quarta-feira, abril 05, 2006

Velharia em dia de jogo:).

Os barbudos e os outros (I)




Domingo. Abro um jornal desportivo em busca de sinais que indiciem a vitória do meu Benfica sobre o Boavista. O passado recente não me deixa alinhar na euforia que as televisões mostram, há dois anos a expectativa era semelhante e apanhámos três. Cheio de secreta esperança, tento abafá-la com a verdade: a equipa ainda apresenta enormes carências, sobretudo nas faixas laterais, para o ano é que é (mas se fosse agora chamava-lhe um figo!). Tropeço nas habituais opiniões dos “notáveis” e leio distraído, sei o que dizem, podíamos formar coral afinado - cautelas e caldos de galinha e vamos a eles. De súbito, uma resposta chama-me a atenção. Pergunta o jornal se o incidente entre dois jogadores do Benfica nos treinos pode afectar o bom ambiente que parece reinar na equipa. Se não estou em erro, o incidente consistiu em troca de mimos - vulgo cacetada! -, e subsequente recusa do aperto de mão reconciliador. Decreta o meu consócio: “É normalíssimo que essas coisas aconteçam. São homens de barba. Não são homossexuais. Reagiram e reagiram bem”. Que conclusões tirar de crença tão enraizada?
1) Os homossexuais não têm barba.
2) Os homossexuais não reagem.
3) Só os heterossexuais acertam nas canelas dos outros jogadores.
4) Quem nunca der pancada em treinos e jogos é suspeito.
5) Os cartões amarelos por violência podem servir de certificado de masculinidade.
Quando eu era miúdo contava-se uma anedota sobre o fulano que, assegurando não ser racista, afirmava, solene: “Tanto se me dá um branco como um filho da p… de um preto!”. Esta deliciosa e sinistra capacidade das palavras traírem o que verdadeiramente sentimos, às vezes ao arrepio do que juramos a pés juntos, não deve apenas servir de pretexto à indignação politicamente correcta. O que se passou? Simplesmente alguém traduziu um salto qualitativo no discurso da Ciência - e da Medicina em particular - no século XIX. Até aí, basicamente, cléricos e clínicos condenavam o acto sexual entre dois homens com argumentos que iam dos morais aos pseudo-científicos. Era o acto a ser julgado – e condenado! -, mas não se dera ainda o passo seguinte: partir de um comportamento sexual para a definição psicológica de todo um grupo de pessoas pelo simples facto de o praticarem. É o transpor desta fronteira que permite frases que começam por “os homossexuais são…”. Evidentemente, não se encontram rótulos simétricos para os heterossexuais, a salvo de tais generalizações por serem “homens normais” (ou barbudos!). O elogio à masculinidade dos jogadores do Benfica faz-se por comparação com todos os homossexuais, incapazes de reagirem como verdadeiros machos numa situação competitiva. A mesma “constatação científica” está na base da relutância das Forças Armadas Americanas em assumir a presença de homossexuais sem a protecção do anonimato, qual de nós confiaria a sua vida em teatro de guerra a um tipo que nem sequer é capaz de acertar uma boa trancada em colega ou adversário num relvado de futebol?
Imaginemos que a Ciência nos permitia, no futuro, o regresso ao passado. O meu consócio, eventualmente apaixonado pela Grécia Antiga e ansioso por uma boa batalha por ter visto O Gladiador, aterrava em refrega onde “actuasse” o Batalhão Sagrado de Tebas, formado apenas por pares unissexuais (para a semana explicarei por que a palavra homossexual não seria adequada neste contexto). E perante a heroicidade que lhes valeu muitas vitórias mas apenas uma derrota, primeira e última porque todos preferiram morrer a render-se, o viajante do século XX explicaria, didáctico: “vocês pensam que se sentem atraídos por homens mas estão enganados, só quem gosta de mulheres pode lutar assim!”. Presumo que a resposta dos pobres gregos fosse à moda de Astérix: “Estes tipos do século XX são loucos!”.
Doidos? Ná, apenas agressivamente ignorantes.

23 comentários:

Fora-de-Lei disse...

