sexta-feira, outubro 06, 2006

Mais do que justo!

Gulbenkian rendeu-se a Anne Sofie von Otter

2006/10/05 11:19

Sueca, cujo reportório vai da ópera barroca ao pop, foi aplaudida de pé

Uma série de prolongados aplausos e três extras coroaram a actuação da meia-soprano sueca Anne Sofie von Otter em Lisboa, quarta-feira à noite, na abertura da nova temporada de música da Fundação Gulbenkian, noticia a agência Lusa.
Depois de ter interpretado as vinte canções do programa, acompanhada por um conjunto de nove instrumentistas, Anne Sofie von Otter voltou ao palco três vezes, para cantar mais três temas, um dos quais sem microfone, e ao despedir-se do público, comentou: «Foi uma noite maravilhosa».
Anne Sofie von Otter, 51 anos, é uma das mais aclamadas cantoras líricas da actualidade e com um reportório que vai da ópera barroca às canções pop.
«É um verdadeiro camaleão, capaz de cantar tudo, da música pré-histórica até aos Beatles», disse o maestro Marc Minkowsky acerca de Anne Sofie von Otter.
Quarta-feira à noite, von Otter cantou várias músicas dos Abba, o mais famoso grupo pop sueco, muito popular no final dos anos setenta, e canções de Kurt Weil, Elvis Costello e Charles Trenet.
O espectáculo, esgotado há várias semanas, chamava-se «I Let The Music Speak», que é também o título do seu último disco.
A nova temporada de música da Gulbenkian, que decorre até Junho de 2007, é uma das mais importantes de sempre, com 128 concertos e um ciclo de piano que trará a Lisboa os principais intérpretes mundiais.

PortugalDiário.

19 comentários:

CêTê disse...

Boa noite, prof e restante malta!
Parece-me uma boa sugestão, ou melhor sugestões. Está é tudo muito centralizado. ;(((((
Já viram o poder socializador e cultural que a net têm? E ainda há neste tempo Velhos do Restelo a ruminarem sobre os perigos da net! Estou eu aqui à-vontadex a teclar... que bom seria estar a assistir a uma coisa assim com bom som e neste cafézinho.
Por falar nissso bem que poderia dar um cheirinho da voz da ilustre senhora. Bem não é preciso.. eu cá me arranjo;)))
Tenham uma boa noite e um bom início de fds.
;]

Fora-de-Lei disse...

Uma loira escandinava (mais ou menos interessante...) que teve a lata de debutar com a Academia de Santa Cecília de Roma - sob a direcção de Giuseppe Sinopoli - em vez de o fazer com a Academia de Santa Cecília da Ameixoeira-Lumiar. Tá mal...

andorinha disse...

Boa noite.

Não conheço.
Portugal continua a ser Lisboa e o resto é paisagem:(
Pelo que li o espectáculo deve ter sido fabuloso, mas como vivo na paisagem...

Aspásia disse...

O que eu digo é que a Anne Sofie é uma das vozes mais estratosféricas que conheço. Ela transporta-nos às alturas...

Malgré nous (Cécile Chaminade) por Anne Sofie von Otter

Aspásia disse...

CêTê e Andorinha

Os vossos desejos são ordens. Fica um cheirinho da voz da Ana Sofia.

Eu precisava era de uma cordazita vocal que ela tenha a mais... porque as minhas estáo numa desgraça! (laringite aguda)

Um bom fim de semana para todos. :))

so_she_says disse...

Apoio incondicionalmente a "democratização" do bel-canto e vozes como a de von Otter contribuem, sem dúvida, para esse esforço.
Fui uma das que aplaudiu de pé.

Votos de bom fim-de-semana para todos.

andorinha disse...

Aspásia,
És sempre a minha salvação.
Já estive a ouvir esse cheirinho.:)

As melhoras, mulher:)
Cuida-te.
Bom fds.

Lusco_Fusco disse...

Boa noite!
Encontrei este link quem quiser aceder: http://www.deutschegrammophon.com/special/?ID=vonotter-abba
Tudo de bom.
MJ

patrick bateman disse...

Run Forrest, Run...



Run Forrest, Run...



Aqui?
As palavras têm a idade da pedra.

moon disse...

Hello!

A Anne Sofie que me desculpe mas não a conheço:) Vou-me informar...

