sexta-feira, julho 15, 2005

Speed dating.

Notícia do Público: a empresa cobra 25 euros aos participantes (25 de cada sexo). Conversam cara a cara durante três minutos, até cada um o ter feito com todos os participantes do sexo oposto (speed dating heterossexual!, suponho:)). Anotam num cartão as suas preferências. Nos casos em que houver acordo, a empresa informa o par por mail e as duas pessoas decidem se querem voltar a encontrar-se. Principal justificação: o tempo que se poupa. A Gabriela Moita diz que só condena a priori quem tem determinadas competências comunicacionais que facilitam os primeiros encontros ou considera a modalidade "artificial". Além disso, sublinha existir um contacto visual ausente na Net - o que torna o speed dating mais real - e o progressivo isolamento das pessoas, facto que implica novas formas de contacto.
O que opinam vexas?

125 comentários:

Carlota disse...

Se forem do mesmo sexo é mais caro? ou nem sequer consagram a hipótese? enfim...e que tal ir conhecendo pessoas "reais"? dá mais trabalho não é? está-se mais vísivel... "ah afinal ele come de boca aberta"....não estaremos cada vez mais protegidos do mundo atrás do PC? porque? por falta de tempo? por medo dos outros? ou por medo de nós?

PortoCroft disse...

Caro Prof. m8,

Uma palhaçada. Andam por ali uma tarde, a trocar cartões e a terem três minutos de conversas banais, como nem poderia deixar de ser. No final, como sempre, quem ganha é a matrona.;)

Anónimo disse...

Tá visto que a economia neo-liberal já chegou ao amor... ;-))

L'enfant Terrible disse...

É uma maneira fácil de fazer dinheiro à pala de ótár... er... ingénuos :) e desesperados.

Penso que ninguém vai para esses encontros a pensar que vai encontrar a pessoa da sua vida mas mesmo que ache que, com esses 3 minutos, vai ter direito a conseguir "dar uma" sem desenvolver mais o contacto (afinal, não há sexo sem contacto... ainda - o virtual não conta, os participantes tocam-se a eles :)), pode tirar o cavalo da chuva!

lobices disse...

...o meu habitual BOM DIA à tutti
...quanto ao speed dating só mesmo essa classificação: speeding the love, loving in speed... what`s that?...A new kind of love?...
...o amor pode nascer "daqui", via net, mas tudo tem o seu tempo; tudo leva mais tempo que um simples dating de 3 minutos para se conhecerem numa primeira abordagem...
...como ali diz o Luís, quem ganha com isso é a matrona da empresa espertalhona...
..."aqui" pode nascer o amor, claro que sim, mas mesmo assim é preciso dar-lhe o "seu" tempo

yulunga disse...

Bom dia.
Dr. Murcon, pela parte que me toca agradeço o V. Exas. Gostei, porra.

Apenas 3 minutos?
Eu chamava-lhe " O Poder das Feromonas" em vez de "speed dating"

Pode acontecer? Talvez. Numa situação não forçada acredito que possa haver atracção?
Agora expor-me com o intuito de me tirarem as "medidas", de me "escolherem" e ainda por cima ter que pagar?
Dou a minha vez a quem não conseguiu obter lugar.

Julio Machado Vaz disse...

anónimo das 10.26,

Também acho:). De qualquer forma, em todos estes processos existe, à partida, "auto-selecção". Logo, nada a opor, o que adultos informados fazem só a eles diz respeito. E depois, pode ser amor à primeira (entre)vista!:)

e. disse...

O jogo está lançado no Ocidente.

Quem o quiser aproveitar (ainda que sacana) que aproveite.

Neo liberal?? ahahah - na China fazem-no há anos, sem computador mas mesmo assim cego.

Felicidade heterossexual-homossexual-amorosa-ardorosa-romântica-cortês na China ahahaha...

Mas não conhecemos já as possibilidades deste jogo neste nosso blog amigo onde até nos conhecemos por retratos?

yulunga disse...

Dr. claro que nada a opôr, mas ir com o intuito de... não será algo forçado? A postura será a verdadeira? Não haverá um bocadinho de batota?

e. disse...

Esqueci-me de acrescentar ... onde nos conhecemos por retratos e com fundo musical adequado ao romance e ao sexo.

e. disse...

E esqueci ainda que a batota é a alma do azar - que correcto me parece por o risco nisto do azar amoroso - ou será uma questão de sorte encontrar alguém que jogue connosco? Estaremos a ser mais 'puros' se recorrermos ao mundo real? O que é isso da pureza?

yulunga disse...

"o progressivo isolamento das pessoas,", concordo.
E a indiferença de quem nos rodeia no dia-a-dia?
O speed dating pode acontecer de forma espontânea no café, na rua, nos transportes, etc., basta para isso estarmos acessiveis à comunicação, sem qualquer tipo de premeditação.

PortoCroft disse...

Naco-Miúda-Bera,

Finalmente. Alguma coisa tua eu havia de subscrever por inteiro.;)))

yulunga disse...

Portocroft, tenho-me "esforçado" por agradar nestes dates

PortoCroft disse...

Yulunga,

Como lamento teres excedido os 3 minutos.;))))))

yulunga disse...

Portocroft, sempre afirmo que onde houver pessoas tudo pode acontecer.
Não entro nessa de dizer que nunca me acontecerá algo aqui na Net, por exemplo.
Não participo com essa intenção, mas apaixono-me pela escrita das pessoas partindo do principio, e o que nem quero pôr em causa, que o que escrevem as representa de alguma forma.

yulunga disse...

Portocroft, gostas de coisas faceis?
Paga 25 euros! ;-)

yulunga disse...

Portocroft, já pensaste que não excedemos os 3 minutos? Se estamos aqui a falar uns com os outros foi por termos lidos alguns comentários que de alguma forma levou a uma aproximação. E olha que 3 minutos de comentários é muita coisa

Julio Machado Vaz disse...

Yulunga e Portocroft,

Erotização da palavra "à custa" de um blog conservador?:))).
Ts, ts, ts...

yulunga disse...

