futebol.
Pelo râguebi (para não sair dos jogos de bola) ainda entenderia: aquilo é tão complicado, as equipas têm de incluir todos os tipos de atletas (portanto, encontramos sempre alguém com quem nos identificamos), todo o jogo é um desafio à lógica (bola não redonda, ter de a atirar para trás, etc, etc, que quem for estúpido, ainda que moderadamente, nunca passará de um mau jogador ou de um mau espectador), tudo isto torna o jogo algo de verdadeiramente interessante e desafiante de se ver. Agora, o futebol? Mas dar os parabéns não faz mal a ninguém, por isso aqui ficam eles!

CêTê disse...

Esta é só para o professor: ;]

Ainda estou meia em choque!

Consegui, finalmente comprar o seu livro! Só lhe conhecia a capa e as páginas (LOOOOOOOOOOL) que o noise publicitou. (LOL) Mas como não sou do tipo de me satisfazer a ler o que não posso sublinhar, comentar,... não li mais nada. Quando o fui comprar nem um. Hoje abriu uma nova livraria e apanhei-o! Imagine que não está entre as novidades, nem nos autores portugueses mas algures na secção romances. (sabe-se lá com quem por vizinhos).
Em cinco minutos devorei umas boas folhas- que terei de reler no tal ambiente que não a da hemeroteca- e senti um frio pela espinha acima.


Professor que tenha a certeza que só o conheço da Tv e daqui. Bolas bolas bolas!!!! E não tive acesso ao livro antes do noise.


Ah nem sou vidente! LOL


Escreve bem que se farta! (e não pense que se não comentar novamente é pk não gostei : já o pus em sítio inacessível à vontade: tenho tannnnnnnnnto que ler professor para estar à altura professor!!! Mas adorei o que li. )

Só pode ser a pesssoa fantástica de quem eu gosto tanto de ver, ouvir e agora ler.

abraços e bjnhs

Julio Machado Vaz disse...

Cêtê,
Muito obrigado:). Eu sei, o livro está mais à vista no Continente do que em certas livrarias. Enfim...

CêTê disse...

E esqueci-me: BIBA O PORTO CRG!


(obrigada pelos parabéns desportivos)

Que pena não ter estado no estádio para despir o VB! LOL

andorinha disse...

Boa tarde.

Embora a custo:) cá vai: Parabéns a todos os portistas.

E parabéns ao Gaspar, também:)))

Quanto ao livro, aqui em Guimarães acontece o mesmo: não está nos escaparates das livrarias, encontrei-o numa num recanto bem escondido.:(

Su disse...

gostei de ler
jocas maradas de azul

maloud disse...

Prof. Machado Vaz
Obrigada.
Na FNAC de Gaia, posso garantir-lhe que terá destaque. Amanhã trato disso. Sou mãe da responsável pela literatura.

Rui M S Ferreira disse...

Prof. Machado Vaz

Pela primeira vez leio-o aqui neste seu espaço. E é com agrado que me deparo com o seu desportivismo. Eu sou um portista murcon do Centro de Portugal (terras do Liz - Leiria) - obrigado!
Religiosamente o oiço na Antena 1, aprecio a sua visão das coisas, a sua frontalidade e aprendo que me farto consigo ao ouvi-lo 5 minutinhos por dia - obrigado!

Abraço
Rui

P.S.: ...só é pena o seu benfiquismo! lol

Julio Machado Vaz disse...

Maloud,
Por favor, deixe a rapariga descansada:)))). Critérios são critérios, afinal eu não sou um autor de best-sellers.

Rui Ferreira,
Muito obrigado. E depois..., agora é menos doloroso - os meus netos são portistas!

maloud disse...

Prof Machado Vaz
A rapariga fará todo o gosto. Noutros casos não faz, e manda passear na cara do autor, sempre com um sorrizinho. Tem os genes da mãe.

Julio Machado Vaz disse...

Maloud,
Já cá não está quem falou:). Mas sempre lhe agradeço a ternura!

CêTê disse...

Bem feita ter os netos adeptos do Grande POOOOOOOOOOOOOOOOOR-TO! ;]

Aquela filosofia de a herança saltar a sua geração: passar aos netos e bisnetos tem um fundo filosófico índio (e ambientalista, espero ;]) e UMA ESPERANÇA de que os netos sejam heterossexuais? LOOOOOOOOOL Confesse lá ó prof. (LOL: não ligue!)

Lusco_Fusco disse...

Professor
Li o livro. Gostei muito. Mas dava uns puxões de orelhas no psi :p (a tal mãe militarista de que falava ) lolol
Um abraço

Pamina disse...

Boa noite.

Vocês já sabem que não ligo ao futebol, mas, tal como costumo dar os parabéns aos benfiquistas, parabéns aos portistas, para mais se foi merecido. (E desculpem os comentadores dos outros clubes que eu nunca felicitei.):)

Parabéns também ao Noise por ter escrito o seu comentário numa das línguas mais bonitas e mais doces:) do mundo.
(Idiomaticamente, deveria ser "wij zijn kampioen", mas está muito bem.)

