quinta-feira, janeiro 12, 2006

A propósito de mulheres e com os cumprimentos do RAM. Que não escreveu o poema:).

Poema de Mulher

Que mulher nunca teve
Um sutiã meio furado,
Um primo meio tarado,
Ou um amigo meio veado?

Que mulher nunca tomou
Um fora de querer sumir,
Um porre de cair
Ou um lexotan para dormir?

Que mulher nunca sonhou
Com a sogra morta, estendida,
Em ser muito feliz na vida
Ou com uma lipo na barriga?

Que mulher nunca pensou
Em dar fim numa panela,
Jogar os filhos pela janela
Ou que a culpa era toda dela?

Que mulher nunca penou
Para ter a perna depilada,
Para aturar uma empregada
Ou para trabalhar menstruada?

Que mulher nunca comeu
Uma caixa de Bis, por ansiedade,
Uma alface, no almoço, por vaidade
Ou, um canalha por saudade?

Que mulher nunca apertou
O pé no sapato para caber,
A barriga para emagrecer
Ou um ursinho para não enlouquecer?

Que mulher nunca jurou
Que não estava ao telefone,
Que não pensa em silicone
Ou que "dele" não lembra nem o nome?


Só as mulheres para entenderem o significado deste poema!
Estamos em uma época em que:
"Homem dando sopa, é apenas um homem distribuindo alimento aos pobres"

"Pior do que nunca achar o homem certo é viver pra sempre com o homem errado"

"Mais vale um cara feio com você do que dois lindos se beijando"

"Se todo homem é igual, porque a gente escolhe tanto???"

"Príncipe encantado que nada."
Bom mesmo é lobo-mau!!
Que te ouve melhor...
Que te vê melhor...
E ainda te come!!!


Para mulheres que precisam rir, ou para homens que possam lidar com essa realidade!!!!!

37 comentários:

moon disse...

Ora viva!

"Para mulheres que precisam de rir..."
Mais uma descriminação...
Então e para as sorridentes?:)))))

A propósito, lembrei-me de um episódio:
Há tempos estava à conversa com um grupo de cavalheiros e um deles excedendo-se nos vocábulos levou uma cotovelada de outro para que tomasse atenção porque estava na presença de uma senhora.
Na brincadeira apressei-me a dizer que não tinha importância afinal uma mulher séria não tem ouvidos.
E diz o 'prevaricador': "Onde, onde? Eu não vejo mulher séria nenhuma!"
Fingindo-me zangada, disse: "Beeemmmm..."
Ao que ele respondeu com um sorriso muito malandreco: "Mas se a Helena está sempre a rir!"

Bem, mas não era isto que eu vinha aqui fazer. A propósito do post e como me ofereceram um livro de citações «estão tramados até esgosta-las:)))»

"De acordo com estudos recentes, os homens que não compreendem as mulheres acabem em dois grupos: solteirões e maridos"
Jacques Languirand

"Os homens jogam o jogo; as mulheres sobem a pontuação.»
Roger Woddis

"Apenas um em cada mil homens é líder de homens - os outros 999 seguem mulheres"
Groucho Marx

Palavras para quê??!!:)))))))))))))

Durmam bem! Boa noite! Sonhos doces!:)

Kindofblue disse...

"Não vale a pena procurar o Principe Encantado. Não é que ele não exista - o problema é que a Bela Adormecida já o agrafou"

Não sei quem foi o autor desta graçola, mas já a recebi n vezes por mail (não percebo porquê...)
;-)

ratinho atento :) disse...

Para homens que precisam de rir, ou para mulheres que precisam de lidar com ESTA realidade!!!!

A história do Casal Perfeito

Era uma vez um homem perfeito que conheceu uma mulher perfeita. Namoraram e um dia casaram.

Formavam um casal perfeito.

Numa noite de Natal, ia o casal perfeito, por uma estrada deserta, quando viram alguém na berma a pedir ajuda.