Dr. Murcon com todo o respeito, permita-me:
Brincalhão!!! ;-)

PortoCroft disse...

Yulunga,

A vida dum homem é complicada. Pelas coisas fáceis 25 euros. Pelas difíceis, toda a vida.;)

Caro Prof. m8,

Concorda? ;)

lobices disse...

...3 minutos?
...aqui?
...somai os minutos todos em que estamos em comunicação, desde que se entra no sistema até que o comentário saia até á espera duma "resposta" ao que escrevemos antes... e ides ver que os 3 minutos se estendem por algumas horas ao longo do dia (ainda por cima sem ter de pagar os 25 euros, pode ser muito mais "produtivo" do que esse de speed dating...) LOL

yulunga disse...

Portocroft, espero que tenhas percebido que os 25 euros era o valor da inscrição do "date rapidinha"

Julio Machado Vaz disse...

Só com a segunda parte, coisas fáceis a 25 euros já se vai tornando difícil fora das lojas dos 300:)))).
Yulunga,
Tomo isso como um elogio, quem me dera sentir disposição para brincar muitas vezes:). Mas não me queixo: o Murcon é dos "sítios" onde gostosamente liberto o riso e a loucura saudável que reputo indispensável!

PortoCroft disse...

Claro que sim, naco-miúda-bera. E que outra coisa?;)

Caro Prof. m8,

Esse é o maior elogio que nos poderia fazer. Ou, pelo contrário? ;)

yulunga disse...

Dr. Murcon o seu prazer será o meu prazer, e desde que ria comigo e não de mim, cá continuarei a pisar o risco e a rapiocar o que me der na bolha

Didas disse...

Eu acho muito bem! Agora falta implementarem essa coisa aqui no trabalho. A gente entra às 8:30 e tem 3 minutos para ir embora. Será o Speed-Working. Mainada!

Julio Machado Vaz disse...

Yulunga,
Gosto de rir com as pessoas, não à sua custa, a sobranceria não é um dos meus (numerosos) defeitos:).

Portocroft,
Claro que é um elogio, stop fishing for compliments:))))))).

circe disse...

Bom Dia, M + M,
(simplificando: Murcon e Maralhal)

E essa actividade está isenta de impostos? rs
Bom negócio, gente - ligar para a Maya deve ser muito + caro lol;)

To e.
O que é a pureza?
Um Gato me fez exactamente essa pergunta, no século passado, quando lhe ofereci uma rosa branca;)
Na altura, e porque estávamos num
anfiteatro lotado de gente linda e
efervescente, e porque ao lado dele estava o da rosa púrpura, eu só titubeei " bem, daqui a 10 anos
explico...mas agora tenho que ir ali ao cantinho entregar a rosarosa
ao Gabriel, que já me piscou os olhos malandrecos vezes sem fim,ts
ts"

Por mim, parece que foi ontem!
Olá José Gabriel, a gente sempre se encontra por aí - magiaMusarádio;)
Duas liras, chegam? ts ts ts :)

Tão só, um pai disse...

3 minutos com cada uma das outras pessoas, ou só com uma pessoa?

Seja como for, tem o mérito de, à partida, identificar um grupo de pessoas como estando "disponíveis" e procurando companhia.

Os 25 euros pagam o tempo de quem organiza e filtra as "presenças mercenárias". Quem vai a uma coisa destas, pode não quer ser abordado por uma/um "profissional".

yulunga disse...

Dr. Murcon, posso-me confessar?
Eu por vezes rio de...

É tão bom podermos dizer: os nossos enormes e muitos defeitos.

P.S. (sem conotação politica) Não leve a mal as perguntas indiscretas.

Rataplan disse...

Bom dia

Não será tudo um engano? O desespero não poderá criar a ilusão do "amor à 1ª vista"?
Mais uma vez constato, que o mercado se está a orientar para o desespero alheio.

Rataplan disse...

Por falar em desespero, tenho pena que não haja bordeis na versão feminina (lol lol lol).

Anónimo disse...

Caro Prof

Cada vez me sinto mais fascinada por si.
Sinto que o compreendo, que o conheço e que se sente triste.
Acompanho quase desde o início os posts e comentários deste famoso blog que também me é muito querido.
Também eu gosto de ler, comentar e me divirto.
Um refúgio?

Um abraço e um bom dia para todos

melga disse...

Rataplan,
seu mentiroso ts ts,

Isso, dê-lhes mais, que estão de costas...looooooooooooooooool

Rataplan disse...

melga,
Não sou mentiroso sou mentirosa, lol

Rataplan disse...

Prof.
Faça um favor a esta sua admiradora e diga lá o nome da empresa.

RAM disse...

Caríssim@s,

Confesso-me chocado.
Chocado talvez seja exagero.

Nada tenho contra a internet - esta afirmação parece-me óbvia, certo?

Mas entrevistas para o amor??
Huxley escreveu o livro... eu acho que o estou a viver!
O que mais me choca não é a possibilidade de surgirem relações desse designado speed-dating.
Já havia o blind-dating. Americanices....
O que me choca é a necessidade das pessoas recorrerem a esse tipo de serviços.

Estaremos nós, nos tempos das novas tecnologias da informação, a dominar cada vez menos a capacidade de comunicação, geradora de amizades, cumplicidades, intimidades...

Um destes dias falavamos sobre os blogs e sobre "haver de tudo como na botica"; pois também eu participo - e com indiscutível agrado - na blogosfera, mas não dependo dela, nem faço depender a minha condição de homos sociabilis das virtualidades que a tecnologia me concede.

A busca de alguém é um processo activo - VERDADEIRAMENTE ACTIVO. Mas não predatório.

É a diferença entre ir correr para o Parque da Cidade, ou ficar sentado no sofá e projectar um filme do Parque da Cidade nas paredes da sala, dando uma falsa ideia de movimento, enquanto permanecemos agradávelmente instalados no sofá.

