terça-feira, maio 13, 2014

Boa noite, gente.

81 comentários:

Pedro Costa disse...

Verdadeiramente nunca soube como responder a esta pergunta.

bea disse...

Ninguém.

Boa noite a todos

andorinha disse...


Ninguém, Bea? Fala por ti:)))))

Eu não quero, mas pode haver alguém que queira.


Fiquem bem.

andorinha disse...



P.S. Freddy Mercury era magistral!

rainbow disse...


Na nossa condição de humanos e mortais, é uma pergunta que suscita uma ambiguidade tremenda...


Bea
Não estou assim tão certa da convicção da tua resposta, não em relação a ti, mas ao generalizares e dizeres: ninguém.

Pedro Costa
Nunca soube responder a esta pergunta assim como nunca soube responder à minha pergunta sobre o que achou do livro "Contacto" de Carl Sagan:)

Será que, a haver uma civilização muito avançada algures no universo, esta questão se colocaria?

Mas estamos aqui no nosso planeta azul, por isso:

"Nunca mais voltar é o que torna a vida tão doce"
Emily Dickinson

Senhor Pedrinho disse...

Ninguém me pediu para nascer ... Já limpaste. Os dentes! Ao elefante?

Senhor Pedrinho disse...

Bea? Se se vive! Sempre. Viver é para sempre...

Senhor Pedrinho disse...

Andorinha... Conheceste-o? Ou Viste-o! Na televisão.

Senhor Pedrinho disse...

Rainbow? E Pedro Costa! É tudo estrangeiro. Ninguém fala português...

Senhor Pedrinho disse...

11:11

Senhor Pedrinho disse...

Boa noite, gente.

Senhor Pedrinho disse...

Bea,
Ó Diabo, já fiz:). Abraço.

andorinha disse...

http://www.publico.pt/sociedade/noticia/na-cova-da-iria-os-smartphones-lado-a-lado-com-os-lencos-brancos-1635792?page=2#/0


Selfies com a Nossa Senhora em pano de fundo. Tablets que abrigam do sol. Bancos que fazem de tripé. Uma peregrinação a Fátima continua a ser uma manifestação de fé. Mas o cenário mudou. E com as redes sociais nem é preciso estar lá para acompanhar as celebrações.


Não sei se neste capítulo serei demasiado conservadora:), mas perante tudo isto, pergunto-me onde está a fé, a devoção, o recolhimento?
Ou é tudo espectáculo?


Rainbow,

:)))

Senhor Pedrinho disse...

Quem disse que era uma pergunta?

Anfitrite disse...

Se a que tenho já me tem dado tantas chatices, juro que desejaria desaparecer a qualquer momento, desde que não desse por isso. Tudo é efémero até as coisas bonitas que já tivéssemos visto ou vivido. Não sei se é da memória, de é do masoquismo, em mim só as bem más prevalecem.

Vai começar "Magnólia" no Holywwod". Quem não viu aproveite.

rainbow disse...


Andorinha

:))

Anfi
Já vi "Magnólia":)

E tenho que ir dormir, mas antes quero afirmar, num registo completamente diferente do anterior (o meu último comentário), o seguinte:
Qual crise económica, qual saída limpa, qual troika, a loucura e a notícia agora é outra (de que sou testemunha todos os dias):

https://www.youtube.com/watch?v=R4mE7ym6-48

Bons sonhos

Pedro Costa disse...

Olá Rainbow
O Contacto é um dos livros da minha vida :) Qual a pergunta que não soube responder sobre este livro?

Olá Anfitrite
Foi através de Magnólia que o mundo soube que Philip Seymour Hoffman era grande :) e talvez uma das raras vezes em que Tom Cruise mostrou que conseguia ser um bom actor.

Anfitrite disse...


Viva Pedro!
Imagine que estou a rever o filme, mas com um certo pé atrás, porque já disse aqui, que não consigo, quando conheço, separar a obra do criador. E Tom Cruise é daqueles sujeitos em que tenho dificuldade de aturar. Deve ser por o saber ligado à Cientologia e a tanta
fachada, na vida de uma pessoa. Talvez tenha mostrado aqui que é bom actor, porque pode ser que o papel lhe entranhe na vida real.
Desculpe a expressão mas este filme é mesmo f... de bom. Uma pessoa até fica cansada. E também mostra que a vida é mesmo uma...