Bom início de semana para todos.

noiseformind disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
noiseformind disse...

Pamina,
Estou convencido e esmagado pela tua explicação, só falta convenceres os holandeses: http://psvfront.web-log.nl/log/5509313 Não tenho dúvidas que porás esses país-baixenses a falar holandês como deve ser, à boa moda do holandês nativo falado em Portugal loooooooooool loooooooooooooooooooooooooooool looooooooooooooooooooooooooooool looooooooooooooooooooooool loooooooooooooooooooooooool looooooooooooooooooooooooooool

Para a tua frase como título da música dos Queen "We are the Champions" deu 14 resultados, 7 repetidos. Para a do Freetranslation que usei lá em cima deu... 29 resultados, 4 repetidos. Portanto amanda-te a eles, rapariga, amanda-te a eles ; )))))))))))))))

Mas sabes como eu não me fio nestas cenas do Google inventadas pelos americanos para nos confundir ; )))))))

CêTê disse...

Moral da história:
O Noise não é bom a línguas. LOOL ;P

Aspásia disse...

Parabéns (atrasados) ao Gaspar... claro que o neto de um escritor só podia nascer no dia do Livro!

Excerto do livro "Nomes Próprios" de Ana Belo:

"Gaspar vem talvez do latim "gaspardus" (derivado do sânscrito "gasthapa" que significa "aquele que vem ver". Hipótese plausível, uma vez que um dos três reis magos foi o primeiro Gaspar conhecido...
Gaspar é (será) um homem que desperta simpatia. É extrovertido e sociável sem exageros e ambicioso sem avidez excessiva. É divertido, inventivo, original sem ser exibicionista. É sentimental e terno sem ser piegas. O seu defeito? Gaspar, sob a sua capa de inocência, tem o dom de manobrar muito bem as pessoas e os seus sentimentos."

Será que está certo? Que se pronuncie o Avô babado! (como todos...)

Pamina disse...

Bom dia.

Noise (12.37),
"Wij zijn de kampioenen" é a tradução literal da canção.
Um treinador dirá, referindo-se à vitória da sua equipa no campeonato:"wij zijn kampioen 2006."

Como não posso pôr aqui um holandês a falar ao vivo, algumas "provas documentais":)

1º-site dum jornal on line holandês
SportOne.nl
Como podes ver, o título do artigo é:
'Op 9 april zijn wij kampioen' = Em 9 de Abril vamos ser campeões

(a ordem do pronome e do verbo está invertida, porque a frase começa pela preposição)

2º-site de uma escola holandesa (equipa de basquete)
Johanfriso.nl
Como podes ver, o título da foto é:
"wij zijn bijna kampioen"=somos quase campeões (bijna=quase)
e mais abaixo:
"wij zijn ook kampioen"=também somos campeões (ook=também)
e ao lado:
"nee wij zijn kampioen"=não, nós somos campeões


3º-site do clube belga FCBruges
FC Bruges
Como podes ver, aparece várias vezes, em várias páginas, a frase:"Wij zijn kampioen!"

4º-site dum miúdo holandês de 12 anos
Richard Juffer
Como podes ver, ele escreve:"En wij zijn Kampioen geworden"=E tornámo-nos campeões

Tentei no Google "wij zijn de kampioenen", entre aspas, e apareceram 237 resultados, muitos dos quais têm que ver com canções. Por influência da letra, é possível que algumas pessoas tenham começado a usar a palavra no plural nesta frase, mas não quer dizer que isso esteja correcto.
Aliás, na linguagem falada, nem sequer é costume dizer "wij zijn", mas "we zijn", ou seja:"we zijn kampioen". É mais informal. Na linguagem escrita, usa-se "wij".
Se achas que um jornal holandês, uma escola holandesa, um clube de futebol flamengo e os seus fans e um miúdo holandês do 6º/7º ano estão todos errados, escreve para o departamento de linguística duma universidade holandesa qualquer e pergunta o que é que as pessoas realmente dizem (sem ser a cantar canções traduzidas do inglês). Quem tiver razão ganha um jantarzinho, ok?:)

Até logo.

noiseformind disse...

Pamina,
Eu disse logo que estava converso. Agora faz-te a esses holandeses incultos que nem holandês sabem falar ; )))))

noiseformind disse...

Mas foi uma boa tentativa de aula da tua parte, tens os dotes bem treinados. Só falta o Google mandar uma mensagem de erro aos 237 sites holandeses que têm a expressão como o freetranslation a gerou (pode até ser a mensagem que escreveste esta manhã toda em holhandês). E claro, aos sites maioritários que dizem "We are the Champions" dos Queen como o freetranslation disse. Toda a Holanda a falar um holandês genuíno e não o holandês que os holandeses falam, vamos mover-nos por esse sonho ; ))))))))))))))

maloud disse...