Este post já está um pouco desactualizado. É que se tivesse sido escrito hoje, o Professor poderia ter acrescentado que até há cowboys maricas e tudo... ;-))

E para que não venha já aí alguém dizer que lá estou armado em machão, aqui fica a prova que até eu sou capaz de "gritar" por um homem:

Mi-Mi-Miccoli, Mi-Mi-Miccoli, Mi-Mi-Miccoli, Mi-Mi-Miccoli, Mi-Mi-Miccoli...!

Viva o Glorioso !!!

lobices disse...

...se o Miccoli não jogar desde o início, o benfica perde!...

noiseformind disse...

Depois de o Vilarreal ter chegado onde chegou penso que é altura de nós, portistas e demais, aceitarmos que o Benfica está em grande na liga dos campeões e desejar-lhes as melhores felicidades, sem falsas amizades, sem falsas animosidades...
Espero que o Benfica vá o mais longe possível, de pref que ganhe a Taça ; )))))))

Quanto à homossexualidade e o desporto há uma teoria muito engraçada há já vários anos no Canadá que equaciona que a homofobia em diversos graus de creescimento num desporto vão excluindo os homossexuais ou então criam personalidades fracturantes. Portanto o próprio processo de prática de um desporto exlui a malta desse desporto. O que é óbvio pela homofobia que existe ao nível do topo. Qq pessoa que vá a um estádio vai ouvir a palavra "paneleiro" umas 800 vezes. Continua a ser a nosso válvulad e escape. Um gajo pode ser uma desgraça em tudo, mas salva-o a honra heterossexual ; )))))

moon disse...

Hello!

Valha-nos o senhor Ang Lee e outros que tais por desmontarem estereótipos e trazerem um novo olhar sobre as coisas. Muito lentamente lá se vão modificando opiniões e posturas.
Até há bem pouco tempo, eu, considerava-me bastante tolerante e achava que isso era uma coisa boa. Até ter aprendido, neste Blog, o conceito de direito à indiferença.
- Boa… -pensei na altura-. Está-se sempre a aprender.

Quanto ao título, não me identificando nem com os barbudos nem com os outros, sejam lá eles quem forem…:), vejo que o autor, sábiamente, deixou de fora o género feminino, talvez por as mulheres serem menos ingnorantes ou quiçá mais pacíficas…:)))))

CD disse...

Pois é o Benfica

maloud disse...

O meu filho dragão ontem convenceu-me: Boa Sorte!
Mas vejam se sabem ganhar.
Quando nós ganhamos só os Super-Dragões são inaturáveis. Vocês transformam-se todos, mas todos em Diabos Vermelhos. Isto é, são todos inaturáveis. E não há pachorra para 6 milhões de inaturáveis.

Quanto à homofobia e aos homofóbicos já perdi a pachorra. Se querem ser idiotas que sejam à vontade. A idiotia é livre. Só peço que falem baixo, para não os ouvir.

yulunga disse...

Bom dia, bom dia maralhal.

Eu conheço é a expressão:
"Tanto aperto a mão a um branco, como o pescoço a um preto".
Atrás dum aperto de mão quase sempre vêm aqueles abraços efusivos seguidos de meia dúzia de pancadas que produzem aquele som timpânico, coisa que me põe os pelos ouriçados.
Por isso, pessoalmente, como mulher não sou nada adepta do aperto de mão entre homens e mulheres; ou lhes dou uma beijoca ou a mão para "beijarem".

Quanto ao futebol, e para não fazer figura de ursa, acho que o Miccoli é uma "peça" muito importante e que se não jogar desde o início, o Benfica perde ;-)

andorinha disse...

Boa tarde.

Hoje como é dia de jogo nem comento a velharia, já estou com o pensamento em Nou Camp.:)

Fora de lei,
Vês a força do futebol? Tu a gritares por um homem?!!!
Eu grito por esse ou outro qualquer, é preciso é que seja Barcelona, 1 - Benfica, 1, "mainada":)

Lobices,
Não agoires nem sejas pessimista, para isso já basta o Júlio.:))))

Noise,
Nunca esperei ver-te a torcer pelo Benfica. Conseguiste comover-me.:)))

Fora-de-Lei disse...

andorinha 4:25 PM

"Fora-de-Lei, vês a força do futebol ? Tu a gritares por um homem ?! Eu grito por esse ou outro qualquer, é preciso é que seja Barcelona,1 - Benfica,1"

Andorinha, há uma razão especial para eu "gritar" pelo Miccoli. Para além daquela que me leva a estar de acordo com a opinião expressa pelo Lobices...