Será que o serviço está disponível do teletexto? :/

Bem sei que faltam locais de dinamização cultural nesta mui nobre cidade - e noutras também.
Se calhar era necessário um "Cheers": "sometimes you wanna go to a place where everyone knows you name and there always glad you came".

RAM disse...

Chocado é exagero!
Boquiaberto....

yulunga disse...

Ram, e diz-me lá.
És um "homos sociabilis", vens á Net, não dependes dela, do teletexto da SIC e da RTP ;-), mas se acontecer uma empatia, um encontro, um clic não te vais armar em esquisito pois não?

RAM disse...

Yulunga,


Conforme disse, o que mais me choca não é a possibilidade de surgirem relações desta auto-designado speed-dating, mas a necessidade das pessoas recorrerem a esse tipo de serviços.

Mais, o mercado, na essência, não cria novas necessidades. Somente se limita a oferecer respostas às necessidades já existentes...

RAM disse...

A existência dessas necessidades constitui, per si, e para mim, motivo de reflexão.

yulunga disse...

Ram e eu percebi, mas como deste a tua opinião sobre esses encontros e a seguir falaste da Net duma forma algo desculpabilizante em relação à tua presença, pareceu-me que estavas a sacudir a água do capote.
Se calhar entendi mal...
...ou se calhar estou apenas a atirar o barro à parede

yulunga disse...

Uns fazem pela vida em 3 minutos.
Eu faço pela minha em apenas 1.
Estou a fazer uma base de dados dos homens disponiveis e suas caracteristicas.
A lista de 20 nicks custa 25 euros e o pagamento via Net demora cerca de 1 minuto.

Tão só, um pai disse...

O que me choca, é as pessoas não recorrerem mais a este e outro tipo de soluções, com naturalidade e alegria, sem se sentirem confrangidas, tal como já o fazem quando recorrem às discotecas, para o mesmo efeito.

Por exemplo, porque não expandir utilizar esta forma de encontros, para se criarem grupos de descomprometidos ou a isso pretendentes, para irem ao cinema, passeios culturais, desportos vários e outras iniciativas?

Tenhamos alegria,

Tão só, um pai disse...

Yulunga 2:20 PM

... errr ... não será melhor confirmares, primeiro, a tal "disponibilidade"? ... e, já agora, como vais eliminar as duplicações de nicks? ... mistério ...

Tão só, um pai disse...

RAM 1:44 PM

... um processo activo de procura?

Apostaria mais num processo activo de construir novos e interessantes relacionamentos, de criar e manter aberta a teia social, fazer amigos e conhecidos.

Porque o resto, se tiver de acontecer, acontece, quando menos se espera ....

Sofia disse...

ORAÇÃO ÁRABE
>
>Que as pulgas de mil camelos infestem o meio das pernas da pessoa que
>arruinar o teu dia, e que os braços dessa pessoa sejam curtos demais para
>se coçar...
>
>Amén!!!

yulunga disse...

TSUP, que raio de pergunta! E eu sei lá.
Olha que para aí uns 60% do que digo não deveria ser escrito, muito menos lido ou levado a sério.

bluebird disse...

E para mim, caro RAM, motivo de dúvida ;)

PortoCroft disse...

Maralhal,

Londres está a arder.

Os bifes andam a assar pelas ruas, despojados do seu "upper lip behaviour".

Os pubs estão a abarrotar e a cerveja desliza, solenemente, pelos súbditos de Sua Majestade.

E eu, sem Stella... Já volto.;)

Pólux disse...

Boa-tarde a todos!


Caro Prof.


Nuestros hermanos hablan de “speed dating” de 7 segundos. Nesse capítulo, parece-me que estamos à frente e não na cauda.


I think neither rabbit nor turtle. (rs)



Ao coelho bastam 3 segundos de “speed dating” e 7 de “speed coming”



Soneto a um “speed rabbit”


O meu amor e desempenho com destreza,
Inculpastes, amantes lusos, em manchete;
Dizei-me que mal tem o meu rápido sete;
Confessai, machos latinos, com mui clareza.

Não entendo, pois, na vossa indelicadeza,
As ocas censuras e o motejo atro.
Eu, que todas as coelhinhas idolatro,
Porque me tratais vós com tamanha aspereza?

Vós, que tanto apreciais as lindas “coelhas”
Na ‘Playboy’ revista, por que ofendereis
Este Perna-Longa de tão pulcras orelhas?

Aprazei vossas damas, e não cotejeis
A minha destreza com vãs escusas velhas;
Vós que dos animais deixastes de ser reis.



Pólux

Anónima 1.01 pm disse...

Empresa organizadora : Big Eventos
Dos 27 aos 40


Primeiro evento speed dating em Portugal é hoje em Lisboa
À procura do companheiro ideal em encontros de três minutos
14.07.2005 - 07h58 Catarina Gomes, (PÚBLICO)



Diz-se que o que conta é a primeira impressão e essa forma-se nos primeiros segundos de uma conversa. Tomando "várias pesquisas", os organizadores do speed dating chegaram a um número mágico: cerca de três minutos é quanto basta para "uma pessoa se aperceber se existe ou não alguma afinidade com a outra". É nesta premissa que assenta esta forma de facilitar encontros, que tem hoje à noite o primeiro evento em Portugal, num bar de Lisboa.

Trata-se de um formato importado dos EUA. Numa noite dá-se aos presentes a oportunidade de conhecerem 20 pessoas solteiras ou descomprometidas do sexo oposto. Uma conversa de perto de três minutos com cada uma delas terá de bastar para cada um decidir se quer voltar a encontrá-la.

"Há cada vez menos tempo para as pessoas se conhecerem", lembra Miguel Moreira, o responsável da empresa organizadora, a Big Eventos. E há quem venha de fora e pode não conhecer ninguém na cidade, ter um círculo de amigos reduzido ou dificuldade em conhecer pessoas.

No speed dating "dá-se a hipótese de conhecer um grande número de pessoas num pequeno período de tempo". Miguel Moreira explica que "é um espaço para novas amizades, mas está sempre implícito conhecer alguém especial".

