quarta-feira, outubro 04, 2006

Um trovador anticlerical.

Les clercs se donnent pour des bergers
et ce sont des assassins
sous des airs de sainteté.
Quand je les vois se vêtir
il me souvient de messire
Ysengrin qui voulut un jour
entrer dans une bergerie
mais par crainte des chiens
il endossa une peau de mouton
et trompa leur surveillance
puis il dévora par trahison
les bêtes qui lui plurent.

Peire Cardenal (1205-1272).

41 comentários:

Fora-de-Lei disse...

Peire Cardenal, le plus satirique des troubadours.

http://www.cardenal.org/

patrick bateman disse...

Boa noite!

Sr. Murcon,
Permite-me?


Isso é assustador!

Mas,
foi uma investida com êxito pelas memórias do Google.



Eu sinto-me irrevogavelmente decidido a mastigar os ossos dos nossos distintos intelectuais à portuguesa...
e aqui vai uma "roupagem" que lhe sirva de pijama para as noites mais frias que se avizinham:

Il est bien fou celui qui croit réussir à faire
ce qui jamais ne fut fait.
Et moi qui crois sévir contre les traîtres
je me démène en pure perte,
car si ce n'est Dieu qui les anéantit
il y en aura bientôt plus que d'agneaux en mai.
Quand l'un trahit par des actes ou des crimes,
l'autre trahit avec des paroles et l'autre avec des écrits.

Pèire Cardenal (vers 1212-1213)





Ps: Atenção ao acento grave no nome próprio do trovador.









Oh, you're so cool brewster

CêTê disse...

Ai credo! Vá de ... lado!;p

Alguém, provavelmente eu, estará a fazer mal as associações!

Bom frd.

Bons sonhos.;]

andorinha disse...

Lá satírico é, como diz o FDL e anticlerical também. Tem algumas citações bastante "arrojadas":)

"Je crois que dans la mort
nul n'emporte
richesses ni parure,
mais seulement ses actions."

Também acho:)

patrick bateman disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
patrick bateman disse...

KISS
KISS

BANG
BANG

Ave Adore disse...

Quanta erudição...

Péire Cardenal serve para muita coisa, como de resto todos os poetas e trovadores de quem abusivamente se transcrevem as palavras que não se conseguem escrever por falta de atitude, coragem e dignidade. Aliás, é tão fácil pegarmos em poemas - sobretudo em francês - e dizermos aquilo que não temos coragem de dizer abertamente, sobretudo quando o fazemos intencionalmente.

E antes de terminar: espero que para a próxima se nomeieim os touros ou pelo menos se entre na arena para uma verdadeira pega.

fiury disse...

e eu a pensar que ía dar descanço à minha vesícula.....azeitonas,vodka e françes....:))))

Lusco_Fusco disse...

Boa noite!
Sob ares de santidade (com a tal pele de cordeiro) se cometem as maiores injustiças.
Todos sabemos que "Eles andem aí"
Ao contrario do que li acima, PARABÉNS pela coragem.
Boa noite
MJ

noiseformind disse...

Boss,
Conhecendo-te a(s) (múltiplas são, sem dúvida) costelas republicanas nada como um pouco de anticlericalismo para nos trazer de volta as velhas, do tempo do mundo, lutas intestinas nos 96 anos da República. E, fazendo aqui uma resenha pela história da I Républica (uma versão muito adulterada, publicada sob o crivo do Estado Novo sob a égide de hagiografo anónimo) lembro-me das palavras quase heréticas de tão poéticas de Luís Torgal no seu História e Ideologia: escreve-se sobre a intranquilidade quase salubre dos factos. De facto, os factos que são ensinados nas escolas são mais controversos quando nos aproximámos das versões publicadas imediatamente a seguir ao seu acontecimento. E a Républica aí está, para durar. Já não posso dizer o mesmo do Rui Costa, Boss.

(e como o teu Bi- andou lá pelas coisas dos Negócios Estrangeiros estás perdoado dessa cruzada ecuménica para com os benfiqueiros. Imagino o que será, daqui a 20 anos, quando o Benfica estiver prestes a implodir, tu a acenares com regresso ao tripeiro clube, contrito e fleumático)

Aspásia disse...

Professor

Hoje sua Mãe faz 83 anos. Foi com carinho que coloquei uma pequena homenagem a Maria Clara no meu blog.
(Antes de se entrar no link, deve ser desligado o som do Murcon).

Um abraço para ambos.

Julio Machado Vaz disse...

