quarta-feira, novembro 29, 2006

Jogos de sombras.

«Decisão da Comissão é inaceitável», diz PM turco

2006/11/29 14:49

Erdogan diz que negociações euro-turcas podem ser prejudicadas

O primeiro-ministro da Turquia, Recep Tayyp Erdogan, considerou hoje inaceitável a decisão da Comissão Europeia de suspender parcialmente as negociações de adesão da Turquia à União Europeia (UE), noticiou a televisão turca NTV, escreve a Lusa.
«A decisão da Comissão é inaceitável», disse Erdogan à imprensa turca em Riga, à margem da Cimeira da NATO. O primeiro-ministro turco, que tinha acabado de se reunir com o seu homólogo italiano, Romano Prodi, acrescentou que não esperava esta decisão e que ela pode prejudicar as negociações euro-turcas, iniciadas em Outubro de 2005.
Um assessor do primeiro-ministro turco, Egemen Bagis, disse por seu lado à NTV que os líderes turcos «não vão deixar que os seus direitos sejam atropelados» e que «vão tentar evitar esta suspensão parcial».
A Comissão Europeia decidiu hoje propor aos 25 uma suspensão parcial das negociações de adesão da Turquia à UE, em resposta à recusa das autoridades turcas de abrir os seus portos e aeroportos a Chipre, um dos Estados membros da União.


Mundo estranho... Um Cardeal é contra o acolhimento da Turquia pela União Europeia, mas, uma vez Papa, declara-se a favor; um Primeiro-Ministro que pusera a hipótese de não o receber, desagua no aeroporto e recebe, surpreendido (?), a notícia da mudança de atitude, justificada como sendo agora da Santa-Sé e não do antigo Cardeal; parte para uma reunião com o apoio no bolso e uma razão de interesse nacional para justificar perante o seu povo uma atitude maioritariamente não desejada; e leva tampa da Europa de "matriz cristã". Jogos de sombras...

26 comentários:

Viva disse...

Bem os interesses por detrás da politica europeia, são como os jogos "escuros" por detrás do futebol.

É tudo apenas uma questão de interesses.

Aqui junta-se a politica com a religião, aí nem os melhores craques do futebol conseguem ofuscar os craques "do poder".

andorinha disse...

Boa noite.

São os meandros da política...e está tudo dito:(

CêTê disse...

A manipulação da fé e os povos acéfalos que seguem os seus mestres. Das seitas às "outras" as fraquezas dos movimentos são as mesmas. Poder vs dinheiro. Enquanto morrerem crianças em África (de coordenadas muito precisas)à fome e com doenças para as quais há vacinas não me falem do Papa e das suas comitivas.
(Estar à mesa onde se tomam decisões com impacto mundial deve ser verdadeiramente aterrador!)
Abraços

thorazine disse...

"Um Cardeal é contra o acolhimento da Turquia pela União Europeia, mas, uma vez Papa, declara-se a favor;"

Ontem reparei que nem o José Rodrigo dos santos consegui manter a seriedade quando o bispo (?) tuga disse isso. Juntanto à conversa de ontem, da impossibilidade de dissociação da razão da emoção, como é possível o papa´não ser o cardeal e o cardeal não ser o papa? Humm..não sou psi mas faço já um pré-diagnóstico de dupla personalidade! :))

Em relação à suspensão da adesão sou a favor. Enquanto não existirem as condições mínimas (principalmente em termos de direitos humanos) acho que não há nada que faça o processo "andar para a frente". Acho que se a UE "traçou" uma linha de condições mínimas não deve andar a movê-la consoante os países propostos à adesão. Adaptando ao prison break, é a mesma coisa que aceitar malta de pernas partidas num plano de fuga da xoldra! :P

thorazine disse...

Quando um alemão ia matar um polaco, durante a II guerra mundial apareceu Deus e disse ao alemão: Não o mates.
Porquê? - perguntou o alemão.
Porque ele vai ser o próximo papa! - Respondeu Deus.
E o que ganho eu com isso? -Perguntou outra vez o alemão!
Depois de ele morrer tu vais ser o sucessor! - Respondeu-lhe our lord ;))))

JFR disse...

Como não acredito na infalibilidade do Papa, aceito que ele mude de opinião.

Como não acredito no Primeiro Ministro turco, aceito que ele seja enganado.

Como não acredito na Europa "esticada" aos territórios asiáticos, aceito que a Turquia leve "tampa".

Como não acredito na "Matriz Muçulmana", aceito que a maioria nacional turca seja contrariada.

Como não acredito na "Matriz Cristã", aceito que o Cardeal Ratzinger, esteja contra o Papa Bento XVI.

Como não acredito no absoluto da minha razão, aceito que me desanquem.

CêTê disse...

Thora,
Andas a dormir com Deus?loool
;P

thorazine disse...