Como a Rain não anda muito aqui, agora, a pergunta que ela lhe fez foi esta:

"Pedro Costa

Completamente a despropósito, se passar por aqui, pode dizer-me o que achou do livro "Contacto"? Muito poucas pessoas que conheço o leram, e é um dos livros da minha vida. Vi o filme, mas não tem comparação com o livro.

Bom fim de semana,
Beijinhos a tutti".

Foi no dia 11.04. E como eu gosto muito de me meter nas conversas respondi-lhe que o senhor (você) não voltaria mais aqui. Como é que ela queria que uma pessoa lhe falasse de um livro de ficção científica.

Boa noite

Continuando a falar do filme, até já associei o entrelaçamento com o "Les Uns et Les Outres" e o desababar junto pré-falecido com a oração que o Marlon Brando, faz junto ao cadáver da mulher no "Último Tango em Paris"

Boa noite, outra vez.


Senhor Pedrinho disse...

Bea? Pode-me tomar por ninguém! Mesmo não tendo a original. Alvorada..https://www.youtube.com/watch?v=YtRgnudCxaQ

Senhor Pedrinho disse...

E aqui... Deixo. Um Sinal! Bom dia?:).

Senhor Pedrinho disse...

"Boa Noite Gente"

https://www.youtube.com/watch?v=tfqsKcR9rBg

Senhor Pedrinho disse...

O? Elefante! Que. Ri...

Senhor Pedrinho disse...

Anfitrite? Já fiz o primeiro! Testamento. De trás para a frente...

bea disse...

Bom Dia:))

Andorinha

Não, Andorinha, ninguém quer. As gentes julgam que querem; mas o que desejam não é a eternidade é a eternidade que não se sabe o que seja, sob condições - serem jovens, por exemplo. Pergunta se alguém deseja ser para sempre velho. Ad eternum.

E sei, por senti-lo às vezes, que a vontade que tudo pare nos pertence, que a vida se inscreve e nos gasta e desgasta; e há-de haver um dia em que termina; sossobra. Natural ou abruptamente. E creio que, se natural, um lado de nós agradece o fim dando graças por ter vivido. É muita célula cansada. E há que dar lugar. Nós, infeliz ou felizmente, desconhecemos o que seja a eternidade. Ou não a desejaríamos.

Sempre. É uma das minhas palavras preferidas. Terrífica. E terrivelmente assustadora se atirada para o eterno. O possível é empapá-la em banalidade, enfraquecê-la; trazê-la ao humano sentido.

Mas gosto mesmo dessa canção dos Queen. Dramaticamente humana, a nostalgia a desprender qual desejo triste.

bea disse...

Rain :))

e o Ricardo esqueceu-se daqueles garotos que vão para a praia ao fim da tarde vender os seus produtos. Sotaque lisboeta e fatos de banho de marca, que só têm tios e tias - carradas deles, é família que nunca mais acaba -, que, tenham três ou quinze anos, são tratados por você pelos adultos (tios e outros). Decerto treinam o empreendedorismo. Passo-me com esses gaiatos cujo ser ficava aos pulos se me ouvissem. Gaiatos.

Senhor Pedrinho disse...

Bea? Estamos! Cada vez. Mais iguais...

bea disse...

Pois é andorinha. A fé parece cada vez mais ausente do lugar. Mas há pessoas que são crentes profundas. Para bem ou mal delas, é coisa de respeito. Admiro-as. Não é fácil nos dias que correm.

Precisamos acreditar. E a transcendência é dos melhores objectos para uma crença.

Senhor Pedrinho disse...

Professor... Não se preocupe. A astrologia! Resolve?

Senhor Pedrinho disse...

"Onde É Que Eu Já Ouvi Isto"

https://www.youtube.com/watch?v=w0nq_QeNlX0

Senhor Pedrinho disse...

Vou-me deitar? A pensar! No. Logo à noite...

Senhor Pedrinho disse...

"Pedro Costa? Um traço caucasiano! As senhoras. Estão com dificuldade de escolha..."

https://www.google.pt/search?q=Arabic+Art+Museum+Paris&oq=Arabic+Art+Museum+Paris&aqs=chrome..69i57.19209j1j1&sourceid=chrome&ie=UTF-8

Senhor Pedrinho disse...