A faixa etária escolhida para este evento é dos 27 aos 40 anos. E não é por acaso. Quando se entra na vida activa tende a haver "um afunilamento dos sítios onde as pessoas se podem conhecer", refere Sofia Aboim Inglês, socióloga do Instituto de Ciências Sociais, em Lisboa.

Para Ana Fernandes, socióloga da Universidade Nova de Lisboa, "as nossas sociedades inventam soluções para as dificuldades detectadas". O speed dating pretende ir ao encontro dos problemas duma sociedade urbana, onde "não existe interconhecimento além do profissional e familiar".

No baile dos bombeiros...

O speed dating, assim como as agências de encontros ou os conhecimentos através da Internet, constitui uma forma de lidar com "a falta de espaços para conhecer novas pessoas", julga o director do departamento de psicologia da Universidade Lusófona, em Lisboa, Américo Baptista.

"No tempo dos nossos avós era no baile dos bombeiros", "depois foram desaparecendo os cafés" e no mesmo bairro já ninguém se conhece, diz. Há mercado para o speed dating? "Obviamente. A solidão é um problema da nossa sociedade, não é só dos velhos", alerta .

Mesmo que ainda existissem os sítios tradicionais onde as pessoas se conheciam, a psicóloga Gabriela Moita julga que estes novos encontros vêm propor soluções para certas pessoas: as que, sendo sociáveis, são demasiado tímidas para tomar "a iniciativa do primeiro contacto"; neste caso, "o primeiro passo é da organização".

"Só critica e julga absurdo" quem tem "essas competências comunicacionais" e pensa que estas formas são "artificiais". Estes são até "encontros mais reais do que os que começam na Internet", refere. "Está ali o corpo, o dizer, o olhar da pessoa naquela situação", que tem que mostrar "o que vale em três minutos". Os estilos de vida mudaram. E "a forma natural de as pessoas se conhecerem tem que ser revista; o isolamento aponta para novas formas de encontro", refere a psicóloga Gabriela Moita.

Anália Torres, socióloga do ISCTE, diz que o aparecimento deste tipo de fórmulas "é um sinal da modernidade", do anonimato e cosmopolitismo da grande cidade. Trata-se de "uma tentativa de diversificar o conhecimento de pessoas sem risco de equívocos". Mas há o reverso da medalha: "Três minutos é a negação do conhecimento, só se avalia o aspecto da pessoa". Nas escolhas conjugais as pessoas acabam muitas vezes por casar na mesma classe social, no mesmo grupo, com colegas de trabalho. As técnicas de speed dating permitem "o imprevisto", permitindo que se "fale com desconhecidos", remata Anália Torres.


E agora posso continuar fascinada pelo tão simpático JMV?

;)

noiseformind disse...

Tal como a SIDA serve para controlar a população de homossexuais, tb o speed dating serve para controlar a população de pssoas sozinhas no mundo. Eu sei... péssima comparação, até pq é baseada numa premissa falsa, dado que as pessoas no fim do speed-dating voltam para casa sozinhas looooool looooooooooool looooooooool looooooooooool looooooooool loooooool looooooooool

:)

Anónimo disse...

Noisy, Noisy, és mesmo lixado ;)

Anónimo disse...

Opino que este mundo está cada vez mais louco.
Assim não, assim não vamos longe.
Falta de tempo para as pessoas se conhecerem hoje em dia? Não.
Falta de paciência, tudo a despachar, stress a mais!

Parem, escutem e olhem

sponte sua disse...

E a empresa pode fazer batota? ;-)

Cada um fará o que entende e como entende, as pessoas são livres, por isso não vejo qual o problema... E se a relação for profícua, por muito ou pouco tempo, melhor! Precisamos de momentos - durem eles o que durarem! - felizes, não?

Tão só, um pai disse...

noise,

Podes ir a uma festa entre amigos e amigas, andar por lá, combinares algo par o dia seguinte, e voltares a casa sózinho. Isso é solidão?

noiseformind disse...

Um pouco mais a sério, Éme, não vejo que é que o speed dating cara a cara tenha de mlehor que o speed-dating via webcam.

Para começar não tou a ver muita gente a masturbar-se mutuamente nesse tipo de eventos, e online esse é o pão nosso de cada dia. ALém disso a auto-confiança de uma pessoa que está em casa protegida da intimidação da presença física de alguém parece-me factor fundamental para me virar mais para o speed dating via online.

Além disso quem vai a esses sítios tá numa de desespero pois está-se a expor a não sei quantas negas numa noite, deve ser muito bom mesmo para a auto-imagem dessa pessoa.

Além disso online pode-se ir tendo um conhecimento progressivo da pessoa e naqueles 3 minutos temos um conhecimento mínimo e que pode ser perfeitamente teatral.

Jovens, engate por engate engatem na net. Eu sei, o ppl por estas bandas já não está em idades de engates, são todos pessoas moralmente elevadas (Algumas com mais de 1.80) e sexo só com o amor da vida delas/es.

Mas nós sabemos que até os lobos balem para enganar a ovelhinhas... há seus murcões!!!!!!! ; )))))))))))

Uma vez nos EUA participei num evento de speed-dating, juntei 12 nros de tele que depois fui transformando em copiosas quecas pela noite de S. Diego pelo periodo de 4 meses. Nada mau para quem não se importa de parceiras sexuais sobre o gordinhas, nada mau mesmo ; )))))))))))))

Anónimo disse...

Nunca é tarde nem cedo para quem se quer tanto

Pólux disse...

Corrigenda ao coment. de Pólux:

Onde se lê:

Nuestros hermanos hablan de “speed dating” de 7 segundos.

deve ler-se:

Nuestros hermanos hablan de “speed dating” de 7 minutos.

noiseformind disse...

E PESSOAL!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Aquela primeira parte era a brincar!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Fogo...

A parte séria de análise tecnica e ontológica variável já aí está... relaxem... relaxem...

