domingo, maio 29, 2005

Uma derrota justa e necessária.

Merecemos perder, claro, isso é assunto encerrado, o jogo foi um longo e penoso bocejo.
Mas a legítima satisfação pela conquista do título no campeonato, mesmo completamente atípico como foi este, poderia turvar a vista a alguns. A derrota na Taça com tal exibição - semelhante a muitas outras... - obrigará todos a encarar os factos - se a equipa não for (bastante) retocada a alegria deste ano será um fogo fátuo.

P.S. De qualquer forma não poderíamos ganhar - eu não fui ao cinema:))))))))!!!!!!

46 comentários:

PortoCroft disse...

Caro Prof.,

Pois é. Devía ter aguardado pelo resultado por SMS. ;)

andorinha disse...

Júlio,
Pois é tenho que concordar consigo.:(
Justa e sobretudo necessária para não se embandeirar em arco ( o que eu faço muitas vezes!...):)

Jean Paul Sartre disse...

Eu penso que o Benfica perdeu porque jogou todo de vermelho. Essa é a tradição. Jogar todo de vermelho dá azar. Foi por essa mesma razão que o Veloso falhou o penalty na final da Taça dos Campeões Europeus.
Estava tudo condenado mesmo antes de entrar em campo.

Para a próxima lembrem-se de lavar os calções brancos a tempo de secarem para o jogo!

Merecemos perder! Para o ano há mais!

João Scottex disse...

É. Merecemos perder, infelizmente o Benfica perdeu a Taça de Portugal, parabéns ao vencedor.
PS- Adeptos do Vitória, se quiserem podem festejar no Marquês que ninguém se chateia.

lobices disse...

...aprende caro amigo Profe: há que manter as "tradições"... a culpa, na verdade, foi a falta da ida ao cinema!... :)
...dúvida existencial para o resto da vida: e se o Prof. tivesse ido ao cinema, o SLB teria ganho o jogo?...
...abraço

Simone de Beauvoir disse...

Mon cher Jean Paul,
E veja lá que eu ouvi um "especialista" na rádio dizer que o equipamento vermelho favorece psicologicamente as vitórias!:)))))

Anónimo disse...

♥♠♥

Elsa disse...

Pois é... lá calhou assim!
Hoje confesso eu que a emoção foi tanta que adormeci!

Muita mudança tem de ser feita, vamos a ver!

*

Jean Paul Sartre disse...

Minha cara Simone,

Mais uma vez estou de acordo consigo.
Esse especialista tem mesmo razão.

O equipamento vermelho do Benfica favoreceu psicologicamente a vitória do Vitória de Setúbal!

zx spectrum disse...

O problema é que os benfiquistas são muitos. São tantas as superstições que fica tudo baralhado. O LFV devia aprovar uma cláusula especial para os sócios que os obrigasse a seguir o mesmo ritual antes dos jogos - isto é, depois de haver uma Comissão Veloso (do penálti falhado) para averiguar qual a superstição mais eficaz.

Eu voto, desde já, num lançamento de uma campanha para financiar idas ao cinema do JMV.

Simone de Beauvoir disse...

Mon cher Jean Paul,
O seu humor bate aos pontos o seu patrono onomástico:)))
Este blog ultimamente está a precisar disso...

Simone (Castor)
P.S. Tentei abrir o seu blog, mas não consegui (hélas!)

Anónimo disse...

A vitória do Vitória foi justa e merecida!
Ainda assim, as "forças ocultas" do futebol português tentaram que a partida não tivesse esse final, por via do Sr. Árbitro. Aliás como foi apanágio no último campeonato.

Ass. APITO VERMELHO

Anónimo disse...

O ser e o clube é o que permanece intocado para a metade XY da humanidade. No genoma da fracção marialva está escrito: “muda de fé, de carro e de mulher, nunca de clube!” E assim é, com acentuada relutância para o automóvel e maior displicência para a mulher.

As mulheres são pendulares – mudam bem de quase tudo excepto de marca de fond de teint. Por princípio rendem-se ao que é novo e mais sedutor. O clube depende. Iniciam-se nas lides por via do clube paterno. Sendo o pai castrador, mudam-se para o inimigo fidagal que reuna maior consenso no «grupo». Já adultas, o percurso clubístico depende da meteorologia amorosa - amor em alta e o clube dele é o máximo, nublado e “que se lixe!” andam a par, tempestuoso é o mesmo que dormir com o inimigo.