Andorinha... Às 10:58? Faz-se bem! A meia noite.

Senhor Pedrinho disse...

A transcendência do objectos? Precisa contudo! De seguir. A matriz original...

Senhor Pedrinho disse...

Foi barato? Saiu caro! E fez. Arrumações...

Senhor Pedrinho disse...

O senhor... Lá em cima. Têm mais! Respostas?

Senhor Pedrinho disse...

Boa noite, gente.

Senhor Pedrinho disse...

Bea? Eu sei de muitas! Coisas. Que a mim me dizem respeito...

Senhor Pedrinho disse...

"Cavalo Que Foge Dama Que Fica"

https://www.google.pt/search?q=Eondoic+In+Cash&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ei=711zU9bNBKL00gWtuYCADg&ved=0CAYQ_AUoATgU&biw=980&bih=559#q=Eondoic&tbm=isch&facrc=_&imgdii=_&imgrc=cEO7LBpmUqeCrM%253A%3BrNCquvbF9WYEyM%3Bhttp%253A%252F%252Flh4.googleusercontent.com%252F-a8zWLEG50Ug%252FAAAAAAAAAAI%252FAAAAAAAAACE%252FiUisMw5ruNw%252Fs512-c%252Fphoto.jpg%3Bhttp%253A%252F%252Fmurcon.blogspot.com%252F2013%252F10%252Fold-fashioned-love-song-1975-three-dog.html%3B512%3B512

Senhor Pedrinho disse...

"O 25 de Novembro Faz Este Ano 40 Anos"

https://www.youtube.com/watch?v=Ow1FV5Ybe3A

Senhor Pedrinho disse...

E Ao Nata Nem Se Faz As Contas

Senhor Pedrinho disse...

Hoje.... As ligações. Ao estádio! Estão todas congestiunadas?

Senhor Pedrinho disse...

O Padrinho Do Facebook? É! O vigésimo segundo. Aos trinta...

Senhor Pedrinho disse...

Foi aos trinta e três
Bento XVI passou para quarenta e dois
Será que Francisco alguma vez passará Jesus 16

bea disse...

qual estádio? oh, é verdade, hoje é a final do Benfica em Turim. E tu não foste, Pedro? Ou serás do FCP... Uma final é uma final. Não se me dava ir a Turim.

Mais logo o mundo português pára. Vou trabalhar nessa hora. Só para contrariar. Sabe-me bem fazer coisas nessas alturas, tenho a disponibilidade das coisas só para mim, indivisa. E há silêncio nas ruas e só a voz dos pássaros, e o alcatrão a respirar, safa, tava a ver que não me deixavam assistir um pôr do sol descansado, sem me pisarem todo, me moerem o canastro.

Senhor Pedrinho disse...

Pedro Costa... Com essas mãos. Olha-se que no bicho! A paciência de elefante?

Senhor Pedrinho disse...

Se Houver Duas Penalidades E Um Golo Limpo Já É Muito Bom

Senhor Pedrinho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
andorinha disse...


Bea, até tenho dificuldade em te ver com tantos senhores Pedrinho por aqui. Chiça!:)))



Já "estou" em Turim. Ainda não queria lá estar, mas o pensamento foge:) lol

Espero que seja uma boa noite lá, o que quer dizer que será quase nos quatro cantos do mundo.


FORÇA, RAPAZES!


Vais estar a trabalhar?
Eu vou estar a roer as unhas:)))))))


Até logo.

Senhor Pedrinho disse...

Quem é que levou aquele caixote do lixo?

Senhor Pedrinho disse...

Obrigada por me reconheceres. Como. Pedrinho? Pedro é um senhor...

João Pedro disse...

Bea? Mais um! Para. A caixa...

bea disse...

Pedro, Pedro... ai, ai.

Pois, Andorinha, já expliquei os meus motivos:))

Mas, de todo o coração sou hoje benfiquista. Sem dúvida.

Pronto, Pedro. Já está mais um na caixa:)) (se é que te referes a esta caixa de comentários).

Agora vou. Té mais.

João Pedro disse...

Bea? Eu até apanhava um escaldão! Para não ficar azul. Mas...

João Pedro disse...

As tecnologias. congelam tudo! Até a contagem decrescente?

João Pedro disse...

"This Is A Master Piece"

https://www.youtube.com/watch?v=_Jtpf8N5IDE

rainbow disse...