TSUP, prefiro ir À FNAC, meter conversa com uma qq mulher minimamente agradável na secção de pintura e combinar uma queca para as próiximas horas seguintes (o teu ritmo peristáltico está lentinho homem, isso do dia seguinte dá origem a demasiada incerteza loooooooooooooooooo)

Anónimo disse...

É isso, noisy, por aqui ... até pode estar em idade de voltar a encontrar um amor, talvez não o amor, mas tens razão pessoas moralmente elevadas (algumas até com mais de 1,80m ;))
Não estou a ver o maralhal metido numa de speed dating ;)

anónima 1.01 pm disse...

Que bom poder ouvir sempre que quero e a qualquer hora as minhas músicas preferidas.
Thank you;)

noiseformind disse...

Mas é claro caro anónimo, o amor de aves maduras não se compadece com as acelarações de corações de sangue forte ; ) falta-lhes força para o golpe de asa. Quando muito o tal engate na secção de pintura da FNAC, junto de ave igualmente madura sem riscos de a negação trazer dores refractárias ao ego ; ))))))))

Cláudia disse...

"Principal justificação: o tempo que se poupa."

E porque diabo teremos que poupar tempo? Porque não haveremos de passar bastante do nosso tempo a conhecer e a explorar o "outro" que temos à nossa frente?

Teremos que começar a levar cronómetro quando sairmos de casa, preocupando-nos em não exceder os 3 minutos sempre que encetarmos conversa com alguém desconhecido?

E anulamos, assim tão simplesmente, toda a carga emocional e afectiva inerente aos primeiros contactos, abdicando voluntariamente da intensidade e da atmosfera mágica que, na maior parte das vezes, os rodeia? Apenas porque tudo tem que se passar em 3 minutos?

Provavelmente muitas pessoas voltarão de lá sentindo-se ainda mais vazias, com a angústia de não terem sido capazes de mostrar (no tempo de que dispunham) aquilo que verdadeiramente gostariam que o "outro" visse...

Tão só, um pai disse...

... noise, na FNAC? Ha ha ha, imagino a cena cabotina de olhares e conversas vazias sobre um qualquer assunto rápidamente despachado ...
Ainda se fosse ... meter conversa com aquela dona de casa jeitosinha, que parece indecisa da sua escolha na secção de enchidos do hipermercado ... tipo ... enfim ... esquece ...

Tão só, um pai disse...

Claudia, parece-me que o objectivo será o de promover um primeiro contacto para o conhecimento de novas pessoas, e não o conhecimento mais profundo dessas pessoas, que resultará do acordo de ambos em se encontrarem após o speed dating.

Maite disse...

Boa tarde Maralhal e Professor

Até onde é capaz de ir a imaginação do ser humano para sacar algum (dinheiro) aos outros! As possibilidades são ilimitadas. Criam-se situações superficiais (encontros de 3m) para acabar com um dos grandes problemas da nossa sociedade (a solidão) quando a solidão deriva, a maior parte das vezes, do stress (e esse encontro não será stressante? como o de um aluno que terá que mostrar o seu melhor num exame!), do facto de nem se conseguir olhar para o vizinho do lado, da falta de vontade e empenho nas relações interpessoais. Mas isso não se resolve em 3m. Irá levar sempre à mesma questão que é usar sempre os mesmos critérios de selecção (porque em 3m não se terá tempo de usar outros critérios do que aqueles que habitualmente se usam). E mesmo que se encontre alguém disponível, será que, pelo uso dos mesmos critérios de selecção, não é igual àquela pessoa que se acabou de deixar? Será que isso tudo não é de uma contraproducência atroz? Terá algum efeito benéfico ou acrescenta algo a alguma pessoa?
Penso efectivamente que não. É mais um conjunto de pessoas (empresa, chamam-lhe) a querer ganhar a sua vidinha.

yulunga disse...

Bom-doso Noisy.
Se fores ao rapidinha date, também vou.
Assina com carinho
Yully

noiseformind disse...

COnversas vazias? De modo nenhum TSUP, de modo nenhum. A conversa tem em vista, muito pelo contrário, encher! Encher o banco de passageiro do nosso carro, encher um preservativo com o nosso membro, encher as nossas mãos vazias com os peitos da jovem em causa... ai ai ai... lá estás tu a ser romântico homem ; )

E supermercado só aceito o do Corte InglÊs em Lisboa ou então a Favorita do Bolhão no Porto, tudo o resto é resvalar o engate para o mundano loooooooool loooooooool loooooool looooooooooool loooooool se bem que a Favorita do Bolhão é propriedade do Major Valentim ; )

Donas de casa jeitosinhas são presa demasiado fácil, pelas 3 da tarde lá andam elas nos hipermercados a passear o carrinho de compras, aproveitando aquele momento de liberdade antes de irem buscar os miúdos à escola... ai ai ai... mas a melhor secção nem é a dos enchidos. Nada como a secção de produtos de higiene íntima, onde podemos logo averiguar quais estão "no ponto" ; ))))))))))))))))

Mas voltando à Fnac, a secção melhor até nem é a de pintura, falei apenas em termos de facilidade em encontrar uma mulher que se deslumbre com um discurso apaixonado sobre um tema. De facto, e outros engatadores experimentados partilham da minha opinião, as melhores secções são as de livros infantis e as de livros em língua estrangeira. A primeira pq é onde estão as jovens mães e essas são aquelas que mais estão fartas de miúdos e da falta de sexo a que estão votadas pelos companheiros. A segunda é onde estão as mulheres mais cultas e com curiosidade pelo que é estrangeiro, uma necessidade de viajar que tentam mitigar lendo os livros na versão original, viajando assim corporeamente para os sítios onde os livros são publicados. E segurar um livro de Nicholas Sparks ajuda sempre ; ))))
; )))))))) ; ))))))))) ; )))))))))

noiseformind disse...

yulunga... as coisas que tu fazes por mim...

mais do que bondosa, és "boa ás doses" : ))))))

yulunga disse...