Com deus não...mas com uma deusa pode-se dizer que sim! ;))))))) ui ui

andorinha disse...

Thora,
Cada vez cresces mais na minha consideração:)

PAH, nã sei! disse...

jfr,

Não "desanco"... e assino por baixo (olhos vendados e tudo:)...

Apesar de católica, convivendo com freiras e padres há 11 anos... já vi tanto, que já só o JC vindo cá abaixo, daria a volta a esta "Igreja"... :(

Cardeal, agora Papa... o, mesmo que bancário passar a banqueiro...

Fora-de-Lei disse...

A Turquia entraria, de imediato, na UE caso o (famigerado) PKK estivesse fortemente disseminado pelo país inteiro. Ou alguém pensa - de verdade - que Portugal teria algum dia entrado na então CEE se o "nosso" PKK não constituisse, à época, um fantasma para muita gente ?!

Mas se calhar até há por aí muita boa gente que se julga racicamente mais ariana e geograficamente mais europeia que os turcos. Pobrezinhos...

thorazine disse...

Andorinha,
e isso é bom ou é mau? :P :))

FDL,
eu percebo-te. Era da maneira que os sunitas limpavam os LGBTs do parlamento europeu!! :)))))))))))))))))

andorinha disse...

Thora,
Tás a "gozar" comigo outra vez?!
Respeito, já te disse.:))))))

A tua resposta ao FDL está o máximo! Loooooooooooooooool

CêTê disse...

(andorinha, quantos anos dás tu ao Thora?;]]]]]]]]]])

Hoje fez anos que morreu o Gedeão, ou estou enganada?

Mesmo que não seja:P
Dez réis de esperança

Se não fosse esta certeza
que nem sei de onde me vem,
não comia, nem bebia,
nem falava com ninguém.
Acocorava-me a um canto,
no mais escuro que houvesse,
punha os joelhos á boca
e viesse o que viesse.

durmam bem ;P

PAH, nã sei! disse...

Cêtê...,
Hoje também é dia de "outros aniversários"...

Katerinna disse...

É por tudo isto que acho que falar de política é uma chatice

:))))))))))))))


Bjos.

HarryHaller disse...

A questão fundamental quanto a mim, não é o que pensa o Bispo de Roma que após ser designado Papa foi possuido pelo espirito santo, mas se tendo em conta a politica interna e externa da Turquia e face aos tratados fundamentais da União Europeia reune os requisitos imprescindíveis para aderir à União.Valendo esses critérios para futuros membros ou para aqueles que já são membros(quanto a mim justificava-se a expulsão da Polónia da União Europeia, juridicamente falando!)

Bom dia

Lobo das Estepes

Fora-de-Lei disse...

thorazine 12:06 AM

"FDL, eu percebo-te. Era da maneira que os sunitas limpavam os LGBTs do parlamento europeu!"

Exactamente: limpeza TIDE !

Katerinna disse...

Acredita na imortalidade?"
" - Não sei. Quando lá chegar, eu telefono [risos]"

Mário Cesariny




A última entrevista de Mário Cesariny
(Por Vladimiro Nunes- jornal Sol)

lobices disse...

...abreijos e um bom fds maior

marialascas disse...

Metendo a foice em seara alheia:

Encontrar a lógica quando as acções são determinadas pelo dinheiro e a religão não é tarefa fácil. E a nossa lógica, é também ela inevitavelmente determinada pela necessidade do pilim e pelo nosso credos - religiosos e não só...
Houve lógica na invasão do Iraque e no que aí se vive actualmente?! Também aí o dinheiro e a religião
são as coordenadas...

thorazine disse...

FDL,
TIDE? Branco mais branco não há? Por ti só lá ficavam caucasianos, é isso? :P

andorinha disse...

Boa noite.

Thora,
Tu és o provocador mor desta caixa de comentários. Que mais virá por aí? Looooooooooooooooooool

E olha as perguntas difíceis que a Cêtê me faz por tua causa:)))

E já estamos em fds prolongado! Iupi!!!!!!!!!!!

thorazine disse...

Brincadeirinha, é o que é.. :)))

thorazine disse...

Este video já é antiguinho..mas é sempre bonito de se ver! :)))

http://www.youtube.com/watch?v=-REiGIZMuuE

andorinha disse...

Recebida por e-mail.

Eutanásia...

À noite, a minha mulher e eu, sentados na sala, falávamos das coisas
da vida.

Abordávamos a temática de viver ou morrer "com dignidade".

Na oportunidade, ocorreu-me dizer-lhe "nunca me deixes viver em estado
vegetativo, dependendo de uma máquina e de frascos de líquidos.

Se me vires nesse estado, desliga as máquinas que me mantêm vivo..."

Ela levantou-se, desligou-me a televisão e deitou a cerveja fora.

Digam-me lá se ao é o panorama de muitos Tugaleses.:)))))))))))))