Como saberás, o Miccoli tem a figura do Che Guevara tatuada numa das pernas. Por isso mesmo, eu não me fico pelo empate de 1-1. Eu "grito" HASTA LA VICTORIA, SIEMPRE !

andorinha disse...

Fora de lei,
Eu também concordo com o Lobices, o Miccoli é um excelente jogador e está em forma.
Não sabia que ele tem a figura do Che Guevara tatuada, nunca lhe vi as pernas tão de perto.:)
Subscrevo o teu grito, mas hoje qualquer empate é uma vitória.

Viva o GLORIOSO!

CêTê disse...

Bom fim de tarde para todos e que hoje em nome de Portugal ganhe o "coiso".


Olhe que aquela minha gargalhada no post anterior sobre os negros não foi racista foi sobre o racismo do estudo.
Quanto à homossexualidade sinto-me realmente ignorante como diz. O certo é que conheci poucos homossexuais catalogados (não disse assumidos) como tal e a amostra não deve ser portanto representativa. Gostei do filme dos cowboys mas para ver a minha ignorância e prespectiva tendenciosa: eu achei que um deles sim era homossexual o outro alguém com problemas de comunicação com o mundo a quem o isolamento foi mais facilmente de diluir com algúem do mesmo sexo. O tipo de abordagem do "cowboy homossexual" é de caçador de homens que como mulher me incomodaria e não posso dizer que entenda lá muito bem.

Contudo, curiosamente, o filme me comoveu porque consegui perceber a história de amor deles. E como sou uma piegas...;]

Depois há uma coisa engraçada que agora me ocorreu- LOL que são as voltas da vida- as velhotas todas a tricotarem às portas e os velhotes a fugirem delas em bando para o futebol e para a pesca!
Pesca??? É lá alto e para o baile! O meu pai não! ;P

AQUILES disse...

Sinceramente espero vir aqui, amanhã, dar os parabéns aos benfiquistas. Até lá, e cuidem-se com as emoções estranguladoras.

maloud disse...

Se desta não morri, sou imortal. Vou ficar para semente. Entraram agora dois de cachecol e bandeira do, até me custa dizer, SLB. Vão pôr na varanda com a do FCP {a nossa é maior}. Desde hoje vivo num bairro social. Amanhã, quando entrar no Velasquez lincham-me.
Quem é o Miccoli?

BOA SORTE!!!

CêTê disse...

Miccoli deve ser alguma marca de chupa-chupas que patrocina o S... o Be... o "COISO".

CêTê disse...

Eu hoje vou fazer figura de Macaca! LOOOOl
100 ofensa! Jinhs a todos e
Viva o Ben Bem, o Fica

PORTUGAL, carago!

CêTê disse...

ganda defesa! Bra-su-ca

noiseformind disse...

Boss,
Fui informado de fonte segura (e todas as fontes com mais de 25 cm de diferença entre a cintura e o peito são fiáveis para mim) que a última página do Público de hoje traz uma notícia que versa sobre um tipo que ao longo de um período de 9 anos deitou abaixo 40.000 pastilhas de X. Ora bem, 40.000 pastilhas segundo os senhores de saúde pública não davam para o gajo morrer bem como toda a vizinhança do prédio onde vivia e do distrito ficarem com lesões graves? É que o que a malta quer passar nas equipas de rua é que bastam 5 comprimidos para uma pessoa ficar com lesões permanentes. Ora bem... sejámos francos... de 5 pastilhas até 40.000 vai uma distância considerável. Acho que há malta que não fuma isso tudo de cigarros na vida e já deve contar para o cáncaro (:-) do pulmão.

A malta da noite claro, não é estúpida. Toma um ou dois por noite e o tão afamado castigo não cai dos céus, a tal lesãozita cerebral ou a tal deescoordenação motora. Um resquício verdadeiramente judaico-cristão da nossa Ocidentalidade. Em vez de encararmos o mal como mal de forma consciente temos esta necessidade de encarar o mal sempre como um mal maior. Pois, mas agora não há pelourinhos para fazer nenhum pecador renunciar a sua fé.