Como eram pessoas perfeitas, pararam para ajudar. Essa pessoa era nada mais nada menos do que o Pai Natal, cujo trenó tinha ficado sem uma roda.

Não querendo deixar milhões de crianças decepcionadas, o casal perfeito ofereceu-se para ajudá-lo a distribuir os presentes. O bom velhinho entrou no carro e lá foram eles.

Infelizmente o carro teve um acidente e somente um dos três ocupantes sobreviveu.

Pergunta:
Quem foi o sobrevivente do trágico acidente?
A mulher perfeita, o homem perfeito ou o Pai Natal?

(leiam a resposta mais abaixo)

Resposta: A mulher perfeita sobreviveu. Na verdade, ela era a única personagem real desta história. Toda a gente sabe que o Pai Natal e homem perfeito não existem.

Para o maralhal feminino, a piada acaba aqui:))



Maralhal masculino: podem continuar a ler mais abaixo!!



AGORA...AQUI

Pois bem, se o Pai Natal não existe, nem o homem perfeito, é claro que quem conduzia era a mulher perfeita, o que explica o acidente.

Maralhal feminino, se vocês leram até aqui, fica provado mais uma teoria: as mulheres são curiosas e incapazes de seguir instruções:)))

matilde disse...

SONETO


Ler poemas dá prazer,
Entretém com elegância.
Mas só se o verso disser
Qualquer coisa de importância!

Estes versos são maldade,
Do Feminino a zombar.
Tolos carimbos,vontade
De nos pôr a protestar.

Mas temos mais que fazer
De que, como antigamente,
Em função "deles" viver.

Venha já a menstuação! Pior,
Se da "falha" vos nascer
Um parecido rimador!!!

Su disse...

este poema qd foi feito, ele escreveu mulher por engano, afinal qtos homens não sonham o mesmo

mas tem a sua piada, pois é a vida que nos faz pensar assim, querer mais e diferente:)))))))))))

em relação às frases, são topo de gama eheheheh

jocas maradas

Ana Afonso disse...

Olá a todos
Que maravinha de poema é cinco estrelas !!! Venham mais lobos-maus de preferencia que oiçam cada vez melhor ;) !!!
Abraços e sorrisos e um super fim-de-semana
Ana Afonso :)

olga disse...

Muito obrigado. É que esta manhã estava mesmo a precisar de algo que me fizesse rir!!!
Bom fim de semana. :)

moon disse...

Booommm diiiaaa!

Hoje, ouvia divertida um colega explicar ao outro o porquê do Benfica ser uma profecia.
"Repara, dizia ele, a tua mãe deu à Luz, não deu às Antas nem a Alvalade.
E Jesus encarnou. Não azulou nem esverdeou!"

Perante tais argumentos…..:)))))))))))

P.S. Eu sou parte desinteressada. Mon coeur está com o Braguinha:)))))

lobices disse...

Bom mesmo é lobo-mau!!
Que te ouve melhor...
Que te vê melhor...
E ainda te come!!!

...
..."isto" é comigo?
LOL
...Bom fim de semana, MARALHAL!...

Ameninadalua disse...

ratinho atento|

muita graça! mesmo...


O que vale é que essa pseudo-crítica às mulheres de serem curiosas, só as valoriza porque as pode levar até onde quiserem!!!mesmo a realidades por vezes menos interessantes...

Professor

Neste "ping pong" de conversa sobre mulheres e homens por vezes a observação feito pelo oposto é tão... mas tão... incisiva que fica-se com a sensação que afinal "eles" até nos conhecem só que não lhes interessa muito assumir isso, será? :))))
Claro que isto nota-se mais quando dizem bem de nós...o que quer dizer que quando querem até são uns queridos...

Não responda porque como homem tambem é suspeito:))))

Zante disse...

Agora sim!
A provocação daria pra caramba!
Que mulher não entende
quão um homem,
um homem? um homem!
atirado ao chão,
nem ao safanão,
com muito abanão
em vão,
um homem não responde


PS cumprimentos ao RAM que não escreveu a provocação

Zante disse...