As mulheres fieis a um clube diferente daquele que anima o parceiro fazem-no, normalmente, como tributo a um outro amor: o pai, o irmão, o primeiro namorado, um amante. Sendo românticas, ficarão tão apegadas ao Nuno Gomes e à águia como à memória do perfume que ele usava. A qualquer deles reservarão suspiro mascavado. As adúlteras, em vez de datar ou nomear factos e amores, dirão com um sorriso enigmático: “Ah!, isso foi quando eu era da Académica...”

Tati

Álvaro disse...

É Verdade Professor merecemos perder e se quer que lhe diga ainda bem que perdemos.
No entanto viva o Benfica.

AJFRM disse...

Dam it !!
Estava a ser tão bom...
reviver o passado... em que ganhar era 'normal'...
Assim mais depressa do que esperado, regresso à realidade.
Pombas!!
Lá voltamos a ter que encarar este malgovernado país, estas punções ao bolso, desaires amorosos(inclusive futbolisticamente), esta falta de perspectiva de melhoria a qualquer prazo...
para agravar tudo ainda veio o Não francês rebaralhar isto outra vez...
Que período terrivel este.
Ainda bem que passamos 11 anos sem ganhar.
Deu para criar calo para estes dissabores.
Xiça ! as recaídas doem!!

Mas o Vitória de Setúbal, foi justo e merecedor vencedor.
Parabéns.

Bruxinha disse...

Júlio, Para o distrair da derrota mandei-lhe um email cátaro:)

Andorinha, Não desanimes. Eles recuperam...
Um beijinho

andorinha disse...

bruxinha,
Obrigada pelo apoio moral nesta hora difícil.:)
Um beijinho

Anónimo disse...

Infelizmente, desta vez só posso aqui deixar o meu "Viva o Vitórria !!!"

Fora-da-Lei

http://nemsempresoudaminhaopiniao.blogspot.com/

jotakapa disse...

É preciso saber encarar as derrotas de uma forma que permita melhorar o que está mal. Não é fácil, porque existe a confrontação com as falhas próprias, mas sem isso será complicado melhorar.
E encarar as falhas sem entrar em negativismo exagerado também não é simples!

Até no futebol! :)

Tão só, um pai disse...

Encaro-o como uma derrota estratégica. Seria demasiado desgastante participar, simultãneamente, em 3 competições. Se o campeonato já dá água pela barba, a taça dos campeões nunca será pera doce. Para quê ir á taça das taças. Sejamos realistas. Que vá o Vitória.

lobices disse...

...o meu habitual BOM DIA à tutti
...deixem-se de lamúrias
...está um dia lindo
(parece que chove no Algarve)
...mas nem só de vitórias ou derrotas vive o Homem
...o País está afundado num lodo de problemas
...o Povo não quer ver
...isto está mesmo a ficar muito mal e muito depressivo
...no entanto,
...é ver o Povo feliz com o Futebol
...é ver o Povo feliz nas mini férias
...é ver o Povo feliz nos acidentes na estrada
...é ver o Povo feliz em França a dizer Não à C.E.
...é ver o Povo feliz na fome do Sudão
...é ver o Povo feliz a olhar o céu e a seca e os fogos
...é ver o Povo feliz a olhar o déficit e rir-se sem saber o que isso é
...é ver o Povo feliz sem saber o que é a Constituição que vai votar
...é ver o Povo feliz numa Depressão galopante
...é ver o Povo feliz com uma bejeca na mão e um pedido de crédito na outra para o Verão
...é ver o Povo feliz com as reformas de miséria
...é ver o Povo feliz com a Saúde que temos
...é ver o Povo feliz na sua infelicidade, no seu Fado, no seu paradoxo de existir sem ssaber o que é existir
...é ver o Povo feliz à procura da felicidade
...é ver... apenas!...
...
...hoje acordei cansado de tudo
...hoje acordei cansado de mim
...hoje acordei cansado de rir
...hoje apetece-me uma lágrima mesmo que seja minha
...no entanto,
...esforço-me por entreabrir os lábios num sorriso
...olhar o céu como o paraíso
...e continuo a ouvir o chilrear dos meus pardais e a bonomia do meu gato e a fidelidade do meu Black (ele está à minha espera para o meu-nosso passeio matinal)
...
...estou em guerra com a minha própria paz
...luto por ela

yulunga disse...