Tenho dito malta. Parece que o Benfica se está a lixar... gostava que ganhasse, afinal acima de tudo sou... americano... e logo a seguir português ; )))))))))))))))))) mas se tiver de ser estou como o outro: Let it beeeeeeeeeeee, let it beeeeeeeeeeeeeeeeee ; ))))

quarentaom disse...

APELO em divulgação na internet:

ÚTEROS ARTIFICIAIS: Uma Investigação Cientifica Prioritária


[ em ANEXO está explicado a origem do TABÚ-SEXO ]


As Sociedades Tradicionalmente Monogâmicas têm de Assumir a sua História!!!

As Sociedades Tradicionalmente Monogâmicas têm de Assumir que a SOBREVIVÊNCIA não caiu do céu!!!
As Sociedades Tradicionalmente Monogâmicas têm de Assumir que a SOBREVIVÊNCIA só foi possível graças a um Largo Trabalho Sociológico...... nomeadamente, uma Boa Gestão dos Recursos Humanos...... nomeadamente, o facto de elas terem conseguido MOTIVAR os machos sexualmente mais fracos no sentido de eles se interessarem pela SOBREVIVÊNCIA da SUA Identidade!!!
Dito de outra forma, agora que possuem as 'costas quentes' - graças à existência de Armas de Alta Tecnologia - as Sociedades Tradicionalmente Monogâmicas não podem... pura e simplesmente... deitar os machos sexualmente mais fracos... para o 'caixote do lixo' da sociedade!!!!!!......


Como seria de esperar, o FIM do Tabú-Sexo está a provocar o Declínio Acelerado de muitos Povos Tradicionalmente Monogâmicos...
Com o FIM do Tabú-Sexo veio a acontecer aquilo que seria exactamente de esperar: a percentagem de MACHOS SEM FILHOS disparou... e... exactamente como seria de esperar... os machos de maior sucesso passaram a ter filhos de sucessivos casamentos...


Com o fim do Tabú-Sexo também vieram a suceder os seguintes fenómenos:
-1- a proibição da Poligamia passou a ser uma coisa que JÁ NÃO FAZ SENTIDO; de facto, basta observar o seguinte: muitas fêmeas das Sociedades Tradicionalmente Monogâmicas passaram a procurar machos de melhor qualidade... oriundos de Sociedades Tradicionalmente Poligâmicas...
[ Nota: Nas Sociedades Tradicionalmente Poligâmicas apenas os machos mais fortes é que têm filhos... ou seja... estas Sociedades procuram seleccionar e apurar a qualidade dos seus machos... ]
-2- muitos machos das Sociedades Tradicionalmente Monogâmicas passaram a ir à procura de fêmeas Economicamente Fragilizadas... oriundas de outras Sociedades...
[ Nota: Aqueles machos ( dotados de Boa Saúde... ) que não estão interessados em seguir este caminho..., devem possuir o LEGÍTIMO Direito de ter acesso a Úteros Artificiais ]


Mais, a Prostituição deve ser uma actividade rigorosamente controlada pelo Estado... de forma a que:
-1- seja concedido às profissionais do sexo todas as condições consideradas necessárias...
-2- os lucros obtidos com a exploração da 'Prostituição de Luxo'... possam comparticipar uma 'Prostituição a Custos Controlados'... mais barata ( para os Machos Sexualmente Mais Fracos - rejeitados pelas Fêmeas ) ... e sem 'beliscar' a dignidade das profissionais do sexo.



***************************************



ANEXO: A origem do TABÚ-SEXO

--- Nos tempos mais antigos... as mulheres teriam possuído toda a Liberdade e Independência.

--- Depois, mais tarde, pela necessidade de luta pela sobrevivência... ou ... pela ambição de ocupar e dominar novos territórios... alguém fez uma descoberta extraordinária: --> A REPRESSÃO DOS DIREITOS DAS MULHERES!
--- A Repressão dos Direitos das Mulheres tinha como objectivo tratar as mulheres como uns meros 'úteros ambulantes'... para que... as sociedades ficassem dotadas duma VANTAGEM COMPETITIVA DEMOGRÁFICA!!!!!!
--- De facto, quando as guerras eram lutas 'corpo-a-corpo' o factor numérico ( número de combatentes disponíveis ) era de uma importância decisiva... visto que...esse factor era ( frequentemente ) determinante na decisão das Batalhas e das Guerras...