Aspásia,
Obrigado pela lembrança:).
Gente,
Correndo o risco de desiludir alguns, seria delirante descrever-me como anticlerical. Fui educado por padres no velho João de Deus durante dez anos, enquadrado por uma visão do catolicismo tão humana que só a falta de Fé me impediu de aderir a ela. E isso deixa marcas. E nostalgias sobre as oportunidades perdidas por certa Igreja... Mas torna impossível o ressentimento puro e duro.

Julio Machado Vaz disse...

ave adore,
Obviamente você não me conhece, nunca precisei de me esconder nas palavras de outros, disse e escrevi as minhas:).

chato disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
chato disse...

AVE ADORE:
você é parva!
(Como se o Dr. Júlio precisasse de se "esconder" atrás das palavras dos outros; como ele diz e bem, vê-se bem que não sabe quem é o JMV - atenção: ele não me pagou para eu dizer isto, que fique claro!)
E mais: é bem mais covarde quem se esconde por detrás de um nick sem identificação alguma, só para vir aqui deitar postas de pescada com cheiro a pôdre.
Mas que chata (ave adore, só pode ser uma mulher, penso)
Chatice de gentinha!

aquarela disse...

Salve Professor,

Um beijo para si, hoje.

Fell me(na) disse...

Odeio morrer, contudo morro, morro mas nunca definitivo, em coerência. Do hades reclamo sombras e chegam com a memoria dos argumentos, há coisas que nos estilhaçam lentamente num crescendo de intensidade e emoções até tudo terminar num lancinante lamento. Um requiem, porque não?

Ameninadalua disse...

Professor

Tambem lhe quero enviar os parabens pelo aniversário de sua mãe e aproveitar para lhe dizer que ela sempre me pareceu uma senhora que para alem de bonita, tinha uma "luz" muito especial...:)

Um abraço

andorinha disse...

Bom dia.

Júlio,
Nós não precisávamos desses esclarecimentos, todos o conhecemos:)

Quanto a inveja e provocações idiotas não é nada a que já não esteja habituado,infelizmente. Ainda vai ler e ouvir muitas, o que é bom sinal, é sinal de que continua a incomodar os pobres de espírito.

Fique bem:)
Um beijinho

andorinha disse...

Chato,

"Você é parva", assim é que é, nada de pruridos com as palavras.
Infelizmente deparamo-nos com gentinha desta todos os dias; é só passar ao lado e seguir em frente.
Agora isso de "só pode ser uma mulher", nunca se sabe...

Se todos os chatos fossem como tu, este mundo nem era muito chato:)))

chato disse...

Andorinha:
Eu não disse que só pode ser uma mulher; eu disse que o nick "ave adore" só pode ser de mulher, pelo género e não pela possibilidade de ser não sabermos exactamente quem está por detrás; não quis "ofender" a Mulher como se fosse a Mulher a única a ter despeito por alguém; há homens assim; mas, neste caso, parece-me ser escrita de femme :)

PAH, nã sei! disse...

AH GANDA CHATO!!

noiseformind disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
noiseformind disse...

A melhor maneira de um pedófilo não parecer pedófilo é lutar pelos direitos das criancinha. Senão leiam:

"Actions in Congress

Legislation regarding pornography and sexual offenses

In the House, Foley was one of the foremost opponents of child pornography. Foley had served as chairman of the House Caucus on Missing and Exploited Children. He introduced a bill in 2002 to outlaw web sites featuring sexually suggestive images of preteen children, saying that “these websites are nothing more than a fix for pedophiles.” As it was written, the bill would have prohibited commercial photography of children, and it failed due to the unmanageable burden it would have presented to the legitimate entertainment industry.[13][14] In June 2003 he wrote letters to the governor and attorney general of Florida, asking them to review the legality of a program for teenagers of a Lake Como nudist resort in Land o’ Lakes, Florida.[15]

Foley’s legislation to change federal sex offender laws was supported by the National Center for Missing and Exploited Children, America’s Most Wanted host John Walsh, and a number of victims’ rights groups. President George W. Bush signed it into law as part of the Adam Walsh Child Protection and Safety Act of 2006."

..........................................................................................................
..........................................................................................................
..........................................................................................................
..........................................................................................................
..........................................................................................................
..........................................................................................................
..........................................................................................................
..........................................................................................................