Ora viva todo o maralhal.
Ora viva "quase" Tio.
Futebol??? Blharc!
Aquela coisa pela qual as pessoas não reclamam por estarem 6-7-8 horas numa fila para comprar um bilhete, mas que desesperam por 10 minutos de fila nos correios?
Que faltam ao emprego para a dita façanha, mas que reclamam o atraso de 5 minutos do autocarro e do atraso ao emprego?
Há que nunca vá ao futebol, há quem não chegue atrasado ao emprego porque não o tem ou porque já não tem sequer forças para andar, esperando horas e horas numa fila pela morte.
Destaco a fome no Sudão.

andorinha disse...

Bom dia maralhal,

Tenho muito pouco tempo.:(
Lobices,
Aproveita o dia lindo e luta pela tua paz.

Yulunga,
Embora goste bastante de futebol, não deixas de ter razão no que dizes.
Até mais logo.:)

Anónimo disse...

O POVO NÃO ESTÁ FELIZ! VOCÊ NÂO ESTÁ FELIZ! QUEM É QUE ESTÁ FELIZ?QUEM É QUE PODE ESTAR FELIZ? TODOS TENTAM METER A CABEÇA DEBAIXO DA AREIA APENAS ISSO. E É O DEIXA ANDAR E VER O QUE SUCEDE. NÃO SERÁ POR ISSO QUE TANTA GENTE SE REFUGIA HOJE EM DIA NOS MURCONS E TANTOS MAIS?
ASSINADO POR INFELIZ

tataranha disse...

Bom dia a todos,

Pois é Prof. Júlio, não merecemos de todo ganhar. Apesar de todo o nosso benfiquismo conservamos ainda a lucidez de análise, e o Setúbal foi muito superior, ou nós fomos francamente inferiores.

O próximo comentário vai para o Lobices, que tanto o aprecio pelos seus comentários e escrita, aqui vai um poema de Vinicius de Moraes, que me lembrei, ao ler o seu post de hoje das 10.44

"Velha história

Depois de atravessar muitos caminhos
Um homem chegou a uma estrada clara e extensa
Cheia de calma e luz.
O homem caminhou pela estrada afora
Ouvindo a voz dos pássaros e recebendo a luz forte do sol
Com o peito cheio de cantos e a boca farta de risos.
O homem caminhou dias e dias pela estrada longa
Que se perdia na planície uniforme.
Caminhou dias e dias…
Os únicos pássaros voaram
Só o sol ficava
O sol forte que lhe queimava a fronte pálida.
Depois de muito tempo ele se lembrou de procurar uma fonte
Mas o sol tinha secado todas as fontes.
Ele perscrutou o horizonte
E viu que a estrada ia além, muito além de todas as coisas.
Ele perscrutou o céu
E não viu nenhuma nuvem.

E o homem se lembrou dos outros caminhos.
Eram difíceis, mas a água cantava em todas as fontes
Eram íngremes, mas as flores embalsamavam o ar puro
Os pés sangravam na pedra, mas a árvore amiga velava o sono.
Lá havia tempestade e havia bonança
Havia sombra e havia luz.

O homem olhou por um momento a estrada clara e deserta
Olhou longamente para dentro de si
E voltou."

katraponga disse...

Para ganhar estes jogos é preciso correr e jogar. Não é chegar ao estádio como campeão e nem correr. Mereceram os sadinos.

Raquel V. disse...

Pois... o Lobices disse tudo... (até no seu final de esperança...)

Tão só, um pai disse...

... Então? e isto (do post anterior)?:

"... Por agora chega, amanhã regressarei ao tema. Talvez com algumas palavras sobre a relação entre emigração e diagnóstico psiquiátrico."

Anónimo disse...

Mais um(a) desempregado(a)a juntar-se ao maralhal. Vamos lá ver - qualquer dia isto torna-se num clube selecto de desempregados e de profissões liberais e de pessoas que não têm mesmo mais nada para fazer.

Anónimo disse...

Um vício que não sai assim tão caro.

Anónimo disse...