Noisy hoje ao final da tarde na Fnac do Chiado.
Estou lá com o Kamasutra debaixo do braço.
Sim, sim o original escrito em sânscrito

noiseformind disse...

Yulyzinha... kamasutra debaixo do braço? isso ainda não está tudo estudado e testado? ai essa falta de componente pratica nos currículos sexuais tugas ; )))))))

Tão só, um pai disse...

Ha ha ha ha, noise, estás inspirado, pá!

Cláudia disse...

TSUP,

logicamente que o objectivo é promover um primeiro contacto. Mas não deixa de ser um primeiro contacto forçado, falseado, que sofre interferência de variáveis que não estariam nunca presentes num encontro espontâneo...

E é daí, da espontaneidade do acontecer porque tem que ser, que nos chega a magia de que falei acima.

Não digo que alguns desses promovidos 1ºs contactos não possam vir a encontrar momentos especiais e mais profundos.
Parece-me apenas que se fica a perder sempre qualquer coisa, porque a nossa dimensão humana não nos programou para ter que "escolher" um possível amigo ou parceiro amoroso em 3 minutos...

yulunga disse...

Noisy, que culpa tenho que as febres da Primavera se prolonguem por todo o ano?
A doença é crónica e o Kama é o meu simpósio médico.

yulunga disse...

O Dr. já colocou outro post, que é como quem diz: Deixa-me cá pôr um travão no maralhal ;-)

1,93m-20cm-28anos-culto-lento disse...

Ajude-me p.f. sr psimind, se possível sem se exceder à frente do maralhal e das senhoras,

Não gosto de gordas(os)
não gosto de feias(os)
nem de espertalhonas(ões)
Detesto a net e desconfio da FNAC.
Levo horas a vir-me de lá para cá.
Não quero compromissos.
Só gramo fogachos.
Vivo muito bem assim mas
falta-me um je ne sai quoi.
Acha que me mude para um país mais desenvolvido?
Ou que me deixe ficar por cá?
É que como você ainda penso viver muitos anos,
cheio de saúde e de imaginação,
e não me apetece ficar por aí
encalhado como estes ginjas
tosqueados chalados enquilosados.

noiseformind disse...

Sim, mas normalmente só se anda com o manual quando ainda não se tem a certeza académica bastante das tecnicas em causa ; )))))))))

Eu já não pego num kamasutra durante o sexo desde que tive de nivelar uma mesa de cozinha onde estava a "dissertar" há uns bons 5 anitos ; )))))))))))) e como sabes sou uma criancinha... 27 aninhos de inexperiência e timidez... só não vou ao speed Dating pq como fico muito nervoso nessas alturas ia passar os 3 minutos a tentar gaguejar o "Boa noite" da praxe loool loooooool loooooool loooooool

looooooooooooooooooooooooooooooool

Mas pronto... isso de irmos ambos À FNAC estando eu tb aqui em Lisboa é tentador, seria um verdadeiro speed-dating com o alto patrocínio do Titio Ju, que certamente abençoaria a nossa mais do que certa (e por várias horas, expecta-se) união.

E como vou aqui do Saldanha tenho várias SexShops até chegar até ti ; )))))))))))))))))))))))))

noiseformind disse...

Pois é yully... a nossa relação não levou benção dele, para mais sendo eu concorrente e tendo Sede e Filial, sou uma verdadeira ameaça ao negócio do Homem, só me falta ser chamado pelo rádio e pela televisão para o ocasoar (vem de ocaso e quer dizer eclipsar) ; )))))))))))))) mas pronto yully, unámo-nos pecaminosamente que a verga quer-se dura e a pachacha humedecida, nem que seja por alergia privaveril tardia, como tão sinceramente explanaste, e por isso te agradeço ; ))))))))))))

yulunga disse...

Noisy, para que as sex-shops? Para quê a imitação se podemos ter o original?
Repara:
Depois de estarmos frente-a-frente, eu fico com aquele ar de espanto (Ah, como é bom-doso) e tu respiras fundo e vais em frente.

Anónimo disse...

MEU DEUS!

Isto está animado, é dizer o menos. E nem demorou 3 minutos. Realmente o pessoal do Murcon "does it better" (e faster sem dúvida nenhuma)

Bom fim de tarde para os dois "pombinhos", mesmo que sejam pombinhos só por hoje :)

Anónimo disse...

Anónimo das 4:42, sem dúvida... este ppl não brinca. Será que este site liberta ferormonas?

yulunga disse...

Noisy já brincámos o suficiente.
Que tal um ponto final na relação.
Melhor, vamos dar um tempo ;-)

noiseformind disse...

Yully inspiro e inspiro-me para te arrastar para o elevador mais próximo onde daremos origem a uma queca de proporções só comparáveis à noite de nupcias do casamento em Las Vegas do Porty loooooooooooool
looooooooooooooooooooooooooooooool
looooooooooooooooooooooooooooooool
looooooooooooooooooooooooooooooool
looooooooooooooooooooooooooooooool
looooooooooooooooooooooooooooooool

Aliás, tenho sérias dúvidas de fazermos o percurso até ao carro sem sermos presos por atentado ao pudor na via pública (feita via privada pela nossa paixão ardente e fátua)

yulunga disse...

Noisy eu falei de febres da Primavera e não de alergias.
Tenho que te oferecer o livro das febres da Primavera está visto

noiseformind disse...

Yully, acho muito bem... já tivemos a excitação, a erecção e o orgasmo, agora temos o periódo refractário e é preciso tempo para pensar se é mesmo isto que queremos para as nossas vidas ; ))))
Acho muito ajuizada essa tua sugestão, para a próxima semana por aqui À mesma hora?

: ))))))

yulunga disse...

Noisy, feito!

Pamina disse...

Boa tarde JMV e maralhal,

Hoje, mais do que nunca, tive imensa pena de não ter tido oportunidade de passar por aqui a horas mais matinais.
Yulunga, está em grande forma. Resposta pronta, língua afiada, boa disposição. Que maravilha! (Não estou a fazer ironia. Aplausos, mesmo).