Bea

Também tenho uma fascinação pela palavra sempre.

Andorinha
Vais estar a roer as unhas? Isso faz-se?:)

Pedro Costa

A Anfi já respondeu por mim. A pergunta era mesmo a sua opinião sobre o livro "Contacto", pois não me recordo de alguém meu conhecido o ter lido, e é um dos livros da minha vida.
De um grande rigor científico e uma narração apaixonante. A recepção da mensagem (recebida pelos radiotelescópios) de números primos, depois a mensagem duma das nossas primeiras emissões televisivas captadas por uma civilização algures fora da Terra, de Hitler a discursar nos Jogos Olímpicos. E a mensagem da construção da Máquina. Uma história que culmina na viagem rumo ao centro da galáxia dos cinco cientistas seleccionados.
Um romance apaixonante, pelas questões que coloca, de ordem científica, mas também política e militar, financeira, religiosa e filosófica.
E Carl Sagan é magistral, ao não se deixar cair na tentação de imaginar o aspecto de seres e duma civilização extraterrestre muito avançados.
A ideia da réplica duma praia da Terra, com um céu, um mar, a fauna e flora do planeta azul, assim como o encontro com também uma réplica dum parente de cada um deles, é genial e honesto. Quase colide com magia e ilusionismo.
Assim como o meio de transporte que desafia a velocidade da luz e a não existência de provas materiais.
Por último a assinatura do "artista" inserida bem no interior do número Pi.
E o "pormenor" da citação de textos de poetas, escritores e filósofos no início de cada capítulo.

Anfi
Vê como não é difícil opinar sobre um livro de ficção científica?:)
E já me deixou com vontade de rever "Magnólia". Mais um a acrescentar ao "Sol da meia-noite" com Barishnikov.

Abraços

João Pedro disse...

Que praga? Aquela! Fotografia.

Pedro Costa disse...

Olá Rainbow :)
Infelizmente para quem leu o livro o filme é pura desilusão. Nenhuma das mensagens, da magia de Contacto enquanto livro passa enquanto filme.
Fiquei com a clara sensação que quem escreveu o argumento não leu o mesmo livro que eu.

Só pode gostar do filme quem não leu o livro.

Olá Andorinha :)

Saudações benfiquistas ;)

Pedro Costa disse...

Rainbow

Um ser de uma civilização muito avançada poderia hipoteticamente ter uma duração eterna, um "viver para sempre" quando comparada com a nossa mas teria sempre um fim.
Sabemos que o próprio Universo não é eterno. Podemos exactamente não saber como irá acabar, mas sabemos que vai acabar.

As palavras "sempre" e "tudo" também me fascinam. Talvez por não serem verdadeiras.

Bea

Excelente argumento.
"Sempre" apesar de ser uma palavra fascinante é também assustadora. Demasiado definitiva. Não permite erros, nem correcções. Não permite arrependimentos.
Talvez por isso não a considere verdadeira.

João Pedro disse...

"Está Tudo Com Os Olhos Na Novela Dos Homens"

https://www.youtube.com/watch?v=SJYXmmWk-kM

Bartolomeu disse...

nobody wants to live forever!
Para que um vivesse para sempre, todos os outros viveriam também. Nesse caso, já não haveria espaço na Terra para todos e a sustentabilidade do planeta já tinha ido à vida.
Se a imortalidade fosse um fenómeno individual; o feliz contemplado seria rapidamente aniquilado pelos restantes invejosos.
No entanto e de uma forma natural, porém, misteriosa, todos nós somos imortais, só que, a nossa imortalidade reside na transmissão dos genes, através do processo da cópula. Esta constatação coloca-nos inevitavelmente perante uma séria realidade; os únicos mortais são somente aqueles que ~vivem sem se reproduzir e aqueles que se reproduziram até ele.
Portanto maralhal, vocês e eu, o que podemos fazer? Talvez piiiiiiii

https://www.youtube.com/watch?v=iisu2SCusLQ

João Pedro disse...

Pedro da Costa. Pontualidade! Lá em cima?

andorinha disse...


Eu não acredito!!!!!

Mais 30 minutos de sofrimento?????


Pedro Costa,

:)

João Pedro disse...

A Taça. É! Nossa?

João Pedro disse...