Um vício que fica bem mais barato que pagar psicoterapias, psiquiatras e medicamentos altamente tóxicos...

Para além do curso em faculdade privada por acabar durante longos anos, mensalidades, livros, fotocópias, etc etc

É inacreditável como se pode projectar num filho o que não se pode ser...
Nem que seja "á força"...

alice disse...

Pos é, o Benfica perdeu e ganhou o sossego na minha rua, já que moro ao pé de uma casa do Benfica...

O seu escrito de ontem fez-me lembrar um aula de genética com a Professora Vanda (quem me dera saber o apelido). Alguém perguntava o porquê de um qualquer mecanismo biológico. Resposta pronta da Vanda: meu caro amigo, em biologia não há porquês…

Também me fez lembrar um bocadinho do filme Africa minha: aquela parte em que obsessivamente um militar repete (ordena) a Karen que mulheres e crianças têm de ir para a cidade. Farta de o ouvir ela pergunta-lhe apenas: e isso é uma ou são duas categorias?
desculpem-me por isto não ter nada
a ver com o tema de hoje...
e já que estamos fora do tema: acabaram os difíceis amores, na RTPN? ou a trilogia Fátima , bola e debates políticos tolos continua o seu caminho arrasador de todos os outros temas?

yulunga disse...

Dr. Murcon "Os Dificeis Amores" deste sábado pareciam uma novela mexicana dobrada ;-)

alice disse...

e ainda, a despropósito alguém vê a série (hoje, na dois) "Sete palmos de Terra"? Está normalmente carregada de material/pretexto para estas nossas conversas...

lobices disse...

...7 palmos de terra...
...é uma das melhores séries actuais da tv
...eu vejo

Lyra disse...

faz-me cá uma confusão alguns comentarios. Se o JMV escrever um post a dizer apenas "bom dia" recebe 300 comentarios que não tem nada a ver. Credo!
AH não liguem eu hoje estou mesmo assim :-) com o coração ao pé da boca e a dizer tudo o que penso. Quem fala a verdade...(e agora que já falei sobre tudo menos sobre o post... :-) )
A verdade é que o jogo foi muito mais que aborrecido e foi bom ver a alegria dos vitorianos!

madeira disse...

... e para não falar naquele penalty... para mim duvidoso...
Abraço benfica

Bajoulo disse...

Lili Carlota

Eu sou uma senhora e não gosto de me meter nestas coisas de gentinha, mas enfim, cada um é para o que nasce e uma mulher como eu tem obrigações. Tenho muita pena dos miúdos e graúdos que passam a vida a dizer mal de tudo. Durante estes dias foi "Não", "Não" e "Não", e agora vêm para a rua festejar o "Não", "Não" e "Não". E quando lhes perguntam "Porquê?", respondem "porque não!" Têm uma linguagem do Seixal, ainda parece que vão com a mãe vender fruta. Ó ricos, façam uma plástica, comprem roupinhas de marca, mas deixem essa linguagem de esquerda carroceira que é tão pobrezinha. E o pior queridos, não é ser pobre, é ser pobre e parecê-lo...

Mais Sugestões da Tia Carlota em:

www.riapa.pt.to

Lyra disse...

Duvidoso MADEIRA? hum...

PortoCroft disse...

Caro Prof. m8,

Também não é caso para ficar sorumbático. A supertaça será nossa, verá.;)

Entretanto, continuamos a aguardar o 'post' para o qual nos remetia, no futuro (hoje). A vida continua.;)

amok_she disse...

...hj,este post!,parece estar por conta - maioritariamente - dos 'anônimos':->

vejamos...

anônimo - das 2:16 PM - disse... qualquer dia isto torna-se num clube selecto de desempregados e de profissões liberais e de pessoas que não têm mesmo mais nada para fazer

- o caro 'anônimo' fale por si!...eu ñ estou desempregada, ñ sou prof liberal, e tenho até bastante q fazer (embora de momento esteja de férias!), mas...faço questão de selecionar o q mais gosto..e picar rebanhos é uma das coisas q gosto de fazer, em geral há sempre uma ou outra ovelha 'anônima' q responde ao pica-pica...:->

anônimo - das 2:31 PM - disse...É inacreditável como se pode projectar num filho o que não se pode ser...
Nem que seja "á força"...