Tendência (de homem)

"Tive duas namoradas pelas quais me apaixonei porque me deixavam falar. (…) Não foi à toa que, em criança, andei cinco anos no judo sem passar do cinturão branco. Já nessa altura devia ser evidente que nunca me conseguiria defender de quem usasse o meu peso a seu favor."

in http://classemedia.blogspot.com/2006/01/tendncia.html

RAM disse...

Cara Matilde,

Gostei da última estrofe! :))))

Conserto disse...

Yak, Yak, Yak.
Gostei bastante do post e dos comentários :)
Deve ser por ser sexta 13 :-(

Anónimo disse...

Será, que o melhor Movimento Feminino, continua a ser, o das ancas?

alice disse...

Aprovado para a risota.
(Comprovo que pelo menos uma mulher se riu!)
Já agora quem é o autor?

River disse...

Xiiiii Prof.!!!
Este post dá pano pra mangas!!!

Numa época em que o "mercado" das mulheres hetros está tão em baixo... E os homos "nascem" como cogumelos! :D

bjs, bom fds

Olhar disse...

Porque só agora por aqui pude passar...:)

Angie,
Relativamente a ontem e, personificando:)
Há uns bons anos atrás quando entrei em choque aberto com as noitadas de uma minha pré-adolescente, e perante aquele choro de raiva pouco controlada quebrei por momentos a minha intransigência propositada e falei à queima-roupa de minha amizade por ela...
Danadíssima comigo a fulaninha atirou:
- Os meus amigos escolho eu!!!!!(ou seja: põe-te/quero-te no teu lugar!, e não fui só eu a pensar esta conclusão garanto porque, o meu riso acabou puxando o dela, (felizmente a miúda que continua tendo um óptimo sentido de humor), e percebeu que tinha acabado de me dar razão. Mas, tá, às vezes nem tudo são rosas.:)

O Professor, à sua boa maneira (às vezes telegráfica):) reduziu tudo e muito mais que isto numa frase:
" a ganapada precisa de referências e não de adolescentes envelhecidos."

Agora vou mas é ruminar nesta de as mulheres tenderem a gostar mais dos maus rapazes...
Pois é. Mas então porque é que depois não lhes dão sossego e ficam inventando isto aquilo e aqueloutro na tentativa de os modificarem e tornarem assado...!!!???
Assado=Bons rapazes...Hmmm...

Continuação de uma boa Sexta-feira treze para todos. E..., cala-te bico!:)

superapiiiiiita disse...

O Prof. está a evoluir.
Este post é um encanto.
Pela primeira vez fez rir,
Uma mulher que é um espanto.

(LOOOOOOOL)

Olá murcanto!!!

imprevista disse...

Obrigada por este poema.

E depois ainda dizem que os homens não conhecem as mulheres! :)

Obrigada também pela boa selecção musical!

imprevista disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
HarryHaller disse...

As mulheres não são para serem compreendidas pelos homens e sim para serem amadas pelos mesmos.

Lobo das Estepes

andorinha disse...

Boa tarde.

Ri-me imenso com o post e alguns comentários. O humor continua à solta por estas bandas, o que é óptimo.

Júlio,
"Para mulheres que precisam rir... Escreveu isto a pensar em mim? Loooooooooooool
É que eu à sexta feira a esta hora preciso mesmo de motivos para rir.:)
E olhe a provocação da ameninadalua - "não responda porque como homem também é suspeito."

Moon,
Esse episódio é engraçado. Já agora, fico à espera de mais citações.:)

Até mais logo, maralhal.

Mat. disse...

Aos Lobos (maus, bons, das estepes,das florestas,das avenidas, dos centros comerciais, das jam sessions,dos escritórios, dos apartamentos, etc)
E aos Capuchinhos Vermelhos que gostam de ser "adolescentes envelhecidos":

NINGUÉM AMA O QUE NÃO CONHECE
E QUE, POR ISSO, NÃO PODE COMPREENDER.

