domingo, maio 18, 2014

Este fds dois factos me prenderam a atenção: ontem um estádio quase inteiro levantou-se em Barcelona para aplaudir a equipa adversária; hoje de manhã, nessa Vila do Conde que sempre me tratou como um príncipe e onde o Ramón foi último apeadeiro de tantos regressos meus da Galiza, adeptos dos dois clubes entravam abraçados nos autocarros e em alegre confraternização os vi mais tarde no Jamor. Sei que muitos de vocês pensarão que sou ingénuo, mas entristece-me que o futebol seja vivido como uma guerra por tanta gente. Por isso vos deixo uma canção de paz. Boa noite, gente, fiquem bem.

18 comentários:

andorinha disse...

A canção de paz é linda. E justifica-se!
Mas o post fica incompleto sem:


SLB! SLB! Glorioso SLB...

PARABÉNS, rapazes!

Por hoje terem dado tudo! Por hoje ter sido o culminar de uma época brilhante!

:)

bea disse...

é bem verdade, foi uma época em grande. PARABÉNS ao Benfica e a todos os benfiquistas

Moon disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Moon disse...

Julinho,

até podem pensar.
Acontece que a sua ingenuidade é daquelas que mudam o mundo, como a de Gandhi, por exemplo.
E, por isso, we, the people, love you! :)

bea disse...

puxa vida!...pensava que Gandhi era um raro exemplar de crença. E afinal... a minha alma está parva. Mas é indubitável, quem frequenta o murcon, de certeza, gosta do professor. Porque há muito recanto a net.

Bom Dia de Chuvinha

andorinha disse...


Bea,

Claro que gosta do professor.
Quem não gosta?:)))

Bom dia de chuvinha também "pati"

Anfitrite disse...

Moonzita (será quarto minguante?)

Não queira fazer do professor um mártir! De ingénuo ele não tem nada. Ou nunca viu/ouviu os seus programas, as suas observações e as que ficaram por fazer? O Gandhi queria unir castas, o que até hoje só tem servido para mortes e exploração. Até o Lincoln, que nada tinha de ingénuo, só porque negociou com o diabo e comprou os
votos dos seus correligionários e adversários, para abolir a escravatura, acabou sendo morto por um sulista. Depois disto tudo imaginar o professor com uma auréola é mesmo muito boa vontade, ou muito amor para dar. Isto não quer dizer que ele não mereça por outras razões. Sobretudo pelo seu amor à monarquia. É porque quando é bem tratado diz sempre que foi como um príncipe, quando esta raça era das que mais atraiçoava a família entre eles, se é que eles sabiam onde chegava a família, já que qualquer útero servia para descendência.

Boa semana.


andorinha disse...


Anfizita:))))


Tu és lixada, mulher! E casmurrona, também!:)

Vá, boa tarde de chuvinha...refresca essas ideias...:)

Vou...

bea disse...

É bem agradável ouvir o senhor professor a conversar com a Inês.

bea disse...

ah, ah, ah...a Anphy também reparou que o professor, se é bem tratado, acha logo que o tratam como um príncipe.
E quando assim é, penso logo em passadeiras vermelhas, vénias, cadeiras desviadas para, quem lhe tire o casaco se há, todos à volta a adivinhar desejos (mas não deve ser isto porque era uma grande de uma chatice).

Anphy, não sou de grandes certezas. Mas estou mais ou menos segura de que o professor não é monárquico.

andorinha disse...


Acabei de ver a cerimónia na Câmara de Lisboa.
Temos uma massa associativa única no mundo!
É para mim um orgulho fazer parte desta gente:)

Anfitrite disse...

Andorinha,

Venha a chuva até os cães a beberem de pé.

Estou farta do ar seco, que nem me deixa respirar, além das próprias plantas que não há água que lhes chegue e estão sempre desmaiadas.

E

Moon disse...

Ladies...
O Gandhi era uma analogia.
Não imagino o Prof. de "fralda" naturalmente ou semi-nú...:)
Mas consigo ver um homem que sempre defendeu os seus ideais e pontos de vista, sem se preocupar em agradar a todos.
E que "casmurro", como parece, deve ter tido muitos dissabores.
E vejo um homem que ao longo de anos inspirou muita gente e contribuiu para mudar mentalidades.

andorinha disse...


Moon,

Vejo o mesmo...:))))

Beijinho

Anfitrite disse...

Andorinha,

Obrigada por me chamares casmurra. AHAHAHAHAHah...

Moon.
Aquelas fraldas não incomodavam porque eram feitas de algodão puro. Não são como as de hoje: ou são sintéticas, ou são transgénicas.

andorinha disse...


Eu também sou, por isso sei reconhecer essa característica no meu semelhante:)))))))

Moon disse...

Andrinha, :))
Beijinho

Anfy, casmurrita.... :)
Kiss

Eleven Eondoic Set disse...

Não estar contente com o desporto rei... E falar deste? É. Contradição.