A propósito de concertos...
Gente, nos próximos dias 3 e 4 de Novembro temos o Rui Veloso no Coliseu do Porto, a trocar "os Vês pelos Bês".
Vaí daí pus-me a pensar...
Juntando o útil ao agradável, maralhal, não seria interessante um destes dias, fazer (em vez de um jantar do Murcon)uma digressão a um concerto? Um convívio diferente...
Claro que o nosso querido Murcon deixava de ser a estrela:)))) mas como ele até é um rapaz tímido e modesto:) não se há-de importar nada, não é verdade?:))))

Durmam sobre o assunto:))))

CêTê disse...

aspasia e andorinha,
loooooooooool não duvidando da simpatia da aspasia e da mestria da andorinha esta página está cheia de atalhos desviantes. ;)
Fui ter a uma página de oferta e procura de serviços - julgo que não musicais! LOOOOL é o que faz o analfabetismo linguístico.
Tento amanhã- obrigada na mesma
As melhores.;)))

CêTê disse...

lusco_fusco;) consegui!

Quem conduz quem? Ela a música ou a música a ela? ;] Parecem-me um par perfeito! Precipitam imagens que não vi, paisagens que nunca decalquei... alpinas?! Não sei.
ao vivo deve haver momentos de arrepios. Não fazendo o meu estilo (sei lá eu qual é o meu estilo?! ;)) gostei. Talvez compre ou saque

Katerinna disse...

Para quem admira esta grande cantora sugito o www.youtube.com, que dá para a ouvir a vivo e a cores num concerto ao vivo

http://www.youtube.com/watch?v=VdhRYMY6IEc

Lindooooooo.......

Beijocas!!

Katerinna disse...

http://www.youtube.com/watch?v=lA7-JvKMSwg

Lindooooo............

Aspásia disse...

katerinna

Magníficas sugestões! A interpretação de "O Rei Dos Álamos" é de arrasar! Grande Sofia!

E como, pelos vistos estamos em noite de ópera aqui no Murcon, fica em especial para ti, o peruano Juan Diego Florez.

http://www.youtube.com/watch?v=rmD_xJxrPBY

Aspásia disse...

Bjinho :))(faltou)

Viva disse...

Boa noite pessoal

Ouvi à dias Anne Sofie na tv. Apenas deram 3 canções uma por cada estilo. Gostei acima de tudo porque já nos vamos habituando ás vozes masculinas dos cantores líricos a cantarem fenomenalmente bem todo o tipo de música, mas vozes feminimas são muito raras e menos divulgadas.

Nesse programa também mostraram 2 cantoras Portuguesas a fazerem o mesmo tipo de incursão, e gostei do que ouvi.

Adorava um dia assistir a uma ópera ou uma operata ao vivo. Mas vai ser dificil, tanto pelo número de espetaculos em Portugal como pelo preço do bilhete. Ainda por cima para quem mora na paisagem.

E já agora e o que me dissem daqueles piquenos cada um da sua nacionalidade, "tamanho" e tipo de voz, que formam um quarteto muito agradável aos ouvidos e aos olhos.

;)

Viva disse...

Prof.

Desculpe incomodá-lo mas onde posso arranjar uma música que ouvi esta semana aqui, que julgo ser de um quarteto sul africano dos finais dos anos 60 e do qual so me lembro de uma parte da música que quando tinha 6 ou 7 anos ouvia a assim (oooohhh lenca lenca lengc atirika lenca lenca lenca) ah ah ah

Gostava tanto de conseguir te-la. Trás recordações muito boas.

Desculpe mais uma vez

Obrigado

Bjs
;))

noiseformind disse...

A chavala pode cantar todos os ABBA e Beatles que quiser. Para mim será sempre a cantora que definiu o benchmark dentro do universo de Haendel. E, pensando bem:

"«É um verdadeiro camaleão, capaz de cantar tudo, da música pré-histórica até aos Beatles», disse o maestro Marc Minkowsky acerca de Anne Sofie von Otter."

Beatles é música pré-histórica para a minha geração looooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooool

E já que estámos numa de partilha de seringas cá fica o meu recanto primievo em termos de música clássica: http://bruckovskyopuscero.blogspot.com/ . E pronto, já só fica na paisagem quem quiser, Malta ; )))))))))