--- Depois, pela necessidade de luta pela sobrevivência... ou ... pela ambição de ocupar e dominar novos territórios... alguém fez uma nova descoberta extraordinária: --> O TABÚ-SEXO!
--- O Tabú-Sexo tinha como objectivo proporcionar uma melhor rentabilização dos Recursos Humanos da Sociedade!?!?!?!...
--- De facto, o Ser Humano não é nenhum Extraterrestre: tal como acontece com muitos outros animais mamíferos, duma maneira geral, as fêmeas humanas são 'particularmente sensíveis' para com os machos mais fortes...
--- Analisando o Tabú-Sexo:
- a sociedade dificultava o acesso das mulheres à independência económica;
- as mulheres que não casassem eram alvo de crítica social...
[ portanto... como é óbvio... as mulheres eram 'pressionadas' no sentido do Casamento ]
- não devia haver sexo antes do Casamento;
- as mulheres não deviam procurar obter prazer no sexo;
- as mulheres que se sentissem sexualmente insatisfeitas, não podiam falar nesse assunto a ninguém, pois o desempenho sexual dos machos não podia ser questionado;
- era proibido o divórcio;...
...........torna-se óbvio que o Verdadeiro Objectivo do Tabú-Sexo eram montar uma autêntica armadilha às fêmeas... de forma a que... estas fossem conduzidas a aceitar os machos sexualmente mais fracos!!!
--- Dito de outra forma, o VERDADEIRO OBJECTIVO do Tabú-Sexo era proceder à integração social dos machos mais fracos!!!

--- Nota: Quando as guerras eram lutas ' corpo-a-corpo', para além do factor numérico ser de de muita importância... frequentemente... o que decidia as guerras era a MOTIVAÇÃO com que os combatentes ( os homens ) lutavam...
--- Concluindo, ao permitir que fosse realizada uma Boa Gestão dos Recursos Humanos da Sociedade... o Tabú-Sexo fez com que... as sociedades ficassem dotadas duma VANTAGEM COMPETITIVA!!!...

MAIS:
--- Quando as batalhas eram lutas corpo-a-corpo... essas batalhas seriam autênticas carnificinas... portanto... era necessário uma grande disciplina... para não existirem homens cada um a fugir para o seu lado...
--- Ora, os responsáveis militares, da altura, não andavam a dormir... e sabiam que para se construir um exército disciplinado era necessário realizar previamente um Largo Trabalho Sociológico de Longo Prazo... no sentido de formar 'Homens Rudes'...; portanto, não é de admirar que tenham surgido na sociedade ' frases-feitas ' do tipo:
- " um homem nunca chora ";
- " não és homem não és nada se... ";
- " a tropa foi feita para os homens ";
- etc...

Que eu me lembre... eis três casos curiosos:
-1- as mulheres tinham de ficar em casa a cuidar dos filhos ( ou seja, era necessário assegurar a Capacidade de Renovação Demográfica...) , caso contrário, o inimigo impunha uma Guerra de Desgaste Demográfico... e ao fim de uma geração ( sem Renovação Demográfica do ‘outro lado’... )... ganhava a guerra 'com uma perna às costas'.
-2- as viúvas não podiam voltar a casar... pois... não era nada benéfico para a moral dos combatentes... eles pensarem que... se eles viessem a morrer no campo de batalha... depois a mulher ia 'curtir' com outro...
-3- existia uma forte repressão sobre os homossexuais... visto que ... a Sociedade necessitava de 'Homens Rudes' para combater nas batalhas ( autênticas carnificinas de lutas corpo-a-corpo... ).

Isabel Pietri disse...

FORÇA aí benfiquistas!!!!

Até eu estou a roer as unhas! ;-)))



Isabel

b' disse...

boa noite

cete os macaquinhos estão de mais!!!!! looooool

amigos lampiões não desesperem, o karagounis já entrou e o jogo está a melhorar...

aiaiaiaiai
ia sendo!!!!
como se falha isto!!!!?????

até já maralhal

gertrudes dê um chazinho de tilia ao professor

@:)

b' disse...

oh pá!!!

:((((((

andorinha disse...

b'
lagartixa solidária.:)
Estou triste, o sonho terminou:((((

maloud disse...

Aula de futebolês dada por Murcon a moi-même: Para o ano há mais!