Quanto ao serviço, acho que vou usar, pois estou a precisar de "date" para ir amanhã ao jantar de bloggers. Ainda andei hoje à tarde à procura de IMPULSE, mas estava esgotado. É assim nestas cidades de província.

Ram,
Li o seu comentário no outro post. Então também é cota? Pensei que era pré-cota, ou até pré-pré cota:)

yulunga disse...

Pamina, a lingua portuguesa é dada as boas brincadeiras, bem como algumas pessoas, felizmente.
A boa disposição é a postura que adopto para combater as coisas menos boas da vida.

Tão só, um pai disse...

Ha ha Ha ha Ha Ha ... Bem ... qualquer dia os da Fnac começam a cobrar a entrada a 25 Euros ...

Bruno Inglês disse...

Sociedade de consumo professor... sociedade de consumo.

yulunga disse...

TSUP ;-) Bem visto

lobices disse...

...a FNAC está cheia de malta a esta hora
...corram
...anda lá imensa malta com o Kamasutra debaixo do braço
...a sério
corram
LOL

andorinha disse...

Olá Júlio e maralhal.

Também tenho pena de só ter podido chegar agora.:(
Isto hoje esteve particularmente animado!
Em relação ao post, para mim o speed dating será uma forma tão "normal" de travar conhecimento como outra qualquer.
As pessoas vão lá porque querem, ninguém as obriga, portanto qual é o problema?

Cincordo totalmente com o que afirma a Gabriela Moita -"Estes encontros são mais reais do que os que começam na Net. Está ali o corpo, o dizer, o olhar da pessoa naquela situação".

Na net não há nada disso, não há nem o toque nem o cheiro e todos os embustes são possíveis ( e prováveis).

Júlio,

"O Murcon é dos "sítios" onde gostosamente liberto o riso e a loucura saudável que reputo indispensável!"
Sentimo-nos felizes por isso.:)

andorinha disse...

Yulunga (5.o2)

:)))

Com o calor escrevo menos.:)

Pamina disse...

Yulunga (se ainda estiver por aí),

Para que não fiquem dúvidas, eu gosto mesmo do seu sentido de humor e a sua boa disposição faz-nos bem a todos.
Bom fds.

PinkPet disse...

Noisynoisy,

A Fnac já era, try Nobel - e leva o
Tsup pra um bacanal, enquanto o Ram
não acaba as (re)flexões...lol
Yulunga,
so busy for what? I can give 2U the top-list, the bestmetrosx , trust me girl;
Rataplan,
Touchée ;)

yulunga disse...

Pamina
Quando os elogios são ditos assim perco a espontaneidade da resposta.
Limito-me a dizer: Obrigada.
Bom fim-de-semana também para si.

Pinkpet
Há trabalhos que me dão prazer ;-)

Anónimo disse...

Já vi isso num episódio da Vicária de Dibley! LOL ;)

PinkPet disse...

Yulunga,
Mas perco assim 50 oiros,,,
Ai que vou ligar pró pakistanês...
rsrsrsrs

Anónimo disse...

O senhor Noise e a menina Yulunga mostraram-nos que em termos de speed ninguém bate o pessoal do Murcon!
Ah CARAGU!

; )

Pólux disse...

Resposta à Maite (4:16)

Concordo em absoluto com o que nos diz.
Há outras hipóteses de encontro. Sem mediação de “empresas”. Da aldeia global, sem contagem de tempo, para uma pausa no café da esquina. Como a que se segue.
Brinco… mas não muito. (rs)


Aldeia Global




Viu-a ontem e hoje, tal como sempre,
no café da zona, ao cair da tarde, ou à noitinha,
nem mais nem menos, diria que entrementes,
mesmo às horas do crepúsculo,
algures, ali defronte, por entre outras ao lusco-fusco.

Neste café todos se sentem mais perto
uns dos outros;
quase um encontro,
e no entanto, poucos conversam,
mas todos vêem televisão,
tal como dantes.

Desde logo foi o seu olhar de solidão
e o seu sorriso místico, quase seráfico,
que lhe despertaram a atenção.
Logo a ele, que tem o deserto por companheiro
desde sempre, e doravante, contra-a-mão.

Ela tem os olhos grandes e azuis,
quiçá verdes
ou ligeiramente castanhos,
ainda que por vezes
quase negros.
Foi longo o olhar que trocaram,
longo o silêncio, e no entanto,
comungaram de amplo sorriso estimulante.

Foi então que ele lhe dirigiu a palavra:
« - Ah, não pode haver engano!
Reconheço-a... no silêncio dos seus olhos...
no veludo dos seus lábios...
no seu sorriso global...
Reconheço-a de um fórum da Internet...
Podemos falar a sós então?»

Ela aquiesce, sorri, e promete:
« - Sim, num encontro marcado ou casual
agora ou mais tarde,
talvez à noite, ou de madrugada,
mas com um senão...
Falaremos só e sempre na Aldeia Global...
No café, não!»

Ele pergunta-lhe então:
« - E num cyber-café?»

E ela responde:

« - Sim, claro! E por que não?»

Vivi disse...

Por vezes a solidão é mesmo um fardo pesado! Mais do que a certeza de encontrar "alguém" é comprar por 25€ uns gramas de esperança...
Desde que haja quem vende e quem compre, nada a opôr, claro. Quanto à eficiência do método, isso outros aqui disseram e bem, que não é muito previsivel

circe disse...

Olá M+M,
Pois,os bens essenciais não estão nas listas - não são moeda de troca, e o câmbio nem figura na Bolsa on-line, so take it easy, não precisam endividar-se...

Basta ter um catavento no telhado,
que gira gira sem parar...

Gira gira gira gira...Bfs

Alguém aí prá dançadachuva, ou foi tudo abanar o esqueleto?

RAM disse...

Yulunga 2(:17 PM) disse:
Ram e eu percebi, mas como deste a tua opinião sobre esses encontros e a seguir falaste da Net duma forma algo desculpabilizante em relação à tua presença, pareceu-me que estavas a sacudir a água do capote.
Se calhar entendi mal...