- esta passou-me ao lado...q raio é q perdi?, ñ entendi patavina!,isto vem a propósito de quê...???

ag passemos aos não-anônimos:->

Tão só, um pai disse...

... Então? e isto (do post anterior)?:

"... Por agora chega, amanhã regressarei ao tema. Talvez com algumas palavras sobre a relação entre emigração e diagnóstico psiquiátrico."

Lyra disse...

faz-me cá uma confusão alguns comentarios. Se o JMV escrever um post a dizer apenas "bom dia" recebe 300 comentarios que não tem nada a ver. Credo!


- mas q mania a vossa de querer condicionar um psi...'tão loucos, vc.s!????:->...deixem o homem fazer o q lhe apetece, qd lhe apetece e se lhe apetecer, carago!!!...eu já vos tinha mandado à outra banda, com essas cobranças todas!!!...ah!, e já ag, Lyra, conceda-nos o mesmo direito...de fazermos os comentários q quisermos, como quisermos e sobre o q quisermos, mesmo se nada tiverem a ver com o(s) post(s)...olhe q ainda ñ vi o Prof insurgir-se contra tal, pq o fará a menina?!?:->

Anónimo disse...

Não é que de repente saibo da existência deste blog.
Num ímpeto leio tudo de fio a pavio.
Naquela ânsia, avidez de consumir tudo e me sinto obrigada a comentar!!!


Caro professor:

Inevitavelmente vou ter de começar pelo Benfica.
Bem sei que houve “Aviso à navegação”, que vivemos numa democracia, que há que respeitar o direito à diferença. Mas não posso deixar de admitir que é uma espécie de punhalada um Sr. Do Norte (carago) bandear-se para a mouraria, assim daquelas que não se está mesmo à espera.

Acho que basicamente o resto consiste em elogios.
Pela maneira simples e despretensiosa como escreve e partilha pensamentos, momentos, dúvidas e emoções.
Acho que é isso que o torna ainda mais interessante. Para lá do velho charme é a capacidade de chegar até nós meros aprendizes.
Adoro a revelação dos dias, ou pequenas imagens de algum fim-de-semana bem passado. Não esquecendo as citações de grandes autores, alguns que confesso desconhecia de todo… No entanto há um livro que não me passou ao lado talvez por ter sido um dos poucos que este ano devorei – “as velas ardem até ao fim”.


Tudo isto para dizer que há coisas simples que nos fazem sorrir!
Obrigada

Mermaid

P.S: Que contente fico por saber que a ameaça do fim do blog não passava de uma brincadeira, estilo de humor.

Lyra disse...

amok_she ora esteja á vontade só disse o que pensava e como vim cá para ler o prof e já tá lido vou-me. Comente á vontade os comentários dos outros.

circe disse...

Boa noite a todos,
Das duas uma: ou o Murcon adormeceu de novo, ou está à espera
que baixem as hostilidades por estas bandas. Pois, venham lá essas
palavras sobre a relação entre emigração e diagnóstico psiquiátrico! Ou...a amostra é desanimadora ?;)

Olhe que a malta é da pesada, não se inibe por aí além com possíveis diagnósticos - estamos aqui na fila à espera - incluindo os que não têem nada pra fazer! (Pois, eu
sei que falta o bold...)

Apraz-me dizer que: não é só a Medicina que tenta "orientar" a nossa forma de viver. A moda, as
marcas, a tecnologia, a publicidade, as medicinas paralelas
ou alternativas, as seitas, and so on...
A maior diferença entre uma pessoa
fármaco-dependente e um fanático adorador de uma qualquer confissão,
é que, no primeiro caso - alimenta a indústria e movimenta a economia do País; no segundo caso, as divisas somem para o exterior, sem qualquer controlo fiscal ou social...
Entre uma engenhosa técnica de lavagem cerebral baseada em discursos e hipnotismo colectivo e
uma sedação ou controle químico, venha o diabo e escolha!...

Mooch disse...

Sou benfiquista mas admito que deixei de ver o jogo ao intervalo, só lamento é que não tenham sofrido mais golos, podia ser que assim acordassem para a realidade de que são jogadores "profissionais" e que estão ali para jogar e dar o litro independentemente das condições.

madeira disse...

Lyra,

não entendi o teu "hum...", concordas comigo ou achas que eu estou a prestar um mau serviço como benfiquista? :)