Sílvia disse...

Não tenho sogra (por opção)e ainda não preciso de "lipo" (pertenço àquela categoria detestável de pessoas que podem comer tudo sem perder a linha). Quanto ao resto, não anda muito longe da verdade.
Essa do "comer um canalha, por saudade", é brilhante...

Lusco_Fusco disse...

O autor do poema consegue algo que pouco conseguem
Qualquer mulher se encaixa num ou noutro item. Parabéns!

a disse...

incrível!

rebeca disse...

Carlos Drumond de Andrade??

-Stardust- disse...

looooooooooool...

CêTê disse...

mat disse: NINGUÉM AMA O QUE NÃO CONHECE
E QUE, POR ISSO, NÃO PODE COMPREENDER.


Não será que se ama o que não se conhece de todo? Não se poderá amar perdidamente sem se comprender esse mesmo sentimento e a pessoa amada. Quando se ama qualquer que seja a vertente não se é lúcido!

CêTê disse...

Já imprimi 2 cópias! Serão afixadas nas porta do WC (a meia altura, do lado de dentro) do meu local de trabalho.

Zante disse...

a mat.
pois eu acho que quase todos perseguimos o desconhecido e nos deixamos enlevar pelos contornos intrigantes do 'outro' e isto, por si só, é amor.
e basta,
para quem não for tão exigente como os lobos
e os capuchinhos.
:)

andorinha disse...

Zante (11.16)
Tenho dúvidas, concordo e discordo.:)))
"...quase todos perseguimos o desconhecido e nos deixamos enlevar pelos contornos intrigãntes do outro e isto, por si só, é amor."
Concordo.
Se basta, já não sei...

mat disse...

Divos e Divas,

Um senhor chamado Lacan dividia as nossas escolhas amorosas em escolhas narcísicas e escolhas de suporte.
Mas disto o GRANDE JÙLIO, papa de amores difíceisn e fáceis,a quem admiro, sabe largo.
Tambéwm há aquelas sábias denominações de amor, dos antigos gregos:Mais para o lado da "philias" ou mais para o lado de "erotas", etc, etc, que nos leva a concluir que os amores são todos diferentes, conforme a quantidade de ingredientes, que entram na "composição"...
Mas é óbvio que, segundo Lacan e outros, nós já estamos formatados para nos empolgarmos com x ou y.
Logo nunca amamos o que é, mas sim aquilo que queremos que seja.Além de que nós e as pessoas "amadas", estamos em constante mutação. Não somos os mesmos de há dez anos. Nem os amados.
E depois? Qual o problema?
Ser gente é isto.

Mat.

Anónimo disse...

Ora aqui esta uma boa pergunta:
"Se todo homem é igual, porque a gente escolhe tanto???"

Mas a frase adapta-se aos dois sexos ehehhe

Como será que este poema ficaria adaptado ao universo Masculino hummm....

Prof. estou a adorar

nina disse...

A perna docemente erguida sobre a página:
um verso assim não escreves sem meu gozo.
Sabia como marcar as frases onde retornar.
Os dois se buscavam entre enigmas e risos,
devolviam a cada um o que iam encontrando,
restos do outro, pequenas sombras dispersas.
Abro-te os lábios todos da casa. Não vês ali
na varanda uma parte de ti já esquecendo-se?
A voz podia estar entregue a qualquer um,
a dar por assombro a noite em um capítulo
de espasmos: olhos rabiscando-se, imagens
saltando do sexo de ambos, toda ela, todo ele,
tudo para encontrar-se e dizer: já estivemos.
Somente o amor nos revela o que perdemos.
Floriano Martins
(sr professor, tocou numa ferida)
:)

Eduardo Leal disse...

Genial!
Mais vale uma mulher à mão que duas em parte incerta!