"The Mark Foley scandal centers on e-mails and sexually explicit instant messages sent by United States Republican Congressman Mark Foley to teenage male Congressional pages.[1] The questionable conversations, which took place between 2003 and 2005, are under investigation by the FBI and Florida officials for possible criminal violations. Foley has issued a statement saying that he has never had sexual contact with a minor. He also stated that he was himself molested as a teenager, that he is gay, and that he is an alcoholic.[2][3]

The Republican congressional leadership has been criticized for not investigating Foley's emails, which were known to them three years before the story broke. It has also contributed to conflict within the Republican Party, as some prominent members blame the leadership, including calls for the resignation of the Speaker of the House Dennis Hastert.[4][5][6]"

Pois é, pois é. Conheço muitos casos destes em Igrejas e Escolas portuguesas. São homens normalmente muito solícitos para apoiar as criancinhas, que são apontados pela forma como abdicam do seu tempo livre ou até colocam tempo profissional ao serviço delas. Apontados como luminares dos direitos dos putos, escondem e carregam os seus segredos para os meandros da Internet, onde afinal procuram abusar da miudagem quanto podem.; (((((((((((((

andorinha disse...

Chato,
Por vezes o meu feminismo "exacerbado" leva-me a ler o que lá não está escrito.:)
Eu sei que é chato...mas pronto.:))))))))))

Noise,
Tens toda a razão no que dizes, mas não precisavas de repetir. LOooooooooooool

Até mais logo, gente, vou curtir o resto do feriado.

patrick bateman disse...

Boa tarde!
Ora viva, Sr. Murcon!
Um bom feriado?
Uma excelente tarde de ociosidade mental?

Sabe...
Com o decorrer dos anos, a minha admiração pelos feriados não deixou de aumentar.

Um desejo inútil de...
Uma obsessão pelo anti-verniz-cultural...
Ou simplesmente a tal admiração pela polémica do "Charlatanismo freudiano".




Apesar de tudo, ainda faço o sinal-da-cruz...
;)




Ohhhhhhh, you're so cool brewster

w
w
w
w
w

Katerinna disse...

Gostei muito do que a Aspásia escreveu no blogue... Muito querida!.. Não conheci a sra.. mas pela descrição foi "uma grande senhora".. ;))

Um bom feriado para todos!

Maite disse...

Professor

Hoje passei em frente da Fundação Mário Soares e vi que havia lá uma exposição sobre Bernardino Machado e lembrei-me de si. Infelizmente não pude ir ver porque estava fechada. Fica para outro dia.

Boa noite para si :)

CêTê disse...

Boa Noite!;]
Nada de fresco. ;[

professor, desta vez o seu post deixou-me apardalada! Não percebi patavina. Ok, também não se pode perceber tudo(há sempre msgs supra e sublimiares que atravessam a netesfera em todos os sentidos...) mas pronto.

Fiquei a analisar carneiros. ;P

Amanhã é véspera de SÁBADO! ;p VIVA A MONARQUIA

P.S- O nosso Presidente está a perder sementes ou aquilo da voz é cagança que o poder dá? Valha-me Deus parecia o outro Senhor a falar. Ainda bem que levava tudo escrito se não ainda começava com o tique do outros a dar ao dedo.

chato disse...

http://www.fmsoares.pt/iniciativas_registo_individ.asp?id=000536

moon disse...

Les Clercs... Não são os únicos!

Bem, uma ajudinha para quem não percebe patavina de Francês (just like moi!).

www.altavista.com
Tradução: babel fish. Não é grande coisa mas dá para ter uma ideia;)

Su disse...

o clima deste lado pesa.......... cada vez mais sou a favor das balas .... as palavras de nada servem.....
.....bang bang( matei dois)
deixo jocas maradas

Klatuu o embuçado disse...

Viva El Rey!
Viva a Monarquia Portuguesa!!
VIVA PORTUGAL!!!

Viva disse...

Boa noite pessoal

Bem quando toca a padres e freiras eu tenho uma visão demasiado esteriotipada, devido aos anos que andei num colégio de freiras e de ter apanhado o nosso padre a "brincar" com uma das freiras, e de anos mais tarde ter descoberto que aquelas "brincadeiras" eram proibidas a eles. Imaginam quando no colégio souberam que os eu os apanhava todos os dias havia uma semana. ah ah ah. (A menina não pode contar a ninguém, nem á sua mãe nem ao seu pai, senão Deus Nosso Senhor castiaga-a e vai pró inferno). Poucos anos depois é que foi o elas quando traduzi as "brincadeiras" para o nome correcto. SEXO.