Entendeste.
Não me estava a desculpabilizar, por não me sinto de forma nenhum culpabilizado por nada qu envolva a minha presença ocasional e recente neste blog.
Porque o faria? Por debater, trocar impressões com outras pessoas?
Gosto muito de cá vir, de "falar" convosco, de vos "ouvir", ou por vezes apenas de vos "ver" falar ;))))

RAM disse...

PinkPet disse...
Noisynoisy,

A Fnac já era, try Nobel - e leva o
Tsup pra um bacanal, enquanto o Ram
não acaba as (re)flexões...lol


Não percebi!
Será da hora avançada????

Maite disse...

Bom dia Professor e Maralhal

Pólux, escreve muito bem e descreve de forma admirável os retalhos da vida do quotidiano actual. Parece que o virtual vence o real em toda a linha. Será que caminhamos inexoravelmente para um mundo de "zombies"?;)

Caínha disse...

quando a solidão bate à porta o que são 25 euros e 3 minutos x 25 :)

Agora fora de brincadeira (e confesso que não li a maior parte dos anteriores 109 comentários - Professor, já pensou em abrir um canal?) acho que isto é apenas eco da sociedade em que vivemos, em que as relações, para o bem e para o mal, se tornam mais curtas, sequenciais, e em que as pessoas se encontram sozinhas em idades que dantes eram consideradas opções definitivas e agora apenas contingências da vida. Idades em que o contacto se torna mais difícil, porque a pachorra para noitadas de má vida ;) se esgotou e não é no constante ambiente de trabalho que a "alma gémea" (como um amigo meu nessa circunstância designa) irá ser descoberta. 25 euros é menos 1 jantar e mais hora e meia a ver passar caras à frente e algumas poucas palavras.

melga disse...

RAM,

Estava a "meter-me" contigo,há que
fazer alguma "ginástica" - embora a luta pela vida já seja um bom
desporto;)

Nobel é a cadeia de lojas que vem
competir, saudavel e oportunamente,
com a FNAC.

Olha, parabéns pelo teu poéticoemergenteblog, nem sempre comento mas leio e ouço - ando
cansada, como sempre nestes Julhos
escaldantes, e de vez em quando falha-me a visão.
Mas já ando a tomar luteína (passe
a publicidade: Ever-Fit Plus)
Uma por dia nem sabe o bem que lhe
fazia, tal Actimel

Um bfs,
esperemos que o Noisy não se lembre
agora de passar por aqui - lá teríamos que levar com a analogia
da "uma por dia..." tstststst
Circe

Raquel V. disse...

Lá venho eu atrasadíssima...
O que perdi e o que me ri...

E parte de mim só comenta:
Irra... como os homens são chatos!

Anónimo disse...

Boa Tarde...
Não percebo o porquê de tantas críticas...Eu há um ano participei num Speed dating em Barcelona e gostei bastante...Não, não estava desesperada! mas ouvia falar tanto na coisa que participei, criei uma certa química com alguns participantes mas um ficou-me no pensamento-felizmente que também eu fiquei no dele; trocámos contactos, saímos mais vezes e ...estamos casadinhos de fresco...foi mesmo amor á primeira (entre)vista! Coisa que nunca poderia acontecer num bar ou discoteca: a menos que alguém se dirigisse a mim, sou demasiadamente tímida para abordar alguém...ali tudo foi mais fácil porque tinha mesmo que abordar e ser abordada!Como costumo dizer: não se critique o que desconhece...

Cumprimentos e resto de Boa Tarde!

Teresa R.

Anónimo disse...

Isto com o Noise lá pelas bandas de Barcelona já nem vai ser speeddating, vai ser tsunami dating :))))

Pólux disse...

Boa-noite a todos!

Maite, não digo que caminhemos para um mundo de “zombies”, mas lá que um encontro no café da zona, ao cair da tarde ou à noitinha, às horas do crepúsculo, algures sob a fraca iluminação dos néons azuis do lusco-fusco, sugere uma mescla de realidade e ficção, qual episódio da “Twilight Zone”, é um facto. lol!

ambrozote disse...

3 minutos? só? E vão assim tantas senhoras a estas sessões de speed-dating? sem preliminares nem nada....o mundo está perdido. Assim perde-se aquele jogo de tensões em que "eu quero-te já mas tu travas porque ainda não é altura mas eu forço mais um bocadinho e passo a passo lá chegamos numa escalada emocinal"
;-D

catarina disse...

Poderei falar de fast-love?a tendencia assustadora para a rapidez ,perda de calma,sabor,olhares brilhantes desprezados e famintos?Economia até no amor?na paixão?Tenho 21 anos e continua a ver esse campo como o mais enigmático e deliciosa de ser vivido..com calma e acima de tudo com olhos famintos de infinito.Serei uma romantica fora do meu tempo?:)

Online Incomes disse...

Hi I was just blog surfing and I found your blog and I love it!
I also have a datingblog/site. It a dating site thats perfect for someone looking for that special someone!
You should check it out when you have time.

milfcritic disse...

*MILF

TexasDude disse...

Very nice blog, hard to come by these days,

If you have a chance, can you visit my Dating Ideas site


Thanks

freestuff2 disse...

Hey I just love your blog. I also have a american single chat room
blog/site. I mostly deals with american single chat room
Please come and check it out if you get the time!

betterlovemaking disse...

Hey....you have a wonderful romance
blog here. I also have a romance
site full of useful information. Please stop by when you get time.

Thank you

atoztexan disse...

Really enjoy visiting your site … I’ll be back often.
Your readers will enjoy visiting this other site as well ….
chicago dating

Girly Girl disse...

If you want over 18 adults only dating then Swinger Dating is the site for you. Totally free too :)

blaze disse...

I enjoyed your site very much it was a great help looking for info on man dating.
I also have a site with information on man dating and would appreciate it very much if you would take a look and give a critique.