"Fez-nos Bem Poupar Jogo Para O Rio Ave"

https://www.youtube.com/watch?v=R8516oBcuYQ

João Pedro disse...

Como Há Dois Cristos? Vamos! Ao 66.

João Pedro disse...

Elefante. Reduz o café! Ao homem?

João Pedro disse...

Boa noite.

João Pedro disse...

GENTE

João Pedro disse...

Como diria o nosso presidente ou eu mesmo tinha sido uma grande honra.

andorinha disse...


Pronto...foi um sonho lindo que acabou...:(((((



Parabéns, Manuel Serrão! Deves estar contente, tu e todos os idiotas portistas como tu.


Eu já acalmo, gente:)
Don't worry!

andorinha disse...


Pedro Costa,

Também não gosto da palavra "sempre" pelos motivos que aponta. Também não gosto da palavra "nunca" pelos mesmos motivos.

Não há nada que seja irreversível, pode-se SEMPRE:) alterar.

andorinha disse...


Rainbow,

Não será difícil para ti:))))

Revê Magnólia, vale a pena. Eu revi ontem graças à Anfy.

Beijinho

Pedro Costa disse...

Rainbow

Quanto a Baryshnikov sugiro White Nights com Gregory Hines. Ambos estão fabulosos :)

bea disse...

Eu vi Magnólia há muitos anos e não é filme que me tenha marcado.

Nunca li o livro contacto. Pensava que tinha visto o filme, mas a Anphy aqui há tempos já me mostrou que não.

Estou triste pelo Benfica.

bea disse...

E gosto das palavras sempre e nunca. São bonitas.

Anfitrite disse...

E só para chatear eu que cheguei agora da médica, vinda de Lisboa, aproveitei ser um uma noite de trânsito calmo. Já estava para desistir da box da TV, pois não bastava o futebol, ainda temos a porcaria da campanha eleitoral. Acho que isto agora vai ficar um pouco mais sossegado. porque é que uma pessoa que gosto de desporto só fica satisfeita se for o seu clube a ganhar? Isso é doença e pura competição. Já vão ter tempo para ver e ler coisas mais importantes, digo eu.

Rain,
é fácil escrever sobre ficção, quando se tem aptidão pelas letras. O que não é o meu caso. Eu apenas sinto. Nem de propósito a Filomena Mónica está a dar um grande entrevista ,sobre a morte e o sofrimento e muito mais, que está dentro do nosso tema.
Quanto à Magnólia vou ver mais pormenores porque vai repetir no dia 16.05 às 3 e 55m. Gravem quem não poder ver. Um filme é para ser sentido, visto e revisto até sob os ângulos de que é filmado. Além do que escrevi ainda me comparei ao Phil (não pelas drogas, como também ao Benigno de "Fala com ela". Ambos fazem o papel de enfermeiros e tentam ajudar quem sofre. Eu não sou capaz nem de dar uma injecção, mas sou capaz de ajudar quem sofre (modéstia à parte). E quando se trata de sentimentos, dores físicas e morais eu não me posso alhear.
Vala a pena ver e rever.
Boa noite.

bea disse...

Anphy

Muito obrigada pela informação, Anphy. Não tenho sistema que permita gravações. Mas pode servir a outrem.

Pode ser que às 3:55 já tenha acordado. Mas até prefiro deixar o filme para quando já não possa arrastar os pés. Esperando que a cabeça consiga entender alguma coisa. por exemplo.

O nosso clube não tem sempre que ganhar. Mas perder uma final assim, é tristinho. Para muita gente.

Senhor Professor e Andorinha

Seria melhor se fossem campeões. Para o ano há outro campeonato. E logo se vê. Corações ao alto! (ora bolas, estou com a sensação de que a frase tem esta resposta, “o nosso coração está em Deus”)

Fica assim que já só vejo a 1/10 e penso a 1/100

Fora de brincadeiras: o sono ajuda. Durmam bem.

andorinha disse...


Bea,

Só tu me farias rir agora...:)))))))))))))

"o nosso coração está em Deus" lol

Dorme bem, também.

João Pedro disse...

Pedro Costa. Os amigos das outras bandas! Também ouvem na desportiva?

João Pedro disse...

Bartolomeu? Não sei quantos amigos tens e sem o saber estou grato de o ter como desconhecido! Que grande corte que aí vai.