Prof. Machado Vaz
Não foi precisa a minha intervenção. Agora, peça aos seus leitores, quando deixar de ser novidade, para não procurarem na psicologia. Como conhecem a sua especialidade, correm para a psicologia e, claro está, nada encontram. Ao que me informaram, com Os Muros passava-se isto sistematicamente. E, se há gente que pede ajuda e é informada, há quem conclua que não existe e sai de mãos a abanar.

Pamina disse...

Noise(11.52),

Obrigadinha pelo elogio:).
Quanto a esta diferença, não se trata de holandês "culto", por um lado e de holandês "popular", pelo outro, mas de holandês "tout court" versus um anglicismo.
Nos 4 sites indicados temos:
-jornalistas
-uma equipe de basquete infantil
-o responsável pelo site do clube de futebol mais os fans que participaram no forum
-uma criança de 12 anos
Todos dizem a frase da mesma maneira e ninguém é propriamente professor universitário. Estarão todos enganados ou a falar holandês livresco?

Como deves calcular, eu não me atreveria a fazer afirmações sobre o modo de falar tipicamente holandês se não tivesse verificado. Para além destes sites, as minhas fontes são holandeses nascidos e criados na Holanda filhos, netos, bisnetos, etc. de holandeses.

Quanto ao São Google, experimenta o seguinte:
-haverão-16.400 entradas
-"à muito tempo"(com aspas)-19.800 entradas

Seguindo o teu raciocínio, como é que esta gente toda pode estar errada?

Uma última coisa, pessoalmente estou-me absolutamente nas tintas se dizes kampioen ou kampioenen e não é evidentemente uma incorrecção linguística que me choca, mas o tom dos teus comentários. Quando alguém te contraria, tentas ridicularizar essa pessoa e fazê-la passar por ignorante. Com já disse, as minhas fontes são holandesas "dos quatro costados". Portanto, em última instância, é a essas pessoas que estás a dizer que conheces melhor a língua holandesa do que elas. Um bocadinho belachelijk (= ridículo)!

noiseformind disse...

Outra vez??????? E ainda por cima mais chateada? E eu mostrei-te o fórum onde comemoraram a vitória este ano do PSV no campeonato!!!!!! Os holandeses que disseram:
Kampioenen :: 09 april 2006 23:00

KAMPIOENEN OLÉ OLÉ, KAMPIOENEN, KAMPIOENEN, KAMPIOENEN OLÉ OLÉ!

KAM-PI-OE-NEN, KAMPI- KAMPIOENEN!

WE LOVE YOU PSV WE DO! WE LOVE YOU PSV, WE DO! WE LOVE YOU PSV, WE DO! WHOHOW, PSV, WE LOVE YOU!"

estão menos holandeses do que os que disseram o mesmo com Kampionen?????????????????????? (que por acaso foi só um, mas pronto, imagino que esse fosse o único que viveu em Portugal e portanto tem hipótese de saber o VERDADEIRO holandês)

O ridículo é que pensavas que a expressão não existia e não foste confirmar e agora a expressão existe e preferes insistir que quando um holandês diz o que eu disse está enganado ou errado. Eu não me fiz a ti miúda com correcções ou afirmações de ridículo, eu só queria celebrar o meu FCP. Tu é que insistes em fazer disto uma questão de rebaixamento/elevação. Para mim é uma questão de existência: "wij zijn de kampioenen!" existe e é usada online por centenas de holandeses e é a expressão maioritariamente usada para traduzir a música "We are the Champions" dos Queen, que é uma música que por acaso é a frase que eu estava a cantar. Contra esses factos podes pegar em toda a tua família holandesa e experiência na Holanda que não vais mudar o facto de os holandeses usarem a expressão. Portanto não te vires para mim, eu não sei holandês, vai aos sites deles e discute lá. Se te sentes rebaixada ou que te estão a fazer de ridícula isso é entre ti e a ideia que tens de mim, eu aqui estou ao lado da questão, constantando a realidade existente online, e dizendo-te que se queres corrigir alguém não deves fazer isso comigo, deves fazer isso com os holandeses incultos que não sabem escrever como é devido ; ))))))))))))

Claro que acho um pouco estranho que entre todos os sinais de apreço presencialmente em todos os jantares e estas afirmações crescentemente crispadas está um fosso que acho estranho. Mas estámos sempre a descobrir novas matizes dos sentimentos dos outros por nós, e isso é sempre bom, pq não somos todos a duas dimensões. É a 3ª dimensão (o ego) afectiva que realmente mostra a necessidade que as pessoas têm de existirem ; )))))))) e isso é bom, é sinal que és uma pessoa que se quer agarrar à vida. Só tens de escolher alguém que dê menos luta que eu e se deixe levar por argumentos mais teóricos ; ))))))))) ou outra expressão menos corrente na Holanda que eu diga no futuro para nos deixar pasmos com o teu conhecimento da língua, que eu tenho a certeza ser avassalador ; )))))))))) aliás, isso nunca esteve aqui em causa (não se manda ninguém vender gelo aos pinguins sem ter a certeza de que é um excelente vendedor, não é?)