Quanto á pedófilia, ainda bem que as mentalidades pelo menos no ocidente está a mudar, e hoje é crime. Pois durante seculos toda a sociedade sabia da sua existência, mas era assunto que nunca se falava e se omitia proprositadamente, comportamento esse que implicava surdinamente uma aceitação do facto.

"Aberrações" sexuais (o prof vai ficar com as unhas todas de fora com este termo) é o que não falta por este mundo fora. O que não pode acontecer é que os que as gostam de praticar utilizem crianças (são sempre indefesas) para isso. Eu aceito que cada um procure o seu prazer sexual da forma que para ele é a melhor, mas para isso procurem adutltos que o consintam. Agora crinças nunca.

Bjs
Ana

Viva disse...

Boa noite pessoal

Bem quando toca a padres e freiras eu tenho uma visão demasiado esteriotipada, devido aos anos que andei num colégio de freiras e de ter apanhado o nosso padre a "brincar" com uma das freiras, e de anos mais tarde ter descoberto que aquelas "brincadeiras" eram proibidas a eles. Imaginam quando no colégio souberam que os eu os apanhava todos os dias havia uma semana. ah ah ah. (A menina não pode contar a ninguém, nem á sua mãe nem ao seu pai, senão Deus Nosso Senhor castiaga-a e vai pró inferno). Poucos anos depois é que foi o elas quando traduzi as "brincadeiras" para o nome correcto. SEXO.

Quanto á pedófilia, ainda bem que as mentalidades pelo menos no ocidente está a mudar, e hoje é crime. Pois durante seculos toda a sociedade sabia da sua existência, mas era assunto que nunca se falava e se omitia proprositadamente, comportamento esse que implicava surdinamente uma aceitação do facto.

"Aberrações" sexuais (o prof vai ficar com as unhas todas de fora com este termo) é o que não falta por este mundo fora. O que não pode acontecer é que os que as gostam de praticar utilizem crianças (são sempre indefesas) para isso. Eu aceito que cada um procure o seu prazer sexual da forma que para ele é a melhor, mas para isso procurem adutltos que o consintam. Agora crinças nunca.

Bjs
Ana

thorazine disse...

Vamos dar um "Tapa na Pantera" e vamos para a cama? :))))))))

http://www.youtube.com/watch?v=j0iKYCCxRXw

Não pesco nada disto disse...

Bonjour

Prof, que tal abordar temáticas mais pró picante (não me refiro a malaguetas), daquelas que o "povo" gosta? ;)
Ah!, e para malta hetero...
É que essa "cena" de se falar constantemente em homossexualidade é, na minha opinião, sobrevalorizar o assunto.

chato disse...

Informação tirada do Site da Tvi:
Muito cuidado, pois.
Agora 1984 de George Orwell torna-se cada vez mais real
Não acham que é muito chato?
Que chatice.

A polícia está a testar um avançado radar digital para controlar as estradas portuguesas. De acordo com o jornal «Correio da Manhã», o aparelho é capaz de detectar os condutores que passam traços contínuos ou que não param nos semáforos. O radar tem ainda a capacidade para fiscalizar quem fala ao telemóvel enquanto conduz ou quem se esquece de pôr o cinto de segurança.

O equipamento inclui uma máquina fotográfica que capta o veículo em infracção através da ligação ao sistema informático da Direcção-Geral de Viação (DGV). O aparelho verifica via on-line se existem outras infracções associadas ao veículo ou ao proprietário.

Quem for apanhado em transgressão, é mandado parar 200 metros mais à frente para receber o auto da polícia. «Dois computadores portáteis ligados ao radar ajudam-nos a levantar os autos no momento da infracção. E com um terminal de pagamento automático (POS), o infractor não precisa de receber a notificação em casa e aguardar dias para fazer o pagamento ou ir à esquadra. O pagamento é logo na altura da autuação, através de Multibanco ou cartão de crédito», explica o subcomissário Merelo Aguiar.

blogico disse...

Para o 1984 do Orwell ainda falta muito, felizmente.

Estas medidas são mais do que necessárias para combater os nossos "artistas do volante". E parece-me pouco. É preciso mão mais pesada.

andorinha disse...

Totalmente de acordo com o blogico, aplaudo todas as medidas que contribuam para diminuir a sinistralidade rodoviária.

viktor disse...

Este novo radar foi justamente testado nas Caldas da Rainha em frente a duas escolas do 1ºciclo pertencentes ao agrupamento de escolas no qual lecciono.